Página 1 dos resultados de 1842 itens digitais encontrados em 0.044 segundos

"O caráter penoso da odontologia e seus reflexos na jornada de trabalho do cirurgião-dentista" ; The heavy physical and mental strain, a particular character of the dental occupation, and its consequences in the hours of work of the dentist

Yoshida, Daniela Reiko
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/06/2005 Português
Relevância na Pesquisa
106.02%
O presente estudo teve por escopo analisar a jornada de trabalho do cirurgião-dentista sob diferentes aspectos. Os fatores que lastreiam a limitação da jornada no decorrer da história foram abordados, bem como aqueles que autorizam a jornada reduzida, aquém do limite constitucional, para algumas categorias específicas que, em virtude das condições especiais de trabalho, são consideradas profissões penosas extenuantes. A legislação relacionada ao tema foi analisada, mormente a Lei n° 3.999/61, em razão de ser ela fonte de embates jurídicos e decisões conflitantes no Judiciário, porquanto alguns juristas consideram que tal diploma estaria estipulando jornada reduzida para médicos e cirurgiões-dentistas. Insta destacar que, atualmente, haja vista a edição da orientação jurisprudencial n° 53, do Tribunal Superior do Trabalho, a matéria encontra-se pacificada nesse tribunal superior segundo o entendimento de que a citada lei não estipula jornada reduzida. Em que pese tal posicionamento, no presente estudo, por meio de um levantamento de publicações relacionadas aos riscos e às doenças ocupacionais do cirurgião-dentista, bem como de argumentos que fundamentam a jornada reduzida para outras atividades, procurou-se demonstrar que a profissão atende aos requisitos que autorizam a concessão desse benefício. Essa singularidade...

Flexibilização da jornada de trabalho: importância e limitações; The flexibilization of the working hours: importance and limits

Vignoli, Vanessa de Almeida
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/05/2010 Português
Relevância na Pesquisa
116%
O tema deste estudo refere-se à análise da flexibilização da jornada de trabalho no âmbito da relação de emprego, sua importância no atual cenário de atividades profissionais cada dia menos tradicionais e, por fim, os limites a serem impostos à flexibilização. A pesquisa tem também como objetivo conceituar o mecanismo de flexibilização do Direito do Trabalho, bem como fixar os limites mínimos de proteção ao trabalhador, diante das tão velozes mudanças oriundas das novas tecnologias de produção. A presente pesquisa visa desmistificar a argumentação de que o entrave ao pleno desenvolvimento econômico e social de um país está nas amplas proteções dadas ao trabalhador, vindo estas a sofrerem sérios e constantes golpes em suas estruturas, sob o rótulo de flexibilização, mas que, na verdade, correspondem à própria desregulamentação do Direito do Trabalho e mitigação de seus princípios basilares. Com o aprofundamento da pesquisa em relação à flexibilização da jornada de trabalho na relação de emprego, conclui-se que esta deve ser pautada não apenas pelas demandas do mercado de trabalho, mas também pelo fundamento da dignidade da pessoa humana do trabalhador e pelo princípio protetor do Direito do Trabalho. Por fim...

A redução da jornada de trabalho e seus impactos no direito do trabalho; The working hours reduction and their impacts on labour law

Tebaldi, Eliegi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 09/01/2013 Português
Relevância na Pesquisa
106.08%
Este estudo é dedicado à análise da redução da jornada de trabalho no Brasil. O trabalho inicia-se por uma narrativa histórica da evolução da jornada de trabalho no mundo e no Brasil. Em seguida, apresenta-se a divergência doutrinária sobre os termos: duração do trabalho, jornada de trabalho e horário de trabalho. São, então, observadas as jornadas especiais de certas categorias profissionais que, por força de circunstâncias particulares da profissão, assumem jornadas de trabalho diferenciadas. Posteriormente, estuda-se a Organização Internacional do Trabalho, suas convenções quanto a jornada de trabalho, bem como a Recomendação 116, sobre a possibilidade da redução progressiva da jornada de trabalho. Por fim, aborda-se a experiência francesa, que diz respeito à redução da jornada de trabalho para 35 horas. Chega-se à conclusão da dissertação, com os argumentos finais e o posicionamento de que a redução da jornada de trabalho, ainda que seja medida essencial para proteção da saúde do trabalhador, não gera emprego e não reduz o desemprego, porém suscita a intensificação do trabalho.; This study is dedicated to the analysis of the working hours reduction in Brazil. The dissertation begins with a historical narrative of the evolution of the working hours in the world and Brazil; with an emphasis on the doctrinal disagreement over the terms: hours of work...

Desemprego tecnológico, redução da jornada de trabalho e mudança de paradigma científico: uma contribuição ao debate a partir da PEC 231/1995

Maciel, Mauro Marcelo
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 84 f.
Português
Relevância na Pesquisa
115.97%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Sócio-Econômico. Economia.; Esta monografia pretende, a partir da proposta de emenda Constitucional (PEC) 231/1995, contribuir ao debate da nova redução da jornada de trabalho (NRJT), incluindo nessa contenda a abordagem do desemprego tecnológico e da criação de um novo paradigma científico kuhniano, pois, as discussões atuais são praticamente silentes sobre eles e, além disso, entre os debatedores, há uso indiscriminado de mera retórica, dificultando o entendimento do tema. A metodologia deste trabalho tem um enfoque normativo sem se preocupar com qual método de abordagem a ser utilizado e, quanto ao método de procedimento, adotou-se o método observacional. A PEC 231/1995 visa mudar o limite superior de 44 horas semanais para 40. A retórica dos que defendem a NRJT elege o marxismo como escola preponderante em suas argumentações. Já os que repudiam elegem a escola neoclássica-marginalista. Mas, para recomendar ou não a NRJT, não são adequadas as duas escolas, pois ambas não conseguem solucionar a contenda para além de interesses de classes. A contribuição está fundamentalmente centrada na exposição sobre a estrutura do desemprego tecnológico brasileiro atual...

Flexibilização da jornada de trabalho em uma instituição federal de ensino superior : análise da percepção de diferentes atores envolvidos no processo

Colnago, Ana Teresa Athayde
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
105.96%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Programa de Pós-Graduação em Administração, 2012.; Este estudo teve como objetivo a elaboração de um diagnóstico a respeito dos facilitadores e dificultadores da implementação do processo de flexibilização da jornada de trabalho na Universidade de Brasília, na percepção de diversos atores que atuavam na Instituição (dirigentes, gestores, membros do sindicato dos técnicos administrativos e servidores técnicos administrativos). O conceito utilizado nesta experiência da Universidade foi o de flexibilização na modalidade de redução de jornada, cujas características identificadas não encontraram paralelo na literatura consultada sobre o tema. Com relação às diferentes abordagens teóricas identificadas na revisão de literatura, optou-se pela adoção da abordagem sociológica, representada pela adaptação a novas situações, bem como pela melhoria nas condições laborais e na qualidade de vida dos trabalhadores. Desta forma, foi realizada uma pesquisa de natureza descritiva, visando identificar os facilitadores e dificultadores deste processo de implementação de flexibilização de jornada...

Jornada de trabalho: uma regulamentação em múltipla escolha

Blass,Leila Maria da Silva
Fonte: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS Publicador: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/1998 Português
Relevância na Pesquisa
105.94%
O artigo trata da regulamentação recente da jornada de trabalho na Volkswagen e na Ford, logo após a dissolucão da Autolatina. Os acordos selados introduzem a redução e flexibilização da jornada de trabalho, combinadas à instituição de um banco de horas. No caso da Volkswagen, a sua implantação incide nas relações de poder e nos contratos de trabalho efetuados pela empresa. Os seus resultados, embora bastante positivos, ficam restritos ao âmbito dessas montadoras e da base sindical dos metalúrgicos do ABC paulista, ilustrando a sua proposta de ação sindical, denominada "modernização negociada". Por isso, esses acordos devem ser avaliados à luz da trajetória recente das lutas operárias e sindicais, tendo em vista as tendências do sindicalismo brasileiro e internacional.

Jornada de trabalho: fator que interfere na qualidade da assistência de enfermagem

Silva,Bernadete Monteiro da; Lima,Flávia Regina Furtado; Farias,Francisca Sônia de Andrade Braga; Campos,Antônia do Carmo Soares
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós Graduação em Enfermagem Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós Graduação em Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2006 Português
Relevância na Pesquisa
115.92%
A pesquisa teve como objetivos identificar os fatores decorrentes da jornada de trabalho que afetam a qualidade da assistência de enfermagem, bem como propor estratégias para melhorá-la. É um estudo exploratório-descritivo coletado mediante questionário, aplicado com 12 enfermeiros em um hospital geral em Fortaleza-CE, ocupantes de mais de um emprego. A análise dos dados foi feita em duas partes: caracterização dos participantes e das categorias. Os resultados mostram que há déficit no cuidado prestado por esses enfermeiros como conseqüência da longa e pesada jornada de trabalho. Diante disto, são propostas algumas estratégias para melhoria na qualidade dessa assistência.

Competência privativa da União para legislar sobre condições para o exercício de profissões. Jornada de trabalho do servidor. Possibilidade de alteração pelo município. Observância ao princípio da irredutibilidade de vencimentos

Antonio, Alice Barroso de; Castro, José Nilo de
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
115.94%
Trata-se de parecer.; Questiona a possibilidade de redução da jornada de trabalho de servidora pública, exercente do cargo de assistente social.

Servidores públicos municipais. Exercício do magistério. Possibilidade de acumulação de cargo público com emprego privado desde que haja compatibilidade de horários. Impossibilidade de extensão da jornada de trabalho, salvo para os supervisores. Ausência de previsão legal para dobra de turno pelos professores.

Castro, José Nilo de; Rezende, Ester Camila Gomes Norato; Jabôr, Marcela Campos
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
116%
Trata-se de parecer.; Trata-se de parecer acerca de questões atinentes aos servidores públicos municipais, notadamente aqueles que autuam no exercício do magistério. Questiona acerca da possibilidade de acumulação de cargo público com emprego privado sem a devida compatibilidade de horários. Indaga sobre a jornada de trabalho dos professores e ainda se os servidores que acumulam os cargos de professor e de supervisor podem ter a jornada deste último cargo estendida. Suscita a hipótese da dobra de turno pelos servidores e questiona acerca da forma de pagamento dessa jornada de trabalho duplicada.

Aumento da jornada de trabalho :qual a repercussão na vida dos trabalhadores da enfermagem?

Veras, Verônica Simone Dutra
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Enfermagem; Assistência à Saúde Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Enfermagem; Assistência à Saúde
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
116.04%
The worker of the public service is loosing your acquisitive power by means of the politics of fiscal settlement. The ways out that were found in the health sector, especially in nursing, is being the increasing workday for beyond 40 or 20 hours established in the link of the work with the state. This survey has the object to identify the possible repercussion of the increasing workday in daily life workers from nursing in the public service of Rio Grande do Norte. The theory reference used was the work of Marx (1982) and Antunes (2000,2001) and the daily living in Heller (1991,1992). The methodology used was a qualitative survey in the exploration kind. The informations were gathered through interviews with open questions almost structured with workers of nursing, managers and representatives of entity. The analysis of informations were made through general categories, work, and daily life, using elements from dialetics-hermeneutics according to Minayo (1992,2002). In the analysis, it was identified that the ways that were found for the overcoming of the loss of acquisitive power were the many-employment; the extra scale of shift; the subletting of work posts and the substitution of friends in scales of work, and all of them being changed in increase. Other aspect realized was the move of rights...

Produtividade e jornada de trabalho na indústria de calçados de Franca - quem fica com os ganhos?

Corrêa, Lauro Henrique Guimarães
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
106%
O presente trabalho tem como eixo central a problematização das relações que permeiam a evolução e o desempenho de fatores econômicos tais como a produtividade, os níveis de emprego e a jornada de trabalho no contexto do modo de produção capitalista na particularidade da indústria calçadista de Franca (SP), o maior pólo brasileiro de fabricação de calçados masculinos. Inserindo-se no rol das formulações que advogam a necessidade, a importância e a justiça de se promover reduções na extensão da jornada de trabalho, sem redução de salários, direciona sua investigação no sentido de desvendar os condicionantes de ordem econômica, social e política, que recobrem a distribuição ou a maior retenção, por determinados agentes sociais, dos ganhos oriundos das contínuas elevações de produtividade. Utiliza-se de numerosas e elucidadoras citações, se valendo do diálogo com as ricas elaborações de diversos autores sobre a temática que, em termos mais amplos, focalizam o assunto do ponto de vista teórico, no plano nacional e internacional. No tocante às análises, conclusões e comentários do autor se entrecruzam a expressão de convicções e o acúmulo de conhecimentos sobre a matéria em tela, assim como a coletânea...

O assédio moral nas relações de emprego em face à exigência de metas excessivas para a execução na jornada de trabalho

Melo, Aline Laís Rech de
Fonte: Universidade de Passo Fundo Publicador: Universidade de Passo Fundo
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Português
Relevância na Pesquisa
105.92%
Atualmente vivemos em uma sociedade na qual o mercado de trabalho está cada vez mais competitivo e exigente, onde busca-se a alta produção, estimulando os trabalhadores a darem o máximo, sem, muitas vezes, vislumbrarem-se condições propícias para sua realização. De tal forma, o assédio moral se dissemina na relação de trabalho, o que é configurado pela exposição dos trabalhadores a situações humilhantes, vexatórias e que constrangem a vítima durante a realização da jornada de trabalho. Apesar de o assédio moral não estar tipificado expressamente em nosso ordenamento jurídico, baseando-se nos princípios fundamentais da dignidade humana e nos direitos e garantias constitucionais dos trabalhadores, objetiva-se demonstrar, com esta pesquisa, a sua ocorrência no meio ambiente de trabalho devido às excessivas metas a que os trabalhadores são submetidos durante a jornada de trabalho, bem como as possíveis formas de reparação dos prejuízos e danos sofridos pelo assediado, garantindo ainda a efetiva proteção dos direitos fundamentais e da dignidade humana do trabalhador. O método de abordagem utilizado nesta pesquisa caracteriza-se como dedutivo, no qual é possível se chegar a uma conclusão através de uma cadeia de raciocínio em ordem descendente...

O teletrabalho e a possibilidade de violação ao direito fundamental à limitação da jornada de trabalho

Vieira, Silvana Col Debella
Fonte: Universidade de Passo Fundo Publicador: Universidade de Passo Fundo
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Português
Relevância na Pesquisa
105.96%
As formas de prestação de trabalho na atualidade evoluíram a tal ponto em que é plenamente possível o labor subordinado desempenhado fora dos limites físicos das empresas. Em decorrência dessa mudança de paradigma, tem-se disseminado o fenômeno do teletrabalho, pelo qual o trabalhador presta serviços à distância, mediante o controle por meios telemáticos ou informatizados. Diante dessa nova realidade, surge o questionamento acerca da possibilidade de o teletrabalho violar o direito fundamental à limitação da jornada de trabalho por conta da permanente disponibilidade do empregado frente ao empregador. Tem-se que a limitação do período de labor justifica-se por fatores de diversas ordens, como o econômico, o social, o biológico e o humano. A fixação de limites para a prestação de trabalho assegura o gozo dos direitos ao descanso, lazer, convivência familiar, reestabelecimento das energias físicas e manutenção da saúde pelo trabalhador. Diante disso, objetiva-se demonstrar, com a presente pesquisa, que, quando não estiverem mais delineados claramente os limites entre período de labor e de descanso, haverá violação do direito fundamental à limitação da jornada de trabalho. Assim, deve ser assegurada uma harmonização entre trabalho e vida pessoal do obreiro no teletrabalho...

Ponto eletrônico e a insegurança jurídica quanto a mensuração de jornada de trabalho

Silva, Duylio Pereira da
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: Texto
Português
Relevância na Pesquisa
105.95%
No Capítulo 01, estaremos abordando a noção conceitual do que é a jornada de trabalho e do princípio da primazia da realidade no direito brasileiro, bem como contextualizar historicamente o instituto da jornada trabalho, fazendo uma comparação com os dias atuais. Já no Capítulo 02, realizaremos a exposição das vantagens e garantias do uso dos sistemas de controle de jornada obreira, ou seja, a corrente favorável, inclusive sobre o prisma da segurança das informações contabilizadas, como se dá estes registros nas micro e pequenas empresas e o papel dos sindicatos e sua atuação histórica. O capítulo 03 vem demonstrar as alegações contrárias ao uso o controle, suas violações constitucionais, as possíveis inseguranças ou falhas de segurança no uso dos sistemas, bem como as consequências negativas percebidas pela sociedade em geral. A posição jurisprudencial vem ilustrada no capítulo 04, onde podemos vislumbrar qual a posição atual dos tribunais regionais e superior, e como se chegou a ela.; Direito

O controle da jornada de trabalho dos empregados domésticos a partir das alterações advindas da EC n 72/2013

Araújo, Marina Macedo
Fonte: Centro Universitário de Brasília Publicador: Centro Universitário de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Português
Relevância na Pesquisa
106.01%
O presente trabalho tem por objetivo abordar os novos direitos dos empregados domésticos, a partir da Emenda Constitucional nº 72/2013 que ampliou os direitos desta categoria, buscando um tratamento mais igualitário entre estes e os demais trabalhadores urbanos e rurais. A citada Emenda alterou o texto constitucional em seu artigo 7º, parágrafo único, resultando em uma modificação significativa no quadro jurídico e social dos empregados domésticos. Diante desta alteração, o aspecto mais relevante para o trabalho é o controle da jornada de trabalho, haja vista que agora a categoria em questão tem direito a uma jornada de oito horas diárias e quarenta quatro horas semanais. Assim, propõe-se uma reflexão sobre a matéria em questão e seus principais desdobramentos, como os meios possíveis para exercer o controle desta jornada, a caracterização das horas extras e a possibilidade do acordo de compensação de horas. Ressalta-se ainda a dificuldade de se controlar a jornada de trabalho no caso em questão e os desafios a serem vencidos pelo ordenamento jurídico brasileiro.

A sensibilidade das medidas de desigualdade à padronização da jornada de trabalho; Texto para Discussão (TD) 130: A sensibilidade das medidas de desigualdade à padronização da jornada de trabalho; The sensitivity of measures of inequality to the standardization of the working day

Barros, Ricardo Paes de
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Texto para Discussão (TD)
Português
Relevância na Pesquisa
125.92%
Elimina a influência das preferências individuais relativas ao lazer a partir da distribuição de domicílios segundo a renda total. Esta tarefa obtém um índice para a restrição orçamentária baseado na padronização da duração da jornada de trabalho.; 28 p. : il.

A redução da jornada de trabalho em questão

Grazia, Giuseppina Rosaria de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; "Originais" Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2001 Português
Relevância na Pesquisa
115.99%
Histórico das reivindicações dos trabalhadores para conquista de melhores condições de trabalho e de vida. A redução da jornada de trabalho, nos anos 70, é retomada como tendo como principal objetivo o enfrentamento dos altos índices de desmprego. O debate a respeito do tempo de trabalho se intensifica em diversos países europeus ao mesmo tempo em que se amplia a tendência à flexibilização da jornada e à desregulamentação das relações de trabalho dentro da nova ordem produtiva pós-fordista e do novo modelo político que acompanhou a reestruturação do capital. Ainda sem avaliações consensuais a respeito do impacto na criação de empregos, as recentes experiências de redução de jornada estariam sendo utilizadas pelo capital como porta de entrada para impulsionar a flexibilização e desregulamentação do tempo de trabalho, tendo em vista a necessária sincronia com as demandas flexíveis do novo modelo produtivo.

REDUÇÃO DA JORNADA DE TRABALHO E QUALIDADE DOS EMPREGOS: ENTRE O DISCURSO, A TEORIA E A REALIDADE

Mocelin, Daniel Gustavo; Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 28/04/2013 Português
Relevância na Pesquisa
105.95%
O objetivo deste ensaio é examinar o tema da redução da jornada de trabalho de modo crítico, expondoalgumas dimensões teóricas e empíricas importantes que costumam ficar excluídas do debate público sobrea matéria. Analisando algumas características sobre o tempo de contratação de trabalhadores no mercadode trabalho brasileiro, demonstra-se que existe uma grande distância entre o discurso, a leitura acadêmicasobre a matéria e a realidade. A redução da jornada de trabalho é um tema multifacetado, que caracterizaum debate complexo e polêmico, suscitando o interesse de diversos agentes sociais interessados nessapauta, mas que possuem diferentes concepções acerca do debate, em razão da heterogeneidade de valoresem jogo. Argumenta-se no artigo que as implicações sociais de uma medida política de redução da jornadade trabalho não podem ser previstas. Contudo, entende-se que essa redução é uma tendência histórica,vinculada ao desenvolvimento socioeconômico. Há diferenças marcantes entre o discurso sindical...

Perspectivas para o lazer com o impasse da luta pela redução da jornada de trabalho – o caso brasileiro

Camargo, Luiz Octávio de Lima
Fonte: LICERE - Revista do Programa de Pós-graduação Interdisciplinar em Estudos do Lazer Publicador: LICERE - Revista do Programa de Pós-graduação Interdisciplinar em Estudos do Lazer
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 20/06/2009 Português
Relevância na Pesquisa
115.95%
RESUMO: A luta dos trabalhadores pela redução da jornada de trabalho se enfraquece, internacionalmente, com a progressiva tendência de flexibilização, que ameaça um dos fundamentos teóricos do lazer que é o de ser pago pelo trabalho. Ainda existirá o lazer se desaparecerem os tempos pagos de lazer (repouso semanal remunerado, férias remuneradas, aposentadoria remunerada)? O objetivo desta comunicação é mostrar, ao lado de um retrospecto histórico das etapas da redução da jornada de trabalho no Brasil, que a compreensão do fenômeno do lazer nas sociedades modernas exige mais do que nunca um distanciamento da sociologia do trabalho e uma aproximação maior com a história e a sociologia da cultura.PERSPECTIVE FOR THE LEISURE WITH THE IMPASSE OF THE STRUGGLE FOR THE REDUCTION OF THE WORKING DAY – THE BRAZILIAN CASEABSTRACT: The workers’ fight for the reduction of working time has declined internationally. Now the word of command is flexibilisation, thar threatens the main point of the leisure sociological theory – the leisure paid by work. Do we have the same leisure if we’ll don’t have the week-end, vacations and retirement paid by work? This text, after summarizing the different stages of the reduction of working time in Brasil...

A tríplice jornada de mulheres pobres na universidade pública: trabalho doméstico, trabalho remunerado e estudos

Ávila, Rebeca Contrera; Universidade Estadual de Campinas; Portes, Écio Antônio; Universidade Federal de São João del-Rei
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2013 Português
Relevância na Pesquisa
105.93%
http://dx.doi.org/10.1590/S0104-026X2012000300011Este artigo é fruto de uma pesquisa de abordagem microssociológica realizada commulheres de camadas populares que frequentam cursos noturnos em uma universidade pública.Trata da experiência de mulheres que, a despeito de já levarem uma dupla jornada de trabalhodiária como mães, donas de casa e profissionais, resolvem dar prosseguimento aos estudos ecursar a universidade, passando a vivenciar uma tríplice jornada de trabalho diária. Além decolocar em evidência algumas das estratégias de sobrevivência e longevidade escolarempreendidas por essas mulheres no interior do espaço universitário, aponta também como sedeu a conciliação (ou não) entre as obrigações domésticas, trabalhistas e escolares. Ao mesmotempo que se percebem como mulheres-vítimas, também se impõem como mulheres-sujeitos.São conscientes de suas limitações, mas se negam a desistir de seus sonhos.