Página 1 dos resultados de 10 itens digitais encontrados em 0.030 segundos

O terceiro xadrez: como as empresas multinacionais negociam nas relações econômicas internacionais; The third chessboard: how the multinational companies negotiate in the iInternational economic relations

Sarfati, Gilberto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 05/10/2006 Português
Relevância na Pesquisa
46.16%
O objetivo primário desta tese é identificar como as empresas multinacionais (EMNs) agem como negociadoras nas relações econômicas internacionais (REI). A hipótese geral a ser verificada é de que as EMNs buscam influenciar os Estados e suas coalizões utilizando-se de seu poder estrutural e de seu poder brando, nacional e transnacionalmente, de modo a afetar os interesses dos Estados e de suas coalizões. A efetividade da defesa de seus interesses depende, basicamente, da confluência dos interesses dos Estados e das empresas e da vulnerabilidade dos Estados em relação às atividades das empresas bem como a capacidade relativa das coalizões que as empresas buscam influenciar. Dentro desse contexto, na parte I deste trabalho, proponho uma breve discussão sobre o papel das EMNs nas Relações Econômicas Internacionais contemporâneas, identificando quatro grandes cortes teóricos: Marxismo, incluindo vertentes neo-marxistas como a Teoria da Dependência e o Sistema Mundial Moderno; Neo-Realismo, incluindo a Teoria da Estabilidade Hegemônica, o Neoliberalismo, incluindo a Interdependência Complexa e; a visão delineada por Susan Strange. Como conclusão desta discussão, justifico o meu corte teórico fundamentalmente ligado à interdependência complexa e ao xadrez de três níveis de Nye (Neoliberalismo)...

Coalizões de interesses e a configuração política da agricultura familiar no Brasil

Santos , Fábio Pereira dos
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
46.2%
Este trabalho busca explicar a emergência e o desenvolvimento do apoio à agricultura familiar no Brasil a partir do início dos anos 1990. Nesse período se construíram duas coalizões de interesses, de defesa da agricultura familiar e de defesa da agricultura patronal, com concepções opostas sobre o modelo de agricultura que o país deveria adotar. Ao longo desse processo os atores fundamentais que compõem essas coalizões reconstruíram suas próprias identidades políticas: o ruralismo típico dos anos 1980 se apresenta modernizado como agronegócio; os trabalhadores rurais agora são também agricultores familiares. O desenvolvimento das políticas públicas de apoio à agricultura familiar é tratado como processo path dependent. Caracterizamos o momento de criação do Pronaf, em 1995, como uma conjuntura crítica que marca o início de uma nova trajetória de políticas públicas no Brasil. A existência das duas coalizões de interesses foi uma das forças relevantes nesse momento, mas somente a convergência de vários fatores, entre eles a pressão social dos agricultores, o questionamento das ideias até então dominantes no pensamento brasileiro sobre o mundo rural e fatores socioeconômicos e políticos, possibilitou a criação dessas novas políticas. Uma vez adotadas...

Entre o abstrato e o concreto : legados do embate sobre o Projeto de Integração do São Francisco ou da transposição

Viana, Luna Bouzada Flores
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
76.02%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciência Política, Programa de Pós-Graduação, 2011.; Quais mudanças políticas foram legadas pelo debate sobre a transposição? Quais foram os conflitos e como estes modificaram (ou não) a obra e a ação do Governo Federal para o desenvolvimento do semiárido? Para responder a estas perguntas, o estudo utilizou o Modelo de Coalizões de Advocacia (MCA) para explicar a mudança política em temas complexos. A partir do MCA todo o debate sobre a transposição entre os anos de 1994 e 2007 foi organizado à luz de um embate entre coalizões de advocacia e grupos de atores que atuam de forma coordenada, motivados pela defesa de crenças políticas. Por sua vez, as crenças políticas que moveram o debate foram moldadas por anos de atuação do Governo Federal e de pensamento social sobre como lidar com a seca no semiárido. Para realização da análise, foram classificados testemunhos e discursos de 216 pessoas pelo software NVivo8. Também foram analisados os manifestos da sociedade civil relacionados ao projeto. As classificações realizadas objetivaram identificar quais crenças eram defendidas pelas pessoas e possibilitaram analisar as coalizões que atuaram no debate...

Inteligência decisória e análise de políticas públicas : o caso das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs)

Pedroso, Marcel de Moraes
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
Português
Relevância na Pesquisa
65.9%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Programa de Pós-Graduação em Administração, 2011.; Esta tese proporciona uma contribuição ao campo de análise de processos decisórios em políticas públicas, mais especificamente sobre a tomada de decisão para implantação das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), financiadas pelo governo federal em parceria com estados e municípios brasileiros. Esta tese visa estabelecer bases teórico/metodológicas para construção de processos decisórios estruturados por um conjunto de regras para decidir que incorporem as preferências dos decisores, promovam a capacidade de adaptação e aprendizagem por meio de artefatos sociais e tecnológicos com uso intensivo de informações geográficas. Com esse intuito, revisa diferentes abordagens do paradigma da racionalidade limitada em três modelos de análise de políticas públicas: múltiplos fluxos, equilíbrio pontuado e coalizões de defesa; sumariza e diferencia os usos da informação geográfica nesses modelos, bem como, discute a metodologia de análise multicritério de decisão espacial-construtivista (SMCDA-C). O desenho metodológico da pesquisa combina a análise de dados qualitativos e quantitativos, operacionalizados por três componentes de pesquisa: (i) componente estrutura narrativa (qualitativo); (ii) componente estudo de caso (qualitativo e quantitativo) e; (iii) componente análise contrafactual (quantitativo). O componente estudo de caso é composto por três unidades de análise: Modelo Atual...

Mudança institucional gradual e transformativa : uma construção de stakeholders e coalizões políticas

Vieira, Diego Mota
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
Português
Relevância na Pesquisa
56.1%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Programa de Pós-Graduação em Administração, 2013.; Este trabalho teve como objetivo principal caracterizar como os grupos de interesse e coalizões de defesa empreendem os processos de mudança institucional gradual transformativa resolvendo os problemas de coordenação internos e externos no planejamento e implementação de uma determinada política pública. A partir do Modelo de Coalizões de Advocacia e de modelos de análise de stakeholders, em uma abordagem centrada no papel do discurso, desenvolveu-se um estudo de caso sobre a Usina Hidrelétrica de Belo Monte. O caso suportou as premissas dos modelos teóricos utilizados e representou uma oportunidade de verificar uma aplicação conjunta dos modelos, expondo suas contribuições e fragilidades ao tratar com o fenômeno estudado. Foram realizadas entrevistas em profundidade, alvos de análise de conteúdo, e coletados documentos oficiais tais como notas taquigráficas de audiências públicas realizadas no Congresso Nacional, alvos de análise de discurso. O estudo longitudinal permitiu a identificação de três coalizões de advocacia nas quais os stakeholders de Belo Monte se agruparam. Além disso, verificou-se a ação do discurso como instrumento de coordenação das coalizões e as estratégias utilizadas para provocar mudança institucional gradual e transformativa. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT; The main objective of this work was to characterize the behavior of stakeholders engaged in the process of transformative and gradual institutional change...

A Política Científica e Tecnológica de Santa Catarina: análise a partir do modelo de coalizões de defesa

Souza,Luiz Ricardo de; Secchi,Leonardo
Fonte: Fundação Getulio Vargas Publicador: Fundação Getulio Vargas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2014 Português
Relevância na Pesquisa
86.31%
Este artigo utiliza o modelo de coalizões de defesa (Advocacy Coalition Framework - ACF), de Sabatier e Jenkins-Smith (1993), para analisar a prevalência da comunidade científica catarinense como ator-chave na formulação da Política Científica e Tecnológica (PCT) de Santa Catarina. A coleta de dados foi realizada a partir de relatórios e documentos oficiais das instituições, bem como de entrevistas realizadas com 10 atores do processo de formulação da PCT que ocuparam funções estratégicas no período de 1989 a 2009, assim classificados: 1) comunidade científica; 2) burocratas; 3) designados politicamente; 4) empresários; 5) políticos. A análise dos dados teve como conceitos sensíveis aqueles presentes no modelo de coalizões de defesa: a) o papel dos atores; b) sistemas de convicções e recursos; c) trajetórias da política pública; d) características da política pública; e) conteúdo da política pública. Foram identificadas as conexões entre os atores, suas convicções, estratégias, recursos e constrangimentos. A pesquisa conclui que a comunidade científica exerce um papel de destaque na formulação da política científica e tecnológica catarinense, sendo prevalente na formulação da PCT em todo o período analisado. Em relação aos empresários...

Os limites do poder das empresas multinacionais: o caso do Protocolo de Cartagena

Sarfati,Gilberto
Fonte: ANPPAS - Revista Ambiente e Sociedade Publicador: ANPPAS - Revista Ambiente e Sociedade
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 Português
Relevância na Pesquisa
36.02%
O objetivo primário deste trabalho é identificar os limites da influência das empresas multinacionais (EMNs) em processos multilaterais de negociação. A efetividade da defesa de seus interesses depende, basicamente, da confluência dos interesses entre os Estados e as empresas e depende da vulnerabilidade dos Estados em relação às atividades das empresas, bem como da capacidade relativa das coalizões que as empresas buscam influenciar. Em seguida, é reconhecida a limitação do poder de influência das EMNs através de uma extensão do modelo Frieden-Rogowsky, onde se propõe que os setores prejudicados pelo processo de internacionalização tendem, tanto em nível nacional quanto em nível transnacional, a se opor a ações políticas das EMNs. Finalmente, apresenta-se um estudo de caso sobre o Protocolo de Cartagena de Biosegurança, instrumento complementar à Convenção de Biodiversidade (CBD), que regulamenta os organismos geneticamente modificados (OGMs). Uma importante conclusão do trabalho é explicar as circunstâncias em que as EMNs operam como negociadoras, através de sua influência e da utilização de poder estrutural e brando, buscando formar coalizões transnacionais e incentivar a formação de coalizões entre Estados que defendam os seus interesses em contextos intergovernamentais.

Repartição de receitas tributárias:delimitações político institucionais da experiência constitucional do modelo brasileiro (1987-1988)

Pereira, Rafael Vasconcellos de Araújo; Lubambo, Catia Wanderley (Orientadora)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
75.94%
A presente pesquisa teve por objetivo identificar as condições políticos institucionais influentes na delimitação do modelo de repartição de receitas tributárias, no momento da implantação do sistema vigente desde a Constituição Federal de 1988. Após a apresentação do atual modelo do federalismo fiscal brasileiro e da repartição de receitas, inclusive sob a perspectiva comparada com Alemanha, Canadá e Austrália, analisaram-se as contribuições teóricas de Fernando Rezende e Sérgio Prado. A pesquisa de campo tomou por base de dados as Atas da Subcomissão de Tributos, Participação e Distribuição de Receitas, responsável pela elaboração do sistema, em sessões realizadas entre 08/04/1987 e 22/05/1987. A pesquisa sistematizou e analisou as posições e opiniões dos técnicos e parlamentares na Assembleia Nacional Constituinte, partindo-se do texto-base da Ata da Subcomissão referida. Tratou informações sobre: a) o funcionamento da Comissão perante a Assembleia Nacional Constituinte; b) o nível de participação dos parlamentares e demais entidades (técnicos e instituições de caráter representativo); c) a identificação dos atores envolvidos; d) as discussões sobre a importância federativa; d) a existência ou não de uma finalidade a orientar a elaboração do sistema de repartição de receitas tributárias; e) a apresentação das propostas debatidas na comissão; f) a dificuldade de obtenção de informações...

Racionalidade limitada e uso de informações técnicas em modelos de análise de políticas públicas: proposições sobre a perspectiva integradora da Análise Multicritério de Decisão Espacial Construtivista

Pedroso, Marcel
Fonte: RP3 - Revista de Pesquisa em Políticas Públicas Publicador: RP3 - Revista de Pesquisa em Políticas Públicas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 27/01/2014 Português
Relevância na Pesquisa
56.03%
Revisar diferentes abordagens do paradigma da racionalidade limitada (bounded rationality), sintetizar seus desdobramentos em três dos principais modelos de análise de políticas, sumarizar e diferenciar os usos da informação geográfica (expert-based information) e apresentar a perspectiva integradora da aplicação da análise multicritério de decisão espacial (spatial multicriteria decision analysis) no processo decisório em políticas públicas. O referencial teórico encontra-se na Racionalidade limitada (bounded rationality), na teoria dos múltiplos fluxos (multiple streams theory), na teoria do equilíbrio pontuado (punctuated equilibrium theory), no modelo das coalizões de defesa (advocacy coalition framework) e na análise multicritério de decisão espacial (spatial multicriteria decision analysis framework). A metodologia consiste no trabalho teórico a partir de revisão e análise crítica de literatura científica. Os resultados indicam que todos os modelos analisados utilizam, em graus diferentes, informações técnicas instrumentalmente (quando ocorre um impacto direto no tomador de decisão), politicamente (quando os tomadores de decisão dependem dela para legitimar suas escolhas e ações) e para o aprendizado (quando enfatiza os processos cognitivos dos participantes). Na multiple streams theory...

Considerações acerca das análises de políticas públicas: o modelo de coalizões de defesa

Soares, Alessandra Guimarães; Alves, Renan do Prado
Fonte: RP3 - Revista de Pesquisa em Políticas Públicas Publicador: RP3 - Revista de Pesquisa em Políticas Públicas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 04/08/2015 Português
Relevância na Pesquisa
86.3%
Em um ambiente político cada vez mais dinâmico, as formas de análise de políticas públicas vêm ganhando cada vez mais espaço nas discussões acadêmicas. Proposto em 1988 por Paul Sabatier (e contando com contribuições de Jenkins-Smith e Weible, nos anos seguintes), o Modelo de Coalizões de Defesa surge com o propósito de explicar mudanças nas políticas públicas, optandopor uma abordagem holística, e não se focando em fases específicas do ciclo de políticas públicas. Em sua concepção, os autores advogam que mudanças nas políticas ocorrem com a junção de atores políticos em coalizões nas quais compartilham crenças e ideais. Dessa forma, objetivando e justificando este artigo, pretende-se aqui dissertar sobre o modelo citado, a fim de contribuir para a literatura nacional, já que, apesar de amplamente divulgada internacionalmente, a produção de artigos nacionais sobre o tema ainda se encontra em fase incipiente.