Página 1 dos resultados de 68 itens digitais encontrados em 0.014 segundos

Listeria monocytogenes em caqui (Diospyros kaki) nas variedades 'Fuyu' e 'Rama Forte': incidência e crescimento; Listeria monocytogenes in 'Fuyu' and 'Rama Forte' persimmon (Diospyros kaki): incidence and growth

Uchima, Cristiane Akemi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/02/2008 Português
Relevância na Pesquisa
61.114116%
O Brasil é um dos três maiores produtores mundiais de frutas, com uma produção que supera os 39 milhões de toneladas, com grande participação no mercado externo e crescente participação no mercado interno. Entretanto, não basta apenas ter quantidade, a qualidade e inocuidade do alimento são quesitos cada vez mais exigidos pelos consumidores. Tem-se conhecimento que produtos in natura podem apresentar contaminantes microbiológicos e a refrigeração é tipicamente utilizada para retardar o desenvolvimento microbiano nos produtos frescos. Microrganismos psicrotróficos, como Listeria monocytogenes, são capazes de se desenvolverem sob refrigeração. Esta bactéria é um importante patógeno causador de doenças transmitidas por alimentos e, devido a gravidade da doença e a elevada taxa de mortalidade em indivíduos suscetíveis, vem merecendo a atenção de microbiologistas de alimentos e profissionais da área da saúde. Nas frutas de baixa acidez, dentre as quais está o caqui (Diospyros kaki), L. monocytogenes pode ainda ter condições para sobreviver e se multiplicar, pois esta fruta não é submetida a tratamentos fitossanitários pós-colheita. Em muitos países, incluindo o Brasil, o caqui é consumido com a casca...

Estudos anatômicos e fisiológicos de frutos de caquizeiro (Diospyros kaki L.) quanto ao acúmulo de taninos e aos processos de destanização; Anatomical and physiological studies of persimmon fruits (Diospyros kaki L.) on the tannin accumulation and deastringency processes

Tessmer, Magda Andréia
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/04/2014 Português
Relevância na Pesquisa
70.77243%
O presente trabalho visou analisar comparativamente as alterações fisiológicas e estruturais de caquis adstringentes (PVA) e não adstringentes (PCNA) desde o início do desenvolvimento até a maturação avançada. Além disso, na pós-colheita, foram realizados tratamentos de destanização e testadas diferentes condições de armazenamento para "Giombo". Este trabalho está sendo apresentado em seis capítulos, sendo que os últimos cinco capítulos referem-se aos experimentos realizados entre 2010 a 2013. No capítulo 2 é apresentado o desenvolvimento de caquis "Giombo" (PVA) e "Fuyu"(PCNA). Foi possível observar que a diferenciação das células taníferas e o processo de acúmulo de taninos no vacúolo não variou entre as cultivares, porém houve diferença significativa em relação à densidade de células taníferas e aos teores de taninos solúveis. O capítulo 3 apresenta o estudo comparativo de sete estádios de maturação de caquis "Giombo" e "Rojo Brillante"(PVA) e "Fuyu" e "Hana Fuyu" (PCNA). A redução da firmeza do mesocarpo de caquis de ambos os grupos está relacionada ao avanço da maturação e não à perda natural da adstringência. A capacidade antioxidante e o teor de sólidos solúveis em caquis dos dois grupos indicam que pode haver relação com a perda natural da adstringência...

Fenologia, estudo da biologia floral, fertilidade do pólen e produção em cultivares de caquizeiro (Diospyros kaki L. e Diospyros virginiana L.); Phenology, floral biology evalutions, pollen fertility and production in persimmon (Diospyros kaki L. and Diospyros virginiana L.) cultivars

Campos, Samanta Siqueira de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
61.330024%
Dentre as frutíferas de clima temperado cultivadas no Brasil, pode-se destacar o caqui (Diospyros kaki). A cultura do caquizeiro está concentrada nas regiões Sudeste e Sul do país, mas outros Estados, como Minas Gerais e o Vale do São Francisco, já estão investindo nesta cultura. Além de abastecer o mercado interno, as exportações de caqui têm aumentado nos últimos anos chamando a atenção dos produtores. A fruta foi introduzida no Brasil por volta de 1920. Apesar de ser uma planta de relativa rusticidade, com uma boa aceitação no mercado devido as suas características organolépticas, ainda há poucos estudos locais como, por exemplo, seu comportamento às condições edafoclimáticas do Brasil. Este trabalho teve como objetivo estudar a fenologia e biologia floral, avaliar os frutos e obter informações citogenéticas de nove cultivares de D. kaki (Costata, Fuyu, Kaoru, Mikado, Okira, Pomelo, Rama Forte, Regina e Taubaté) e um exemplar da espécie Diospyros virginiana. Os resultados indicam que as cultivares Rama Forte e Pomelo foram precoces em relação às outras em Eldorado do Sul, RS, nos dois anos produtivos avaliados (2012/13 e 2013/14). As cultivares Fuyu, Kaoru, Mikado, Okira e Taubaté são as mais tardias. ‘Mikado’...

Enxertia de mesa, estaquia e fenologia do caquizeiro em regiões tropicais

Bezerra, Marcelo Rondon
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 79 f. : il. (algumas color.)
Português
Relevância na Pesquisa
70.546494%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Agronomia - FEIS; Embora a quase totalidade da produção nacional de caqui (Diospyros kaki L.) seja destinada ao mercado interno, o Brasil vem se consolidando nos últimos anos como país exportador dessa fruta para países dos continentes americano e europeu. Por essa razão, o cultivo dessa fruteira vem se constituindo numa importante atividade agrícola para pequenos produtores no Brasil. A obtenção de mudas de boa qualidade para a implantação de pomares constitui-se em sério problema para os fruticultores que pretendem cultivar o caquizeiro, métodos alternativos para a produção de mudas, amenizariam essa dificuldade. Em função disso o presente trabalho objetivou avaliar a porcentagem de pegamento da enxertia de mesa em estacas lenhosas oriundas das brotações do porta-enxerto, a capacidade de enraizamento de estacas lenhosas e herbáceas de caquizeiro oriundas de brotações da copa e do porta-enxerto, ambos da cultivar Rama-Forte, determinar a concentração mais adequada de indolbutírico (AIB) e ainda avaliar a fenologia de dez variedades de caquizeiro (Pomelo, Rubi, Fuyuhana, Rama Forte, Taubaté, Giombo, Suruga, Toote, Fuyu...

Destanização do caqui (Diospyrus kaki L.) "Rama Forte"

Victor Ricardo de Souza Muñoz
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em /12/2002 Português
Relevância na Pesquisa
59.992964%
As cultivares adstringentes de caqui (Diospyros kaki L.) apresentam, como principal característica, altos teores de taninos solúveis, requerendo portanto, um processo artificial de destanização. Dentre as cultivares adstringentes, destaca-se a ‘Rama Forte’, que representa 60 % do caqui comercializado no Estado de São Paulo. Entretanto, além dos preços baixos durante o pico de safra, o caqui enfrenta ainda alguns problemas no processo de destanização. A falta de conhecimento e tecnologia disponível aos produtores faz com que sejam aplicadas técnicas rudimentares que, eliminam a adstringência, mas promovem um amolecimento do fruto, impedindo sua conservação por períodos prolongados. A bibliografia cita várias técnicas de destanização, como etanol, etileno e CO2, entretanto, não há referencias para as cultivares produzidas no Brasil. Frente a este contexto, elaborou-se este trabalho com o objetivo de definir as melhores condições (tempo de exposição e concentração) para estes métodos de destanização e avaliar a melhor forma de conservação do fruto por períodos prolongados. Para a seleção das melhores condições de destanização e conservação dos frutos foram avaliados o índice de adstringência e outros índices de qualidade durante os processos de destanização e conservação. Na determinação das melhores condições de destanização para cada método...

Enraizamento in vitro e aclimatização em casa-de-vegetação do caquizeiro (Diospyrus kaki L.)

Telles,Charles Allan; Biasi,Luiz Antonio
Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2005 Português
Relevância na Pesquisa
79.47954%
Este trabalho foi conduzido visando a superar as dificuldades de obtenção de mudas de caquizeiro (Diospyrus kaki L.), estudando o enraizamento e aclimatização de plantas provenientes da cultura de tecidos, fases crítica na micropropagação de plantas, por ser difícil o estabelecimento de um protocolo ideal. Foram utilizados segmentos nodais com mais de 1 cm de altura e 2 folhas expandidas, provenientes da organogênese direta, a partir de segmentos radiculares. Testaram-se dois tempos de permanência (5 e 10 dias), em meio de cultura MS com ½ NO3 suplementado com ácido indolbutírico (AIB) em duas concentrações (50 e 100 µM). O delineamento experimental utilizado foi inteiramente casualizado, com 4 repetições e 12 explantes por parcela. Na aclimatização, as plantas foram acondicionadas em copo plástico com substrato Plantmax ®, cobertos ou não com copo plástico transparente e mantidos em câmara de nebulização com irrigação intermitente durante 40 dias. Os resultados obtidos no enraizamento não diferiram significativamente, obtendo-se até 75% de brotações enraizadas. Na aclimatização, as plantas sem cobertura com copo plástico transparente apresentaram maior sobrevivência, atingindo 47,3%.

Atividade antioxidante e antimicrobiana in vitro de extratos de caqui (Diospyros kaki L.) cultivar Rama Forte

Milani,Liana Inês Guidolin; Terra,Nelcindo Nascimento; Fries,Leadir Lucy Martins; Cichoski,Alexandre José; Rezer,Ana Paula de Souza; Backes,Ângela Maria; Parodia,Carline Gass
Fonte: Instituto de Tecnologia de Alimentos - ITAL Publicador: Instituto de Tecnologia de Alimentos - ITAL
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2012 Português
Relevância na Pesquisa
100.36012%
Atualmente, as atividades antioxidante e antimicrobiana de vários compostos fenólicos e de extratos de plantas têm sido avaliadas em muitos experimentos. O objetivo deste estudo foi elaborar o extrato hidroetanólico bruto de caqui (Diospyros kaki L.) cultivar Rama Forte e fracioná-lo empregando solventes com diferentes polaridades, para posteriormente determinar os compostos fenólicos totais e verificar as atividades antioxidante e antimicrobiana in vitro tanto do extrato hidroetanólico bruto de caqui como das frações hexânica, clorofórmica, de acetato de etila e da fração residual, obtidas a partir do mesmo. Os compostos fenólicos totais foram determinados pelo método de Folin-Ciocalteu; a atividade antioxidante, por meio do método da captura do radical livre 2,2-difenil-1-picrilidrazila (DPPH), e a atividade antimicrobiana pelo método de difusão em disco. O teor de compostos fenólicos do extrato hidroetanólico bruto de caqui, da fração residual, da fração acetato de etila, da fração hexânica e da fração clorofórmica foram de 1.277,94, 1.231,23, 37,24, 17,60 e 11,48 mg GAE.100 mL-1, respectivamente. O extrato hidroetanólico bruto de caqui e a fração residual apresentaram maior teor de compostos fenólicos e maior atividade antirradical frente ao DPPH do que as demais frações testadas...

Comparative Studies of Antioxidant Activities and Nutritional Constituents of Persimmon Juice (Diospyros kaki L. cv. Gapjubaekmok)

Lee, Jin Hwan; Lee, Yong Bok; Seo, Woo Duck; Kang, Su Tae; Lim, Jong Woo; Cho, Kye Man
Fonte: The Korean Society of Food Science and Nutrition Publicador: The Korean Society of Food Science and Nutrition
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /06/2012 Português
Relevância na Pesquisa
59.56705%
The objectives of this research were to evaluate antioxidant activities and nutritional components, including phenolic acid, catechin, organic acid, sugar, and amino acid, of persimmon juice from persimmons grown in different regions around Korea. Persimmon (Diospyros kaki) exhibits potent antioxidant effects in DPPH, ABTS, reducing power, and FRAP methods of analysis. The levels of nutritional constituents showed significant differences among all the samples. In particular, tartaric acid, glucose, gallic acid, epicatechin gallate and aspartic acid were observed to be the predominant component for each of their general chemical groups, with total average contents of 1876.51 mg/kg, 62.69 g/kg, 12.73 mg/kg, 208.99 mg/kg, and 31.84 mg/100 g, respectively. Interestingly, persimmons from the Hadong region presented the highest sugar (130.60 g/kg), phenolic acid (42.27 mg/kg), and catechin (527.97 mg/kg) contents in comparison with other regional samples. Moreover, this location exhibited the greatest antioxidant activity with highest total phenolic (298.01 mg GAE/kg) and flavonoid (32.11 mg/kg RE) contents. Our results suggest that strong antioxidant activities of persimmons correlate with high phenolic acid and catechin contents, particularly gallic acid and epicatechin gallate. Additionally...

Obtenção de B-criptoxantina a partir de caqui (Diospyros kaki LINNEU).

PACHECO, S.; GODOY, R. L. O.; PORTE, A.; NASCIMENTO, L. S. M.; SANTIAGO, M. C. P. A.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE PROCESSAMENTO DE FRUTAS E HORTALIÇAS, 2., 2011, Rio de Janeiro. Alimentação inteligente com tecnologia limpa: anais. Rio de Janeiro: Sociedade Brasileira de Processamento de Frutas e Hortaliças, 2011. 1 CD-ROM. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE PROCESSAMENTO DE FRUTAS E HORTALIÇAS, 2., 2011, Rio de Janeiro. Alimentação inteligente com tecnologia limpa: anais. Rio de Janeiro: Sociedade Brasileira de Processamento de Frutas e Hortaliças, 2011. 1 CD-ROM.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
59.6901%
2011

Obtenção de padrões de cis-licopeno e B-criptoxantina para cromatografia líquida de alta eficiência a partir de melão-de-São-Caetano e caqui.

PACHECO, S.; GODOY, R. L. de O.; PORTE, A.; ROSA, J. S. da; SANTIAGO, M. C. P. A.
Fonte: Unopar Científica. Ciências Biológicas e da Saúde, Londrina, v. 14, n. 2, p. 81-86, 2012. Publicador: Unopar Científica. Ciências Biológicas e da Saúde, Londrina, v. 14, n. 2, p. 81-86, 2012.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
69.75455%
A detecção e quantificação de carotenóides em alimentos por cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE) demanda de padrões analíticos com alto grau de pureza. A aquisição comercial destes padrões é morosa e dispendiosa. Além disso, determinados diasteroisômeros não estão disponíveis no mercado e alterações dos compostos podem ocorrer durante seu transporte. Desta forma, o objetivo deste trabalho foi obter isômeros cis-licopeno a partir de licopeno todo-trans de melão-de-São-Caetano (Momordica charantia L.) e b-criptoxantina a partir de caqui (Diospyros kaki L.) para utilização como padrões analíticos na análise de alimentos. Licopeno todo-trans extraído do arilo de sementes de melão-de-São-Caetano foi convertido a cis-licopeno. A isomerização e separação das frações contendo isômeros do licopeno foram realizadas em coluna cromatográfica aberta de sílica ativada e a verificação da isomerização e o isolamento foram realizados por CLAE. Foram detectados 94,2% de licopeno todo-trans entre os carotenóides totais dos arilos de sementes. A isomerização em coluna de sílica aberta ativada produziu 29 isômeros cis-licopeno em três frações coletadas. Nas primeiras frações de melão-de-São-Caetano e de caqui foram isolados um isômero cis-licopeno e b-criptoxantina com pureza de 91...

Efeitos de nitrogênio, fósforo e potássio na qualidade do fruto e na produtividade do caquizeiro (Diospyros kaki L.).

SILVA, S. E. L. da; PINHEIRO, R. V. R.; DEFELIPO, B. V.; CONDÉ, A. R.
Fonte: Revista Ceres, v. 39, n. 223, p. 261-275, 1992. Publicador: Revista Ceres, v. 39, n. 223, p. 261-275, 1992.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
69.6901%
O objetivo deste trabalho foi estudar os efeitos de doses de nitrogênio, fósforo e potássio na qualidade do fruto e na produtividade do caquizeiro, por meio da avaliação da queda de frutos jovens, produção, altura da planta e circunferência da copa, do peso médio do fruto, dos açúcares redutores, da acidez titulável e dos sólidos solúveis.; 1992

Enraizamento in vitro e aclimatização em casa-de-vegetação do caquizeiro (Diospyrus kaki L.)

Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Português
Relevância na Pesquisa
79.47954%
Este trabalho foi conduzido visando a superar as dificuldades de obtenção de mudas de caquizeiro (Diospyrus kaki L.), estudando o enraizamento e aclimatização de plantas provenientes da cultura de tecidos, fases crítica na micropropagação de plantas, por ser difícil o estabelecimento de um protocolo ideal. Foram utilizados segmentos nodais com mais de 1 cm de altura e 2 folhas expandidas, provenientes da organogênese direta, a partir de segmentos radiculares. Testaram-se dois tempos de permanência (5 e 10 dias), em meio de cultura MS com ½ NO3 suplementado com ácido indolbutírico (AIB) em duas concentrações (50 e 100 µM). O delineamento experimental utilizado foi inteiramente casualizado, com 4 repetições e 12 explantes por parcela. Na aclimatização, as plantas foram acondicionadas em copo plástico com substrato Plantmax ®, cobertos ou não com copo plástico transparente e mantidos em câmara de nebulização com irrigação intermitente durante 40 dias. Os resultados obtidos no enraizamento não diferiram significativamente, obtendo-se até 75% de brotações enraizadas. Na aclimatização, as plantas sem cobertura com copo plástico transparente apresentaram maior sobrevivência, atingindo 47,3%.

Fenologia e carboidratos de reserva do caquizeiro (Diospyros kaki L.) 'Rama Forte' em clima tropical.; Fenology and carbohydrate reserves in persimmon (Diospyros kaki L.) rama forte in tropical climate.

Corsato, Carlos Eduardo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 07/10/2004 Português
Relevância na Pesquisa
70.77243%
A década de 90 foi caracterizada por uma grande expansão no mercado Brasileiro e mundial de frutas, em especial nas frutas de outono, como o caqui Diospyros kaki L.). Embora a quase totalidade da produção nacional de caqui seja destinada ao mercado interno, o Brasil vem se consolidando nos últimos anos como país exportador dessa fruta para países do continente americano e europeu. Por essa razão, o cultivo dessa fruteira vem se constituindo numa importante atividade agrícola para pequenos produtores no Brasil. O conhecimento da fenologia e de como varia o conteúdo em carboidratos de reserva do caquizeiro em clima tropical é de grande importância para o estudo do desenvolvimento dessa espécie nessas condições. A falta informações dessa natureza para o caquizeiro cultivado no Brasil motivou o presente estudo com a variedade Rama Forte, a mais cultivada e consumida no país. O trabalho conduzido em um pomar localizado na área experimental, setor de horticultura, da escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (ESALQ) em Piracicaba – SP, no período 2002/2003. A fenologia foi caracterizada desde a brotação das gemas até a abscisão foliar. A variação dos teores de carboidratos de reserva em ramos e em raízes é descrita tendo por base os diferentes períodos de coleta de material no campo...

Utilização de embalagem de polietileno na conservação de caquis 'giombo' durante o armazenamento refrigerado

Antoniolli,Lucimara Rogéria; Castro,Paulo Roberto de Camargo e; Kluge,Ricardo Alfredo; Scarpare Filho,João Alexio
Fonte: Sociedade Brasileira de Fruticultura Publicador: Sociedade Brasileira de Fruticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2003 Português
Relevância na Pesquisa
59.56705%
Procurou-se estudar o efeito da utilização de embalagem de polietileno durante o armazenamento refrigerado de frutos de caquizeiro (Diospyros kaki L.), cultivar Giombo. Os frutos foram acondicionados em sacos de PEBD (0,06mm) e mantidos a 1 ± 0,5ºC e 95-98% UR durante 30; 60 ou 90 dias. As características químicas e físicas dos frutos foram avaliadas ao final de cada período de armazenamento. As variáveis analisadas foram teor de taninos solúveis, firmeza da polpa, perda de matéria fresca, sólidos solúveis totais, acidez total titulável e teor de ácido ascórbico. Os frutos mantiveram elevada qualidade durante os primeiros 30 dias de armazenamento, independentemente do uso da embalagem. Constatou-se, aos 60 dias, redução na qualidade comercial decorrente da baixa firmeza de polpa. A utilização de embalagem de polietileno não apresentou eficiência na remoção total da adstringência dos frutos.

Variação do teor de nitrogênio em ramos produtivos de caquizeiro

Aguiar,Sinval Xavier de; Melém Júnior,Nagib Jorge; Fonseca,Inês Cristina de Batista; Bagatin,André Kikuchi; Takahashi,Hideaki Wilson
Fonte: Sociedade Brasileira de Fruticultura Publicador: Sociedade Brasileira de Fruticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2010 Português
Relevância na Pesquisa
69.6901%
O objetivo deste trabalho foi avaliar a resposta do caquizeiro (Diospyros kaki L.) à adubação nitrogenada. O experimento foi conduzido em um pomar comercial no município de Faxinal, Estado do Paraná, nas coordenadas geográficas S 23º 57' 35'', W51º 13'34'', altitude de 999 metros. A cultivar estudada foi "Giombo". Utilizou-se de 9 tratamentos, sendo uma testemunha sem aplicação de nitrogênio (N), e os demais resultante das épocas de aplicação de N (Maturação fisiológica dos frutos, início de poda, final de florescimento e em 15-12-06), combinadas com duas doses de N (80 e 160 kg/ha). O delineamento experimental foi o de blocos casualizados e 4 repetições. A parcela experimental foi constituída de 3 plantas, sendo a planta central usada para avaliação. A cada quarenta e cinco dias após o início da adubação, foram retirados aleatoriamente de cada tratamento oito ramos produtivos em diferentes pontos da planta. Na folha, os tratamentos IP e MF apresentaram os maiores teores de N na primavera e no verão, e uma diminuição significativa na fase final do ciclo antes da senescência e queda.Na folha e no ramo, todos os tratamentos resultaram em teor de N semelhante no final do ciclo.A época de aplicação, início de poda...

Fenologia do caquizeiro "Rama Forte'' em clima tropical

Corsato,Carlos Eduardo; Scarpare Filho,João Alexio; Verdial,Marcelo Fontanetti
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2005 Português
Relevância na Pesquisa
59.56705%
O cultivo do caqui (Diospyros kaki L.) é uma atividade agrícola importante para pequenos produtores no Brasil. O conhecimento da sua fenologia em clima tropical é de grande importância para o estudo e manejo dessa espécie. O objetivo deste trabalho foi caracterizar os estádios fenológicos da cultivar 'Rama Forte'. O estudo foi realizado no Setor de Horticultura da Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (ESALQ), em Piracicaba, SP, durante o ciclo 2002/2003. Da brotação das gemas até a abscisão foliar foram caracterizados doze estádios fenológicos. Do intumescimento das gemas no fim do inverno, até o amadurecimento dos frutos no fim do verão passaram-se 203 dias. Do florescimento até o amadurecimento dos frutos transcorreram 169 dias. Ocorreram dois picos no abortamento de frutos. Os primeiros sintomas de senescência das folhas ocorreram aos 60 dias, a partir do término da expansão foliar. Do início da brotação das gemas no fim do inverno, até o completo desfolhamento das plantas, somaram-se 264 dias no decorrer de toda a primavera, verão e outono.

First report of Pestalotiopsis diospyri causing canker on persimmon trees

Alves,Giselda; Verbiski,Francineia Silva; Michaelides,Themis J.; May-de Mio,Louise Larissa
Fonte: Sociedade Brasileira de Fruticultura Publicador: Sociedade Brasileira de Fruticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2011 Português
Relevância na Pesquisa
59.56705%
During 2006 to 2009 season symptoms of a canker disease were observed on twigs and branches of young and mature persimmon trees (Diospyros kaki L.) cv. Fuyu in the States of Santa Catarina and Paraná in the Southern Brazil. The cankers result in severe damage and reduced production. Isolations from the margins of these cankers revealed a genus of Pestalotiopsis. Koch's postulates were confirmed using two isolates of the pathogen which was identified as Pestalotiopsis diospyri.

Aminoethoxivinilglicina no controle do amadurecimento de frutos de caqui cv. Fuyu

Fagundes,Angela Fuentes; Dabul,Audrei Nisio Gebieluca; Ayub,Ricardo Antonio
Fonte: Sociedade Brasileira de Fruticultura Publicador: Sociedade Brasileira de Fruticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2006 Português
Relevância na Pesquisa
69.6901%
Objetivou-se avaliar o efeito de aminoethoxivinilglicina (AVG), aplicado na pós-colheita, no amadurecimento de frutos de caqui (Diospyros kaki L.) cv. Fuyu, armazenados à temperatura de 0 ± 2 ºC. Os frutos foram imersos durante dois minutos em solução de AVG, na concentração de 0; 415; 830 e 1.200 g ha-1 e dissolvidos em água destilada e adição de espalhante adesivo (óleo vegetal) a 0,02% (v/v), secos à temperatura ambiente no barracão e armazenados em câmara fria a 0 ± 2 ºC e 95±2 % UR, e avaliados aos 32 e 52 dias com relação à firmeza, sólidos solúveis, pH da polpa, acidez titulável e injúria por frio. O AVG mostrou-se promissor no uso pós-colheita em caqui, onde os frutos tratados conservaram índices de firmeza linear em função da dose e teores de AT, SS e pH aceitáveis para o 'Fuyu'. Porém os frutos apresentaram translucidez, característica de injúria por frio, indicando a necessidade de novos estudos para se compreender a fisiologia pós-colheita deste fruto.

INFLUÊNCIA DA EMBALAGEM DE POLIETILENO NA REMOÇÃO DA ADSTRINGÊNCIA E NA QUALIDADE DE CAQUIS (Diospyrus kaki L.), CV. GIOMBO, ARMAZENADOS SOB REFRIGERAÇÃO

ANTONIOLLI,LUCIMARA ROGÉRIA; CASTRO,PAULO ROBERTO DE CAMARGO E; KLUGE,RICARDO ALFREDO; SCARPARE FILHO,JOÃO ALEXIO
Fonte: Sociedade Brasileira de Fruticultura Publicador: Sociedade Brasileira de Fruticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2001 Português
Relevância na Pesquisa
79.992964%
Verificou-se a influência da utilização de embalagem de polietileno, durante o armazenamento refrigerado, sobre o processo de remoção da adstringência de frutos de caquizeiro (Diospyros kaki L.), bem como sobre a qualidade dos frutos. Caquis 'Giombo' foram mantidos em câmara refrigerada a 1°C e 95-98% UR, embalados ou não em polietileno de baixa densidade. Após 30 dias de armazenamento, os frutos foram submetidos ao processo de remoção da adstringência, mediante a exposição ao vapor de álcool etílico durante 40 horas a 20°C e 95% UR. As características químicas e físicas dos frutos foram avaliadas durante 6 dias. A utilização de embalagem de polietileno proporcionou menor perda de matéria fresca após o processo de destanização, não interferindo sobre o teor de taninos solúveis, firmeza de polpa, SST, ATT e teor de ácido ascórbico. Frutos armazenados por 30 dias e submetidos ao vapor de álcool etílico tornaram-se não adstringentes após 3 dias do tratamento; no entanto, apresentou baixa firmeza de polpa e elevada perda de matéria fresca.

Remoção da adstringência de frutos de caquizeiro 'Giombo' sob diferentes períodos de exposição aovapor de álcool etílico

ANTONIOLLI,LUCIMARA ROGÉRIA; CASTRO,PAULO ROBERTO DE CAMARGO E; KLUGE,RICARDO ALFREDO; SCARPARE FILHO,JOÃO ALEXIO
Fonte: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira Publicador: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2000 Português
Relevância na Pesquisa
59.56705%
O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito do período de exposição ao vapor de álcool etílico na remoção da adstringência de frutos de caquizeiro (Diospyros kaki L.) cultivar Giombo. Os frutos foram expostos ao vapor de álcool durante 24, 36 e 48 horas, sob temperatura de 20°C e 95% de umidade relativa. As características químicas e físicas dos frutos foram avaliadas durante dez dias, em intervalos de dois dias. As variáveis analisadas foram: teor de taninos solúveis, firmeza da polpa, perda de matéria fresca, pH, sólidos solúveis totais, acidez total titulável e teor de ácido ascórbico. De acordo com os resultados obtidos, os períodos de 24 e 36 horas demonstraram ser igualmente eficientes no processo de remoção da adstringência dos frutos; no entanto, a avaliação das demais características indicou melhor qualidade dos frutos expostos durante o período de 24 horas. Constatou-se uma diminuição linear na firmeza da polpa em função do tempo. O melhor período para consumo dos frutos situou-se entre o 4°e o 8° dia após o tratamento, considerando-se que a partir do 4° dia a concentração de taninos solúveis ficou abaixo de 0,1%, imperceptível ao paladar, e a firmeza da polpa dos frutos se manteve aceitável durante o período de oito dias posteriores ao tratamento.