Página 1 dos resultados de 550 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Educação e desenvolvimento: o índice paulista de responsabilidade social nos municípios do noroeste paulista.; Education and Development: The Índice Paulista de Responsabilidade Social (São Paulo Index of Social Responsibility) in the Northwestern cities of São Paulo State.

Demarco, Diogo Joel
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/03/2007 Português
Relevância na Pesquisa
46.46%
Trata-se de pesquisa empírica cujo objeto são os indicadores do Índice Paulista de Responsabilidade Social (IPRS). À luz deste índice, se analisa educação e desenvolvimento nos municípios do noroeste paulista, buscando compreender que fatores levam aos bons resultados nos indicadores de escolaridade, obtidos por um grupo de municípios com baixos níveis de riqueza, denominados de grupo 3 do IPRS. O trabalho busca, por meio de um olhar crítico da composição das variáveis do IPRS, analisar a capacidade destas expressarem a realidade do ambiente educacional dos municípios e, ao mesmo tempo, serem úteis na definição de políticas visando fortalecer as dinâmicas de desenvolvimento dos mesmos. Com isso objetiva contribuir com o debate sobre a formulação de indicadores educacionais mais adequados à análise do desenvolvimento na atualidade. Parte-se da constatação da relevância da educação nas atuais dinâmicas de desenvolvimento, não mais compreendido como sinônimo de crescimento econômico, ressaltando a inclusão da dimensão educacional nos instrumentos de mensuração do desenvolvimento humano. São discutidos os conceitos de desenvolvimento como liberdade e de capital social como parâmetros para se compreender o surgimento de uma nova geração de indicadores de desenvolvimento dentre os quais o índice paulista. Estes conceitos são abordados com base nas referências teóricas fornecidas por Sen...

Formação de professores e avaliação educacional: o que aprendem os estudantes das licenciaturas durante sua formação; Teacher formation and educational evaluation: what the licenciature students learn during its formation

Mendes, Olenir Maria
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 18/08/2006 Português
Relevância na Pesquisa
36.21%
O presente estudo, de cunho sócio-educacional, teve como objeto a formação de professores e a avaliação educacional no ensino superior. Procurou-se identificar, nos cursos de licenciatura, as aprendizagens sobre avaliação propiciadas aos estudantes. Buscou-se ainda conhecer e discutir as condições favoráveis para que os estudantes das licenciaturas tornem-se professores, capazes de realizar a avaliação escolar. Para tanto, utilizou-se como referência os estudos de Freitas, Luckesi, Romão, Hoffmann, Vasconcellos, dentre outros, os quais procuram discutir avaliação em uma perspectiva crítica e sociológica, considerando, dentre outros aspectos, as relações de poder que a temática envolve. O presente estudo objetivou não só identificar, mas também compreender e explicitar os nexos entre o fazer cotidiano do trabalho pedagógico, no que se refere à avaliação e o processo de formação de professores, a partir de sua realidade político-social, histórica e educacional Os sujeitos da pesquisa foram sete coordenadores de cursos de licenciatura e 195 licenciandos, que cursavam o último ou penúltimo período em uma instituição federal de ensino superior. Os instrumentos de coleta de dados foram entrevistas realizadas com os coordenadores e questionários...

Psicologia educacional : a vez e a voz dos acadêmicos de pedagogia das universidades estaduais do Paraná; Educational psychology : chances and voices of pedagogy students in government universities of the state of Paraná, Brazil

Paini, Leonor Dias
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/11/2006 Português
Relevância na Pesquisa
36.18%
Este trabalho de pesquisa foi elaborado com o objetivo de compreender o papel da disciplina de Psicologia da Educação na formação do educador, na perspectiva dos acadêmicos de cursos de Pedagogia. Buscou subsídios que colaborassem para entender o desempenho dessa disciplina na formação dos educadores que irão atuar no ensino básico. A pesquisa, qualitativa e de caráter teórico-prático, procurou contextualizar o objeto desse estudo. O procedimento metodológico utilizado para obtenção de dados constou de um questionário individual, aplicado a 425 acadêmicos-formandos do curso de Pedagogia de cinco universidades estaduais do Estado do Paraná. Além disso, foi trabalhada a técnica de grupo focal com alguns alunos sujeitos da pesquisa, para esclarecer alguns dados. Esse procedimento possibilitou compreender a relevância e as controvérsias que norteiam essa área. A literatura sobre a formação de professores deixou implícita as múltiplas facetas nesse campo e concluiu que não há consenso nesta área, havendo necessidade de se redimensioná-la. Inclusive, foram pesquisadas as temáticas veiculadas na área de Psicologia da Educação em contraste com os conteúdos programáticos da disciplina de Psicologia da Educação. Concluiu-se que temas como: ?Os processos de desenvolvimento e aprendizagem? e ?O desenvolvimento do psiquismo? acompanharam a Psicologia da Educação...

Núcleo de Tecnologia Educacional de Terra Nova do Norte e a tecnologia educacional em construção : dificuldades e perspectivas

Malhado, Wilton dos Santos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.26%
Este estudo foi realizado com o objetivo de conhecer e analisar como o Núcleo de Tecnologia Educacional de Terra Nova do Norte está capacitando os professores da rede pública de ensino em Informática da Educação; como essa capacitação é construída nos Laboratórios de Informática nas escolas; e como os professores estão fazendo uso do computador como ferramenta pedagógica. Pretendemos determinar quais são as dificuldades encontradas nesse tipo de capacitação, estabelecendo quais as reais perspectivas dos educadores e dos alunos do ensino fundamental; à luz dos resultados, elaboraremos um conjunto de sugestões com o intuito de melhorar o nível de qualidade de atuação dos envolvidos com tecnologia da informação e da comunicação. Além disso visitamos os núcleos de: Cuiabá, Cáceres, Diamantino, Nova Xavantina, Sinop e Terra Nova do Norte; os Laboratórios de Informática nos municípios de: Terra Nova do Norte, Colider, Itaúba, Claudia, Marcelândia, Feliz Natal e Sinop. Também visitamos os professores de sala de aula que atuam no Ensino Fundamental nessas escolas. Com dificuldades financeiras, sem meios de transporte próprio, com falta de pessoal técnico e especializado e com acumulo de funções e, conseqüentemente...

Organizações não governamentais : um estudo de caso da Federação de Órgãos para Assistência Social e Educacional (FASE)

Souza, Dileno Dustan Lucas de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.26%
O objetivo da pesquisa Organizações Não Governamentais: um estudo de caso da Federação de Órgãos para Assistência Social e Educacional (FASE) é analisar a intervenção social desta ONG, com destaque para a dimensão educativa das práticas e concepções através das quais se realiza sua intervenção. Para o alcance do objetivo acima enunciado foi necessário fazer uma pesquisa com o propósito de uma análise qualitativa da atuação histórica da FASE, procurando captar as prováveis mudanças por que passou e passa essa Organização, para, desse modo, compreender sua base conceitual. Assim, a pesquisa foi dirigida para o exame dessas transformações, levando-se em consideração as mudanças políticas, econômicas e sociais por que passa a sociedade brasileira nos anos de 1980 e 1990, principalmente. Essa pesquisa procura fazer uma análise qualitativa da atuação histórica da FASE, principalmente no campo educacional, compreendendo a educação no seu sentido amplo, ou seja, não-institucional, não-escolar e sim sócio educativo. Dessa forma, analiso a FASE como uma ONG paradigmática, ou seja, uma organização que serve de referência para a compreensão de outras organizações. Assim, a pesquisa procurará compreender como as ONGs vêm se comportando diante dos conflitos sociais a partir das parcerias e do uso de recursos diretos ou indiretos do Banco Mundial...

Tecnologias da informação e comunicação na gestão educacional: possibilidades e contribuições em uma escola técnica estadual

Carleto, Nivaldo
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 287 f. : il. (algumas color)
Português
Relevância na Pesquisa
36.18%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Educação Escolar - FCLAR; As possibilidades da informática na administração educacional é uma realidade no cenário contemporâneo constituído por uma sociedade informacional. Em particular, os recursos oferecidos por meio das Tecnologias da Informação e Comunicação, quando devidamente utilizados, servem como ferramenta de auxílio ao gerenciamento de informações nas organizações, sejam elas comerciais ou educacionais. O controle de informações acadêmicas, o gerenciamento e o processamento de arquivos eletrônicos de alunos e professores, assim como a otimização na tomada de decisões são contribuições que essas tecnologias apresentam em beneficio de uma escola, principalmente, como instrumento de articulação entre o trabalho administrativo que contempla a secretaria acadêmica e o trabalho pedagógico dos professores e da coordenação de curso. Partindo desse pressuposto, esse trabalho teve como objetivo aplicar o conceito da Tecnologia da Informação em uma unidade de ensino técnico localizada no município de Matão-SP, desenvolvendo e implantando em suas instalações um sistema de gestão da informação. Nesse contexto...

A dimensão relacional do trabalho do director de uma escola básica e secundária : as relações com os professores

Faria, Célia Maria Garcia do Canto Albuquerque, 1969-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
36.2%
Trabalho de projecto de mestrado, Ciências da Educação (Administração Educacional), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2012; Este relatório aborda o tema das mudanças do trabalho do director de escola no contexto das mudanças na regulação das políticas de administração e gestão escolar em Portugal; e o estudo focaliza, em particular, as relações do Director com os professores, recorrendo a um enfoque micropolítico. Este trabalho, que se constitui como base num estudo de caso, documenta as percepções de um director, com catorze anos de experiência em órgão de gestão, relativamente à sua relação com os professores. A metodologia utilizada contempla a realização de duas entrevistas espaçadas de uma ano e precedidas de observações por shadowing do trabalho do director. Na prossecução deste trabalho foram tidos em conta dois eixos de análise: a evolução da dimensão relacional do trabalho do director com os professores e o modo como alterações físicas da escola terão influenciado essa interacção. Assim, o trabalho procura: caracterizar o trabalho relacional do director no âmbito da acção quotidiana; caracterizar o modo de exercício da liderança; inferir sobre as relações directorprofessores em resultado das mudanças físicas da escola; identificar e descrever as alterações dos modos de gestão do director em função das mudanças. O trabalho mostra que os principais interlocutores do director são os professores com quem...

As representações das equipas de avaliação externa da IGEC na dimensão relativa à autoavaliação das escolas

Gonçalves, Ana Filipa Ferreira, 1991-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
36.2%
Relatório final de Estágio de mestrado, Ciências da Educação (Especialização em Administração Educacional), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2014; O presente relatório de estágio resulta de um estágio realizado na Inspeção-Geral da Educação e Ciência durante oito meses. Integra as atividades que desenvolvi com a Equipa Multidisciplinar da Educação Pré-escolar e dos Ensinos Básico e Secundário e com um membro da Assessoria para as Relações Externas e Internacionais, e inclui a caracterização da IGEC segundo um olhar pela sua cultura organizacional. O enfoque do relatório dá-se no estudo realizado sobre as representações que equipas de avaliação externa da IGEC detém sobre a autoavaliação das escolas e teve como finalidade identificar os referenciais implícitos nos relatórios de avaliação externa das escolas e a perceção das equipas de avaliação externa da IGEC. A metodologia insere-se no âmbito da investigação naturalista, inserida no tipo de estudos descritivos, sendo os seus procedimentos de recolha e análise de dados assentes na análise documental/pesquisa arquivista dos relatórios de avaliação externa realizada durante o ano letivo 2012/2013 das escolas pertencentes...

O orientador educacional no Brasil

Pascoal,Miriam; Honorato,Eliane Costa; Albuquerque,Fabiana Aparecida de
Fonte: Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais Publicador: Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 Português
Relevância na Pesquisa
36.21%
Historicamente, a orientação educacional tem sido uma das funções exercidas pelo profissional da educação denominado pedagogo. Nos diferentes estados brasileiros e nas diferentes redes escolares, este profissional, se existente, recebe denominações variadas e exerce atividades também variadas. Tal diversidade descaracteriza a real dimensão de seu fazer profissional e estabelece um conflito entre os diversos papéis desempenhados pelos diferentes profissionais da educação. Neste sentido, este artigo apresenta um mapeamento da existência desse profissional na rede pública estadual brasileira, além de uma discussão crítica sobre a especificidade do trabalho do orientador educacional, apontando para a necessidade de sua presença em todas as escolas da rede escolar brasileira.

A sustentabilidade da reforma educacional em questão: a posição dos organismos internacionais

Krawczyk,Nora
Fonte: Editora Autores Associados Publicador: Editora Autores Associados
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2002 Português
Relevância na Pesquisa
36.29%
O artigo discute temas e questões abordados pelas produções dos organismos internacionais a partir de 1998 como diferentes dimensões de sustentabilidade das reformas educacionais na América Latina, que oferecem interessantes indícios dos aspectos que receberam e continuarão recebendo investimentos - técnicos e financeiros - desses organismos. Pelo menos três dimensões preocupam bastante os organismos internacionais: a dimensão política, a dimensão financeira e a dimensão técnica. Para sua análise, foram examinadas as publicações do Banco Mundial, da CEPAL, do PREAL, do BID, do IIPE/UNESCO e da OREALC/UNESCO, desde 1998 até 2001.

Política pública educacional e sua dimensão internacional: abordagens teóricas

Amaral,Marcelo Parreira do
Fonte: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2010 Português
Relevância na Pesquisa
36.2%
A dimensão internacional das políticas públicas de educação tem sido bastante discutida nos últimos anos. Este artigo argumenta que as atividades dos agentes internacionais no domínio das políticas da educação não podem ser compreendidas inteira e exclusivamente a partir da perspectiva nacional e, por isso, devem ser estudadas em um nível distinto de análise. Questionando como melhor conceituar teoricamente esse campo de estudo, o artigo apresenta três abordagens teóricas: neoinstitucionalismo/ isomorfia, externalização e teoria do regime internacional. O foco dessa contribuição está centrado na análise da política internacional da educação a partir do último conceito indicado.

Análise da pobreza educacional no Brasil : abordagem do valor de Shapley para a decomposição por subgrupos de gênero, raça e faixas etárias

Bezerra, Fernanda Mendes; Ramos, Francisco de Sousa (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
Português
Relevância na Pesquisa
36.26%
Pode-se definir Capital Humano como os atributos que as pessoas têm ou adquirem que as tornam mais produtivas no contexto econômico. A despeito da dimensão do conceito, a literatura do crescimento econômico tem como praxe utilizar as variáveis de escolaridade para representar tal forma de capital. Utilizando um conceito de Capital Humano mais abrangente, que incorpora tanto aspectos qualitativos, quanto aspectos quantitativos da escolaridade, esse trabalho busca construir indicadores de pobreza educacional para as Unidades Federativas do Brasil. Pode-se dizer que existe pobreza educacional quando uma ou mais pessoas não atingem um nível mínimo necessário de escolaridade para os padrões da sociedade em questão, em outras palavras, esse conceito é análogo ao conceito de pobreza. Partindo da idéia que o estoque de Capital Humano é um dos componentes do bem-estar, combater a pobreza educacional é uma forma de aumentar o bem-estar de uma sociedade. Assim, os objetivos da tese são: construir um indicador de capital humano incorporando aspectos quantitativos e qualitativos da escolaridade, que segundo Schultz (1964) é o maior componente do investimento em capital humano; construir indicadores de pobreza educacional...

Concepções filosóficas de corpo implícitas no Projeto Esporte Educacional nas escolas em Pernambuco

Sayone de Morais Alves, Hilda; Maria De Oliveira Galvão, Ana (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
Português
Relevância na Pesquisa
36.18%
Este estudo teve como objetivo identificar que concepções de corpo estão implícitas no Projeto Esporte Educacional na Escola em Pernambuco. A pesquisa, de natureza predominantemente qualitativa, foi realizada a partir da análise dos documentos do Projeto; de entrevistas com participantes professores e alunos dos cinco núcleos em que está implementado o Projeto em Pernambuco e gestores da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Esporte do Estado; e de observações de aulas e de outras atividades promovidas pelo Projeto. De modo geral, a análise dos dados revelou que o Programa Esporte Educacional faz uma opção por uma superação da dicotomia corpo e mente, baseada na concepção de Descartes. Em contraproposta, faz uma opção por uma formação integral do ser humano que extrapola a dimensão individual, considerada como a soma das partes (corpo, mente, alma), para vislumbrar um caráter de unidade em que são contempladas as relações do homem consigo mesmo, com o outro e com o mundo, a fim de atingir um processo de humanização para tornar o mundo melhor. Entretanto, os dados obtidos, através das entrevistas com os atores participantes do Projeto, revelam que essa perspectiva não é hegemônica entre professores...

Os impactos do Fundef na Rede Municipal de Ensino de Ponta Porã, MS (1998 A 2000)

Silva, Janira de Lourdes Radaelli da
Fonte: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Publicador: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
36.43%
Este trabalho tem como objetivo descrever e analisar os impactos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (FUNDEF) no Município de Ponta Porã/MS. Instituído pela Emenda Constitucional n°14/96 e regulamentado pela Lei Federal n°. 9424/96, como principal mecanismo de financiamento do Ensino Fundamental, o FUNDEF se constitui, basicamente, em uma nova sistemática de redistribuição dos recursos financeiros destinados à educação. A pesquisa sobre o período de 1998 a 2000 baseou-se em três tipos de levantamento definidos como de natureza bibliográfica, de natureza documental e de natureza empírica. Optou-se pela análise das dimensões educacional, política e econômico-financeira. O trabalho apresentou, no primeiro capítulo, uma reflexão sobre a política educacional brasileira dos anos 1990, além de uma descrição da implantação do FUNDEF. No segundo capítulo buscou-se caracterizar a implantação, implementação e os impactos do FUNDEF no município de Ponta Porã/MS, quanto a dimensão educacional, por meio dos indicadores: oferta e distribuição de matrículas no Ensino Fundamental e formação, carreira e remuneração do magistério e quanto a dimensão política tendo como indicador a atuação do Conselho de Acompanhamento e Controle Social do FUNDEF. No terceiro capítulo desenvolveu-se a análise da dimensão econômico-financeira com base nos indicadores receitas e despesas municipais. A pesquisa empírica e documental permitiu que se constatasse os seguintes impactos: alterações de ordem financeira...

Atendimento educacional especializado: dimensão política, formação docente e concepções dos profissionais

Buiatti, Viviane Prado
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
36.21%
Com a intensificação das políticas públicas, especialmente, a partir da década de 1990, sobre a educação inclusiva, questões como a participação e o direito de todos na escola comum, a reestruturação desta, bem como da escola especial trouxeram como centro de discussão o Atendimento Educacional Especializado (AEE), devendo ser realizado, preferencialmente, nas escolas regulares de ensino. No ano de 2008, surge o primeiro decreto que dispõe sobre a educação especial e o Atendimento Educacional Especializado (AEE), sendo revogado, em 2011, pelo decreto n. 7.611, de 17 de novembro de 2011. Neste trabalho, objetivamos analisar alguns documentos legais que retratam as políticas públicas da educação inclusiva e da educação especial e utilizamos, principalmente, o decreto n. 7.611, que dispõe sobre o AEE. Além de refletir sobre as dimensões da inclusão/exclusão; o uso das expressões: diferença, diversidade e o outro e, por fim, a escolarização de todos, tendo como referencial a teoria histórico-cultural. Acrescido a estas análises, realizamos entrevistas com as profissionais de uma escola estadual e de uma escola municipal, que atuam e coordenam o AEE, e com professoras do ensino regular. Na análise documental...

Cartografia da avaliação educacional no Brasil; Cartography of educational assessment in Brazil

Lopes, Valéria Virgínia
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/12/2007 Português
Relevância na Pesquisa
36.27%
A tese aqui apresentada tem como objetivo central responder à seguinte questão: como os estados brasileiros se apropriaram e traduziram a diretriz nacional de avaliação da Educação Básica no período 1996-2007? A relevância desta pesquisa de doutoramento se justifica, antes de mais nada, no fato de que a avaliação é um dos pilares de sustentação da reforma educacional empreendida pelo Governo FHC e que tem continuidade/aprofundamento no atual Governo Lula. Ademais, embora sejam variados os estudos que investigam os desdobramentos dessa diretriz política em estados e municípios, ainda não se teve uma visão completa dessas iniciativas. A partir disso, esta pesquisa coletou informações documentais e depoimentos nos vinte e seis estados e no distrito federal visando compor um mapeamento da avaliação educacional nestas unidades federativas. O tratamento que a avaliação educacional recebe em cada realidade permitiu reconhecer que há mais semelhanças que diferenciações. A maior aproximação entre as avaliações desenvolvidas nos estados brasileiros e o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica reside nos aspectos metodológicos. A tradução que os estados brasileiros têm feito da diretriz nacional de avaliação não considera sua dimensão mais forte: constituir-se como um mecanismo potente de regulação e gerenciamento...

Pobreza e educação formal : a relação entre pobreza e política educacional no Distrito Federal

Soares, Kelma Jaqueline
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
36.43%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de Serviço Social, 2011.; Esta dissertação, sob o título: "Pobreza e educação formal: A relação entre pobreza e política educacional no Distrito Federal", teve como objetivo geral o estudo da relação entre pobreza e educação, no âmbito escolar e, a partir disso, buscou-se entender os motivos que afastam os alunos mais pobres do sucesso escolar no âmbito do Ensino Fundamental do Distrito Federal. A hipótese principal que orientou esta pesquisa foi a de que a população pobre não foi incluída como população-alvo na estruturação original da educação formal. Dessa forma, os alunos pobres não conseguiriam atingir o sucesso educacional porque o sistema de educação é estruturado em uma proposta que reforça o mérito individual e que exige que a população discriminada supra as exigências de uma instituição escolar moldada segundo parâmetros que lhes são alheios. Orientou-se, também, por uma hipótese secundária, a qual considera que a política de Assistência Social vale-se da escola como forma de acessar e de acompanhar a população-alvo beneficiária de programas de transferência de renda. Porém, a vinculação desses programas à educação não ultrapassaria a dimensão operacional administrativa. Para o alcance dessas propostas...

Satisfação dos professores do atendimento educacional especializado na educação de jovens e adultos

Rocha, Jéssica Karolina Aires da
Fonte: Centro Universitário de Brasília Publicador: Centro Universitário de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Português
Relevância na Pesquisa
36.46%
Este artigo tem por objetivo identificar as dimensões que mais impactam na satisfação dos professores do Atendimento Educacional Especializado das Salas de Recurso, situada no Distrito Federal. E como objetivos específicos, identificar as características sócias demográficas e quais as dimensões da satisfação no trabalho dos professores do Atendimento Educacional Especializado da Sala de Recurso. Diversos autores relatam que a satisfação no trabalho é um sentimento que o funcionário tem em relação ao seu trabalho. O estudo foi realizado em uma escola pública de Brasília, envolvendo aproximadamente 61% do total de professores da Sala de Recursos. O instrumento utilizado foi a Escala de Satisfação no Trabalho (EST), de Siqueira (2008), avaliando as cinco dimensões: satisfação com os colegas, satisfação com o salário, satisfação com a chefia, satisfação com a natureza do trabalho e satisfação com as promoções. Os resultados revelam que referente ao sexo há uma predominância do sexo feminino e a maioria dos professores possui pós-graduação. Foi identificado que a maioria dos professores possui um tempo de serviço de 20 ou mais anos e a idade é entre os 40 e 50 anos. Constatou-se também que a dimensão que se refere com a natureza do trabalho e a que mais impacta na satisfação no trabalho e que a dimensão que traz insatisfação para os professores do atendimento educacional da sala de recursos é a dimensão com a satisfação das promoções.

Education policy and its international dimension: theoretical approaches; Política pública educacional e sua dimensão internacional: abordagens teóricas

Amaral, Marcelo Parreira do
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/04/2010 Português
Relevância na Pesquisa
36.2%
A dimensão internacional das políticas públicas de educação tem sido bastante discutida nos últimos anos. Este artigo argumenta que as atividades dos agentes internacionais no domínio das políticas da educação não podem ser compreendidas inteira e exclusivamente a partir da perspectiva nacional e, por isso, devem ser estudadas em um nível distinto de análise. Questionando como melhor conceituar teoricamente esse campo de estudo, o artigo apresenta três abordagens teóricas: neoinstitucionalismo/ isomorfia, externalização e teoria do regime internacional. O foco dessa contribuição está centrado na análise da política internacional da educação a partir do último conceito indicado.; The international dimension of education policies has been widely discussed in the last couple of years. This article argues that the activities of international agents involved in education policy formulation cannot be entirely and exclusively understood from a national perspective and, thus, should be studied as a discrete level of analysis. Questioning how we might best conceptualize this field of study, this paper presents three theoretical approaches - neoinstitutionalism/isomorphism, externalization, and the international regime theory. The focus here is laid on the analysis of international education policy based on international regime theory.

A dimensão democrática da elaboração do projeto político-pedagógico na Educação Infantil: relações e especificidades.

Ferreira, Janara Cunha; Universidade do Vale do Itajaí; Corrêa, Shirlei de Souza; UNIVALI
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Revisão de literatura Formato: application/pdf
Publicado em 05/01/2013 Português
Relevância na Pesquisa
36.29%
http://dx.doi.org/10.5007/1980-4512.2013n27p99  Os anos das décadas de 1980 e 1990, são para a educação brasileira, um importante marco no que diz respeito a reorganização do espaço escolar como ambiente democrático com vistas à construção de um novo modelo de sociedade baseado na justiça, liberdade e oportunidades de desenvolvimento social para todos. Como consequência deste movimento, a descentralização da gestão escolar traduzida em planejamento participativo ou democrático tem sido, desde as últimas reformas educacionais, alvo de discussões a respeito de sua legitimidade e aplicabilidade. Nas instituições de educação infantil, recentemente reconhecidas como parte integrante da educação considerada básica, esta temática envolve questões ainda mais sensíveis dos pontos de vista organizatório e curricular, dado o contexto histórico de sua implantação, e a falta de unanimidade nos debates sobre os objetivos deste nível de escolarização. Neste contexto, o presente artigo objetiva discutir alguns aspectos relevantes no que diz respeito à gestão educacional democrática no âmbito das instituições de zero à seis anos, enfatizando a dimensão participativa da elaboração do Projeto Político-Pedagógico. O texto traz um breve histórico sobre o surgimento do Projeto Político-Pedagógico e sua finalidade fundamentada pelos estudos de Pimenta...