Página 1 dos resultados de 53 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

As TIC : redes isomórficas e tendências burocratizantes

Faria, Susana
Fonte: Instituto da Educaçâo da Universidade de Lisboa Publicador: Instituto da Educaçâo da Universidade de Lisboa
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em 19/11/2010 Português
Relevância na Pesquisa
26.76%
Comunicação apresentada no I Encontro Internacional Tic e Educação: Inovação Curricular com TIC, que decorreu em Lisboa em 2010; A partir de um estudo de caso, reflecte-se sobre a possibilidade de o investimento nas TIC, ainda que inscrito no ideal empreendedor de organização, poder vir a perpetuar algumas práticas burocráticas no ensino básico. O argumento é o de que sob a égide da ‘qualidade’ e modernização das instituições educativas os agrupamentos de escolas têm vindo a ser alvo de reconfigurações que passam pelas criação de sistemas de comunicação híbridos e extremamente complexos, que nem sempre rompem com o paradigma burocrático e transmissivo. Tal parece dever-se ao reforço dos mecanismos de controlo típicos da nova gestão pública, mas também a um processo de ‘standardização’ que decorre da partilha de materiais entre docentes, configurando um isomorfismo que parece situar-se a meio caminho entre o isomorfismo mimético e o isomorfismo normativo. O resultado poderá ser, então, a criação de redes isomórficas intra e inter organizacionais que, numa lógica securizante, podem pôr em causa as potencialidades das redes educativas. Desenvolvida no âmbito de uma tese de doutoramento sobre comunicação organizacional e identidade colectiva em contexto escolar...

Aprendizagem e psicodinâmica organizacional; Learning and change in a post-industrial environment: a critical analysis of current theories

Motta, Fernando Claudio Prestes
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Trabalho em Andamento
Português
Relevância na Pesquisa
36.47%
Vários autores defendem a evolução dos sistemas de produção atuais para o que seria um modelo pós-industrial ou informacional, revendo alguns conceitos fundamentais no campo da administração, como a padronização da produção, as economias de escala, os fatores de motivação do grupos organizacionais e a estrutura organizacional. Autores como Alvin Tofler e Daniel Bell falaram em industrialismo e informacionalismo (ou pós-industrialismo). (Tofler, 1970, 1980; Bell, 1970). Estes conceitos estão sendo retomados por outros autores, atualmente, para descrever a evolução da sociedade ocidental e das organizações. (Castells, 1999) (De Masi, 2000). O surgimento do conceito de aprendizagem organizacional a partir de um certo momento, entrou na moda e passou a fazer parte do discurso empresarial padrão, estando associado ao modelo Pós-Industrial. Pretende-se, neste projeto, fazer uma análise crítica da evolução do conceito de aprendizagem nas organizações, definindo-se e analisando-se as diversas teorias que tratam deste tema.; This study aims at investigating the current theories on Organization Learning, elaborating a critical study about this concept and its evolution. This study will further investigate the linkages between thew post-industrial paradigm and the learning organization concept...

A institucionalização da gestão e do desempenho organizacional por meio do prêmio nacional da qualidade

Aidar, Marcelo Marinho
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
36.75%
Este trabalho apresenta uma análise institucional da disseminação do Modelo do PNQ por diferentes regiões, setores e tipos de organizações, investigando o papel dos principais atores e agentes envolvidos no processo. A partir da compreensão dos conceitos de campo organizacional, modismo gerencial e isomorfismo, consagrados na abordagem do novo institucionalismo, é explorado como o modelo vem agregando e disseminando práticas gerenciais consideradas inovadoras, que são, em nome da excelência, avidamente absorvidas pelas organizações em busca de sua legitimação. Discutimos ainda o modelo do PNQ como mapa cognitivo, que atua mais no sentido de construir retrospectivamente significado para as decisões e ações da organização do que para direcioná-las.

Diversidade organizacional e novo institucionalismo: proposta de um modelo conceitual

Augusto, Paulo Otavio Mussi
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
36.55%
Um dos temas centrais dentro teoria organizacional é a explicação da relação organização-ambiente. Os primeiros estudos da vertente sociológica do novo institucionalismo contribuíram para este entendimento, especialmente ao explicitar como o isomorfismo surge dentro de campos organizacionais. Esta abordagem permitiu um novo entendimento sobre o papel do significado na produção e reprodução das práticas sociais. Entretanto, desde seu início, alguns de seus proponentes e críticos têm se preocupado com a forma obscura com que o novo institucionalismo trata a ação social e o papel dos atores na criação, difusão e estabilização das práticas organizacionais. Este estudo apresenta um modelo conceitual abrangente que explique as variações dentro de campos organizacionais ao incluir novos elementos à abordagem do novo institucionalismo, especialmente a discussão da relação dos níveis macro-micro e da incorporação de diferentes elementos tratados de maneira fragmentada dentro do novo institucionalismo. O modelo apresenta três fases de construção do campo organizacional, com foco inicial em um evento social que funciona como um gatilho do processo de institucionalização, conduzido por atores sociais chave...

Aprendizagem e institucionalização de práticas de controle externo : o papel de visitas técnicas do Tribunal de Contas da União

Torres, Felício Ribas
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
26.89%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação, 2006.; Este estudo tem por objetivo descrever em que medida o processo de aquisição de conhecimentos externos mediante visitas técnicas tem contribuído para a institucionalização de práticas de controle externo no Tribunal de Contas da União. Foram identificadas e caracterizadas as visitas técnicas realizadas pelo TCU no período de 1998 a 2004 bem como os processos de socialização e codificação com elas relacionadas. A institucionalização das práticas de controle externo ligadas a essas visitas foi estudada mediante a utilização das variáveis Vínculos, Recursos / Estrutura e Programa. Também foi analisada a Legitimidade do uso de visitas técnicas como meio de aquisição de conhecimentos externos. O referencial teórico baseou-se nos estudos da aprendizagem em organizações, especialmente no que se refere a processos de aprendizagem, e na abordagem institucional, englobando o fenômeno do isomorfismo institucional. Quanto à metodologia de pesquisa, foram realizadas duas etapas, sendo a primeira composta do exame documental e a segunda da realização 18 de entrevistas semi-estruturadas com atores envolvidos com as visitas técnicas. Os resultados sugerem que a realização de visitas técnicas...

A relação entre o contexto, o uso de práticas de medida e gestão de desempenho e o desempenho organizacional

Gomes, Agostinha Patrícia Silva
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 01/04/2011 Português
Relevância na Pesquisa
26.78%
Tese de doutoramento em Contabilidade (ramo de conhecimento em Ciências Empresariais); Esta dissertação aborda o tema da medida e gestão de desempenho numa perspectiva multidimensional. O objectivo central consiste em perceber as relações destas práticas de contabilidade e controlo de gestão com o contexto cultural e ambiental, bem como os seus efeitos no desempenho organizacional. Pretende-se contribuir para conhecer estas relações no sector público, onde a investigação desenvolvida até à data é muito limitada. Os pressupostos teóricos assentam numa abordagem complementar entre a teoria da contingência e da economia, por um lado, e a teoria institucional (na perspectiva do isomorfismo) por outro. Esta abordagem complementar permitiu obter uma melhor compreensão acerca do papel das práticas de medida e gestão desempenho na melhoria dos níveis de desempenho das organizações do sector público. Baseado nos dados recolhidos através da aplicação de um inquérito por questionário a toda a população de agências públicas Portuguesas, entre Outubro de 2009 e Maio de 2010, investigou-se até que ponto as agências da amostra usam sistemas de controlo e de gestão, como as medidas de desempenho e as técnicas de gestão...

Do mutualismo ao mercado. A banca mutualista em Portugal. Estudo de caso: o Crédito Agrícola Mútuo

Santos, Dina Maria Serrano
Fonte: Faculdade de Ciêncais Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa Publicador: Faculdade de Ciêncais Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
26.59%
Dissertação apresentada para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Sociologia, na especialidade de Sociologia Económica e das Organizações; Num mercado onde dominam os grandes grupos financeiros e onde existem estratégias agressivas de concorrência, o Crédito Agrícola, enquanto sistema cooperativo e mutualista bancário criado em 1911, tem conseguido não só sobreviver como obter sucesso. Este trabalho descreve o percurso do Crédito Agrícola desde a sua génese como projecto político, claramente alternativo à banca comercial, e a criação da legislação que o concebe de forma institucional até aos nossos dias, e procura compreender o seu crescimento e a sua readequação ao mercado e às instituições envolventes, também elas a sofrer uma enorme evolução. O capital social concretizado na sua origem, as alterações tecnológicas e organizacionais, a contenção e gestão do risco, a formação dos colaboradores e a standardização de procedimentos, são os principais factores analisados ao longo deste trabalho. As conclusões revelam a coalescência de círculos sociais diversos e de organizações de interesse na sua origem e em momentos chave de transformação institucional; um processo recente de isomorfismo institucional...

Qualidade da educação universitária: isomorfismo, diversidade e eqüidade

Morosini,Marília Costa
Fonte: UNESP Publicador: UNESP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2001 Português
Relevância na Pesquisa
36.45%
As tendências internacionais trazidas pela idade do conhecimento, acirradas pela internacionalização e pelo desenvolvimento de novas tecnologias de comunicação, têm disseminado, marcadamente, entre nós, país caracterizado historicamente pela controle do Estado sobre a educação superior, a era da qualidade. Este trabalho examina diferentes concepções e estratégias de qualidade universitária, advindas de experiências internacionais. Entre os principais conceitos destacam-se o de qualidade, sinônimo de isomorfismo, refletindo-se como avaliação institucional estandartizada e empregabilidade; qualidade, sinônimo de respeito às especificidades; e qualidade, sinônimo de equidade. Pela escassez de bibliografia quanto a uma visão holística do tema, este trabalho, mais do que apresentar propostas, levanta questionamentos quanto à relação entre qualidade e inovação educativa e unicidade do conceito de qualidade e a realidade brasileira.

Rede de relações interorganizacionais no campo organizacional de Videira-SC

Machado-da-Silva,Clóvis L.; Coser,Claudia
Fonte: Associação Nacional dos Programas de Pós-graduação em Administração Publicador: Associação Nacional dos Programas de Pós-graduação em Administração
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2006 Português
Relevância na Pesquisa
36.5%
O objetivo do presente artigo foi o de verificar as relações interorganizacionais entre 40 organizações do município de Videira, no Estado de Santa Catarina, a partir de uma organização focal. Essas organizações interagem em um sistema de produção agroindustrial que envolve um complexo processo de estruturação econômica, política e social, considerado no tempo e espaço social. Procurou-se avaliar a influência da organização focal - que coordena a priori os esforços de produção agroindustrial - sobre as estruturas institucionais regulativas, normativas e cognitivas, o que implicou analisar a recorrência e a simultaneidade dos mecanismos isomórficos coercitivo, normativo e mimético no campo organizacional em estudo. As relações de cooperação, competição e conflito entre as organizações que integram a rede em exame foram avaliadas com base na noção de campo organizacional como campo de poder, de estruturas cognitivas e de significação sociocultural. Os resultados demonstram diferentes esferas e níveis de influência da organização focal sobre as estruturas institucionais, com implicações para a ocorrência de isomorfismos nas organizações, o que ressalta a importância de uso de uma perspectiva multiparadigmática para o entendimento e o tratamento do conceito de campo organizacional.

Teoria institucional e dependência de recursos na adaptação organizacional: uma visão complementar

Rossetto,Carlos Ricardo; Rossetto,Adriana Marques
Fonte: Fundação Getulio Vargas/Escola de Administração de Empresas de São Paulo Publicador: Fundação Getulio Vargas/Escola de Administração de Empresas de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2005 Português
Relevância na Pesquisa
36.42%
O presente trabalho aborda o processo de adaptação estratégica organizacional utilizando para sua análise duas abordagens distintas: a perspectiva Institucional e da Dependência de Recursos. O texto em um primeiro momento apresenta uma revisão bibliográfica sobre as perspectivas e após a discussão de como a utilização de ambas na análise dos processos pode contribuir para seu entendimento. Apesar das diferenças entre as perspectivas, os autores, na revisão bibliográfica feita, concluem que elas podem ser utilizadas de forma complementar. A ponte de complementaridade decorre de suas concepções a respeito do meio ambiente, que o considera o fator chave do funcionamento organizacional. A perspectiva Institucional afirma que as organizações resistem às pressões do ambiente na extensão em que a tradição das empresas, o contexto ambiental, ou ambos, suportam tal resistência. Já a perspectiva da Dependência de Recursos sugere que as organizações adaptam-se às pressões na extensão em que os atores organizacionais corretamente percebem e gerenciam as mudanças necessárias. Portanto, para a compreensão de como os processos organizacionais que resultam na sobrevivência ou não das organizações ocorrem há que se considerar a visão das duas perspectivas.

O campo organizacional e a adoção de práticas estratégicas: revisitando o modelo de Whittington

Walter,Silvana Anita; Augusto,Paulo Otávio Mussi; Fonseca,Valéria Silva da
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2011 Português
Relevância na Pesquisa
36.7%
Neste ensaio teórico, tem-se como objetivo desenvolver um modelo conceitual que possibilite relacionar os diferentes níveis de estratégia de forma a promover a integração entre as perspectivas institucional e de estratégia como prática, com mediação da teoria da estruturação. Para tal, adapta-se o modelo de Whittington (2006) por meio dos conceitos de isomorfismo; recursividade entre agência e estrutura; e propriedades estruturais. Assim, discute-se a relação existente entre mecanismos isomórficos institucionais e as práticas estratégicas adotadas pelos estrategistas de uma organização. Também se utiliza a concepção de que a ação dos estrategistas de uma organização é influenciada e influencia o campo organizacional, bem como é orientada pelas regras e recursos existentes no campo organizacional. Com base no modelo proposto, apresentam-se diferentes possibilidades de pesquisa que podem ser exploradas em estudos futuros. Conclui-se que as abordagens institucional e da estratégia como prática podem ser integradas como forma de ampliar seu enfoque. Isso poderá contribuir para que os estudos realizados sob essas perspectivas não se limitem a um nível de análise, mas busquem relacionar os fenômenos analisados em seus diferentes âmbitos e influências. Assim...

Critérios de responsabilidade social corporativa na cadeia de suprimentos do setor de petróleo e gás natural: o caso dos fornecedores pernambucanos da Petrobrás

Suane Dias de Melo, Elidiane; André Mendes Primo, Marcos (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
Português
Relevância na Pesquisa
46.76%
O objetivo desta pesquisa foi analisar as influências dos critérios de responsabilidade social nas práticas de gerenciamento dos fornecedores de 2ª camada da cadeia de suprimentos da Petrobrás. Para atendimento desse objetivo buscou-se (1) esclarecer nuances do processo de seleção de fornecedores da Petrobrás, (2) conhecer a percepção das empresas em relação ao processo de seleção de fornecedores da Petrobrás, (3) compreender a percepção das empresas sobre a responsabilidade social corporativa, (4) identificar práticas de seleção de fornecedores influenciadas pelos critérios de SMS e Gerencial e (5) discutir a motivação das empresas locais, a partir de aspectos do isomorfismo estrutural, em utilizar as práticas de responsabilidade social da Petrobrás. A fundamentação teórica utilizada na pesquisa foi constituída por estudos na área de gestão da cadeia de suprimentos, responsabilidade social e corporativa, responsabilidade social na cadeia de suprimento e isomorfismo organizacional. Os processos da Petrobrás foram abordados pelo levantamento bibliográfico, pesquisa documental e realização de entrevistas. A pesquisa é um estudo qualitativo de múltiplos casos, tendo como unidades de análise as empresas CODISTIL...

Relaçoes interorganizacionais e estruturas institucionais

Coser, Claudia
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
27.02%
Resumo: Os objetivos do estudo consistem na visualização da realidade analisada a partir das faces social, histórica, política, cultural e econômica. Faz-se a apreciação de 40 organizações do município de Videira, que têm como principal herança uma estruturação de suporte às atividades da agroindústria, coordenada por uma organização focal. Essas organizações compõem o campo organizacional, conceito que contempla o compartilhamento de estruturas institucionais e de pressões advindas de ambientes institucionais semelhantes. O conceito de espaço social é utilizado no estudo dado fato da impossibilidade de separação analítica com o campo organizacional, bem com da possibilidade de se contemplar a historicidade, a harmonia, o conflito entre outras variáveis que configuram a realidade estudada. Os objetivos do estudo consistem na identificação do grau de influência da organização focal nas estruturas institucionais regulativas, normativas e cognitivas da rede de relacionamentos das organizações que compõem o campo organizacional e que integram o espaço social de Videira, bem como a identificação dos processos de isomorfismo, cooperação, conflitos, competição, relações de poder, padrões de relação entre a organização focal e o setor público. É objetivada também a estruturação das relações entre os atores a partir do cálculo e análise das variáveis: tamanho e densidade da rede...

Isomorfismo verde e cultura organizacional: uma análise interpretativa do processo de certificação ISO 14001; Green isomorphism and organizational culture: an interpretative analysis of the ISO 14001 certification process

Fonte: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS; DAE - Departamento de Administração e Economia; UFLA; BRASIL Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS; DAE - Departamento de Administração e Economia; UFLA; BRASIL
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
26.7%

An?lise do modelo de gest?o da incubadora PIEBT sob a perspectiva do isomorfismo organizacional

OLIVEIRA, Iara Neves
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
46.76%
Este estudo tem como objetivo analisar a gest?o de uma incubadora de Empresas, o Programa de Incuba??o de Empresas de Base Tecnol?gica (PIEBT). Partindo de uma abordagem qualitativa e quantitativa, buscou-se retratar o processo gerencial da mais antiga Incubadora de empresas amaz?nica, identificando seu contexto e o n?vel de adequa??o de suas pr?ticas ao mais novo modelo de gest?o de incubadoras, o Centro de Refer?ncia para Apoio a Novos Empreendimentos (CERNE). Para isso, foi discorrido sobre a incuba??o de empresas, discutindo conceitos de gest?o e alguns aspectos da teoria institucional. Os resultados permitiram verificar que a gest?o tem foco central no processo de incuba??o e na capta??o de recursos e seu n?vel de adequa??o ao CERNE encontra-se, predominantemente, em est?gio inicial, mas, que, at? por press?es de seu campo organizacional, a implementa??o do modelo ? uma meta a ser alcan?ada. Concluiu-se tamb?m que a gest?o do PIEBT ? circundada por press?es que tendem ao isomorfismo.; ABSTRACT: This study aims to analyze the management of a business incubator, the Programa de Incuba??o de Empresas de Base Tecnol?gica (PIEBT) ? the Technological Base Business Incubation Program. Starting from a qualitative and quantitative approach...

Isomorfismo e Inovação: uma perspectiva das estratégias de institucionalização e inovação nas organizações de ensino superior; Isomorphism and innovation: a perspective of institutionalization and innovation strategies in higher education organizations; Isomorfismo e Innovación: una perspectiva de las estrategias de institucionalización e innovación en las organizaciones de enseñanza superior

Eustáquio Ribeiro, Walter
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: Texto
Português
Relevância na Pesquisa
37.09%
Este ensaio teórico tem por objetivo discutir como o isomorfismo institucional se relaciona com o processo de inovação, no campo organizacional em que se situam as instituições de ensino superior (IES). Na busca por atingir o objetivo proposto adotou-se como critério de pesquisa bibliográfica a análise de artigos publicados nos últimos onze anos em periódicos nacionais e internacionais classificados pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal do Ensino Superior (CAPES), nas bases de dados Wiley, ERIC, ProQuest e SciELO, além de capítulos de livros nacionais e internacionais, especialmente alguns handbooks que tratam dos temas abordados e artigos com datas anteriores considerados relevantes para tal discussão. Vale ressaltar que não foi identificado artigo algum que tratasse conjuntamente dos temas inovação e isomorfismo em Instituições de Ensino Superior. Buscou-se então analisar os artigos que abordavam a relação entre inovação e isomorfismo em outros contextos; a inovação em IES; e o isomorfismo nessa realidade. A partir da análise desses artigos, proposições foram geradas a respeito da relação entre isomorfismo e inovação nas IES.; The main purpose of this theoretical essay is to discuss how institutional isomorphism is related to the innovation process in the organizational field in which higher education institutions (HEI) are situated. The criteria for bibliographic research included papers published in the last eleven years in national and international journals classified by the Brazilian Coordination for the Improvement of Higher Education Personnel (CAPES)...

Evidências de Isomorfismo Mimético sobre Práticas de Gestão de Custos entre Micro e Pequenas Empresas de Diferentes Setores de Atividade

Callado, Antônio André Cunha; Universidade Federal Rural de Pernambuco; Pinho, Marco Aurélio Benevides de; Universidade Federal Rural de Pernambuco
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais - Departamento de Ciências Contábeis Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais - Departamento de Ciências Contábeis
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares; Pesquisa Teórico-Empíirica Formato: application/pdf
Publicado em 11/05/2015 Português
Relevância na Pesquisa
26.59%
Práticas gerenciais acerca de gestão de custos têm sido entendidas como associadas à natureza das características operacionais inerentes ao setor de atividade econômica do qual as empresas fazem parte. A literatura que aborda gestão de custos não apresenta nenhum foco teórico específico para micro e pequenas empresas ao entender que as práticas referentes a este tema se semelhem às práticas adotadas por empresas de maior porte. Uma vez que micro e pequenas empresas possuem estruturas administrativas e operacionais bem simples, é possível que suas práticas referentes à gestão de custos se assemelhem entre si, independentemente dos setores de atividade econômica dos quais façam parte. O objetivo deste artigo é investigar práticas de gestão de custos entre micro e pequenas empresas que atuam no setor comercial e no setor de prestação de serviços em busca de evidências de isomorfismo mimético. Para a realização desta pesquisa, foram analisadas trinta empresas de micro ou pequeno porte. Quatro grupos de variáveis foram analisados: perfil dos gestores, perfil organizacional das empresas, práticas de gestão de custos e setor de atividade econômica. Os dados foram coletados a partir da realização de entrevistas presenciais junto aos gestores de empresas participantes da pesquisa. Cinco abordagens estatísticas foram utilizadas: estatística descritiva...

ISOMORFISMO, EFICIÊNCIA SIMBÓLICA E LEGITIMIDADE SOCIAL NA INSTITUCIONALIZAÇÃO DA SUSTENTABILIDADE SOCIOAMBIENTAL NAS ORGANIZAÇÕES CONTEMPORÂNEAS

Garrido, Giovanna; Saltorato, Patrícia
Fonte: Universidade Federal da Paraíba Publicador: Universidade Federal da Paraíba
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; "Avaliado por Pares"; Formato: application/pdf
Publicado em 22/12/2015 Português
Relevância na Pesquisa
36.45%
Este artigo visa discutir o tema da sustentabilidade socioambiental enquanto fenômeno advindo do âmbito não racional. Objetivando refletir sobre o tema por meio de um enfoque diferenciado, buscou-se analisar de que forma a perspectiva institucional contribui para a análise do mesmo. Sustentando-se em pesquisas bibliográficas, o presente artigo estabelece uma hipótese central de que é possível considerar a aderência organizacional ao tema da sustentabilidade socioambiental como uma busca por legitimidade e sobrevivência na sociedade. As pesquisas realizadas mostraram indícios favoráveis a esta hipótese. As ações ditas sustentáveis de uma organização frente ao ambiente que a circunda não podem deixar de ser também consideradas como uma busca por eficiência simbólica e legitimidade social. Os resultados apontam para a superficialidade e racionalidade das abordagens predominantes acerca do tema e promovem a abertura de caminhos para novos estudos.

Una propuesta analítica para el estudio del cambio en las instituciones de educación superior

del Castillo Alemán,Gloria
Fonte: Universidad Nacional Autónoma de México, Instituto de Investigaciones sobre la Universidad y la Educación Publicador: Universidad Nacional Autónoma de México, Instituto de Investigaciones sobre la Universidad y la Educación
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2006 Português
Relevância na Pesquisa
26.61%
El objetivo de este trabajo es ofrecer una propuesta analítica que contribuya a explicar de manera integral el cambio institucional que se registra en las instituciones de educación superior de distinto régimen jurídico, como resultado de la articulación entre factores organizacionales endógenos y exógenos a las universidades. Se aborda la perspectiva intersectorial público-privada como parte de un análisis del cambio en el ámbito de la educación superior a partir de lo que la autora ha denomina denominado isomorfismo burocrático. El interés por una complementariedad analítica responde a que si se adoptan ambas perspectivas, la intersectorial y la organizacional, el cambio universitario quedaría explicado de manera más completa, de tal forma que es posible dar cuenta de que las universidades cambian a su ritmo y en función de su singularidad organizacional, dando lugar a tipos específicos de cambio universitario.

Qualidade da educação universitária: isomorfismo, diversidade e eqüidade

Morosini,Marília Costa
Fonte: UNESP Publicador: UNESP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2001 Português
Relevância na Pesquisa
36.45%
As tendências internacionais trazidas pela idade do conhecimento, acirradas pela internacionalização e pelo desenvolvimento de novas tecnologias de comunicação, têm disseminado, marcadamente, entre nós, país caracterizado historicamente pela controle do Estado sobre a educação superior, a era da qualidade. Este trabalho examina diferentes concepções e estratégias de qualidade universitária, advindas de experiências internacionais. Entre os principais conceitos destacam-se o de qualidade, sinônimo de isomorfismo, refletindo-se como avaliação institucional estandartizada e empregabilidade; qualidade, sinônimo de respeito às especificidades; e qualidade, sinônimo de equidade. Pela escassez de bibliografia quanto a uma visão holística do tema, este trabalho, mais do que apresentar propostas, levanta questionamentos quanto à relação entre qualidade e inovação educativa e unicidade do conceito de qualidade e a realidade brasileira.