Página 1 dos resultados de 46 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

Composition of phenolic acids content in apple (Malus sp) pomace

SOARES, Miarcia Christina; RIBERIRO, Erika Taciana; KUSKOSKI, Eugenia Marta; GONZAGA, Luciano Valdemiro; LIMA, Alessandro; MANCINI FILHO, Jorge; FETT, Roseane
Fonte: UNIV ESTADUAL LONDRINA Publicador: UNIV ESTADUAL LONDRINA
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
26.994949%
The present work aimed the study of phenolic acids composition in apple pomace of Gala and Fuji cultivars. Phenolic acids were fractionated in phenolic acids, esterified and insoluble and analyzed by gas chromatography-mass spectrometry (GC-MS). Sixteen phenolic acids were identified in apple pomace samples. Total phenolic acids in apple pomace from Gala and Fuji cultivars were, in dry weight, 93.94 mg/g and 68.38 mg/g, respectively. Content of free phenolic acids in apple pomace from Gala cultivar was 29.11 mg/g and the following acids were identified: salicylic, protocatequinic, quinic, p-coumaric, gallic, propylgallate and synapic. Content of free phenolic acids in apple pomace from Fuji cultivar was 16.03 mg/g and the following acids were identified: salicylic, protocatequinic, gallic, ferulic and sinapic. Salicylic was the predominant free phenolic acids found in both cultivars, consisting of 91.67% and 63.57% of the free phenolic acids in Gala and Fuji cultivars, respectively. Chlorogenic acid (1.147 mg/g) was found only in apple pomace from Fuji cultivar. Content of esterified phenolic acids in apple pomace from Gala and Fuji cultivars were 53.75 mg/g and 48.29 mg/g, respectively. It was verified that the predominant esterified phenolic acid in pomace from apple Gala is derived from salicylic acid (52.76 mg/g). Acids derived from gallic acid (0.175 mg/g)...

Promoção do crescimento em adesmias e macieira utilizando rizóbios de Adesmia latifolia; Growth promoting in adesmias and apple using rhizobia of Adesmia latifolia

Muniz, Aleksander Westphal
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
27.747659%
A leguminosa Adesmia latifolia encontrada nos campos do Rio Grande do Sul e Santa Catarina apresenta alta qualidade forrageira e pode ser utilizada em programas de melhoramento de campos nativos. Essa espécie apresenta simbiose com rizóbios do solo. Tais rizóbios podem ser utilizados na promoção do crescimento de A. latifolia e outras espécies vegetais. Assim, os objetivos deste trabalho foram estudar e selecionar rizóbios nativos, isolados de A. latifolia, para a promoção de crescimento de plantas de espécies de Adesmia e do porta-enxerto micropropagado de macieira cv Marubakaido (Malus prunifolia Bork). Para atingir estes objetivos foram realizados três estudos. O primeiro estudo avaliou a promoção de crescimento em espécies de Adesmia por rizóbios produtores de ácido indolacético. O segundo estudo caracterizou e avaliou a eficiência simbiótica dos rizóbios de A. latifolia. O terceiro avaliou a utilização dos rizóbios de A. latifolia para o enraizamento in vitro e a aclimatização do porta-enxerto micropropagado de macieira cv. Marubakaido. Os resultados do primeiro estudo mostraram que os isolados apresentaram variação na produção de AIA. A promoção do crescimento vegetal variou nas diferentes espécies de Adesmia. No segundo estudo os resultados revelaram que os isolados testados apresentaram características fenotípicas dos gêneros Mesorhizobium e Rhizobium. Esses resultados demonstraram que os isolados EEL47310...

Estudo de bactérias do gênero Gluconobacter: isolamento, purificação, identificação fenotípica e molecular

Oliveira, André Luiz Dorini de; Santos Junior, Vitório; Liotti, Rhavena Graziela; Zilioli, Estevão; Spinosa, Wilma Aparecida; Ribeiro-Paes, João Tadeu
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 106-112
Português
Relevância na Pesquisa
27.743054%
A importância do estudo de bactérias acéticas, em especial as do gênero Gluconobacter, está baseada em suas aplicações industriais, pois estas possuem a capacidade de bioconversão de sorbitol a sorbose, viabilizando o processo de produção de vitamina C. O estudo envolveu coletas de amostras em indústrias de refrigerante, flores, frutos e mel, seguidas de purificação, identificação fenotípica e identificação molecular, com a utilização de iniciador definido a partir de consulta ao Nucleotide Sequence Database. Preservaram-se as linhagens identificadas como membros da família Acetobacteriaceae, gênero Gluconobacter. Foi isolado um total de 110 linhagens dos substratos: Pyrostegia venusta (Cipó de São João), mel, Vitis vinifera (uva), Pyrus communis (pêra), Malus sp. (maçã) e de duas amostras de refrigerantes envasados em embalagens de PET de 2 L. Deste total, 57 linhagens foram recuperadas em meio MYP (manitol, extrato de levedura, peptona), 12 em meio YGM (glicose, manitol, extrato de levedura, etanol, ácido acético), 41 em meio de enriquecimento e, posteriormente, em meio GYC (glicose, extrato de levedura e carbonato de cálcio). Obtiveram-se 68 linhagens identificadas como bastonetes Gram negativos. Destas...

Uso de reguladores de crescimento como alternativa tecnológica na cultura da macieira ‘Eva’ (Malus domestica Borkh.)

Melo, Gisele Maria Santos de
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: vii, 67 f. : il. color., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
27.24909%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Pós-graduação em Agronomia (Horticultura) - FCA; O presente trabalho teve como objetivo avaliar os efeitos do prohexadione cálcio como fonte reguladora do crescimento vegetativo em macieiras e analisar possíveis incrementos na produção e na qualidade dos frutos em função dos principais problemas enfrentados na fruticultura moderna, que é o controle do vigor excessivo e a produção, tornando-se uma alternativa viável aos pomicultores. O experimento foi instalado na Fazenda Buriti Mirim (Angatuba/SP), no pomar comercial de macieira ‘Eva’ com plantas de dois anos de idade, na safra 2009/2010. O delineamento experimental utilizado foi em esquema fatorial 2 X 4, em parcelas subdivididas, formado por duas épocas de aplicação (fator principal) e quatro concentrações diferentes de prohexadione cálcio, produto comercial Viviful® (fator secundário), sendo os seguintes tratamentos: T1: 0 g p.c/ha, T2: 400 g p.c/ha, T3: 800 g p.c/ha, T4: 1200 g p.c/ha, T5: 0 g p.c/ha, T6: 400 + 400 g p.c/ha, T7: 800 + 800 g p.c/ha e T8: 1200 + 1200 g p.c/ha. O experimento ao todo foi composto por 256 plantas, distribuídas em quatro blocos casualizados, 8 plantas por tratamento...

Tolerância ao alumínio em porta-enxertos somaclonais de macieira cultivados em solução nutritiva

Dantas,Adriana Cibele de Mesquita; Fortes,Gerson Renan de Luces; Silva,João Baptista da; Nezi,Adriano Nunes; Rodrigues,Alexandre Couto
Fonte: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira Publicador: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2001 Português
Relevância na Pesquisa
37.488916%
A macieira (Malus sp.) cultivada em solos ácidos com pH inferior a 5,0 pode apresentar distúrbios nutricionais e inibição de crescimento causados por níveis tóxicos de Al que podem afetar a absorção do Ca, o qual apresenta estreita correlação com a produção de frutos de melhor qualidade. O objetivo deste trabalho foi verificar a tolerância ao Al em 18 somaclones e três cultivares porta-enxertos provenientes da seleção in vitro. As plântulas foram cultivadas durante 45 dias em copos de plástico de 300 mL contendo solução nutritiva e utilizando-se sílica lavada como substrato. Os valores obtidos foram submetidos à análise multivariada pelos componentes principais e agrupamento hierárquico baseado no método de Ward, o qual revelou ser mais adequado na classificação dos clones quanto à tolerância ao Al do que os testes de médias. O porcentual de redução na matéria seca da parte aérea e no número de folhas foram características que melhor possibilitaram a discriminação dos clones. Os clones foram classificados em três grupos: bem sensível ou não tolerante, moderadamente tolerante e tolerante.

CALOGÊNESE DE TECIDO FOLIAR DE PORTA-ENXERTO DE MACIEIRA M.7 (MALUS sp.) INDUZIDA POR BAP E CPPU

MARTINS,CARLOS ROBERTO; SCZEPANSKI,PAULO H. G.; BACHETTINI,PAULA SIQUEIRA; FRANÇA,ROSILENE BARBOSA DE; FORTES,GERSON RENAN DE LEVES
Fonte: Sociedade Brasileira de Fruticultura Publicador: Sociedade Brasileira de Fruticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2001 Português
Relevância na Pesquisa
47.743057%
O trabalho foi conduzido com o objetivo de estudar a organogênese de macieira (Malus sp), após a obtenção de calo por meio de explantes de folhas do porta-enxerto M.7 multiplicado in vitro. O experimento foi conduzido no Laboratório de Cultura de Tecidos da Embrapa Clima Temperado, utilizando folhas com a superfície abaxial e adaxial em contato com o meio, com ou sem escarificação; associados às citocininas Benzilaminopurina (BAP) e Forchlorfenuron (CPPU) na concentração de 5mM. Utilizou-se o meio básico MS acrescido de sacarose (30 g.L-1 ), mio-inositol (100 mg.L-1) e ágar (6 g.L-1), além do regulador de crescimento Ácido Naftalenoácetico (ANA 0,5mM). Os tratamentos permaneceram por três semanas no escuro sob temperatura ambiente, o que propiciou 100% de formação de calos, sendo em seguida submetidos a fotoperíodo de 16 horas com intensidade luminosa de 20 mE.m-2.s-1 e temperatura de 25 ± 2ºC. Os explantes escarificados proporcionaram maior intensidade de calo do que a utilização de explantes intatos. Explantes escarificados com a superfície abaxial em contato com o meio proporcionaram maior intensidade de calo, independentemente de o meio conter BAP ou CPPU. O uso da escarificação, associado ao CPPU, promoveu uma maior intensidade de calo...

Crescimento e desenvolvimento radicular do porta-enxerto de macieira Marubakaido (Malus prunifolia) micropropagado submetido à inoculação micorrízica e à poda de raízes

LOCATELLI,LUCIR MARIA; LOVATO,PAULO EMÍLIO; PEDROTTI,ENIO LUIZ
Fonte: Sociedade Brasileira de Fruticultura Publicador: Sociedade Brasileira de Fruticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2002 Português
Relevância na Pesquisa
27.24909%
Com o objetivo de avaliar os efeitos da inoculação micorrízica e da poda de raízes sobre a parte aérea e sistema radicular do porta-enxerto Marubakaido, obtido in vitro, foi conduzido um estudo em câmara de crescimento. A base das plantas micropropagadas foi imersa em ácido indolbutírico e transferida para substrato à base de solo, a fim de ser enraizada ex vitro.Antes ou após a fase de enraizamento (21 dias), inoculou-se uma mistura de isolados de fungos micorrízicos arbusculares, e um terço das plantas sofreu poda de raízes. Após 51 dias, avaliaram-se colonização micorrízica, altura, massa da parte aérea e raízes, e número e comprimento de raízes de diferentes ordens. A porcentagem de colonização radicular foi maior no tratamento inoculado antes do enraizamento, que também teve os maiores valores de incremento em altura e de produção de biomassa da parte aérea. A poda de raízes causou reduções significativas na colonização micorrízica, no crescimento da parte aérea e no desenvolvimento radicular. O comprimento e a ramificação das raízes foram aumentados pela micorrização e diminuídos pela poda. Em conclusão, a poda de raízes é prejudicial e a inoculação micorrízica, antes do enraizamento...

Estudos histológicos preliminares da microenxertia de plantas micropropagadas de macieira

Abreu,Monita Fiori de; Nunes,Júlio César de Oliveira; Santos,Marisa; Pedrotti,Enio Luiz
Fonte: Sociedade Brasileira de Fruticultura Publicador: Sociedade Brasileira de Fruticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2003 Português
Relevância na Pesquisa
37.488916%
A fruticultura moderna necessita implantar tecnologias que possibilitem a produção de frutos de alta qualidade, com custos cada vez menores. A micropropagação associada à microenxertia possibilita altas taxas de multiplicação de plantas com alta qualidade fitossanitária, além de possibilitar a realização de estudos sobre compatibilidade de enxertia em diferentes clones. O presente trabalho tem como objetivo estudar o processo de soldadura entre genótipos de macieira (Malus domestica. Borkh) multiplicadas in vitro após a microenxertia. Esta técnica foi realizada em fenda simples, sob condições assépticas. Os estudos histológicos foram realizados através de cortes longitudinais seriados de segmentos de 8 mm do ponto de enxertia. O processo de soldadura foi caracterizado pelo desenvolvimento de tecido meristemático, originando células parenquimáticas na interface do microenxerto, com a proliferação do tecido cambial da cultivar copa. Isso possibilita a ligação do sistema vascular da copa com o do porta-enxerto, resultando na sobrevivência do microenxerto.

Viabilidade do pólen e desenvolvimento do tubo polínico em macieira (Malus spp.)

Dantas,Adriana Cibele de Mesquita; Peixoto,Maria Luisa; Nodari,Rubens Onofre; Guerra,Miguel Pedro
Fonte: Sociedade Brasileira de Fruticultura Publicador: Sociedade Brasileira de Fruticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2005 Português
Relevância na Pesquisa
37.488916%
No presente trabalho, estudaram-se características associadas à germinação in vitro e ao desenvolvimento in vivo do tubo polínico em seis variedades-copa e de porta-enxertos de macieira como subsídios para o estabelecimento de programas de melhoramento genético. Utilizou-se de pólen de seis cultivares de macieira inoculado em meio de cultura com ágar (10 g.L-1) em água destilada, combinados com concentrações de sacarose (0; 10; 20; 30; 40 e 50%) e ácido bórico (0 e 40 mg.L-1). Para o estudo do desenvolvimento do tubo polínico, realizou-se coleta das flores em quatro períodos (6; 12; 24 e 48 horas após as polinizações) em M9 x Marubakaido e a autofecundação em M9, sendo os tubos polínicos analisados em coloração de azul de anilina acidificada/carmim acético e em fluorescência. A sacarose, em concentrações entre 15% a 25%, pode ser empregada com sucesso para a germinação in vitro de grãos de pólen da macieira. O ácido bórico não teve efeito positivo para esta característica. Na ausência do ácido bórico e na presença de 15% de sacarose, observaram-se os maiores percentuais de germinação: Fuji (51,1%), Imperatriz (31,7%), M.9 (20,8%), Catarina (19,2%), Gala (13,7%) e Marubakaido (6,1%). Quanto ao desenvolvimento do tubo polínico...

Study of bacteria Gluconobacter sp.: isolation, purification, phenotypic and molecular identification

Oliveira,André Luiz Dorini de; Santos Junior,Vitório; Liotti,Rhavena Graziela; Zilioli,Estevão; Spinosa,Wilma Aparecida; Ribeiro-Paes,João Tadeu
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2010 Português
Relevância na Pesquisa
37.24909%
The importance of the study of acetic bacteria, on species of the Gluconobacter genus is based on its industrial application, as these possess the capacity of bioconversion of sorbitol to sorbose, enabling the process of vitamin C production. The study involved samples collected in industries of soft drinks, flowers, fruits and honey, followed by purification, phenotypic identification, molecular identification with the use of primer defined from Nucleotide Sequence Database consultation. Strains preserved were identified as members of the Acetobacteraceae family, Gluconobacter genus. 110 strains had been isolated of substrate: Pyrostegia venusta (ker-gawler), honey, Vitis vinifera (grape), Pyrus communis (pear), Malus sp. (apple) and in two samples of soft drinks. Of this total 57 strains had been recovered in manitol medium (manitol, yeast extract, peptone), 12 in YMG medium (glucose, manitol, yeast extract, ethanol, acetic acid), 41 in enrichment medium (De Ley and Swings) and later in the GYC medium (glucose, yeast extract and calcium carbonate). 68 strains were identified as Gram negative bacilli rods. Of these, 31 were characterized biochemically as belonging to the Acetobacteriaceae family as they were catalase positive, oxidase negative and producers of acid from glucose. The characterization of these strains was complemented with the biochemistry tests: gelatin liquefaction...

Phenotypic Diversity of Apple (Malus sp.) Germplasm in South Serbia

Mratinić,Evica; Akšić,Milica Fotirić
Fonte: Instituto de Tecnologia do Paraná - Tecpar Publicador: Instituto de Tecnologia do Paraná - Tecpar
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2012 Português
Relevância na Pesquisa
47.743057%
To determine the overall degree of polymorphism, detect similarities among the accessions and collect highly valued genotypes of native apples, 21 characters of 18 autochthonous apple cultivars were studied for three years. Particular individual accessions were selected from the south region of Serbia according to economically valuable characters and tested in situ. Agronomic evaluation of germplasm accessions revealed considerable diversity among different accessions for all the characters studied. The analysis of variance revealed significant differences among the accessions and among years for some characters as well. Cluster analysis distinguished Malus sp. accessions into three distinct groups. Despite of the significant differences among the accessions, yield and fruit weight were a clear separation between the clusters. Among the germplasm of a small geographic area, it was possible to find the cultivars with valuable morphological traits that could be immediately distributed to the market or employed in breeding programs.

An Uncleaved Signal Peptide Directs the Malus xiaojinensis Iron Transporter Protein Mx IRT1 into the ER for the PM Secretory Pathway

Zhang, Peng; Tan, Song; Berry, James O.; Li, Peng; Ren, Na; Li, Shuang; Yang, Guang; Wang, Wei-Bing; Qi, Xiao-Ting; Yin, Li-Ping
Fonte: MDPI Publicador: MDPI
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em 07/11/2014 Português
Relevância na Pesquisa
28.34272%
Malus xiaojinensis iron-regulated transporter 1 (Mx IRT1) is a highly effective inducible iron transporter in the iron efficient plant Malus xiaojinensis. As a multi-pass integral plasma membrane (PM) protein, Mx IRT1 is predicted to consist of eight transmembrane domains, with a putative N-terminal signal peptide (SP) of 1–29 amino acids. To explore the role of the putative SP, constructs expressing Mx IRT1 (with an intact SP) and Mx DsIRT1 (with a deleted SP) were prepared for expression in Arabidopsis and in yeast. Mx IRT1 could rescue the iron-deficiency phenotype of an Arabidopsis irt1 mutant, and complement the iron-limited growth defect of the yeast mutant DEY 1453 (fet3fet4). Furthermore, fluorescence analysis indicated that a chimeric Mx IRT1-eGFP (enhanced Green Fluorescent Protein) construct was translocated into the ER (Endoplasmic reticulum) for the PM sorting pathway. In contrast, the SP-deleted Mx DsIRT1 could not rescue either of the mutant phenotypes, nor direct transport of the GFP signal into the ER. Interestingly, immunoblot analysis indicated that the SP was not cleaved from the mature protein following transport into the ER. Taken together, data presented here provides strong evidence that an uncleaved SP determines ER-targeting of Mx IRT1 during the initial sorting stage...

Promotion of flavonoid biosynthesis in leaves and calli of ornamental crabapple (Malus sp.) by high carbon to nitrogen ratios

Wan, Huihua; Zhang, Jie; Song, Tingting; Tian, Ji; Yao, Yuncong
Fonte: Frontiers Media S.A. Publicador: Frontiers Media S.A.
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em 01/09/2015 Português
Relevância na Pesquisa
47.743057%
Flavonoids are secondary metabolites that play important roles in plant physiology. Despite numerous studies examined the effects of available carbon (C) or nitrogen (N) on flavonoid biosynthesis, the mechanism of C/N interactive effects on flavonoid metabolism is still unclear. In this study, we analyzed the composition of flavonoids and the expression levels of flavonoid-related genes in leaves and calli of crabapple (Malus sp.) cultivars with different leaf colors grown on media with different C/N ratios. Our results show that high C/N ratios induce anthocyanin pigmentation in leaves of the ever-red cultivar ‘Royalty’ and the spring-red cultivar ‘Prairifire,’ as well as in three types of calli derived from the ever-green cultivar ‘Spring Snow,’ but not in the leaves of the ever-green cultivar ‘Flame.’ This phenomenon therefore correlated with anthocyanin content in these different samples. In addition, high C/N ratios in the growth media resulted in an increase in the concentration of flavones and flavonols in the leaves of the three crabapple cultivars. The transcript levels of the general flavonoid pathway genes [from chalcone synthase (CHS) to uridine diphosphat-glucose: flavonoid 3-O-glycosyltransferase (UFGT) and flavonol synthase (FLS)] increased in response to high C/N ratios...

Control of Arthropods on Apple, Malus x domestica (Borkh.), Selections for Scab (Ascomycetes: Mycosphaerellacea) and Apple Maggot (Diptera: Tephritidae) Resistance in an Orchard in Indiana

Goonewardene, Hilary F.; Pliego, G.; McCabe, G. P.; Howard, P. H.; Oliver, P. J.
Fonte: Oxford University Press Publicador: Oxford University Press
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Português
Relevância na Pesquisa
27.24909%
Three years of sampling an apple orchard with seven selections resistant to apple scab, Venturia inaequalis (Cke.) Wint., five of which were also resistant to apple maggot, Rhagoletis pomonella (Walsh), growing on three different rootstocks (EMVII, MMI06, and MM111), indicated a faunal composition consisting of eight orders from which 31 taxa in 21 families were identified. Among the 14 most frequently found groups in descending frequency were aphids, Aphis pomi De Geer and Dysaphis plantaginea Passerini; leafminer, Phyllonorycter blancardella (F.); plum curculio, Conotrachelus nenuphar (Herbst); codling moth, Cydia pomonella (L.); ants, Lasius neoniger (Emery) and Prenolepis impairs (Say); leafhoppers, Empoasca maligna Walsh, Jikradia olitoria (Say), Penthimia Americana (Fitch), Scaphytopius sp., and Typhlocyba pomaria McAtee; tarnished plant bug, Lygus lineolaris (Palisot de Beauvois); green fruitworm, Lithophane antennata (Walker); flea beetle genera (unidentified); ladybird beetles, Adalia bipunctata (L.), Anatis sp., Brachiacantha ursina (F.), Coleomegilla maculata lengi Timberlake...

Sur les stérols des pollens; On sterols in pollen

Devys, Michel; Barbier, Michel
Fonte: INRA - Instituto Nacional de Investigação Agronômica da França Publicador: INRA - Instituto Nacional de Investigação Agronômica da França
Tipo: Journal Article-postprint
Português
Relevância na Pesquisa
27.488916%
Les stérols des pollens de deux composées, le tournesol Helianthus annuus, et le pissenlit Taraxacum dens-leonis, ont été analysés par spectrométrie de masse; le béta-sitostérol est le principal constituant. Le cycloarténol a été isolé d'un pollen de pommier Pyrus malus ainsi que d'un pollen de saule Salix sp.; le lanostérol n'est pas décelable dans ces deux pollens. La signification biologique de ces nouveaux résultats est discutée.

EFEITO DA POLINIZAÇÃO DIRIGIDA ENTRE PORTA-ENXERTOS DE MACIEIRA (Malus sp.) NA FRUTIFICAÇÃO EFETIVA E NO DESENVOLVIMENTO DE FRUTOS EM SÃO JOAQUIM-SC

DANTAS,ADRIANA CIBELE DE MESQUITA; NUNES,JÚLIO CÉSAR DE OLIVEIRA; BRIGHENTI,EMÍLIO; RIBEIRO,LUIZ GONZAGA; NODARI,RUBENS ONOFRE
Fonte: Sociedade Brasileira de Fruticultura Publicador: Sociedade Brasileira de Fruticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2001 Português
Relevância na Pesquisa
48.01475%
Com o objetivo específico de obter uma população segregante, visando à avaliação na frutificação efetiva, quantidade de sementes normais e peso e diâmetro de frutos oriundos de polinização aberta e dirigida, foram realizados cruzamentos entre dois porta-enxertos de macieira, Marubakaido (Malus prunifolia Borkh.) e M.9 (Malus pumila Mill.) na Estação Experimental de São Joaquim -- EPAGRI/SC. 'Marubakaido' apresentou florescimento mais precoce e mais prolongado que a cultivar M.9. A percentagem de frutificação efetiva, para o porta-enxerto 'M.9' usado como progenitor feminino, foi de 26% e 32%, e usado como doador de pólen, foi de 5% e 25%, no anos de 1999 e 2000, respectivamente. Foram encontrados frutos deformados nos cruzamentos de 'M.9' X 'Marubakaido' e com um maior número de sementes atípicas quando comparadas ao sistema de polinização aberta. O mesmo não ocorreu no cruzamento recíproco. O peso e o diâmetro dos frutos foram maiores quando houve a polinização dirigida em 'M.9', o mesmo não acontecendo com 'Marubakaido', comparativamente à polinização aberta. A análise via contrastes ortogonais revelou valores de F significativos também para número de sementes normais e anormais frente aos dois sistemas de polinização em 'M.9'.

O USO DE CLORETO DE CÁLCIO E DA CAL PARA O TRATAMENTO PÓS-COLHEITA DE PODRIDÕES EM MAÇÃS

BRACKMANN,AURI; CERETTA,MARCELO; VIZZOTTO,MÁRCIA
Fonte: Sociedade Brasileira de Fruticultura Publicador: Sociedade Brasileira de Fruticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2001 Português
Relevância na Pesquisa
27.24909%
Foi desenvolvido um experimento para avaliar a influência da contaminação da água e a eficiência de produtos químicos na lavagem de maçãs cvs. Gala e Fuji sobre a ocorrência de podridão em frutos com ferimentos. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, com quatro repetições por cultivar e unidade experimental composta por 25 frutos. Os tratamentos foram: a) Testemunha (seca); b) Testemunha em água; c) Inoculação com água com esporos; d) Inoculação em água com esporos + 30 horas em temperatura ambiente; e) 30 horas em temperatura ambiente + inoculação em água com esporos; f) Cal Ca(OH)2 (1,5%); g) CaCl2 (1,5%). Inicialmente, todos os frutos sofreram quatro lesões de 0,2cm de diâmetro por 0,5cm de profundidade na região equatorial. Os frutos foram inoculados com uma solução de esporos de Penicillium sp. Após aplicação dos respectivos tratamentos, os frutos foram armazenados sob refrigeração a 0ºC para a 'Gala' e -0,5ºC para a 'Fuji'. As avaliações de incidência de podridão foram realizadas na abertura das câmaras (60 dias) e após 7 e 14 dias de exposição a 20ºC. Não houve ocorrência de podridão aos 60 dias para os frutos tratados com cal, não diferindo estatisticamente dos tratados com CaCl2. Aos sete e 14 dias...

Efeito do ensacamento dos frutos no controle de pragas e doenças e na qualidade e maturação de maçãs 'Fuji Suprema'

Teixeira,Rosângela; Boff,Mari Inês Carissimi; Amarante,Cassandro Vidal Talamini do; Steffens,Cristiano André; Boff,Pedro
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 Português
Relevância na Pesquisa
27.24909%
O objetivo deste trabalho foi avaliar a eficiência de embalagens de diferentes materiais para a proteção contra pragas e doenças e seu efeito sobre a qualidade físico-química, maturação e teor de cálcio (Ca) em maçãs 'Fuji Suprema'. O experimento foi desenvolvido nas safras de 2007/2008 e 2008/2009, em pomar manejado sob o sistema orgânico, localizado na região de São Joaquim (SC). O pomar era composto por plantas de dez anos de idade da cultivar Fuji Suprema, sobre porta-enxerto 'Marubakaido', com interenxerto 'EM-9'. Depois do raleio manual, aproximadamente 40 dias após a plena floração, os frutos foram ensacados com embalagens plásticas transparentes microperfuradas ou de tecido não texturizado (TNT). Os frutos foram mantidos ensacados até a colheita. A testemunha foi constituída por frutos não ensacados. Na colheita, os frutos foram avaliados quanto aos danos provocados por mosca-das-frutas (Anastrepha fraterculus), mariposa oriental (Grapholita molesta) e lagarta enroladeira (Bonagota salubricola). As doenças foram avaliadas pela incidência de sarna da macieira (Venturia inaequalis), podridão amarga (Colletotrichum gloeosporioides) e podridão carpelar (Alternaria sp., Fusarium sp.). Também foi avaliada a incidência de distúrbios fisiológicos "russeting" e "bitter pit"...

Malus sp.

Mark E. Olson
Fonte: Universidade Nacional Autônoma do México Publicador: Universidade Nacional Autônoma do México
Tipo: imagen
Português
Relevância na Pesquisa
47.743057%

Baixa temperatura para explantes do porta-enxerto de macieira 'Marubakaido' in vitro durante a aclimatização; Low temperaure for 'Marubakaido' apple rootstock explants in vitro during acclimatization

Pereira, Jonny Everson Scherwinski; Fortes, Gerson Renan de Luces; Silva, João Baptista da
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Publicador: Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2001 Português
Relevância na Pesquisa
27.743054%
The process of aclimatization for apple plantlets leads to the stoping of the vegetative plant growth which could last a few months. To improve plant growth of apple rootstock 'Marubakaido' during the acclimatization process, explants from in vitro culture 1.0 to 2.0 cm long were cultivated in MS medium and chilled for 0; 240; 480; 720; 960; 1200 and 1440 hours at 4±1°C in a 16 hour photoperiod at 4.2 µmoles m-2 s-1 light intensity. The experiment was carried out in a randomized complete block design, with five replications. After chilling the explants were rooted and transplanted to greenhouse conditions where their growth, internode lengths, bud number and dry matter of aerial part and roots were observed, each fifteen days, during three consecutive months. Percentage plant survival was also evaluated after a month of acclimatization. Explants treated for 720 h produced taller plants with elongated internodes which, however, affected negatively the in vitro explant aspect leading to a decrease in plant survival during acclimatization.; O processo de aclimatização da macieira leva a uma parada no crescimento vegetativo das plantas que pode perdurar por alguns meses. Com o objetivo de maximizar o crescimento de plantas durante a aclimatização...