Página 1 dos resultados de 597 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

As especificidades do ensino precoce da língua francesa em São Tomé e Príncípe: caso da Alliance Française

Oliveira, Ângela; Alves, Ana Maria
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança, Universidade de São Tomé e Príncipe Publicador: Instituto Politécnico de Bragança, Universidade de São Tomé e Príncipe
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Português
Relevância na Pesquisa
68.44627%
O presente estudo preocupa-se com as especificidades do ensino precoce do francês língua estrangeira praticado na Alliance Française de São Tomé e Príncipe. O seu enquadramento teórico, assenta em literaturas consultadas que dizem respeito ao ensino precoce de línguas estrangeiras, em reflexões sobre os objetivos. Refere as orientações metodológicas, as características e as complexidades deste tipo de ensino, incluindo uma visão s obre o sistema de ensino santomense e o ensino da língua francesa neste sistema. O estudo de caso, centrado na metodologia de ensino, procura revelar as particularidades do ensino do francês para as crianças na Alliance Française de São Tomé e Príncipe. Para recolher informações, foram observadas algumas aulas de língua francesa numa turma de crianças na Alliance Française de São Tomé cujos resultados são apresentados sob a forma de descrição interpretativa. O desenvolvimento do trabalho obedece a quatro grandes etapas: o ensino precoce de línguas estrangeiras; a sua complexidade; a importância de aquisição duma Competência Comunicativa e Intercultural ao longo da vida. - As características do ensino precoce de línguas estrangeiras e breve alusão sobre o ensino - aprendizagem precoce de uma língua estrangeira em Portugal e França. - O sistema de ensino são-tomense: Breve apresentação histórica sobre o ensino de francês língua estrangeira (FLE). - O contexto de ensino Alliance française de São Tomé...

A simulação global como medidora na aprendizagem do vocabulário em aulas de francês língua estrangeira: criar para aprender e interagir; The global simulation as a measurer in learning of vocabulary in french classes foreign language: create to learn and interact

Khoury, Zeina Abdulmassih
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/09/2008 Português
Relevância na Pesquisa
48.703237%
Esse estudo investiga a aprendizagem de vocabulário através da metodologia de Simulação Global (SG), visando mostrar sua utilização como estratégia pedagógica, criativa, interativa, motivadora e eficaz em aula de língua francesa. Tal aprendizagem é vista como um processo social, dinâmico e complexo, envolvendo um grande número de variáveis, dentre as quais as cognitivas e as afetivas desempenham um papel de extrema relevância, e que tem a sala de aula como o cenário social onde professor e alunos constroem conhecimento em conjunto através da negociação. Nesta pesquisa são analisadas as experiências anteriores de aprendizagem de língua estrangeira (língua francesa) dos aprendizes, suas concepções em relação ao ensino de língua estrangeira (LE) e, especialmente, em relação ao vocabulário, a experiência atual de aprendizagem com a SG, bem como a aprendizagem do vocabulário nesse contexto. Na SG, os alunos aprendem em contextos reais de comunicação. As atividades propostas nessa metodologia estimulam a criatividade e a tomada de decisões dos aprendizes e funcionam como mediadores da interação, proporcionando a construção de conhecimento lingüístico-comunicativo e cultural da língua francesa. Vinte e cinco alunos de nível intermediário em língua francesa participaram deste estudo. Os dados foram coletados em um curso de língua francesa...

Da dificuldade de produção oral à construção do indivíduo-aprendiz-adulto em língua francesa; The difficulty of oral production until the construction of the individual adult learners in french language

Oliveira, Sônia Regina Nóbrega de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/10/2008 Português
Relevância na Pesquisa
57.991357%
Esta dissertação de mestrado teve por objeto de estudo e pesquisa um fator preponderante da aprendizagem de uma língua estrangeira: a necessidade de comunicação. Nesse sentido, a produção oral entre os interlocutores é fundamental para o êxito da aquisição da performance lingüística no novo idioma. No entanto, alguns aprendizes-adultos mostram-se bloqueados no momento da oralização, o que lhes acarreta um duplo dano: aquele que atinge a dimensão da interação social e um outro, que afeta a sua identidade pessoal e de aprendiz. Ao buscar compreender o silêncio demonstrado por um grupo de alunos universitários, iniciantes completos em língua francesa, constatamos que crenças profundamente cristalizadas sobre o ensino/aprendizagem de língua estrangeira, bem como fatores psico-sócio-afetivos surgem como possíveis indícios da não verbalização. As considerações preliminares, obtidas por meio de uma pesquisa qualitativa junto a esses aprendizes, nos levaram a crer na necessidade imperiosa de uma mudança de comportamento por parte desses aprendizes-adultos, a fim de que pudessem pôr em prática, através de suas características individuais, as estratégias necessárias para suplantar os conflitos psico-sócio-afetivos ou de resistência às mudanças e...

Sensibilização de futuros professores para a docência em Educação a Distância no ensino da leitura de textos digitais em língua francesa: o Moodle como espaço de formação inicial; Enticing future teachers to teach digital text reading in the French language through Distance Education: Moodle as an initial instruction space

Santos, Valkiria
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 09/04/2015 Português
Relevância na Pesquisa
58.249644%
A relação do homem com o tempo, o espaço e as tecnologias de informação e comunicação mediadas pela Internet resultaram em adequações, mudanças e inovações no cenário educacional. No que se refere à modalidade de ensino Educação a Distância, a crescente demanda e oferta de cursos traz como questão central a reflexão e a discussão sobre a formação de professores especializados, em língua materna e estrangeira, com saberes e habilidades necessários para atuar nesse contexto. Em se tratando dessa modalidade aplicada ao ensino da leitura em língua estrangeira, no caso desta pesquisa, em francês, nossos objetivos foram o de discutir, primeiramente, o ensino da leitura de textos digitais (hipertextos e multimodais) em língua francesa; em seguida, discutir e verificar quais os conhecimentos e habilidades necessários para que o professor em formação possa atuar em ambientes virtuais de aprendizagem e, num terceiro momento, promover a sensibilização dos futuros professores de francês para a docência em EaD no ensino da leitura de textos digitais em língua francesa por meio de atividades elaboradas pelos alunos participantes da pesquisa atuando no papel de professor. O contexto de produção dos dados ocorreu no curso Leitura e Avaliação em francês...

Investigando o processo ensino-aprendizagem de LE in-tandem: aprendizagem da língua francesa em contexto digital

Fernandes, Fábio Roberto
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 203 f. : il. color.
Português
Relevância na Pesquisa
58.11216%
Pós-graduação em Estudos Linguísticos - IBILCE; O processo de ensino-aprendizagem de uma língua estrangeira está ligado a diversas questões que podem garantir a aquisição de tal língua ou mesmo criar entraves que aumentam a distância entre o aprendiz e a língua-alvo. Assim, questões referentes aos fatores cognitivos, didático-pedagógicos, sociais, econômicos e culturais são significativas em relação à forma como um indivíduo aprende uma determinada língua. O presente trabalho teve como objetivo identificar e descrever as contribuições e os entraves dos meios digitais para a aprendizagem de língua estrangeira por meio da interação entre pares no escopo do projeto Teletandem Brasil: línguas estrangeiras para todos. Tal contexto de aprendizagem baseia-se nos princípios de autonomia e reciprocidade no processo de ensino-aprendizagem à distância, no qual indivíduos falantes de línguas diferentes aprendem e ensinam suas respectivas línguas por meio de atividades de interação na língua a ser aprendida. A investigação da aprendizagem em modelos não-tradicionais de ensino torna-se pertinente a medida que uma reorganização de paradigmas se estabelece na sociedade contemporânea face o desenvolvimento tecnológico observado nos dias de hoje. Tal reorganização implica em uma reestruturação do modo de se produzir e transmitir conhecimento no mundo atual. No que tange às questões educacionais...

O francês como língua de ritmo silábico: um estudo de caso das suas características acústicas

Galastri, Eliane de Oliveira
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 121 f. : il., gráfs.
Português
Relevância na Pesquisa
58.288545%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Linguística e Língua Portuguesa - FCLAR; According to Abercrombie (1965), languages are divided into two types of linguistic rhythm: accentual and syllabic (stress-timed language / syllable-timed language). The first type is characterized by the same amount of time spend to produce the rhythmic feet, while the second type is characterized by containing syllabic with fixed duration. In both cases, the rhythm is directly dependent from patterns of duration that are repeated. The accentual rhythm and their characteristics were studied by many researchers who studied almost exclusively English. However, the syllabic rhythm received little attention. For example, Halliday (1970) proposed a descriptive model for British English, but never proposed a model for a syllable timed language. Thus, the syllable-timed languages, were commonly described as those that have all syllables with the same duration. Their real characteristics were never taken into account. This paper analyzes and interprets acoustic and auditory prosodic features that form the rhythm of the French language, which is classified as syllable-timed language. This study contributes to a better understanding of the general characteristics of the syllable-timed languages. The research uses the software PRAAT for acoustic analysis. Intonation...

Representações de cultura em livros didaticos de frances lingua estrangeira

Ingrid Bueno Peruchi
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/01/2005 Português
Relevância na Pesquisa
58.340454%
O objetivo desta pesquisa é investigar a representação cultural em três dos mais utilizados livros didáticos para o ensino de língua francesa (LE) no Brasil, a fim de verificar como se dá essa representação num momento histórico tal como o da globalização, que suplanta barreiras nacionais no que concerne ao comércio, à economia e à comunicação, o que provoca, certamente, efeitos sobre o plano cultural. Metodologicamente, este estudo se filia a concepções da Análise do Discurso de linha francesa e da Sociologia normalmente caracterizada como pós-moderna (Hall, 1998, 2003; Bauman, 1998, 1999, 2000; Bhabha, 1998, dentre outros), basicamente. Foram analisadas as materialidades discursivas dos livros didáticos e entrevistas realizadas com alunos de francês adolescentes a respeito de suas impressões sobre a cultura francesa. As análises dos livros didáticos apontam para uma visão de cultura que é sobretudo nacional, ligada à tradição e ao espaço geográfico, o que contrasta com a tendência de união planetária que caracteriza nossos dias. Além dessa concepção, pode-se ainda perceber, nos livros, a cultura como tudo o que de melhor se produziu na sociedade francesa (do ponto de vista da história, da tecnologia ou dos bens de consumo)...

Aspectos da prosódia da língua francesa e sua influência nos quatro livros para cravo de François Couperin; Aspects of French language prosody and its influence on the four books for harpsichord by François Couperin

Beatriz Carneiro Pavan
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/03/2015 Português
Relevância na Pesquisa
68.198193%
Este trabalho mostra como características vindas do discurso oratório francês do século XVIII encontram equivalência na obra para cravo de François Couperin, contida nos Quatre Livres de Pièces de Clavecin. Consolidando a ideia de que a busca por conformidade entre língua falada e música esteve presente durante o período musical barroco, entende-se que características comuns a estas duas formas de expressão encontram similitudes. Desta maneira, para embasar esta tese foram estudadas fontes do século XVIII que versam sobre língua francesa e suas características oratórias com a intenção de mostrar aspectos relevantes do discurso oratório francês dos anos Setecentos que pudessem ser comparados à escrita musical de Couperin. Como base teórica foi utilizada a obra The Harmonic Orator (2001) de Patrícia Ranum, que trata do fraseado e retórica em Árias Barrocas francesas. A partir de pesquisa histórica da Europa ocidental, centrada na França e da atuação da família Couperin na Igreja Saint-Gervais e no Palácio de Versailles, verificaram-se aspectos relevantes formadores do estilo de composição e interpretação cravísticos. Assim, se reafirma a necessidade, vinda da prática de interpretação da música em instrumentos originais ou cópias...

A motivação na aprendizagem do frances lingua estrangeira

Ludwig, Marlise
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: v, 113f.| tabs
Português
Relevância na Pesquisa
57.991357%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão; Nos últimos 30 anos, a preocupação dos professores de língua estrangeira era encontrar o método ideal para o ensino. Muito tempo e esforço foi despendido nesta busca que até hoje permanece sem resposta. Na verdade continuará assim enquanto não soubermos como cada aluno procede para adquirir a língua. Os psicólogos da aprendizagem mostraram - e a experiência pessoal do autor desta tese confirma - que a motivação desempenha um papel muito importante no processo. Ora , os seres humanos variam muito no seu desejo de aprender e isto se estende também às línguas estrangeiras. Considerando que a língua francesa não é falada no país nem nos países que nos circundam, pergunta-se o que pode motivar nossos alunos a estudá-la e sobretudo a freqüentar cursos durante vários longos anos.

Interferências da língua materna e suas implicações no uso dos pronomes pessoais na produção textual escrita em francês língua estrangeira

Guedes, Ana Paula
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 148 f.| il.
Português
Relevância na Pesquisa
58.50766%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão. Programa de Pós-Graduação em Lingüistica.; Investigar a interferência do português língua materna na produção textual escrita em língua francesa dos acadêmicos do curso de Letras - Português/Francês e Literaturas Correspondentes da Universidade Estadual de Maringá, com ênfase no emprego dos pronomes pessoais, é nosso principal objetivo. Para tanto, partimos do arcabouço teórico da Lingüística Textual e do Modelo de Análise de Erros. Através do primeiro, mostramos que o texto é um instrumento de interação social composto por fatores diversos e complexos que lhe atribuem a característica de processo (HAYES e FLOWER, 1980; KATO, 2003). Os variados fatores do texto são apresentados por meio de propostas que convergem componentes verbais e não-verbais (SCHMIDT, 1978; BERNÁRDEZ, 1982), forma e funcionalidade (HALLIDAY; HASAN, 1976), referenciação (KOCH, 2003) e cognição (DIJK,1983). A partir do segundo, mostramos que o conhecimento da língua materna exerce influência no processo de ensino e de aprendizagem da língua estrangeira por meio de cinco fatores principais: transferência de instrução, transferência lingüística...

Mediação cultural em vídeos publicitários para o ensino de língua estrangeira (francês)

Damaceno, Narciza Brito
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
58.52542%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Línguas Estrangeiras e Tradução, Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada.; Esta dissertação discute os resultados obtidos no decorrer de uma pesquisa-ação que utilizou o vídeo publicitário para o ensino de língua francesa. Tendo como enfoque a perspectiva intercultural dentro da Abordagem Comunicativa, propusemo- nos realizar um ensino significativo que exponha as diversas faces da língua-cultura e suas nuances dada a diversidade das comunidades de língua francesa. Além disso, esta pesquisa objetivou refletir sobre nossas práticas a fim de nos aprimorarmos enquanto professora, bem como sobre as possibilidades pedagógicas que esse material-insumo pode oferecer. Para tal finalidade, um minicurso piloto foi ministrado no segundo semestre de 2013 pela professora-pesquisadora para um público de nível intermediário de língua francesa na Aliança Francesa de Brasília. O estudo consistiu na geração de dados, nas discussões e análises das aulas. Como fundamentos tomamos os pressupostos da Linguística Aplicada que se entrecruzaram com noções teóricas de outras disciplinas como a Antropologia, a Sociologia, a Educação e a Linguística. Os resultados mostraram que o material-insumo propiciou a vivência da interação em sala de aula...

Géopolitique de la langue française : enjeux et défis traductifs en contexte U.E.

Almeida, Nicolina Francina Baptista
Fonte: Porto : [Edição do Autor] Publicador: Porto : [Edição do Autor]
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
48.52542%
Com base no debate sobre a “ identidade nacional” que lançou em 2009 uma reflexão nacional sobre a pergunta “ Hoje, o que é ser francês? ”, um dos objectivos desta dissertação é tentar definir os propósitos da concertação e problematizar conceitos como os da identidade, da nação, da cultura e da língua. O tema da Francofonia é também abordado na perspectiva de uma realidade geopolítica, passando pela evolução de uma política da língua francesa; da sua consagração com os Juramentos de Estrasburgo em 842 até aos nossos dias que viram nascer inumeráveis leis que beneficiam a sua protecção. São assinalados os países francófonos mais dinâmicos como o Canadá e o seu papel preponderante na defesa da língua francesa bem como as inúmeras Cimeiras Francófonas. Num sentido mais lato, outro aspecto focado neste estudo diz respeito à importância atribuída à língua francesa nas instituições europeias, aos seus objectivos e desafios tradutivos. Fez-se uma revisão de algumas iniciativas tomadas pelo governo e da importância dada à língua francesa nas principais instituições da Europa bem como na comunicação dirigida ao cidadão europeu. As decisões dos serviços de tradução para fazer face às dificuldades colocadas pelo alargamento europeu de 2004 são igualmente um dos temas principais desta análise...

A língua francesa no jardim de infância e no 1º ciclo do ensino básico

Área Científica de Francês Escola Superior de Educação de Viseu da
Fonte: Instituto Politécnico de Viseu Publicador: Instituto Politécnico de Viseu
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /06/2004 Português
Relevância na Pesquisa
68.415825%
A Área Científica de Francês promoveu, no âmbito da Semana Cultural da Escola Superior de Educação de Viseu, que decorreu de 22 a 26 de Março de 2004, uma série de eventos culturais, numa perspectiva de divulgação da importância da língua francesa e das culturas francófonas num mundo que se afigura cada vez mais plurilingue e pluricultural. No quadro do Ensino Precoce do “Francês Língua Estrangeira (FLE)” foram propostas actividades lúdicas e orais tendo por objectivos: (1) sensibilizar os alunos em idade pré-escolar para o Francês Língua Estrangeira; (2) incrementar o interesse pelo Francês Língua Estrangeira ao nível do 1º Ciclo do Ensino Básico; (3) proporcionar aos alunos o contacto com outra realidade sociocultural; (4) desenvolver o espírito de descoberta e estimular a troca de experiências; (5) favorecer o desenvolvimento global dos alunos através das suas capacidades criativas; (6) sensibilizar os alunos para os aspectos estéticos da Língua Francesa; (7) sensibilizar, a nível da ESEV, alunos e professores para a importância no desenvolvimento psico-pedagógico, linguístico e cultural (entre outros) da introdução das línguas estrangeiras a um nível elementar e (8) proporcionar uma nova experiência de inter-ajuda entre os nossos formandos e as crianças carenciadas de Viseu

Da oralidade à enunciação: um mo(vi)mento de tomada da palavra na língua do outro

Quintino, Isabel Silva Alves
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
58.50766%
Neste trabalho pretendemos lançar um outro olhar para o ensino e aprendizagem da língua francesa, a partir dos conceitos da Análise de Discurso Pêcheutiana e também da Linguística da Enunciação Benvenistiana, atravessados pela possibilidade da psicanálise. O que buscamos é problematizar o modo como o trabalho com a oralidade geralmente é feito em aulas de língua francesa e atentarmos para a possibilidade que aí existe (ou não) de uma tomada da palavra nessa língua, ou seja, da construção de um espaço enunciativo na língua do outro. A hipótese da nossa pesquisa é que as atividades orais promovidas em sala de aula não necessariamente impulsionam a tomada da palavra na língua do outro. Para tanto, fazemos uma investigação em documentos que embasam o ensino da língua francesa na escola em que realizamos a pesquisa, a fim de averiguarmos os pressupostos teóricos ali arraigados que acabam por nortear e prescrever o trabalho com a língua, particularmente com a oralidade. Os pressupostos teóricos da Análise de Discurso Pêcheutiana, aos quais nos filiamos nesse trabalho, nos permitem analisar esses documentos apontados acima e lançar gestos de interpretação para os dizeres dos alunos e a prática da oralidade em sala de aula de FLE. Nossa incursão na teoria da enunciação benvenistiana nos ajuda a estabelecer os limites téoricos quando falamos em produção oral e enunciação...

Uma canção doce ou vulgarizações literárias do discurso gramatical na cultura francesa : o caso de Erik Orsenna

Miranda, José
Fonte: Universidade Aberta de Portugal Publicador: Universidade Aberta de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 Português
Relevância na Pesquisa
58.402725%
Dissertação de Mestrado em Estudos Francófonos apresentada à Universidade Aberta; O presente trabalho pretende apresentar quatro das obras de Erik Orsenna consagradas à Gramática da Língua francesa: La Grammaire est une chanson douce (2001), Les Chevaliers du Subjonctif (2004), La Révolte des Accents (2007) e Et si on dansait? (2009). Nas obras referidas, o Autor leva-nos numa viagem pela Língua e Cultura francesa (e francófona), servindo-se dos elementos da Língua como personagens de uma narrativa em quatro partes, com fins didácticos e ao mesmo tempo literários, trazendo o discurso gramatical para o campo literário, de uma forma criativa e original. A anteceder a análise destas obras, apresenta-se um breve historial da Gramática como tema cultural, literário, linguístico, inserindo Orsenna numa linha de Autores que através de várias estratégias discursivas integraram o discurso gramatical nas suas obras, o que chamámos metagramáticas. Termina-se com a resenha dos aspectos comuns dos títulos referidos, quer a nível temático e linguístico / cultural, quer ainda ao nível das ilustrações, género literário no qual se incluem estas obras e a sua recepção e aplicação didáctica. Segue-se uma bibliografia e sitografia sobre o Autor e a temática das obras estudadas...

Avaliação e certificação em francês língua estrangeira para a mobilidade internacional de estudantes da Universidade de São Paulo; Evaluation and certification in French foreign language for University of São Paulo undergraduates international mobility

Voltani, Gisele Gasparelo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/09/2015 Português
Relevância na Pesquisa
48.49085%
Esta dissertação tem como objetivo discutir as características das avaliações de conhecimentos em língua francesa presentes nos processos seletivos para a mobilidade de estudantes de graduação da Universidade de São Paulo (USP). Com base nas pesquisas e estudos na área de avaliação (PERRENOUD, 1999; GATTI, 2003; CHUEIRI, 2008; LUCKESI, 2011) e certificação em língua francesa (PORCHER, 1995, 2004; CUQ; GRUCA, 2003; TAGLIANTE, 2005; NOEL-JOTHY; SAMSONIS, 2006; CHARDENET, 1999, 2011 HUVER; SPRINGER, 2011; RIBA; MEGRE, 2014), realizamos uma pesquisa documental referente à identificação dos requisitos exigidos em língua francesa quando da publicação dos editais que definem os critérios das seleções para a candidatura a mobilidade internacional para a França. Além disso, investigamos do ponto de vista dos responsáveis diretos e indiretos pelos processos seletivos, qual o lugar da certificação em francês língua estrangeira na política de internacionalização da USP. O corpus desta pesquisa consiste em editais publicados pela USP no período de 2008 a 2012, nos editais do programa Ciência sem Fronteiras entre 2011 e 2014 e, por último, em entrevistas com representantes institucionais implicados na seleção direta de candidatos e também nas políticas oficiais do governo francês no que se refere à certificação na língua. Para as análises...

Língua Francesa: Atual e Necessária; French language: present and necessary; Lengua Francesa: Corriente y Necesaria

Gomes, Rita de Cássia; Universidade Federal de Viçosa
Fonte: Editora da UFPR Publicador: Editora da UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 18/11/2011 Português
Relevância na Pesquisa
58.173755%
O presente trabalho visa explicitar as contribuições que pode trazer o ensino-aprendizagem da LínguaFrancesa. Nosso objetivo é evidenciar que o aprendizado da referida língua tem muito a contribuir para aformação do indivíduo, sobretudo nos níveis cultural e acadêmico. Falamos dessas contribuições nos baseandona opinião de diversos autores sobre o papel que exerce o aprendizado de uma língua estrangeira.Pretendemos mostrar que, embora vivamos um momento em que as línguas estrangeiras não desempenhamum papel de prestígio, o francês desperta, ainda hoje, o interesse pelo seu estudo. Para tal, apresentamosos dados colhidos em um questionário aplicado a alunos do Curso de Extensão em Língua Francesaque representam, ainda que em número reduzido, os cursos oferecidos pela Universidade Federal de Viçosa(UFV).; This paper will present the contributions the process of teaching and learning French could bring. Our goalis to emphasize that the acquisition of this language is very useful to the individual's formation, especially incultural and academic fields. We talk about these contributions relying upon many authors' opinion abouthow the acquisition of a foreign language can help people. We want to show that...

A língua francesa na escola pública fundamental

Cesconetto, Valdirene Cristiane; Petrolli, Fabiano Domingos; Viviani, Zélia Anita; UFSC - Florianópolis - SC
Fonte: Pró-Reitoria de Extensão Publicador: Pró-Reitoria de Extensão
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2005 Português
Relevância na Pesquisa
68.249644%
O projeto teve como objetivo demonstrar aos alunos de 4ª série do ensino fundamental do IEE - Instituto Estadual de Educação - um pouco do mundo em francês: a língua, a cultura, o cotidiano; enfim, fazer com que eles despertassem para a língua e a cultura do estrangeiro. Outro objetivo proposto foi de sensibilizá-los para a importância de uma língua estrangeira e estimulá-los a escolher a língua francesa na 5ª série do ensino fundamental.

Defesa e ilustração da lingua francesa: comentários

Pietroluongo, Marcia Aidlla; Universidade Federal do Rio de Janeiro
Fonte: Editora da UFSC Publicador: Editora da UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 04/01/2012 Português
Relevância na Pesquisa
57.920117%
Uma das obras fundamentais do século XVI, a Defesa e Ilustração da Lingua Francesa (1549) de Joachim du Bellay tem uma grande repercussão até os dias atuais e é objeto de inúmeros comentários. Este artigo colocará em evidência a recepção desta obra a partir do olhar de gramáticos, linguistas, analistas do discurso, historiadores, críticos literários e tradutores de grande relevância no campo das Letras francesas, enfatizando as representações de lingua, literatura e tradução nela presentes.

A liaison em língua francesa: falantes de FLE vs falantes nativos de francês

Nunes, Vanessa Gonzaga; UFSC
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Lingüística da UFSC Publicador: Programa de Pós-Graduação em Lingüística da UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; "Avaliado por pares"; Formato: application/pdf
Publicado em 02/03/2010 Português
Relevância na Pesquisa
68.126953%
http://dx.doi.org/10.5007/1984-8420.2009v10n2p1 O objetivo do presente estudo é observar o fenômeno fonológico do francês, chamado liaison. Para isso, gravaram-se dados de fala de dois nativos do francês e de quatro aprendizes de francês língua estrangeira (FLE), nativos do português brasileiro. Os dados de nativos e aprendizes foram analisados acusticamente, observando-se as fronteiras de palavras, ou seja, as regiões que pudessem revelar a ocorrência de liaisons obrigatórias, facultativas e proibidas. Essas análises se propõem a responder: (a) locutores nativos do francês considerado standard e aprendizes do FLE realizam todas as liaisons obrigatórias? (b) como esses locutores realizam as liaisons facultativas? (c) em relação aos contextos em que há proibição de realização de liaisons, como os nativos e os aprendizes se comportam? (d) existem outros contextos, não considerados pelas regras gramaticais da língua francesa em que esses falantes nativos e aprendizes realizam liaisons? Em caso afirmativo, essas “falsas liaisons” provocam fenômenos fonéticos/fonológicos, como apagamentos ou ressilabação?