Página 1 dos resultados de 1088 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Comparação do Desgaste de correntes de bicicleta em condições de serviço e em laboratório

Figueiredo, Luis Miguel Mendes
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
37.15%
O presente trabalho teve como objectivo principal desenvolver metodologias laboratoriais que se revelassem adequadas para estudar a resistência ao desgaste de correntes de bicicleta. Fazer o estudo do desgaste directamente nas correntes em serviço tornar-se-ia demasiado complexo, devido a todas as variáveis inerentes difíceis de quantificar. Como primeiro objectivo pretendeu então seleccionar-se um tipo de ensaio e estabelecer as variáveis operatórias que permitam, em laboratório, ensaiar ao desgaste placas internas de corrente de bicicleta de forma a replicar os modos de falha que ocorrem em serviço. Como base do estudo começaram por se avaliar os mecanismos de dano que ocorrem em condições normais de uso. Paralelamente fez-se um estudo das condições de contacto com base nas partículas provenientes da limpeza de várias correntes. Realizaram-se vários ensaios prévios para definir tempos, cargas e massa abrasiva que replicassem o mecanismo de dano. Estabeleceram-se metodologias de tratamento de resultados com base em modelos clássicos de desgaste, especialmente o modelo de Archard, e com base em abordagens energéticas. Aplicou-se esta metodologia em vários aços, nas mesmas condições, de forma a distingui-los pela resistência ao desgaste. Por fim estabeleceu-se um modelo de previsão que a partir de resultados obtidos em laboratório permite estimar o alongamento que ocorre nas correntes em condições de serviço.; Abstract The present research work aims to develop new test procedures suitable to evaluate the wear resistance of bicycle chains. Studying the wear by field test is very expensive and complex due to the lack of control of the several variables. Therefore...

O Direito, o Ambiente e a Mobilidade Sustentável: Aspetos Jurídicos da Mobilidade em Bicicleta

Andrade, Paulo Adriano Gonçalves Berardo de
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
37.43%
Estudaram-se vários aspetos jurídico-políticos da Mobilidade Sustentável em Bicicleta. Inicialmente através duma abordagem contextual em referência a problemas ambientais globais e à urgência em agir, ao panorama do automóvel, dos transportes públicos, dos peões e das bicicletas (nomeadamente no que concerne à intermodalidade), com consideração do uso atual da bicicleta e das suas vantagens, suas infraestruturas e equipamentos, bem como normas e documentos de referência (Projeto Mobilidade Sustentável e Pacote da Mobilidade). Também se abordou a questão da mobilidade em bicicleta do ponto de vista do Direito do Ambiente e dos seus princípios, mormente o da Sustentabilidade, bem como do ponto de vista do direito ao ambiente na sua presença na Constituição da República Portuguesa. Além do mais fizeram-se algumas considerações sobre como releva para a justiça a promoção da bicicleta, sobre a importância de uma racionalidade prática como pressuposto da justiça, sobre a consideração da desigualdade das partes no contexto da circulação rodoviária, bem como sobre a necessária revisão do Código da Estrada e legislação conexa, passando por um olhar sobre a evolução do Direito Rodoviário até à atualidade...

A bicicleta nas viagens cotidianas do Município de São Paulo; The bibycle usage on trips at São Paulo city

Malatesta, Maria Ermelina Brosch
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/03/2014 Português
Relevância na Pesquisa
37.26%
O fenômeno do recente crescimento do uso da bicicleta no Município de São Paulo, cidade não propriamente amigável à sua utilização, merece uma reflexão cuidadosa, baseada na análise detalhada dos motivos que realmente induziram esta situação. É importante que a avaliação destes fatos não induza a crer que sejam seus únicos e principais motivos o atual momento de consciência sobre a necessidade de preservação do meio ambiente e a valorização de políticas que envolvam o conceito de independência de utilização de recursos naturais. No caso paulistano, a bicicleta tem sido uma saída espontânea encontrada por um setor específico da população, como tentativa de contornar a crônica má qualidade presente na mobilidade cotidiana da cidade, decorrência direta da deficiência dos serviços de transporte público existentes. Pode-se afirmar que a constatação do aumento de uso da bicicleta em São Paulo tem sensibilizado o poder público e a sociedade, induzindo à realização de ações para seu estímulo e consolidação. Assim estão em alta como políticas públicas de transporte sustentando sua viabilidade, experiências consolidadas e bem sucedidas de muitas metrópoles no mundo, onde já se afirmou como uma boa opção de mobilidade. Entretanto esta visão poderia se tornar equivocada e comprometer o atendimento ao que é realmente necessário para uma metrópole como São Paulo...

Ocupar as fendas: intervenções na cidade com uma bicicleta visual; Occupying the gaps: interventions in the city with a visual bicycle

Araujo, Rodrigo de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 09/06/2014 Português
Relevância na Pesquisa
37.26%
Ocupar as Fendas: Intervenções na cidade com uma Bicicleta Visual é composto por uma investigação-ação na cidade de São Paulo, na qual três intervenções urbanas foram realizadas: Ruínas Transitórias, Contra-Vigilância e Metro Quadrado. Para executar as ações foi desenvolvida a Bicicleta Visual, um veículo elétrico equipado com projetor de vídeo e um computador. A Bicicleta Visual atua como um dispositivo de ativação do espaço, ao projetar imagens em movimento sobre a arquitetura. As imagens projetadas e o modo como são feitas configuram uma intervenção urbana. As intervenções urbanas instauram desvios, rupturas e novas tensões, explicitando as contradições da cidade - distensões perceptivas, dissensos, que gestam a possibilidade de reflexão sobre a partilha do sensível. Essas ações propõem ao complexo tecido do espaço público novas experiências e invenções, anunciando outras formas de convivência. Nesse tipo de trabalho, que pretende intervir na realidade, prioriza-se, enquanto metodologia, o processo, os meios, a criação de formas que permitam agir e pensar simultaneamente. Esse tipo de pesquisa, transformadora do real, é denominada investigação-ação. Ocupar as Fendas é um trabalho composto de três procedimentos fundamentais: deslocar...

Descrição comparativa do padrão angular em bicicleta estacionária, modalidade indoor, chassi fixo e articulado

Pinzon, Cassiano
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.26%
A bicicleta estacionária articulada é um tipo de equipamento disponibilizado recentemente ao mercado de fitness, consequentemente não explorado em estudos no meio acadêmico científico. Desta forma surgem alguns problemas de pesquisas, desde o fato da instrumentação deste equipamento até a escolha de metodologias e variáveis a serem estudadas para potencializar o seu uso. Este estudo foi realizado com o proposito de descrever as diferenças quanto ao padrão angular da pedalada do ciclista, ou seja, o ângulo do pedal relativo ao pedivela, utilizando-se desta nova bicicleta estacionária de ciclismo indoor, comparando a condição chassi fixo com o articulado. Para a instrumentação, foi acoplado um gerador e um encoder junto a roda de inércia tendo controle das variáveis carga e cadência. Para a medição do ângulo do pedal, os pedais (direito e esquerdo) da bicicleta foram substituídos por pedais instrumentados com potenciômetros, já para o registro do ângulo do pedivela, foi utilizado um sensor eletromagnético, do tipo reed switch. A amostra foi composta por cinco praticantes, todos devidamente adaptados com bicicletas de chassi articulado, submetidas a um protocolo pré-estabelecido, variando condição (fixo e articulado) e posição (pedalando no selim e em pé) com carga e cadência determinada. Embora a amplitude de movimento para ambos os pedais não apresentaram diferenças...

"De bike eu vou" : um estudo antropológico sobre o uso da bicicleta em Porto Alegre/RS

Oliveira, Danielle Soares Pires de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.54%
Este estudo visa investigar o momento atual do processo de transformação da mobilidade urbana de Porto Alegre com a intensificação do uso da bicicleta pela população. Esta transformação ocorre através de várias iniciativas, de um lado, as pessoas passaram a usar mais a bicicleta e houve um crescimento na participação de indivíduos nos movimentos cicloativistas e grupos relacionados ao uso da bicicleta; por outro, houve a criação de algumas políticas públicas que visam contemplar esta demanda, como é o caso da construção de algumas ciclovias e a implantação de um serviço público de aluguel de bicicletas. Esta pesquisa busca compreender quais as motivações que levam as pessoas a fazer uso da bicicleta e como estas estão percebendo estas modificações na mobilidade urbana. Através de descrição etnográfica, com uso de observação participante, entrevistas, análise de documentos e de material da mídia, o presente trabalho relata algumas das ações, iniciativas e movimentos sociais que fomentam o uso da bicicleta em Porto Alegre. Percebe-se que, aos poucos, opera-se uma modificação na paisagem urbana e transforma-se também a percepção e o modo de conviver das pessoas com a própria cidade. Verificou-se que os cicloativistas e ativistas...

Possibilidade e limites da bicicleta na educação física escolar

Ransolin, Cristiano
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.54%
O presente trabalho de conclusão de Curso trata das possibilidades e limites da bicicleta, ou dos conhecimentos sobre ela na educação física escolar. A prática do ciclismo na cidade de Porto Alegre - seja como lazer, esporte, meio de transporte, trabalho, entre outras – têm crescido nos últimos anos, isso é perceptível na medida em que ciclovias estão sendo criadas e executadas, foi implantado o serviço de aluguel de bicicletas na cidade, além de espaços e eventos relacionados à bicicleta. A bicicleta tem ocupado mais espaço e ganhado visibilidade, cada vez mais as pessoas estão utilizando-a nas ruas. Porém, nem todos se comportam adequadamente ou utilizam equipamentos de segurança e, dessa maneira, colocam- se em risco. Onde então poderiam ser trabalhas essas questões de segurança? Não seria a escola um espaço adequado? A educação física poderia contemplar esse “conteúdo” tendo em vista que a bicicleta faz parte da cultura corporal dos portoalegrenses? A educação física tem passado por transformações desde a década de 1980, novas concepções passaram a criticar a esportivização na disciplina escolar e sugerir novas abordagens pedagógicas na educação física. No entanto ainda não há um consenso com relação aos conteúdos que devem ser desenvolvidos na escola...

PROPOSTA DE IMPLANTAÇÃO DE UM TERMINAL DE INTEGRAÇÃO INTERMODAL ENTRE BICICLETA-ÔNIBUS NA REGIÃO DO AVENTUREIRO NA CIDADE DE JOINVILLE, SANTA CATARINA

Hoepers, Nathan Filipe
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: xx f.157
Português
Relevância na Pesquisa
37.33%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Campus Joinville. Engenharia de Transportes e Logística.; A mobilidade urbana sustentável na cidade de Joinville-SC é um grande desafio devido ao crescimento do número de veículos individuais transitando nas vias geralmente saturadas nos horários de pico, aliado à diminuição da demanda do sistema de transporte público urbano. Sendo assim, uma forma de melhorar a mobilidade urbana na cidade é promover a integração dos diferentes modais de transporte, sendo que a bicicleta tem se destacado como um excelente instrumento de integração com o transporte público. Portanto, o presente trabalho tem como objetivo elaborar uma proposta de implantação de um terminal intermodal entre bicicleta-ônibus em uma região periférica da cidade de Joinville, visando melhorar as condições de transporte dos usuários do transporte coletivo da região, diminuindo o tempo de espera e consequentemente o tempo total de viagem. O estudo se desenvolve com o levantamento do referencial teórico sobre a temática da mobilidade urbana, revisando os modos de transporte público e de deslocamento não motorizado, após, são abordados os temas relacionados com os tipos de integração existentes e alguns exemplos de integração entre bicicleta e transporte público no mundo. Tendo o referencial teórico elaborado...

Conceção, desenvolvimento e projeto de uma bicicleta multímodo

Rios, Pedro Daniel Almeida
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
37.56%
O tema de dissertação no âmbito de uma bicicleta multímodo teve como objetivo o desenvolvimento de um conceito de bicicleta com um conjunto de características diferenciadoras, a nível de funcionalidade, em relação a uma bicicleta convencional. Do conjunto de funcionalidades inicialmente considerado, a capacidade de utilização da bicicleta numa vertente dinâmica e indoor, a integração e o carregamento de dispositivos eletrónicos constituem as principais funcionalidades do produto desenvolvido. Após uma análise de benchmarking a um conjunto de bicicletas desportivas e indoor, foram identi ficados e, posteriormente, desenvolvidos sistemas, como por exemplo a transmissão por veio mecânico, que visam dar resposta às principais funcionalidades da bicicleta. Nesta etapa, foram considerados um conjunto de aspetos antropométricos, ergonómicos e biomecânicos. Tendo em conta o enquadramento do presente trabalho, todo o processo de conceção e de projeto seguiu uma metodologia de um processo de engenharia do produto, tendo sido utilizadas um conjunto de ferramentas típicas com vista a sistematizar e hierarquizar a informação necessária ao desenvolvimento da bicicleta. Destacam-se a identi ficação dos requisitos do produto e a sua relação com os requisitos do cliente através da matriz QFD; a geração e seleção de conceitos para os sistemas da bicicleta; o desenvolvimento de um logótipo representativo do produto desenvolvido; uma análise de custos e...

Consciencialização ambiental e consumo sustentável no desporto : utilizadores de bicicleta e não utilizadores de bicicleta

Santos, Pedro Miguel Feiteira dos
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa Publicador: Universidade Técnica de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.26%
Mestrado em Gestão do Desporto - Organizações Desportivas; O objectivo desta investigação é identificar as diferentes perspectivas e preocupações ambientais entre os praticantes de uma determinada actividade física, a utilização da bicicleta, e o cidadão não praticante desta actividade física. Seja num contexto estritamente lúdico, de lazer, turismo, ou numa situação onde a bicicleta sirva como veículo transportador, substituindo outro meio de transporte (e.g. automóvel), serão comparados estes dois grupos quanto às razões e ao desenvolvimento de uma consciência ambiental, bem como os seus comportamentos no dia-a-dia e as suas atitudes ecológicas.; The aim of this research is to identify the different perspectives and environmental concerns among bycle users, and the normal citizen, non-practicing this physical activity. Whether in a strictly recreational situation, tourism, or in a act where the bike will serve as main vehicle, replacing other means of transportation (e.g. car), this two groups will be analised regarding the reasons and the development of environment awareness, as well as their behavior in the day-to-day and their environmental attitudes.

Medidas de promoção do uso da bicicleta : percepção de utilizadores e não utilizadores de bicicleta.

Guerreiro, Irina Isabela da Silva
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa Publicador: Universidade Técnica de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
37.61%
Mestrado em Gestão do Desporto, na especialidade de Organizações Desportivas; A utilização da bicicleta seja como meio de transporte, lazer ou desporto, traz inúmeros benefícios não só para o utilizador como para a qualidade ambiental. A tomada de consciencialização desta e de outras vantagens do uso da bicicleta - como a flexibilidade, os custos que importa ou a rapidez em curtas distâncias - tem levado a uma crescente utilização da bicicleta. No entanto, este crescimento não tem sido tão rápido como se desejaria, sobretudo quando o comparamos com países como a Holanda e a Dinamarca. O objetivo principal do presente estudo é a determinação de variadas medidas cuja implementação deverá incrementar o uso da bicicleta em Portugal. Para tal, foi aplicado um questionário a utilizadores e não utilizadores de bicicleta. Um total de 1581 indivíduos (795 utilizadores de bicicleta e 786 não utilizadores de bicicleta) respondeu ao questionário dando a sua opinião sobre 24 medidas apresentadas. Foi ainda feita a caraterização geral da amostra, caraterização do percurso diário habitual, caraterização da prática de atividade física e utilização da bicicleta e a caraterização do utilizador e não utilizador de bicicleta. Os dados quantitativos foram analisados utilizando o software estatístico IBM SPSS versão 19. Foram realizadas tabelas de frequência...

Integração da bicicleta na mobilidade urbana – análise de casos de estudo e ensinamentos para Portugal

Ruxa, Marta Sofia Cardoso
Fonte: Faculdade de Ciências e Tecnologia Publicador: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
37.33%
Dissertação para obtenção do Grau de Mestre em Engenharia do Ambiente, perfil de Ordenamento do Território e Impactes Ambientais; A mobilidade urbana está na origem de 40% das emissões de CO2 e de 70% das emissões de outros poluentes. Em Portugal o sector dos transportes é um dos principais emissores de gases com efeito de estufa. Este aumento do tráfego nas cidades tem conduzido a um fenómeno de congestionamento crónico, com inúmeras consequências negativas no meio ambiente e na qualidade de vida das populações. Esta dissertação de mestrado pretende contribuir para inverter a tendência e aponta um conjunto de estratégias que contribuem para o aumento do índice de mobilidade ciclável nas cidades portuguesas. Os casos de estudo analisados: Amesterdão, Sevilha e Murtosa permitem identificar algumas das melhores políticas de ordenamento, planeamento e incentivo à mobilidade ciclável. Portugal tem evoluído a um ritmo muito lento, com pouca promoção e incentivo da utilização da bicicleta nas cidades, sobretudo nas vertentes de mobilidade e transporte. Uma política de promoção para os modos suaves deve recorrer a um leque diversificado de medidas, desde as medidas “hard” ligadas às infra-estruturas...

Análise do potencial de integração da bicicleta com o transporte coletivo em Belo Horizonte

Castro,Catarina Miranda Sampaio e; Barbosa,Heloisa Maria; Oliveira,Leise Kelli de
Fonte: Sociedade Brasileira de Planejamento dos Transportes Publicador: Sociedade Brasileira de Planejamento dos Transportes
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2013 Português
Relevância na Pesquisa
37.33%
A bicicleta como um modo de transporte sustentável tem ganhado destaque por contribuir para a redução do número de veículos motorizados nas cidades. Para que isto ocorra, dentre os fatores que precisam ser fomentados, está a integração da bicicleta com o transporte público. Este artigo apresenta os resultados da análise da potencialidade da integração da bicicleta com o trem metropolitano, e a análise comparativa dos resultados em diferentes capitais brasileiras. A metodologia envolveu uma pesquisa de dados socioeconômicos e de preferência declarada para identificar os atributos relevantes para a ocorrência da integração, com usuários da Estação Vilarinho em Belo Horizonte. Os resultados apontam o perfil dos usuários dispostos a fazer a integração, e, a distância da origem até à estação e o fato de não possuir bicicleta como os motivos da falta de interesse pela integração. Os entrevistados declararam que segurança pública e infraestrutura cicloviária são fatores importantes para a integração. Além disso, não existe uma convergência do percentual de adesão à integração nas cidades analisadas, sendo necessários estudos locais para avaliar a viabilidade desta integração.

Bicicleta como modo alimentador do sistema metroferroviário

Augusto Lima de Souza, José; Leonor Alves Maia, Maria (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
Português
Relevância na Pesquisa
37.43%
Esta dissertação baseia-se no argumento que a implantação de bicicletários nas estações de trens e metrô facilita a intermodalidade bicicleta-trem, aumenta o poder de atração do transporte público para a população que reside no entorno desses terminais, e melhora a acessibilidade às estações dos sistemas metroferroviários. O tema se justifica em função da necessidade de se buscar um novo modelo de mobilidade urbana, com baixa emissão de carbono, inserindo a bicicleta como meio de transporte cotidiano e modo alimentador do transporte público, visto ser uma alternativa viável e de baixo custo, que trás consigo ganhos para toda sociedade. Os objetivos principais são diagnosticar o potencial ciclável no entorno de uma estação metroferroviária, propondo a utilização da bicicleta como modo alimentador desses sistemas e favorecer a intermodalidade bicicleta-trem. Também oferece referências que podem ajudar na implantação de bicicletários nas estações metroferroviárias. O referencial teórico insere-se nas recentes abordagens da mobilidade urbana, integração de modais de transporte e intermodalidade bicicleta-transporte público, que ampliam o poder de atração do transporte público. O estudo empírico foi desenvolvido no entorno da Estação Camaragibe...

Par de Curvas no Plano: Geometria da Bicicleta; Par de Curvas no Plano: Geometria da Bicicleta

LEE, Fang Chou
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Matemática; Ciências Exatas e da Terra Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Matemática; Ciências Exatas e da Terra
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.26%
The main objective is to study the curves generated by the front and rear wheels of a bicycle from the standpoint of differential geometry.; O principal objetivo deste trabalho é estudar as curvas geradas pelas rodas traseira e dianteira de uma bicicleta do ponto de vista da Geometria diferencial.

Diferencias en la movilidad, estilos de conducci??n y accidentalidad entre conductores seg??n sean o no usuarios de bicicleta

Carmona Navarro, Carmen; Jim??nez Mej??as, Eladio; Mart??nez-Ruiz, Virginia; Olmedo-Requena, Roc??o; Lardelli-Claret, Pablo
Fonte: Real Academia de Medicina y Cirug??a de Andaluc??a Oriental; Universidad de Granada Publicador: Real Academia de Medicina y Cirug??a de Andaluc??a Oriental; Universidad de Granada
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
37.43%
Introducci??n: Se conoce la tendencia al menor respeto de las normas de seguridad vial por parte de los usuarios de bicicleta. Los objetivos de este estudio fueron identificar las diferencias en la movilidad, estilos de conducci??n y accidentalidad entre conductores de turismo, en funci??n de su condici??n o no de usuarios de bicicleta y valorar el efecto de montar en bicicleta sobre cada una de estas variables. Material y M??todos: Se realiz?? un estudio transversal sobre una muestra de 1114 conductores de turismo (34,4% de ellos usuarios de bicicleta) empleando un cuestionario autoadministrado que valor??: su movilidad, uso de dispositivos de seguridad, estilos de conducci??n y accidentalidad. Resultados: Los conductores usuarios de bicicleta presentaron mayores exposiciones, manifestaron conducir m??s deprisa, se percibieron como mejores al volante y se implicaron m??s frecuentemente en estilos de conducci??n de riesgo. Conclusi??n: En nuestra poblaci??n, ser usuario de bicicleta se asoci?? positivamente con todos los factores relacionados con una mayor morbi-mortalidad por tr??fico.; Introduction: It is well known the lower respect to the road safety rules by the bicycle users. The objectives of this study were to identify differences in mobility...

Transporte ativo: implementação e avaliação de um programa de intervenção sobre os hábitos de deslocação em bicicleta para a escola; Active transport: implementation and evaluation of an intervention program in the habits of bicycle commute to school

Lopes, Ricardo Abreu
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
37.52%
Relatório de atividade profissional de mestrado em Ensino de Educação Física nos Ensinos Básico e Secundário; O presente relatório constitui uma reflexão crítica da atividade profissional e dedicou grande atenção à qualidade da ação docente. O tema da mobilidade sustentável e o potencial da bicicleta, enquanto modo ativo de deslocação regular, tem vindo a ganhar um crescente interesse. Este facto proporcionou uma oportunidade de investigação no âmbito do transporte ativo de bicicleta nos hábitos de mobilidade dos alunos para realizar o percurso de casa para a escola. Numa primeira fase o objetivo deste estudo foi descrever as opções de mobilidade dos alunos de uma escola pública do ensino secundário nas suas deslocações quotidianas para a escola e perceber a recetividade ao transporte ativo para cumprir este trajeto. Tratou-se de um estudo descritivo e a amostra foi constituída por 145 alunos do 10º ao 12º ano do ensino secundário de uma escola pública, com idades compreendidas entre os 15 e os 20 anos (média=16,4 anos; DP=1,16), sendo 79 do sexo masculino e 66 do sexo feminino. O instrumento utilizado foi adaptado de Pereira et al (2012) e aplicado no sentido de conhecer os modos de deslocação dos alunos para a escola...

Diseño de una bicicleta de montaña

Araujo Uribe, Jorge Esteban; Martínez Márquez, Daniel; Salazar Palacio, Juan David
Fonte: Ingeniería de Diseño de Producto; Escuela de Ingeniería. Departamento de Ingeniería de Diseño de Producto Publicador: Ingeniería de Diseño de Producto; Escuela de Ingeniería. Departamento de Ingeniería de Diseño de Producto
Tipo: bachelorThesis; Trabajo de grado; acceptedVersion
Português
Relevância na Pesquisa
37.26%
El proyecto se basa en el diseño de una bicicleta de montaña, teniendo en cuenta las necesidades del usuario y el público al cual va dirigido el producto. Se divide en seis etapas de diseño, tomando como base la metodología de Pahl y Beitz propuesta en el libro: “Métodos de diseño” de Nigel Cross. De esta metodología se toman las cuatro etapas principales, que son: clarificación de la idea, diseño conceptual, diseño para dar forma y diseño de detalles. A estas cuatro etapas se agregaron dos más, donde está contemplado el proceso de manufactura y el protocolo de pruebas, con el cual se buscó verificar el buen desempeño de la bicicleta en las condiciones establecidas.; 149 p. , + anexos (87 p.); Contenido parcial: Partes y características de una bicicleta de montaña -- Tipos de bicicletas de montaña -- Diseño para dar forma -- Generación de alternativas -- Análisis del sistema de suspensión trasero -- Diseño de detalles – Estática.

Mobilidade urbana por bicicleta na cidade de ??guas Claras Distrito Federal

Sousa, Naiara Caroline dos Santos
Fonte: Centro Universitário de Brasília Publicador: Centro Universitário de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Português
Relevância na Pesquisa
37.39%
A inser????o da bicicleta no cen??rio brasileiro tem sido um processo lento. As dificuldades encontradas em rela????o ?? exist??ncia de infraestrutura para utiliza????o deste modal s??o hist??ricas devido ?? prioridade do uso do espa??o urbano das cidades, onde o transporte motorizado, principalmente o particular, tem recebido atendimento preferencial por parte das autoridades. As atividades de transporte e mobilidade, em todas as suas dimens??es, constituem setores que produzem fortes impactos no meio ambiente, tanto diretamente - pela emiss??o de poluentes ou pelo efeito de congestionamentos, quanto indiretamente - ao servir como fundamental elemento indutor do desenvolvimento econ??mico e urbano, afirma o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Esp??rito Santo. Neste cen??rio, a bicicleta ?? considerada um meio de transporte ambientalmente sustent??vel, pois n??o coloca a sa??de p??blica ou o ecossistema em risco. No Brasil, apesar da escassez de ciclovias, o uso da bicicleta como meio de transporte n??o ?? insignificante, uma vez que o pa??s figura como o terceiro maior produtor mundial de bicicletas, ficando atr??s apenas da China e da ??ndia. Dentro dessa ??tica, a bicicleta deveria ser considerada como elemento integrante da vis??o do meio urbano brasileiro. No Distrito Federal...

A bicicleta como plataforma laboratorial

Guimarães, Joana Soares
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
37.47%
O setor dos transportes é atualmente um dos principais consumidores de energia a nível mundial. São múltiplas as estratégias implementadas neste setor com o intuito de minimizar os danos energéticos e ambientais causados. Além destes impactos, a excessiva dependência do transporte individual motorizado contribui para o sedentarismo. Nos últimos anos, têm existido incentivos à utilização de modos suaves, nomeadamente andar a pé e de bicicleta. Em particular, a bicicleta é um meio de transporte ecológico viável para pequenas e médias distâncias. Assim, considera-se de grande interesse o estudo da bicicleta como meio de transporte em cidades onde as condições são favoráveis, nomeadamente ao nível da orogra a do terreno e clima. A presente dissertação surge com o objetivo de criar uma plataforma laboratorial 'on-road' para monitorizar percursos cicláveis na cidade de Aveiro. Para o efeito foi desenvolvida uma aplicação android para smartphone para servir de interface entre o condutor e o protótipo de sensores instalados na bicicleta. Foi utilizado também o dispositivo garmin edge 500 para comparar os resultados obtidos com os sensores. Finalmente, foi igualmente instalada uma câmara de lmar na bicicleta...