Página 1 dos resultados de 101 itens digitais encontrados em 0.020 segundos

Estudo da dinâmica populacional canina e felina e avaliação de ações para o equilíbrio dessas populações em área da cidade de São Paulo, SP, Brasil; Canine and feline population dynamic studies and evaluation of actions to these populations control in the São Paulo, SP, Brazil

Garcia, Rita de Cássia Maria
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 06/11/2009 Português
Relevância na Pesquisa
56.11%
Procurou-se avaliar o comportamento da população humana do bairro Vargem Grande, município de São Paulo, SP, no período de 2005 a 2008, em relação à guarda de cães e gatos com ênfase aos aspectos sanitários e de bem estar. Paralelamente, buscou-se avaliar a dinâmica dessas populações animais e o impacto do controle reprodutivo e ações de saúde. Verificou-se que há uma alta renovação das populações canina e felina, conseqüência de elevadas taxas de mortalidade e natalidade, e que as ações de esterilização contaram com média adesão quando eram gratuitas, sendo que essa adesão diminuiu quando o processo passou a ter preços simbólicos. Houve uma diminuição das taxas de natalidade após a instituição das ações de esterilização, entretanto, há necessidade de acompanhamento das ações por um período mais extenso.; The aim of this study is to evaluate the behavior of the citizens living in the district of Vargem Grande, in São Paulo, SP, from 2005 to 2008, concerning the care of dogs and cats in its health and welfare aspects. It also aims at evaluating the dynamics of these animal populations and the impact of reproductive control measures and health actions. There is a high level of turnover rate in the canine and feline populations due to very high levels of mortality and birth rates. The population greeted free actions of spay and neuter with mild enthusiasm...

Avaliação da dinâmica do efetivo bovino no Estado do Mato Grosso e seu impacto no controle da brucelose bovina; Evaluation of the dynamics of the bovine herd in the Mato Grosso State and its impact in the control of bovine brucellosis

Kuroda, Rosely Bianca dos Santos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 03/08/2012 Português
Relevância na Pesquisa
56.09%
A brucelose bovina, causada principalmente pela Brucella abortus (B. abortus), é uma enfermidade infectocontagiosa responsável por perdas reprodutivas e que possui implicações com a saúde pública. O estado de Mato Grosso é um dos estados brasileiros mais importantes da pecuária nacional, sendo também o estado que apresenta a mais alta prevalência de brucelose bovina em nível nacional. Este estudo teve por objetivo propor um método para cálculo de cobertura vacinal contra brucelose bovina, de modo que fosse possível avaliar o impacto da vacinação sobre a dinâmica da enfermidade na população bovina existente no estado de Mato Grosso a partir da análise de informações registradas junto ao Instituto de Defesa Agropecuária do Mato Grosso INDEA/MT referentes aos exercícios de 2006-2010. Observou-se que em torno de 30% do total de fêmeas pertencem aos grupos etários em idade vacinal e que 47,18% do rebanho estadual foi vacinado durante os meses em que ocorreu a vacinação contra febre aftosa, demonstrando uma possível associação entre os procedimentos, que pode ser justificada pela economia e a maior praticidade de se manejar o rebanho uma única vez para se realizar as duas imunizações. O cálculo das vacináveis foi realizado com base na aproximação proporcional do efetivo de fêmeas considerando para cada grupo etário o intervalo da janela vacinal de seis meses. A taxa de cobertura vacinal foi estimada com base em método que considera a evolução de coortes de fêmeas nascidas ao longo de um ano. A obtenção das taxas reais de mortalidade e natalidade possibilitou a realização de novas simulações de modo a avaliar o real impacto dessa estratégia na redução da prevalência de brucelose bovina. Os resultados obtidos com base neste cálculo fornecem a melhor estimativa possível com base nos dados atualmente disponíveis na maioria dos estados. Conclui-se que é necessária uma padronização nacional na forma de cálculo de cobertura vacinal...

Os enfoques sobre o planejamento familiar e controle de natalidade e os métodos disponibilizados pelo município de Camaquã

König, Deise Silveira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
66.3%
O controle de natalidade é um tema objeto de estudo há algum tempo e ao longo de décadas passou por diversos enfoques, principalmente no que diz respeito aos direitos reprodutivos da mulher e liberdade das famílias escolherem o número de filhos que desejam. As políticas públicas devem ser implementadas de forma que atendam as classes mais carentes, uma vez que é neste meio que há o maior número de filhos entre os casais. Outro problema que não pode ser deixado de lado é a agressão que o planeta vem sofrendo dia a dia diante de uma população consumista que vem crescendo assustadoramente, chegando há pouco tempo em sete bilhões de habitantes. As políticas de planejamento familiar são imprescindíveis para que se evite um caos mundial devido ao consumo excessivo das pessoas. O trabalho a ser desenvolvido apresentará as políticas públicas de planejamento familiar do Município de Camaquã e a efetividade de sua implementação. O Município foi pioneiro ao utilizar a técnica do Implanon que consiste em um método contraceptivo de longa duração. Além do Implanon, o trabalho descreve outras técnicas utilizadas e oferecidas à população para o controle de natalidade. A implantação do Implanon tornou-se inviável nos últimos anos...

O papel da educação na melhoria da qualidade de atenção em planejamento familiar

Maria Margarita Diaz Montenegro
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em //2002 Português
Relevância na Pesquisa
65.83%
Nos últimos anos, têm-se observado grandes mudanças na área de Planejamento Familiar, desde seu próprio conceito, que de controle da natalidade passou a uma abordagem em que se reconhece o direito das pessoas de decidir quando e quantos filhos quer ter e de, livremente e de maneira informada, escolher o método anticoncepcional. Também houve, nas últimas décadas, grandes avanços na tecnologia de desenvolvimento de novos Métodos Anticoncepcionais, visando contribuir para a melhoria da saúde sexual e reprodutiva. Entretanto, também se pôde notar uma distância entre a teoria e a prática, ou seja, apesar dos avanços, eles não se traduziram numa melhoria das condições de saúde das pessoas, nem dos serviços de saúde. Isso motivou o desenvolvimento de uma nova metodologia desenvolvida pela Organização Mundial da Saúde, chamada de “Enfoque Estratégico para a Introdução de Métodos Anticoncepcionais”. O Brasil foi o primeiro país no mundo a pôr em prática essa abordagem teórica, cujo objetivo é melhorar a qualidade de atenção em saúde sexual e reprodutiva. Esse projeto, coordenado pela autora deste estudo, incluiu três etapas de atividades: o diagnóstico estratégico (Etapa I), a pesquisa participativa (Etapa II) e a expansão (Etapa III). A avaliação mostrou que é possível...

Politica demografica e parlamento : debates e decisões sobre o controle da natalidade

Maria Isabel Baltar da Rocha Rodrigues
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em /12/1992 Português
Relevância na Pesquisa
86.06%
Não informado; Not informed

Paism: um marco na abordagem da saúde reprodutiva no Brasil

Osis,Maria José Martins Duarte
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1998 Português
Relevância na Pesquisa
76.08%
O Programa de Assistência Integral à Saúde Mulher (PAISM) foi lançado pelo Ministério da Saúde em 1983, sendo anunciado como uma nova e diferenciada abordagem da saúde da mulher. Paradoxalmente, o PAISM constitui-se também na primeira vez em que o Estado brasileiro propôs explicitamente, e implantou, embora de modo parcial, um programa que contemplava a regulação da fecundidade. Isso suscitou suspeitas acerca de possíveis intenções ocultas de controle da natalidade. Porém, analisando brevemente a história desse Programa e seu significado social, conclui-se que o PAISM foi pioneiro, inclusive no cenário mundial, ao propor o atendimento à saúde reprodutiva das mulheres, no âmbito da atenção integral à saúde, e não mais a utilização de ações isoladas em planejamento familiar. Por isso mesmo, os movimentos de mulheres, de imediato, passaram a lutar por sua implementação. Seu conteúdo inclui plenamente a definição de saúde reprodutiva adotada pela Organização Mundial da Saúde em 1988, ampliada e consolidada no Cairo em 1994 e em Beijing em 1995. Conseqüentemente, a adoção do PAISM representou, sem dúvida, um passo significativo em direção ao reconhecimento dos direitos reprodutivos das mulheres...

Associação entre prevalência de laqueadura tubária e características sócio-demográficas de mulheres e seus companheiros no Estado de São Paulo, Brasil

Faúndes,Anibal; Costa,Rosely Gomes; Pádua,Karla Simônia de; Perdigão,Antero Marques
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1998 Português
Relevância na Pesquisa
66.07%
O Brasil tem uma alta prevalência de laqueadura tubária. Alguns setores da sociedade acreditam que essa alta prevalência estaria indicando um controle da natalidade dissimulado, que visa diminuir a fecundidade nas camadas mais pobres da população. O objetivo deste trabalho é contribuir para a compreensão das possíveis diferenças sócio-econômicas quanto à prática da laqueadura. Para este fim, analisamos uma base de dados com 1.335 mulheres com idade de 15 a 49 anos, obtida entre mulheres de nível sócio-econômico médio-baixo ou baixo, em duas regiões do Estado de São Paulo, no ano de 1991. Os resultados mostraram uma aparentemente maior prevalência de laqueadura entre as mulheres com menor nível educacional e também entre as que moravam em habitação de boa qualidade. Entretanto, ao controlar por idade, essas associações desapareceram, sugerindo que se deviam apenas a menor escolaridade e maiores recursos das mulheres de maior idade, sendo este último o fator mais fortemente associado à prevalência de laqueadura. Discute-se a complexidade das relações entre nível sócio-econômico e ligadura tubária, incluindo a diferença sócio-econômica na prevalência de cesárea, intimamente ligada à esterilização feminina.

As leis históricas da população: marco teórico para a compreensão da reprodução humana

Fonseca,Rosa Maria Godoy Serpa da
Fonte: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo Publicador: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1995 Português
Relevância na Pesquisa
65.82%
A partir do conceito de população, é feita a exposição das leis históricas que regem o desenvolvimento demográfico, como expressão das formas peculiares de organização das diferentes sociedades humanas no decorrer da história.

Contracepção feminina e política pública no Brasil: pontos e contrapontos da proposta oficial

Alvarenga,Augusta Thereza de; Schor,Néia
Fonte: Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo.; Associação Paulista de Saúde Pública. Publicador: Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo.; Associação Paulista de Saúde Pública.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/1998 Português
Relevância na Pesquisa
66.07%
O presente trabalho busca retraçar como a questão da contracepção feminina é publicizada na mídia, a partir de matéria veiculada em dois matutinos paulistas e um carioca. Procura demonstrar como interesses econômicos, políticos e ideológicos estão presentes no interior do próprio Estado e da sociedade civil caracterizando, sobretudo na conjuntura 1984-1993, a indefinição de uma política para o setor centrado na polêmica planejamento familiar versus controle da natalidade. A conjuntura pós 93 redefine a discussão enfatizando, com base nos preceitos defendidos na Conferência do Cairo 94 sobre direitos reprodutivos, a questão do direito ao aborto e à esterilização feminina legalizados.

Bioética e Início da Vida : alguns desafios

Barchifontaine, Christian de Paul de
Fonte: Idéias e Letras Publicador: Idéias e Letras
Tipo: Livro Formato: 49754 bytes; application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
56.12%
Divulgação dos SUMÁRIOS das obras recentemente incorporadas ao acervo da Biblioteca Ministro Oscar Saraiva do STJ. Em respeito à lei de Direitos Autorais, não disponibilizamos a obra na íntegra. 34:614.253 B243b; Fundamenta os temas dignidade humana, evolução histórica e abrangência temática da bioética. Mostra questões complexas e polêmicas do início da vida humana, como: questão do crescimento populacional; a reprodução assistida; o genoma humano e a clonagem. Traz uma série de documentos de organizações e organismos internacionais, relacionados às questões debatidas.

AS MULHERES E AS NAÇÕES UNIDAS: AS LINHAGENS DO PLANO MUNDIAL DE POPULAÇÃO

Barroso,Carmen
Fonte: Departamento de Sociologia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo Publicador: Departamento de Sociologia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/1989 Português
Relevância na Pesquisa
76.09%
Nos anos 70 a ONU passou a dar uma definição mais ampla aos direitos da mulher e a adotar uma política de “integração da mulher ao desenvolvimento”. Um marco divisório da emergência desta questão nos fóruns intergovernamentais foi a Conferência Mundial de População promovida pela ONU em 1974 quando, no bojo de uma redefinição dos problemas demográficos no contexto econômico e cultural e de uma reafirmação do caráter político da questão populacional, passa-se a enfatizar a necessidade de promover a participação da mulher na vida social, econômica, cultural e política. O artigo analisa as duas linhagens de pensamento - a do controle da natalidade e a desenvolvimentista - que estão na raiz da preocupação com a questão da mulher que, de fato, vinha crescendo no âmbito da ONU desde o final dos anos 60.

A influência de movimentos de mulheres nas políticas públicas para a saúde da mulher no Brasil - 1984

Britto, Marcelo Andréas Faria de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
76.09%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Centro de Estudos Avançados e Multidisciplinares, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento, Sociedade e Cooperação Internacional, 2014.; O presente estudo analisa o papel de movimentos de mulheres na área da saúde da mulher no Brasil durante a primeira metade da década de 1980, período em que havia, internacionalmente, um paradigma predominante do controle da natalidade e em que, internamente, lutava-se em busca dos direitos reprodutivos. Dois atores são destacados nesse processo: o governo federal, representado pelo Ministério da Saúde, e a sociedade civil, aqui representada pelo movimento de mulheres. A fim de entender, ainda que parcialmente, e mapear traços da dialética entre duas posições acerca da saúde da mulher foram selecionados dois textos: a Carta de Itapecerica, elaborada por mais de 70 grupos de mulheres, de 19 estados brasileiros, ligadas à área da saúde e que participaram do Primeiro Encontro Nacional de Saúde da Mulher, em outubro de1984, e o pronunciamento do Ministro de Estado da Saúde do Brasil, Waldyr Mendes Arcoverde, na Cidade do México, em 6 de agosto de 1984, durante a abertura da Conferência Internacional sobre População, que aconteceu de 6 a 13 de agosto de 1984. Com base nesses dois eventos e em dois dos textos que deles resultaram...

Las leyes históricas de la población: marco teórico para la comprensión de la reproducción humana biológica; As leis históricas da população: marco teórico para a compreensão da reprodução humana; Historical laws of population: theory for the understanding of human reproduction

Fonseca, Rosa Maria Godoy Serpa da
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/1995 Português
Relevância na Pesquisa
65.82%
A partir do conceito de população, é feita a exposição das leis históricas que regem o desenvolvimento demográfico, como expressão das formas peculiares de organização das diferentes sociedades humanas no decorrer da história.; A partir del concepto de población, es hecha la exposición de las leyes históricas que rigen el desarrollo demográfico, como expresión de las formas peculiares de organización de las diferentes sociedades humanas en el transcurso de la história.; Beginning with the concept population, the author develops the historical laws that rule demographic development, which is an expression of the particular forms of organization in different human societies throughout history.

Contracepção feminina e política pública no Brasil: pontos e contrapontos da proposta oficial

Alvarenga, Augusta Thereza de; Schor, Néia
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/07/1998 Português
Relevância na Pesquisa
66.07%
O presente trabalho busca retraçar como a questão da contracepção feminina é publicizada na mídia, a partir de matéria veiculada em dois matutinos paulistas e um carioca. Procura demonstrar como interesses econômicos, políticos e ideológicos estão presentes no interior do próprio Estado e da sociedade civil caracterizando, sobretudo na conjuntura 1984-1993, a indefinição de uma política para o setor centrado na polêmica planejamento familiar versus controle da natalidade. A conjuntura pós 93 redefine a discussão enfatizando, com base nos preceitos defendidos na Conferência do Cairo 94 sobre direitos reprodutivos, a questão do direito ao aborto e à esterilização feminina legalizados.; The present paper aims at characterising contraception as a public policy in Brazil from news matter published in two São Paulo's and one Rio's major daily newspapers. It tries to show how economic, political and ideological interests are present within the State it self and the civil society focusing the theme in a polemic way in the issue family planning versus birth control. Contraception as a public policy remains thus indefinite specially within 1984-1993. The polar discussion is re-defined after 93 with emphasis on principles defended in the Cairo Conference (1994) on reproductive rights and the right to decriminalized/legalised sterilisation and abortion.

Contraception and birth control: bioethical focus; Contracepção e controle da natalidade: enfoque bioético

Almeida, Marcos de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ART.; Formato: application/pdf
Publicado em 07/06/2010 Português
Relevância na Pesquisa
76.16%
No presente artigo, desenvolve-se uma reflexão a respeito da contracepção. O autor demonstra anecessidade do controle de natalidade e rebate argumentos contrários aos métodos contraceptivos, como os que afirmam tratar-se de algo condenável por ser artificial ou antinatural.; The following article composes a discussion about the contraception issue. The author presents ideasexplaining why birth control is needed and refutes arguments against contraception as those which claim that it is something wrong because it is artificial or unnatural.

As Mulheres e as Nações Unidas: As Linhagens do Plano Mundial de População; Women and the United Nations: the lineages of the World Plan of Population

Barroso, Carmen
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/1989 Português
Relevância na Pesquisa
66.08%
Nos anos 70 a ONU passou a dar uma definição mais ampla aos direitos da mulher e a adotar uma política de "integração da mulher ao desenvolvimento". Um marco divisório da emergência desta questão nos fóruns intergovernamentais foi a Conferência Mundial de População promovida pela ONU em 1974 quando, no bojo de uma redefinição dos problemas demográficos no contexto econõmico e cultural e de uma reafirmação do caráter político da questão populacional, passa-se a enfatizar a necessidade de promover a participação da mulher na vida social, econômica, cultural e política. O artigo analisa as duas linhagens de pensamento - a do controle da natalidade e a desenvolvimentista - que estão na raiz da preocupação com a questão da mulher que, de fato, vinha crescendo no âmbito da ONU desde o final dos anos 60.; In the 70´s the United Nations adopted an enlarged definition of women´s rights and started the implementation of a policiy of "integration of women into the development process". The 1974 World Conference on Population sponsored by the UN was a landmark in the history of this issue within intergovernamental foruns. In the wake if a redefinition of demographic problems within the context of economic and cultural development and of the restatement of the political character of the population question...

A participação dos movimentos de mulheres na mudança do paradigma do controle da natalidade no Brasil até 1984

Britto, Marcelo Andreas Faria de; Universidade de Brasília
Fonte: Revista Perspectivas do Desenvolvimento Publicador: Revista Perspectivas do Desenvolvimento
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares; Revisão de Literatura Formato: application/pdf
Publicado em 31/12/2014 Português
Relevância na Pesquisa
96.2%
O presente artigo se propõe analisar a atuação dos movimentos de mulheres na criação do Programa de Assistência Integral à Saúde da Mulher (PAISM), em 1984, em contraposição ao paradigma do controle da natalidade sob a perspectiva do ambiente internacional com a influência de conferências internacionais de população, instituições internacionais financiadas pelos países do primeiro mundo, a atuação dos Estados Unidos, das Nações Unidas, e no ambiente doméstico com a criação do movimento feminista, das conferências de mulheres realizadas, a imprensa feminista, a crise sanitária, a ambiguidade do governo brasileiro diante o tema. 

Paism: um marco na abordagem da saúde reprodutiva no Brasil

Osis,Maria José Martins Duarte
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1998 Português
Relevância na Pesquisa
76.08%
O Programa de Assistência Integral à Saúde Mulher (PAISM) foi lançado pelo Ministério da Saúde em 1983, sendo anunciado como uma nova e diferenciada abordagem da saúde da mulher. Paradoxalmente, o PAISM constitui-se também na primeira vez em que o Estado brasileiro propôs explicitamente, e implantou, embora de modo parcial, um programa que contemplava a regulação da fecundidade. Isso suscitou suspeitas acerca de possíveis intenções ocultas de controle da natalidade. Porém, analisando brevemente a história desse Programa e seu significado social, conclui-se que o PAISM foi pioneiro, inclusive no cenário mundial, ao propor o atendimento à saúde reprodutiva das mulheres, no âmbito da atenção integral à saúde, e não mais a utilização de ações isoladas em planejamento familiar. Por isso mesmo, os movimentos de mulheres, de imediato, passaram a lutar por sua implementação. Seu conteúdo inclui plenamente a definição de saúde reprodutiva adotada pela Organização Mundial da Saúde em 1988, ampliada e consolidada no Cairo em 1994 e em Beijing em 1995. Conseqüentemente, a adoção do PAISM representou, sem dúvida, um passo significativo em direção ao reconhecimento dos direitos reprodutivos das mulheres...

Associação entre prevalência de laqueadura tubária e características sócio-demográficas de mulheres e seus companheiros no Estado de São Paulo, Brasil

Faúndes,Anibal; Costa,Rosely Gomes; Pádua,Karla Simônia de; Perdigão,Antero Marques
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1998 Português
Relevância na Pesquisa
66.07%
O Brasil tem uma alta prevalência de laqueadura tubária. Alguns setores da sociedade acreditam que essa alta prevalência estaria indicando um controle da natalidade dissimulado, que visa diminuir a fecundidade nas camadas mais pobres da população. O objetivo deste trabalho é contribuir para a compreensão das possíveis diferenças sócio-econômicas quanto à prática da laqueadura. Para este fim, analisamos uma base de dados com 1.335 mulheres com idade de 15 a 49 anos, obtida entre mulheres de nível sócio-econômico médio-baixo ou baixo, em duas regiões do Estado de São Paulo, no ano de 1991. Os resultados mostraram uma aparentemente maior prevalência de laqueadura entre as mulheres com menor nível educacional e também entre as que moravam em habitação de boa qualidade. Entretanto, ao controlar por idade, essas associações desapareceram, sugerindo que se deviam apenas a menor escolaridade e maiores recursos das mulheres de maior idade, sendo este último o fator mais fortemente associado à prevalência de laqueadura. Discute-se a complexidade das relações entre nível sócio-econômico e ligadura tubária, incluindo a diferença sócio-econômica na prevalência de cesárea, intimamente ligada à esterilização feminina.

O Brasil na era verde: a consciência ecológica no país segundo pesquisas de opinião

Crespo, Samyra
Fonte: CESOP/UNICAMP Publicador: CESOP/UNICAMP
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares; Pesquisa de campo Formato: application/pdf
Publicado em 13/10/2015 Português
Relevância na Pesquisa
66.05%
Este artigo apresenta os resultados do projeto “O quê o brasileiro pensa sobre ecologia?”, elaborado na ocasião da Conferência Rio-92. Baseado em dados quantitativos e qualitativos (survey de 3.650 entrevistas e 72 entrevistas em profundidade com grupos selecionados), mostra os valores e atitudes dos brasileiros quanto ao meio ambiente, ecologia e controle da natalidade.Abstract This article presents the results of the research project “What do Brazilians think about ecology?”, elaborated during the Rio-92 Conference. Based on quantitaive and qualitative data (3.650 survey interviews and 72 in-deepth interviews with selected groups), it shows the Brazilians values and attitutes toward environment, ecology and birth control.Keywords: ecology, Rio-92 Conference, Amazon, birth control