Página 1 dos resultados de 115 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Fungicide resistance and genetic variability in plant pathogenic strains of Guignardia citricarpa; Resistência a fungicidas e variabilidade genética em linhagens patogênicas de plantas Guignardiacitricarpa

POSSIEDE, Y.M.; GABARDO, J.; KAVA-CORDEIRO, V.; GALLI-TERASAWA, L.V.; AZEVEDO, J.L.; GLIENKE, C.
Fonte: Sociedade Brasileira de Microbiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Microbiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
60.547305%
Citrus black spot (CBS) is a plant disease of worldwide occurrence, affecting crops in Africa, Oceania, and South America. In Brazil, climate provides favorable conditions and CBS has spread to the Southeast and South regions. CBS is caused by the fungus Guignardia citricarpa (anamorph: Phyllosticta citricarpa) and its control is based on the use of fungicides, such as benzimidazoles. In South Africa, the disease was kept under control for 10 years with benomyl, until cases of resistance to high concentrations of this fungicide were reported from all citrus-producing areas. Azoxystrobin (a strobilurin) has been found effective in controlling phytopathogens, including CBS, in a wide range of economically important crops. The present study investigated in vitro the effects of the fungicides benomyl and azoxystrobin on 10 strains of G. citricarpa isolated from lesions in citrus plants from Brazil and South Africa. Benomyl at 0.5 µg/mL inhibited mycelial growth in all strains except PC3C, of African origin, which exhibited resistance to concentrations of up to 100.0 µg/mL. The spontaneous mutation frequency for resistance to benomyl was 1.25 ´ 10-7. Azoxystrobin, even at high concentrations, did not inhibit mycelial growth in any of the strains...

High molecular diversity of the fungus Guignardia citricarpa and Guignardia mangiferae and new primers for the diagnosis of the citrus black spot

STRINGARI, Danyelle; GLIENKE, Chirlei; CHRISTO, Daniel de; MACCHERONI JR., Walter; AZEVEDO, João Lucio de
Fonte: Tecpar Publicador: Tecpar
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
61.084004%
RAPD markers were used to investigate the distribution of genetic variability among a group of Guignardia citricarpa, G. mangiferae, and Phyllosticta spinarum isolates obtained from several hosts in Brazil, Argentina, Mexico, Costa Rica, Thailand, Japan, United States and South Africa. Pathogenic isolates G. citricarpa Kiely (anamorph form P. citricarpa McAlp Van Der Aa) are the etiological agent of the Citrus Black Spot (CBS), a disease that affects several citric plants and causes substantial injuries to the appearance of their fruits, thus preventing their export. Several previous studies have demonstrated the existence of an endophytic species with high morphological similarity to the causal agent of CBS that could remain latent in the same hosts. Consequently, the identification of the plants and fruits free from the causal agent of the disease is severely hampered. The RAPD analysis showed a clear discrimination among the pathogenic isolates of G. citricarpa and endophytic isolates (G. mangiferae and P. spinarum). In addition, a Principal Coordinate Analysis (PCO) based on a matrix of genetic similarity estimated by the RAPD markers showed four clusters, irrespective of their host or geographical origin. An Analysis of Molecular Variance (AMOVA) indicated that 62.8% of the genetic variation was found between the populations (G. citricarpa...

Dinâmica temporal e espacial da mancha preta (Guignardia citricarpa) e quantificação dos danos causados à cultura dos citros.; Temporal and spatial dynamics of citrus black spot (Guignardia citricarpa) and quantification of the damages caused to citrus culture.

Sposito, Marcel Bellato
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/01/2004 Português
Relevância na Pesquisa
70.725664%
A mancha preta dos citros (MPC), incitada pelo fungo Guignardia citricarpa, causa lesões em frutos depreciando-os para a comercialização no mercado interno de fruta fresca, restringindo-os para a exportação e pode causar queda prematura. Para auxiliar nos estudos epidemiológicos, foi desenvolvida uma escala diagramática para a severidade da MPC que contempla os dois tipos de sintomas usualmente observados no campo, “mancha dura”, cujos valores variam entre 0,5 e 49,0%, e “falsa melanose”, cujos valores variam entre 1,1 e 68%. O grau de suscetibilidade das variedades cítricas ‘Hamlin’, ‘Pera’ e ‘Valência’ à MPC foi avaliado em pomar comercial, sob infecção natural. O modelo monomolecular ajustou-se às curvas de progresso da incidência e da severidade da doença para as três variedades. Não houve diferença estatística significativa entre as taxas de progresso da MPC, concluindo-se que as três variedades possuem o mesmo grau de suscetibilidade à doença. O agente causal da MPC em sua fase epidêmica forma ascósporos e conídios. Os ascósporos, formados em folhas em decomposição no solo, são disseminados a curtas e longas distâncias pela ação do vento. Os conídios, formados em ramos e frutos fixados à planta...

A new method for inoculation of fruit with Guignardia citricarpa, the causal agent of citrus black spot

Baldassari, Ricardo B.; Reis, Renato F.; de Goes, Antonio
Fonte: Springer Publicador: Springer
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
59.94161%
Citrus black spot (CBS) is a fungal disease, caused by Guignardia citricarpa, that has a high economic impact on citrus. Although G. citricarpa has been associated with black spot of citrus, an adequate pathogenicity test is still not available. Thus, our objective was to develop and evaluate a simple, safe, and practical pathogenicity test. We used fruits from Pera-Rio and Valencia sweet orange trees from two different orchards, located in the State of São Paulo, Brazil. Inoculation was performed by placing six disks colonized by G. citricarpa, onto the peel of healthy fruits, previously bagged. In the Pera-Rio sweet orange grove, initial symptoms of the false melanose type resulting from the inoculations were observed 55 days after inoculation (dai). In the Valencia grove, initial symptoms also of the false melanose type resulting from the inoculations occurred 73 dai. A total of 92.8% and 86.6% of the Pera Rio and Valencia fruits inoculated, respectively, showed symptoms of CBS. Citrus black spot symptoms were not observed in any of the control fruits.

Reação de laranjeiras-doces quanto à resistência a Guignardia citricarpa

Sousa, Patrícia Ferreira Cunha; Goes, Antonio de
Fonte: Sociedade Brasileira de Fruticultura Publicador: Sociedade Brasileira de Fruticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 718-725
Português
Relevância na Pesquisa
60.246562%
O objetivo deste trabalho foi determinar o comportamento de variedades de laranjas-doces quanto à resistência a Guignardia citricarpa, agente causal da mancha preta dos citros (MPC). Os ensaios foram conduzidos em dois campos, nos municípios de Rincão e Tambaú, SP. As mudas foram formadas em viveiro localizado na Estação Experimental de Citricultura de Bebedouro-SP. Para tal, foram utilizadas borbulhas de plantas cítricas existentes no Banco Ativo de Germoplasma de Citros da Estação Experimental de Citricultura de Bebedouro (EECB), Bebedouro-SP. Avaliou-se a severidade da doença por meio de escala de notas, de zero (ausência de sintomas) a seis (sintomas severos). A partir de tais dados, foi calculado o valor do índice de doença (ID). em 2007, no experimento de Rincão, dentre as 65 variedades avaliadas, apenas 59 produziram frutos, sendo constatada ausência de sintomas da doença em Castellana, Maçã e Olivelands. Nas demais variedades, os níveis de severidade variaram de 0,35 para Grada a 3,0 para China SRA-547. Para Tambaú, os valores de severidade variaram de 0,40 para a variedade Cadenera a 2,46 para Pera. No ano de 2008, em Rincão, todas as variedades mostraram-se suscetíveis. Os níveis de severidade verificados variaram de 0...

Análise filogenética entre Citrus spp. e Guignardia spp

Pereira, Fernanda Dias
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: ix, 72 f. : il.
Português
Relevância na Pesquisa
61.150654%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Agronomia (Genética e Melhoramento de Plantas) - FCAV; A citricultura brasileira representa um importante segmento econômico na pauta de produtos agrícolas, não só por seu expressivo valor de produção, como por sua importância na geração de empregos diretos e indiretos. No mundo, o Brasil destaca-se como maior produtor de citros, e exportador de suco concentrado de laranja. Entretanto, a citricultura ressente-se de problemas complexos, de natureza diversa, com particular destaque para o de ordem fitossanitária. Dentre esses problemas destaca-se a Mancha Preta dos Citros (MPC), causada pelo fungo Guignardia citricarpa. A doença deprecia os frutos para o mercado in natura e restringe a possibilidade de exportação. Além disso, provoca a queda prematura dos frutos e eleva o custo de produção devido à necessidade de controle. O presente trabalho teve o objetivo de estabelecer relações filogenéticas entre Citrus spp. e Guignardia spp., entender a origem evolutiva do patossistema Citrus – G. citricarpa, bem como avaliar a ocorrência de G. citricarpa como patógeno em momentos distintos na história evolutiva de Citrus. Os dados filogenéticos foram gerados utilizando-se marcadores moleculares do tipo AFLP e sequenciamento da região ITS1-5.8S-ITS2...

Determinação do efeito curativo de infecções de Guignardia citricarpa em frutos cítricos mediante o emprego de fungicidas sistêmicos e mesostêmicos

Scaloppi, Eliana Mayra Torrecillas
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: vii, 88 f. : il.
Português
Relevância na Pesquisa
60.117017%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Agronomia (Produção Vegetal) - FCAV; Embora o Brasil seja o maior produtor de laranja a nível mundial, a produção citrícola ressente-se de vários problemas de natureza fitossanitária, entre estes a mancha preta dos frutos cítricos, causada por Guignardia citricarpa. Esse fungo além de depreciar comercialmente os frutos, pode levar à queda precoce de mais de 80% da produção. O controle baseia-se no uso de fungicidas, sendo importante determinar o período curativo em que estes produtos estão sendo mais eficientes. Neste trabalho foi determinado o período curativo do pyraclostrobim e do carbendazim, em duas etapas fisiológicas do desenvolvimento dos frutos, sendo a primeira na fase de de queda de pétalas até a 8a semana, e a segunda repetindo-se o tratamento, porém a partir da 9a semana após a queda das pétalas. Para tal, procedeu-se o tratamento dos frutos com os fungicidas, os quais foram aplicados sob a forma de imersão, durante 1 minuto, sendo posteriormente ensacados com sacos de papel cristal, e mantidos assim até a 42a semana. Na primeira etapa, os níveis de incidência e severidade nos frutos tratados com fungicidas foram baixos até a 4a semana de exposição às infecções naturais...

Produção de estruturas reprodutivas e efeito do ambiente nos tipos de sintomas produzidos por Guignardia citricarpa em Citrus spp

Nozaki, Márcia de Holanda
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: xviii, 85 f. : il.
Português
Relevância na Pesquisa
70.598535%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Agronomia (Produção Vegetal) - FCAV; A mancha preta dos citros (MPC) doença causada pelo fungo Guignardia citricarpa Kiely [anamorfo: Phyllosticta citricarpa (McAlp.)Van der Aa], deprecia comercialmente os frutos, causando sua queda prematura e elevando o custo de produção. Até o presente momento, informações acerca da etiologia da doença são escassas. Portanto, o presente trabalho teve como objetivos: (i) criar metodologias alternativas de obtenção da estrutura reprodutiva do fungo em laboratório; (ii) observar a taxa de germinação in vitro de conídios do fungo; (iii) estudar a influência da poda de plantas cítricas no campo sobre a expressão de sintomas de falsa melanose; (iv) e, a relação entre a presença de sintomas de ácaro da falsa ferrugem e sintomas do tipo mancha trincada em frutos cítricos. De maneira geral, tanto pseudotécios quanto ascósporos foram obtidos em maior número quando da utilização da metodologia de discos foliares autoclavados, bem como a maior expressão dos sintomas mediante inoculações através desta metodologia. Com os resultados obtidos...

Estudo comparativo do genoma e do transcriptoma de Phyllosticta citricarpa (fase sexual Guignardia citricarpa) agente da Mancha Preta dos Citros e Phyllosticta capitalensis

Pacheco, Inaiara de Souza
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 83 f.
Português
Relevância na Pesquisa
60.38578%
Pós-graduação em Ciências Biológicas (Genética) - IBB; Citrus black spot (CBP), caused by Phyllosticta citricarpa, is one of the most important citrus disease in the Brazilian citrus industry. However, the mechanisms of pathogenicity of this pathogen during the interactions with their hosts are poorly understood. P. citricarpa is frequently associated with P. capitalensis, which is morphologically similar to the endophytic specie. This feature difficults the differentiation of both species resulting in phytossanitary barriers for in natura fruit exportation. Moreover, their genomes were not fully sequenced yet and there is a lack of knowledge of their transcriptomes in different conditions. Thus, the overall objectives of this work were to evaluate and compare the genome and transcriptome of both species. The total genome sequence was 179,880,616 reads for P. citricarpa and 148,831,020 reads for P. capitalensis assembled in 19,143 and 11,080 contigs, respectively. There were predicted 16,267 ORFs for the pathogenic specie and 14,813 for the endophytic specie. P. citricarpa and P. capitalensis presented very similar amounts of genes. The transcriptomic sequence generated on average 74 billion of reads per biological repeat for each species. There were obtained 3...

Reação de laranjeiras-doces quanto à resistência a Guignardia citricarpa

Sousa,Patrícia Ferreira Cunha; Goes,Antonio de
Fonte: Sociedade Brasileira de Fruticultura Publicador: Sociedade Brasileira de Fruticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2010 Português
Relevância na Pesquisa
59.62082%
O objetivo deste trabalho foi determinar o comportamento de variedades de laranjas-doces quanto à resistência a Guignardia citricarpa, agente causal da mancha preta dos citros (MPC). Os ensaios foram conduzidos em dois campos, nos municípios de Rincão e Tambaú, SP. As mudas foram formadas em viveiro localizado na Estação Experimental de Citricultura de Bebedouro-SP. Para tal, foram utilizadas borbulhas de plantas cítricas existentes no Banco Ativo de Germoplasma de Citros da Estação Experimental de Citricultura de Bebedouro (EECB), Bebedouro-SP. Avaliou-se a severidade da doença por meio de escala de notas, de zero (ausência de sintomas) a seis (sintomas severos). A partir de tais dados, foi calculado o valor do índice de doença (ID). Em 2007, no experimento de Rincão, dentre as 65 variedades avaliadas, apenas 59 produziram frutos, sendo constatada ausência de sintomas da doença em Castellana, Maçã e Olivelands. Nas demais variedades, os níveis de severidade variaram de 0,35 para Grada a 3,0 para China SRA-547. Para Tambaú, os valores de severidade variaram de 0,40 para a variedade Cadenera a 2,46 para Pera. No ano de 2008, em Rincão, todas as variedades mostraram-se suscetíveis. Os níveis de severidade verificados variaram de 0...

Genetic variability in the endophytic fungus Guignardia citricarpa isolated from citrus plants

Glienke-Blanco,Chirlei; Aguilar-Vildoso,Carlos Ivan; Vieira,Maria Lúcia Carneiro; Barroso,Paulo Augusto Vianna; Azevedo,João Lúcio
Fonte: Sociedade Brasileira de Genética Publicador: Sociedade Brasileira de Genética
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2002 Português
Relevância na Pesquisa
70.113438%
During some phases of of their life-cycle endophytic fungi colonize plants asymptomatically being found most frequently inside the aerial part of plant tissues. After surface disinfection of apparently healthy leaves from three varieties of mandarin orange and one tangor, and after incubation on appropriate culture medium, 407 fungal isolates were obtained, giving a total infection frequency of 81%. No fungal growth was observed from disinfected seeds, indicating that fungi are probably not transmitted via seeds. Of the fungal isolates, 27% belonged to the genus Guignardia, with 12 isolates being identified as Guignardia citricarpa Kiely, which is described as a citrus pathogen. The isolates were variable in respect to the presence of sexual structures and growth rates. Most of the isolates produces mature asci, supporting the hypothesis that they are nonpathogenic endophytes, which recently were identified as G. mangiferae. High intraspecific genetic variability (an average similarity coefficient of 0.6) was detected using random amplified polymorphic DNA (RAPD) markers generated by seven different primers. The highest similarity coefficient (0.9) was between isolates P15 and M86 and the smallest (0.22) between isolates P15 and C145. These results did not allow us to establish an association between genetic similarity of the fungal isolates and the citrus varieties from which they were obtained.

High molecular diversity of the fungus Guignardia citricarpa and Guignardia mangiferae and new primers for the diagnosis of the citrus black spot

Stringari,Danyelle; Glienke,Chirlei; Christo,Daniel de; Maccheroni Jr.,Walter; Azevedo,João Lucio de
Fonte: Instituto de Tecnologia do Paraná - Tecpar Publicador: Instituto de Tecnologia do Paraná - Tecpar
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2009 Português
Relevância na Pesquisa
60.6539%
RAPD markers were used to investigate the distribution of genetic variability among a group of Guignardia citricarpa, G. mangiferae, and Phyllosticta spinarum isolates obtained from several hosts in Brazil, Argentina, Mexico, Costa Rica, Thailand, Japan, United States and South Africa. Pathogenic isolates G. citricarpa Kiely (anamorph form P. citricarpa McAlp Van Der Aa) are the etiological agent of the Citrus Black Spot (CBS), a disease that affects several citric plants and causes substantial injuries to the appearance of their fruits, thus preventing their export. Several previous studies have demonstrated the existence of an endophytic species with high morphological similarity to the causal agent of CBS that could remain latent in the same hosts. Consequently, the identification of the plants and fruits free from the causal agent of the disease is severely hampered. The RAPD analysis showed a clear discrimination among the pathogenic isolates of G. citricarpa and endophytic isolates (G. mangiferae and P. spinarum). In addition, a Principal Coordinate Analysis (PCO) based on a matrix of genetic similarity estimated by the RAPD markers showed four clusters, irrespective of their host or geographical origin. An Analysis of Molecular Variance (AMOVA) indicated that 62.8% of the genetic variation was found between the populations (G. citricarpa...

Fungicide resistance and genetic variability in plant pathogenic strains of Guignardia citricarpa

Possiede,Y.M.; Gabardo,J.; Kava-Cordeiro,V.; Galli-Terasawa,L.V.; Azevedo,J.L.; Glienke,C.
Fonte: Sociedade Brasileira de Microbiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Microbiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2009 Português
Relevância na Pesquisa
60.035176%
Citrus black spot (CBS) is a plant disease of worldwide occurrence, affecting crops in Africa, Oceania, and South America. In Brazil, climate provides favorable conditions and CBS has spread to the Southeast and South regions. CBS is caused by the fungus Guignardia citricarpa (anamorph: Phyllosticta citricarpa) and its control is based on the use of fungicides, such as benzimidazoles. In South Africa, the disease was kept under control for 10 years with benomyl, until cases of resistance to high concentrations of this fungicide were reported from all citrus-producing areas. Azoxystrobin (a strobilurin) has been found effective in controlling phytopathogens, including CBS, in a wide range of economically important crops. The present study investigated in vitro the effects of the fungicides benomyl and azoxystrobin on 10 strains of G. citricarpa isolated from lesions in citrus plants from Brazil and South Africa. Benomyl at 0.5 µg/mL inhibited mycelial growth in all strains except PC3C, of African origin, which exhibited resistance to concentrations of up to 100.0 µg/mL. The spontaneous mutation frequency for resistance to benomyl was 1.25 ´ 10-7. Azoxystrobin, even at high concentrations, did not inhibit mycelial growth in any of the strains...

Caracterização morfofisiológica e identificação molecular de isolados de Guignardia citricarpa, agente patogênico da mancha preta dos citros

Caixeta,Marilda Pereira; Corazza,Maria Júlia; Oliveira,Ricardo Ribeiro de; Zanutto,Carlos Alexandre; Nunes,William Mário de Carvalho; Vida,João Batista
Fonte: Editora da Universidade Estadual de Maringá - EDUEM Publicador: Editora da Universidade Estadual de Maringá - EDUEM
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2008 Português
Relevância na Pesquisa
59.81206%
O presente trabalho teve como objetivo identificar 11 isolados de Guignardia citricarpa, agente causal da mancha preta dos citros (MPC), obtidos de frutas cítricas sintomáticas de diferentes regiões geográficas, por meio da PC R e caracterização morfofisiológica das estruturas propagativas, esporulação e crescimento micelial em diferentes meios de cultura, temperaturas e regimes de luz, nas condições de laboratório. Pelo teste de PCR, todos os isolados foram identificados como o patógeno G. citricarpa. Os isolados caracterizados foram submetidos às temperaturas de 20, 25 e 30ºC, em regime de luz contínua, escuro contínuo e fotoperíodos de 12 horas, durante 24 dias. Utilizaram-se os meios de cultura aveia-ágar (AA), batata-dextrose-ágar (BDA) e cenoura-dextrose-ágar (CDA). Os resultados mostraram que ocorreu interação entre os diferentes meios de cultura, temperaturas e fotoperíodos. O meio de cultura que melhor estimulou o crescimento micelial foi o CDA a 25ºC sob o fotoperíodo de 12h. A maior produção de esporos (conídios) foi verificada no meio BDA a 20ºC, no fotoperíodo de 12 horas. No meio CDA, não ocorreu esporulação de nenhum isolado. Sob a temperatura de 30ºC, foi verificada apenas a produção de hifas e picnídios para a maioria dos isolados...

Agrobacterium-mediated transformation of Guignardia citricarpa: an efficient tool to gene transfer and random mutagenesis

RODRIGUES, M. B. C.; FAVARO, L. C. de L.; PALLU, A. P. de S.; FERREIRA, A.; SEBASTIANES, F. de S.; RODRIGUES, M. J. C.; SPÓSITO, M. B.; ARAÚJO, W. L. de; PIZZIRANI-KLEINER, A. A.
Fonte: Fungal Biology, Oxford, v. 117, n. 7/8, p. 556?568, jul./ago., 2013 Publicador: Fungal Biology, Oxford, v. 117, n. 7/8, p. 556?568, jul./ago., 2013
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Formato: 556-568
Português
Relevância na Pesquisa
70.340127%
Guignardia citricarpa is the causal agent of Citrus Black Spot (CBS), an important disease in Citriculture. Due to the expressive value of this activity worldwide, especially in Brazil, understanding more about the functioning of this fungus is of utmost relevance, making possible the elucidation of its infection mechanisms, and providing tools to control CBS. This work describes for the first time an efficient and successful methodology for genetic transformation of G. citricarpa mycelia, which generated transformants expressing the gene encoding for the gfp (green fluorescent protein) and also their interaction with citrus plant. Mycelia of G. citricarpa were transformed via Agrobacterium tumefaciens, which carried the plasmid pFAT-gfp, contains the genes for hygromycin resistance (hph) as well as gfp. The optimization of the agrotransformation protocol was performed testing different conditions (type of membrane; inductor agent concentration [acetosyringonee - AS] and cocultivation time). Results demonstrated that the best condition occurred with the utilization of cellulose?s ester membrane; 200µM of AS and 96 h as cocultivation time. High mitotic stability (82 %) was displayed by transformants using Polymerase Chain Reaction (PCR) technique to confirm the hph gene insertion. In addition...

Diversidade genética e diagnóstico molecular de espécies de Guignardia e Phyllosticta endofíticas de hospedeiros de cultivo comercial e nativo

Fischer, Juliana Marta Muehlmann
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
60.69841%
Resumo: A citricultura brasileira destaca-se no cenario mundial do agronegocio. Entretanto, diversas doencas comprometem esta atividade, como a Mancha Preta dos Citros (MPC), causada pelo fungo Guignardia citricarpa. Por ser considerada praga quarentenaria A1 existem rigorosas barreiras fitossanitarias a aceitacao destes frutos, principalmente por parte de paises europeus. A existencia de fungos morfologicamente semelhantes ao patogeno, como e o caso de Phyllosticta capitalensis, dificulta o diagnostico de G. citricarpa. P. capitalensis e encontrado como endofitico cosmopolita em diversos hospedeiros e como patogeno em algumas especies vegetais. A presenca desta especie em culturas distintas e a coexistencia deste endofito com patogenos (como no caso de G. citricarpa em citros) tem sido alvo de questionamentos pela comunidade cientifica. A planta medicinal cambara (Vochysia divergens Pohl) e uma arvore nativa encontrada no Brasil no Pantanal do Mato Grosso do Sul. Apesar da importancia desta planta para este cossistema, pouco e conhecido sobre sua comunidade endofitica. Nenhum registro existe sobre a presenca do fungo P. capitalensis nestas plantas. Este trabalho teve como objetivo realizar um levantamento preliminar da distribuicao do patogeno G. citricarpa em pomares citricos do Parana...

Biofertilizer for control of Guignardia citricarpa, the causal agent of citrus black spot

Kupper, K. C.; Bettiol, W.; de Goes, A.; de Souza, P. S.; Bellotte, JAM
Fonte: Elsevier B.V. Publicador: Elsevier B.V.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 569-573
Português
Relevância na Pesquisa
60.035176%
Biofertilizers generated from the anaerobic and aerobic digestion of cattle manure, known as Bio1 and Bio2, respectively, were studied with regard to their microbial composition and effect on the mycelial growth of Phyllosticta citricarpa, the causal agent of citrus black spot (CBS). Two field experiments were conducted to determine the biofertilizer's potential (Bio1) in controlling CBS (2001/2002 and 2002/2003 crops). It was observed that the greatest number of microorganisms was found in the aerobically produced biofertilizer. Bio2 did not inhibit the mycelial growth of P. citricarpa. Mycelial growth of P. citricarpa was inversely proportional to the Bio1 biofertilizer concentration. In the 2001/2002 cropping season, the Biol effect in controlling CBS was directly proportional to its concentration, at the rate of 0 (healthy fruit), with R-2 = 0.88. Biol had a significant effect in controlling CBS, at a concentration of 10%, during the 2001/2002 cropping season, with DI values of 0.246 and 0.229 for the. 10 and 20% doses, respectively, compared to DI of 0.329 for the control. A directly proportional effect of the biofertilizer concentration on the percentage of fruits with a rating of zero was. also observed in the 2002/2003 cropping season...

Influência da temperatura e da luminosidade no desenvolvimento de Guignardia citricarpa, agente causal da mancha preta dos frutos cítricos

Timossi,Adriano J.; Goes,Antonio de; Kupper,Katia C.; Baldassari,Ricardo B.; Reis,Renato F. dos
Fonte: Sociedade Brasileira de Fitopatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Fitopatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2003 Português
Relevância na Pesquisa
59.81206%
O presente trabalho teve como objetivo avaliar sob condições de laboratório, o efeito de temperatura (15, 18, 20, 21, 24, 25, 27, 30, 33 e 35 ± 1 ºC) nas condições escuro, luz contínua e fotoperíodo 12/12 h, na produção de pseudotécios de isolados de Guignardia citricarpa, provenientes de regiões cítricolas dos Estados de São Paulo e Rio de Janeiro. Discos de folhas de limoeiro 'Cravo' (Citrus limonia), de 12 mm de diâmetro, foram autoclavados e depositadas (parte abaxial) na superfície do meio de cultura constituído por ágar-água 2%. Foram colocados quatro discos de folhas por placa onde, de forma conjunta e intercalar aos mesmos, depositaram-se dois discos obtidos de colônias de Phyllosticta citricarpa, com 21 dias de incubação. Foi, também, estudado o efeito da temperatura e do tempo de incubação (2, 8 e 16 h) na germinação dos ascósporos. Após 21 dias de incubação, a ótima temperatura ajustada pela função beta generalizada, para produção de pseudotécios deu-se a 26 e 22,5 a 27,5 °C, sob condição de escuro e de luz, respectivamente. Observou-se também produção de pseudotécios a 27 ºC em fotoperíodo 12/12 h. Em estudo complementar foi verificado que, aos 19 dias, a 27 ºC...

Natural colonization of leaves of 'Pêra' sweet orange and related varieties by Guignardia citricarpa

SCHINOR,EVANDRO H.; MOURÃO FILHO,FRANCISCO A. A.; AGUILAR-VILDOSO,CARLOS I.; TEÓFILO SOBRINHO,JOAQUIM
Fonte: Sociedade Brasileira de Fitopatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Fitopatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2002 Português
Relevância na Pesquisa
59.81206%
The purpose of this research was to evaluate the differences in the colonization and production of structures in the leaves of 'Pêra' sweet orange (Citrus sinensis) clones and related varieties by Guignardia citricarpa. The natural colonization and the production of reproductive structures in the leaves and in vitro of ten 'Pêra' sweet orange was quantified in the following clones: Bianchi, Dibbern C.V., EEL, IAC 2000, Olímpia 15161, Premunizada 1212, Premunizada 1743/82, R. Gullo 1569/244, R. Gullo 1570/246 and Vimusa; and in five related varieties: Redonda C.N, Ovale 968, Ovale San Lio 969, Lamb Summer and Corsa Tardia. The quantification of the colonization density of G. citricarpa in the leaves was obtained through isolation. Incidence and colonization density (cm²) were calculated for each clone. The production of reproductive structures was accomplished through the moistening and drying process of the leaves. The incidence (percentage of affected leaves) and the leaf surface percentage occupied by the reproductive fungus structures were quantified. The in vitro production of reproductive structures was accomplished in water-agar medium. The number of immature and total reproductive fungus structures (cm²), and the percentage of picnidia with liberation of spores were quantified. Significant differences were not observed among clones related to the colonization of the leaves. But there were differences in the induction experiments...

Indução da expressão precoce de sintomas de Guignardia citricarpa em frutos de laranjeira 'pêra-rio'

Baldassari,Ricardo Braga; Brandimarte,Ivan; Andrade,André Gustavo de; Souza,Danilo Cestari Gonçalves de; Moretto,Cristiane; Goes,Antonio de
Fonte: Sociedade Brasileira de Fruticultura Publicador: Sociedade Brasileira de Fruticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2007 Português
Relevância na Pesquisa
59.81206%
O presente trabalho teve por objetivo avaliar a influência de diferentes concentrações de ethephon na expressão precoce de sintomas de Guignardia citricarpa em frutos de laranjeira 'Pêra-Rio'. Para tal, frutos assintomáticos e isentos de aplicações com fungicidas, com 20 e 28 semanas após a queda de pétalas, foram coletados em área de comprovada existência da doença, no município de Conchal-SP e levados ao Laboratório de Fitopatologia da FCAV/UNESP, em Jaboticabal-SP, onde foram tratados com soluções nas seguintes doses de ethephon: i) 1,57 g L-1; ii) 2,10 g L-1; iii) 2,42 g L-1; iv) Testemunha (água). Todas acrescidas de imazalil a 0,25 g L-1, para prevenir podridões de pós-colheita. Após os tratamentos, os frutos foram mantidos em câmara incubadora para B.O.D., calibrada à temperatura de 25ºC ±1ºC, por 15 dias. Posteriormente, os frutos foram submetidos a quatro avaliações, em intervalos semanais, sendo atribuídas notas que variaram de zero (ausência de sintomas) a 6 (sintomas severos). Os dados da severidade da doença observados nos frutos colhidos prematuramente e submetidos aos diferentes tratamentos com ethephon foram comparados aos observados em frutos ensacados e não ensacados, mantidos no campo até a maturação natural. Constatou-se maior equivalência de sintomas nos frutos com idade entre 20 e 28 semanas...