Página 1 dos resultados de 2251 itens digitais encontrados em 0.003 segundos
Resultados filtrados por Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Um serviço de geração de metadados compatível com o padrão OAI para o sistema JEMS; An OAI-Compatible Metadata Generation Service for the JEMS System

Contessa, Diego Fraga
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.298994%
A publicação de trabalhos científicos é uma das principais formas de avanço da Ciência, dando aos autores o reconhecimento de seu trabalho por parte da comunidade científica. A divulgação de trabalhos publicados é de grande interesse tanto da parte de quem os desenvolve (autores), quanto de quem pode vir a se beneficiar dos resultados (a comunidade científica em geral). Neste contexto, as bibliotecas digitais surgem como uma alternativa para simplificar o processo de publicação de artigos. Nelas encontram-se repositórios de dados que possuem informações sobre os artigos publicados bem como links para os próprios artigos, ou mesmo os arquivos propriamente ditos. Dois pontos importantes na implementação e uso de bibliotecas digitais são a interoperabilidade e a padronização dos metadados que serão utilizados pelos repositórios. Essas questões podem ser resolvidas através da OAI (Open Archives Initiative) e pelo formato Dublin Core. Um exemplo de biblioteca digital que utiliza o padrão OAI é a BDBComp (Biblioteca Digital Brasileira de Computação), que disponibiliza os metadados sobre os artigos publicados nos eventos de computação no Brasil. Por outro lado, a SBC (Sociedade Brasileira de Computação) disponibiliza aos eventos que promove (e atualmente também a alguns eventos internacionais) o sistema JEMS para o gerenciamento das submissões dos artigos. Através dele os artigos são avaliados...

MD-PROM : um mecanismo de deduplicação de metadados e rastreio da proveniência; MD-PROM : a mechanism for metadata deduplication and provenance tracing

Borges, Eduardo Nunes
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.441692%
Bibliotecas digitais são repositórios de objetos digitais que oferecem serviços aos seus usuários como pesquisa e publicação desses objetos. Cada objeto digital é descrito por um conjunto de metadados que especifica a forma como esse objeto pode ser recuperado. Sistemas de integração de bibliotecas digitais indexam objetos digitais adquiridos de fontes diferentes, os quais podem estar representados através de vários padrões de metadados. Estes metadados são heterogêneos tanto em conteúdo quanto em estrutura. Conseqüentemente, os sistemas de integração de bibliotecas digitais não estão aptos a fornecer respostas livres de informação redundante que integrem as várias fontes de dados. Quando um usuário realiza uma consulta sobre várias bibliotecas digitais, é interessante que sejam retornados metadados integrados das diversas fontes e a origem de cada informação recuperada, ou seja, a biblioteca digital que publicou aquela informação (metadado). O uso de proveniência de dados nas consultas a metadados em sistemas de integração de bibliotecas digitais, de modo a rastrear a origem das informações recuperadas, permite que usuários avaliem a qualidade das bibliotecas digitais. Este trabalho apresenta o MD-PROM (Metadata Deduplication and PROvenance tracing Mechanism)...

Extração de metadados utilizando uma ontologia de domínio; Metadata extraction using a domain ontology

Oliveira, Luis Henrique Gonçalves de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.298994%
O objetivo da Web Semântica é prover a descrição semântica dos recursos através de metadados processáveis por máquinas. Essa camada semântica estende a Web já existente agregando facilidades para a execução de pesquisas, filtragem, resumo ou intercâmbio de conhecimento de maior complexidade. Dentro deste contexto, as bibliotecas digitais são as aplicações que estão iniciando o processo de agregar anotações semânticas às informações disponíveis na Web. Uma biblioteca digital pode ser definida como uma coleção de recursos digitais selecionados segundo critérios determinados, com alguma organização lógica e de modo acessível para recuperação distribuída em rede. Para facilitar o processo de recuperação são utilizados metadados para descrever o conteúdo armazenado. Porém, a geração manual de metadados é uma tarefa complexa e que demanda tempo, além de sujeita a falhas. Portanto a extração automática ou semi-automática desses metadados seria de grande ajuda para os autores, subtraindo uma tarefa do processo de publicação de documentos. A pesquisa realizada nesta dissertação visou abordar esse problema, desenvolvendo um extrator de metadados que popula uma ontologia de documentos e classifica o documento segundo uma hierarquia pré-definida. A ontologia de documentos OntoDoc foi criada para armazenar e disponibilizar os metadados extraídos...