Página 1 dos resultados de 4480 itens digitais encontrados em 0.025 segundos

As políticas sociais activas e o processo de negociação para a inserção social

Sousa, Alexandra Filipa Silvestre e
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
57.764375%
As políticas sociais activas adoptadas em Portugal e na União Europeia para o combate à pobreza e exclusão social baseiam-se, fundamentalmente, na implementação de conceitos como a individualização, a contratualização e a negociação. As medidas assentes nestes princípios de cidadania social promovem a participação dos indivíduos no delinear de um programa que tem como objectivo a sua inserção social e profissional. Este processo para a inserção é uma tarefa complexa, que apela ao envolvimento de todos os intervenientes de modo a adequar as respostas às necessidades e características dos indivíduos e famílias. Um dos aspectos centrais deste processo é a componente de negociação, o qual reúne pessoas com objectivos, percursos profissionais e pessoais assim como ritmos diferentes e admite uma margem de manobra que tanto pode ser facilitadora como bloqueadora do processo de inserção. No sentido de contribuir para o aprofundar do conhecimento sobre o fulcral processo de negociação, foi desenvolvida uma investigação sobre a sua prática junto das famílias e técnicos de acompanhamento intervenientes neste processo. A presente dissertação descreve os resultados dessa investigação, a qual se centrou na aplicação da medida que mais tem generalizado o direito à inserção em contexto europeu – o Rendimento Social de Inserção (RSI). O estudo foi realizado no distrito de Viseu...

ENSINO SUPERIOR E INSERÇÃO SOCIAL: IMPACTOS E PERSPECTIVAS PARA A QUALIFICAÇÃO DA FORMAÇÃO CONTINUADA A PARTIR DA ARTICULAÇÃO ENTRE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

Sarmento, Dirléia Fanfa; Casagrande, Cledes Antônio; Menegat, Jardelino; Meirelles, Mauro
Fonte: INPEAU Publicador: INPEAU
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
67.351064%
Este texto focaliza a inserção social de uma Instituição de Ensino Superior (IES),articulando o ensino, a pesquisa e a extensão, na formação continuada dos profissionais que atuam numa rede pública de ensino. As reflexões são oriundas de uma pesquisa ação-colaborativa cujas questões norteadoras foram: Quais as contribuições da inserção social de uma IES para a qualificação da formação continuada dos profissionais da educação e para a formação desenvolvida pelo PPG em Educação dessa IES? Quais pressupostos necessitam ser considerados para fundamentar esse tipo de ação-reflexão com vistas à qualificação da formação continuada? Quais os ganhos possíveis, em termos de aprendizagem e de conhecimento, dos participantes de uma pesquisa-ação colaborativa?Os achados, decorrentes da análise do conteúdo de documentos, dos registros de observações, de encontros formativos no Diário de Campo e das entrevistas,enfatizam as contribuições da pesquisa-ação colaborativa como postura que alimenta o compromisso político, o pensamento crítico e as relações cooperativas para a constituição de comunidades de aprendizagem. Sinaliza, também, que os impactos derivados da pesquisa-ação não são imediatos...

A formação como investimento em capital humano, emprego e inserção social : o caso dos Cursos de Educação e Formação de Adultos

Pereira, Maria Adriana Silva
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
67.398887%
Dissertação de mestrado em Economia Social; O elevado número de adultos com indicadores elementares de escolarização, que frequentam ou frequentaram os Cursos de Educação e Formação de Adultos, tem colocado no centro da agenda pública as problemáticas das políticas sociais prosseguidas neste campo, fazendo com que se interroguem os seus pressupostos e a sua eficácia em matéria de promoção da inserção social e profissional destes adultos. Estas políticas têm como principal objeto o de contribuírem para o aumento dos níveis de certificação dos indivíduos pouco escolarizados, ao mesmo tempo que procuram com este exercício qualificar os recursos humanos para o mercado de trabalho e fomentar a cidadania e a participação social. A educação neste contexto adquire uma responsabilidade social acrescida, já que a valorização através das qualificações do Capital Humano deverão concorrer para o enquadramento dos indivíduos no mercado de trabalho. A eficácia destas políticas mede-se pelo grau de inclusão pessoal e laboral atingido, formando os recursos humanos para um desempenho laboral fundado em valores de responsabilidade individual na aquisição de um quadro atualizado de competências com valor de mercado. Foi realizado um estudo de caso a um grupo de 79 formandos...

E depois do Rendimento Social de Inserção? Uma análise longitudinal e biográfica de ex-beneficiários do concelho de Ribeira Grande

Dutra, Ana Cristina Resendes
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 11/03/2011 Português
Relevância na Pesquisa
57.808057%
Mestrado em Serviço Social; Neste trabalho procede-se ao estudo, de um ponto de vista longitudinal, do impacte do Rendimento Mínimo Garantido / Rendimento Social de Inserção nas trajectórias de inserção social e autonomização dos beneficiários. No plano analítico, este trabalho inscreve a análise das perspectivas teóricas sobre a pobreza e exclusão social, bem como, sobre as políticas de inserção e dispositivos de acompanhamento social. No plano empírico, desenvolveu-se uma pesquisa eminentemente intensivaqualitativa, com uma vertente extensiva-quantitativa. Assim, analisaram-se os processos sociais referentes a situações de cessação da prestação de Rendimento Social de Inserção no ano de 2004, no concelho de Ribeira Grande, e efectuaram-se 12 entrevistas de orientação biográfica ao antigo titular da prestação. Os resultados obtidos revelam os impactes significativos do Rendimento Social de Inserção ao nível da satisfação de necessidades básicas e reforço de competências pessoais, sociais e profissionais, determinantes na construção de percursos de autonomização e inserção social. Contudo, não são expressivos os impactes da medida ao nível do emprego, embora seja esta a forma privilegiada de inserção. As trajectórias de vida após a cessação da prestação são marcadas...

Atitude político-ideológica e inserção social: fatores psicossociais do preconceito

Nunes,Aline Vieira de Lima; Camino,Leoncio
Fonte: Associação Brasileira de Psicologia Social Publicador: Associação Brasileira de Psicologia Social
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2011 Português
Relevância na Pesquisa
77.518164%
Neste estudo, objetivou-se verificar como se apresentam a atitude político-ideológica e a inserção social, no contexto universitário, frente ao preconceito sutil. Participaram 206 estudantes, 80% mulheres e idade média de 23 anos (DP=5,34), sendo heterogênea a divisão entre as áreas do conhecimento humano, saúde e educação. Foram utilizadas as escalas de inserção universitária, preconceito sutil e atitude favorável ao 1º e 3º mundos. Foi realizada ANOVA (Scheffé) entre as áreas do conhecimento e inserções, onde se verificou a promoção de inserções em diferentes atividades na universidade. Regressões (stepwise) constatam que as atitudes primeiro e terceiro mundistas são inversamente preditivas às inserções universitárias, assim como sua pertença às áreas, e que a inserção extracurricular prediz menor expressão de preconceito sutil. Infere-se que atitudes político-ideológicas atuam indiretamente no preconceito sutil, diferentemente da sua atuação mais direta frente à inserção social e ao antirracismo.

Inserção social e habitação: um caminho para a avaliação da situação de moradia de portadores de transtorno mental grave no Brasil

Furtado,Juarez Pereira; Nakamura,Eunice; Generoso,Cláudia Maria; Guerra,Andréa Máris Campos; Campos,Florianita Braga; Tugny,Augustin de
Fonte: UNESP Publicador: UNESP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2010 Português
Relevância na Pesquisa
67.24205%
No que concerne às suas necessidades de moradias, os portadores de transtorno mental grave no Brasil possuem duas perspectivas: os Serviços Residenciais Terapêuticos (SRTs) ou formas alternativas, como o apoio de familiares e/ou da rede de saúde mental do SUS, sobretudo os Centros de Atenção Psicossocial (Caps). Parece fundamental avaliar como os portadores de sofrimento mental grave constituem suas habitações (habitus) e inserção social nessas experiências, a partir dos elementos estruturais da moradia (abrigo, privacidade, segurança e conforto) e de suporte (rede social e de serviços), bem como o acompanhamento ofertado pelos serviços, em um contexto de desinstitucionalização. Para isso, são discutidos pressupostos, categorias de análise e possíveis contribuições de um método de investigação avaliativa qualitativa e interdisciplinar, elaborado por pesquisadores de distintas áreas do saber (antropologia, arquitetura, psicanálise e saúde coletiva), de modo a propiciar uma aproximação mais sistemática acerca dessa importante temática.

Inserção social e habitação: modos dos portadores de transtornos mentais habitarem a vida na perspectiva psicanalítica

Guerra,Andréa Máris Campos; Generoso,Cláudia Maria
Fonte: Associação Universitária de Pesquisa em Psicopatologia Fundamental Publicador: Associação Universitária de Pesquisa em Psicopatologia Fundamental
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2009 Português
Relevância na Pesquisa
67.419805%
Discutimos, pela psicanálise, a inserção do psicótico no campo do Outro, como hipótese para pensar suas soluções singulares de "habitação". Essa análise integra pesquisa multicêntrica e multidisciplinar, cujo propósito é avaliar como os portadores de sofrimento mental grave constituem sua habitação (habitus) e inserção social a partir de elementos estruturais da moradia (abrigo, privacidade, segurança e conforto) e de suporte social (rede social e de serviços), estando ou não inseridos em SRTs.

Burocracia e inserção social: uma proposta para entender a gestão das organizações públicas no Brasil

Helal,Diogo Henrique; Neves,Jorge Alexandre Barbosa
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Sociologia - UFRGS Publicador: Programa de Pós-Graduação em Sociologia - UFRGS
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2010 Português
Relevância na Pesquisa
67.18313%
Este artigo se propõe a refletir, com base nas abordagens institucional e da sociologia econômica, a gestão das organizações públicas no Brasil. Sabe-se que a gestão destas é influenciada pela ação de grupos de interesse, principalmente em nosso país, caracterizado, dentre outras coisas, por traços patrimonialistas. Tal contexto faz com que aqueles que atuam na esfera pública se deparem constantemente com o dilema da ação coletiva, resumido na seguinte pergunta: em tais condições de pressão, como as organizações públicas conseguirão agir em prol do interesse coletivo? Para esta questão, própria do tema estrutura/agência, o seguinte trabalho sugere duas respostas: uma que destaca a agência, racionalidade e formação de preferências e outra, estrutural, centrada no insulamento burocrático e na inserção social. Após tal reflexão e com o propósito de ilustrar a pertinência das duas respostas, o artigo apresenta o exemplo do Programa Bolsa Família, destacando a contribuição da Caixa Econômica Federal e das Prefeituras para seu sucesso. Finalmente, apresenta as considerações finais e recomendações para estudos futuros.

Diferentes dimensões da Educação Ambiental para a inserção social dos parques

Pimentel, Douglas de Souza; Magro, Teresa Cristina
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
67.24205%
A realização de Educação Ambiental (EA) é legalmente prevista para todas as Unidades de Conservação brasileiras. Assim, o objetivo do presente texto é analisar as suas diferentes dimensões, focando na construção do papel social dos parques. A gestão desses lida com a emergência dos problemas ligados às relações da administração com as pessoas. Nesse sentido, a EA é reduzida à mitigação dos impactos da visitação. Espera-se, mais amplamente, que a EA possa capacitar os membros comunitários a participação mais balizada nos conselhos consultivos. Deve ser pensada, portanto, sob diferentes objetivos como um instrumento importante para viabilizar a inserção social dos parques.

Apicultura como geração de renda e inserção social: análise do arranjo produtivo local apicultura no sertão alagoano

Daniel Neto, José; Benzaquen Sicsu, Abraham (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
Português
Relevância na Pesquisa
67.390977%
Este estudo tem por base o desenvolvimento de aglomerações locais como modelo adequado à promoção de geração de renda e inserção social em regiões economicamente deprimidas, considerando a inovação e competitividade sob ótica local. Esse enfoque surge como alternativa ao modelo adotado no Brasil baseado na teoria dos pólos de desenvolvimento. O foco na apicultura é decorrente de suas características propícias para o desenvolvimento sustentável e pelo caráter associativo, sendo uma atividade economicamente viável, socialmente justa e ambientalmente correta. O estudo do caso selecionado, ainda que não consolidado como APL, demonstrou a viabilidade do modelo com ênfase no desenvolvimento regional e local, com possibilidades concretas de geração de renda e inserção social, porém, com um longo caminho a ser percorrido, eivado de problemas sob diversos aspectos: de ordem produtiva, de financiamento, de associativismo, etc., além daqueles inerentes ao meio ambiente. A eficiência e eficácia das ações para o desenvolvimento de arranjos produtivos dependem, em grande parte da simetria das ações dos agentes envolvidos. A intervenção do Estado é observada como fundamental para a indução à geração de renda e inclusão social...

Influência no processo de inserção social de jovens multiproblemáticos : o caso do CDIJ Perkursos

Jorge, Cristina Dantas da Silva
Fonte: Universidade dos Açores Publicador: Universidade dos Açores
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 17/04/2015 Português
Relevância na Pesquisa
67.493047%
Dissertação de Mestrado, Sociologia, 17 de Abril de 2015, Universidade dos Açores.; A presente investigação subordinada à temática "Influência no processo de inserção social de jovens multiproblemáticos: o caso do CDIJ Perkursos", decorre da curiosidade em saber e perceber onde estão e como estão os jovens que foram intervencionados neste centro. Através de uma análise aos processos dos jovens, onde constam as características que levam estes jovens a fazerem parte do centro e de um conjunto de entrevistas semiestruturadas, a investigação alicerça-se na seguinte pergunta de partida: "Em que medida a passagem dos jovens multiproblemáticos, pelo Centro de Inclusão Juvenil Perkursos, influenciou as trajetórias de vida sob o ponto de vista social, pessoal e profissional?". Verificámos que, de facto, há uma relação entre o ter frequentado o centro e as inflexões das suas trajetórias de vida após esta frequência. Assim, são jovens que destacam a importância de ter frequentado o centro para a conclusão do 9º ano de escolaridade, a influência de terem tido a formação em contexto de trabalho para a escolha da atual profissão e terem ultrapassado alguns dos problemas que tinham quando entraram no CDIJ. Nesta linha...

Autoempreendedorismo:forma emergente de inserção social pelo trabalho

Rosenfield,Cinara
Fonte: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS Publicador: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2015 Português
Relevância na Pesquisa
67.518164%
O fim da norma fordista de trabalho obriga à reflexão sobre as várias formas e diferenciações que assumem o trabalho e o emprego. Essas diferenciações se encontram na origem do “embaralhamento” das fronteiras salariais e da constituição de uma “zona cinzenta” relativa às novas relações de trabalho e emprego. Este estudo se debruça sobre as configurações do autoempreendedorismo como forma emergente de inserção pelo trabalho, haja vista que trabalho e emprego não mais coincidem necessariamente. A tensão renovada entre autonomia e subordinação, identificável nas variadas formas de trabalho, atualizam questionamentos acerca da desigualdade social decorrente da inserção social pelo trabalho. A tensão se estabelece entre a necessidade de trabalhar, as possibilidades concretas de inserção no mercado de trabalho e a disponibilização de recursos pessoais objetivos (competências, habilidades, contexto do mercado de trabalho, ofertas de trabalho, identificação de nichos e franjas de trabalho e prestação de serviços, possibilidades concretas de auferir renda) e subjetivos (desejos, perspectivas, projeções pessoais, perspicácia, avaliações). A associação da vivência da desigualdade com a mobilização de recursos cria estratégias de inserção inéditas pelo trabalho.

Ser, não ser, voltar a ser ou tornar-se? Uma reflexão sobre a (re)inserção social dos angolanos de ascendência portuguesa à luz dos estudos pós-coloniais

Peixoto, Carolina Barros Tavares
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
67.281963%
Esta tese de doutoramento pretende oferecer um contributo para complexificar os debates em torno dos processos de (re)construção da angolanidade, ou seja, de uma identidade nacional angolana. Um tema que tanto inspirou como desafiou os vários movimentos nacionalistas que se envolveram na luta pela independência de Angola e que, assim como outras heranças coloniais, transcendeu a conquista da soberania e da autonomia angolanas. Percebendo que a questão da legitimidade do pertencimento de pessoas não negras – nomeadamente indivíduos que, devido ao seu fenótipo ou suas características somáticas, são corriqueiramente descritos em Angola como ‘brancos’, ‘claros’, ‘cabritos’, ‘mestiços’ e ‘mulatos’ – à comunidade imaginada angolana continua a ser uma matéria sensível no presente, ao longo deste trabalho procurei recuperar os processos que informaram e/ou ainda informam as (re)construções identitárias dos/as angolanos/as de ascendência portuguesa. Quando o império colonial português chegou ao fim, em meados da década de 1970, Angola possuía a segunda maior população branca de todo o continente africano. Conquistada a independência de Angola, que lugares foram ocupados pelos ex-colonos portugueses e seus descendentes nascidos em território angolano? Partindo de uma perspectiva pós-colonial situada cujo enfoque recai sobre o processo de (des)colonização de Angola e o modo como as práticas e os discursos característicos do colonialismo português impregnaram os regimes identitários nas sociedades que dele participaram...

A música e a inserção social de jovens em risco

Dias, Maria Francisca Soares
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 25/01/2013 Português
Relevância na Pesquisa
67.501035%
Com este estudo -“A música e a inserção social de jovens em risco” – pretendemos verificar como a música forma de expressão/comunicação e contexto de ensino/aprendizagem – pode ajudar os jovens a enfrentarem e ultrapassarem as dificuldades e barreiras escolares que os conduzem a situações de exclusão social. Tenta-se perceber como os contextos de aprendizagem ‘não formal’ – através da expressão artística – favorecem e potenciam a aquisição de competências pessoais e sociais, que se traduzem em competências de cidadania para a inserção. Para tal, optámos por observar o ensino da música e escolhemos o primeiro grupo que se formou a partir do projeto da Orquestra Geração, na Escola Miguel Torga, concelho da Amadora, por ter já alguns anos de existência e um percurso de aprendizagens realizado. Percebemos desde logo que o estudo deste projeto iria levar-nos ao aprofundamento de diferentes áreas teóricas: se por um lado partimos para o estudo colocando a música no centro da intervenção, logo percebemos que se iriam alargar as áreas, pois a orquestra, ao estar inserida num ambiente de escola, fez-nos optar por aprofundar a questão da intervenção pela educação, usando estímulos que se situam fora do ambiente de sala de aula. Por outro lado...

A INVENÇÃO DA “RESSOCIALIZAÇÃO” COMO FUNDAMENTO DA PENA DE PRISÃO: uma análise a partir da experiência do Centro de Inserção Social de Rio Verde (2003-2007)

PRADO, Viviane Aprigio do
Fonte: Centro Universitário de Brasília Publicador: Centro Universitário de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
67.310786%
O presente estudo analisa a etnografia de uma instituição total, uma penitenciária situada no interior do Estado de Goiás, denominada Centro de Inserção Social de Rio Verde. A etnografia permitirá estudar o aspecto central de um dado social, a relação entre pesquisador e objeto pesquisado. Diferentemente das outras espécies de instituições totais, tais como conventos, quartéis, asilos e manicômios, a penitenciária caracteriza-se pela maior barreira à relação social com o mundo externo, pela involuntariedade da medida e pela maior aversão social. Objetiva-se apresentar a que realmente se propõe essa instituição total despindo-a da letra morta da lei, do corporativismo, da ética profissional, apresentando a realidade de uma subcultura silenciosa, de presos e funcionários, revelando as práticas reais e efetivas desta rede de poder que compõe o sistema punitivo e como ela se relaciona com seu objeto.

Rendimento Social de Inserção : do atenuar da pobreza à inserção social

Cavaleiro, Lia Catarina Frutuoso
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 Português
Relevância na Pesquisa
57.75915%
Mestrado em Economia e Políticas Públicas; A ausência de estudos aprofundados e a carência de informação acerca da vertente integrativa do Rendimento Social de Inserção (RSI) e da medida em que os Programas de Inserção definidos respondem às necessidades dos beneficiários e aos objectivos ambicionados para esta dimensão da política social, constituem a principal motivação para a realização deste trabalho. É preciso analisar a eficácia dos Programas de Inserção para se perceber se resultam mesmo na integração social beneficiários de RSI, de forma a poderem ser melhorados, constituindo um verdadeiro contrato de inclusão. Através de um estudo de caso de beneficiários de RSI, subscritores de Acordos de Inserção, o que se procurou foi identificar tipos de beneficiários, consubstanciados nas regularidades empíricas encontradas e tendo em consideração alguns dos perfis da pobreza já estudados, de forma a verificar se os Programas de Inserção associados exibiriam, também eles, características comuns, de acordo com cada tipo de beneficiário. A natureza exploratória da abordagem, determinada pelo seu carácter divergente face a estudos anteriores mais centrados na avaliação da componente monetária do RSI e pela dimensão da análise...

MULHERES SERGIPANAS NAS PRIMEIRAS DÉCADAS DO SÉCULO XX: EDUCAÇÃO E INSERÇÃO SOCIAL; WOMEN FROM SERGIPE IN THE FIRST DECADES OF XX CENTURY: EDUCATION AND SOCIAL INSERTION

Freitas, Anamaria Gonçalves Bueno de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2003 Português
Relevância na Pesquisa
67.332583%
Este estudo tem como objetivo principal compreender o significado da edu-cação feminina em Sergipe, nas primeiras décadas do século XX. através de três mo-vimentos principais: a análise das possibilidades de escolarização; o estudo do pro-cesso de inserção social e de visibilidade pública mediada pela imprensa e a interpre-tação das trajetórias de algumas mulheres, que marcaram o cenário sergipano no perí-odo. O desafio de uma abordagem sócio-histórica, para analisar a problemática da educação feminina, é assumido na perspectiva de buscar relações entre o que aparece nos discursos e propostas oficiais, o que é noticiado pela imprensa,e o que foi construído por um ?pipo privilegiado de mulheres sergipanas.; This study has a major goal to understand the significance of female education in Sergipe, in the first decades of XX century, through three major main movements: the analysis of possibilities of schooling; the study of the process of social insertion and of public visibility conveyed by the press; and the interpretation of thepathways of some women, who where liberal professionals pioneerly. The challenge of a social-historical approach, for analyzing the problematic of female education, is taken in the perspective of seeking relationships between what appears in the spreeches and official proposals...

Social Insertion in Administration Graduate Programs in Brazilian Public Universities and the Coproduction of the Public Good.; A Inserção Social dos Programas Stricto Sensu em Administração das Universidades Públicas e a Coprodução do Bem Público

Salm, José Francisco; Nome da instituição: Universidade Federal da Bahia (visitante); da Silva, Maria Helena; Universidade Estadual de Santa Catarina - UDESC
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Pesquisa qualitativa, exploratória, descritiva e longitudinal; Formato: application/pdf
Publicado em 17/04/2015 Português
Relevância na Pesquisa
67.628223%
This article discusses the actions of social insertion in the graduate programs in administration under the supervision of CAPES, considering the models of co-production. The data used throughout this article are taken from the Collection app from CAPES, from 2007, 2008 and 2009. The actions are identified as functional coproduction (efficiency and formal effectiveness) and symbolic coproduction (formal presence of the state) and rare cases of actions of representative coproduction with sustainability (sustainable integration with society). It also shows that these actions are made by means of soliciting services to the programs or through request of assistance to society under various forms and by means of mutual adjustment between programs and the society. The data from the Collection do not prove that these programs directly promote social transformation (lack of former student´s feedback). The data also demonstrate that several programs do not have an accurate understanding on what is social insertion or how it should be brought about according to CAPES assessment standards.; http://dx.doi.org/10.5007/2175-8077.2015v17n41p143O artigo discute as ações de inserção social dos programas de pós-graduação stricto sensu em administração sob a supervisão da CAPES...

Drawing the Ideal World and Real World: A Study of Lesbian, Labour and Social Inclusion; Desenhando o Mundo Ideal e Mundo Real: um estudo sobre lésbicas, trabalho e inserção social

Caproni Neto, Henrique Luiz; Universidade Federal de Minas Gerais; Silva, Alexsandra Nascimento; Universidade Federal de Minas Gerais; Saraiva, Luiz Alex Silva; Universidade Federal de Minas Gerais
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Qualitativo, desenhos, entrevistas; Formato: application/pdf
Publicado em 17/12/2014 Português
Relevância na Pesquisa
67.332583%
In this paper, we analyze the experience of lesbian women in Juiz de Fora on the scope of work, society and the individual, from drawings made by them. Discussed the experience of sexuality and lesbophobia as aspects present in their lives and at work, considering that fall into a heteronormative context. So, we conducted a qualitative study with the preparation of drawings and interviews that allowed the construction of categories: being lesbian, inclusion and social integration, personal and professional development, and real world and the ideal world. These drawings are shown as a rich and interesting technique to provide access to their subjective and symbolic dimensions as to their social and work experiences. Finally, we advocate a reflective and humanistic stance both in society and in organizations about the socially constructed and valued patterns that can marginalize or stigmatize those fleeing them.; http://dx.doi.org/10.5007/2178-4582.2014v48n2p247No presente trabalho, buscamos analisar a experiência de mulheres lésbicas de Juiz de Fora quanto ao âmbito do trabalho, da sociedade e do sujeito, a partir de desenhos por elas elaborados. Discutimos sobre a vivência da sexualidade e a lesbofobia como aspectos presentes em suas vidas e no trabalho...

Inserção social e habitação: um caminho para a avaliação da situação de moradia de portadores de transtorno mental grave no Brasil

Furtado,Juarez Pereira; Nakamura,Eunice; Generoso,Cláudia Maria; Guerra,Andréa Máris Campos; Campos,Florianita Braga; Tugny,Augustin de
Fonte: UNESP Publicador: UNESP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2010 Português
Relevância na Pesquisa
67.24205%
No que concerne às suas necessidades de moradias, os portadores de transtorno mental grave no Brasil possuem duas perspectivas: os Serviços Residenciais Terapêuticos (SRTs) ou formas alternativas, como o apoio de familiares e/ou da rede de saúde mental do SUS, sobretudo os Centros de Atenção Psicossocial (Caps). Parece fundamental avaliar como os portadores de sofrimento mental grave constituem suas habitações (habitus) e inserção social nessas experiências, a partir dos elementos estruturais da moradia (abrigo, privacidade, segurança e conforto) e de suporte (rede social e de serviços), bem como o acompanhamento ofertado pelos serviços, em um contexto de desinstitucionalização. Para isso, são discutidos pressupostos, categorias de análise e possíveis contribuições de um método de investigação avaliativa qualitativa e interdisciplinar, elaborado por pesquisadores de distintas áreas do saber (antropologia, arquitetura, psicanálise e saúde coletiva), de modo a propiciar uma aproximação mais sistemática acerca dessa importante temática.