Página 1 dos resultados de 12 itens digitais encontrados em 0.019 segundos

Estudos anatômicos e fisiológicos da organogênese in vitro em Passiflora cincinnata MAST.; Anatomical and physiological studies of organogenesis in vitro of Passiflora cincinnata MAST.

Lombardi, Simone Pacheco
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/01/2004 Português
Relevância na Pesquisa
29.066985%
O avanço da cultura do maracujazeiro no país impulsionado pela agroindústria de suco e a crescente demanda de fruta fresca, acarretou o surgimento de problemas, principalmente de ordem fitossanitária, doenças causadas por fungos, bactérias e vírus. A espécie Passiflora cincinnata Mast. por apresentar resistência à doença da parte aérea causada pela ba ctéria Xanthomonas campestris f. sp. passiflorae e, potencial para a comercialização constitui um genótipo de interesse em programas de melhoramento. Visto que a cultura de tecidos tem sido ferramenta importante nesses programas, o presente projeto visa o estudo aspectos anatômicos e fisiológicos da organogênese in vitro dessa espécie. Os explantes utilizados: segmentos radiculares, discos foliares e a própria plântula, obtidos da germinação de sementes in vitro, foram inoculados em meio contendo diferentes concentrações de 6-BA (6-benziladenina) e acrescido de 5% de água de coco, a fim de estabelecer os protocolos de regeneração de plantas in vitro. A concentração de 0,5 mg.L -1 de 6-BA foi a mais adequada para os três explantes, porém, o tempo e a via (direta/indireta) de formação da gema diferiu para cada tipo de explante. Os eventos histológicos que levaram a formação de um novo órgão...

Cultura de embrião e indução de brotos in vitro para micropropagação do pinhão-manso

Lopes, Leandro Cesar; Machado, Isaac Stringueta; Magoga, Elaine Cristina; Andrade, Juliana Granito de; Penna, Henrique Curi; Moraes, Lucas Eduardo Fischer
Fonte: Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) Publicador: Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 900-905
Português
Relevância na Pesquisa
18.749741%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); O objetivo deste trabalho foi otimizar o cultivo e desenvolvimento de embriões, bem como avaliar a indução da micropropagação do pinhão-manso (Jatropha curcas) in vitro. Na primeira etapa, foi avaliada a influência da sacarose (concentrações 0, 15, 30 e 60 g L-1) no desenvolvimento de embriões em meio basal MS. Das plântulas geradas no cultivo de embriões, foram excisadas microestacas e colocadas em meio MS suplementado com os reguladores vegetais 6-benziladenina (BA), 6-benzilaminopurina (BAP), cinetina (6-furfuriladenina) (KIN) e ácido 4-(3-indolil) butírico (AIB), nas concentrações 0,5, 1,0, 2,0 e 3,0 mg L-1. Os resultados evidenciaram que a faixa de 15 a 30 g L-1 de suplementação exógena da sacarose promove o melhor alongamento da parte aérea das plantas; a rizogênese, contudo, é mais vigorosa na faixa de 30 a 60 g L-1, em que ocorre aumento significativo do número de raízes. Na fase de micropropagação, o BAP à concentração de 2,0 mg L-1 induz maior número de brotações, enquanto a KIN (1,0 e 2,0 mg L-1) promove maior número de folhas. Ocorre calogênese na base das brotações, mais significativa na suplementação com 2,0 mg L-1 de 6-BAP. A melhor concentração de sacarose...

Fisiologia pós-colheita de rosas cortadas cv. Vega

De Pietro, Júlia
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: v, 125 f. : il., graf.
Português
Relevância na Pesquisa
29.04412%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Agronomia (Produção Vegetal) - FCAV; Face à carência de estudos relacionados à fisiologia pós-colheita de flores, a presente pesquisa teve como finalidade estudar a fisiologia e conservação póscolheita de flores cortadas de rosas cv. Vega, considerando os fatores associados à senescência floral e perda de vida decorativa. Os experimentos foram conduzidos em delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial. Em todos os experimentos, as rosas foram mantidas em ambiente de laboratório com 20±2ºC e 67±3% UR, padronizadas em 50 cm e realizadas as seguintes avaliações (exceto para o experimento 5): perda de massa fresca, massa seca, taxa respiratória, notas de qualidade (escurecimento, turgescência e curvatura), conteúdo relativo de água, carboidratos solúveis e redutores, antocianina e coloração. Para o experimento 5 foi avaliada a quantidade de água absorvida e transpirada das rosas. No primeiro experimento, as flores foram colocadas dentro de uma câmara hermética e expostas ao 1-MCP, por um período de seis horas, nas seguintes concentrações: 1) Água destilada (controle); 2) 1-MCP 100 a ppb; 3) 1-MCP a 250 ppb; 4) 1-MCP a 500 ppb. Ao contrário do tratamento com água destilada...

Regeneração de plantas híbridas entre Lycopersicon esculentum e L. peruvianum a partir de calos com dois anos de cultura in vitro

Siqueira,Walter José; Fonseca,Monique Ines Segeren; Sondhal,Maro R.
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1988 Português
Relevância na Pesquisa
38.991016%
Calos obtidos da cultura in vitro de embrião imaturo do cruzamento interespecífico L. esculentum x L. peruvianum, praticamente perderam a capacidade morfogenética, após dois anos de subcultura. Na tentativa de recuperação do processo de organogênese desses calos, realizaram-se dois experimentos, utilizando-se os fitorreguladores ácido indolacético (IAA) e 6-benziladenina (6-BA), cujas concentrações foram combinadas em dialélicos de 5 x 5 e 3 x 3. A composição de sais minerais e vitaminas baseou-se no meio de Murashige e Skoog, adicionando-se sacarose a 3% e ágar a 0,8%, e ajustando-se o pH final dos meios de cultura para 5,5. As condições para o dialélico 5 x 5 foram fotoperíodo de 16 horas de luz a 600 lux e temperatura de 25 ± 3°C. No dialélico 3 x 3, os tratamentos foram mantidos em câmara de crescimento a 2.000 lux, sob a mesma variação de temperatura e fotoperíodo. Em cada frasco, inoculou-se um calo com cerca de 1 cm³, totalizando quinze repetições. Avaliaram-se o desenvolvimento de calos, atribuindo-se uma escala de notas de 1 a 5, e a presença de plantas (organogênese) após 30 dias de cultura. Observou-se o número total de plantas por tratamento, bem como o desenvolvimento das plantas em centímetro. No dialélico 5 x 5...

Produção e qualidade de pêssegos, cv. Jubileu, com uso de fitorreguladores

Giovanaz,Marcos Antônio; Fachinello,José Carlos; Goulart,Carolina; Radünz,André Luiz; Amaral,Priscila Alvariza; Weber,Diego
Fonte: Universidade Federal de Viçosa Publicador: Universidade Federal de Viçosa
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2014 Português
Relevância na Pesquisa
18.582764%
O presente trabalho objetivou avaliar a produção, o retorno da floração e a qualidade físico-química dos frutos de pessegueiro após a utilização de Promalin® (BA + GA4+7) em diferentes doses e épocas de aplicação. O experimento foi realizado no Centro Agropecuário da Palma, na Universidade Federal de Pelotas, no município do Capão do Leão - RS, no ano de 2012. Foram utilizados pessegueiros do cultivar Jubileu, com 13 anos de idade, enxertados sobre o portaenxerto Capdeboscq e com densidade de 1.481 plantas ha-1. Os tratamentos foram: plantas sem aplicação (controle), plantas tratadas com benziladenina (BA) + giberilinas (GA4+7) nas doses de 50 e 100 mg L-1, aplicados 10 dias após a plena floração (DAPF) e 30 DAPF. Foram avaliados a produtividade das plantas e os atributos de qualidade físico-química dos frutos. A aplicação do fitorregulador a 30 DAPF resultou em um incremento de 6,62 kg por planta e proporcionou frutos de maior calibre (> 65 mm); no entanto, não houve diferença estatística entre as doses de 50 e 100 mg L-1. Independentemente das doses utilizadas neste trabalho, a época de aplicação (30 DAPF) foi o fator preponderante para a eficiência dos fitorreguladores no aumento da produção por planta...

Cultura de embrião e indução de brotos in vitro para micropropagação do pinhão-manso

Lopes,Leandro Cesar; Machado,Isaac Stringueta; Magoga,Elaine Cristina; Andrade,Juliana Granito de; Penna,Henrique Curi; Moraes,Lucas Eduardo Fischer
Fonte: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira Publicador: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2012 Português
Relevância na Pesquisa
18.317412%
O objetivo deste trabalho foi otimizar o cultivo e desenvolvimento de embriões, bem como avaliar a indução da micropropagação do pinhão-manso (Jatropha curcas) in vitro. Na primeira etapa, foi avaliada a influência da sacarose (concentrações 0, 15, 30 e 60 g L-1) no desenvolvimento de embriões em meio basal MS. Das plântulas geradas no cultivo de embriões, foram excisadas microestacas e colocadas em meio MS suplementado com os reguladores vegetais 6-benziladenina (BA), 6-benzilaminopurina (BAP), cinetina (6-furfuriladenina) (KIN) e ácido 4-(3-indolil) butírico (AIB), nas concentrações 0,5, 1,0, 2,0 e 3,0 mg L-1. Os resultados evidenciaram que a faixa de 15 a 30 g L-1 de suplementação exógena da sacarose promove o melhor alongamento da parte aérea das plantas; a rizogênese, contudo, é mais vigorosa na faixa de 30 a 60 g L-1, em que ocorre aumento significativo do número de raízes. Na fase de micropropagação, o BAP à concentração de 2,0 mg L-1 induz maior número de brotações, enquanto a KIN (1,0 e 2,0 mg L-1) promove maior número de folhas. Ocorre calogênese na base das brotações, mais significativa na suplementação com 2,0 mg L-1 de 6-BAP. A melhor concentração de sacarose, quanto ao vigor vegetal e rapidez na obtenção de explantes...

Crescimento e teor de proteínas em sementes de soja sob influência de hormônios vegetais

Nascimento,Ronaldo do; Mosquim,Paulo R.
Fonte: Sociedade Botânica de São Paulo Publicador: Sociedade Botânica de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2004 Português
Relevância na Pesquisa
18.694908%
Os prováveis hormônios vegetais envolvidos no crescimento e acúmulo de proteínas de reserva em sementes de soja foram avaliados por meio do cultivo artificial dos frutos. Explantes de frutos de soja apresentando o pericarpo completamente expandido e sementes com aproximadamente 100 mg de massa fresca foram cultivados in vitro com várias concentrações de ácido naftaleno-acético (ANA), ácido giberélico (GA3), benziladenina (BA) e ácido abscísico (ABA). Esses fitorreguladores foram utilizados inicialmente isolados nas concentrações de 10-7, 10-6, 10-5 e 10-4 mol.L-1 cada um. Em seguida, foram combinados dois a dois, sendo as concentrações determinadas em função dos maiores incrementos na massa seca das sementes observados nos experimentos iniciais. O ANA foi ineficiente para o crescimento das sementes, que foi estimulado por GA3 e BA, porém apenas nas concentrações mais elevadas. O ABA inibiu o crescimento das sementes. Quando combinou-se o ANA com GA3 ou BA, houve aumento na massa seca das sementes, sugerindo que pode ocorrer interações entre hormônios vegetais. O ANA e a BA foram os fitorreguladores mais eficientes no acúmulo de proteínas, tanto isolados como combinados. O ABA, por sua vez, inibiu a síntese de proteínas de reserva nas sementes. O sistema artificial de cultivo utilizado nesse experimento mostrou-se eficiente para o estudo do crescimento e de teores protéicos em sementes de soja.

Calogênese, embriogênese somática e isolamento de protoplastos em variedades de laranja doce

Benedito,Vagner Augusto; Mourão Filho,Francisco de Assis Alves; Mendes,Beatriz Madalena Januzzi
Fonte: São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" Publicador: São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2000 Português
Relevância na Pesquisa
18.052625%
Com o objetivo de produzir calos embriogênicos de citros, óvulos abortados de frutos maduros de 6 variedades de laranja doce (Citrus sinensis L. Osbeck), ‘Bahia Cabula’, ‘Baianinha’, ‘Hamlin’, ‘Orvalho de Mel’, ‘Rubi’ e ‘Valência’ foram introduzidos em meio de cultivo MT modificado com adição de extrato de malte, com e sem adição de 5 mg L-1 benziladenina (BA). Os calos obtidos das variedades ‘Bahia Cabula’, ‘Orvalho de Mel’, ‘Rubi’ e ‘Valência’ foram cultivados em meio basal MT, contendo os carboidratos maltose, galactose, lactose, glicose ou sacarose nas concentrações de 18; 37; 75; 110 e 150 mM para a indução da embriogênese somática. Os calos destas mesmas variedades foram submetidos ao isolamento de protoplastos, com o uso de 3 soluções enzimáticas. Os resultados revelaram que há influência do genótipo sobre a calogênese. A embriogênese somática foi estimulada na presença de galactose, para a maioria das variedades. A solução enzimática composta de 1% de celulase, 1% de macerase e 0,2% de pectoliase foi a mais adequada para o isolamento de protoplastos a partir de calos das variedades de laranja doce estudadas.

Manejo pós-colheita de Alpinia purpurata (Vieill) K. Schum (Zingiberaceae)

Silva, Antonio Tarciso Ciríaco da
Fonte: Universidade Federal de Alagoas; BR; Agronomia; Produção vegetal; Proteção de plantas; Programa de Pós-Graduação em Agronomia; UFAL Publicador: Universidade Federal de Alagoas; BR; Agronomia; Produção vegetal; Proteção de plantas; Programa de Pós-Graduação em Agronomia; UFAL
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
69.6131%
The growth of ornamental plant market in Brazil is remarkable nowadays with strong participation of Northeast region, particularly in Alagoas State on the commercialization of tropical flowers. Taking into account this economic aspect, it is of great importance for the productive chain of ornamental species the study of aspects of post harvest activities. Alpinia purpurata (Viell) K. Schum (Zingiberaceae) which occupies the second place in economic importance amongst tropical flowers. It is the main flower for growing and harvesting. The main objective of this research programme is to study the different aspects of Alpinia post-harvesting: (1) time of harvesting and cut of the basis of the stems, and (2) the use of solutions of pulsing ; and/or maintenance of the floral stem by using: (2.1.) biocide compounds and pH of the solution; (2.2) carbohydrates and carbohydrates plus biocides; (2.3) anti-ethylene compounds and antiethylene compounds plus carbohydrates; (2.4) elements as calcium and silicon; and (2.5) senescence retarding growth regulators. It was evaluated the influence of these factors in the water relations, quality and longevity of the stems. Six experiments were carried out in the laboratory (CECA) of the Federal University of Alagoas. In the first experiment...

Cryopreservation as a tool for preserving genetic variability of endangered species endemic from Algarve region

Coelho, Natacha Rodrigues
Fonte: Universidade do Algarve Publicador: Universidade do Algarve
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
18.619083%
This thesis aims the development of complementary conservation strategies based on plant biotechnology to support the preservation of three rare endemic species of the Algarve, Portugal. The species studied were Thymus lotocephalus G. López & R. Morales, Plantago algarbiensis Samp. and Tuberaria major (Willk.) P. Silva & Rozeira. An in vitro propagation protocol was firstly developed for T. lotocephalus using seedlings as explants (Chapter 2.1). The germination conditions and feasibility of cryopreservation was also studied for T. lotocephalus seeds (Chapter 2.2). In Chapter 2.3 a shoot tip cryopreservation protocol was developed for this species and the genetic stability of the cryopreserved material was assessed. For P. algarbiensis, the work was initiated with the cryopreservation of seeds and nodal segments (Chapter 3.1), followed by the study of the genetic diversity of three wild populations (Chapter 3.2). Chapter 4.1 was dedicated to the improvement of the germination and cryopreservation of T. major seeds and the development of a shoot tip cryopreservation protocol. An efficient micropropagation protocol was established for the mass production of T. lotocephalus (Chapter 2.1) and the seeds germination requirements were determined (Chapter 2.2). From the shoots produced in vitro...

Efeito de acido giberelico e 6- benziladenina na utilização das reservas da semente de phaseolus vulgaris L. cv carioca

Maria Terezinha Silveira Paulilo
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em //1980 Português
Relevância na Pesquisa
49.68414%
Este trabalho apresenta dados sobre as mudanças nos níveis hormonais endógenos de giberelinas e citocininas; a utilização das reservas da semente e o crescimento inicial de Phaseolusvulgaris cv carioca, como também sobre o efeito da aplicação de ácido giberélico ('GA IND. 3') e 6-benziladenina (6-BA) sobre a atividade de amilases e proteases. A absorção de água pela semente mostrou duas fases distintas, e as taxas respiratórias aumentaram rapidamente até 20 horas de embebição, período no qual o embrião contribuiu com 45% da absorção total de oxigênio pela semente. O peso seco do embrião aumentou continuamente após 20 horas de embebição, crescendo rapidamente às expensas das reservas cotiledonares, as quais foram esgotadas no oitavo dia de crescimento. As proteínas de reserva foram utilizadas relativamente mas rápido que a de matéria seca, e maior quantidade foi translocada para a parte aérea, cujo peso seco também foi maior que aquele da raiz, devido principalmente ao primeiro par de folhas. 'GA IND. 3' não afetou a distribuição de matéria seca ou de proteínas, mas reduziu significativamente a área da folha, enquanto, simultaneamente, promoveu alongamento do hipocótilo e epicótilo. 6-BA reduziu a altura total da planta a área foliar e o peso seco de raiz e parte aérea...

Raleio químico em macieiras 'Fuji suprema' e 'Lisgala'

Petri,José Luiz; Hawerroth,Fernando José; Leite,Gabriel Berenhauser; Couto,Marcelo
Fonte: Sociedade Brasileira de Fruticultura Publicador: Sociedade Brasileira de Fruticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2013 Português
Relevância na Pesquisa
19.348313%
O raleio químico é uma prática viável na cultura da macieira, pois permite ser realizada em curto período de tempo, reduzindo o custo de mão de obra em relação ao raleio manual. Trabalhos realizados nas principais regiões produtoras de maçãs mostram os benefícios do uso da 6-benziladenina (BA) no raleio químico. A realização de estudos com esta substância é fundamental para o aperfeiçoamento do raleio químico e posterior uso pelo setor produtivo da maçã no Brasil. Neste sentido, foram realizados quatro experimentos, objetivando avaliar a resposta da aplicação de BA, isolada ou em mistura com carbaryl e Promalin®, em diferentes épocas e concentrações, no raleio de macieiras 'Fuji Suprema' e 'Lisgala'. A aplicação de BA em maiores concentrações é efetiva no raleio de macieiras 'Fuji Suprema' e 'Lisgala'. Há uma redução na efetividade da aplicação de benziladenina em frutos com diâmetro superior a 10 mm. A concentração de BA pode ser diminuída pelo uso do carbaryl, sem comprometimento do efeito raleante.