Página 1 dos resultados de 198 itens digitais encontrados em 0.024 segundos

Variantes genéticas de risco para a dependência de crack/cocaína: estudo de associação do tipo gene candidato e epistasia; Genetic risk variants for crack/cocaine dependence:gene candidate association study and epistasis

Negrão, André Brooking
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/03/2012 Português
Relevância na Pesquisa
47.52178%
O uso da cocaína e do crack tornou-se um problema de saúde pública importante no Brasil por conta de prejuízos significativos do ponto de vista médico, psicológico e social que ele acarreta. Estudos de gêmeos e, em famílias, sugerem que a dependência de cocaína é uma doença complexa, com participação importante de fatores genéticos. Os estudos genéticos sobre usuários de cocaína são poucos e padecem de problemas metodológicos, tais como, amostras pequenas, com alto grau de miscigenação populacional e um número limitado de marcadores genéticos pesquisados. Além disto, há pouco sendo feito no sentido de verificar como os genes já associados à dependência de cocaína interagem entre si, ou seja, de investigações sobre a epistasia genética. Com o intuito de aprofundar a investigação dos aspectos biológicos da dependência de cocaína, nós estudamos, através de um estudo casocontrole, uma amostra de inicial de 746 pacientes dependentes de crack/cocaína hospitalizados em clínicas especializadas para o tratamento de dependência química na cidade de São Paulo, que foram comparados a 891 controles normais, sem história prévia de abuso ilegal de substâncias. Os objetivos desta tese foram: 1) verificar a associação de três polimorfismos (rs1803274...

Espessamento primário do sistema caulinar em Poales: morfologia, anatomia e expressão do gene scarecrow; Stem primary thickening in Poales: morphology, anatomy and expression of scarecrow gene

Elbl, Paula Maria
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 09/11/2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.027795%
Após o estabelecimento do crescimento axial, promovido pelos meristemas apicais, em monocotiledôneas surge abaixo do meristema apical caulinar, uma região entre o córtex e o cilindro central que promove o crescimento em espessura. Este crescimento é promovido através da adição de tecidos vasculares (centripetamente) e de tecidos parenquimáticos (centrifugamente). Durante muitos anos este espessamento foi denominado e interpretado de diferentes formas, sendo demonstrado como um único meristema denominado de meristema de espessamento primário com atividade bidirecional. Recentemente, pesquisas demonstram que o espessamento primário em caule é promovido pela atividade de dois tecidos, a endoderme e o periciclo, ambos em atividade meristemática. Com o intuito de trazer à tona informações detalhadas sobre estes dois tecidos que compõem esta zona meristemática, assim como o seu funcionamento e origem, o Capítulo I traz informações morfológicas e anatômicas detalhadas do caule de 16 espécies de Tillandsioideae (Bromeliaceae). Os representantes escolhidos para esta análise foram os gêneros Alcantarea, Tillandsia e Vriesea que possuem uma ampla variação morfológica permitindo, assim, comparar entre eles o processo de espessamento do caule. Demostrou-se ser a endoderme e o periciclo os tecidos...

Investigação dos mRNAs de Fusão do Gene TMPRSS2/ERG em Pacientes com Câncer de Próstata.; Investigation of mRNAs of the Fusion Gene TMPRSS2/ERG in Patients with Prostate Cancer in Brazil.

Souza, Bruna Ferreira de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/04/2013 Português
Relevância na Pesquisa
37.050112%
O interesse científico em rearranjos gênicos relacionados com a etiogênese e progressão do câncer relaciona-se, principalmente, à descoberta da fusão BCR/ABL na Leucemia Mieloide Crônica, sendo que desde então, houve uma evolução no manejo dessa doença, instigando uma série de estudos correlatos em outras neoplasias. Essas pesquisas culminaram no encontro do primeiro rearranjo gênico em tumores sólidos, o gene de fusão TMPRSS2/ERG, envolvendo a região promotora do gene da serina protease, o TMPRSS2, e o gene da família de fatores de transcrição ETS, o ERG. Ele é específico de adenocarcinoma da próstata, o que o torna forte candidato a biomarcador e já demonstra exercer papel de destaque no manejo clínico do câncer de próstata (CaP), tal qual o exercido pela fusão BCR/ABL. Sua frequência têm se mostrado associada a diversos fatores, sobretudo à etnia de origem. Indivíduos portadores de CaP oriundos de diversos países já foram estudados quanto à frequência dessa fusão e o resultado é bastante diversificado. No Brasil, entretanto, ainda não há dados a respeito desse rearranjo, e este trabalho visa contribuir para a identificação da frequência da mesma e sua contribuição para o diagnóstico e o tratamento do CaP no país. Para tal...

Desenvolvimento de um sistema de expressão em Metarhizium anisopliae baseado no promotor homólogo do gene tef-1 α

Nakazato, Luciano
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.969106%
Vetores de expressão são ferramentas moleculares úteis para investigar a função de genes tanto em sistemas procarióticos quanto eucarióticos. O fungo Metarhizium anisopliae, utilizado no controle biológico de artrópodes, é bem caracterizado em nível molecular. Genes candidatos a participar do processo de infecção de hospedeiros tem sido isolados utilizando estratégias em que o gene candidato é predefinido (enzimas hidrolíticas, por exemplo) ou estratégias mais globais como projetos de ESTs e a análise de bibliotecas de subtração. A superexpressão tem sido o método adotado para verificar a participação de genes isolados no processo de infecção. Esta estratégia tem sido baseada no promoter heterólogo PgpdA de Aspergillus nidulans. Neste trabalho, o gene que codifica o fator de alongamento de tradução tef-1 α de Metarhizium anisopliae foi clonado e a sua região promotora foi localizada e utilizada na construção de um vetor de expressão. Somente uma cópia do gene tef-1α está presente no genoma de M. anisopliae e o seu perfil de expressão foi analisado. Uma árvore filogenética foi construída baseada nos ortógos de tef-1 α e mostrou uma alta correlação com o fungo Cordyceps taii. A região de 639 pb à montante do codon de iniciação (ATG) foi utilizada com sucesso para a expressão do gene repórter sGFP e do gene bar...

Efeito de polimorfismos no gene LEP na expressão da leptina em adipócitos de bovinos de corte

Passos, Daniel Thompsen
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.004832%
Os caracteres produtivos são normalmente influenciados por muitos fatores, sendo difícil determinar todos os locos envolvidos em um fenótipo específico. Por isso, a seleção animal tem se baseado principalmente em uma estimativa direta ou indireta do fenótipo. A leptina é um importante regulador do metabolismo energético, da adiposidade e da reprodução. E por desempenhar diferentes funções, pode ser considerado um bom gene candidato para o estudo de associações entre marcadores moleculares e a eficiência reprodutiva ou ganho de peso. Em várias espécies, têm sido descritos diversos polimorfismos no gene da leptina, influenciando o ganho de peso, a reprodução, e outras características produtivas. Em bovinos, o STR IDVGA51 e o SNP LEPSau3A1, foram descritos por afetarem a performance reprodutiva, os alelos IDVGA51*181 e LEPSau3A1*2 estando associados a um aumento no intervalo entre partos de 79 e 81 dias, respectivamente, e os STRs BMS1074 e BM1500 afetam o ganho de peso, em vacas, no pós-parto: os alelos BMS1074*151 e BM1500*135 reduzindo e aumentando, respectivamente, o ganho de peso diário. Para confirmar o efeito ou não destes alelos na expressão do gene da leptina, este trabalho comparou os níveis de mRNA de leptina em animais portadores e não portadores dos alelos IDVGA51*181...

Mutações e polimorfismos do gene do receptor do hormônio folículo estimulante e associação com falência ovariana prematura

Vilodre, Luiz Cezar Fernandes
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.055596%
A falência ovariana prematura (FOP) é uma patologia rara, definida como a falência da função ovariana antes dos 40 anos de idade, causando amenorréia, hipogonadismo e níveis elevados de gonadotrofinas. Na maioria dos casos, apresenta-se na forma esporádica, pois apenas 5% apresentam história familial. Com relativa freqüência, a causa etiológica não é obtida, sendo então denominada de idiopática. Entre as causas conhecidas estão as alterações dos genes ligados ao cromossomo X e cromossomos autossômicos, doenças autoimunes, alterações tóxicas e iatrogênicas. Vários estudos têm sugerido que a FOP possa ser uma desordem genética, sendo o gene do receptor do FSH (FSHR) considerado um dos principais genes candidato. A primeira mutação inativadora do gene do receptor do FSH (FSHR) foi descrita por Aittomaki et al., 1995, em mulheres de famílias finlandesas que apresentavam amenorréia primária e uma mutação em ponto C566T no exon 7. Posteriormente, outras mutações inativadoras foram descritas: Ile169Thr e Arg573Cys (BEAU et al.,1998), Asp224Val e Leu601Val (TOURAINE et al.,1999), Ala419Thr (DOHERTY et al., 2002), Pro348Arg (ALLEN et al., 2003) e Pro519Thr (MEDURI et al., 2003). Por outro lado, duas variantes polimórficas...

Efeito do haplótipo -866A / 55VAL / INS constituído por três polimorfismos no gene da proteína desacopladora 2 (UCP2) na expressão deste gene na retina humana

Souza, Bianca Marmontel de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.074863%
Está bem definido que fatores genéticos têm um papel importante no desenvolvimento do diabetes mellitus (DM) tipo 2 e de suas complicações crônicas. Sendo assim, grandes esforços têm sido feitos para identificar os genes associados com estas doenças. A proteína desacopladora 2 (UCP2) é expressa em diversos tecidos e atua na proteção contra o estresse oxidativo e na regulação da secreção de insulina pelas células-beta pancreáticas e do metabolismo dos ácidos graxos, mecanismos associados com o DM tipo 2, bem como com suas complicações crônicas. Dessa forma, o gene UCP2 é um gene candidato ao desenvolvimento destas doenças. Recentemente, nós relatamos que o haplótipo -866A / 55Val / Ins, constituído pelos polimorfismos - 866G/A, Ala55Val e Ins/Del no gene UCP2, foi associado com risco aumentado para retinopatia diabética (RD) proliferativa, a forma mais severa de RD, em pacientes com DM tipo 1 e 2. No presente estudo, nós avaliamos os efeitos deste haplótipo, bem como dos polimorfismos que o constituem, na expressão do gene UCP2 na retina humana. Nós também avaliamos a expressão do gene MnSOD2, o qual codifica uma enzima antioxidante, de acordo com os diferentes haplótipos e polimorfismos estudados no gene UCP2. Este estudo transversal incluiu 188 doadores cadavéricos de córneas...

Polimorfismo K121Q do gene ENPP1 e cardiopatia isquêmica em pacientes com diabete melito; ENPP1 K121Q polymorphism and ischemic heart disease in diabetic patients

Moehlecke, Milene; Kramer, Caroline Kaercher; Leitão, Cristiane Bauermann; Krahe, Ana L. D.; Balbosco, Ivaldir; Azevedo, Mirela Jobim de; Gross, Jorge Luiz; Canani, Luis Henrique Santos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.027795%
Fundamento: O gene ecto-nucleotídeo pirofosfatase/fosfodiesterase 1 (ENPP1) é um gene candidato à resistência insulínica. A resistência à insulina é um componente importante da síndrome metabólica e tem sido implicada no desenvolvimento de doença cardíaca isquêmica (DCI). Objetivo: Avaliar a associação entre o polimorfismo K121Q do gene ENPP1 e a presença da DCI em pacientes caucasianos com diabete melito (DM) tipo 2. Métodos: Estudo transversal foi realizado em pacientes com DM tipo 2 (n=573; 50,6% homens; idade 59,5±10,4 anos). DCI foi definida pela presença de angina ou infarto agudo do miocárdio pelo questionário cardiovascular da Organização Mundial da Saúde e/ou alterações compatíveis no ECG (código Minnesota) ou cintilografia miocárdica. O polimorfismo K121Q foi genotipado através da técnica de PCR e digestão enzimática. Resultados: DCI esteve presente em 209 (36,5%) pacientes. A frequência dos genótipos KK, KQ e QQ entre os pacientes com DCI foi 60,8%, 34,4% e 4,8%, semelhante à distribuição dos genótipos entre os pacientes sem DCI (64,0%, 32,7% e 3,3%, P = 0,574). Não se observou diferença nas características clínicas ou laboratoriais entre os três genótipos, nem em relação à presença de síndrome metabólica. Conclusão: Nenhuma associação foi encontrada entre o polimorfismo K121A do gene ENPP1 e a presença de DCI ou características fenotípicas de resistência insulínica. (Arq Bras Cardiol 2010; 94(2) : 168-173).; Background: The ecto-nucleotide pyrophosphatase/phosphodiesterase 1 (ENPP1) gene is a candidate gene for insulin resistance. Insulin resistance is a major component of metabolic syndrome (MetS) and has been implicated in ischemic heart disease (IHD). Objective: To evaluate the association between the K121Q polymorphism of the ENPP1 gene and IHD in white patients with type 2 diabetes mellitus (DM). Methods: A cross-sectional study was performed in type 2 DM patients (n = 573...

O gene PHF21B como candidato a predisposição familia em familial em cânceres de cabeça e pescoço

Bertonha, Fernanda Bernardi
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 65 f.
Português
Relevância na Pesquisa
37.6995%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Ciências Biológicas (Genética) - IBB; Os carcinomas de células escamosas de cabeça e pescoço (CCECP) constituem 90% de todos os cânceres de cabeça e pescoço e estão associados a altas taxas de mortalidade, devido ao seu alto potencial infiltrativo. Este é o sexto tumor mais incidente na população Brasileira. Pouca atenção tem sido dada a fatores hereditários envolvidos em sua etiologia, mas estudos iniciais revelaram que os carcinomas orais tendem a se agregar em famílias. Evidências adicionais são fornecidas pela ocorrência de múltiplos tumores primários em pacientes com CCECP, pela associação com história familial, aparecimento precoce da doença e por membros afetados sem hábitos tabagista e etilista. Em estudos prévios do grupo foi descrita uma associação entre a perda de 22q e história familial de câncer em pacientes com CCECP, após análise citogenética, análise de LOH e PCR quantitativa em tempo real. O gene PHF21B (PHD finger protein 21B), mapeado em 22q13.31, codifica uma proteína reguladora transcricional e foi selecionado como um gene candidato associado a predisposição familial em CCECP. Os resultados da PCR quantitativa em tempo real mostraram associação estatisticamente significativa com relação à perda de seqüências do gene e história familial de câncer em parentes de 1º grau (P<0...

Estudo de genes candidatos em indivíduos brasileiros com dislexia; Study of dyslexia candidates genes in brazilian individuals

Maria Carolina Costa Melo Svidnicki
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/03/2011 Português
Relevância na Pesquisa
36.989148%
A dislexia é definida como um distúrbio, ou transtorno de aprendizagem na área da leitura, escrita e soletração, que ocorre apesar de uma adequada inteligência e oportunidade sociocultural. A etiologia desse distúrbio se deve, em parte, a um importante componente genético. Ao todo, nove loci no genoma foram identificados por meio de estudos de ligação, e sete genes proeminentes foram propostos como candidatos à dislexia: DYX1C1, KIAA0319, DCDC2, ROBO1, MRPL19, C2ORF3 e KIAA0319L, mas nenhuma mutação funcional nesses genes foi efetivamente relacionada com a causa do distúrbio até o momento. O objetivo deste estudo foi verificar a relação de dados moleculares com a manifestação do distúrbio em 49 famílias de escolares brasileiros com diagnóstico de dislexia. Para isso, foi investigada a presença de grandes deleções e duplicações em algumas regiões dos genes candidatos DCDC2, KIAA0319 e ROBO1 pela técnica de Multiplex Ligation-dependent Probe Amplification (MLPA), utilizando o kit SALSA MLPA P150 (MRC-Holland, Amsterdam, The Netherlands). E além disso, foi realizado um estudo de associação utilizando 4 SNPs (Single Nucleotyde polymorphisms) presentes no gene DYX1C1, que já haviam sido relacionados com o fenótipo na literatura. A técnica de MLPA foi aplicada pela primeira vez na pesquisa de mutações em genes candidatos para a dislexia...

Mapeamento fino de locos associados à resistência à mancha angular em feijão (Phaseolus vulgaris L.); Fine mapping of angular leaf spot resistance loci in common bean (Phaseolus vulgaris L.)

Paula Rodrigues Oblessuc
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/04/2013 Português
Relevância na Pesquisa
37.036455%
O feijão comum (Phaseolus vulgaris L.) é uma importante fonte de proteínas na dieta humana. A mancha angular (ALS), causada pelo fungo Pseudocercospora griseola (Sacc.) Crous & Braun, acarreta grandes prejuízos na produção do feijão. O melhoramento do feijoeiro busca ferramentas que agilizem a transferência de genes de resistência às doenças para cultivares em desenvolvimento. Assim, foi objetivo deste trabalho estudar os mecanismos genéticos e moleculares envolvidos na resposta do feijão à ALS, e com isso contribuir para o melhoramento dessa cultura. Primeiramente, QTLs (Quantitative Trait Locus) de resistência à ALS foram identificados utilizando a população de mapeamento UC (IAC-UNA x CAL 143) a partir do mapa genético previamente desenvolvido com marcadores microssatélites. O estudo quantitativo da severidade da ALS revelou distribuição normal e transgressiva na população UC, com resistência quantitativa observada em CAL 143. Ao todo foram mapeados sete QTLs em cinco diferentes grupos de ligação de feijão. Dentre estes, o loco ALS10.1 mostrou maior efeito (16% - 22%) e estabilidade nos três ambientes analisados: (1) condições naturais de infecção em época chuvosa de plantio; (2) condições naturais de infecção em época seca de plantio; e (3) condições controladas de infecção raça-específica em casa de vegetação. A região do loco ALS10.1 foi saturada com marcadores microssatélites...

Genetic requirements for Piwi-induced stable transgenerational gene silencing in Caenorhabditis elegans

Almeida, Miguel Duarte Dias de Vasconcelos, 1989-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.683494%
Tese de mestrado. Biologia (Biologia Evolutiva e do Desenvolvimento). Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2012; A descoberta, em 1998, da interferência por RNA (RNAi) revelou que pequenos RNAs não codificantes estão envolvidos no controlo da expressão genética. Atualmente, várias vias de RNAi são conhecidas em Eucariotas. Apesar de divergirem em muitos aspetos, todas possuem complexos regulatórios envolvendo uma proteína Argonauta e um pequeno RNA. O complexo Argonauta-pequeno RNA vai ligar-se a RNAs mensageiros (mRNAs) com sequência complementar. De seguida, a expressão do mRNA alvo será afetada, nomeadamente, o mRNA poderá ser degradado ou poderá ocorrer inibição da sua tradução. O silenciamento genético promovido pelas vias de RNAi pode também dar-se ao nível da cromatina. Nesse caso, há o recrutamento de complexos enzimáticos capazes de modificá-la. Assim, utilizando estas plataformas mecanísticas, as vias de RNAi regulam a expressão genética a vários níveis, tendo particular importância no controlo de elementos genéticos considerados egoístas ou parasíticos, como os elementos transponíveis (TEs). As proteínas Argonautas podem ser divididas em três subfamílias: a subfamília Ago...

Investigação do gene p53 de frangos expostos às aflatoxinas

Cruz,A.C.F.G.; Madruga,C.R.M.; Mallmann,C.A.; Moreira,E.L.T.; Botura,M.B.B.; Silva,G.D.S.; Batatinha,M.J.M.
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 Português
Relevância na Pesquisa
46.905903%
Identificou-se o efeito das aflatoxinas (AFs) sobre o gene p53 de frangos de corte, de linhagem comercial, separados em: grupo experimental, tratado (GT) com ração comercial contendo 2,8ppm de AFs totais durante 21 dias consecutivos, e grupo-controle (GC), sem exposição às AFs. Macroscopicamente, as alterações caracterizaram-se por hepatomegalia e aspecto pálido-amarelado com alguns focos hemorrágicos e, histologicamente, por desarranjo trabecular, pleomorfismo hepatocítico com cariomegalia, degeneração vacuolar intracitoplasmática, necrose com infiltração linfocítica e hiperplasia de ductos biliares. A PCR com os primers GSPT53c-1 com base no gene candidato a p53 (GenBank XM_424937.2) gerou um produto de aproximadamente 350 pares de base. O amplicon sequenciado a partir do DNA dos frangos do GT não apresentou mutação ou deleção, assim como padrão de bandas do PCR-RFLP não foi distinto entre ambos os grupos experimentais e a sequência depositada no banco de genes. Os resultados sugerem que não ocorreu transversão devido à exposição às AFs no fragmento amplificado. Conclui-se que a PCR-RFLP e o sequenciamento do produto da PCR não são ferramentas apropriadas para diagnóstico da exposição de frangos às AFs nas condições experimentais empregadas.

Estudo da associação entre um SNP do gene PPARGC1A com espessura de gordura subcutânea, área de olho de lombo e peso aos 18 meses em uma população de bovinos da raça Canchim.

TIZIOTO, P. C.; VENERONI, G. B.; MEIRELLES, S. L.; IBELLI, A. M. G.; OLIVEIRA, H. N.; ALENCAR, M. M. de; REGITANO, L. C. de A.
Fonte: In: WORKSHOP DA REDE GENÔMICA ANIMAL, 1., 2009, Fortaleza. Anais... Fortaleza, Rede Genômica Animal, 2009 Publicador: In: WORKSHOP DA REDE GENÔMICA ANIMAL, 1., 2009, Fortaleza. Anais... Fortaleza, Rede Genômica Animal, 2009
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
36.969106%
O Canchim é uma raça composta (5/8 Charolês 3/8 Zebu), que vem sendo cada vez mais incorporada como opção para produção de carne no Brasil, entretanto esta possui pouca gordura de cobertura. A quantidade e distribuição de gordura têm um importante impacto na qualidade da carcaça e carne de bovinos de corte. O gene PPARGC1A (peroxisome proliferative active receptor gamma coactivator 1A) tem sido elencado como candidato para características de gordura. Este é um coativador do subconjunto de genes de fosforilação oxidativa que controla o transporte e oxidação de glicose e lipídeos. Estudos têm identificado SNPs neste gene e relacionado com deposição de gordura no leite e características de gordura em suínos. O objetivo deste trabalho foi testar a associação de um polimorfismo do gene PPARGC1A com espessura de gordura, área de olho de lombo e peso aos 18 meses em bovinos da raça Canchim. Foram utilizados 610 animais, incluindo machos e fêmeas, nascidos entre os anos de 2003 a 2006, criados em regime de pastagem em oito fazendas situadas nos estados de SP e GO. Estes animais foram avaliados para espessura de gordura subcutânea e área de olho de lombo através de medidas ultra-sonográficas e pesados aos 18 meses de idade. As extrações de DNA foram realizadas a partir de leucócitos. O SNP localizado no intron 9 do gene PPARGC1A foi genotipado pela técnica PCR-RFLP. Como um dos primers utilizado na PCR foi marcado com fluorescência...

Prospecção de SNPs no gene TNFa e sua possível associação à verminose gastrintestinal em caprinos.

DONATONI, F. A. B.; TIZIOTO, P. C.; VIEIRA, L. da S.; ZAROS, L. G.; MEIRELLES, S. L.; REGITANO, L. C. de A.
Fonte: In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE MELHORAMENTO ANIMAL, 9., 2012, João Pessoa. Anais... João Pessoa: SBMA, 2012. 3 f. 1 CD-ROM. Publicador: In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE MELHORAMENTO ANIMAL, 9., 2012, João Pessoa. Anais... João Pessoa: SBMA, 2012. 3 f. 1 CD-ROM.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
47.00483%
Resumo: O objetivo desse estudo foi investigar a associação entre marcadores moleculares do tipo SNP (Polimorfismo de base única) prospectados no gene TNFa (fator de necrose tumoral alfa) e resistência à verminose gastrintestinal em caprinos. Para isso, foram produzidos 229 caprinos a partir de animais das raças Saanen, raça considerada susceptível a endoparasitas gastrintestinais e Anglo-nubiana, raça considerada resistente. Para a prospecção de SNPs, foram sequenciados 44 animais extremos para OPG (contagem de ovos por grama de fezes) escolhidos a partir dos resíduos obtidos através do modelo estatístico usado para corrigir os dados fenotípicos para as variações ambientais. O sequenciamento inclui quatro regiões do gene TNFa. Nestas regiões, foram encontrados dez SNPs: dois estão localizados na região promotora do gene, dois no intron 2 e seis no exon 4. Através da aplicação do teste de Fisher foi encontrada uma associação de cinco dos SNPs prospectados ( P ? 0,05), o que indica que esses SNPs são potenciais marcadores moleculares para resistência à verminose gastrintestinal. Prospection of SNPs in TNFa gene and possible association with gastrointestinal endoparasites resistance Abstract: The aim of this study was to investigate the association between prospected molecular markers...

Análise haplotípica do gene ASAP1 associado com maciez de carne em bovinos da raça Nelore.

TIZIOTO, P. C.; THOLON, P.; MUDADU, M. de A.; BRESSANI, F. A.; REDE BIFEQUALI; REGITANO, L. C. de A.
Fonte: In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE MELHORAMENTO ANIMAL, 9., 2012, João Pessoa. Anais... João Pessoa: SBMA, 2012. Publicador: In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE MELHORAMENTO ANIMAL, 9., 2012, João Pessoa. Anais... João Pessoa: SBMA, 2012.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
46.85173%
A maciez da carne tem impacto importante na satisfação dos consumidores, portanto, o conhecimento da variação desta característica, assim como a prospecção de genes ou segmentos genômicos que influenciem a mesma, pode ajudar no desenvolvimento de critérios quantitativos e moleculares para seleção de bovinos de corte. A análise haplotípica com os SNPs do gene ASAP1 representados no Illumina BovineHD BeadChip mostram que estes marcadores estão associados com força de cisalhamento medida após 7 dias de maturação da carne nessa população da raça Nelore. A validação desses resultados em outras populações poderá contribuir para inclusão desses marcadores em programas de melhoramento da raça Nelore.; 2012

Prospecção de SNPs no gene TNFa e sua possível associação à verminose gastrintestinal em caprinos.

BRESSANI, F. A.; TIZIOTO, P. C.; VIEIRA, L.; ZAROS, L.; MEIRELLES, S. L.; REGITANO, L. C. de A.
Fonte: In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE MELHORAMENTO ANIMAL, 9., 2012, João Pessoa. Anais... João Pessoa: SBMA, 2012. Publicador: In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE MELHORAMENTO ANIMAL, 9., 2012, João Pessoa. Anais... João Pessoa: SBMA, 2012.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 3 p.
Português
Relevância na Pesquisa
46.942603%
O objetivo desse estudo foi investigar a associação entre marcadores moleculares do tipo SNP (Polimorfismo de base única) prospectados no gene TNFa (fator de necrose tumoral alfa) e resistência à verminose gastrintestinal em caprinos. Para isso, foram produzidos 229 caprinos a partir de animais das raças Saanen, raça considerada susceptível a endoparasitas gastrintestinais e Anglo-nubiana, raça considerada resistente. Para a prospecção de SNPs, foram sequenciados 44 animais extremos para OPG (contagem de ovos por grama de fezes) escolhidos a partir dos resíduos obtidos através do modelo estatístico usado para corrigir os dados fenotípicos para as variações ambientais. O sequenciamento inclui quatro regiões do gene TNFa. Nestas regiões, foram encontrados dez SNPs: dois estão localizados na região promotora do gene, dois no intron 2 e seis no exon 4. Através da aplicação do teste de Fisher foi encontrada uma associação de cinco dos SNPs prospectados ( P ≤ 0,05), o que indica que esses SNPs são potenciais marcadores moleculares para resistência à verminose gastrintestinal.; 2012

Associação de genótipos PIT1 com características de crescimento em gado Canchim; Association of PIT1 genotypes with growth traits in Canchim cattle

Carrijo, Sônia Mara; Alencar, Maurício Mello de; Toral, Fábio Luiz Buranelo; Regitano, Luciana Correia de Almeida
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Publicador: Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2008 Português
Relevância na Pesquisa
36.969106%
Use of genetic markers can aid on the identification of animals with highest breeding values in beef cattle. The PIT1 gene codes for the Pit-1 transcription factor is essential for the activation of prolactin, growth hormone and PIT1 genes. This research is an investigation of the effect of PIT1-HinfI polymorphism on growth traits of 509 Canchim animals, from two lineages, GG1 and GG2. PIT1 genotypes were identified through PCR-RFLP. Genotype effect on phenotypic values for birth weight (BW), standardized weaning weight (W240), weight at 12 months of age (W365), and the average daily weight gain from birth to weaning (AGBW), and from weaning to 12 months of age (AGW12) were analyzed by the least squares method. Effects of the interaction between the animal's genetic group and PIT1 genotype for W240, AGBW and AGW12 were observed (P < 0.05). Differences between means of HinfI (-/-), HinfI (+/+) and HinfI (+/-) genotypes for W240 and AGBW were observed in GG2 (P < 0.05), revealing superiority of (-/-) genotype for those traits. Means for genotypes (+/+) and (+/-) for W240 and AGBW, did not differ from one another, suggesting a dominance effect of the HinfI (+) allele. The HinfI (-) allele had a favorable effect on W240 and AGBW in GG2...

A study on the growth hormone gene within a herd of female buffaloes of the Murrah breed (Bubalus bubalis); ESTUDO DO GENE DO HORMÔNIO DE CRESCIMENTO EM UMA POPULAÇÃO DE BÚFALAS DA RAÇA MURRAH (Bubalus bubalis)

D´Agostino Garrido, D. A.; Unesp Jaboticabal; Ferraz, A. L. J.; Unesp Jaboticabal; Tonhati, H.; Unesp Jaboticabal; Senna, J. D.; Unesp Jaboticabal; Otaviano, A. R.; Unesp Jaboticabal
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 23/02/2007 Português
Relevância na Pesquisa
47.05011%
The growth hormone is one of the main regulators for post-natal growth, and also plays a major role in the metabolism of mammals; it has been proposed as candidate gene for genetic identification markers on the following characteristics: growth, carcass, and milk production. Thus, the present study has focusedon observing the likely polymorphisms at the end of the 5´- flank region, firstly exon, and part of the first intron* of the growth hormone gene within a herd of female buffaloes of the Murrah breed. It has been done with a view to spotting future associations, such as characteristics of milk production and its constituents. In order to do that, blood samples of 115 female buffaloes have been used. Through a polimerasis chain reaction,a fragment of 450 pb has been enlarged, and it has been analyzed through the sequencing technique, and through the RFLP, utilizing restriction endonucleasis Ddel. As a result, the sequence of the nucleotides of the growth hormone of the female buffaloes will be submitted to the Genbank. Nevertheless, it has been noted that bubalines have showed monomorphism, in the region which was studied, towards the growth hormone gene.Therefore, it hasn´t been possible to quantify the action of this gene on the production of milk and its constituents.; O hormônio GH é um dos principais reguladores do crescimento pós-natal e do metabolismo em mamíferos...

ACTN3 gene and sports performance: a candidate gene to success in short and long duration events. 10.5007/1980-0037.2011v13n6p477; ACTN 3 e desempenho esportivo: um gene candidato ao sucesso em provas de curta e longa duração.DOI:10.5007/1980-0037.2011v13n6p477

Pasqua, Leonardo Alves; Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte. São Paulo, SP. Brasil.; Artioli, Guilherme Giannini; Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte. São Paulo, SP. Brasil.; Pires, Flávio d
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; "Avaliado por Pares","Artigo Solicitado"; review research; "Avaliado por Pares", "Artigo Solicitado"; Pesquisa em base de dados on line (PUBMED). Formato: application/pdf
Publicado em 04/11/2011 Português
Relevância na Pesquisa
37.01744%
The aim of the present study was to review the evidence on the relationship between the R577X polymorphism of the ACTN3 gene and sports performance. The Pubmed database was searched using ACTN3 gene AND sports performance as keywords. The ACTN3 gene encodes a muscle-specific protein, called α-actinin-3, which is only present in type II fibers. Most studies have demonstrated a relationship between the presence of α-actinin-3 and the ability of muscle to generate force. However, recent studies suggest that the absence of the functional form of this protein may regulate substrate utilization during exercise, giving priority to oxidative metabolism, sparing muscle glycogen, and improving performance in long-duration events. Nevertheless, further studies involving humans are needed to better understand the metabolic role of this protein.; O presente estudo revisou evidências acerca da relação entre o polimorfismo R577X do gene ACTN3 e o desempenho esportivo. Foram acessados estudos na base Pubmed através das palavras-chave: ACTN3 gene e sports performance. O gene ACTN3 codifica para uma proteína presente nas fibras musculares esqueléticas tipo II, a α-actinina-3. A maioria dos estudos demonstra uma relação entre a presença da α-actinina-3 e a capacidade de geração de força muscular. Porém...