Página 1 dos resultados de 3085 itens digitais encontrados em 0.042 segundos

Autonomia nos cuidados de saúde oral nas crianças e jovens com necessidades de saúde especiais

Romanini, Raunan Martins
Fonte: [s.n.] Publicador: [s.n.]
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
98.41169%
Projeto de Pós-Graduação/Dissertação apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Medicina Dentária; A saúde oral é um aspeto importante da saúde. A falta de higiene oral pode afetar a qualidade de vida de uma pessoa, sendo fundamental adquirir desde cedo hábitos corretos de higiene oral. Este trabalho consiste num estudo observacional de corte transversal. Os resultados obtidos pautam-se num levantamento de dados adquiridos através da aplicação de um questionário direcionados aos Encarregados de Educação de crianças e jovens com Necessidades de Saúde Especial (NSE) que frequentam a Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPACDM) da vila da Sertã. Este estudo pretende tomar conhecimento se as crianças e jovens com NSE são autónomas nos cuidados de higiene oral e que fatores condicionam essa autonomia. Com base na análise dos resultados pretende-se fazer uma reflexão sobre a importância da promoção da autonomia na saúde oral, tendo em conta que essas crianças e jovens apresentam maior risco de contrair doenças de foro oral. Este estudo revelou que a maioria das crianças e jovens realizam a sua higiene oral no máximo uma vez por dia (71%)...

Crianças e jovens institucionalizados

Costa, Liliana Morais da
Fonte: [s.n.] Publicador: [s.n.]
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
98.38818%
Projecto de Graduação apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau Licenciada em Serviço Social; Portugal ainda apresenta um número considerável de crianças e jovens em situação de acolhimento. Deste modo os lares de acolhimento são uma realidade que não pode ser ignorada, tendo em conta as suas vertentes social e educativa. Perante esta situação a Instituição de acolhimento e a Escola tornam-se os agentes de socialização destes jovens e, consequentemente os principais transmissores de educação, valores e competências, para isso, é necessário que ambas as instituições trabalhem em conjunto. Assim, dada a importância que estas duas Instituições (Escola e Lar) têm para estas crianças e jovens, elaborou-se um estudo qualitativo para perceber quais os desafios da inclusão destas crianças e jovens no meio escolar. Neste estudo a amostra foi constituída por 10 jovens do sexo masculino do Lar D. Maria Pia/ S. José, Ponte de Lima, distribuídos por diferentes anos de escolaridade na Escola EB 23 António Feijó de Ponte de Lima; foram também participantes quatro diretores de turma destes mesmos jovens. Os instrumentos utilizados neste trabalho de investigação foram: a pesquisa documental (processos socioeducativos); a entrevista (aos diretores de turma); a observação participante (durante o estágio) e a observação não-participante (na escola). Para a análise das entrevistas foi escolhida a análise de conteúdo relacional proposta pela Universidade do Colorado...

O processo de adaptação de crianças e jovens em risco ao acolhimento prolongado em lares de infância e juventude

Costa, Bárbara Sofia Ferreira Sampaio da
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
98.353545%
Este trabalho tem como objectivo conhecer o processo de adaptação das crianças e jovens em risco ao acolhimento prolongado em Lares de Infância e Juventude, através das diferentes vivências que estas experienciam ao longo do acolhimento institucional. Tentou-se igualmente perceber de que modo esta experiência de vida influenciou a percepção que os adolescentes tinham de si próprios. Embora alguma investigação, muita de natureza qualitativa, tenha vindo a procurar identificar as necessidades das crianças e jovens institucionalizados e aceder às suas experiências de vida, a investigação acerca do percurso vivido durante a instituicionalização ainda é escassa e merece uma análise mais pormenorizada. Com recurso à metodologia da Grounded Theory, partiu-se da recolha de narrativas de nove adolescentes institucionalizados, 6 raparigas e 3 rapazes, com uma média etária de 17, 7 anos (DP= 1,15), levadas a cabo em três Lares de Infância e Juventude. A análise destas narrativas permitiu identificar a existência de quatro fases de adaptação ao acolhimento prolongado de crianças e jovens em risco: fase de (des)amparo, fase da revolta, fase da resignação e fase da pré-autonomia. Em todas estas fases o sofrimento devido à separação da família é reflectido de alguma forma e o sentimento de ligação...

Da terra das sombras à terra dos sonhos. O espaço sagrado na literatura para crianças e jovens; From the shadow land to the dream land: the sacred space in the literature geared at children and young people

Lopes, Cristiano Camilo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/06/2009 Português
Relevância na Pesquisa
108.11852%
Esta dissertação tem como objetivo identificar a presença do espaço sagrado na Literatura para Crianças e Jovens. Para isso, utilizamos como eixo teóricometodológico propostas sociológicas e antropológicas sobre o sagrado e sua relação com o homem. Como um substrato para mitos, ritos e arquétipos, o sagrado tem permeado a Literatura para Crianças e Jovens, revelando o homem e sua relação com suas crenças. Em diversas obras, evidencia-se como um elemento essencial e norteador do ser que o aceita. Assim, recorrendo ao estudo de temas (tematologia) como método comparativista, objetivamos identificar a configuração do espaço sagrado, pela oralidade, em duas obras: A menina de lá, de Guimarães Rosa, e O beijo da palavrinha, de Mia Couto. Além disso, pelo mesmo método comparativista, analisaremos as obras As Crônicas de Nárnia: o leão, a feiticeira e o guarda-roupa, de C. S. Lewis e Cibermãe, de Alexandre Jardin, com o objetivo de identificar o retorno do sagrado nos dias atuais e, verificar que o sagrado não se limita a épocas, mas até mesmo na modernidade o homem o busca.; This essay aims at identifying the presence of the sacred space in the literature geared at children and young people. For this we used the theoretical - methodological axis as the sociological and anthropological proposals on other sacred and its relationship with man. As a basis for myths...

A Comissão de Protecção de Crianças e Jovens em Risco de Amarante, que representações? : o impacto da implementação da Comissão de Protecção de Crianças e Jovens no concelho de Amarante

Macedo, Elisabete Oliveira; Dias, Isabel
Fonte: Porto : [Edição do Autor] Publicador: Porto : [Edição do Autor]
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
98.48024%
Este trabalho de investigação, no âmbito do Mestrado em Sociologia, da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, enquadra-se na temática das crianças e jovens em perigo e tem como objecto de estudo a Comissão de Protecção de Crianças e Jovens em Perigo (CPCJP) de Amarante. Procurou-se, com este estudo, conhecer o modus operandi desta CPCJ, tendo como pano de fundo as representações que os técnicos da comissão restrita (CR) e as entidades da comissão alargada (CA) e as próprias famílias das crianças e jovens acompanhadas, têm sobre o trabalho deste organismo. Com isto, foi nosso intuito, redimensionar estratégias de intervenção local mais ajustadas ao território para que possam, de certa forma, constituir-se como boas práticas para outras CPCJ. Para encetar este trabalho de investigação, optou-se, metodologicamente, por realizar um estudo de carácter intensivo e qualitativo, seleccionando como método de investigação a pesquisa de terreno e como técnicas as entrevistas semi-estruturadas aos técnicos da CR, a algumas entidades da CA e às famílias das crianças e jovens acompanhadas, para além da realização de um focus group aos membros da CA. Os resultaram empíricos evidenciaram que, a CPCJ de Amarante através do trabalho que tem desenvolvido com as entidades com responsabilidade em matéria da infância e juventude...

Filosofia com crianças e jovens : ma proposta de educação do pensar como um lugar-comum

Assunção, Susana
Fonte: Porto : [Edição do Autor] Publicador: Porto : [Edição do Autor]
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
98.1225%
A Educação actual tem sido alvo de várias controvérsias. Esta demonstra-se, muitas vezes, insuficiente quando se trata de formar cidadãos mais críticos, mais criativos e tolerantes. E ao seguir um modelo de Educação que se revela autoritário e de alguma forma alienado, em nada contribuirá para uma mudança, tão urgente, como a de levar os alunos a pensar livre e autonomamente, tomando-se cidadãos mais conscientes. O pensar faz parte da natureza do Homem, porém, este necessita de ser cultivado, caso contrario deixará, tal como se de um músculo se tratasse, de funcionar. Através do exercício do pensar e da lógica torna-se igualmente possível reflectir acerca da vida e do Mundo. Os valores merecem equitativamente um lugar de destaque, na medida em que tendem a desvanecer-se dentro da sociedade actual. São estes os principais aspectos que nos permitem propor um modelo de Educação com o principal objectivo de levar os alunos e a própria sociedade a perceberem qual o caminho que os levará a serem pessoas mais justas, mais responsáveis e mais conscientes do que é viver em democracia. O objectivo deste relatório de investigação-acção é o de propor uma nova forma de Educação, baseada na metodologia desenvolvida pelo filósofo Matthew Lipman...

Redes sociais pessoais e perceção da qualidade de vida das crianças e jovens institucionalizados : o papel das famílias amigas

Mendes, Eloísa Alexandra Silva
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2011 Português
Relevância na Pesquisa
98.419%
Dissertação de mestrado integrado em Psicologia (área de especialização em Psicologia da Justiça); Este é um estudo exploratório que tem como principais objetivos analisar a rede social pessoal de 26 crianças e jovens em regime de acolhimento residencial e avaliar a eventual relação com a sua perceção de qualidade de vida, focando o papel das famílias amigas. Foram utilizados o IARSP-R e o questionário Kidscreen-52 e realizada ainda uma entrevista semi-estruturada sobre o projeto famílias amigas aos psicólogos das instituições. No que toca aos resultados, ressalta-se que, tendencialmente, estas redes são compostas por cerca de 9 elementos, em que a família é o quadrante mais representativo; a maioria das figuras significativas para as crianças e jovens é percecionada por estas como fonte de apoio, reside na mesma cidade e mantém com elas um contacto diário. A perceção de qualidade de vida das crianças/jovens é globalmente positiva, tendo sido encontradas associações estatisticamente significativas com caraterísticas sociodemográficas como a idade e duração do acolhimento, e com a perceção do apoio prestado pelos membros da rede. As famílias amigas são caraterizadas pelos técnicos como um recurso de elevada importância no desenvolvimento das crianças/jovens; contudo...

O papel da mediação sócio-educativa na ajuda às crianças e jovens em risco

Duarte, Carla Sofia Ferreira da Silva
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
98.25217%
Relatório de estágio de mestrado em Educação (área de especialização em Mediação Educacional e Supervisão da Formação); Numa sociedade cada vez mais competitiva e exigente é importante incutir aos jovens certos valores e características que os ajudem a vencer num mundo cada vez mais instável, ainda mais quando falamos sobre crianças problemáticas. Neste sentido, é fundamental que as pessoas que convivam com este tipo de jovens apostem na formação de modo a obterem o máximo desta relação e a poder ajudar no seu desenvolvimento pessoal e social. No presente relatório o objectivo é então descrever e analisar o estágio desenvolvido numa Instituição de Solidariedade Social, nomeadamente no Lar de Santa Cruz, em Matosinhos. O trabalho desenvolvido no Lar foi no sentido de combater o insucesso escolar, através de apoio na sala de estudo, ajudando as meninas a adquirirem hábitos e métodos de estudo, ao longo do ano lectivo. Assim através da mediação pretendia-se que as crianças desenvolvessem competências de trabalho, de cooperação e de auto-controlo, bem como que mantivessem relações interpessoais e com uma atitude assertiva. Também foi objectivo desta intervenção no Lar trabalhar com as Funcionárias no sentido de lhes proporcionar novos conhecimentos sobre como lidar com as crianças e jovens que se lhes deparam. Através da formação...

O “novo” modelo organizativo dos serviços de saúde para atendimento de crianças e jovens e risco psicossocial : a perspetiva do Serviço Social

Ribeiro, Arminda Augusta Oliveira
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 12/05/2011 Português
Relevância na Pesquisa
98.2572%
Este estudo teve por objetivo compreender as implicações da reorganização do funcionamento dos serviços de saúde prestados a crianças e jovens em risco psicossocial no papel e na prática profissional do assistente social. Foi realizado um estudo exploratório descritivo de natureza qualitativa. A recolha de dados resultou da aplicação de uma entrevista semi-estruturada a oito profissionais de Serviço Social que trabalham em unidades públicas de saúde. De acordo com os dados apurados, constatamos que os assistentes sociais têm um conhecimento mais teórico do que prático sobre a nova proposta de trabalho implementada nos serviços de saúde, uma vez que esta não se encontra em pleno funcionamento. No entanto, apresentaram uma opinião favorável de que tenderá para a uniformização de procedimentos. Os assistentes sociais vêem-se como executores de funções transversais a todas as áreas de intervenção do Serviço Social, pois estão aptos para desenvolver processos de intervenção social assentes em competências como a articulação, a negociação, a mediação e a interação intrainstitucional com os membros da equipa e os sujeitos da ação e, a nível interinstitucional, com os serviços da comunidade. A operacionalização do trabalho em equipa intrainstitucional realiza-se de modo formal...

A institucionalização de crianças e jovens no Alentejo

Cansado, Teresa Isabel Pão-Alvo
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
98.12063%
A temática em torno da institucionalização de crianças e jovens tem vindo progressivamente a ocupar maior destaque nos meios de comunicação social, impelindo para uma maior consciencialização da sociedade em geral e uma maior preocupação sobre formas adequadas de intervenção dos profissionais desta área em particular. Este trabalho teve como objetivo conhecer, analisar e compreender as estratégias que as entidades inscritas na economia social com respostas sociais em matéria de infância e juventude têm no processo de acolhimento, integração social e promoção dos projetos de vida das crianças e jovens em acolhimento, na região do Alentejo. O estudo foi conduzido através de um inquérito por questionário considerado como a forma mais adequada para recolher informação necessária para dar resposta aos objetivos definidos. Os dados foram assim recolhidos através da aplicação de um questionário on-line dirigido a 30 entidades com resposta de acolhimento em matéria de infância e juventude. O questionário foi administrado a Diretores Técnicos com a responsabilidade de gestão das respostas sociais de Lar de infância e juventude e Centro de acolhimento temporário. A análise e interpretação dos resultados permitiram capturar não só os critérios e os motivos pelos quais as entidades procedem ao acolhimento...

O papel da GNR nas Comissões de Proteção de Crianças e Jovens

Alves, António
Fonte: Academia Militar. Direção de Ensino Publicador: Academia Militar. Direção de Ensino
Tipo: Outros
Publicado em 01/08/2012 Português
Relevância na Pesquisa
98.56902%
A presente Relatório Científico Final do Trabalho de Investigação Aplicada subordina-se ao tema “O papel da GNR nas Comissões de Proteção de Crianças e Jovens”. As Comissões de Proteção de Crianças e Jovens têm como função última a prossecução da promoção e proteção dos direitos das crianças, e concorre m com várias entidades para prosseguir esse fim no Sistema de Proteção de Crianças e Jovens. Uma dessas entidades é precisamente a GNR, e que estabelece uma relação direta com as CPCJ aos 3 níveis de intervenção preconizados no Sistema de Proteção de Crianças e Jovens Assim o ponto de partida para iniciar esta investigação vai operacionalizado na seguinte pergunta de partida: Qual o papel da GNR nas Comissões de Proteção de crianças e Jovens? Assim, como objetivos para a presente investigação, definiram-se: Saber como está representada a GNR nas CPCJ; Saber se os militares, nomeadamente os patrulheiros no desempenho da atividade operacional, sinalizam corretamente situações em que a criança e jovem est á em perigo O que veio mudar a nova NEP 3.60 (que regula a relação da GNR com as CPCJ). Saber se a GNR cumpre a sua dupla função de prevenção e proteção. Os dados...

Insucesso escolar de crianças e jovens institucionalizadas

Santos, Ana Sofia Carvalho da Silva
Fonte: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas Publicador: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 17/02/2010 Português
Relevância na Pesquisa
108.23606%
Dissertação de Mestrado em Política Social; O estudo tem como tema a problemática da integração escolar experimentada pelas crianças e jovens institucionalizadas. A amostra de estudo é constituída por 27 indivíduos da Obra da Imaculada Conceição e Santo António, distribuídos pelos vários anos de escolaridade, a quem foram aplicadas entrevistas e testes projectivos. A pertinência deste estudo reside no facto de Portugal ser um dos países europeus que apresenta uma maior taxa de institucionalização, razão pela qual, os lares de acolhimento são hoje uma realidade que não pode ser ignorada, tendo em conta as suas vertentes social e educativa. As crianças institucionalizadas em muitos casos, não esperam por um colo, nem por uma família que as acolha, esperam apenas que o tempo passe para alcançar uma outra fase, a fase da liberdade. Desta forma, é necessário dotar esta população de conhecimentos, competências e saberes que lhes permitam uma bem sucedida (re)inserção social e profissional após a institucionalização. Sendo a Instituição e a Escola os principais agentes de socialização destas crianças e, consequentemente os principais transmissores de educação, valores e competências...

Formação em competências multiculturais de profissionais de acolhimento institucional de crianças e jovens

Pacheco, Pedro Manuel Gonçalves
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 26/04/2011 Português
Relevância na Pesquisa
98.22395%
Mestrado em Psicologia Social e das Organizações; A literatura tem revelado uma crescente preocupação pelo facto das instituições de acolhimento de crianças e jovens não atenderem às necessidades específicas de crianças de minorias étnicas e das suas famílias. Em linha com a Declaração Universal dos Direitos das Crianças, diversos autores defendem que é fundamental que as instituições de acolhimento garantam a estas crianças e jovens oportunidades de contacto com a sua cultura, religião e história, numa base rotineira. Contudo, a formação de profissionais em competências multiculturais tem sido escassa, em particular em Portugal. O presente estudo pretendeu desenvolver um programa breve de formação de competências multiculturais dirigidas a profissionais (técnicos e educativos). Para esse efeito, foi realizado um estudo quase-experimental (N=30), com avaliação de competências multiculturais antes e após a intervenção. O grupo de controlo não recebeu formação, tendo igualmente sido avaliado em dois momentos, coincidentes com os do grupo experimental. A avaliação de competências multiculturais foi realizada por duas medidas: (1) um questionário de auto-relato e (2) uma medida de avaliação objectiva baseada num caso hipotético apresentado. Os resultados foram analisados quantitativa e qualitativamente. Relativamente à avaliação quantitativa de competências multiculturais através de auto-relato...

Percepções sobre o acolhimento residencial de fratrias: experiências de profissionais, crianças e jovens

Silveira, Maria Sofia da Cal
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2009 Português
Relevância na Pesquisa
98.18513%
Mestrado em Intervenção Comunitária e Protecção de Menores/ 2956, 3373; Esta investigação incide sobre o acolhimento residencial de fratrias em Lares de Infância e Juventude. As políticas de acolhimento enfatizam a promoção do acolhimento de irmãos, embora a literatura demonstre que as decisões técnico-profissionais a este nível se baseiam mais em circunstancialismos práticos do que numa avaliação das necessidades e das relações fraternas. Através de dois estudos de carácter exploratório pretendeu-se caracterizar as ideias e experiências dos profissionais de Lar, e das crianças e jovens acolhidos, sobre o acolhimento de irmãos. No estudo 1, participaram 20 profissionais de 4 Lares e optou-se pela realização de grupos focais sobre o positivo e negativo do acolhimento de fratrias e os critérios reais e ideais de tomada de decisão sobre a colocação em Lar. A protecção entre os irmãos surgiu como importante aspecto positivo do acolhimento conjunto, e os conflitos e os projectos de vida diferentes foram identificados como principais pontos negativos do mesmo. Os critérios reais identificados foram, maioritariamente, de ordem prática, confirmando a literatura. O estudo 2 envolveu 26 crianças e jovens...

Infância invisível e em risco: condições para a parentalidade (des)protectora e intervenção das comissões de protecção de crianças e jovens

Carreira, Marta Cristina Pereira de Almeida
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
98.60862%
Doutoramento em Sociologia; A tese “Infância invisível e em risco: condições para a parentalidade desprotectora e intervenção das Comissões de Protecção de Crianças e Jovens” parte do pressuposto de que há condições que não permitem a alguns progenitores terem as competências parentais suficientemente capazes de garantir a protecção dos seus filhos e que, face a isso, o Estado tem de intervir nessa protecção. Neste contexto, são implementadas políticas de protecção à infância tentando que as crianças em risco/ perigo sejam protegidas, saindo dessa situação no mais curto espaço de tempo e com as mínimas sequelas possíveis. Nesta perspectiva procurámos, por um lado, saber como surge o perigo e que condições o potenciam. Por outro lado procurámos perceber de que forma a actuação das Comissões de Protecção de Crianças e Jovens consegue alterar essas condições, qual a eficácia das medidas que aplicam às crianças e famílias, e como os direitos da criança e o respeito pelo seu superior interesse são garantidos no decorrer desses processos. A observação participante numa Comissão de Protecção de Crianças e Jovens durante um ano e meio permitiu acompanhar sessenta processos de crianças e jovens e suas famílias de forma a perceber...

As potencialidades educativas da rádio para crianças e jovens

Guerreiro, Maria Mariana Neto
Fonte: Universidade Nova de Lisboa Publicador: Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /07/2014 Português
Relevância na Pesquisa
98.261875%
O panorama comunicacional actual pauta-se pela multiplicidade de meios e de canais de produção e difusão de conteúdos. A rádio, na tentativa de integrar este cenário, alia-se à internet criando plataformas digitais que assegurem a divulgação dos seus conteúdos e reformulando a relação que estabelece com os ouvintes que agora também adoptam o papel de usuários. Reflectindo sobre o impacto dos media na sociedade actual, interrogamo-nos sobre o papel da escola enquanto veículo transmissor de conhecimento e qual a relação que estabelece com os meios de comunicação. O papel de destaque da internet aliada aos meios de comunicação desperta o interesse para a educação para os media e a pertinência da sua discussão em relação às crianças e jovens. A par da actualidade deste tema, surgem projectos e iniciativas que pretendem utilizar os recursos cedidos pelos meios de comunicação e internet para potenciar o acesso a um conhecimento informado. Alguns deles utilizam a rádio, em ambiente digital, com o intuito de reforçar e estimular o desenvolvimento ou aperfeiçoamento de capacidades de comunicação e expressão das crianças e jovens participantes. Este meio de comunicação, aliado ao digital, torna-se de fácil acesso e custo...

O trabalho das parcerias nas comissões de proteção de crianças e jovens; articulação entre as comissões de proteção de crianças e jovens e os centros de apoio familiar e aconselhamento parental

Martins, Helena Sofia Pinto
Fonte: Repositório Comum de Portugal Publicador: Repositório Comum de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 04/06/2015 Português
Relevância na Pesquisa
98.49986%
A presente investigação foi desenvolvida junto da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens em Perigo (CPCJ) e o Centro de Apoio Familiar e Aconselhamento Parental (CAFAP), do concelho de Amarante. Tem como objetivo fundamental conhecer os principais problemas identificados no concelho pela CPCJ, as práticas profissionais e organizacionais desenvolvidas para combater esses problemas e, ainda, perceber a parceria da CPCJ com as outras instâncias da comunidade e de forma, mais específica, com o CAFAP. Neste trabalho, pretende-se compreender se as práticas profissionais e organizacionais para a implementação de projetos de intervenção integrados nas CPCJs e nos CAFAP, são ajustados às reais necessidades das crianças e jovens para a sua proteção, tendo em conta os problemas identificados, e identificar a sua influencia na redução ou até na remoção das situações de risco e na objetiva alteração das condições sociais e dinâmicas familiares para garantir o bem-estar das crianças e condições para o seu desenvolvimento integral. Neste sentido, no estudo recorreu-se à investigação qualitativa, efectuando-se quatro entrevistas, três entrevistas aos Técnicos da CPCJ, a Presidente e dois Técnicos Cooptados e uma entrevista de grupo aos três Técnicos do CAFAP...

Perceção da qualidade de vida : um estudo sobre a perceção de crianças e jovens em lares de infância e juventude

Ferreira, Ana Isabel Cácima
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
98.48159%
Dissertação de mestrado integrado em Psicologia (área de especialização em Psicologia da Justiça); Sendo a qualidade de vida definida como “perceção do indivíduo da sua posição na vida, no contexto da cultura e sistema de valores, nos quais ele vive e em relação aos seus objetivos, expectativas, padrões e preocupações” (WHOQOL GROUP, 1995, p.1405), torna-se importante valorizar a perspetiva da criança, estudando-a. O presente estudo tem como objetivo a compreensão da perceção da qualidade de vida de crianças e jovens, residentes em Lares de Infância e Juventude (LIJ), devido às adversidades pelas quais as suas vidas foram pautadas. Participaram 80 crianças e jovens, com idades compreendidas entre os 8 e 18 anos, de 6 LIJ, do Distrito do Porto, assim como os seus respetivos cuidadores. O instrumento utilizado foi o Kidscreen 52. Dos resultados obtidos, concluiu-se que existem diferenças entre a perceção das crianças e jovens acolhidas e as crianças e jovens da população portuguesa ao nível da saúde e atividade física, sentimentos, estado de humor geral, auto perceção, ambiente institucional, questões económicas e provocação. Quando comparadas a perceção das crianças e jovens e a perceção dos cuidadores...

Relações entre Crianças e Jovens em Instituições de Acolhimento

Carmo, Raquel Azaruja Batista Neves do
Fonte: Instituto Politécnico de Portalegre - Escola Superior de Educação Publicador: Instituto Politécnico de Portalegre - Escola Superior de Educação
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
98.3413%
O presente estudo teve como principais objetivos: conhecer a frequência e os tipos de condutas de agressão e vitimação manifestados numa amostra de adolescentes acolhidos em lar; saber qual a relação entre a integração social no grupo de pares e vários padrões de comportamento social em contexto institucional de acolhimento permanente; e por fim, conhecer as representações das crianças e jovens acolhidas em lar sobre a instituição que os acolhe, a escola, e os adultos e pares mais significativos na sua vida. Participaram 56 crianças/jovens em risco, do sexo masculino e feminino, com idades compreendidas entre os 4 e os 21 anos de idade. Paralelamente, e para que fosse possível comparar os resultados obtidos neste estudo com uma amostra de adolescentes não institucionalizados, baseámo-nos nos resultados obtidos por Martins (2009a), no seu estudo com uma amostra de adolescentes em contexto escolar normativo. Foi elaborada uma adaptação do Questionário de exclusão social e violência escolar (Martins, 2009a). Foi também aplicado uma adaptação da versão portuguesa do Questionário de nomeação de pares (Martins, 2009a), e por fim, aplicou-se uma adaptação da Entrevista de frases incompletas para crianças e adolescentes (Díaz-Aguado...

Modeling stability in the somatotype of children and youngsters from 10 to 16 years of the Madeira gro; Modelação da estabilidade do somatótipo em crianças e jovens dos 10 aos 18 anos de idade do estudo de crescimento de Madeira (Portugal)

Ribeiro Maia, José Antônio; Profs Doutores. Laboratório de Cineantropometria e Estatística Aplicada / Gabi; Almeida e Silva, Celso António Rosa de; Mestre em Medicina Desportiva. Centro Hospitalar do Funchal. Madeira. Portugal.; Freitas, Duarte Luís
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; "Avaliado por Pares",; Avaliado por Pares; Descritiva Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 20/06/2006 Português
Relevância na Pesquisa
107.90753%
This investigation aims at the study of somatotype´s (tri-dimensional structure) stability in children and youngsters from Madeira (Portugal). Based on a stratified and proportional sample and from a mixed-longitudinal study, we obtained information from 309 subjects (157 boys, 152 girls) that participed in ‘Madeira Growth Study’. Somatotype was estimated with the Heath-Carter method, and statistical analysis was based on quasi-simplex models to optimize the multivariate data structure. Mplus was used in all calculations. Results from fitting models to the multidimensional nature of the data have shown that somatotype is strongly stable over the age range of 10 to 16 years. This characteristic highlights its reduced capability to change, and thus inform us about its prediction.; Este estudo pretende investigar a estabilidade do somatótipo, enquanto entidade tridimensional, de crianças e jovens Madeirenses (Portugal). Com base numa amostra estratificada proporcional, e a partir de um delineamento longitudinal-misto, foi obtida informação de 309 sujeitos dos dois sexos (157 rapazes e 152 moças) que participaram no ‘Estudo de Crescimento da Madeira’. O somatótipo foi estimado com base no procedimento de Heath-Carter, e a análise estatística recorreu à modelação quasi-simplex para solucionar a estrutura multivariada dos dados. Os cálculos foram efectuados no software Mplus. Na sua essência...