Página 1 dos resultados de 611 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

Perfil das mulheres submetidas à cesareana e assistência obstétrica na maternidade pública em Ribeirão Preto; The profile of women who have experienced cesarean section and obstetric care at a public maternity hospital in Ribeirao Preto; Perfil de las mujeres sometidas al parto por cesárea y la atención obstétrica en una maternidad pública de Ribeirão Preto

Sanches, Natalia Canella; Mamede, Fabiana Villela; Vivancos, Raquel Bosquim Zavanella
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós Graduação em Enfermagem Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós Graduação em Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
66.69%
O artigo apresenta o perfil social e obstétrico das mulheres submetidas ao parto cesárea em uma maternidade pública do interior do Estado de São Paulo. Trata-se de estudo quantitativo, retrospectivo, do tipo descritivo, com pesquisa documental. Os dados coletados referem-se ao período entre os meses de junho e dezembro de 2005, e janeiro a junho de 2006. Foram consultados 670 prontuários. A taxa de parto cesárea na instituição-campo foi calculada em 23% para o período supracitado. Foram características da população estudada a baixa escolaridade formal, a união consensual e o trabalho não remunerado. As principais indicações para as cesarianas foram a iteratividade e o sofrimento fetal agudo. Como desdobramento dos achados está a ênfase pela valorização da enfermagem obstétrica no cenário de atendimento ao parto normal de baixo risco, considerando seu caráter não-intervencionista inerente à sua formação.

O ensino da prevenção e reparo do trauma perineal nos cursos de especialização em enfermagem obstétrica; The education of nurses and midwives for the prevention and healing of perineal trauma

Silveira, Joyce da Costa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/05/2007 Português
Relevância na Pesquisa
66.85%
Este estudo teve como objetivo descrever os elementos que fundamentam o ensino da assistência ao parto normal na prevenção e reparo do trauma perineal nos cursos de especialização em enfermagem obstétrica. Para isso, o estudo foi desenvolvido seguindo uma abordagem qualitativa de caráter descritivo, para identificar aspectos do processo de formação profissional que se interpõem à prática assistencial da enfermagem obstétrica. Tal perspectiva teórico-metodológica mostrou-se adequada para esta investigação, pois possibilitou identificar aspectos relativos ao processo de ensino-aprendizagem na assistência ao parto normal, prevenção e reparo do trauma perineal nos cursos de especialização em enfermagem obstétrica, a fim de conhecer a contribuição da especialização para a prática baseada em evidências científicas. O estudo foi realizado no Município de São Paulo. Fizeram parte da amostra dez instituições de ensino superior (universidades, centros universitários e faculdades) que têm cursos de graduação em enfermagem e oferecem ou ofereceram a especialização em enfermagem obstétrica. O período compreendeu os anos de 1995 a 2005. Foram entrevistados nove coordenadores, e dez professores dessas instituições. As entrevistas seguiram um roteiro específico para os coordenadores e outro aos professores. As falas dos entrevistados foram agrupadas em: "O trauma perineal e sua prevenção" e "Elementos que fundamentam o ensino da assistência ao parto e do cuidado perineal". Constatou-se que o conhecimento científico...

A construção dos saberes da docência no ensino de enfermagem obstétrica; The teaching knowledge construction about obstetric teaching

Calheiros, Christianne Alves Pereira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/05/2014 Português
Relevância na Pesquisa
66.84%
A construção dos saberes da docência no ensino de graduação na área de Enfermagem Obstétrica é a temática central deste estudo. O saber profissional dos professores é um amálgama de diferentes saberes, provenientes de fontes diversas, que são construídos, relacionados e mobilizados pelos professores de acordo com as exigências de sua atividade profissional. O estudo objetivou evidenciar a construção dos saberes da docência, a partir da trajetória de professores no ensino de enfermagem obstétrica, dos cursos de enfermagem da Macrorregião Sul do Estado de Minas Gerais. Realizou-se uma pesquisa qualitativa, descritiva, exploratória. Os sujeitos foram 17 professores da área de enfermagem obstétrica de 14 cursos de Enfermagem da Macrorregião Sul do Estado de Minas Gerais. A coleta de dados foi realizada através de entrevista semi-estruturada. A análise de dados baseou-se na técnica de análise de conteúdo e no referencial teórico dos saberes da docência. Os dados indicaram que os saberes dos professores são provenientes de fontes distintas: pessoais, da formação escolar anterior, da formação profissional para o magistério, dos programas e livros didáticos usados no trabalho e ainda, dos saberes provenientes de sua própria experiência na profissão...

Observação em coleta de dados na área de enfermagem obstétrica : um relato de experiência; Observation on data collection in the area of obstetrical nursing : an experience report; Observación sobre la recogida de datos en la área de enfermería obstétrica : un relato de experiencia

Teles, Jéssica Machado; Bonilha, Ana Lúcia de Lourenzi
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
66.86%
Objetivo: relatar as experiências de uma acadêmica de enfermagem como auxiliar de pesquisa em um Centro Obstétrico de um Hospital Universitário de Porto Alegre, RS, Brasil. Método: descrever e refletir sobre as experiências obtidas por esta acadêmica através da observação naturalística em coleta de dados de pesquisa qualitativa, na área de enfermagem obstétrica. Resultados: esta atuação possibilitou a acadêmica antecipar conhecimentos que seriam possíveis apenas em momento posterior da graduação. Além disso, permitiu-lhe conhecer a rotina de um centro obstétrico, a condução do trabalho de parto, a atuação das enfermeiras e de outros profissionais, neste contexto. Conclusão: por meio da observação, percebeu-se que a enfermagem obstétrica, trabalha em prol da humanização do atendimento, de modo que esta experiência deve servir como um modelo, para que futuramente se possa oferecer um cuidado diferenciado, mais humanizado e que promova segurança às mulheres.; Objective: to describe the experience of a student nurse as an assistant of research in an Obstetric Center of an University Hospital, in Porto Alegre,RS, Brazil. Method: to describe and reflect the experience that was obtained through naturalistic observation in the collection of the data of qualitative research which has analyzed the use of birth ball during labor. Results: the participation in this study gave us knowledge that we would only have gained after graduation. It also...

Enfermagem obstétrica no acompanhamento pré - natal

Penna,Lucia Helena Garcia; Progianti,Jane Márcia; Correa,Luiza Mara
Fonte: Associação Brasileira de Enfermagem Publicador: Associação Brasileira de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/1999 Português
Relevância na Pesquisa
66.55%
Consiste em um relato de experiência acerca de um projeto de pesquisa iniciado em agosto de 1997, envolvendo docentes do Departamento Materno-infantil da Faculdade de Enfermagem da UERJ e profissionais do Centro Municipal de Saúde do Rio de Janeiro da S.M.S./RJ. Tem por objetivo, descrever o processo de inserção da Consulta de Enfermagem de Pré-natal no conteúdo da graduação, bem como sua estruturação e implantação no referido Centro Municipal de Saúde. Esse trabalho propõe rever também, o modelo biomédico das consultas, a fim de proporcionar reflexões e rupturas de paradigmas, e com isso auxiliar no aprendizado e na ampliação do acompanhamento de pré-natal no Rio de Janeiro.

Impacto de uma portaria ministerial: aspectos da concretude social e política da enfermagem obstétrica

Porto,Fernando; Moraes,Nilson Alves; Nascimento,Maria Aparecida de Luca
Fonte: Associação Brasileira de Enfermagem Publicador: Associação Brasileira de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2002 Português
Relevância na Pesquisa
76.72%
Estudo de natureza qualitativa que apresenta o impacto da Portaria Ministerial, referente à inclusão do grupo de procedimentos realizados pelas Enfermeiras Obstetras no Sistema Único de Saúde (SUS). Tem como objetivos: apresentar dois trechos publicados em um jornal de grande circulação e de um boletim do segmento profissional médico do ano de 1998 e analisar os registros noticiosos que constituem diferentes e tensos discursos. O estudo apontou duas idéias, com base em três recortes noticiosos da midia escrita: a falta de visibilidade da competência técnica do enfermeiro obstetra no contexto social e o reconhecimento politico através do pagamento dos procedimentos da enfermagem Obstétrica através da Tabela do SUS. Nossas considerações finais são voltadas para a concretude social e politica da Enfermagem Obstétrica, mesmo que a mídia escrita tente manipular de forma intervencionista para a sociedade como concretude sócio-ide o lógica em discurso para a formação de consenso e (re) produção de verdades.

Ensino de Enfermagem Obstétrica no Brasil: (des)acertos 1972-1996

Tyrrel,Maria Antonieta Rubio; Santos,Antonio Eduardo Vieira dos; Lucas,Eduardo Alexander Júlio César F.
Fonte: Associação Brasileira de Enfermagem Publicador: Associação Brasileira de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2005 Português
Relevância na Pesquisa
76.69%
Pesquisa descritiva com abordagem qualitativa. Considera contexto político-social do ensino em Enfermagem (graduação), com ênfase na política de formação. Descreveu-se e analisou-se programas de ensino de Enfermagem Obstétrica (1972-1996), adotados por cinco Instituições de Ensino Superior, uma por região geográfica, para análise dialética da temática e conteúdos. Evidenciou-se que as disciplinas da área atendiam prioritariamente propostas governamentais centradas no ciclo gravídico-puerperal, embora houvesse alguma influência dos movimentos político-sociais, principalmente feminista e sanitarista progressista que fundamentavam o PAISM. Não foram explicitados conteúdos emergentes desses movimentos (saúde da família, subjetividade; violência, gênero, dentre outros). A maioria das instituições encontrava-se em reformulação curricular para atender ao Parecer Nº. 314/94 que determina currículo de formação do enfermeiro generalista no Brasil.

Escola de Enfermagem da USP e Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo: parceiras na especialização em enfermagem obstétrica

Riesco,Maria Luiza Gonzalez; Bonadio,Isabel Cristina; Chande,Waldyra Gasparotto
Fonte: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2000 Português
Relevância na Pesquisa
66.65%
A Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo e a Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo estabeleceram uma proposta de capacitação de enfermeiras, através do Curso de Especialização, tendo como objetivos: analisar a problemática da assistência obstétrica à mulher, no contexto da família e do SUS, nas diversas fases do ciclo gravídico; capacitar a enfermeira para a assistência à gestante, parturiente, puérpera e neonato nas unidades de saúde, em bases clínicas, epidemiológicas e humanísticas; capacitar a enfermeira para realização do parto normal. O Curso foi concluído por 19 alunas, que realizaram uma média de 35 partos/enfermeira.

Especialização em enfermagem obstétrica: percepções de egressas quanto ao exercício profissional e satisfação na especialidade

Monticelli,Marisa; Brüggemann,Odaléa Maria; Santos,Evanguelia Kotzias Atherino dos; Oliveira,Maria Emilia de; Zampieri,Maria de Fátima Mota; Gregório,Vitória Regina Petters
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós Graduação em Enfermagem Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós Graduação em Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2008 Português
Relevância na Pesquisa
76.72%
Pesquisa exploratório-descritiva com o objetivo de conhecer as percepções de egressas da especialização em enfermagem obstétrica quanto ao exercício profissional e a satisfação na especialidade. Participaram 54 egressas dos cursos de Especialização em Enfermagem Obstétrica da Universidade Federal de Santa Catarina. Os dados foram coletados de abril a dezembro/2006, através de questionário. Realizou-se análise estatística descritiva dos dados obtidos das perguntas fechadas e leitura flutuante, ordenação e interpretação das perguntas abertas. Para 58,3% das egressas a atuação inicial na especialidade foi dificultada pela não aceitação dos outros profissionais; 56,3% não vivenciaram discriminação profissional e 37,5% foram discriminadas pelos médicos; 68,5% destacaram que a hegemonia médica dificultou o exercício profissional. A maioria, 87,4%, está satisfeita com a especialidade, 70,8%, otimistas quanto ao futuro da mesma e 98,1% cursariam novamente a especialização. As dificuldades para atuação, ligadas à autonomia profissional, não geraram, entretanto, insatisfação e pessimismo, demonstrando capacidade de superação para o exercício da especialidade.

Construindo uma concepção de tecnologia de cuidado de enfermagem obstétrica: estudo sociopoético

Torres,Jacqueline Alves; Santos,Iraci dos; Vargens,Octávio Muniz da Costa
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós Graduação em Enfermagem Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós Graduação em Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 Português
Relevância na Pesquisa
76.85%
Trata-se de recorte de uma dissertação de mestrado, realizada no Rio de Janeiro, em 2006, com objetivo de analisar concepções de cuidado de enfermagem obstétrica, tendo como referencial o imaginário de um grupo de 12 enfermeiras, sobre o cuidado que praticam. Utilizou-se o método sociopoético e técnicas de vivência e, para a análise dos dados, a técnica de análise de conteúdo. Destacam-se nos resultados, duas categorias - O Cuidado de Enfermagem Obstétrica como Fonte de Expansão e O Cuidado de Enfermagem Obstétrica como Fonte de Retração que revelaram uma concepção de tecnologia de cuidado de enfermagem obstétrica como relacional. Desde o acolhimento e estabelecimento de vínculo, as enfermeiras obstétricas, numa perspectiva sujeito-sujeito, constroem o cuidado com as mulheres em uma abordagem integral. Conclui-se que as tecnologias concebidas são saber estruturado, cuja aplicação tem intencionalidade e justificativa e, por isso, caracterizam-se como uma inovação tecnológica.

Perfil das mulheres submetidas à cesareana e assistência obstétrica na maternidade pública em Ribeirão Preto

Sanches,Natália Canella; Mamede,Fabiana Villela; Vivancos,Raquel Bosquim Zavanella
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós Graduação em Enfermagem Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós Graduação em Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2012 Português
Relevância na Pesquisa
66.57%
O artigo apresenta o perfil social e obstétrico das mulheres submetidas ao parto cesárea em uma maternidade pública do interior do Estado de São Paulo. Trata-se de estudo quantitativo, retrospectivo, do tipo descritivo, com pesquisa documental. Os dados coletados referem-se ao período entre os meses de junho e dezembro de 2005, e janeiro a junho de 2006. Foram consultados 670 prontuários. A taxa de parto cesárea na instituição-campo foi calculada em 23% para o período supracitado. Foram características da população estudada a baixa escolaridade formal, a união consensual e o trabalho não remunerado. As principais indicações para as cesarianas foram a iteratividade e o sofrimento fetal agudo. Como desdobramento dos achados está a ênfase pela valorização da enfermagem obstétrica no cenário de atendimento ao parto normal de baixo risco, considerando seu caráter não-intervencionista inerente à sua formação.

Trajetória profissional das enfermeiras obstétricas egressas da Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo: um enfoque da fenomenologia social

Merighi,Miriam Aparecida Barbosa
Fonte: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo Publicador: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2002 Português
Relevância na Pesquisa
66.65%
Este estudo objetivou compreender a experiência vivida pelas ex- alunas dos cursos de habilitação ou de especialização em Enfermagem obstétrica da EEUSP. Os dados foram coletadas por meio de entrevistas realizadas com ex-alunos, com trajetórias distintas, depois da sua formação. A proposta de investigação foi fundamentada no referencial teórico metodológico da Sociologia Fenomenológica, de Alfred Schutz, considerando-se que as pessoas expressam, em suas ações socialmente vividas, os significados dessas vivências. Os resultados apontaram para dois tipos sociais: aquelas que continuam na área, porque gostam do que fazem, acreditam na enfermagem obstétrica, sentem-se realizadas, e aquelas que não atuam na área porque se decepcionaram, sentem-se frustradas, com falta de autonomia profissional. Os motivos alegados para deixarem de atuar na área sugerem pontos importantíssimos para serem repensados por aquelas que estão exercendo a profissão, pelas entidades de classe e pelos responsáveis pela formação desses profissionais.

A negociação do cuidado de enfermagem obstétrica através das práticas educativas na casa de parto

Progianti,Jane Márcia; Costa,Rafael Ferreira da
Fonte: Universidade Federal do Rio de Janeiro Publicador: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 Português
Relevância na Pesquisa
66.62%
O estudo reflete sobre o cuidado de enfermagem obstétrica desenvolvido na Casa de Parto David Capistrano Filho. Esta reflexão, utilizando-se do conceito de negociação da teoria do Cuidado Cultural e do conceito de Educação em Saúde, respondeu por que neste espaço, construído para o desenvolvimento de ações sob a visão do modelo humanizado, as enfermeiras obstétricas se apóiam nas práticas de educação em saúde. Concluiu-se que a educação em saúde é instrumento do cuidado cultural, e as enfermeiras, ao utilizarem as práticas educativas, estão negociando o cuidado humanizado com a mulher que está socialmente habituada com as concepções do modelo tecnocrático. Deste modo, sem invasões e imposições, colaboram com a fisiologia da gestação e do parto porque evitam o choque cultural e reestruturam o cuidado cultural medicalizado no campo obstétrico por mudar a maneira medicalizada da mulher de parir.

Elaboração e validação de instrumento para consulta de enfermagem à puérpera no âmbito da atenção básica; Elaboration and Validation of a tool for nursing consultation of puerperal women in the primary care scope

Mazzo, Maria Helena Soares da Nóbrega
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Enfermagem; Assistência à Saúde Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Enfermagem; Assistência à Saúde
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
66.75%
A pesquisa teve como objetivo elaborar e validar um instrumento para sistematizar a assistência de enfermagem à puérpera no âmbito da atenção básica. O documento foi construído com base na Teoria das Necessidades Humanas Básicas de Horta, na Padronização de um Conjunto Internacional de Dados Essenciais em Enfermagem e na Nomenclatura de diagnósticos e intervenções de enfermagem desenvolvida a partir dos resultados da Classificação Internacional para as Práticas de Enfermagem. Trata-se de um estudo do tipo metodológico desenvolvido em cinco etapas: identificação dos indicadores empíricos relativos à puérpera mediante revisão integrativa da literatura; avaliação dos indicadores empíricos e sua relação com as necessidades humanas básicas por grupo focal com cinco enfermeiras especialistas; estruturação do instrumento mediante a categorização dos indicadores; validação de forma e conteúdo do instrumento pelos especialistas, por meio da técnica Delphi; e aplicação e desenvolvimento das afirmativas de diagnóstico e intervenções de enfermagem. A coleta de dados da primeira etapa ocorreu nos meses de janeiro a março de 2013 nas bases de dados Scopus, Cinahl, Pubmed, Cochrane, e no periódico Journal of Midwifery and Women s Health. A segunda...

Enfermagem Obstétrica: presente e futuro

Franco, João José de Sousa
Fonte: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra Publicador: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em 09/03/2001 Português
Relevância na Pesquisa
76.62%
Enfermagem Obstétrica: presente e futuro

As atividades do Enfermeiro Especialista em Enfermagem de Saúde Materna e Obstétrica: contributos para o desenvolvimento curricular

Franco, João José de Sousa
Fonte: Escola Superior de Enfermagem de Bissaya Barreto Publicador: Escola Superior de Enfermagem de Bissaya Barreto
Tipo: Trabalho em Andamento
Publicado em 01/06/2001 Português
Relevância na Pesquisa
66.62%
O objetivo deste trabalho foi identificar contributos para o desenvolvimento curricular da especialidade de enfermagem obstétrica a partir da perceção dos profissionais sobre a execução das diferentes atividades. Foi realizado um estudo quantitativo, a partir de um formulário elaborado com base nas atividades do Enfermeiro Obstetra, de acordo com o artigo 4 da diretiva 80/155. Foram entrevistadas 50 enfermeiras especialistas de uma maternidade, e realizada a análise quantitativa e qualitativa dos dados. Os resultados indicam a existência de atividades com nível de execução muito baixo e um conjunto de atividades em que a diferença entre o nível de execução e o nível desejado de execução apresenta valores elevados. Sugere-se que o desenvolvimento curricular integre os aspetos que são menos desenvolvidos e os que apresentam maior diferença de execução, no sentido de preparar os futuros enfermeiros obstetras com competências para um maior desenvolvimento destas atividades.

Ética no processo ensino-aprendizagem em enfermagem obstétrica; Ética en el proceso enseñanza-aprendizaje en enfermería obstétrica; Ethics in the learning-apprenticing process in obstetric nursing

Silva, Raimunda Magalhães da; Gurgel, Almerinda Holanda; Moura, Escolástica Rejane Ferreira
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/2004 Português
Relevância na Pesquisa
66.69%
O estudo objetivou evidenciar ética e solidariedade no processo de ensinar-cuidar da mulher no pré-natal e parto. Adotou-se estudo de caso centrado na pedagogia crítica-reflexiva. Foram entrevistados 39 alunos do curso de Enfermagem da Universidade Federal do Ceará e seis docentes que ministraram aulas teórico-práticas. Os resultados mostraram que alunos e professores têm consciência da necessidade da competência ética e sua aplicabilidade no cuidar e que há necessidade de novas estratégias de ensino para o aluno desenvolver ações interativas, humanas e solidárias. O cuidar carece de metodologias atualizadas que envolvam a mulher como participante do processo e possibilitem o respeito à sua dignidade.; El objetivo del estudio fue evidenciar ética y solidaridad en el proceso enseñar-cuidar de la mujer en el prenatal y el parto. Se utilizó un estudio de caso centrado en la pedagogía crítica-reflexiva. Fueron entrevistados 39 alumnos del curso de Enfermería de la Universidad Federal de Ceará y seis docentes que impartían clases teórico-prácticas. Los resultados mostraron que los alumnos y profesores son conscientes de la necesidad de competencia ética y de su aplicabilidad en el cuidado y que necesitan nuevas estrategias de enseñanza para que el alumno desarrolle acciones interactivas...

Escola de Enfermagem da USP e Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo: parceiras na especialização em enfermagem obstétrica; School of Nursing at the University of São Paulo and São Paulo State Health Department: partners in the nurse-midwifery specialization program

Riesco, Maria Luiza Gonzalez; Bonadio, Isabel Cristina; Chande, Waldyra Gasparotto
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/09/2000 Português
Relevância na Pesquisa
66.65%
The School of Nursing at the University of São Paulo and the São Paulo State Health Department established a proposal to qualify nurses by a Specialization Program in Midwifery, which purposes were: to analyse the midwifery care problems in the context of the family and the National Health System; to qualify the nurse to give care to the woman in the pregnancy, delivery and postpartum, on clinical, epidemiological and humanistic bases; to qualify the nurse to delivery babies. The Program was concluded by 19 students, whom delivered the rate of 35 childbirth/nurse.; A Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo e a Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo estabeleceram uma proposta de capacitação de enfermeiras, através do Curso de Especialização, tendo como objetivos: analisar a problemática da assistência obstétrica à mulher, no contexto da família e do SUS, nas diversas fases do ciclo gravídico; capacitar a enfermeira para a assistência à gestante, parturiente, puérpera e neonato nas unidades de saúde, em bases clínicas, epidemiológicas e humanísticas; capacitar a enfermeira para realização do parto normal. O Curso foi concluído por 19 alunas, que realizaram uma média de 35 partos/enfermeira.

Trajetória profissional das enfermeiras obstétricas egressas da Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo: um enfoque da fenomenologia social; Trayectoria profesional de las enfermeras obstetras egresas de la Escuela de Enfermería de la Universidad de São Paulo: un enfoque de la fenomenología social; Professional trajectory of obstetric nurses from the University of São Paulo College of Nursing: a focus on social phenomenology

Merighi, Miriam Aparecida Barbosa
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/10/2002 Português
Relevância na Pesquisa
66.77%
Este estudo objetivou compreender a experiência vivida pelas ex- alunas dos cursos de habilitação ou de especialização em Enfermagem obstétrica da EEUSP. Os dados foram coletadas por meio de entrevistas realizadas com ex-alunos, com trajetórias distintas, depois da sua formação. A proposta de investigação foi fundamentada no referencial teórico metodológico da Sociologia Fenomenológica, de Alfred Schutz, considerando-se que as pessoas expressam, em suas ações socialmente vividas, os significados dessas vivências. Os resultados apontaram para dois tipos sociais: aquelas que continuam na área, porque gostam do que fazem, acreditam na enfermagem obstétrica, sentem-se realizadas, e aquelas que não atuam na área porque se decepcionaram, sentem-se frustradas, com falta de autonomia profissional. Os motivos alegados para deixarem de atuar na área sugerem pontos importantíssimos para serem repensados por aquelas que estão exercendo a profissão, pelas entidades de classe e pelos responsáveis pela formação desses profissionais.; El estudio tubo como objetivo comprender la experiencia vivida por las enfermeras obstetras egresadas de la Escuela de Enfermería de la Universidad de São Paulo, Brasil. La investigación se fundamentó en el referencial teórico- medotodológico de la fenomenología social de Alfred Shutz. Los datos fueron recolectados por medio de entrevistas con exalumnos que tuvieron diferentes trayectorias profesionales después de su formación. Los resultados mostraron dos tipos sociales: aquellas que continúan en el área por les gusta lo que hacen...

Seguimento das enfermeiras obstétricas egressas dos cursos de habilitação e especialização em enfermagem obstétrica da Escola de Enfermagem, da Universidade de São Paulo; Seguimiento de los enfermeros obstetras egresados de los cursos de habilitacion y especialización en enfermería obstétrica, ofrecidos por la Escuela de Enfermería de la Universidad de São Paulo; Follow-up of obstetric nurses who attended the specialization course on obstetric nursing at the Universityof São Paulo College of Nursing

Merighi, Miriam Aparecida Barbosa; Yoshizato, Elizabete
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/07/2002 Português
Relevância na Pesquisa
66.83%
Este estudo objetivou revelar a predominância das características das ex-alunas do curso de Enfermagem Obstétrica da EEUSP. A população foi composta por 92 ex-alunas que se formaram entre 1980 a 1995, sendo que, destas, 50,0% atuam na especialidade enfermagem obstétrica, 73,2% são enfermeiras assistenciais e 26,8% são docentes de enfermagem obstétrica. Das que não atuam mais na especialidade, 76,0% atuaram após a formação e 24,0% nunca atuaram. Quanto à satisfação da profissão, 71,7% responderam estar satisfeitas e 28,3% insatisfeitas. Os motivos alegados para deixarem de atuar na área sugerem pontos importantíssimos para serem repensados pelas entidades de classe e pelos responsáveis pela formação desses profissionais.; Este estudio busca caracterizar las enfermeras obstetras egresados del curso de Enfermería de la Escuela de Enfermería de la Universidad de São Paulo, Brasil, formados en el periodo de 1980 a 1995. Los resultados muestran que de los 92 egresados que respondieron un cuestionario, 50,0% trabajan en la profesión, 73,2% son enfermeros asistenciales y 26,8% son enfermeros docentes. De las que no trabajan en la profesión 76,0% trabajaron después de la formación y 24,0% nunca trabajaron. En relación con el gusto por la profesión...