Página 1 dos resultados de 69 itens digitais encontrados em 0.010 segundos

A liquidez e os modelos de precificação de ativos: um estudo empírico no mercado acionário brasileiro de 1995 a 2011; Liquidity and asset pricing models: an empirical study on the Brazilian stock markets from 1995 to 2011

Mussa, Adriano
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 17/12/2012 Português
Relevância na Pesquisa
90.86319%
O trabalho seminal de Amihud e Mendelson (1986) abriu caminho para uma grande quantidade de pesquisas no âmbito internacional sugerindo que a liquidez poderia ser um fator relevante na explicação dos retornos das ações. A premissa central é que ativos menos líquidos devem apresentar taxas de retornos superiores a dos ativos mais líquidos, por representarem mais riscos a seus detentores. Assim, o objetivo principal da presente tese consistiu em verificar se há prêmios pela liquidez no mercado acionário brasileiro com o uso de uma vasta quantidade de medidas de liquidez, formas de cálculo e períodos de retenção das carteiras, bem como se o modelo de precificação de ativos de 2-fatores de Liu (2006) - formado pelo beta de mercado e pelo fator liquidez - é válido para o mercado acionário brasileiro e, em caso positivo, se é superior ao CAPM, ao modelo dos 3-fatores de Fama e French (1993) e ao modelo dos 4-fatores de Carhart (1997), na explicação das variações dos retornos cross-section das carteiras de ações. Para isso, foram usadas todas as ações listadas na BM&FBOVESPA, de 1995 a 2011. Os procedimentos metodológicos para obtenção das variáveis e testes para verificação da existência de prêmios pela liquidez seguiram...

Risco downside e CoVaR no mercado brasileiro de ações; Downside risk and CoVaR in the Brazilian stock market

Alexandrino, Thiago Basso
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/11/2013 Português
Relevância na Pesquisa
88.7497%
Um dos objetivos deste estudo é testar modelos de precificação de ativos financeiros, especialmente o de risco downside de Ang et al. (2006), em todas as ações da Bovespa, para o período que se estende de janeiro de 1999 a julho de 2012. Para atingi-lo, aplica-se o método de regressões Fama e MacBeth (1973) com retornos um período à frente. A quase totalidade dos modelos testados é rejeitada, inclusive a existência de um eventual prêmio para o risco downside. A exceção é o modelo que inclui com o beta tradicional e o seu quadrado, o que permite rejeitar o CAPM devido a não linearidade no risco de mercado. A relação existente entre o beta e o retorno das ações seria positiva até beta igual a 0,642 e depois negativa. Outra meta desta dissertação é comparar as estimações condicionais às não condicionais do modelo CoVaR de Adrian e Brunnermeier (2011) para as 16 ações da Bovespa utilizadas por Almeida et al. (2012), que obtiveram apenas estimações não condicionais para o Brasil em um período semelhante. Os resultados daqui mostram uma baixa e não estatisticamente significante correlação com os de Almeida et al. (2012). Para este estudo, tem-se que as duas formas de calcular o CoVaR são similares para o teste de estresse...

Incerteza e informação nos modelos econômicos

Biderman, Ciro
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Português
Relevância na Pesquisa
79.35023%
Discute-se como a assimetria de informações afeta os modelos de precificação de ativos e algumas das consequências para os testes de eficiência. No primeiro capítulo são apresentados dois modelos que partiram da hipótese que os agentes possuem informação completa sobre as variáveis econômicas: o CAPM e o Black-Scholes. No segundo capítulo procura-se verificar até que ponto é possível modelar a economia dadas estas imperfeições. Partindo de uma variação de AkerIoff (1970), mostra-se que quando uma parte de posse de uma informação superior transaciona com outra, ocorre uma falha de mercado, a seleção adversa, podendo até gerar o colapso do mercado. O segundo modelo analisado, Bray (1989), mostra como as informações privilegiadas são incorporadas ao preço e o último modelo, Kyle (1985), analisa como a presença de um agente com informação privilegiada afeta a liquidez do mercado. O terceiro capítulo faz um teste para a eficiência do mercado de câmbio brasileiro. Apesar de não se poder negar a presença de co integração entre as séries, não se pode aceitar a hipótese de eficiência semi-forte, ou seja, a hipótese de que o mercado futuro seria um estimado r não viesado para o mercado à vista...

Aplicação dos modelos multifatoriais de Fama e French ao mercado brasileiro

Müller, Mateus Azeredo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
79.54589%
Este trabalho testa três modelos de precificação de ativos visando identificar qual o modelo que melhor explica o retorno das ações do mercado brasileiro. São testados o CAPM (Capital Asset Pricing Model) e os modelos multifatoriais de três fatores e de cinco fatores de Fama e French. O CAPM utiliza uma única variável, o fator mercado, para explicar o retorno dos ativos. Julgando insuficiente o fator mercado, dois fatores relacionados ao mercado de ações são adicionados, o fator tamanho e o fator valor, formando o modelo de três fatores. Para o modelo de cinco fatores, são somados, a estes três fatores, mais dois fatores, termo e default, ambos relacionados ao mercado de renda fixa. Os resultados mostram que os modelos multifatoriais apresentam uma capacidade explicativa dos retornos significativamente superior ao CAPM. Ainda, o modelo de cinco fatores apresenta ligeira superioridade sobre o de três fatores. Entretanto, considerando a maior facilidade do modelo de três fatores e a pequena diferença de resultado entre este e o modelo de cinco fatores, concluímos que o modelo de três fatores é o mais indicado ao mercado acionário brasileiro.; This work examines three asset pricing models aiming to identify which model best explains the stock returns of the Brazilian market. We test the CAPM (Capital Asset Pricing Model) and Fama and French’s multifactorial models of three factors and five factors. The CAPM uses a single variable...

Precificação de ativos com modelos de fatores no mercado acionário brasileiro

Coelho, Reinaldo de Almeida
Fonte: Florianópolis Publicador: Florianópolis
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 149 p.| il., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
80.18829%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção.; O presente estudo apresenta uma análise do papel que duas medidas de liquidez de ações em bolsa, o Turnover e índice de Amihud, têm sobre os retornos de ações de empresas brasileiras. Para isso foram utilizadas combinações do CAPM, e dos modelos de 3 e 4 modelos de fatores de Fama, French e Carhart. Os modelos foram testados utilizando regressões OLS simples e regressões OLS em painel. Os resultados mostram que a liquidez é relevante em ambas as abordagens. Adicionalmente, como a crise internacional de 2008 teve um impacto significativo sobre o mercado acionário brasileiro e como durante o período de crise investidores procuram investimentos mais líquidos, testou-se também o efeito da crise sobres estes modelos. Os resultados encontrados parecem sugerir que depois de 2008 a importância da liquidez para os modelos de precificação de ativos aumentou. Além disso, foram realizados testes de Chow para identificar os pontos de quebra estrutural. Estes testes também parecem suportar a idéia de que pelo menos para uma parte das ações negociadas publicamente no Brasil a liquidez cresceu em importância depois de 2008. Finalmente...

Avaliação de empresas: o caso Tractebel

Campos, Renato Assunção
Fonte: Florianópolis Publicador: Florianópolis
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Português
Relevância na Pesquisa
89.27023%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio Econômico, Curso de Administração.; O presente estudo teve como objetivo definir o atual valor justo da Tractebel Energia, a partir dos principais modelos de precificação de ativos. A empresa objeto de análise foi tomada como base em função de seu crescimento estável e da facilidade de se obter dados, uma vez que é sediada na cidade de Florianópolis. Não obstante, a volatilidade com que suas ações tem sido precificadas despertou interesse. Com isso, este estudo pretendeu fornecer subsídio para a tomada de decisão de investidores, no que diz respeito a compra ou venda das ações da empresa. Para tanto, a fundamentação teórica tratou sobre o conceito de avaliação de ativos e dos principais modelos disponíveis, ressaltando suas aplicações e limitações, os quais são: avaliação contábil, relativa, modelo de dividendo descontado e fluxo de caixa descontado. No que tange ao aspecto metodológico, a pesquisa se enquadra em exploratória, descritiva, eminentemente quantitativa e estudo de campo e de caso. Além disso, fez-se uso de investigação documental, bibliográfica, entrevista e do programa Economática. Com isso, a análise de dados procurou inicialmente levantar as premissas demandadas por cada um dos modelos analisados e aplicá-los. Os resultados obtidos foram então comparados entre si e ajustados...

Utilização de técnicas multivaridas para construção de um modelo de avaliação de ações

Andrade, Eduardo Junqueira Vianna de
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 64 f.
Português
Relevância na Pesquisa
79.14241%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Sócio-Econômico. Economia.; A análise do desempenho das empresas através de indices contábeis é cada vez mais freqüente entre investidores e analistas do mercado de capitais. Além desses indicadores, utilizam-se também indices fundamentalistas na análise de ações de empresas de capital aberto. 0 objetivo da chamada análise fundamentalista é avaliar a situação da empresa visando determinação de seu valor. Esta análise se fundamenta na tese de que existe uma correlação positiva entre o valor intrínseco de uma ação e seu preço de mercado. Outro método muito utilizado na analise de ações é a Analise técnica. Esta análise tem por objetivo encontrar padrões no comportamento dos preços das ações , a partir da análise dos preços passados. Para tanto ela utiliza indicadores e gráficos como instrumentos de análise. Finalmente, com maior fundamentação teórica e empírica, encontra-se a denominada "Teoria Moderna de Finanças", que tem no modelo de precificação de ativos (CAPM) um de seus pilares principais. Esse modelo supõe que o coeficiente beta é a única medida de risco que pode ser associada as rentabilidades dos ativos...

Análise do impacto da inclusão do fator sustentabilidade empresarial no modelo de três fatores de Fama e French nas empresas negociadas na BM&FBovespa: um estudo empírico entre o período de 2006 e 2013

Azevedo, Vitor Gonçalves de
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 121 p.| il., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
78.901206%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção, Florianópolis, 2014.; Este estudo tem o objetivo de analisar o impacto da inclusão do fator Sustentabilidade Empresarial no modelo de três fatores de Fama e French para explicação do retorno das empresas cotadas na BM&FBovespa entre o período de 2006 e 2013. O Prêmio pelo fator Sustentabilidade Empresarial é obtido através de uma carteira de zero investimento comprada em ações com alta sustentabilidade e vendida em ações com baixa sustentabilidade. Dessa forma, através de combinações das variáveis independentes Prêmio pelo fator Sustentabilidade Empresarial (SUS), Prêmio pelo risco de mercado (RM-RF), Prêmio pelo fator tamanho (SMB), Prêmio pelo fator Book-to-market (HML) são criados seis modelos. Todos esses modelos são testados em nove carteiras de ações, que são criadas através da intersecção de três carteiras agrupadas pelo tamanho das empresas e três carteiras agrupadas pelo índice Book-to-Market (BE/ME) das empresas. Os resultados demonstram que o Prêmio pelo fator Sustentabilidade Empresarial é significante no modelo e possibilita o aumento do coeficiente de determinação do modelo. Além disso...

Modelos de precificação de ativos e o efeito liquidez : evidências empíricas do mercado acionário brasileiro

Machado, Márcio André Veras
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
Português
Relevância na Pesquisa
101.12755%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação, Programa de Pós-Graduação em Administração, 2009.; Essa tese teve por objetivo, primeiramente, analisar se existe o prêmio de liquidez no mercado acionário Brasileiro. Em seguida, acrescentar a liquidez como um fator de risco nos modelos de precificação de ativos e averiguar se ela é precificada e explica parte das variações dos retornos das ações. Para isso, foram usadas cinco medidas de liquidez e optou-se pelo emprego de portfólios. Dessa forma, fez-se uso de regressão em série de tempo que permitiu verificar se o retorno das ações era explicado não apenas pelo fator de risco sistemático, conforme propõe o CAPM, pelos três fatores de Fama e French (1993) e pelo fator momento de Carhart (1997), mas também pela liquidez, conforme sugerido por Amihud e Mendelson (1986). Quanto aos fatores de risco estudados, observou-se um prêmio de mercado de 3,09% ao mês. Quanto ao fator tamanho, os resultados obtidos sugerem um efeito tamanho favorável às grandes empresas, descaracterizando o efeito tamanho no mercado Brasileiro (prêmio negativo de 0,05% ao mês). Em relação ao fator BM...

Uma comparação empírica do desempenho preditivo das análises fundamentalista, gráfica e econométrica no mercado acionário brasileiro

Pietro Neto, José de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
Português
Relevância na Pesquisa
79.115786%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Programa de Pós-Graduação em Administração, 2011.; Esta tese teve como objetivo buscar evidências empíricas do desempenho de três categorias de precificação de ativos: a fundamentalista, a econométrica e a gráfica, considerando o ajuste e a lucratividade das três categorias com base em equações especificadas em um sistema autônomo para o disparo de ordens de compra e venda de ações via homebroker, também o de apresentar uma metodologia modificada para o teste de Lorenzoni et. al (2007) para verificara a presença de conteúdo informacional na análise técnica. A principal contribuição proposta consiste na comparação entre o desempenho inter e intra-análises, concomitantemente, e considerando ainda, a presença simulada do comportamento humano. Para isto, foram ajustados modelos matemáticos considerando os resíduos, a estacionariedade, a presença de correlação serial, a significância dos parâmetros e a lucratividade, quando acoplados a uma rotina modificada do comportamento racional de compra constante em Arrow (1959) que visa o lucro máximo. Na análise fundamentalista foram selecionadas as variáveis independentes mais significativas...

Custo de capital do setor portuário brasileiro

Cavalcanti, Samuel Ramos de Carvalho
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
99.9951%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Departamento de Economia, Centro de Estudos e Regulação de Mercados, 2013.; Este trabalho testa três modelos de precificação de ativos visando identificar qual o modelo que melhor explica o retorno das ações do mercado brasileiro com o objetivo de se calcular o custo de capital do setor portuário nacional. São testados o CAPM (Capital Asset Pricing Model) e os modelos multifatoriais de três fatores de Fama e French. O CAPM utiliza uma única variável, o fator mercado, para explicar o retorno dos ativos. Julgando insuficiente o fator mercado, dois fatores relacionados ao mercado de ações são adicionados, o fator tamanho e o fator valor, formando o modelo de três fatores. Os resultados mostram que os modelos multifatoriais apresentam uma capacidade explicativa dos retornos significativamente superior ao CAPM. Ainda, foi adotada a média entre o CAPM e Fama e French para o cálculo do capital próprio. Para calcular o custo do capital de terceiros foi utilizado o modelo sugerido pela metodologia CAPM; e o custo médio ponderado – WACC (Weighted Average Cost of Capital) foi calculado utilizando as três metodologias de precificação acima descritas. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT; This piece of work examines three asset pricing models to identify which model best explains the stock returns of the Brazilian market to calculate the cost of capital of the Brazilian Ports market. The CAPM (Capital Asset Pricing Model) and the multifactor models with three factors of Fama and French are tested. The CAPM uses a single variable...

O modelo de precificação de ativos de capital: teoria e evidências

Fama,Eugene F.; French,Kenneth R.
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola de Administração de Empresas de S.Paulo Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola de Administração de Empresas de S.Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2007 Português
Relevância na Pesquisa
79.59327%
Distante quatro décadas de seu aparecimento, o modelo de precificação de ativos de capital proposto pelo Nobel William Sharpe e por John Lintner, conhecido como CAPM, é ainda o modelo mais amplamente utilizado na estimativa do custo de capital de empresas e na avaliação de carteiras. O fato se deve às poderosas previsões permitidas pelo modelo sobre a medida do risco e a relação entre risco e retorno. O objetivo deste artigo é mostrar que o CAPM apresenta algumas falhas empíricas associadas a simplifi cações teóricas e difi culdades de implementação de testes que sejam válidos para o modelo. A conclusão do artigo é que as limitações do CAPM representam desafi os a serem explicados por modelos alternativos.

CAPM condicional com aprendizagem aplicado ao mercado brasileiro de ações

Mazzeu,João Henrique Gonçalves; Costa Junior,Newton Carneiro Affonso da; Santos,André Alves Portela
Fonte: Universidade Presbiteriana Mackenzie Publicador: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2013 Português
Relevância na Pesquisa
79.8794%
Modelos de precificação de ativos representam uma das áreas mais discutidas e pesquisadas em finanças. São amplamente utilizados de forma teórica e prática na área de investimentos para modelar e prever o risco e o retorno de títulos e de carteiras, bem como em finanças corporativas para estimar o custo de capital e ranquear projetos de investimento. Eles fornecem uma medida útil de risco que ajuda gerentes e investidores a determinar o retorno requerido ao colocarem seu dinheiro em risco. O objetivo deste trabalho é analisar o desempenho do modelo CAPM condicional com aprendizagem proposto por Adrian e Franzoni (2009) quando aplicado às séries de retornos das ações mais líquidas do mercado brasileiro no período de 1987 a 2010. Adrian e Franzoni (2009), em seu artigo, complementaram a literatura do CAPM condicional ao modelarem um novo tipo de variação temporal nos betas condicionais. Nesse ambiente, os investidores formam expectativas sobre o nível de longo prazo dos fatores de risco com base nos retornos realizados de variáveis exógenas. Como consequência direta dessa hipótese, os betas condicionais são modelados por meio do filtro de Kalman. Utilizando dados de 25 carteiras classificadas por tamanho e pelo índice valor contábil-valor de mercado...

Uma nova proposta de cálculo do prêmio de risco: uma análise no mercado de capitais brasileiro

Roma, Carolina Magda da Silva; Oliveira, Marcos Roberto Gois de (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
88.49904%
Com a presente pesquisa se propôs a apresentar uma nova maneira de mensurar o prêmio de risco e analisar qual a melhor distribuição de probabilidade contínua que modela os dados estudados para o período completo e segmentações. Mehra e Prescott (1985) analisaram o prêmio de risco histórico por quase um século e obtiveram um resultado não suportado pela teoria econômica financeira, o qual foi denominado Equity Premium Puzzle (EPP). O prêmio de risco é estudado por diversos pesquisadores ao redor do mundo, porém, ainda hoje, não há consenso sobre como mensurá-lo, sendo classicamente entendido como o retorno de um ativo mais arriscado sobre um ativo livre de risco. Ele é uma variável integrante no cálculo do Capital Asset Pricing Model, ou Modelo de Precificação de Ativos (CAPM), comumente utilizado em finanças. Assim, buscou-se uma nova maneira de obter o prêmio de risco a partir da equação diferencial estocástica do movimento browniano geométrico (MBG). Para tanto, o prêmio foi calculado pela razão entre a diferença no retorno do índice Ibovespa (IBOV), para duas ações com maior participação no respectivo índice, baseado na última carteira de 2012, a Vale do Rio Doce (VALE5) e a Petrobrás (PETR4) e também para a empresa com maior participação no índice de consumo...

Análise das taxas de desconto aplicáveis na mensuração dos ativos biológicos a valor justo

Rech, Ilírio José; Cunha, Moisés Ferreira da
Fonte: Universidade Federal de Goiás Publicador: Universidade Federal de Goiás
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
79.943486%
A edição da IAS 41 regulamentou a contabilização dos ativos biológicos e produtos agrícolas e estabeleceu que estes devem ser mensurados com base no valor justo, cuja principal referencia é o valor de mercado. Porém, na ausência de um mercado ativo, os ativos biológicos devem ser avaliados com base no valor presente do fluxo de caixa líquido esperado do ativo, descontado à taxa corrente do mercado. Contudo, a norma não estabelece quais são as taxas que podem ser consideradas “taxa corrente do mercado”. O artigo tem o objetivo de analisar os modelos para estimar as taxas de desconto aplicáveis na mensuração dos ativos biológicos a valor justo. Utilizando a metodologia de pesquisas exploratória o artigo divide as taxas em três grupos de acordo com a fonte de informações, sendo: a) taxas obtidas de instituições ou organismos externos e independentes à entidade; b) taxas obtidas com base nos números contábeis e; c) taxas obtidas com base nas teorias de precificação de ativos. O artigo conclui que as taxas obtidas com base nas teorias de precificação de ativos possuem maior capacidade de refletir as condições econômicas de risco e retorno esperado pelos participantes do mercado, premissa fundamental do valor do dinheiro no tempo...

A relevância do risco idiossincrático sobre os retornos das ações no mercado brasileiro; Idyosyncraté risk and stock returns in the brazilian market

Dias, Sâmia Rodrigues Alves
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Ciências Econômicas (RG); Administração (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Ciências Econômicas (RG); Administração (RG)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Português
Relevância na Pesquisa
89.67479%
Desde o trabalho de Markowitz (1952), com a proposta da análise da média e a variância para o retorno e o risco respectivamente, a precificação do risco e sua relação com o retorno do título passou a ser discutida por vários modelos de precificação de ativos. Sobretudo o modelo de Sharpe (1964), o Capital Asset Pricing, baseado nas premissas de Markowitz, considerou que somente o risco sistemático seria importante para determinação do valor de uma ação considerando que uma carteira perfeitamente diversificada excluiria o risco idiossincrático. Porém partindo do pressuposto que os investidores não conseguem diversificar suas aplicações, por vários motivos, como custos fixos de transação, o risco idiossincrático passa então a ter relevância na análise risco-retorno. Assim, para investigar se há significância no relacionamento entre o risco idiossincrático e o retorno esperado é utilizada uma abordagem de dados em painel, realizando estimações pelo método dos mínimos quadrados ordinários no período de janeiro de 2007 a dezembro de 2012. Os resultados apontam uma correlação negativa entre o risco idiossincrático e o retorno esperado, com uma relação estatística significativa ao nível de 1%. Esses resultados são semelhantes aos encontrados por Ang et al (2006)...

Comparação entre diferentes modelos de precificação de ativos com risco CAPM e variantes

Fonte: Universidade Federal de Lavras Publicador: Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
79.23191%

Criação de valor econômico e suas implicações em empresas brasileiras de capital aberto: uma análise dos modelos de precificação de ativos financeiros

Paiva, Felipe Dias
Fonte: Mestrado em Administração; UFLA; brasil; Departamento de Administração e Economia Publicador: Mestrado em Administração; UFLA; brasil; Departamento de Administração e Economia
Tipo: Dissertação
Publicado em 23/09/2015 Português
Relevância na Pesquisa
91.10403%
The theme of this research is to refer to Economic Value Added (EVA) in Brazilian companies of open capital and the asset pricing models of unique factor. So, the principal objective ofthis research is consisted of tested financial asset pricing models, Capital Asset Pricing Model (CAPM) and Downside Capital AssetPricing Model (D-CAPM), which represem as the best altemative to measure the cost of equity capital of these Brazilian companies of open capital. Specifícally, it has sought for the value of efficiency in application of CAPM and D-CAPM for Brazilian market share and in compare to the EVA's results, affected from the time of use of asset pricing models, CAPM and DCAPM. In this sense, the present research has had as theoretic foundation on the economic value added and financial asset pricing models, preceded by a literature revision model about the market share with an emphasis in evolution of Brazilian market share. The research has been developed through a quantitative investigation, utilizing sample data of period from December 1996 to August 2002. The data has been collected through database of Comissão de Valores Mobiliários (CVM) and of Economática. The test of efficiency of financial asset pricing models indicated a superiority of model D-CAPM compare to CAPM in explanation to return the movable designation of Brazilian market capitais. In that case it is cited that between two models ofmeasuring the capital cost of property...

Modelos de precificação de ativos financeiros de fator único: um teste empírico dos modelos CAPM e D-CAPM; Single factor financial asset pricing models: an empirical test of the Capital Asset Pricing Model CAPM and the Downside Capital Asset Pricing Model D-CAPM

Paiva, Felipe Dias
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2005 Português
Relevância na Pesquisa
90.4819%
O objetivo deste estudo é analisar o capital asset pricing model (CAPM) e o downside capital asset pricing model (D-CAPM), bem como avaliar se este último modelo é uma eficiente alternativa de modelo de precificação de ativos. Os dados da pesquisa referem-se a 40 retornos de companhias listadas na Bolsa de Valores de São Paulo, de dezembro de 1996 a agosto de 2002. O artigo utilizou, para testar os modelos, as variáveis Certificado de Depósito Interbancário (CDI), como um ativo livre de risco, e o índice da Bolsa de Valores de Sao Paulo (Ibovespa), como proxy do portfólio de mercado. Conclui-se, então, que o D-CAPM possui uma maior capacidade explicativa dos retornos dos ativos se comparado ao CAPM.; This study analyzed the Capital Asset Pricing Model CAPM as well as the Downside Capital Asset Pricing Model D-CAPM and evaluated the latter as an efficient alternative asset pricing model. The returns of 40 companies on the São Paulo Stock Exchange BOVESPA were studied between December 1996 and August 2002. To test the models the study used as variables the Interbank Deposit Certificate CDI as a risk free asset and the Index of São Paulo Stock Exchange IBOVESPA as a proxy of the market portfolio. The D-CAPM was shown to be more useful in explaining the return of the stock market than the CAPM.

Valor justo da Tractebel Energia: uma avaliação a partir dos principais modelos de precificação de ativos DOI:10.5007/2175-8077.2010v12n26p11; Just value of the Tactebel energy: an valuation from the main models of pricing asset

Campos, Renato; UFSC; Vital, Juliana Tatiane; UFSC; Moritz, Gilberto de Oliveira; UFSC; Costa, Alexandre Marino; UFSC
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Estudo de caso; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2010 Português
Relevância na Pesquisa
100.08218%
O presente estudo teve como objetivo definir o atual valor justo da Tractebel Energia, a partir dos principais modelos de precificação de ativos. A empresa objeto foi tomada como base em função de seu crescimento estável e da facilidade de se obter dados, uma vez que é sediada na cidade de Florianópolis. Não obstante, a volatilidade com que suas ações têm sido precificadas despertou interesse. Com isso, este estudo pretendeu fornecer subsídio para a tomada de decisão de investidores, no que diz respeito à compra ou venda das ações da empresa. Para tanto, a fundamentação teórica tratou sobre o conceito de avaliação de ativos e dos principais modelos disponíveis, ressaltando suas aplicações e limitações, os quais são: avaliação contábil, relativa, modelo de dividendo descontado e fluxo de caixa descontado. No que tange ao aspecto metodológico, a pesquisa se enquadra em exploratória, descritiva, eminentemente quantitativa, estudo de campo e de caso. Além disso, fez-se uso de investigação documental, bibliográfica, entrevista e do programa Economática. Com isso, a análise de dados procurou inicialmente levantar as premissas demandadas por cada um dos modelos analisados e aplicá-los. Os resultados obtidos foram então comparados entre si e ajustados...