Página 1 dos resultados de 8263 itens digitais encontrados em 0.069 segundos

"Comportamento dos cirurgiões-dentistas das Unidades Básicas de Saúde do município de São Paulo quanto à prevenção e ao diagnóstico precoce do câncer bucal"; Dentists behaviour from basic health units of the city of São Paulo related to oral cancer prevention and early diagnosis

Vasconcelos, Erico Marcos de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/09/2006 Português
Relevância na Pesquisa
65.98%
Este estudo teve como objetivo conhecer as ações que os cirurgiões-dentistas das unidades básicas de saúde do município de São Paulo têm desenvolvido quanto à prevenção e ao diagnóstico precoce do câncer bucal, além de suas percepções para a realização de tais ações, a fim de analisar o comportamento destes profissionais a cerca das questões relativas a esta morbidade. A maioria dos diagnósticos de câncer bucal é feita em estágios avançados em São Paulo, cidade que possui as maiores taxas de incidência nacionais, semelhantes a de outras regiões do mundo. O cirurgião-dentista exerce um papel fundamental e estratégico no combate aos fatores ligados ao aparecimento desse agravo. Foram enviados, em março de 2005, 885 questionários aos cirurgiões-dentistas das 286 unidades básicas de saúde de São Paulo, via Correio. Foi feito um banco de dados utilizando o software de informática Epi Info – versão 6.04b. Participaram da pesquisa 282 profissionais, (taxa de resposta de 32%), em sua maioria do sexo feminino, com mais de 20 anos de graduação, com perfil generalista e que possui outros vínculos empregatícios. Além do baixo grau de conhecimento constatado quanto aos fatores de risco ligados à etiologia e às condições bucais em relação a possível evolução para um câncer bucal...

A utilização de indicadores na prática gerencial do enfermeiro em unidades básicas de saúde da Cidade do Rio de Janeiro; The use of indicators in nurse´s management practice in basic health units of the city of Rio de Janeiro

Passos, Joanir Pereira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/03/2004 Português
Relevância na Pesquisa
65.97%
Este estudo buscou conhecer a prática gerencial, atual, do enfermeiro de Unidade Básica de Saúde (UBS), da Área de Planejamento 5.3 da Secretaria Municipal de Saúde da cidade do Rio de Janeiro, considerando a avaliação do processo de trabalho, enfatizando o uso de indicadores como informação básica. Os objetivos foram: identificar os meios e instrumentos utilizados pelos enfermeiros-gerentes no gerenciamento de UBS; analisar os principais indicadores selecionados, pelos enfermeiros, na tomada de decisões da prática gerencial para o monitoramento e avaliação das ações desenvolvidas e, avaliar o processo de trabalho dos enfermeiros na gerência de UBS, na formulação e decisão política para garantir os princípios do Sistema Único de Saúde (SUS). O cenário foi constituído por sete UBS gerenciadas por enfermeiros e os dados foram coletados através de um formulário especifico, que permitiu realizar uma análise quanti-qualitativa, à luz do referencial teórico do tema em questão. O estudo evidenciou que os enfermeiros, independente do tempo de profissão, capacitação profissional e exercício do gerenciamento, revelaram uma certa convergência nas concepções acerca do processo de trabalho gerencial e ao uso de indicadores...

Psicologia e unidades básicas de saúde: contextualização das práticas na atenção básica; Psychology and Basic Health Units: contextualizing the practice in Primary Care

Daneluci, Rebeca de Cassia
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/01/2011 Português
Relevância na Pesquisa
66.01%
O conceito de saúde sofre alterações à medida que ocorrem mudanças na condição socioeconômica e política de cada época. Assim, podemos dizer que o Sistema Único de Saúde (SUS) representa um novo modo de se conceber a saúde e a atuação dos profissionais da saúde nas últimas duas décadas. No entanto, se neste novo modelo e período o psicólogo teve sua participação particularmente aumentada, o mesmo não se pode dizer da produção científica da psicologia no que tange à Atenção Básica (AB). Assim, em nossa pesquisa objetivamos conhecer como os psicólogos inseridos em Unidades Básicas de Saúde (UBS), de uma cidade da região metropolitana de São Paulo veem o trabalho que realizam, ou seja, como é a prática dos psicólogos de acordo com seus próprios relatos, e discutir qual sentido do trabalho do psicólogo pode ser depreendido destes relatos. Para isso, optamos pelo método qualitativo, realizando três entrevistas semiestruturadas, e as analisando de acordo com Bleger (1982,1984) e outras produções relativas à atuação do psicólogo na Saúde Pública. Os dados foram então divididos em três núcleos estruturadores: a) prática no SUS, b) relação com a população, c) o psicólogo da saúde. Sendo que tais núcleos contêm categorias gerais e específicas. Os resultados mostraram: a) que permanece presente a discussão referente ao procedimento do psicólogo frente ao atendimento na Unidade Básica; b) a identidade específica do psicólogo enquanto profissional da Saúde Mental...

Ação educativa na Atenção Básica à Saúde de pessoas com diabetes mellitus e hipertensão arterial: avaliação e qualificação de estratégias com ênfase na educação nutricional; Educational action in basic health care of people with diabetes mellitus and hypertension: evaluation and qualification of strategies emphasizing nutrition education

Rezende, Ana Maria Bartels
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2011 Português
Relevância na Pesquisa
56.05%
Introdução: As ações educativas são práticas inerentes ao projeto assistencial de saúde em todos os níveis de atenção, na perspectiva de empoderamento e emancipação das pessoas para atuar nos aspectos fundamentais de sua vida, como a alimentação. O diabetes mellitus e a hipertensão arterial estão entre os fatores de risco modificáveis para as doenças cardiovasculares, cujo controle associado a mudanças de estilo de vida pode ser estimulado no âmbito da Atenção Básica à Saúde, minimizando a morbimortalidade por essas doenças e o seu impacto na saúde pública. Objetivo: Analisar o processo educativo com ênfase na educação alimentar e nutricional para pessoas com diabetes mellitus e hipertensão arterial no âmbito da Atenção Básica à Saúde. Métodos: Estudo analítico-descritivo de natureza qualitativa, realizado entre profissionais de saúde e pessoas com diabetes mellitus e/ou hipertensão arterial acompanhadas em Unidade de Estratégia de Saúde da Família do município de Vitória- ES. Procedeu-se a coleta de depoimentos por meio de entrevistas semiestruturadas. Aplicou-se a técnica do Discurso do Sujeito Coletivo para a análise das percepções sobre os espaços, os sujeitos, os resultados e os desafios das ações educativas na promoção de práticas de vida e alimentares adequadas. As ideias centrais destacadas no material discursivo foram utilizadas como substrato para a qualificação dessas ações...

Atendimento aos usuários em situação de violência : concepções dos profissionais de unidades básicas de saúde; Atención a los usuarios en situación de violencia: las concepciones de los profesionales de unidades básicas de salud; Health care given to patients with violence situations: conceptions of professionals in basic health units

Lima, Maria Alice Dias da Silva; Rückert, Taís Regina; Santos, José Luis Guedes dos; Colomé, Isabel Cristina dos Santos; Acosta, Aline Marques
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
65.94%
O objetivo deste estudo foi analisar concepções de profissionais de unidades básicas de saúde sobre o atendimento aos usuários em situação de violência, em suas diferentes manifestações. É uma pesquisa qualitativa realizada por meio de entrevistas com enfermeiros, médicos, técnicos/auxiliares de enfermagem e agentes comunitários de saúde. Os dados foram coletados entre outubro de 2007 e março de 2008 em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, e analisados mediante análise temática. Os profissionais atuam na identificação das situações de violência e elaboração de estratégias de intervenção, visando o bem-estar dos usuários pela recuperação da sua saúde física e mental. A desarticulação da rede de assistência à violência, insegurança, falta de profissionais capacitados e infra-estrutura inadequada são alguns fatores que dificultam o atendimento. Os resultados subsidiam a elaboração de políticas públicas para identificação, acolhimento e assistência aos indivíduos em situação de violência.; El objetivo del estudio fue analizar las concepciones de profesionales de unidades básicas de salud sobre la atención a los usuarios en situación de violencia, en sus diferentes manifestaciones. Se trata de una investigación cualitativa realizada con enfermeros...

Os grupos na atenção básica de saúde de Porto Alegre : usos e modos de intervenção terapêutica; Groups in basic health attention in Porto Alegre : uses and forms of therapeutic intervention

Maffacciolli, Rosana; Lopes, Marta Júlia Marques
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
65.98%
Esse artigo trata dos grupos como modalidade assistencial utilizada pelos serviços de atenção básica de saúde. Oficinas, grupos de educação em saúde e palestras constituem atividades diferenciadas em relação aos demais atendimentos tradicionais. O estudo que subsidia essa discussão teve como objetivo conhecer o perfil da assistência, sob a forma de grupos, prestada nas unidades que compõem a rede básica de saúde de Porto Alegre. Foram abordados 116 profissionais, de um total de 124 serviços de saúde, entre os quais 96 desenvolviam grupos. Evidenciou-se que os mesmos têm relevância terapêutica por favorecerem a troca de informações e o aprendizado sobre aspectos relacionados à saúde/doença. Constituem práticas inclusivas, capazes de vincular os usuários aos serviços e de reformular o modelo assistencial vigente. Assim, constatou-se que a compreensão dessas práticas remete a sua dimensão de qualificação da assistência coletiva e também a uma dimensão estratégica de compensação de atendimento às crescentes demandas de saúde.; This article deals with groups as an assistential modality used by the services of basic health attention. Workshops, health education groups, as well as, lectures are different activities done in relation to other traditional attendances. The study that is behind this discussion had as its main aim to know the profile of assistance...

Estratégias metodológicas de educação e assistência na atenção básica de saúde; Estratégias metodológicas de educación y asistencia en la Atención básica de salud; Methodological education and care strategies in basic health care

Lopes, Marta Júlia Marques; Silva, João Luis Almeida da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
65.97%
Trata-se de discussão sobre estratégias ou ferramentas metodológico-assistenciais utilizadas na prática em atenção básica de saúde. Baseia-se no diálogo estabelecido entre o que se pensa e o que se desenvolve nos Ambulatórios de Promoção da Qualidade de Vida-APQVs. Esses ambulatórios estão sediados em dois serviços de atenção básica do município de Porto Alegre-RS e seus usuários são, em sua maioria, pacientes adultos e idosos, portadores de doenças de longa duração. A proposta desta discussão é oriunda de um projeto de pesquisa financiado pelo CNPq e integrante da rede temática intitulada: Metodologias de Educação e Assistência na Promoção da Qualidade de Vida. A partir dessa base empírica e conceitual, construíram-se ferramentas metodológicas para o desenvolvimento de consultoria em enfermagem na atenção ambulatorial a indivíduos e grupos. Este artigo propõe-se a apresentar os pressupostos relacionais e operacionais utilizados na assistência nesses serviços.; Se trata de una discusión sobre las estrategias o herramientas metodológicas-asistenciales utilizadas en la práctica de atención básica de salud, basada en el diálogo establecido entre lo que pensamos y lo que desarrollamos en los Ambulatorios de Promoción de Calidad de Vida - APQVs. Esos ambulatorios están localizados en dos servicios de atención básica en Porto Alegre/RS...

Acessibilidade e ambiência na atenção básica à saúde do estado de Goiás; Accessibility and ambience in basic health care state Goiás

Ribeiro, Juliana Pires
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Enfermagem (FEN); Faculdade de Enfermagem - FEN (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Enfermagem (FEN); Faculdade de Enfermagem - FEN (RG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
56.06%
Introduction: Basic Health Units accessibility and ambience holds two fundamental importance links for the team work process development. The accessibility is intrinsically linked to meet the health services users’ needs and to ensure the solvability of assistance. Ambience is a concept that refers not only to physical space, but also to the social, made up of interpersonal and professional relationships in order to provide a solving, equitable and warm attention. Objective: To analyze the accessibility to health services and ambience of basic health care units in primary care in Goiás state. Methodology: A cross-sectional descriptive study performed in health care facilities in Primary Care in Goiás state in 2012. The study sample was done in 1216 basic health care units in Goiás state. Data were collected between July and September 2012 through a structured, tandardized and previously validated instrument. They were submitted to Ministry of Health database through the use of tablets and via internet to be analysed. After that these data were stored and grouped into modules I, II and III. Statistical analysis was performed using Statistical Package for the Social Sciences - SPSS software, version 19.0. The study respected ethical and legal aspects recommended by the Resolution 466/2012. Results: Two scientific articles were done. The first one "Accessibility to health care services in primary care in Goiás state" studied factors related to accessibility in health care facilities. The second article "Ambience of basic health care units in primary care in Goiás state " is about environment which provides better service and satisfaction to users and workers. Conclusion: Regarding accessibility and ambience in basic health units in primary care in Goiás state...

Key Issues in Central America Health Reforms : Diagnosis and Strategic Implications, Volume 1. Synthesis of Findings

World Bank
Fonte: Washington, DC Publicador: Washington, DC
Português
Relevância na Pesquisa
56.04%
The main objective of this report is to identify and analyze the most pressing health sector issues in the sub region of El Salvador, Guatemala, Honduras, and Nicaragua (referred to as CA4) while building on the successes already attained, in order to lay the groundwork for discussing and refining strategies and policies in CA4. It will focus on analyzing (a) CA4 health sector performance, measured by financial protection and a subset of health indicators; and (b) health system functions of financing and service delivery. The report also addresses three topics that CA4 stakeholders selected as their main areas of interest: (a) decentralization processes initiated in these countries; (b) the design and implementation of alternative strategies to improve access to basic maternal and child health care services: and (c) the high prevalence of malnutrition. The synthesis of findings can be found in volume 1 of the report. In volume 2, aside from the introduction, the report comprises five chapters: Chapter 2 discusses the different aspects that characterize the health sector of these countries: health care financing...

Key Issues in Central America Health Reforms : Diagnosis and Strategic Implications, Volume 2. Main Report

World Bank
Fonte: Washington, DC Publicador: Washington, DC
Português
Relevância na Pesquisa
56.04%
The main objective of this report is to identify and analyze the most pressing health sector issues in the sub region of El Salvador, Guatemala, Honduras, and Nicaragua (referred to as CA4) while building on the successes already attained, in order to lay the groundwork for discussing and refining strategies and policies in CA4. It will focus on analyzing (a) CA4 health sector performance, measured by financial protection and a subset of health indicators; and (b) health system functions of financing and service delivery. The report also addresses three topics that CA4 stakeholders selected as their main areas of interest: (a) decentralization processes initiated in these countries; (b) the design and implementation of alternative strategies to improve access to basic maternal and child health care services: and (c) the high prevalence of malnutrition. The synthesis of findings can be found in volume 1 of the report. In volume 2, aside from the introduction, the report comprises five chapters: Chapter 2 discusses the different aspects that characterize the health sector of these countries: health care financing...

Mexico : Reaching the Poor with Basic Health Services

Marquez, Patricio; de Geyndt, Willy
Fonte: World Bank, Washington, DC Publicador: World Bank, Washington, DC
Português
Relevância na Pesquisa
66.09%
In the mid-1990s, many Mexicans lived in poverty without adequate access to health and social services. Of a total population of 84 million, 25 percent were considered poor and 16 percent, extremely poor. Urban areas had health indicators similar to OECD countries, with an increasing burden of non-communicable diseases and injuries, while many people in rural areas and the southern states still suffered from common infectious diseases and malnutrition. Life expectancy in rural areas was 55 versus 71 in urban areas and 53 among the poor. The Mexican government realized that inequitable access to basic health care for poor and indigenous people hampered economic development, jeopardized investments in basic education and deprived citizens of their constitutional right to attain good health. So it devised a strategy to reduce inequities, improve health care, and modernize the Federal Health Secretariat (SSA). A 1994 presidential decree created a Health Cabinet (Gabinete de Salud) headed by the President with representatives from social security...

Decentralization of Health Care in Brazil : A Case Study of Bahia

World Bank
Fonte: Washington, DC Publicador: Washington, DC
Português
Relevância na Pesquisa
56.04%
This report is a case study analyzing key issues--coverage, equity, sustainability--faced by the Brazilian health system in the state of Bahia, in the context of national reforms geared to the decentralization of health care. Thus, the report examines the instruments and the incentives in the system to: 1) improve the coverage of the key health interventions that influence the basic health outcomes of the population; 2) reduce the inequality in the distribution of publicly financed health care; and 3)) improve the fianncial sustainability of the health sector through greater efficiency and through improved mechanisms for cost control. Special attention is paid to implementation in Bahia of the latest and most ambitious of the national reforms based on those objectives: the Operational Regulations for Health Care, issued in early 2001 and referred to in this report by its Brazilian acronym, NOAS. NOAS is expected to have a significant impact on the organization of public health care over the next several years. Its main features are described in the Introduction. The structure of the report is as follows: the report has four chapters dealing...

Avaliação da eficiência da saúde básica dos municípios paulistas; Evaluation of Basic Health Efficiency of Municipalities of São Paulo

Arruda, Ana Carolina Rosolen de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/05/2015 Português
Relevância na Pesquisa
65.93%
A promulgação da Constituição Federal em 1988 (CF88), principal marco legal da redemocratização brasileira, reestruturou o federalismo fiscal brasileiro e criou o Sistema Único de Saúde (SUS). O intuito da CF88 era compartilhar competências e autonomia entre as esferas de governo objetivando uma alocação mais eficiente e focalizada segundo as preferências dos agentes subnacionais. Entretanto, diversos trabalhos que estudaram os efeitos do federalismo evidenciam que a divisão de responsabilidades não foi associada adequadamente com a distribuição dos recursos, o que acabou pressionando a estrutura de gastos dos municípios, levando a uma deterioração na eficiência de produção e na qualidade dos serviços prestados. Embora tenha havido melhora nos indicadores gerais de saúde básica, ainda existem diversas falhas na estrutura de governança que devem ser analisadas e melhoradas. Considerando que a saúde é um bem social que gera externalidades positivas determinada em lei, e é função do Estado provê-lo com qualidade de modo efetivo e eficiente, analisar a eficiência do arranjo contratual federalista vinculado à saúde pública e avaliar o impacto da eficiência sobre a qualidade e desempenho das entidades é válido e necessário na discussão e formulação das políticas públicas. É nesse sentido que se propõe a utilização de um modelo de Análise Envoltória de Dados (DEA)...

Assessment of Systems for Paying Health Care Providers in Mongolia; Implications for Equity, Efficiency and Universal Health Coverage

Joint Learning Network; Mongolia Ministry of Health; World Bank; World Health Organization
Fonte: World Bank, Washington, DC Publicador: World Bank, Washington, DC
Tipo: Report; Economic & Sector Work :: Policy Note; Economic & Sector Work
Português
Relevância na Pesquisa
65.94%
Achieving access to basic health services for the entire population without risk of financial hardship or impoverishment from out-of-pocket expenditures (‘universal health coverage’ or UHC) is a challenge that continues to confront most low- and middle-income countries. As coverage expands in these countries, issues of financial sustainability, efficiency, and quality of care quickly rise to the surface. Strategic health purchasing is an important lever to efficiently manage funds for UHC through the definition of what is purchased (which services and benefits the covered population is entitled to receive), from whom services are purchase (which providers are contracted to deliver the covered services), and how and how much the providers are paid. The assessment was conducted to help inform the design and implementation of Mongolia’s provider payment systems going forward. Health care provider payment systems, the way providers are paid to deliver the covered package of services, are an important part of strategic purchasing to balance system revenues and costs in a way that creates incentives for providers to improve quality and deliver services more efficiently. This ultimately makes it possible to expand coverage within limited funds (Langenbrunner...

Contracting and Providing Basic Health Care Services in Honduras : A Comparison of Traditional and Alternative Service Delivery Models

Garcia Prado, Ariadna; Lao Peña, Christine
Fonte: World Bank, Washington, DC Publicador: World Bank, Washington, DC
Tipo: Publications & Research :: Working Paper; Publications & Research
Português
Relevância na Pesquisa
66.04%
This study uses data from health facility and patient exit surveys carried out in 2006 in Honduras to examine the characteristics of two basic health care provision models: a traditional Ministry of Health (MOH) public health care one versus a community based one also known as 'alternative' or 'public-social'. The author compare these models based on access, quality, costs, productivity, and management autonomy. While the alternative model has higher unit costs for drugs, it also has higher labor productivity. The fact that alternative providers are held accountable through performance-based contracts and that their personnel are hired on a contractual basis and can be demoted or even fired may account for their stronger performance relative to traditional providers whose personnel are centrally hired civil service staff. The findings support the alternative model as a viable option to expand services to other areas of Honduras that lack health services, compensating for the MOH's insufficient capacity to deliver and manage health care services in poor and remote areas. Some elements of this model such as performance-based agreements and other incentives can be also incorporated in the management and implementation of the traditional MOH health units in order to improve their performance. As the alternative models increase in number...

The Health Extension Program in Ethiopia

Workie, Netsanet W.; Ramana, Gandham NV
Fonte: World Bank, Washington, DC Publicador: World Bank, Washington, DC
Tipo: Publications & Research :: Working Paper; Publications & Research
Português
Relevância na Pesquisa
56.04%
Ethiopia has made substantial progress in improving health outcomes during the last decade and is on track to achieve some of the health Millennium Development Goals. Innovative strategies to improve household behaviors and coverage of basic health care services contributed to Ethiopia's achievements, and the Health Extension Program (HEP) remains the core of such innovations and provides a model for countries struggling to improve health outcomes in a resource-constrained setting. The program rests on an accelerated expansion of basic health infrastructure and local human resources with required skills to scale-up delivery of high-impact interventions focusing on improving the supply of and enhancing demand for a well-defined package of essential promotive, preventive, and curative health services. The objectives of the case study are to provide a detailed description of (a) the context for the introduction of the program; (b) the scope of the service package delivered under the program; and (c) the institutional arrangements and the links with the rest of the health system. The case study also summarizes and discusses the evidence of the program's achievements and the challenges to achieving universal primary health care coverage. The study also discusses the importance of political will and commitment in introducing such large-scale innovations in improving service delivery and mobilizing the community in a resource-constrained setting.

Stakeholder Participation Targets the Rural Poor : China Basic Health Project

Kuehnast, Kathleen
Fonte: World Bank, Washington, DC Publicador: World Bank, Washington, DC
Tipo: Publications & Research :: Brief; Publications & Research
Português
Relevância na Pesquisa
65.99%
The past 20 years have witnessed a growing disparity in health status indicators between urban and rural populations in China. The economic and social reforms that have accelerated the growth in GDP and personal income levels of the urban population have not trickled down to the rural areas. Declining government support of public health programs and the collapse of community financing of health services have meant that health services in poor rural areas have deteriorated in general. Services have declined in coverage, quality, efficiency, utilization, and financial viability. To address this disparity, the World Bank-supported Basic Health Project in China introduced a systematic but rapid process of consultation and feedback among selected beneficiary communities. The project was prepared using guidelines prepared by national and international experts. The social assessment confirmed impressions gained from less structured consultations and provided additional support for project design. Stakeholder involvement was extensive...

Segurança contra incêndio em unidades básicas de saúde; Safety against fire in basic health units

Machi Junior, Amaury; Quiaios, André; Domingues, José Nuno; Ferreira, Ana; Paixão, Susana; Sá, Nelson Leite; Azzalis, Ligia Ajaime; Junqueira, Virginia Berlanga Campos; Silva, Odair Ramos da; Vicente, Maria Teresa Conceição; Fonseca, Fernando Luiz A
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/02/2014 Português
Relevância na Pesquisa
66%
Hoje em dia reconhece-se a necessidade de uma modernização dos Estados e respectivos aparelhos administrativos. No contexto normativo e referente à prevenção de incêndios, o Corpo de Bombeiros foi à entidade mais atuante na criação de legislações e normas, baseando-se nos trágicos acontecimentos e na experiência adquirida no atendimento diário de ocorrências. O incêndio pode atacar qualquer local onde existam ou não atividades humanas sendo que os estabelecimentos assistenciais de saúde (EAS) não estão isentos deste infortúnio e infelizmente existe a possibilidade real de que possam acontecer novas tragédias relacionadas com incêndios dado que a carga de incêndio. O objectivo deste estudo foi o de avaliar o nível de conhecimento que os funcionários de Unidades Básicas de Saúde possuem em relação à temática Segurança contra Incêndio e confrontar os resultados com o exigido legislação vigente confrontando os achados com o Decreto Estadual 5.6819/11 devido à não obrigatoriedade de constituição de brigada de incêndio nas unidades básicas de saúde, com menos de 750 m², piso térreo, constituindo a grande maioria das edificações do sistema de Saúde Brasileiro. O método de investigação é um qualitativo observacional e descritivo por amostra de conveniência em noveUnidades Básicas de Saúde no município de Santo André...

Work and life integration: trajectories of basic health care workers and the construction of their professional identity; Trabalho em integração com a vida: trajetórias de trabalhadores da atenção básica à saúde e a construção de sua identidade profissional

Martins, Selma Aparecida Caselli; Krawulski, Edite
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2012 Português
Relevância na Pesquisa
65.91%
This paper results from an outline of a scientific investigation with a qualitative design focusing on the daily work of basic health care professionals in the city of Florianopolis. It started from the assumption that the professional trajectories experienced by these workers, before and during their tenure as municipal employees, consist in constituent and essential elements for the construction of their identity as health care professionals. Ten professionals from different functional categories who work at different health centers were interviewed. The results, analyzed having discourse analysis as a basis, on their professional trajectories and the meanings they attribute to work, showed a close relationship between their work and life. This close binding comes from the deep identification with their work activities, as well as from their professional qualification initiatives connected to their life experiences. It also results from different meanings attributed to work, comprising both an appreciation of the individual/personal dimension determining their professional trajectories and values from the human/generic dimension, such as conceptions on the public service where they work, recognizing themselves as participants of a working team in which both dimensions are interwoven.; Este artigo resulta de um recorte de investigação científica de caráter qualitativo focalizando o cotidiano de trabalho de profissionais da atenção básica à saúde na cidade de Florianópolis. Partiu-se do pressuposto de que as trajetórias profissionais vivenciadas por esses trabalhadores...

Estratégias metodológicas de educação e assistência na atenção básica de saúde; Estratégias metodológicas de educación y asistencia en la atención básica de la salud; Methodological education and care strategies in basic health care

Lopes, Marta Julia Marques; Silva, João Luis Almeida da
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2004 Português
Relevância na Pesquisa
65.97%
Trata-se de discussão sobre estratégias ou ferramentas metodológico-assistenciais utilizadas na prática em atenção básica de saúde. Baseia-se no diálogo estabelecido entre o que se pensa e o que se desenvolve nos Ambulatórios de Promoção da Qualidade de Vida-APQVs. Esses ambulatórios estão sediados em dois serviços de atenção básica do município de Porto Alegre-RS e seus usuários são, em sua maioria, pacientes adultos e idosos, portadores de doenças de longa duração. A proposta desta discussão é oriunda de um projeto de pesquisa financiado pelo CNPq e integrante da rede temática intitulada: Metodologias de Educação e Assistência na Promoção da Qualidade de Vida. A partir dessa base empírica e conceitual, construíram-se ferramentas metodológicas para o desenvolvimento de consultoria em enfermagem na atenção ambulatorial a indivíduos e grupos. Este artigo propõe-se a apresentar os pressupostos relacionais e operacionais utilizados na assistência nesses serviços.; Se trata de una discusión sobre las estrategias o herramientas metodológicas-asistenciales utilizadas en la práctica de atención básica de salud, basada en el diálogo establecido entre lo que pensamos y lo que desarrollamos en los Ambulatorios de Promoción de Calidad de Vida - APQVs. Esos ambulatorios están localizados en dos servicios de atención básica en Porto Alegre/RS...