Página 1 dos resultados de 2173 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

Opaque Layer Firing Temperature and Aging Effect on the Flexural Strength of Ceramic Fused to Cobalt-Chromium Alloy

VASCONCELLOS, Luis Gustavo Oliveira de; BUSO, Leonardo; LOMBARDO, Geraldo H. L.; SOUZA, Rodrigo O. A.; NOGUEIRA JUNIOR, Lafayette; BOTTINO, Marco Antonio; OEZCAN, Mutlu
Fonte: WILEY-BLACKWELL Publicador: WILEY-BLACKWELL
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
37.2%
Purpose: To evaluate the effect of the opaque layer firing temperature and mechanical and thermal cycling on the flexural strength of a ceramic fused to commercial cobalt-chromium alloy (Co-Cr). The hypotheses were that higher opaque layer temperatures increase the metal/ceramic bond strength and that aging reduces the bond strength. Materials and Methods: Metallic frameworks (25 x 3 x 0.5 mm(3); ISO 9693) (N = 60) were cast in Co-Cr and airborne-particle abraded (Al(2)O(3): 150 mu m) at the central area of the frameworks (8 x 3 mm(2)) and divided into three groups (N = 20), according to the opaque layer firing temperature: Gr1 (control)-900 degrees C; Gr2-950 degrees C; Gr3-1000 degrees C. The opaque ceramic (Opaque, Vita Zahnfabrick, Bad Sackingen, Germany) was applied, and the glass ceramic (Vita Omega 900, Vita Zahnfabrick) was fired onto it (thickness: 1 mm). While half the specimens from each group were randomly tested without aging (water storage: 37 degrees C/24 hours), the other half were mechanically loaded (20,000 cycles; 50 N load; distilled water at 37 degrees C) and thermocycled (3000 cycles; 5 degrees C to 55 degrees C, dwell time: 30 seconds). After the flexural strength test, failure types were noted. The data were analyzed using 2-way ANOVA and Tukey`s test (alpha = 0.05). Results: Gr2 (19.41 +/- 5.5 N) and Gr3 (20.6 +/- 5 N) presented higher values than Gr1 (13.3 +/- 1.6 N) (p = 0.001). Mechanical and thermal cycling did not significantly influence the mean flexural strength values (p > 0.05). Increasing the opaque layer firing temperature improved the flexural bond strength values (p < 0.05). The hypotheses were partially accepted. Conclusion: Increasing of the opaque layer firing temperature improved the flexural bond strength between ceramic fused to Co-Cr alloy.

Influence of thermal and mechanical cycling on the flexural strength of ceramics with titanium or gold alloy frameworks

OYAFUSO, Denise Kanashiro; OZCAN, Mutlu; BOTTINO, Marco Antonio; ITINOCHE, Marcos Koiti
Fonte: ELSEVIER SCI LTD Publicador: ELSEVIER SCI LTD
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
37.2%
Objectives. The aim of this study was to evaluate the effect of thermal and mechanical cycling alone or in combination, on the flexural strength of ceramic and metallic frameworks cast in gold alloy or titanium. Methods. Metallic frameworks (25 mm x 3 mm x 0.5 mm) (N = 96) cast in gold alloy or commercial pure titanium (Ti cp) were obtained using acrylic templates. They were airborne particle-abraded with 150 mu m aluminum oxide at the central area of the frameworks (8 mm x 3 mm). Bonding agent and opaque were applied on the particle-abraded surfaces and the corresponding ceramic for each metal was fired onto them. The thickness of the ceramic layer was standardized by positioning the frameworks in a metallic template (height: I mm). The specimens from each ceramic-metal combination (N = 96, n = 12 per group) were randomly assigned into four experimental fatigue conditions, namely water storage at 37 degrees C for 24 h (control group), thermal cycling (3000 cycles, between 4 and 55 degrees C, dwell time: 10 s), mechanical cycling (20,000 cycles under 10 N load, immersion in distilled water at 37 degrees C) and, thermal and mechanical cycling. A flexural strength test was performed in a universal testing machine (crosshead speed: 1.5 mm/min). Data were statistically analyzed using two-way ANOVA and Tukey`s test (alpha = 0.05). Results. The mean flexural strength values for the ceramic-gold alloy combination (55 +/- 7.2MPa) were significantly higher than those of the ceramic-Ti cp combination (32 +/- 6.7 MPa) regardless of the fatigue conditions performed (p < 0.05). Mechanical and thermo-mechanical fatigue decreased the flexural strength results significantly for both ceramic-gold alloy (52 +/- 6.6 and 53 +/- 5.6 MPa...

Flexural properties, microleakage, and degree of conversion of a resin polymerized with conventional light and argon laser

LLORET, Patricia Ramos; TURBINO, Miriam Lacalle; KAWANO, Yoshio; AGUILERA, Fatima Sanchez; OSORIO, Raquel; TOLEDANO, Manuel
Fonte: QUINTESSENCE PUBLISHING CO INC Publicador: QUINTESSENCE PUBLISHING CO INC
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
37.2%
Objective: To evaluate the flexural strength, microleakage, and degree of conversion of a microhybrid resin polymerized with argon laser and halogen lamp. Method and Materials: For both flexural test and degree of conversion analysis, 5 bar samples of composite resin were prepared and polymerized according to ISO 4049. The halogen light-curing unit was used with 500 MW/cm(2) for 20 seconds and the argon laser with 250 mW for 10 and 20 seconds. Samples were stored in distilled water in a dark environment at 37 degrees C for 24 hours. The flexural property was quantified by a 3-point loading test. For the microleakage evaluation, 60 bovine incisors were used to prepare standardized Class 5 cavities, which were restored and polished. Specimens were stored in distilled water for 24 hours at 37 degrees C and thermocycled 500 times (6 degrees C to 60 degrees C). Specimens were then immersed in art aqueous solution of basic fuchsin for 24 hours. Longitudinal sections of each restoration were obtained and examined with a stereomicroscope for qualitative evaluation of microleakage. Fourier transform (FT)-Raman RFS 100/S spectrometer (Bruker) was used to analyze the degree of conversion. Results: ANOVA showed no statistically significant differences of flexural strength between the photoactivation types evaluated in the flexural study. Microleakage data were statistically analyzed by Mann-Whitney and Kruskal-Wallis tests. Enamel margins resulted in a statistically lower degree of leakage than dentin margins. No statistically significant difference was found among the 3 types of photocuring studied. ANOVA also showed no statistically significant difference in the degree of conversion among the studied groups. Conclusion: According to the methodology used in this research...

"Estudo das resinas acrílicas para bases de próteses totais com relação à resistência flexural, e à quantidade de monômero residual superficial" ; Study of acrylic resin for complete denture considering flexural strength and quantity of superficial residual mono mer

Paes Junior, Tarcisio José de Arruda
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 16/06/2005 Português
Relevância na Pesquisa
37.28%
O objetivo deste trabalho foi o de avaliar a resistência à flexão e a quantidade de monômero residual superficial em resinas acrílicas para bases de próteses totais. Para tanto foram confeccionados corpos-de-prova nas dimensões de 2.5mm x 10mm x 65mm, utilizados em ambas as análises. Padronizou-se o processo de inclusão no qual foram empregadas muflas plásticas reforçadas por fibras de vidro. Sete grupos foram constituídos, de acordo com o tipo de processamento empregado na polimerização das resinas: Ac (Acron-MC) e Vw (Vipi-Wave) de ativação por energia de microondas; Lt (Lucitone 550 – grupo controle) e Vc (Vipi-Cril), resinas de ativação térmica convencional em banho de água aquecida no ciclo longo; Qc (QC-20), uma resina de ativação térmica em ciclo rápido e, dois grupos cuja resina era a mesma de ativação química (Vipi-Flash), processada em duas condições – à temperatura ambiente (Vf1) e, por aquecimento adicional em banho de água (Vf2). Os resultados mostraram diferenças estatisticamente significantes, onde o grupo Ac obteve as maiores médias para resistência flexural e os menores níveis de monômero liberado em relação às demais resinas. Os grupos Qc e Vf1 evidenciaram os piores resultados para ambos os testes...

"Resistência à fadiga cíclica flexural de instrumentos rotatórios de Ni-Ti em razão do uso e do torque"; Flexural cyclic fatigue resistance of NiTi rotatory instruments due to number of users and torque.

Kawakami, Dirce Akemi Sacaguti
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/03/2007 Português
Relevância na Pesquisa
37.3%
O objetivo do presente estudo foi avaliar a resistência à fadiga cíclica flexural de instrumentos rotatórios de níquel-titânio de número 25, conicidade 0,04 e 25 mm de comprimento (K3, SybronEndo), submetidos a variados torques de acionamento e repetidos ciclos de usos em canais simulados, valendo-se de dispositivo apropriado para ensaios dinâmicos. Procurou-se determinar se, além do fator de variação número de uso, há influência relacionada com o torque e, ainda, a possibilidade de interação entre número de uso e torque. Valendo-se motor elétrico acionado à velocidade de 300 rpm foram instrumentados 320 canais simulados, utilizado-se 80 instrumentos divididos em 4 grupos com 20 espécimes cada, de acordo com os torques (0,5 Ncm, 1,0 Ncm, 2,0 Ncm e 6,0 Ncm) a que seriam submetidos. Cada grupo foi subdividido em 4 subgrupos com 5 espécimes, de acordo com o número de usos (1, 3, 5 e 7 ciclos de usos). Todos os instrumentos foram submetidos a ensaio de fadiga cíclica flexural que foi realizado num dispositivo que permitia ao instrumento girar livremente, reproduzindo a instrumentação rotatória num canal curvo (40º e raio de curvatura de 5 mm), simulando o movimento de pecking, onde o instrumento deslizava pelo sulco criado no anel de aço temperado. Foi utilizada peça de mão com contra-ângulo redutor de 16:1...

"Avaliação da resistência flexural, microinfiltração e grau de conversão de uma resina composta fotoativada com luz halógena e laser de argônio"; Evaluation of the flexural strenght, microleakage and degree of convertion of a composite resin photocured with argon laser and halogen lamp.

Lloret, Patricia Ramos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/02/2007 Português
Relevância na Pesquisa
37.36%
Nesta pesquisa foi avaliado a resistência flexural, a microinfiltração e o grau de conversão de uma resina composta micro-híbrida fotoativada por laser de argônio e luz halógena. Para o teste de resistência flexural e grau de conversão foram preparadas cinco amostras de 25 X 2 X 2mm de acordo com a norma ISO 4049. Os parâmetros de fotoativação utilizados em todas as etapas do trabalho foram: luz halógena (500mW/cm2) por 20 segudos, laser de argônio (250mW) por 10 e 20 segundos. As amostras foram lixadas com a seqüência de granulações 500, 800, 1000, 1200, 2500 e 4000. Os espécimes eram armazenados em água destilada, em recipiente escuro, em estufa a 37ºC por 24 horas e eram submetidos ao ensaio de resistência flexural (Máquina de Ensaios Mecânicos - Modelo 4411 ? Instron) em velocidade de 1mm/min. Para o estudo da microinfiltração foram utilizados dentes incisivos bovinos (n=20), As cavidades eram preparadas com brocas Carbide #330 com 4mm (altura) X 3mm (largura) X 2mm (profundidade). Os dentes eram então restaurados, e recebiam acabamento e polimento e em seguida eram armazenados em água destilada, em estufa a 37ºC por 24 horas. As amostras foram submetidas ao processo de termociclagem (500 ciclos de 30 segundos - 6ºC e 60ºC). Após a termociclagem...

Avaliação da resistência flexural, módulo de elasticidade e parâmetros de cor de resinas acrílizas utilizadas para restaurações provisórias com fibra de vidro.; Evaluation of flexural strength, modulus of elasticity and color change of acrylic resin reinforced with glass fiber

Soares, Rodrigo Gonçalves
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/01/2009 Português
Relevância na Pesquisa
37.35%
Restauração provisória é uma importante fase da reabilitação bucal com prótese parcial fixa, deve fornecer proteção pulpar e periodontal, apresentar integridade marginal e estética, ter durabilidade suficiente para resistir às forças mastigatórias. Pacientes com bruxismo ou aqueles cujo tratamento requer períodos longos de uso das restaurações provisórias necessitam de material com melhores propriedades mecânicas. Vários métodos têm sido empregados para reforçar próteses fixas provisórias, como fios metálicos, reforço metálico e incorporação de diferentes tipos de fibras, como carbono, polietileno e vidro, nas resinas para restaurações provisórias. O objetivo desse estudo foi avaliar alteração de cor e propriedades mecânicas de resistência flexural, módulo de elasticidade e carga de ruptura em resinas acrílicas com incorporação de fibras de vidro silanizadas. Para avaliação de cor foram confeccionados quarenta corpos-de-prova circulares (15 x 3mm) de cada marca comercial de resina acrílica quimicamente ativada, usada para confecção de restaurações provisórias, Dencor (Clássico Ltda., São Paulo-SP, Brasil), Duralay (Reliance, Worth-IL, EUA) e Trim Plus II (Bosworth Company, Skokie-IL...

Polimerização com laser de argônio: influência na tensão de contração, microdureza, resistência flexural e módulo de elasticidade de uma resina composta; Polymerization with the argon laser: Influence on shrinkage stress microhardness, percentage of maximum hardness, flexural strength and flexural modulus of a composite resin

Delfino, Carina Sinclér
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/09/2008 Português
Relevância na Pesquisa
37.28%
O objetivo desse estudo foi verificar a influência da fotoativação com laser de argônio na tensão de contração (TC), microdureza (M), porcentagem de dureza máxima (PDM), resistência flexural (RF) e módulo de elasticidade (ME) de uma resina composta híbrida. A fotoativação foi realizada com laser de argônio 200mW por 10 segundos (L1), 200mW por 20 segundos (L2), 250mW por 10 segundos (L3) e 250mW por 20 segundos (L4). Como controle foi utilizada a luz hálógena por 20 segundos (H). A TC foi monitorada por 5 minutos em corpos-de-prova com 5mm de diâmetro e 1mm de altura. A M e a PDM foram obtidas em corpos-de-prova com 2mm de espessura após 7 dias a 37°C. Para obtenção da RF e do ME foram confeccionados corpos-de-prova nas dimensões 10 X 2 X 1mm (comprimento, largura e espessura), testados após 24h a 37°C. Os dados obtidos foram analisados por ANOVA/Teste de Tukey (p<0,05). Os valores de TC (MPa) foram estatisticamente mais baixos para o grupo L3 (1,3)c, seguido pelos grupos L1(2,7)b, L4 (3,4)a,b, L2 (3,7)a e H (4,5)a. Para os valores de M não houve diferença estatisticamente significante quando o mesmo tempo de fotoativação foi utilizado, sendo L1= 70,1a, L2= 78,1b, L3= 69,9a, L4= 78,1b e H= 79,9b. Todos os grupos apresentaram uma PDM de no mínimo 80%. Apenas o grupo L1 apresentou diferença estatisticamente significante na RF (MPa) e no ME (GPa)...

Efeito do envelhecimento por ciclagem mecânica ou ciclagem em autoclave na resistência à flexão de cerâmicas odontológicas; Mechanical and autoclave cycling effect on flexural strength of dental ceramics

Okada, Cristina Yuri
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/01/2010 Português
Relevância na Pesquisa
37.38%
Os objetivos deste trabalho foram: a) realizar a análise microestrutural de cerâmicas odontológicas e relacioná-la aos valores de resistência à flexão obtidos, b) avaliar o efeito de dois tipos de envelhecimento (ciclagem mecânica e ciclagem em autoclave) sobre a resistência à flexão desses materiais e c) avaliar se a configuração do espécime (discos versus barras) é capaz de alterar o efeito da ciclagem mecânica sobre a resistência à flexão. Cinco materiais foram utilizados: zircônia tetragonal policristalina estabilizada por ítrio (YZ), alumina policristalina (AL), alumina infiltrada por vidro/reforçada por zircônia (ICZ) e duas porcelanas (VM7 e VM9). Espécimes em forma de barra (2 x 4 x 16 mm) e disco (12 mm x 2 mm) foram confeccionados conforme as recomendações dos fabricantes. A densidade foi determinada pelo método de Arquimedes, as constantes elásticas foram determinadas pelo método do pulso-eco ultrassônico. Microscopia óptica e eletrônica de varredura foram utilizadas para determinar a fração e tamanho médio de poros e partículas e a análise de EDS para a realização de análise química dos microconstituintes. O efeito do envelhecimento por ciclagem mecânica (YZ, AL e ICZ: 80 N por 105 ciclos e VM7 e VM9: 45 N por 104 ciclos...

Resistência à flexão, sorção, solubilidade e estabilidade de cor de compósitos odontológicos reforçados por fibras; Flexural strength, water sorption, solubility and color stability of some fiber reinforced composite

Medeiros, Renata Souza
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/08/2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.24%
Os objetivos deste estudo foram: 1) avaliar a resistência à flexão em três pontos de um compósito para uso direto (Filtek Z350 XT, 3M ESPE) e um para uso indireto (Signum, Heraeus, Kulzer) reforçados por uma ou duas camadas de fibras de polietileno (Ribbond -THM, Ribbond®) ou de vidro (Interlig, Ângelus) tratados termicamente (170°C por 10 minutos), comparados com os grupos controle (não reforçados por fibras e/ou não tratados termicamente; 2) avaliar a sorção, a solubilidade e a estabilidade de cor dos compósitos reforçados, após armazenamento em água destilada à 37°C por 14 dias. A estabilidade de cor foi avaliada com auxílio de um espectrofotômetro de contato dental (Vita EasyShade, Vident, CA, USA). Para o ensaio de resistência à flexão, foram confeccionados espécimes retangulares com dimensões de 12 x 2 x 2mm (n=10), com os seguintes fatores de variação: a) compósito (para uso direto ou indireto); b) tipo e número de camadas de fibras (vidro ou polietileno/uma ou duas camadas); c) submetidos ou não a tratamento térmico. O tratamento térmico foi realizado 24 horas após fotoativação em estufa à temperatura de 170°C por 10 minutos. O ensaio foi realizado 24 horas após fotoativação ou tratamento térmico. Para avaliação de sorção/solubilidade e estabilidade de cor...

Tenotomia do tendão flexor profundo no tratamento da deformidade flexural adquirida na articulação interfalangeana distal em um equino; Tenotomy of the deep digital flexor tendon in the treatment of an acquired flexural deformity of the distal interphalangeal joint of a horse

Merini, Luciana Paulo; Beck, Carlos Afonso de Castro; Gomes, Alice Giugno; Cescon, Graziela Tizoni; Ramos, Cassius Alexandre; Scarton, Roberta Bergamin; Faria, Maicon Bonini; Carnesella, Samuel
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.24%
As deformidades flexurais são frequentemente vistas em animais recém-nascidos ou desenvolvem-se entre os dois primeiros anos de vida, porém, nos cavalos podem ser adquiridas em qualquer idade. Podem ser uni ou bilaterais, e geralmente se produzem como deformações flexoras das articulações interfalangeanas distais e metacarpofalangeanas. As causas relacionadas são as nutricionais, dolorosas, traumáticas, bem como a predisposição para o rápido crescimento. Foi atendido um equino, macho, castrado, sem raça definida, com oito anos de idade, 260 kg, utilizado para tração, que apresentava uma deformação flexora da articulação interfalangeana distal de grau II do membro torácico esquerdo. Pressupondo que as principais causas tenham sido a traumática e a dolorosa, foi estipulado como tratamento a tenotomia do tendão flexor digital profundo O pós-cirúrgico constou do uso de anti-inflamatório não esteroidal, casqueamento corretivo e sessões de fisioterapia diárias. Este trabalho mostra com êxito a utilização da tenotomia do tendão flexor digital profundo para correção da deformação flexural adquirida na articulação interfalangeana distal unilateral em um equino adulto. Com o tratamento estipulado, o membro locomotor do animal retornou à sua conformação normal e após seis meses não houve sinal de recidiva...

Effect of disinfection and storage on the flexural strength of ocular prosthetic acrylic resins

Goiato, Marcelo C.; dos Santos, Daniela M.; Moreno, Amalia; Iyda, Mariana G.; Rezende, Maria C. R. A.; Haddad, Marcela F.
Fonte: Wiley-Blackwell Publicador: Wiley-Blackwell
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: E838-E844
Português
Relevância na Pesquisa
37.28%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Objective: To evaluate the influence of chemical disinfection and storage duration on the flexural strength of acrylic resins commonly used to make ocular prostheses.Methods: A total of 260 samples were manufactured with N1 resin and colourless resin. Both resins were thermopolymerised using a microwave oven. Samples were stored and periodically disinfected and were divided into groups: control (no disinfection) (I), neutral soap (II), Opti-free (III), Efferdent (IV), 1% hypochlorite (V) or 4% chlorhexidine (VI). The flexural strength was measured before and after 60 and 120 days of storage. Data were analysed by ANOVA and Tukey test (0.05).Results: The flexural strength of the N1 resin was higher than that for the colourless resin. There was a significant difference in the flexural strength before and after 60 and 120 days of storage with disinfection, regardless of the resin and disinfectant. Group I in the initial period exhibited greater flexural strength, with significant difference only in group VI after 120 days.Conclusion: It can be concluded that the flexural strength only changed after 120 days of storage for samples disinfected with chlorhexidine. However...

Air-particle abrasion on zirconia ceramic using different protocols: Effects on biaxial flexural strength after cyclic loading, phase transformation and surface topography

Souza, Rodrigo O.A.; Valandro, Luiz F.; Melo, Renata M.; Machado, João P.B.; Bottino, Marco A.; Özcan, Mutlu
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 155-163
Português
Relevância na Pesquisa
37.24%
This study evaluated the effect of different air-particle abrasion protocols on the biaxial flexural strength and structural stability of zirconia ceramics. Zirconia ceramic specimens (ISO 6872) (Lava, 3M ESPE) were obtained (N=336). The specimens (N=118, n=20 per group) were randomly assigned to one of the air-abrasion protocols: Gr1: Control (as-sintered); Gr2: 50 μm Al2O3 (2.5 bar); Gr3: 50 μm Al2O3 (3.5 bar); Gr4: 110 μm Al2O3(2.5 bar); Gr5: 110 μm Al2O3 (3.5 bar); Gr6: 30 μm SiO2 (2.5 bar) (CoJet); Gr7: 30 μm SiO2(3.5 bar); Gr8: 110 μm SiO2 (2.5 bar) (Rocatec Plus); and Gr9: 110 μm SiO2 (3.5 bar) (duration: 20 s, distance: 10 mm). While half of the specimens were tested immediately, the other half was subjected to cyclic loading in water (100,000 cycles; 50 N, 4 Hz, 37 °°C) prior to biaxial flexural strength test (ISO 6872). Phase transformation (t→m), relative amount of transformed monoclinic zirconia (FM), transformed zone depth (TZD) and surface roughness were measured. Particle type (p=0.2746), pressure (p=0.5084) and cyclic loading (p=0.1610) did not influence the flexural strength. Except for the air-abraded group with 110 μm Al2O3 at 3.5 bar, all air-abrasion protocols increased the biaxial flexural strength (MPa) (Controlnon-aged: 1030±153...

Contribuição para o estudo da deformação flexural da articulação interfalângica distal em asininos

Gomes, Bruno Filipe Nunes de Barros
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária Publicador: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 12/04/2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.24%
Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária; A etiologia e os mecanismos de evolução da deformação flexural da articulação interfalângica distal nos equinos não estão totalmente explicados e esta patologia é ainda um tema pouco discutido na comunidade científica veterinária. A bibliografia relativa a esta deformação na espécie asinina é muito reduzida. Este trabalho é um resumo da bibliografia disponível sobre o tema e uma contribuição para o esclarecimento desta patologia na espécie asinina. Os estudos desenvolvidos nesta dissertação de mestrado integrado têm como base a informação recolhida no ano de 2011 na região do Nordeste Transmontano, Portugal, onde foi frequente a observação de asininos com a deformação referida. Estes estudos incluem o desenvolvimento e a análise de um questionário de campo para uma amostra de 20 asininos, a mensuração dos cascos de uma amostra de 12 asininos com preenchimento de um formulário e análise estatística dos resultados e a avaliação histológica do tendão flexor digital profundo, tendão flexor digital superficial, ramo extensor do ligamento suspensor do boleto e tendão extensor digital comum do terço distal dos membros posteriores de uma amostra de 2 asininos com deformação flexural uni e bilateral da articulação interfalângica distal.; ABSTRACT - CONTRIBUTION TO THE STUDY OF FLEXURAL DEFORMITY OF DISTAL INTERPHALANGEAL JOINT IN ASININES - The etiology and evolution mechanisms of flexural deformity of distal interphalangeal joint are not well understood and this matter is poorly debated. The bibliography concerning this deformation in Equus asinus is very limited. This work is a summary of the available bibliography about the flexural deformity of distal interphalangeal joint on equine podology aspect and a contribution to knowledge enhance of this deformation in the Equus asinus. The studies presented on this Master thesis are related to information collected in the year 2011 at Nordeste Transmontano...

Effect of cavity preparation on the flexural strengths of acrylic resin repairs

Elhadiry,Safa Salim; Yunus,Norsiah; Ariffin,Yusnidar Tajul
Fonte: Faculdade De Odontologia De Bauru - USP Publicador: Faculdade De Odontologia De Bauru - USP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2010 Português
Relevância na Pesquisa
37.24%
OBJECTIVE: To investigate the effect of cavity preparation on the flexural strength of heat-curing denture resin when repaired with an auto-curing resin. MATERIAL AND METHODS: Ninety-six rectangular specimens (64x10x2.5 mm) prepared from heat-curing denture base resin (Meliodent) were randomly divided into four groups before repair. One group was left intact as control. Each repair specimen was sectioned into two; one group was repaired using the conventional repair method (Group 1). Two groups had an additional transverse cavity (2x3.5x21.5 mm) prepared prior to the repair; one repaired with (Group 2) and one without glass-fiber reinforcement (Group 3). A three-point flexural bending test according to the ISO 1567:1999 specification8 for denture base polymers was carried out on all groups after 1, 7 and 30 days of water immersion. Statistical analysis was carried out using two-way ANOVA, Kruskal Wallis and post-hoc Mann Whitney tests. RESULTS: The highest flexural strength was observed in the control group. Control and conventional repairs group (Group 1) showed reduction in the flexural strength 30 days after water immersion. No significant change in the strength was observed for Groups 2 and 3 where the repair joints were similarly prepared with additional transverse cavity. CONCLUSION: Repaired specimens showed lower flexural strength values than intact heat-curing resin. Cavity preparation had no significant effect on the flexural strength of repair with water immersion.

Avaliação comparativa da resistência à flexão, módulo flexural e rigidez das dentinas humanas e bovinas

Barreto, Bruno de Castro Ferreira
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
37.24%
Dentes humanos têm sido substituídos por dentes bovinos nos testes laboratoriais e os resultados questionados devido às prováveis diferenças nas suas propriedades mecânicas. Foram investigadas e comparadas a resistência flexural (RF), o módulo flexural (MF) e a rigidez (R) da dentina humana e bovina, assim como a influência da área investigada e da orientação dos túbulos nas propriedades. Barras de dentina foram obtidas de 10 terceiros molares humanos e 20 incisivos bovinos seguindo as especificações da ISO 178. Seis grupos (n=10) foram obtidos: HPAbarras de dentina coronária humana com a orientação dos túbulos paralela à direção da carga; HPP- barras de dentina coronária humana com a orientação dos túbulos perpendicular à direção da carga; HRA- barras de dentina radicular humana com a orientação dos túbulos paralela à direção da carga; BPA- barras de dentina coronária bovina com a orientação dos túbulos paralela à direção da carga; BPP- barras de dentina coronária bovina com a orientação dos túbulos perpendicular à direção da carga; BRA- barras de dentina radicular bovina com a orientação dos túbulos paralela à direção da carga. A partir dos resultados do teste de resistência à flexão de 3 pontos...

In-vitro-Studie zum Einfluss eines modifizierten Brennprogramms auf die Biegefestigkeit von Lava Ceram™; Influence of Cooling Rate on Flexural Strength of Veneering Ceramic Lava Ceram™

Brodam, Shabana
Fonte: Universidade de Tubinga Publicador: Universidade de Tubinga
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
37.3%
In dieser In-vitro-Studie wurde der Einfluss eines modifizierten Brennprogramms auf die Biegefestigkeit der Verblendkeramik Lava™ Ceram (3M ESPE, Seefeld, Deutschland) untersucht. Das modifizierte Brennprogramm sieht im Vergleich zum herkömmlichen Brennprogramm eine verlängerte Abkühlrate vor. Für die Studie wurden Biegestäbchen (n=40) von der Firma 3M ESPE mit den Maßen 3mm x 4mm x 35mm hergestellt. Vor dem letzten Brennvorgang wurden die Biegestäbchen in zwei Gruppen aufgeteilt. Die erste Gruppe wurde mit dem herkömmlichen Brennprogramm fertig gestellt, die zweite Gruppe durchlief das modifizierte Brennprogramm. Jeweils die Hälfte beider Lava™ Ceram-Gruppen wurde im Kausimulator (Version 3.1.29, Willytech, München) belastet, um einen künstlichen Defekt zu erzeugen (Simulation von Bruxismus). Die Belastung fand unter Wasserzugabe statt. Alle Biegestäbchen wurden anschließend im 4-Punkt-Biegeversuch nach DIN EN 843-1 zu Bruch gebracht. Die Biegefestigkeitswerte wurden statistisch mit dem Post hoc Tukey-Test analysiert. Der Rauhigkeitswert Pt als Kriterium zur Beurteilung des Einflusses der Rauhigkeit auf die Festigkeit verwendet. Es konnte festgestellt werden, dass die Biegefestigkeitswerte der unbeschädigten Biegestäbchen höher ausfielen...

Efeito do desenho de junções e tipo de solda na resistência flexural de barras de liga de Ti-6AL-4V

Machado, Asbel Rodrigues
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
37.24%
O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito de diferentes desenhos de junções e dos processos de soldagem Tungsten Inert Gas (TIG) e Laser, na resistência flexural de barras de liga de Ti-6Al-4V. Setenta espécimes com dimensões de 3,18mm de diâmetro e 40mm de comprimento foram divididos em sete grupos (n=10): C, grupo controle (intactos); grupos TI, TX30° e TX45° com junções chanfradas em 0°, 30° e 45° respectivamente, soldadas a TIG; e Grupos LI, LX30° e LX45° com junções chanfradas em 0°, 30° e 45° respectivamente, soldadas à Laser. Após ensaio mecânico de flexão os valores de resistência à fratura (N) foram convertidos em tensão máxima de flexão (MPa) e as superfícies de fratura foram mensuradas para obter as áreas soldadas. Os dados foram inicialmente submetidos à Análise de Variância Fatorial (2 x 3) seguido do teste de Tukey. Em seguida, apenas os dados de tensão máxima de flexão foram analisados com Análise de Variância em fator único seguido do teste de Dunnett para verificar a diferença entre o grupo controle e os seis grupos experimentais. Foi aplicada a correlação de Pearson para os fatores tipo de solda e tipo de junção. Para todos os testes foram consideradas diferenças estatística para α=0...

Effect of cavity preparation on the flexural strengths of acrylic resin repairs

Elhadiry, Safa Salim; Yunus, Norsiah; Ariffin, Yusnidar Tajul
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Odontologia de Bauru Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Odontologia de Bauru
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2010 Português
Relevância na Pesquisa
37.24%
OBJECTIVE: To investigate the effect of cavity preparation on the flexural strength of heat-curing denture resin when repaired with an auto-curing resin. MATERIAL AND METHODS: Ninety-six rectangular specimens (64x10x2.5 mm) prepared from heat-curing denture base resin (Meliodent) were randomly divided into four groups before repair. One group was left intact as control. Each repair specimen was sectioned into two; one group was repaired using the conventional repair method (Group 1). Two groups had an additional transverse cavity (2x3.5x21.5 mm) prepared prior to the repair; one repaired with (Group 2) and one without glass-fiber reinforcement (Group 3). A three-point flexural bending test according to the ISO 1567:1999 specification8 for denture base polymers was carried out on all groups after 1, 7 and 30 days of water immersion. Statistical analysis was carried out using two-way ANOVA, Kruskal Wallis and post-hoc Mann Whitney tests. RESULTS: The highest flexural strength was observed in the control group. Control and conventional repairs group (Group 1) showed reduction in the flexural strength 30 days after water immersion. No significant change in the strength was observed for Groups 2 and 3 where the repair joints were similarly prepared with additional transverse cavity. CONCLUSION: Repaired specimens showed lower flexural strength values than intact heat-curing resin. Cavity preparation had no significant effect on the flexural strength of repair with water immersion.

; Assessment of flexural strength of two self-curing acrylic resins containing pigment

Telles, Vicente; Brito, Raphael M. F.; Jurach, Estela M.; Nojima, Lincoln I.
Fonte: UNICAMP/FOP Publicador: UNICAMP/FOP
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 04/12/2015 Português
Relevância na Pesquisa
37.24%
; Aim: To assess the flexural strength of orthodontic acrylic resins from two different manufacturers (VIPI, OrtoCril versus Clássico, OrtoClas) by comparing pigmented resins to colorless ones. Methods: Resins of blue, yellow and green colors were studied. A total of 120 specimens were made and then divided into groups of 15 elements each, all having the same dimensions. Next, they were kept in aqueous medium until being subjected to mechanical testing. The flexural strength was tested in a universal test machine (EMIC DL 10000) in which the specimens were subjected to a gradual load until fracture occurred. Results: Pigmented resins had flexural strength values compatible with clinical use, being similar to those from colorless ones, except for OrtoClas green-colored and yellow-colored resins, which showed greater flexural strength. The OrtoClas green-colored resin was the most resistant to fracture (482.2 N), whereas the OrtoCril colorless resin was the least resistant (368.4 N). All OrtoClas resins showed higher strength values compared to OrtoCril resins of same color, except for the OrtoCril’s blue-colored resin, which presented higher flexural strength than that of the other trademark. Conclusions: The use of pigments seems to have no effect on decreasing the flexural strength of self-curing acrylic resins. Therefore...