Página 1 dos resultados de 9 itens digitais encontrados em 0.018 segundos

Vozes da oposição : os partidos de esquerda e o 1o. governo Fernando Henrique (1995-1999)

Moritz, Maria Lucia Rodrigues de Freitas
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
26.12%
Esta tese tem por objetivo analisar a atuação dos partidos de oposição, durante o primeiro mandato do presidente Fernando Henrique Cardoso, com vistas a compreender como as esquerdas deram significado a este determinado momento político. Para levá-lo a efeito foram tomadas duas instâncias de sua ação, a saber: a) a produção legislativa dos deputados federais pertencentes a esses partidos, e b) seus pronunciamentos da tribuna, no espaço destinado ao Grande Expediente, no decorrer da 50ª legislatura, período correspondente a janeiro de 1995 e fevereiro de 1999. As condições emergenciais do discurso das oposições devem ser buscadas no resultado do pleito de 1994. Neste ano, o candidato da coligação de centro-direita conquistou a Presidência da República, obtendo o dobro da votação do segundo colocado, Lula da Silva, principal nome das esquerdas. Depois de sua posse, o presidente Fernando Henrique Cardoso enviou, para apreciação do Congresso Nacional, um conjunto de medidas com vistas a alterar o perfil do Estado brasileiro. Foi em torno deste pacote reformista que se estabeleceu o debate público entre os dois blocos ideológicos - situação x oposição. De um lado, a base governista apoiando as propostas pró-mercado...

Discurso social, história e política no romance histórico contemporâneo de língua portuguesa: Leminski, Lobo Antunes e Pepetela

Mello, Claudio José de Almeida
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 286 f.
Português
Relevância na Pesquisa
36.03%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Letras - FCLAS; Análise crítica comparativa de três romances históricos contemporâneos de língua portuguesa, publicados no último quartel do século XX: Catatau (1975), do brasileiro Paulo Leminski, As naus (1984), do português António Lobo Antunes, e A gloriosa família: o tempo dos flamengos (1997), do angolano Pepetela. Adotando a metodologia sociocrítica, que considera as obras como práticas culturais das sociedades a que pertencem, parte do discurso social presente nas obras para estudar o aspecto político-ideológico dos procedimentos estéticos, sobretudo os filiados ao pós-modernismo, utilizados para estabelecer um diálogo com a história, que envolve a problematização em torno da formação da identidade. Analisa a ênfase dada a recursos como a auto-reflexividade e a intertextualidade, os quais acentuam a dimensão discursiva, imaginativa e relativa da História, com o fim de explicitar nas narrativas as suas subjacentes concepções de representação, de realidade, de verdade, com os fundamentos epistemológicos do materialismo histórico dialético. A justificativa para essa delimitação deve-se ao gênero das obras...

As novas estratégias argumentativas e persuasivas do partido dos trabalhadores: uma análise do discurso de João Paulo

Paixão de Oliveira Leite, Patrícia; Teixeira Vieira de Melo, Cristina (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
Português
Relevância na Pesquisa
76.38%
Este trabalho discute, na interface entre comunicação e política, as novas estratégias argumentativas e persuasivas do Partido dos Trabalhadores, tendo como objeto de estudo o discurso do prefeito do Recife, João Paulo. O corpus de análise são os programas do Horário Eleitoral Gratuito da Propaganda na Televisão das candidaturas de João Paulo para prefeito do Recife, em 2000, quando era oposição, e em 2004, já como situação, disputando a reeleição. A Análise de Discurso constitui o suporte teórico por excelência para desvendar o objeto de estudo. A proposição central deste trabalho é avaliar se houve uma despolitização do discurso de João Paulo e do PT e até que ponto o marketing político interfere nesse discurso. A fim de recuperar as origens do discurso de João Paulo, sua formação política, filosófica e ideológica, foram realizadas entrevistas com representantes do PT e dos movimentos social e sindical, cientistas políticos, pesquisadores, intelectuais e profissionais envolvidos na produção dos programas televisivos em foco. Documentos do PT também foram analisados, bem como matérias de jornais e revistas. Entre os resultados, vê-se que a vivência do poder pressupõe uma mudança de discurso; que há uma crise em curso no discurso das esquerdas; e...

Pluralismo e novas identidades no cristianismo brasileiro

Oliveira, Gustavo Gilson Sousa de
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
Português
Relevância na Pesquisa
35.97%
O campo religioso brasileiro vivenciou um amplo processo de pluralização nas últimas décadas. A diversificação das identidades, discursos e movimentos cristãos no país desempenhou um papel primordial nessa pluralização. O trabalho apresentado desenvolve uma análise dos principais discursos cristãos surgidos no Brasil, na segunda metade do século XX. Busca explicitar seus processos de formação, os deslocamentos sofridos ao longo de sua trajetória, quais as práticas e lógicas sociais que compõem esses discursos, quais as narrativas e fantasias que os sustentam ou desafiam, e quais as relações e implicações estabelecidas ou delineadas entre esses discursos e movimentos e as dimensões cultural, política e econômica na sociedade brasileira atual. O estudo realizado observou que o processo de modernização do país promoveu um amplo deslocamento do imaginário religioso católico nacional, até então hegemônico, e desencadeou um movimento de desconstrução da polarização antagônica entre catolicismo e protestantismo que sustentava esse imaginário. A partir desse deslocamento inicial foram formados três diferentes classes de novos movimentos cristãos: os movimentos que buscaram articular o cristianismo à modernidade (ecumenismo...

Pluralismo e novas identidades no cristianismo brasileiro

Oliveira, Gustavo Gilson Sousa de
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
Português
Relevância na Pesquisa
35.97%
O campo religioso brasileiro vivenciou um amplo processo de pluralização nas últimas décadas. A diversificação das identidades, discursos e movimentos cristãos no país desempenhou um papel primordial nessa pluralização. O trabalho apresentado desenvolve uma análise dos principais discursos cristãos surgidos no Brasil, na segunda metade do século XX. Busca explicitar seus processos de formação, os deslocamentos sofridos ao longo de sua trajetória, quais as práticas e lógicas sociais que compõem esses discursos, quais as narrativas e fantasias que os sustentam ou desafiam, e quais as relações e implicações estabelecidas ou delineadas entre esses discursos e movimentos e as dimensões cultural, política e econômica na sociedade brasileira atual. O estudo realizado observou que o processo de modernização do país promoveu um amplo deslocamento do imaginário religioso católico nacional, até então hegemônico, e desencadeou um movimento de desconstrução da polarização antagônica entre catolicismo e protestantismo que sustentava esse imaginário. A partir desse deslocamento inicial foram formados três diferentes classes de novos movimentos cristãos: os movimentos que buscaram articular o cristianismo à modernidade (ecumenismo...

Duas leituras do Forum Social Mundial : Caros Amigos e Catolicismo

Maria do Carmo Ivo de Medeiros
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/05/2004 Português
Relevância na Pesquisa
36.14%
Neste trabalho, seguindo a abordagem proposta por Maingueneau (1984), analisamos o discurso de duas revistas " Catolicismo (porta-voz da TFP) e Caros Amigos (revista comprometida com a esquerda) " sobre o Fórum Social Mundial (FSM). Analisamos especialmente os discursos construídos sobre o lema do FSM ( "Um Outro Mundo é Possível" ), procurando explicitar alguns dos traços semânticos que definem o discurso da TFP e o discurso das esquerdas no Brasil. Através da análise de unciados contidos nas matérias das referidas revistas, mostramos como se organiza o conflito entre esses dois discursos. A revista Caros Amigos dá voz aos organizadores e participantes do FSM, e a revista Catolicismo vai ler o FSM segundo sua semântica, resultando disso uma leitura em forma de simulacro do discurso do FSM. A análise que foi desenvolvida mostrou como se constrói o discurso do FSM. Ficou claro que, como propõe Maingueneau em Genèses du discours (1984), um discurso nasce de um trabalho sobre outros discursos: no caso, o FSM se define a partir da negação do que representa o FEM. Em seguida, explicitou-se a interação semântica entre os discursos como um processo de interincompreensão regrada, ainda no sentido de Maingueneau (1984)...

As mulheres na imprensa alternativa

Livramento, Thiago do Vale Pereira
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 183 p.| il.
Português
Relevância na Pesquisa
36.07%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em História, Florianópolis, 2014.; Esta investigação teve como objetivo analisar os discursos acerca de questões ligadas aos feminismos - o trabalho das mulheres e o aborto - e os discursos de gênero veiculados pela imprensa alternativa brasileira entre 1975 e 1981, período não só marcado pela ditadura civil militar, mas também pela efervescência dos movimentos sociais. Para isso, selecionei como fonte o periódico semanal Movimento, fundado em 1975 por um grupo de jornalistas liderados por Raimundo Pereira, em razão de o jornal ser considerado um dos mais importantes alternativos da época. Para realização dessa proposta, foram avaliados ao todo 150 exemplares do jornal e selecionadas como objeto de análise: as capas que abordavam problemáticas feministas, as reportagens que tratavam de temáticas ligadas às mulheres e as cartas de leitores e de leitoras relacionadas diretamente às reportagens escolhidas. Metodologicamente me apropriei de ferramentas da disciplina da Análise do Discurso (AD), na acepção de Eni Orlandi (1994, 2011), buscando perceber como os discursos veiculados por Movimento sobre temáticas dos feminismos funcionaram tanto para atacar...

CENAS DE UM ANTICOMUNISTA: AS REPRESENTAÇÕES DAS ESQUERDAS BRASILEIRAS EM NELSON RODRIGUES (1967-1974)

Machado, Carolina Bezerra
Fonte: Escritas: Revista do Curso de História de Araguaína Publicador: Escritas: Revista do Curso de História de Araguaína
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 27/05/2015 Português
Relevância na Pesquisa
35.94%
O presente artigo analisa as crônicas de Nelson Rodrigues escritas para o Jornal O Globo entre 1967-1974 à medida que fizeram parte das batalhas discursivas do período ao apoiar e legitimar a presença dos militares no poder. As apropriações e representações feitas em suas crônicas fizeram parte de um imaginário anticomunista da época que apontou para uma esquerda antinacionalista, anticatólica e autoritária, contribuindo para o discurso do regime. Ao compreender que o imaginário de uma sociedade é construído a partir das culturas políticas presentes na mesma, o artigo se inscreve nas renovações do político por que passou a História, ampliando o debate ao reconhecer a riqueza de possibilidades que foram abertas a partir do uso do conceito de cultura política.    

1964: O discurso nacionalista e a luta pelas reformas de base no interior da Bahia

Santos, Soanne Cristino Almeida dos; Universidade do Estado da Bahia-UNEB
Fonte: Em tempo de histórias Publicador: Em tempo de histórias
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 14/04/2011 Português
Relevância na Pesquisa
25.91%
O objetivo deste artigo é analisar os discursos nacionalistas, táticas e estratégias empreendidas por alguns grupos em prol das reformas de base em municípios do interior da Bahia. Perceber que foram formadas organizações de esquerda entre 1963 e 1964 em cidades com baixa densidade demográfica, altos níveis de desigualdade social, e com política restritiva a grupos tradicionais dos chamados “coronéis” na região cacaueira da Bahia, é reconhecer que não apenas nas capitais, como também no interior do país, as esquerdas se organizaram; é também, além de tudo, perceber o papel político dos subalternos e grupos “marginalizados” pela historiografia brasileira. Para a consecução deste trabalho, utilizamos depoimentos orais, atas da Câmara de vereadores, jornais da região e tomamos como base a Carta de Princípios da Frente de Mobilização Popular de Una-FMP, os discursos do programa de alto-falantes da Voz da Frente, e o periódico O Democrata, divulgador das idéias da FMP.