Página 1 dos resultados de 841 itens digitais encontrados em 0.009 segundos

Influência da borra de café no crescimento e nas propriedades químicas e biológicas de plantas de alface (Lactuca sativa L.)

Ferreira, Anabela Dias
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior Agrária Publicador: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior Agrária
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
99.29876%
O presente trabalho pretendeu avaliar as potencialidades do uso da borra de café como fertilizante agrícola. Para tal cultivaram-se plantas de alface (Lactuca sativa L.), em substrato composto por uma mistura de terra vegetal e borra de café, no estado fresco e compostado, em cinco concentrações diferentes [2,5; 5; 10; 15 e 20% (v/v)]. Como controlo utilizou-se substrato composto só com terra vegetal. Os efeitos da aplicação da borra de café foram avaliados por análise do crescimento, concentração de pigmentos fotossintéticos, composição mineral, anatomia radicular, citogenética das células meristemáticas radiculares e actividade antioxidante das folhas. Verificou-se que ambos os tipos de borra de café, bem como a sua concentração, influenciaram significativamente o crescimento das plantas. Constatou-se que quanto à borra de café fresca, esta deve ser aplicada em doses baixas (2,5% ou 5%, v/v), enquanto que na forma compostada, as doses a aplicar devem ser iguais ou superiores a 15% (v/v). Nestas condições observou-se, para ambos os casos, um incremento em biomassa, de pigmentos fotossintéticos e de macronutrientes foliares, superior face às plantas controlo. Adicionalmente verificou-se que a borra de café fresca...

Effect of fresh and composted espresso spent coffee on soil and Lactuca sativa L. mineral composition

Gomes, Teresa; Cruz, Rebeca; Pereira, J.A.; Ramalhosa, Elsa; Casal, Susana; Baptista, Paula
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança Publicador: Instituto Politécnico de Bragança
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Português
Relevância na Pesquisa
88.92726%
Espresso spent coffee grounds (ESC) comprises solid residues obtained after espresso coffee preparation, which are massively generated worldwide, being unfortunately disposed together with common garbage. Still, there are several references about its application as organic fertilizer in domestic cultivation, due to their richness on mineral compounds, especially potassium. However, their effect or safety on agriculture remains unknown. In this study, a greenhouse experiment was undertaken to examine the potential of using ESC either in fresh or in composted form to enhance mineral composition of the soil and of Lactuca sativa L. plants. With this purpose, lettuce plants cv. “Four seasons” were grown in topsoil (control) or topsoil mixed with different amounts of fresh (2.5, 5, 10, 15, 20%, v/v) or composted (5, 10, 15, 20, 30%, v/v) ESC. The amounts of K, Mg, P, Ca, Na, Fe, Mn, Zn and Cu were determined in the topsoil and in the several mixtures of topsoil- ESC after crop harvest, as well as on lettuce plants after 32 days of culture. After harvesting, an increment on soil micronutrients contents was noticed on both fresh and composted ESC treatments, especially when applied at highest concentrations, though total mineral content was higher in the former. Secondly...

Germination and growth inhibitory effects of hypericum myrianthum and h. polyanthemum extracts on lactuca sativa l.; Efeito inibitório de extratos de Hypericum myrianthum e H. polyanthemum sobre a germinação e crescimento de Lactuca sativa L

Fritz, Daniela; Bernardi, Ana Paula Machado; Haas, Juliana Schulte; Ascoli, Bruna Maria; Bordignon, Sergio Augusto de Loreto; Von Poser, Gilsane Lino
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
79.605513%
Neste trabalho foi investigado o efeito inibitório de extratos etanólicos de partes aéreas de Hypericum myrianthum e Hypericum polyanthemum sobre a germinação e o crescimento de alface (Lactuca sativa). A germinação das sementes foi reduzida em todas as concentrações avaliadas. Após sete dias, o percentual de germinação foi signifi cativamente retardado pelos extratos de ambas as plantas, nas maiores concentrações, em comparação com o grupo controle. O comprimento das radículas foi signifi cativamente afetado, estas apresentando alguns sinais de necrose. As duas espécies apresentam compostos fenólicos como constituintes principais, os quais podem ser responsáveis pela inibição da germinação e crescimento de Lactuca sativa.; The germination was retarded in all the tested concentrations. After seven days the fi nal germination percentage of the most concentrated extracts was signifi cantly reduced by both extracts in comparison with the control. The radicles length was signifi cantly affected showing necrosis. Both species present phenolic compounds as the main components and they could be responsible for the inhibition of the germination and growth of Lactuca sativa.

Períodos de estratificação na germinação de sementes de alface (Lactuca sativa L.) sob diferentes condições de luz e temperatura

Bufalo, Jennifer; Esteves Amaro, Amanda Cristina; de Araujo, Humberto Sampaio; Corsato, Jaqueline Malagutti; Ono, Elizabeth Orika; Ferreira, Gisela; Rodrigues, Joao Domingos
Fonte: Universidade Estadual de Londrina (UEL) Publicador: Universidade Estadual de Londrina (UEL)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 931-940
Português
Relevância na Pesquisa
88.92726%
Lettuce seeds have a high sensitivity to variations in humidity and temperature of the environment where they germinate, therefore, studies with the aim of improve the germination and physiological performance of these have been conducted. Thus, the study aimed to evaluate the efficiency of pre-germination treatment stratification (5 degrees C) for different periods, and increase the uniformity of germination of lettuce seeds submitted to different conditions of light and germination temperatures. In the pre-germinative treatment, the seeds of lettuce (Lactuca sativa L.) var. American Great Lakes were placed in plastic boxes dark of the type "gerbox" and subjected to temperature stratification of 5 degrees C and the dark for 0, 4, 8, 12 and 16 hours. After periods of stratification the seeds were submitted to germination tests which were transferred to plastic boxes type "gerbox" transparent (constant light) and dark (no light) and were maintained in a germination chamber B.O.D with light constant at temperatures of 20, 25, 30 and 35 degrees C. The design used was the entirely randomized with four repetitions, in a factorial outline 5x4x2, five pre-germinative treatments, four germination temperatures and two light conditions. Stratification for 16 hours and temperatures of 20 and 25 degrees C stimulated the germination of lettuce seeds...

Avaliação da fito- e genotoxicidade do chumbo em Lactuca sativa L.

Silva, Patrícia Raquel Curado da
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
89.38042%
Dissertação de Mestrado em Genética Molecular Comparativa e Tecnológica; A contaminação dos ecossistemas com metais pesados (MP) é uma preocupação mundial. Dentre os vários MP poluentes, o chumbo (Pb) é um dos mais tóxicos, colocando em risco a saúde humana e dos animais. Este elemento não-essencial encontra-se difundido de forma generalizada no ambiente e é altamente fito e genotóxico. A alface (Lactuca sativa L.) é uma hortícola muito importante na alimentação humana e encontra-se referenciada como espécie standard para testes de toxicidade e genotoxicidade. Neste estudo, avaliou-se a ação do Pb em concentrações legais para águas de rega em plantas de alface, ao nível da germinação, crescimento e integridade do DNA. Expondo sementes de duas cultivares de alface, “Reine de Mai” (acumuladora de cádmio) e “Bola de Manteiga” (considerada sensível a MP), durante 7 dias às concentrações de 0, 0,05, 0,5, 5, 10 e 20 mg/L de Pb, verificou-se que a maioria das doses utilizadas não afetou de forma significativa a germinação, os comprimentos das partes radiculares e aéreas, e os pesos frescos das plântulas, levando, em certos casos, a um estímulo destes parâmetros, possivelmente devido a um papel como micronutriente do Pb. A velocidade de germinação e o vigor das sementes foram afetados tanto de forma positiva (normalmente...

Uptake of uranium by lettuce (Lactuca sativa L.) in natural uranium contaminated soils in order to assess chemical risk for consumers

Neves, O.; Abreu, M.M.; Vicente, E.M.
Fonte: Springer Publicador: Springer
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2008 Português
Relevância na Pesquisa
89.03138%
Uranium mining activity in Cunha Baixa (Portugal) village has left a legacy of polluted soils and irrigation water. A controlled field experiment was conducted with lettuce (Lactuca sativa L.) in an agricultural area nearby the abandoned mine in order to evaluate uranium uptake and distribution in roots and leaves as well as ascertain levels of uranium intake by the local inhabitants from plant consuming. Two soils with different average uranium content (38 and 106 mg/kg) were irrigated with non-contaminated and uranium contaminated water (<20 and >100 μg/l). A non-contaminated soil irrigated with local tap water (<1 μg/l uranium) was also used as a control. Uranium in lettuce tissues was positively correlated with soil uranium content, but non-significant differences were obtained from contaminated soils irrigated with different water quality. Uranium in plants (dry weight) growing in contaminated soils ranged from 0.95 to 6 mg/kg in roots and 0.32 to 2.6 mg/kg in leaves. Lettuce bioconcentration is more related to available uranium species in water than to its uranium concentration. Translocated uranium to lettuce leaves corresponds to 30% of the uranium uptake whatever the soil or irrigation water quality. A maximum uranium daily intake of 0.06 to 0.12 μg/kg bodyweight day was estimated for an adult assuming 30 to 60 g/day of lettuce is consumed. Although this value accounts for only 10% to 20% of the recommended Tolerable Daily Intake for ingested uranium...

Germination and growth inhibitory effects of Hypericum myrianthum and H. polyanthemum extracts on Lactuca sativa L.

Fritz,Daniela; Bernardi,Ana Paula; Haas,Juliana S.; Ascoli,Bruna M.; Bordignon,Sérgio Augusto de Loreto; von Poser,Gilsane
Fonte: Sociedade Brasileira de Farmacognosia Publicador: Sociedade Brasileira de Farmacognosia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2007 Português
Relevância na Pesquisa
79.071597%
Germination and growth inhibitory effects of ethanolic crude extracts of Hypericum myrianthum and H. polyanthemum aerial parts on lettuce (Lactuca sativa) were investigated. The germination was retarded in all the tested concentrations. After seven days the final germination percentage of the most concentrated extracts was significantly reduced by both extracts in comparison with the control. The radicles length was significantly affected showing necrosis. Both species present phenolic compounds as the main components and they could be responsible for the inhibition of the germination and growth of Lactuca sativa.

Avaliação do efeito da peletização sobre o vigor de sementes de alface (Lactuca sativa L.)

Coraspe,H.M.; Gonzales Idiarte,H.; Minami,K.
Fonte: São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" Publicador: São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/1993 Português
Relevância na Pesquisa
98.99171%
Sementes de alface (Lactuca sativa L.) cv. Verônica, do tipo crespo, foram submetidas a testes de umidade, germinação, velocidade de germinação, envelhecimento acelerado, teste de frio, condutividade elétrica, e emergência. Os testes de laboratório não evidenciaram diferenças significativas da qualidade fisiológica entre sementes peletizadas e sem paletes, exceto o teste de envelhecimento acelerado. As correlações entre os testes de laboratório e a emergência em campo não foram significativas. A emergência em campo foi significativamente maior nas sementes peletizadas.

Resposta da alface americana (Lactuca sativa L.) a doses e épocas de aplicação de cobre

Resende,Geraldo Milanez de; Yuri,Jony Eish; Mota,José Hortêncio; Rodrigues Júnior,Juarez Carlos; Souza,Rovilson José de; Carvalho,Janice Guedes de
Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2005 Português
Relevância na Pesquisa
89.07765%
Foram conduzidos três ensaios distintos no período de dezembro de 2002 a fevereiro de 2003, no município de Três Pontas - MG, com o objetivo de avaliar a influência de doses de cobre sobre a produção de alface americana (Lactuca sativa L.). Utilizou-se o delineamento de blocos ao acaso com cinco tratamentos, sendo uma testemunha e quatro doses de cobre (0,15, 0,30, 0,45 e 0,60 l/ha); e 4 repetições, aplicadas em três diferentes épocas via foliar (14, 21 e 28 dias após o transplantio). A maior massa fresca comercial por planta foi constatada na dose de 0,35 l/ha de cobre, com um incremento de 20,5% no rendimento, comparativamente a testemunha. A aplicação aos 21 e 28 dias após o transplante promoveu os maiores comprimentos de caule com 5,7 e 6,1 cm, respectivamente. A dose de 0,45 l/ha de cobre elevou a circunferência da cabeça comercial. Para sanidade das folhas constatou-se efeito quadrático, no qual a dose de 0,41 l/ha de cobre proporcionou a melhor sanidade das folhas externas, quando aplicada aos 21 e 28 dias. Não se observou efeito significativo dos tratamentos para massa fresca total.

Influência alelopática de hortelã (Mentha x villosa Huds.) sobre emergência de plântulas de alface (Lactuca sativa L.)

Maia,J.T.L.S.; Bonfim,F.P.G.; Barbosa,C.K.R.; Guilherme,D.O.; Honório,I.C.G.; Martins,E.R.
Fonte: Sociedade Brasileira de Plantas Medicinais Publicador: Sociedade Brasileira de Plantas Medicinais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 Português
Relevância na Pesquisa
78.99171%
Objetivou-se com esse trabalho avaliar a interferência de possíveis efeitos alelopáticos de Mentha x villosa Huds. sobre a emergência de Lactuca sativa L. As atividades foram conduzidas em laboratório, no Instituto de Ciências Agrárias (ICA) da Universidade Federal de Minas Gerais, em Montes Claros/MG. Foram propostos três tratamentos, sendo esses: solo A, coletado em área cultivada com hortelã no horto medicinal do ICA/UFMG; solo B, coletado em áreas adjacentes e, testemunha (papel germiteste).O delineamento experimental foi inteiramente casualizado (DIC), com sete repetições. As variáveis avaliadas foram: porcentagem e índice de velocidade de emergência. Observou-se que a emergência de plântulas de Lactuca sativa foi significativamente afetada pelo solo A (6,95%) se comparada com o solo B (21,71%), representando assim, uma inibição da emergência, ou seja, efeito alelopático da hortelã sobre a emergência de alface. Já o índice de velocidade de emergência (IVE) não diferiu significativamente entre os solos testados.

Uso da manipueira como fonte de potássio na cultura da alface (Lactuca sativa L.) cultivada em casa-de-vegetação

Santos,Max Henrique Vieira dos; Araújo,Afrânio César de; Santos,Deon Moreno Ribeiro dos; Lima,Nadielan da Silva; Lima,Cícero Luiz Calazans de; Santiago,Antônio Dias
Fonte: Editora da Universidade Estadual de Maringá - EDUEM Publicador: Editora da Universidade Estadual de Maringá - EDUEM
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2010 Português
Relevância na Pesquisa
88.99171%
O presente trabalho foi realizado durante o ano de 2006 na área da Embrapa/UEP/Rio Largo, situada no Campus Delza Gitaí - Unidade Acadêmica Centro de Ciências Agrárias - UFAL, com o objetivo de avaliar a utilização da manipueira - resíduo gerado no processamento da mandioca (Manihot esculenta Crantz) como fonte de potássio na cultura da alface (Lactuca sativa L). O experimento foi conduzido em casa-de-vegetação, em delineamento inteiramente casualizado, com seis tratamentos e seis repetições, sendo os tratamentos: 0, 100, 200, 300, 400 e 500 mL de manipueira por vaso de 5 L. Utilizou-se a cultivar de alface Regina SF 3500, sendo as avaliações realizadas 33 dias após o transplantio. Foram analisadas as características: área foliar, massa fresca das folhas, massa seca das folhas, número de folhas, massa fresca do caule e massa fresca das raízes. Concluiu-se que a manipueira pode ser usada como fonte de potássio na cultura de alface, dependendo da dose aplicada.

Resposta da alface americana (Lactuca sativa L.) a doses e épocas de aplicação de cobre

Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Português
Relevância na Pesquisa
89.07765%
Foram conduzidos três ensaios distintos no período de dezembro de 2002 a fevereiro de 2003, no município de Três Pontas - MG, com o objetivo de avaliar a influência de doses de cobre sobre a produção de alface americana (Lactuca sativa L.). Utilizou-se o delineamento de blocos ao acaso com cinco tratamentos, sendo uma testemunha e quatro doses de cobre (0,15, 0,30, 0,45 e 0,60 l/ha); e 4 repetições, aplicadas em três diferentes épocas via foliar (14, 21 e 28 dias após o transplantio). A maior massa fresca comercial por planta foi constatada na dose de 0,35 l/ha de cobre, com um incremento de 20,5% no rendimento, comparativamente a testemunha. A aplicação aos 21 e 28 dias após o transplante promoveu os maiores comprimentos de caule com 5,7 e 6,1 cm, respectivamente. A dose de 0,45 l/ha de cobre elevou a circunferência da cabeça comercial. Para sanidade das folhas constatou-se efeito quadrático, no qual a dose de 0,41 l/ha de cobre proporcionou a melhor sanidade das folhas externas, quando aplicada aos 21 e 28 dias. Não se observou efeito significativo dos tratamentos para massa fresca total.

Elementos-tra??o em Allium cepa L. e Lactuca sativa L.; Trace element in Allium cepa L. and Lactuca sativa L.

MENDES, Maribel da Silva
Fonte: Universidade Federal de Pelotas; Agronomia; Programa de P??s-Gradua????o em Agronomia; UFPel; BR Publicador: Universidade Federal de Pelotas; Agronomia; Programa de P??s-Gradua????o em Agronomia; UFPel; BR
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
99.81959%
The environmental pollution with trace-elements (ETs) is an increasing problem in the modern society, having extreme importance the evaluation of these environmental risks. The use of seeds of superior plants is ideal for such tests since they are efficient, quick and of easy execution. The objectives of this work were evaluate the toxic effects on the germination and cytotoxics on the meristematics cells of Allium cepa L. and Lactuca sativa L. roots, under different concentrations of the trace-elements cadmium (0,5; 1,0; 3,0; 5,0; 7,0 and 9,0mg. L-1), arsenic (2,5; 5,0; 7,5; 10; 15; 20mg. L-1), lead (50, 100, 150, 200, 250 and 300mg. L-1), chromium (50, 100, 150, 200, 250 and 300mg. L-1) and mercury (0,25; 0,5; 1,0; 1,5; 2,0 and 2,5mg. L-1), after 168 and 48h of exhibition, respectively. In lettuce, de maximum number and classes of nucleolus per interphasic cell were observed. The results showed toxic effect of the traceelements on the germination of the seeds and Mitotic Index (IM), besides the induction of chromosomic aberrations in the meristematic cells of A. cepa L. The degree of toxicity and the different anomalies increased with the increase of ET concentration. In L. sativa it was evident that both the percentage of germination and the IM decreased with the increase of ETs concentration. The cytotoxicity caused by these ETs was demonstrated in the different chromosomic anomalies caused to the meristematic cells of this vegetable species. The presence of chrome...

Evaluation of cadmium genotoxicity in Lactuca sativa L. using nuclear microsatellites

Monteiro, Marta; Santos, Conceição; Mann, Reinier M.; Soares, Amadeu M. V. M.; Lopes, Tina
Fonte: Elsevier Publicador: Elsevier
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
88.92726%
Cadmium (Cd) is a non-essential element and is a widespread environmental pollutant. Exposure to cadmium can result in cytotoxic, carcinogenic and mutagenic effects. Mutagenesis is indicative of genetic instability and can be assayed using microsatellites. Microsatellites or simple sequence repeats (SSRs) are composed of tandem repeats of short sequence motifs (1-6 bp) that are polymorphic, mainly in the number of tandem repeated units. Therefore, chromosomic mutations like inversion, deletion or translocation and point mutations can be detected by this type of molecular marker. In this study we have evaluated the mutagenic/genotoxic effects of cadmium in lettuce (Lactuca sativa L.). Five-week-old lettuce plants grown in a modified Hoagland's medium were exposed for a further 14 days to a medium containing 100 mu M Cd(NO3)(2). Genomic DNA was extracted from lettuce leaves and roots, harvested at days 0, 1, 3, 7 and 14, and nine SSRs were tested, amplified and analysed to evaluate microsatellite instability (NISI). Mutagenic effects of cadmium on microsatellite DNA loci were assessed and no MSI was observed in the used markers. (C) 2007 Elsevier B.V. All rights reserved.; FCT/POCTI/BSE/ 48757/2002; FCT/SFRH/BD/17491/2004; FCT/SFRH/BPD/8348/2002; FCT/SFRH/BPD/6012/2001

Persistencia de Halosulfuron-metil en cultivos de lechuga (Lactuca sativa L.) y espinaca (Spinacia oleracea L.)

Grez González, Javiera Patricia
Fonte: Universidad de Chile Publicador: Universidad de Chile
Tipo: Tesis
Português
Relevância na Pesquisa
89.35971%
Memoria para optar al título profesional de Ingeniero Agrónomo Mención Fitotecnia; Durante la temporada agrícola 2007/2008 en el Campus Antumapu de la Facultad de Ciencias Agronómicas de la Universidad de Chile, (32° 40' lat. sur y 70° 32' long. oeste), se realizó un estudio para determinar la persistencia del herbicida halosulfuron-metil para el posterior establecimiento de lechuga (Lactuca sativa L.) y espinaca (Spinacia oleracea L.). El herbicida fue aplicado en dosis de 75 g·ha-1 de ingrediente activo y se utilizaron plantines de lechuga var. capitata cv. Sahara y semillas de espinaca cv. Callas F1. Se realizaron dos ensayos independientes: Ensayo 1: Persistencia de halosulfuron-metil para el posterior establecimiento de lechuga y Ensayo 2: Persistencia de halosulfuron-metil para el posterior establecimiento de espinaca. Para ambos ensayos se establecieron 7 tratamientos que correspondieron al tiempo transcurrido entre la aplicación del herbicida y el establecimiento de cada cultivo, es decir, los tratamientos correspondieron a la plantación de lechuga o siembra de espinaca en suelos tratados 0, 30, 45, 60, 75 y 90 días antes con halosulfuron-metil, más un tratamiento testigo sin la aplicación del herbicida. Para cada ensayo se evaluaron semanalmente la fitotoxicidad visual...

Efecto de antipardeantes sobre cuatro tipos de lechuga (Lactuca sativa L.) sometidas a mínimo proceso

Toledo Toledo, Gladys Luisa
Fonte: Universidad de Chile Publicador: Universidad de Chile
Tipo: Tesis
Português
Relevância na Pesquisa
89.2591%
Memoria para optar al Título Profesional de Ingeniero Agrónomo; Se evaluó el comportamiento post-cosecha de cuatro tipos de lechuga ((Lactuca sativa L.): Costina, Escarola, Milanesa y Española, mínimamente procesadas (MPF) y el efecto de antipardeantes en hojas de lechugas cortadas. Estos productos se obtuvieron en distintos supermercados de la Región Metropolitana. Se seleccionaron las hojas que estaban en óptimas condiciones. Las hojas, primero se lavaron con agua potable a presión, luego se cortaron en trozos, se lavaron con agua con cloro a una concentración de 150 mgL-1 y luego se dejaron escurrir, posteriormente se sumergieron por dos minutos, en una solución de ácido cítrico al 0,3% con ácido ascórbico al 0,5% (T1) y una solución de ácido cítrico al 1% con ácido ascórbico al 1% (T2) para el Ensayo 1. Para el Ensayo 2 se sumergieron en una solución de ácido cítrico al 0,5% (T1) y una solución de ácido cítrico al 1% (T2). En ambos ensayos se consideró un testigo (T0) sin antipardeante. Posteriormente se centrifugaron por 2 minutos y se llenaron bolsas PD 961, con 150 g de lechuga, las que se almacenaron en una cámara de frío a 4ºC y 85% HR, durante 7 días. Al inicio del ensayo y a los 7 días se procedió a medir color...

Efeito Alelopático de Extrato Aquoso de Piper aduncum L. e Piper tectoniifolium Kunth na Germinação e Crescimento de Lactuca sativa L.

Lustosa, Flávia Ludmila Ferreira; Oliveira, Sarah Christina Caldas; Romeiro, Luiz Antônio
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: Texto
Português
Relevância na Pesquisa
99.35971%
A alelopatia pode ser definida como um processo pelo quais produtos do metabolismo secundário de um determinado vegetal são liberados, impedindo a germinação e o desenvolvimento de outras plantas relativamente próximas [1]. A resistência ou tolerância aos metabólitos secundários é uma característica espécieespecífica, tendo algumas espécies sensíveis como Lactuca sativa L. (alface), Lycopersicon esculentum Miller (tomate) e Cucumis sativus L. (pepino), consideradas plantas indicadoras de atividade alelopática.[2]. A família Piperaceae tem cerca de 12 gêneros e 1400 espécies distribuídas em todas as regiões tropicais e subtropicais. No Brasil ela é representada por cinco gêneros e aproximadamente 460 espécies. Na região de Maringá, Paraná, Brasil, há matas secundárias onde vicejam espécies pertencentes ao gênero Piper Linnaeus, como P. amalago var. medium Linnaeus, P. aduncum Linnaeus, P. arboreum Aublet, P. crassinervium H.B.K., P. diospyrifolium Kunth e P. gaudichaudianum Kunth. Essas espécies têm hábito arbustivo ou subarbustivo e ocorrem em touceiras [3]. As espécies estudadas de Piper têm um amplo uso popular, pois possuem propriedades medicinais, ou seja, possuem um ou mais princípio ativo que lhe confere alguma propriedade terapêutica...

Avaliação dos danos de DNA causados pela ingestão de suco de lactuca sativa l. cultivada em horta construída sobre depósitos de rejeitos de carvão

Jesus, Maiélen Machado de
Fonte: Universidade do Extremo Sul Catarinense Publicador: Universidade do Extremo Sul Catarinense
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso - TCC
Português
Relevância na Pesquisa
98.99171%
Trabalho de Conclusão de Curso, apresentado para obtenção do grau de bacharel no curso de Ciências Biológicas da Universidade do Extremo Sul Catarinense, UNESC.; A mineração de carvão é uma das atividades econômicas mais importantes do país, e a fonte de energia mais utilizada em todo o mundo, porém com potencial poluidor altíssimo ao meio ambiente. Por esse fato o objetivo deste trabalho foi avaliar os danos causados pelo consumo de Lactuca sativa L. cultivada em horta experimental construída sobre depósitos de rejeitos de carvão, ao DNA de camundongos Swiss. Para isso foram utilizados 18 animais divididos em 3 grupos: solução salina (CN), suco de alface cultivada de modo orgânico (SAO), suco de alface cultivada sobre depósito controlado de rejeito de carvão (SAM). A solução salina (NaCl 0,9%) e o suco das folhas de alface foram administrados por gavagem por 30 dias, com coletas de sangue em 2, 5, 10, 20 e 30 dias para o ensaio cometa e no trigésimo dia os animais foram mortos por deslocamento cervical para retirada do fígado e córtex cerebral para o ensaio cometa que avalia a genotoxicidade, e medula óssea para o teste de micronúcleos que avalia o potencial mutagênico. Em ambos os parâmetros do ensaio cometa o tratamento do grupo SAM foi genotóxico em relação ao grupo CN e ao grupo SAO em todos os dias de exposição. No teste de micronúcleos não houve diferença significativa em nenhum dos grupos avaliados. Concluímos então que o consumo de hortaliças cultivadas em área de mineração de carvão gera um sério risco a saúde humana e animal.

Avaliação do efeito da peletização sobre o vigor de sementes de alface (Lactuca sativa L.); Evaluation of the pelletization effect on lettuce seed vigor (Lactuca sativa L.)

Coraspe, H.M.; Gonzales Idiarte, H.; Minami, K.
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Publicador: Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/1993 Português
Relevância na Pesquisa
99.65699%
Sementes de alface (Lactuca sativa L.) cv. Verônica, do tipo crespo, foram submetidas a testes de umidade, germinação, velocidade de germinação, envelhecimento acelerado, teste de frio, condutividade elétrica, e emergência. Os testes de laboratório não evidenciaram diferenças significativas da qualidade fisiológica entre sementes peletizadas e sem paletes, exceto o teste de envelhecimento acelerado. As correlações entre os testes de laboratório e a emergência em campo não foram significativas. A emergência em campo foi significativamente maior nas sementes peletizadas.; Seeds of "Veronica", a crisphead lettuce cultivar (Lactuca sativa L.), were submitted to laboratory tests of humidity, germination, velocity of germination, accelerated aging, cold, electrical conductivity and field emergence. Tests did not show any significant difference of the physiological quality between bare and pelleted seeds, except the accelerated aging. Correlations among laboratory tests and the field emergence were not significant. The field emergence was significantly higher from pelleted seeds than seeds without pellets.

Análisis de sensibilidad global de un modelo de lechugas (Lactuca sativa L.) cultivadas en invernadero

López-Cruz,Irineo L.; Salazar-Moreno,Raquel; Rojano-Aguilar,Abraham; Ruiz-García,Agustín
Fonte: Colegio de Postgraduados Publicador: Colegio de Postgraduados
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2012 Português
Relevância na Pesquisa
109.03138%
El análisis de sensibilidad de un modelo matemático es relevante ya que permite determinar como la incertidumbre de las salidas del modelo puede ser asignada a sus variables de entrada. Hasta ahora se aplican métodos locales basados en el cálculo de derivadas parciales para modelos de cultivos en invernadero. Sin embargo, la limitante principal del análisis de sensibilidad local es que proporciona información únicamente en el punto base donde las derivadas son calculadas, sin tomar en cuenta el resto del intervalo de variación de los factores de entrada. Para superar estas limitaciones se desarrollan enfoques de análisis de sensibilidad global como gráficas de dispersión, coeficientes de regresión estandarizados, métodos basados en el cálculo de varianzas, la prueba de efectos elementales y el filtrado de Monte Carlo. En el presente estudio se desarrolló un análisis de sensibilidad global basado en varianzas a un modelo de crecimiento para lechugas (Lactuca sativa L.) cultivadas en invernadero. Primero se definieron las funciones de densidad de probabilidad para todos los parámetros del modelo. Después se desarrollaron 5000 simulaciones Monte Carlo con el método ampliado de Fourier (FAST) para calcular los índices de sensibilidad de primer orden...