Página 1 dos resultados de 7 itens digitais encontrados em 0.007 segundos

O fio e a trama: trabalho e negócios femininos na vila de São Paulo (1554-1640); O fio e a trama: work and women business in the São Paulo village (1554-1640)

Lima, Igor Renato Machado de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/12/2006 Português
Relevância na Pesquisa
75.74%
A atuação das mulheres senhoriais, proprietárias de escravarias indígenas, na formação da vila de São Paulo de Piratininga durante os anos de 1554 e 1640 é o objetivo do presente trabalho. Para o tratamento deste tema, foram escolhidas como fontes as Cartas Jesuíticas, as Ordenações Filipinas, as Atas da Câmara e os Testamentos e Inventários desta região. Nota-se, por meio da análise documental que, as senhoras paulistas auxiliavam os cônjuges nas atividades econômicas da família. Também ajudavam na pecuária, no comando da produção de gêneros alimentícios, na indústria caseira de algodão e nas extensas redes de créditos e débitos. Na viuvez, com freqüência, negociavam com as autoridades do juizado de órfãos para se tornarem tutoras e curadoras dos filhos. Habitualmente, as senhoras contraíam matrimônio novamente e mesmo assim continuavam a liderar a mão-de-obra cativa, cuidar da prole e a realizar pequenos negócios. Devido à ausência dos esposos por motivo de morte, ou das saídas da população masculina para o sertão e o litoral, as mulheres passavam a ter maior autonomia na administração do patrimônio familiar. A principal idéia desse mestrado é a de que as mulheres senhoriais paulistas faziam parte de um grupo sócio-econômico muito diversificado. No entanto...

Configuração, reestruturação e mercado de trabalho do setor de celulose e papel no Brasil; Configuration, restructuring and marketplace of pulp and paper sector in Brazil

Montebello, Adriana Estela Sanjuan
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/10/2010 Português
Relevância na Pesquisa
75.75%
A presente tese analisa a configuração, a reestruturação e a dinâmica do setor de celulose e papel no Brasil (em especial o seu mercado de trabalho), mostrando que esses processos foram distintos para as indústrias desse setor, que são: a indústria de celulose, a indústria de papéis e a indústria de artefatos de papéis. A tese está organizada em quatro capítulos, incluindo a Introdução. O segundo capítulo, Análise do processo de configuração do setor de celulose e papel no Brasil, destaca como a conduta das empresas multinacionais, as políticas públicas e o dinamismo dos mercados doméstico e externo geram evoluções e dinâmicas distintas para as indústrias desse setor, desde sua origem até 2009, e implicaram em suas distintas inserções na Divisão Internacional do Trabalho - DIT ao longo do tempo. Demonstra-se que a configuração dessas indústrias foi diferenciada nos últimos cinquenta anos, sendo que a expansão da indústria de celulose foi para atender o mercado internacional e as indústrias de papéis e artefatos de papéis são mais centralizadas em atender o mercado doméstico em resposta à forma como os países se organizaram dentro da DIT. O terceiro capítulo, Impactos da reestruturação do setor de celulose e papel no Brasil sobre o desempenho de suas indústrias...

Trabalho Feminino no Setor de Call Center

Pellicciotti, Beatriz Silva
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 135 f.
Português
Relevância na Pesquisa
75.98%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Sócio-Econômico. Economia.; Nas últimas décadas as relações de trabalho sofreram e estão sofrendo alterações que se refere à inserção da mulher no mercado de trabalho. O trabalho feminino que é majoritariamente utilizado no setor de serviços por se tratar de urna mão-de-obra mais qualificada e por possuir competências diferentes da mão-de-obra masculina, como as competências voltadas para o gerenciamento de pessoas. Um ramo do setor de serviços que utiliza basicamente mão-de-obra feminina para a maioria das funções é o setor de Call Center. 0 presente estudo tem como objetivo caracterizar o trabalho feminino no setor de Call Center, para isso, foi realizada uma revisão na literatura sobre as transformações no mundo do trabalho; foi analisada a evolução da participação feminina no mercado de trabalho brasileiro de 2001 a 2005; foi feita uma caracterização do setor de Call Center: e foi realizado um estudo de caso em uma empresa de Call Center de Florianópolis, visando caracterizar o perfil dos operadores de telemarketing, verificando as possibilidades de crescimento profissional que o setor possibilita. A pesquisa caracteriza-se como descritiva na medida em que busca levantar dados sobre o trabalho feminino no setor de Call Center e assume a forma de estudo de caso. 0 universo da pesquisa limitou-se a uma grande empresa de Call Center de Florianópolis a Softway Contact Center...

Retrato policial: um perfil da praça de polícia em São Paulo (1868-1896)

Rosemberg,André
Fonte: Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho Publicador: Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2010 Português
Relevância na Pesquisa
55.74%
O objetivo deste artigo é apresentar um perfil das praças que cerraram fileira na polícia de São Paulo entre 1868 e 1896. A partir de dados biográficos - altura, idade, local de nascimento, cor da pele, ofício anterior, situação familiar - buscamos identificar, na base da pirâmide hierárquica, pistas sobre o processo de formação do aparato policial paulista; ao mesmo tempo em que pretendemos traçar um recorte da população - pobre e masculina - num período de crise do escravismo, de inflexão do sistema de mão-de-obra, de incorporação de um importante contingente estrangeiro, e de mudança do paradigma político no país.

Desigualdade de género na idade ativa e na reforma

Loureiro, Helena Maria Almeida Macedo
Fonte: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra Publicador: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência Formato: application/pdf
Publicado em 18/10/2013 Português
Relevância na Pesquisa
65.85%
Desigualdade de género na idade ativa e na reforma Autores: Loureiro, Helena Introdução Em Portugal, a feminização laboral resultou da escassez de mão-de-obra masculina (motivada pela guerra colonial e emigração anos 60), do aumento do custo de vida exponenciado pelo consumismo e consequente necessidade de reforço do rendimento familiar, do incremento de escolaridade das mulheres e do desenvolvimento do sector terciário (Carmo et al, 2010). Na geração que atualmente se aposenta a desigualdade de género permanece vigente em termos laborais, familiares e sociais (Loureiro, 2011), contudo esta conjuntura parece não desfavorecer totalmente a saúde das mulheres. Objetivos Geral: • Divulgar resultados de uma investigação que estudou a transição para a reforma e a desigualdade de género nesta fase observada. Específicos: • Caracterizar a desigualdade de género vivenciada em idade ativa, na geração recém-aposentada; • Descrever as dificuldades que a geração recém-aposentada perceciona na transição para a reforma, em função do género; • Apresentar as estratégias que a geração recém-aposentada adota no sentido de ultrapassar as dificuldades, em função do género. Metodologia Estudo quantitativo...

Quadros da emigração portuguesa para o Pará (Brasil): 1886-1900 = Episodios de la emigración portuguesa a Pará (Brasil): 1886-1900.

Cosme, João
Fonte: Murcia: Universidad de Murcia, Editum Publicador: Murcia: Universidad de Murcia, Editum
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
55.92%
A década de cinquenta de Oitocentos, no Pará, marcou a passagem de uma economia regional caracterizada pela pecuária e exploração da madeira assente na mão - de - obra escrava e indígena para a cultura da borracha realizada por trabalhadores livres. Este novo su rto teria o seu período áureo entre 1870 e 1910. Esta mobilidade pode considerar - se uma «emigração a dois tempos», onde num primeiro momento as pessoas se deslocam para Lisboa para, num segundo momento, se dirigirem para o Brasil. Lisboa teve uma centralid ade funcional muito importante nesta dinâmica migratória. Depois dos migrantes chegarem ao Pará, uma parte muito significativa destes, efectuou uma mobilidade de matriz pendular; quer isto significar que, por diversas vezes se deslocam a Portugal. A realiz ação desta emigração tem por base a solidariedade que existe entre pessoas da mesma freguesia e/ou concelho. Caracterizou - se, ainda, por ser maioritariamente masculina em idade activa; La década de los años cincuenta del Ochocientos, en Pará, marcó el paso de una economía regional caracterizada por el desarrollo de la ganadería y la explotación maderera basada en el empleo de mano de obra esclava e indígena...

Homens x mulheres: substitutos ou complementares no mercado de trabalho?; Texto para Discussão (TD) 595: Homens x mulheres: substitutos ou complementares no mercado de trabalho?; Men x women: substitutes or complements in the labor market?

Sachsida, Adolfo; Loureiro, Paulo Roberto
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Texto para Discussão (TD)
Português
Relevância na Pesquisa
106.16%
Este texto aplica o método de elasticidade de substituição de Hicks para caracterizar substitutibilidade ou complementaridade entre mão-deobra feminina e masculina. Aliado a esse instrumental é adotado um procedimento econométrico para tentar definir se a mão-de-obra feminina é substituta ou complementar à masculina. A idéia é caracterizar complementaridade como um indício de discriminação por gênero no mercado de trabalho formal brasileiro. Os dados englobam o período de janeiro de 1986 a dezembro de 1996. Os resultados obtidos indicam a ocorrência de discriminação por gênero no mercado de trabalho formal brasileiro nesse período.; 17 p.