Página 1 dos resultados de 4326 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Substituição do feno de "coastcross" (Cynodon spp) por casca de soja na alimentação de borregas (os) confinadas (os). ; Replacement of coastcross hay by soybean hulls in diets for feedlot lambs.

Morais, Janice Barreto de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/10/2003 Português
Relevância na Pesquisa
37.060552%
A alimentação de fêmeas ovinas em crescimento deve ser de alta qualidade para obtenção do peso de cobrição aos sete meses de idade. Foram realizados três experimentos com o objetivo de avaliar a substituição do feno de “coastcross” por casca de soja sobre o desempenho de borregas confinadas (Experimento I), comportamento ingestivo (Experimento II) e digestibilidade dos nutrientes no trato digestivo total de borregos (Experimento III). Nos Experimentos I e II, foram utilizadas 48 borregas da raça Santa Inês, com peso e idade inicial de 23,1 ± 3,3 kg e 124 ± 9 dias, respectivamente, em um delineamento em blocos casualizados com quatro tratamentos e seis repetições. Os tratamentos constaram de dietas isoprotéicas e iso-FDN: 0CS; 12,5CS; 25CS e 37,5CS (0; 12,5; 25 e 37,5% de inclusão de casca de soja na MS da dieta, respectivamente). Houve efeito linear crescente (P<0,01) para consumo de matéria seca e para ganho de peso diário e efeito linear decrescente (P<0,01) para conversão alimentar com a inclusão da casca de soja. O comportamento ingestivo apresentou um efeito linear decrescente (P<0,02) nos tempos despendidos para ingestão, para ruminação e para atividade de mastigação em minutos/dia...

Sobre o acoplamento fluido-casca utilizando o método dos elementos finitos; On fluid-shell coupling using the finite element method

Sanches, Rodolfo André Kuche
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/03/2011 Português
Relevância na Pesquisa
37.090854%
Este trabalho consiste no desenvolvimento de ferramentas computacionais para análise não linear geométrica de interação fluido-casca utilizando o Método dos Elementos Finitos (MEF). O algoritmo para dinâmica dos fluidos é explícito e a integração temporal é baseada em linhas características. O código computacional é capaz de simular as equações de Navier-Stokes para escoamentos compressíveis tanto na descrição Euleriana como na descrição Lagrangeana-Euleriana arbitrária (ALE), na qual é possível prescrever movimentos para a malha do fluido. A estrutura é modelada em descrição Lagrangeana total através de uma formulação de MEF para análise dinâmica não linear geométrica de cascas baseada no teorema da mínima energia potencial total escrito em função das posições nodais e vetores generalizados e não em deslocamentos e rotações. Essa característica evita o uso de aproximações de grandes rotações. Dois modelos de acoplamentos são desenvolvidos. O primeiro modelo, ideal para problemas onde a escala de deslocamentos não é muito grande comparada com as dimensões do domínio do fluido, é baseado na descrição ALE e o acoplamento entre as duas diferentes malhas é feito através do mapeamento das posições locais dos nós do contorno do fluido sobre os elementos de casca e vice-versa...

Beneficiamentos da cinza de casca de arroz residual com vistas à produção de cimento composto e/ou pozolânico; The processing of rice husk ash waste for use in the production of pozzolanic or composite cement

Pouey, Maria Tereza Fernandes
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.060552%
A cinza de casca de arroz é um resíduo agro-industrial decorrente do processo de queima da casca de arroz, sendo largamente encontrada no Rio Grande do Sul, pois, historicamente, este Estado é o maior produtor de arroz no Brasil, com cerca de 45% da produção nacional. Empregada como fonte de energia, a casca de arroz é queimada em diversas empresas; algumas, devido à sua natureza, incorporam a cinza ao produto, mas a maioria não encontra outro destino que não o descarte em forma de aterro, criando, assim, um problema ambiental de poluição do solo, do ar e de rios e córregos. No entanto, devido à presença de elevado percentual de sílica (SiO2) na sua constituição, a cinza de casca de arroz pode ter vários empregos. Na construção civil, pode ser empregada como pozolana, conforme vários estudos já vêm demonstrando. Porém, encontra restrições por motivos como sua cor escura, que confere aos cimentos, argamassas e concretos aos quais é adicionada, uma coloração também escura, e a falta de uniformidade apresentada em termos de características químicas e, principalmente, mineralógicas. A cor escura não é um problema de ordem técnica, mas estética e de aceitação no mercado. Já a composição mineralógica está associada à atividade pozolânica e a falta de uniformidade do material disponível implica na incerteza do grau de reatividade. Este trabalho teve o objetivo de verificar a viabilidade técnica do emprego de cinzas de casca de arroz residuais na confecção de cimentos Portland composto e/ou pozolânico...

Otimização da hidrólise da casca de soja (glycine max) e avaliação da capacidade de produção de xilitol e etanol por microrganismos sobre este hidrolisado; Optimization of hydrolysis of soy hull and avaliation of production capacity of ethanol and xylitol by microorganisms on this hydrolysed

Cassales, Ana Ribeiro
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.115747%
Resíduos lignocelulósicos agroindustriais, como a casca de soja, são fontes abundantes e de baixo custo para produção biotecnológica de compostos de alto valor agregado. É o caso da produção de xilitol e etanol. Esse processo biotecnológico promove um aproveitamento completo dos resíduos lignocelulósicos, utilizando as frações celulósica e hemicelulósica para a obtenção de commodities. O presente trabalho teve como objetivo otimizar a hidrólise ácida diluída utilizando como ferramenta o planejamento experimental e ampliar os conhecimentos sobre a produção biotecnológica de xilitol e etanol mediante o cultivo de microrganismos sobre o hidrolisado de casca de soja. A casca da soja mostrou-se um resíduo bastante promissor, já que o teor de lignina total encontrado nestas amostras foi menor que 10% e o teor de açúcares fermentescíveis foi de 65%. O primeiro planejamento experimental realizado baseou-se em um planejamento fatorial completo 23 com ponto central. O tratamento, cujas variáveis foram 122 °C, 8,8 g g-1 e 2 mmol H2SO4 g-1 SS, foi o que obteve melhores resultados no maior tempo de reação (40 min), liberando em torno de 6,3 g L-1 de xilose, 0,02 g L-1 de furfural, 0,07 g L-1 de hidroximetilfurfural e 1...

Sistemas de alimentação e suplementação de farinha de casca de ostras sobre o desempenho e a qualidade da casca dos ovos de poedeiras comerciais

Faria, Douglas Emygdio de; Junqueira, Otto Mack; Sakomura, Nilva Kazue; Santana, Áureo Evangelista
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 1394-1401
Português
Relevância na Pesquisa
37.136558%
O objetivo desta pesquisa foi avaliar diferentes sistemas de alimentação e suplementação de farinha de casca de ostras sobre o desempenho e a qualidade da casca dos ovos, determinados constituintes sangüíneos, e sobre a disponibilidade aparente do cálcio e fósforo dietéticos, em 120 galinhas Lohmann LSL, com 70 semanas de idade, distribuídas em 20 unidades experimentais com seis aves cada. O delineamento utilizado foi o inteiramente ao acaso em arranjo fatorial 2 x 2: sistemas de alimentação (ad libitum e jejum das 7 às 18 h) e suplementação de farinha de casca de ostras (0 e 6,5 g/ave/dia), totalizando quatro tratamentos com cinco repetições cada. Os resultados mostraram menor consumo de ração para as galinhas submetidas à restrição alimentar. Produção, peso e massa de ovos, conversão alimentar, porcentagem de casca, espessura de casca, densidade aparente dos ovos e os coeficientes de disponibilidade aparente do cálcio e fósforo não foram afetados pelos tratamentos. Concluiu-se que o fornecimento de ração após às 18 h e a suplementação de casca de ostras não se mostraram vantajosos para o desempenho e a qualidade da casca dos ovos de poedeiras comerciais.; The objective of this experiment was to evaluate different feeding schedule and oyster shell supplementation on the performance and eggshell quality...

Avaliação do comportamento fisico-quimico-mecanico de misturas cimento-cinza-casca de arroz por meio de corpos-de-prova cilindricos e placas prensadas

Loris Lodir Zucco
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/07/2007 Português
Relevância na Pesquisa
37.213396%
A reciclagem pode ser considerada uma ferramenta adequada para minimizar o impacto humano causado ao meio ambiente, o que aponta para o aproveitamento de resíduos agrícolas na obtenção de materia is para construções rurais, como uma forma alternativa de seqüestro ou da não emissão de carbono. O aproveitamento racional dos resíduos ainda é um problema não solucionado e uma parte substancial dos resíduos é desperdiçada, ou contamina o meio ambiente. No entanto, agregados de origem vegetal podem ser empregados na fabricação de artefatos leves de cimento, na busca de materiais de comportamento diferenciado em termos de isolamento térmico e acústico e de resistência às cargas dinâmicas. Esse trabalho de pesquisa, baseado em estudos anteriores envolvendo o aproveitamento da casca de arroz (CASCA), objetivou a redução no consumo de cimento através da incorporação de maior quantidade de material, a casca de arroz queimada em condições especiais, resultante de processo industrial (CINZA). Os percentuais de adição de casca e de cinza, variaram em função do tipo de mistura (pasta ou compósito). Assim, as diferentes misturas cimento-cinzacasca obtidas foram agrupadas em FASES, de acordo com o tipo de mistura (Pasta ou Compósito)...

Sistemas químicos nanoestruturados : nanopartículas caroço-casca em suporte poroso funcional e filmes finos alternados de óxidos semicondutores (TiO2, MoO3, WO3); Nanostructutred chemical systems : core-shell nanoparticles in functional porous support and alternate thin films of semiconductors oxide (TiO2, MoO3, WO3)

Elias de Barros Santos
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/09/2011 Português
Relevância na Pesquisa
37.090854%
Este trabalho de tese é referente à preparação e caracterização de sistemas nanoestruturados na forma de nanopartículas caroço-casca e filmes finos alternados dos óxidos semicondutores: TiO2, MoO3 e WO3. Para tal finalidade foram preparadas nanopartículas monocomponentes individuais dos três óxidos mencionados (PVG/TiO2, PVG/MoO3 e PVG/WO3) e nanopartículas caroço-casca bicomponentes (PVG/TiO2-MoO3, PVG/MoO3-TiO2 e PVG/TiO2-WO3), usando o vidro poroso Vycor® (PVG) como suporte. Também foram preparados filmes finos individuais e alternados de TiO2 e MoO3. Para a síntese das nanopartículas foram feitas impregnações do PVG com soluções precursoras dos compostos di-(propóxido)-di-(2-etilhexanoato) de titânio (IV) em hexano, 2-etilhexanoato de molibdênio (VI) em hexano e do composto di-[hexaquis(m-acetato)triacetato(m3-oxo)tritungstênio(III, III, IV) em água. Foi empregado o procedimento de ciclos de impregnação-decomposição sucessivos, que consiste em repetir, empregando o mesmo suporte poroso, o procedimento de impregnação do composto e sua posterior decomposição térmica. Com este método foi possível controlar o tamanho das nanopartículas, que seguido da alternância dos precursores envolvidos em cada ciclo levou a obtenção de nanopartículas compostas por bicamadas (caroço-casca). Os sistemas de nanopartículas foram caracterizados pelas técnicas de espectroscopia Raman...

Produção e avaliação do uso de pozolana com baixo teor de carbono obtida da cinza de casca de arroz residual para concreto de alto desempenho

Santos, Silvia
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado Formato: xix, 267 f.| il., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
37.090854%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil.; Os benefícios da utilização da cinza de casca de arroz como adição pozolânica em argamassas e concretos têm sido amplamente discutidos e divulgados por diversos pesquisadores nas últimas décadas. Entretanto, ao contrário de outras pozolanas, a utilização da cinza de casca de arroz não alcançou o mesmo sucesso comercial. A barreira imposta pelo mercado consumidor está relacionada, em parte, à coloração escura (preta) que o material confere aos produtos à base de cimento Portland com ele confeccionados. Isto se deve ao elevado teor de carbono presente na cinza de casca de arroz residual. Assim, o principal objetivo deste trabalho foi viabilizar a fabricação e utilização de pozolana com baixo teor de carbono obtida da cinza de casca de arroz residual para a produção de concreto de alto desempenho. Para a retirada do carbono empregou-se um sistema industrial desenvolvido em parceria com uma indústria local. O sistema é constituído por um forno rotativo contínuo capaz de reduzir o teor de carbono da cinza de casca de arroz residual pela requeima do material sob condições controladas de temperatura e tempo de retenção do material no interior do forno. Foram consideradas 4 temperaturas...

Determinação do volume, do fator de forma e da porcentagem de casca de árvores individuais em uma Floresta Ombrófila Aberta na região noroeste de Mato Grosso

Colpini,Chirle; Travagin,Danielle Parra; Soares,Thelma Shirlen; Moraes e Silva,Versides Sebastião
Fonte: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia Publicador: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2009 Português
Relevância na Pesquisa
37.060552%
O objetivo deste estudo foi testar e selecionar modelos que expressam o volume com e sem casca e determinar o fator de forma e a porcentagem de casca para uma área de floresta ombrófila aberta na região noroeste de Mato Grosso. Foi realizada a cubagem rigorosa de 91 árvores para a obtenção do diâmetro, espessura de casca, altura total do fuste e volume sólido. Dez modelos volumétricos foram testados, sendo que para a seleção do melhor modelo foram usadas as estatísticas do coeficiente de determinação ajustado, erro padrão da estimativa, seguida da análise de resíduos e distribuição gráfica dos resíduos. Os modelos selecionados foram validados pela aplicação do teste L&O. O fator de forma médio obtido foi de 0,7424 e 0,7297 com e sem casca, respectivamente. O volume médio de casca foi de 0,4292 m³ (7,45% do volume total). O modelo de Schumacher-Hall foi o que melhor se ajustou aos dados de volumes com e sem casca.

Efeito da adição de cinza da casca de arroz em misturas cimento-casca de arroz

Zucco,Loris L.; Beraldo,Antonio L.
Fonte: Associação Brasileira de Engenharia Agrícola Publicador: Associação Brasileira de Engenharia Agrícola
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 Português
Relevância na Pesquisa
37.136558%
A casca de arroz e sua cinza são abundantes e renováveis, podendo ser empregadas na obtenção de materiais de construção alternativos. O aumento do consumo desses resíduos poderia ajudar a minimizar os problemas ambientais provenientes da sua eliminação inadequada. Este trabalho teve o objetivo de avaliar a utilização de cinzas como carga mineral (filler). Todavia, a casca de arroz interferiu quimicamente no comportamento das misturas à base de cimento. Assim, diferentes misturas cimento-casca de arroz, com e sem adição de cinzas, foram avaliadas, a fim de destacar a influência de seus componentes (casca; cinza) que, de outra forma, poderiam ser excluídas ou subestimadas. Amostras cilíndricas (teste de compressão simples e de tração por compressão diametral) e amostras extraídas das placas prensadas (teste de flexão e compressão paralela à superfície) foram usadas para avaliar o comportamento das misturas e dos componentes casca e cinza. Os resultados dos ensaios mecânicos mostraram, em geral, que não houve diferença estatística entre as misturas, as quais estão associadas ao efeito químico supressivo da cinza da casca de arroz. A mistura da casca de arroz de 10 mm com o acréscimo de 35% das cinzas destaca-se por permitir o mais elevado consumo de casca e cinzas...

Efeito da substituição parcial da farinha de trigo por farinha de casca de batata (Solanum Tuberosum Lineu)

Fernandes,Anderson Felicori; Pereira,Joelma; Germani,Rogério; Oiano-Neto,João
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 Português
Relevância na Pesquisa
37.115747%
O aproveitamento dos subprodutos da agroindústria de alimentos diminui os custos da produção, aumenta o aproveitamento total do alimento e reduz o impacto que esses subprodutos podem causar ao serem descartados no ambiente. Dessa forma, alguns subprodutos da batata são aproveitados e transformados em ingredientes alimentícios, como é o caso da casca. Neste estudo utilizou-se a casca de batata para produção de farinha visando a sua utilização em produtos de panificação, sendo utilizadas as seguintes porcentagens na composição da farinha mista: 0-50-50%; 3-47-50%; 6-44-50%; 9-41-50% e 12-38-50% de farinha de casca de batata, farinha de trigo branca e farinha de trigo integral, respectivamente. Foram realizadas análises físico-químicas na farinha de casca de batata, análises físicas na farinha de casca, nas farinhas de trigo branca e integral e análises reológicas nas farinhas mistas. A farinha de casca de batata apresentou bons teores de fibras e minerais, e dentro deste último, destacam-se os teores de fósforo, cálcio e magnésio. Quanto à granulometria e à diferença de cor, as farinhas de casca de batata e a farinha de trigo integral apresentaram valores mais próximos uma da outra. À medida que se aumentou a substituição da farinha de trigo branca pela farinha de casca de batata...

Avaliação da qualidade da casca dos ovos provenientes de matrizes pesadas com diferentes idades

Barbosa,V.M.; Baião,N.C.; Mendes,P.M.M.; Rocha,J.S.R.; Pompeu,M.A.; Lara,L.J.C.; Martins,N.R.S.; Nelson,D.L.; Miranda,D.J.A.; Cunha,C.E.; Cardoso,D.M.; Cardeal,P.C.
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.090854%
Foi realizado um estudo sobre qualidade da casca dos ovos incubáveis provenientes de matrizes pesadas com diferentes idades, por meio da avaliação da relação entre peso da casca e peso do ovo e análises de peso específico, espessura, porosidade, resistência e microscopia eletrônica. Os dois tratamentos foram definidos pela idade da matriz, sendo considerados ovos de matrizes novas - 33 semanas - e de matrizes velhas - 63 semanas. Os ovos de matrizes com 33 semanas foram mais leves, e o número de poros por cm² foi menor que o de ovos das aves mais velhas. Ovos de aves com 63 semanas apresentaram menor percentual de casca em relação ao peso do ovo, menor peso específico e menores resistência e espessura da casca. A proporção das membranas da casca em relação à sua espessura total foi maior nas matrizes mais novas. Concluiu-se que ovos de matrizes velhas têm qualidade de casca inferior aos ovos das matrizes novas e que as membranas da casca nos ovos de matrizes novas desempenham papel relevante em sua estrutura.

Sistemas de alimentação e suplementação de farinha de casca de ostras sobre o desempenho e a qualidade da casca dos ovos de poedeiras comerciais

Faria,Douglas Emygdio de; Junqueira,Otto Mack; Sakomura,Nilva Kazue; Santana,Áureo Evangelista
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2000 Português
Relevância na Pesquisa
37.136558%
O objetivo desta pesquisa foi avaliar diferentes sistemas de alimentação e suplementação de farinha de casca de ostras sobre o desempenho e a qualidade da casca dos ovos, determinados constituintes sangüíneos, e sobre a disponibilidade aparente do cálcio e fósforo dietéticos, em 120 galinhas Lohmann LSL, com 70 semanas de idade, distribuídas em 20 unidades experimentais com seis aves cada. O delineamento utilizado foi o inteiramente ao acaso em arranjo fatorial 2 x 2: sistemas de alimentação (ad libitum e jejum das 7 às 18 h) e suplementação de farinha de casca de ostras (0 e 6,5 g/ave/dia), totalizando quatro tratamentos com cinco repetições cada. Os resultados mostraram menor consumo de ração para as galinhas submetidas à restrição alimentar. Produção, peso e massa de ovos, conversão alimentar, porcentagem de casca, espessura de casca, densidade aparente dos ovos e os coeficientes de disponibilidade aparente do cálcio e fósforo não foram afetados pelos tratamentos. Concluiu-se que o fornecimento de ração após às 18 h e a suplementação de casca de ostras não se mostraram vantajosos para o desempenho e a qualidade da casca dos ovos de poedeiras comerciais.

Nível de proteção térmica da casca de quatro espécies lenhosas e a relação da arquitetura da casca com a transferência de calor

Vale,Ailton Teixeira do; Elias,Priscila Salomão
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 Português
Relevância na Pesquisa
37.136558%
A casca é um tecido protetor do câmbio e a exposição a temperaturas acima de 60°C durante 1 a 2 minutos é um dos principais fatores que causam a mortalidade de árvores em incêndios florestais. Neste trabalho foi estudado o nível de proteção da casca, como isolante térmico, de três espécies do cerrado: Pterodon pubescens, Vochysia thyrsoidea e Sclerolobium paniculatum e do Eucalyptus grandis e a influência da arquitetura da casca na transferência de calor. Foram retiradas amostras na forma de painéis da casca de cinco árvores de cada espécie. Determinou-se o tempo necessário para que a temperatura no câmbio alcançasse 60ºC (temperatura letal) e o coeficiente de rugosidade (arquitetura) pela relação entre a área real e a área nominal da amostra. O Sclerolobium paniculatum, com menor espessura de casca, possui o menor tempo de resistência ao calor e o Eucalyptus grandis e o Pterodon pubescens os maiores tempos de resistência ao calor. A exceção foi a gomeira que com a maior espessura de casca possui um dos menores tempos de resistência ao calor. A espécie com maior correlação entre o tempo de resistência ao calor e a espessura de casca total foi o Sclerolobium paniculatum (r = 0...

Análise química e avaliação do potencial alelopático da casca do café (Coffea arábica)

Andrade, Aretha
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
37.2688%
Nos últimos anos diferentes grupos de pesquisa vêm tentando encontrar uma regularidade entre a análise química e os diversos tipos de cafés selecionados por meio da degustação. Além dos cafés de classificação padrão para o consumo da bebida que são mais apreciados (mole, gourmet, duro) e que são selecionados a partir de grãos de ótima qualidade, os fragmentos “cascas” por mais inusitado que possa parecer, não são descartados, e sim, muito procurados pelas torrefadoras. O acréscimo da casca e de pergaminhos torrados na proporção de 30-50% permite a redução de custos dos cafés vendidos no mercado interno e são, por isso, usados rotineiramente na composição de nossos cafés que tomamos no dia-a-dia. Apesar de encontrarmos outros trabalhos na literatura sobre a composição química de cascas de café, não se têm conhecimento de qualquer trabalho científico que traga uma análise química mais detalhada dos constituintes da casca (epicarpo) e uma comparação com o café (Coffea arabica), ambos provenientes do Cerrado Mineiro. O presente trabalho teve como objetivo analisar e quantificar os constituintes químicos da casca melosa (casca de café sem pergaminho) do café (Coffea arabica, cultivar Mundo Novo) submetida a torra média...

Decomposição térmica da casca de soja pura e misturada com NaCl, MgCl2 e ZnCl2

Santana Júnior, José Alair
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
37.115747%
Há um crescente interesse em fontes de energia renováveis e sustentáveis. A biomassa apresenta-se como uma importante fonte alternativa de energia, possuindo varias vantagens. Grandes quantidades de resíduos de biomassa são gerados mundialmente, entre eles está a casca de soja. A pirólise constitui uma atraente alternativa para aproveitamento destes resíduos com geração de produtos de apreciável valor econômico. A análise termogravimétrica (TGA) é uma técnica analítica bastante utilizada para observar a decomposição térmica e a cinética do processo de pirólise de materiais. Os principais objetivos deste trabalho foram determinar as propriedades físicas e químicas da casca de soja e realizar um estudo sobre a cinética da pirólise para a casca de soja pura e com adição de sais inorgânicos. As análises termogravimétricas foram realizadas em diferentes taxas de aquecimento (5, 10, 15, 20 e 25 °C/min) em atmosfera inerte de nitrogênio, para a casca de soja, para os principais componentes presentes na biomassa (celulose, hemicelulose e lignina) e para a casca de soja com adição de alguns sais (NaCl, ZnCl2 e MgCl2) nas concentrações de 10, 20 e 30%. As curvas de perda de massa (TG) e derivada da curva de perda de massa (DTG) para os monocomponentes puros mostram que a degradação da celulose ocorre em um intervalo de temperatura entre 240°C e 370°C...

Parâmetros de incubação e condutância da casca de ovos de matrizes pesadas de diferentes idades e incubadoras; Incubation parameters and egghell conductance of eggs born broiler breeders with diferents ages and incubation machines

Araújo, Itallo Conrado Sousa de
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Ciência Animal (EVZ); Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Ciência Animal (EVZ); Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.204312%
This study aimed to assess the age of the breeder broiler and the machine type incubation on hatching parameters, the window hatch, embriodiagnosis and physical quality newborn chicks. We also evaluated the technique for measuring the conductance of the eggshell fragments using bark and also the correlation of the conductance values with parameters of incubation. In Experiment 1 was used in DBC design, and using DIC for embriodiagnosis. In a 2x3 factorial - multi-stage machines (MS) or single (SS) and ages of breeder (29w, 35w and 59w). In experiment 2 was randomized in DBC. In a 3x3 factorial scheme - region of the eggshell (blunt end, equator, pointy end) and ages of breeder (29w, 35w and 59w). The variables were subjected to analysis of variance and means were compared by quantitative and qualitative Tukey test (5%) and Kruskal-Wallis (5%) respectively, although the data for embriodiagnosis were subjected to Fisher's exact test (5%). In experiment 1 there was no interaction between treatments (P> 0.05), verifying, however, differences (P <0.05) for some of the results. The machine did not influence incubate the eggs hatch (P> 0.05). Arrays with older age (59w) had higher rates of infertility (6.84%) and lower hatching rates (88.26%). The early embryonic mortality (0-4 d) was higher (5.47%) in the eggs of breeders 59w. The hatch window was lower (P <0.05) for eggs incubated in SS. The weight of the eggs hatched followed the age pattern...

Utilização do amido da casca de mandioca na produção de vinagre: características físico-químicas e funcionais; Use of starch from cassava peel in the production of vinegar: physicochemical and functional characteristics

SOUTO, Luciana Reis Fontinelle
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos; Ciencias Agrárias - Agronomia Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos; Ciencias Agrárias - Agronomia
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.090854%
The present work aimed to produce vinegar from cassava peel, as well to evaluate its physicochemical and functional characteristics. Thus cassava peel was sanitized, dried in an oven at 55ºC, for 24 hours and grinded. Cassava peel showed pH 4.85 ± 0.05, humidity 72.53 ± 0.09 g (100g)-¹; flour humidity 11.75 ± 0.09 g (100g)-¹; 5.18 ± 0.13 mL NaOH 1M (100g)-¹ of acidity; 60.68 ± 1.86 g (100g)-¹ of amid; 1.08 ± 0.03 g (100g)-¹ of reducing sugar; 1.63 ± 0.04 g (100g)-¹ of ashes; 0.86 ± 0.02 g (100g)-¹ of lipids and 3.97 ± 0.05 g (100g)-¹ of proteins. The enzymatic hydrolysis optimization was carried out by Central Composite Rotational Design (CCRD), divided in two essays. In the first essay it was analyzed the effects of α-amylase [10 to 50 U (g amid)-¹] concentrations and of enzyme amyloglucosidase [80 to 400 U (g amid)-¹]. In the second essay it was studied the action of each enzyme separately (liquefaction and saccharification). In liquefaction it was varied the temperature (25 to 50°C), concentration of α-amylase [4 to 20 U (g amid)-¹] and time (30 to 120 minutes). In saccharification it was varied the concentration of amyloglucosidase [200 to 300 U (g amid)-¹] and time (12 to 36 hours), with the fixed temperature at 60°C. The variable responses to the essays were the percentage of amid conversion into reducing sugar and soluble solids content. From the results obtained in the optimization...

Estudos de utilização, tratamento e valorização de resíduos sólidos : casca de ovo

Falcão, Andreia Micaela Rodrigues
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
37.182559%
O ovo é um dos alimentos largamente consumidos em todo o mundo devido ao seu conteúdo nutritivo e fácil preparação. A casca, resultante do processamento do ovo, representa cerca de 10% da massa total. Normalmente este resíduo é descartado, sem qualquer tratamento, em aterros e constitui um elevado encargo económico para as empresas. O presente trabalho teve como principal objetivo fazer um levantamento de novas formas de utilização e valorização da casca de ovo em Portugal, na Comunidade Europeia e noutros países onde a indústria de ovoprodutos está fortemente desenvolvida, com o objetivo de identificar uma solução rentável, a nível económico e ambiental. Assim, foi realizada a caracterização microbiológica da casca de ovo, para determinar as cargas microbianas de Escherichia coli, coliformes totais, enterobactérias totais, Staphylococcus aureus, mesófilos totais, bolores e leveduras, e enterococcus. Foi ainda realizado um estudo de deteção de presença ou ausência de patogénios alimentares em 25 g de amostra, no caso de Salmonella e Listeria. Foi analisada ainda a humidade da casca. Os mesófilos totais foram, dos microrganismos estudados, os que apresentaram cargas microbianas mais elevadas. No caso da casca esterilizada os valores obtidos apresentaram-se abaixo do limite de deteção para todos os microrganismos...

ANÁLISE DO VOLUME DA CASCA EM PORCENTAGEM EM BRACATINGAIS DE REGENERAÇÃO NATURAL INDUZIDA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA, PR; Bark volume in percent analysis in Mimosa scabrella from natural induced regeneration stands in Curitiba Metropolitan Region.

Machado, Sebastião do Amaral; UFPR; Silva, Luis Cesar Rodrigues da; UFPR; Urbano, Edilson; UFPR; Figura, Marco Aurelio; UFPR; Téo, Saulo Jorge; UFPR; Jarshel, Bárbara; UFPR
Fonte: FUPEF DO PARANÁ Publicador: FUPEF DO PARANÁ
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 24/08/2006 Português
Relevância na Pesquisa
37.182559%
O objetivo desta pesquisa foi testar a metodologia de Meyer, para calcular o volume da casca como uma porcentagem do volume total com casca e testar sua acuracidade, bem como verificar se o volume de casca em porcentagem é constante ao longo do fuste. Os dados provieram de 179 árvores de bracatinga (Mimosa scabrella Bentham) distribuídas em diferentes bracatingais de regeneração natural da região metropolitana de Curitiba, estado do Paraná. Todas as árvores foram derrubadas e cubadas segundo metodologia de Hohenadl. A cubagem forneceu o volume com casca e sem casca, podendo-se assim comparar os volumes da casca em porcentagem obtidos pela fórmula de Meyer com os valores reais obtidos pelo método tradicional da cubagem com e sem casca. Verificou-se que a fórmula introduzida por Meyer, usando medições de diâmetros apenas no DAP, subestimou o volume da casca em porcentagem para todas as classes de DAP e idades, e que a diferença foi significativa segundo as análises estatísticas realizadas. Verificou-se também que a relação de diâmetro sem casca sobre diâmetro com casca não permanece constante ao longo do fuste e conseqüentemente o volume da casca em porcentagem também não é constante.; The objective of this paper was to test Meyer’s methodology to calculate bark volume as a percent of total outside bark volume and to see how acurate it is...