Página 1 dos resultados de 23 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

Mecanismos de ação de compostos orgânicos voláteis antimicrobianos produzidos por Saccharomyces cerevisiae sobre o desenvolvimento de Guignardia citricarpa, agente causal da pinta preta dos citros; Action mechanisms of antimicrobial volatile organic compounds produced by Saccharomyces cerevisiae on the development of Guignardia citricarpa, causal agent of the citrus black spot

Fialho, Mauricio Batista
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/01/2009 Português
Relevância na Pesquisa
29.169631%
A pinta preta dos citros tem como agente causal o fungo G. citricarpa. A doença causa depreciação estética dos frutos e praticamente inviabiliza a exportação de laranja in natura principalmente para a União Européia, por ser considerada uma doença quarentenária. Frutos colhidos contendo infecções quiescentes, embora sem sintomas, podem desenvolvê-los durante o processo de exportação. A utilização de fungicidas é o principal método de controle utilizado em pré e pós-colheita. No entanto, o custo do controle químico é significativamente alto e já foi relatado o surgimento de isolados resistentes. A levedura S. cerevisiae é capaz de inibir o desenvolvimento in vitro de G. citricarpa e o antagonismo se deve a produção de compostos orgânicos voláteis de ação fungistática. Em virtude da procura por novos métodos de controle menos danosos à saúde humana e meio ambiente, dos prejuízos causados pela doença e do potencial dos compostos voláteis no controle da doença na pós-colheita, o trabalho visou identificar os compostos voláteis produzidos pela levedura e elucidar os mecanismos envolvidos na inibição do fitopatógeno. Esse conhecimento é fundamental para o desenvolvimento de técnicas inovativas de controle. A produção de compostos voláteis antimicrobianos por S. cerevisiae foi dependente do substrato utilizado para o seu cultivo...

Avaliação das atividades biológicas e composição química dos extratos de algas vermelhas do gênero Laurencia (Rhodomelaceae, Ceramiales) do litoral do Espírito Santo, Brasil; Evaluation of biological activities and chemical composition in extracts of red algae Laurencia (Rhodomelaceae, Ceramiales) from the coast os Espírito Santo, Brazil

Stein, Erika Mattos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/06/2011 Português
Relevância na Pesquisa
29.169631%
As algas vermelhas, filo Rhodophyta, representam uma das maiores e mais antigas linhagens de organismos eucarióticos. Dentre as Rhodophyta, o gênero Laurencia J.V. Lamouroux (Ceramiales) é um dos mais completos do ponto de vista químico, pois consiste no maior produtor de metabólitos secundários e assim, destaca-se como uma fonte fascinante de novos produtos naturais, biologicamente ativos. Desta forma, o objetivo do presente trabalho foi avaliar o potencial farmacológico dos extratos das espécies de Laurencia frente às atividades biológicas, assim como a análise da composição bioquímica e identificação de seus constituintes químicos. As espécies utilizadas foram L. aldingensis (LA), L. catarinensis (LC), L. dendroidea (LD), L.intricata (LI). Adicionalmente L. translúcida (LT), Palisada flagellifera (PF), P.perforata (PP) e uma variante pigmentar de LD (LDV) foram utilizadas para comparação. Para o desenvolvimento das atividades propostas foram utilizados extratos fracionados obtidos sucessivamente através dos solventes hexano (EH), clorofórmio (EC), metanol (EM), água (EA) e também extrato aquoso bruto (EAB). A análise de proteínas foi feita com os métodos de Bradford, Ácido bicinconínico (BCA) e absorção na luz UV a 280 nm. Destes...

Molecular characterization of Colletotrichum spp. associated with fruits in Brazil; Caracterização molecular de espécies de Colletotrichum associadas a frutos no Brasil

Bragança, Carlos Augusto Dórea
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 17/04/2013 Português
Relevância na Pesquisa
29.134956%
Colletotrichum species are considered one of the most economically important plant pathogens. They cause many losses in tropical, subtropical and temperate regions affecting a wide range of plant species. In tropical and subtropical regions C. gloeosporioides and C. acutatum are associated with significant losses on pre and post-harvest anthracnoses. There are still many features to understand about Colletotrichum biology and its systematics. The accurate identification of species involved with each anthracnose is of high relevance to establish management strategies to control the disease. Although the great advances on Colletotrichum systematics, species complex such as C. gloeosporioides and C. acutatum are used in a broad sense in Brazil. These complexes were recently investigated and showed to be highly genetic and geographic variable. In this study multigene analysis were carried out based on ITS, GAPDH, CHS-1, TUB2 and CAL or HIS3 partial sequences for strains of C. gloesporioides and C. acutatum complexes collected from fruit crops in Brazil. Strains from different countries and exepitypes and others sequences available on GenBank from the species accepted on both complexes were added on dataset. Six strains from C. gloeosporiodes complex and five for C. acutatum were selected based on multigene phylogeny to investigate the pathogenicity through inoculations on detached fruit. The multigene phylogenies showed the occurrence of species in Brazil related to those complexes with a high genetic variability among them. The phylogeny of Brazilian strains belonging to the C. gloeosporioides complex showed that C. siamense represents the most genetically and host-specific variable clade. In contrast...

FUNGITOXIC NONGLYCOSIDIC IRIDOIDS FROM ALIBERTIA-MACROPHYLLA

Young, MCM; Braga, M. R.; Dietrich, SMC; Gottlieb, H. E.; Trevisan, LMV; Bolzani, Vanderlan da Silva
Fonte: Elsevier B.V. Publicador: Elsevier B.V.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 3433-3435
Português
Relevância na Pesquisa
28.03246%
The aqueous alcohol extract of the leaves of Alibertia macrophylla afforded two epimeric pairs of iridoid aglycones and one of them showed high inhibitory activity against Aspergillus niger, Cladosporium sphaerospermum, C. cladosporioides and Colletotrichum gloesporioides. Three of the compounds are reported for the first time from natural sources. Their structures were established on the basis of spectroscopic studies, mainly through C-13 NMR analysis.

Fungitoxic non-glycosidic iridoids from Alibertia macrophylla

Young, M.Claudia M.; Braga, Marcia R.; Dietrich, Sonia M.C.; Gottlieb, Hugo E.; Trevisan, Ligia M.V.; Bolzani, Vanderlan da Silva
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 3433-3435
Português
Relevância na Pesquisa
28.03246%
The aqueous alcohol extract of the leaves of Alibertia macrophylla afforded two epimeric pairs of iridoid aglycones and one of them showed high inhibitory activity against Aspergillus niger, Cladosporium sphaerospermum, C. cladosporioides and Colletotrichum gloesporioides. Three of the compounds are reported for the first time from natural sources. Their structures were established on the basis of spectroscopic studies, mainly through 13C NMR analysis. © 1992.

The toxicity of jack bean [Canavalia ensiformis (L.) DC.] canatoxin to plant pathogenic fungi

OLIVEIRA,A. E. A.; GOMES,V. M.; SALES,M. P.; FERNANDES,K. V. S.; CARLINI,C. R.; XAVIER-FILHO,J.
Fonte: Instituto Internacional de Ecologia Publicador: Instituto Internacional de Ecologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/1999 Português
Relevância na Pesquisa
28.716821%
Protein fractions obtained from seeds of the jack bean (Canavalia ensiformis) as well as the amino acid canavanine, present in these seeds, were tested for their capacity to inhibit the growth of the phytopathogenic fungi Macrophomina phaseolina, Colletotrichum gloesporioides, Sclerotium rolfsii and Fusarium oxysporum. We found that most of the proteins examined and also canavanine did not have any effect on the growth of these fungi. On the other hand the toxic protein canatoxin was found to be effective, at a concentration of 2%, in the inhibition of the growth of M. phaseolina, C. gloesporioides and S. rolfsii.

Avaliação da reação varietal de cebola à antracnose foliar

Wordell Filho,João Américo; Stadnik,Marciel João
Fonte: Grupo Paulista de Fitopatologia Publicador: Grupo Paulista de Fitopatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2008 Português
Relevância na Pesquisa
28.03246%
A antracnose foliar (Colletotrichum gloesporioides) é uma das principais doenças na cultura da cebola no sul do Brasil, manifestando-se como síndrome, conforme o estádio de desenvolvimento e variedade utilizada. Com a finalidade de melhor esclarecer esse quadro sintomatológico e selecionar variedades resistentes, avaliaram-se as reações à antracnose e sua taxa de progresso da doença em vinte e uma variedades de cebola, sob condições de casa-de-vegetação em 2004/05. As plantas foram inoculadas no estádio H (todas as folhas verdadeiras emitidas), pulverizando-se uma suspensão de 1,2 x 10(6) conídios/mL. Plantas inoculadas nunca morreram, mas apresentaram diferentes níveis de severidade. Nenhuma variedade testada revelou resistência completa ao isolado Cg 103. Metade das variedades, como Alfa Tropical, Alfa Tropical II, Belém IPA 9, Crioula Hortec, Crioula Roxa, Epagri 304, IPA 6, Régia, Rosada Empasc 358, Roxa IPA 3 e Super Precoce, tiveram as menores taxas de progresso da doença, sugerindo a existência de muitas fontes de resistência parcial.

Insecticidal and antifungic proteins of the latex from Manihot glaziovii Muell. Arg.

PEREIRA,LUCILENE S.; GOMES,VALDIRENE M.; FERNANDES,KÁTIA V. S.; SALES,MAURÍCIO P.; XAVIER-FILHO,JOSÉ
Fonte: Sociedade Botânica de São Paulo Publicador: Sociedade Botânica de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/1999 Português
Relevância na Pesquisa
28.03246%
Analysis of the latex from Manihot glaziovii showed the presence of various enzymatic and inhibitory activities. The latex also presented an inhibitory effect on the development of cowpea weevil (Callosobruchus maculatus) in an artificial seed system and on the development, in an in vitro assay, of phytopathogenic fungi Colletotrichum gloesporioides, Fusarium solani and Macrophomina phaseolina. These results suggest the presence of substances, some of them of protein nature, involved in plant defense mechanisms in this exudation product.

Synthesis and antifungal activity of new bis-gamma-lactones analogous to avenaciolide

Magaton,Andréia da Silva; Rubinger,Mayura M. M.; Macedo Júnior,Fernando C. de; Zambolim,Laércio
Fonte: Sociedade Brasileira de Química Publicador: Sociedade Brasileira de Química
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2007 Português
Relevância na Pesquisa
49.169634%
In a study of the antifungal activity of selected compounds as potentials agrochemicals, we have prepared and characterized by elemental analyses, infrared and NMR spectroscopies three new bis-gamma-lactones analogous to avenaciolide, where the octyl group of this natural product was replaced by heptyl, hexyl and pentyl groups. The effects on the mycelia development and conidia germination of Colletotrichum gloesporioides of these compounds and their synthetic precursors were evaluated in vitro. The title compounds were active in the tested conditions, while all the synthetic precursors were inactive. The preparation and characterization of 15 new synthetic intermediates are also described.

Influência de diferentes extratos aquosos de plantas medicinais no desenvolvimento de Colletotrichum gloeosporioides e de Fusarium moniliforme

Marcondes,M.M.; Martins Marcondes,M.; Baldin,I.; Maia,A.J.; Leite,C.D.; Faria,C.M.D.R
Fonte: Sociedade Brasileira de Plantas Medicinais Publicador: Sociedade Brasileira de Plantas Medicinais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 Português
Relevância na Pesquisa
28.48527%
O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência dos extratos aquosos das plantas medicinais alecrim, alho, cravo-da-índia, sálvia, capim-limão, orégano ou pimenta-do-reino no desenvolvimento in vitro de Colletotrichum gloeosporioides e de Fusarium moniliforme. Os extratos foram obtidos pela infusão de 60 g de cada planta medicinal em 200 mL de água fervente. Cada extrato aquoso foi fracionado em concentrações de 0, 5, 10 e 20% (p:v) e incorporado ao meio de cultivo BDA (batata-dextrose-ágar) antes da esterilização em autoclave. Posteriormente, um disco de 8 mm de diâmetro de micélio fúngico de cada patógeno foi transferido para o centro de placas de Petri. Após 24, 48 e 96 horas de incubação em câmara de crescimento a 22 ± 2 ºC e fotoperíodo de 12 horas avaliou-se o crescimento micelial de F. moniliforme e de C. gloesporioides. No último período de incubação, também se quantificou o número de conídios de cada fungo. Para o teste de germinação adicionou-se nas cavidades de placas de teste Elisa, uma alíquota de 40 µL de cada extrato nas concentrações de 0, 5, 10 e 20%, e outra alíquota, da suspensão de conídios de cada patógeno. Após 24 horas a 22 ± 2 ºC, no escuro, a germinação dos conídios foi paralisada com a adição de 20 µL de lactofenol; avaliou-se então a porcentagem de germinação de conídios. Os experimentos foram conduzidos no delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial 7 x 4 (extratos de plantas medicinais x concentrações) com quatro repetições. Para ambos os patógenos o extrato aquoso de alho e cravo-da-índia apresentaram maior ou total inibição do crescimento micelial...

A Preliminary Evaluation of Cell and Tissue Culture Methods Suitable for Screening Anthrocnose Disease Reactions in Tropical Yams.

MOURA-COSA, P.H.; MANTELL, S.H.
Fonte: Pesquisa Agropecuaria Brasileira, Brasilia, v.28, n.11, p.1297-1306,nov.1993 Publicador: Pesquisa Agropecuaria Brasileira, Brasilia, v.28, n.11, p.1297-1306,nov.1993
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
38.48527%
Effect of different temperatures (15, 19, 25 and 29 °C), media type (PDA and Czapek Dox agar) and light on sporulation of a Caribbean pathovar of Colletotrichum gloe-osporioides f.sp. dioscoreae were studied. Czapek Dox agar and temperature of 25 °C were found to be best conditions for supporting growth and sporulation of this organism. Long-term fungal cultures (2 years axenic culture) did not sporulate effectively under the above conditions unless they were first brought into contact with living tissues of Dioscorea. Methods for inoculation of yams with conidiospores of C. gloeosporioides were developed at the plant, mi-croplant and cell levels. In vitro shoot culture clones showed a similar range of disease reactions to the pathovar as field-grown plants. D. alata showed marked sensitivity to the disease while D. esculenta was the most tolerant species followed by D. composita and D. cayenensis. Dioscorea protoplasts responded differently when cultured in the presence of mycelial culture filtrates and Czapek Dox liquid medium. Glasshouse-raised plants developed anthracnose symptoms only after wounding.; 1993

Doenças foliares da pupunheira (Bactris gasipaes) no Estado do Paraná.

SANTOS, A. F. dos; TESMANN, D. J.; NUNES, W. M. C.; VIDA, J. B.; JACCOUD FILHO, D. S.
Fonte: Boletim de Pesquisa Florestal, Colombo, n. 42, p. 125-129, jan./jun. 2001. Publicador: Boletim de Pesquisa Florestal, Colombo, n. 42, p. 125-129, jan./jun. 2001.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
28.03246%
Visando fornecer subsidios para futuras acoes de pesquisa, este trabalho tem o objetivo de apresentar informacoes sobre a situacao fitossanitaria da cultura da pupunha no Estado do Parana. Foi constatada a ocorrencia de antracnose, causada por Colletotrichum gloesporioides, em oito plantios e dois viveiros amostrados nos municipios de Morretes, Paranagua, Sao Tome e Paranavai, Estado do Parana. A ocorrencia de antracnose foi mais severa em mudas em formacao em viveiros e tambem nos plantios com ate 6 a 8 meses. Foram constatadas as presencas de Fusarium sp. e Cladosporium sp., causando queima das folhas, em plantas jovens.; 2001; Notas tecnicas.

Seleção de bactérias antagonistas a Colletotrichum gloesporioides da pupunha.

GOMES, P. C. L.; SANTOS, A. F. dos.
Fonte: In: EVENTO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA FLORESTAS, 3., 2004, Colombo. Anais. Colombo: Embrapa Florestas, 2004. Publicador: In: EVENTO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA FLORESTAS, 3., 2004, Colombo. Anais. Colombo: Embrapa Florestas, 2004.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.
Português
Relevância na Pesquisa
28.03246%
2004; Resumo.

Caracterização e avaliação de atividades biológicas da lectina da Vagem de Caesalpinia ferrea (CfePL)

Caroline de Araújo Ximenes, Neila; Tereza dos Santos Correia, Maria (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
Português
Relevância na Pesquisa
28.03246%
Lectinas são proteínas ou glicoproteínas, de origem não imunológica que se ligam reversivelmente e especificamente a carboidratos. Caesalpinia ferrea é uma planta com ampla distribuição no Brasil, sendo utilizada em medicina popular. Neste trabalho a lectina da vagem sem as sementes, de Caesalpinia ferrea (CfePL) foi purificada, caracterizada e avaliada biologicamente. CfePL foi avaliada quanto a potencial ação contra bactérias Gram-positivas, Gram-negativas e fungos, na inibição do crescimento celular e respiração celular e mitocondrial de Candida albicans e como proteína inseticida para a espécie de cupins Nasutitermes corniger. CfePL foi obtida por fracionamento salino de um extrato bruto a 10% seguida de cromatografia em coluna de quitina. CfePL aglutina eritrócitos de humanos, galinha, coelho e rato, é principalmente inibida por glicoproteínas (caseína, e as do soro de coelho e soro fetal bovino), é termoestável (ativa após aquecimento a 100 C, 12 h), a sua atividade hemaglutinante (AH) é estimulada pelos íons (Ca2+ e Mg2+); e em diferentes valores de pH (4,5; 5,0; 5,5; 7,5) é aumentada, sendo quase totalmente abolida em pH 9,0. Após tratamento com enzimas proteolíticas CfePL manteve-se estável. CfePL migrou com uma única banda na eletroforese para proteínas nativas básicas e uma banda polipeptídica de massa 8 kDa em SDS-PAGE com ou sem agente redutor e cromatografia de filtração em gel. A sua porção carboidrato foi estimada em 6...

urificação e caracterização da lectina da vagem de Caesalpinia ferrea (CfePL) : aplicação biológica

Caroline de Araújo Ximenes, Neila; Cassandra Breitenbach Barroso Coelho, Luana (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
Português
Relevância na Pesquisa
28.03246%
Lectinas são proteínas que se ligam reversivelmente e especificamente a carboidratos. Caesalpinia ferrea é uma planta com ampla distribuição no Brasil, sendo utilizada em medicina popular. Este trabalho teve como objetivo a purificação e caracterização de lectina da vagem de Caesalpinia ferrea (CfePL). Extrato da vagem (E) em NaCl 0,15 M foi submetido a purificação parcial com carvão ativado seguido de precipitação com sulfato de amônio (0 80%, F80). A Atividade hemaglutinante (AH) de E e F80 foram avaliadas usando diferentes eritrócitos. F80 foi cromatografada em coluna de quitina e lavada com NaCl 0,15 M, seguido de NaCl 1M; CfePL foi eluída com ácido acético 1 M (pH 4,0). AH de CfePL foi avaliada em presença de soluções de íons (Ca2+ e Mg2+), diferentes valores de pH (2 12), por carboidratos, glicoproteínas e tratamento com diferentes temperaturas (30° 100°C, 30 min). A massa molecular da proteína nativa foi determinada pelo sistema ÄKTAFPLC usando a coluna Sephacryl S-300; Preparações de CfePL foram avaliadas por PAGE para proteínas nativas ácidas e básicas, bem como, em condições desnaturantes e redutoras. Atividade antimicrobiana de CfePL foi avaliada com amostras de bactérias Grampositivas (5) e Gram-negativas (3) ou fungo (4). CfePL não apresentou especificidade para eritrócitos humanos...

Fungitoxic non-glycosidic iridoids from Alibertia macrophylla

Young, M.Claudia M.; Braga, Marcia R.; Dietrich, Sonia M.C.; Gottlieb, Hugo E.; Trevisan, Ligia M.V.; Bolzani, Vanderlan da Silva
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 3433-3435
Português
Relevância na Pesquisa
28.03246%
The aqueous alcohol extract of the leaves of Alibertia macrophylla afforded two epimeric pairs of iridoid aglycones and one of them showed high inhibitory activity against Aspergillus niger, Cladosporium sphaerospermum, C. cladosporioides and Colletotrichum gloesporioides. Three of the compounds are reported for the first time from natural sources. Their structures were established on the basis of spectroscopic studies, mainly through 13C NMR analysis. © 1992.

Actividad Biológica in vitro de Extractos de Flourensia cernua D.C. en Patógenos de Postcosecha: Alternaria alternata (Fr.:Fr.) Keissl., Colletotrichum gloeosporioides (Penz.) Penz. y Sacc. y Penicillium digitatum (Pers.:Fr.) Sacc.

Guerrero-Rodríguez,Eugenio; Solís-Gaona,Susana; Hernández-Castillo,Francisco Daniel; Flores-Olivas,Alberto; Sandoval-López,Víctor; Jasso-Cantú,Diana
Fonte: Sociedad Mexicana de Fitopatología A.C. Publicador: Sociedad Mexicana de Fitopatología A.C.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2007 Português
Relevância na Pesquisa
29.528108%
Se evaluó el efecto de extractos de hojas frescas de Flourensia cernua sobre la inhibición micelial y esporulación de Alternaria alternata, Colletotrichum gloeosporioides y Penicillium digitatum. Los extractos se obtuvieron con metanol:cloroformo 1:1, y por extracción sucesiva con hexano, éter dietílico y etanol. Las concentraciones evaluadas fueron 500, 1000, 2000 y 4000 mg/ L en medio de cultivo papa-dextrosa-agar. Los análisis de espectros de infrarrojo se realizaron en espectroscopio mediante la técnica de infrarrojos transformados de Fourier (FTIR). El mayor rendimiento de resina (19.1%) se obtuvo con metanol:cloroformo. La inhibición micelial en A. alternata fue mejor con las fracciones de hexano (91.9%) y metanol:cloroformo (88.4%) a 4000 mg/L, mientras que C. gloesporioides y P. digitatum fueron inhibidos en un 93.4 y 94%, respectivamente, a partir de 500 mg/L de la fracción de etanol; en todos los casos el efecto fue fungistático. No se observaron conidios de A. alternata con los extractos de etanol a 4000 mg/L y metanol:cloroformo a 2000 y 4000 mg/L. El extracto etanólico desde 2000 mg/L provocó la menor producción de conidios en C. gloesporioides; los cuatro extractos provocaron disminución del número de conidios en P. digitatum...

Papel de los sideróforos en la actividad antagónica de Pseudomonas fluorescens ZUM80 hacia hongos fitopatógenos

Santoyo,Gustavo; Valencia-Cantero,Eduardo; Orozco-Mosqueda,Ma. del Carmen; Peña-Cabriales,Juan José; Farías-Rodríguez,Rodolfo
Fonte: Sociedad Mexicana de la Ciencia del Suelo A.C. Publicador: Sociedad Mexicana de la Ciencia del Suelo A.C.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2010 Português
Relevância na Pesquisa
29.169631%
Pseudomonas fluorescens ZUM80 es una cepa que puede inhibir el crecimiento de diversos patógenos de plantas. En este trabajo se reporta que la cepa bacteriana ZUM80 logró restringir el crecimiento de Colletotrichum lindemuthianum, Colletotrichum gloesporioides y Phytophthora cinnamomi, en un 76, 72 y 70%, respectivamente. Los altos grados de inhibición fueron posibles cuando la cepa bacteriana se inoculó con 24 horas de anterioridad a los fitopatógenos. Una mutante de la cepa ZUM80 Sid-, carente de la síntesis de sideróforos, no logró restringir el crecimiento de los tres patógenos analizados. Adicionalmente, se utilizó un concentrado de sideróforos de la cepa ZUM80 para restringir el crecimiento de los patógenos en cultivos líquidos. Al adicionar los sideróforos en cultivos de C. lindemuthianum y C. gloesporioides se observó una disminución significativa en su crecimiento respecto al control. Así, este trabajo muestra que la cepa ZUM80 de Pseudomonas fluorescens podría ser una alternativa viable en el control biológico de patógenos de plantas.

Control químico de la antracnosis del mango (Mangifera indica L.) en pre y postcosecha en el municipio cedeño, estado monagas, venezuela

Arias Rivas,Berto; Carrizales,Luis
Fonte: Decanato de Agronomía de la Universidad Centroccidental "Lisandro Alvarado" (UCLA) Publicador: Decanato de Agronomía de la Universidad Centroccidental "Lisandro Alvarado" (UCLA)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2007 Português
Relevância na Pesquisa
49.169634%
En la actualidad las patologías más importantes del mango en las zonas productoras del oriente venezolano son las manchas en el follaje, flores y frutos causadas por la antracnosis (Colletotrichum gloesporioides Penz). Se ha visualizado que la implementación de un programa de aspersión de las plantas con fungicidas es la práctica más viable en el manejo de la enfermedad, ya que la mayoría de las fincas están establecidas con variedades de mango susceptibles a este hongo. El estudio se realizó en una finca del municipio Cedeño del estado Monagas, en árboles del cultivar Haden. Se utilizaron los fungicidas Antracol 70 PM, Curacarb 50 WP y Captan 50 PM para conformar los siguientes cuatro tratamientos: T1-aplicación de Antracol ocho días antes de la inducción floral; T2-igual al T1 pero más una aplicación de Curacarb cuando las plantas iniciaron la floración; T3-igual al T2 más otra aplicación de Curacarb al concluir la floración, y T4-igual al T3 más una aplicación de Captan durante el desarrollo de los frutos. Los fungicidas fueron aplicados a intervalos quincenales. Adicionalmente, se realizó otro ensayo con el objetivo de determinar el efecto de la aplicación de tres fungicidas en el control de la antracnosis en frutos cosechados. Los productos evaluados fueron Benlate WP...

Hongos asociados a la caida prematura de frutos en LIMA PERSA (Citrus latifolia Tan.) y evaluación de su control quimico

Arias Rivas,Berto; Yánez,Víctor; Carrizales,Luis; Sánchez,María
Fonte: Decanato de Agronomía de la Universidad Centroccidental "Lisandro Alvarado" (UCLA) Publicador: Decanato de Agronomía de la Universidad Centroccidental "Lisandro Alvarado" (UCLA)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2006 Português
Relevância na Pesquisa
38.716821%
La lima Persa es un cítrico con alto potencial de desarrollo en el estado Monagas, Venezuela. La incidencia de enfermedades afecta negativamente sus rendimientos, causando, entre otros síntomas, la caída prematura de frutos. En el año 2003 se estableció un ensayo en una finca productora y se seleccionaron cuatro lotes de plantas en diferentes períodos del año. En cada lote se tomaron al azar ocho plantas y en cada una de ellas se marcaron cuatro ramas en prefloración las cuales fueron confinadas en bolsas perforadas. Semanalmente se contó el número de flores y frutos presentes durante cuatro semanas continuas hasta la formación de frutos consistentes. En el año 2004 se repitió la experiencia mediante la selección de diez plantas y sólo se escogió una rama por planta. Muestras de flores y de frutos desprendidos y colectados en las bolsas fueron analizadas para detectar, mediante aislamientos en medios de cultivo, los microorganismos presentes. Se realizó el análisis del porcentaje de frutos cuajados y de frutos caídos por planta. Adicionalmente, se realizó una prueba de control in vitro para determinar el efecto de tres dosis de los fungicidas Captan, Benlate, Funcloraz y Curacarb sobre el crecimiento radial diario del principal hongo detectado. De los componentes florales y de los frutos afectados se aislaron e identificaron dos cepas del hongo C. gloesporioides y una de Rhizopus sp....