Página 1 dos resultados de 426 itens digitais encontrados em 0.107 segundos

"O gerenciamento na estratégia da saúde da família: o processo de trabalho dos gestores e dos gerentes municipais de saúde em municípios do estado do Maranhão" ; El gerenciamiento en la estrategia de salud de la familia: el proceso de trabajo de los gestores y gerentes municipales de salud en el estado de Maranhão.

Vanderlei, Maria Iêda Gomes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/03/2005 Português
Relevância na Pesquisa
45.76%
O estudo tem como objetivo analisar o processo de trabalho da gerência no âmbito municipal através da prática dos gestores e dos gerentes de saúde, enquanto como instrumento que possibilita a mudança e/ou reorientação do modelo assistencial voltado para a integralidade das ações de saúde. O quadro teórico está sustentado nos conceitos do processo de trabalho em saúde, na gerência e na micropolítica do trabalho em saúde, e na compreensão das tecnologias enquanto fruto das relações sociais no trabalho. Utilizamos a abordagem qualitativa e os instrumentos de pesquisa foram a observação sistemática direta do trabalho da gerência das unidades básicas de saúde e a entrevista semi-estruturada. Os sujeitos da pesquisa foram os secretários municipais de saúde, coordenadores do PSF e diretores das unidades básicas de saúde de quatro municípios do estado do Maranhão. Foi possível identificar que o grande volume de atividades dos gerentes se concentra nas ações de organização do processo de trabalho, da infra-estrutura, do planejamento de serviço (ações administrativas) cujo campo de competência e de responsabilidade é comum aos gerentes independente da categoria profissional. Assim, a prática gerencial dos gestores e dos gerentes no cotidiano das secretarias de saúde e unidades básicas de saúde se caracterizou pelos diferentes momentos do processo de trabalho desses trabalhadores de saúde...

A estratégia de saúde da família em sua micropolítica: um estudo de caso sobre a Humanização nos processos de trabalho; Family Health Strategy in its micropolitics: a case study about Humanization in work processes

Campos, Lucas Vinco de Oliveira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/07/2011 Português
Relevância na Pesquisa
45.77%
A temática deste estudo trata do trabalho cotidiano produzido em uma equipe de Estratégia de Saúde da Família (ESF), na perspectiva da humanização, como disposta da Política Nacional de Humanização (PNH). Foi desenvolvido junto a todos os trabalhadores de uma equipe de ESF do município de Ribeirão Preto - São Paulo, com os objetivos de mapear os modos de produção e captura dos movimentos de humanização que se constituem na micropolítica do processo de trabalho desta equipe, interpretar as práticas no trabalho da ESF considerando as dimensões constituídas nos temas fundamentais da PNH e analisar os modos de produção das realidades/subjetividades no contexto da ESF que podem ser incorporativas de humanização. Constituiu-se um estudo de abordagem qualitativa, caracterizado como estudo de caso, utilizando a cartografia como método de pesquisa. Optou-se pela observação participante como instrumento para a coleta de dados. Através das análises dos dados foi possível identificar que os processos de humanização ainda encontram resistências. As possibilidades de mudanças anunciadas pela PNH, no que tange à autonomia, criatividade, responsabilização e trabalho em equipe, encontram-se atravessadas por linhas de força historicamente instituídas...

Fatores determinantes do investimento e o papel das mudanças institucionais na acumulação de capital e no crescimento do Brasil; The determining factors of investment and the role of institutional changes in capital accumulation and growth in Brazil.

Magnabosco, Ana Lelia
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/05/2015 Português
Relevância na Pesquisa
45.97%
Esta tese analisa os fatores determinantes do investimento e seus efeitos sobre o crescimento econômico das nações, em geral, e do Brasil, em particular. O foco da discussão na acumulação de capital decorre do fato de que 2/3 do crescimento econômico brasileiro foi devido a esse processo. Para avaliar a questão, a tese combina três abordagens complementares: a visão teórica, a avaliação histórica e a análise econométrica. O trabalho está dividido em duas partes: a primeira trata dos determinantes teóricos do investimento e faz a análise econométrica com dados internacionais. A segunda traz a análise do crédito e do investimento no Brasil, reunindo as abordagens histórica e econométrica. A visão teórica fundamenta a análise e define as variáveis-chave que afetam o investimento: juros, crédito de longo prazo, retorno do capital e preço dos ativos. Parte-se da visão de que as mudanças institucionais afetam o investimento porque buscam preservar o retorno dos investidores e dos bancos. A análise econométrica avalia o comportamento dos investimentos em três níveis: macroeconômico internacional, macroeconômico brasileiro e setorial brasileiro. A análise internacional considera um painel com dados de 39 economias entre 1995 e 2011. São utilizadas as técnicas de cointegração em painel conforme as metodologias de Kao (1999) e Pedroni (1999...

Do Princípio a atualidade: as transformações no trabalho com grupos de idosos no SESC - Florianópolis/SC

Rech, Angela
Fonte: Florianópolis Publicador: Florianópolis
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Português
Relevância na Pesquisa
45.84%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio Econômico, Curso de Serviço Social.; Este estudo exploratório realiza um resgate histórico do trabalho desenvolvido pelo Serviço Social do Comércio (SESC), em Florianópolis/SC. no que se refere ao trabalho com Grupos de Idosos. Tem como questão norteadora identificar as causas das mudanças e as permanências no trabalho com grupos de Idosos e se estas foram decorrentes das demandas dos usuários, das transformações da profissão, ou das necessidades da instituição. Inicialmente foi realizada uma abordagem sobre a questão do envelhecimento: sobre como a velhice era visualizada em sociedades nômades. o processo de envelhecimento no Brasil, os conceitos utilizados para denominar o processo de envelhecimento e foi feito um res gate da questão da velhice no Brasil. A seguir. apresentase o trabalho desenvolvido pelo SESC e as influências políticas. econômicas e sociais sofridas pela instituição e o inicio do trabalho com Grupos de Idosos no Brasil com as mudanças institucionais ocasionadas pela realidade social. Em seguida, faz-se uma tentativa de resgate sobre como se deu o início do trabalho com Grupos de Idosos em Florianópolis SC, os fatores que antecederam a criação do primeiro grupo e como isso ocorreu...

Mudanças institucionais da seguridade social no Brasil : uma análise comparada entre o Sistema Único de Saúde e o Sistema Único de Assistência Social

Menezes, Amanda Olimpio de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
45.86%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciência Política, Programa de Pós-Graduação em Ciência Política, 2012.; O presente trabalho tem como objetivo analisar comparativamente o processo de institucionalização do Sistema Único de Saúde e Sistema Único de Assistência Social de 1988-2010, na tentativa de explicar a trajetória dessas mudanças institucionais, e em que medida as instituições que emergiram são variantes ou similares, e que fatores contigentes ajudam a explicar estas semelhanças e divergências entre o SUS e o SUAS. O aporte teórico do modelo analítico sugere que o papel dos atores, das instituições anteriores, da trajetória e do contexto político-econômico explicam o processo da institucionalização. A partir da análise longitudinal das variáveis, observa-se que o processo de mudanças institucionais teve divergências consideráveis, que resultaram em uma lacuna temporal importante entre a implementação do SUS e do SUAS. A análise mostra que os dois sistemas estão institucionalizados e que o resultado dos dois sistemas apresentam estruturas organizacionais, sistema de gestão e divisão de competências bastante isomórficos. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT; The present work aims at analyzing comparatively the process of institutionalization of the Unified Health System and Unified Social Assistance System in the 1988- 2010...

Análise do planejamento como dispositivo mediador de mudanças institucionais com base em um estudo de caso

Campos,Rosana Onocko
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2000 Português
Relevância na Pesquisa
65.86%
Este trabalho analisa o papel de tecnologias de planejamento num contexto de mudança institucional, situando-as no espaço de mediação. Trata-se de uma pesquisa de caráter qualitativo, na qual se analisaram tecnologias de planejamento em relação a um referencial teórico da saúde coletiva, valendo-se de um estudo de caso sobre o Serviço de Saúde Cândido Ferreira (Campinas, São Paulo). Esboça-se uma proposta de abordagem metodológica, visando subsidiar tecnologias de planejamento como dispositivo viabilizador de mudanças institucionais. Enfatiza-se a importância de a área do planejamento dialogar com outros corpos teóricos: análise institucional, psicanálise, saúde pública etc.

Programa de reabilitação de trabalhadores com LER/DORT do Cesat/Bahia: ativador de mudanças na saúde do trabalhador

Lima,Mônica Angelim Gomes de; Andrade,Andréa Garboggini Melo; Bulcão,Camila Moitinho de Aragão; Mota,Esperança Maria de Carvalho Lino; Magalhães,Francesca de Brito; Carvalho,Rita de Cássia Peralta; Freitas,Sonara Machado de Carvalho; Sá,Sylvia Reg
Fonte: Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho - FUNDACENTRO Publicador: Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho - FUNDACENTRO
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2010 Português
Relevância na Pesquisa
45.78%
Este artigo apresenta a concepção e a implantação do Programa de Retorno ao Trabalho (PRT), em fase de projeto piloto, como parte do Programa de Reabilitação de Trabalhadores com LER/DORT do Cesat/Bahia, desde 2007. Esta experiência tem-se apresentado como um processo ativador de diálogos e mudanças no campo da saúde do trabalhador no estado da Bahia, envolvendo os diversos atores implicados na reabilitação de trabalhadores. É apresentado o GT de Reabilitação/Cesat, sua constituição, composição e características de atuação, os caminhos trilhados, as escolhas feitas no sentido da integração das ações de vigilância e assistência a partir do PRT/Cesat/BA. São descritas suas etapas, o papel de cada ator envolvido, os métodos e instrumentos utilizados e os resultados esperados. Chama-se atenção para a aproximação com a CIF enquanto um recurso para dar visibilidade às demandas biopsicossociais do processo de saúde e doença dos trabalhadores. A elaboração do PRT tem proporcionado o amadurecimento teórico do grupo técnico, como também o fortalecimento das interações institucionais necessárias ao desenvolvimento de um programa de reabilitação de trabalhadores de abrangência estadual, contribuindo para a formatação de ações mais integradoras para o enfrentamento da complexa problemática da reabilitação de trabalhadores na Renast/SUS.

Direitos trabalhistas e organização dos trabalhadores num contexto de mudanças no mundo do trabalho: efeitos sobre os trabalhadores da saúde

Pessanha,Elina Gonçalves da Fonte; Artur,Karen
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2013 Português
Relevância na Pesquisa
45.91%
Este artigo apresenta as principais mudanças institucionais do mundo do trabalho no Brasil, apontando seus impactos para a organização dos trabalhadores. Uma mudança central, mais recente, é a regulação da terceirização pelo Judiciário Trabalhista. Pesquisas de demandas no Tribunal Superior do Trabalho, de orientações do Ministério Público do Trabalho e de ações sindicais mostram que terceirização e jornada de trabalho são temas que têm afetado diretamente os trabalhadores da saúde. Por meio de uma abordagem sobre as bases institucionais da justiça nos contratos, concluímos que a reforma trabalhista deve tratar da desigualdade de direitos que tem marcado o mercado de trabalho brasileiro.

Reestruturação produtiva, sindicatos e a flexibilização das relações de trabalho no Brasil

Costa,Márcia da Silva
Fonte: Fundação Getulio Vargas/Escola de Administração de Empresas de São Paulo Publicador: Fundação Getulio Vargas/Escola de Administração de Empresas de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2003 Português
Relevância na Pesquisa
45.86%
A experiência de adaptação competitiva brasileira ao mercado global deu início à reestruturação produtiva nas empresas. Trouxe, também, mudanças políticas e institucionais importantes, notadamente no que se refere ao mercado de trabalho. No presente texto, analiso o reflexo dessas mudanças no sistema de relações de trabalho do país. Busco reconstruir alguns condicionantes conjunturais e políticos que configuraram o posicionamento de seus principais atores no momento que precede àquelas mudanças e no atual contexto. Procuro indicar os desdobramentos daquelas transformações e as formas pelas quais sindicatos e empresas buscaram imprimir a sua perspectiva às mesmas. A partir desse referencial mais amplo, defendo o argumento de que a história das relações de trabalho no país foi construída sob condições de forte autoritarismo gerencial, e seu corolário, de debilidade das organizações sindicais. Em função disso, a tendência recente de flexibilização da legislação trabalhista (CLT) põe em risco a garantia de direitos, investe na possibilidade de seu rebaixamento.

Contabilidade como estratégia discursiva de legitimação frente as mudanças institucionais

Raffaelli, Susana Cipriano Dias
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
55.96%
Resumo: Ocorreram mudanças significantes a partir de 1986 no campo institucional formal da indústria do tabaco no Brasil. Estas foram impulsionadas pela difusão do conhecimento sobre os malefícios do hábito tabagista à saúde. Tais mudanças ameaçaram a legitimidade organizacional das empresas do setor, em especial, da empresa líder, Souza Cruz S/A. Tendo em vista que os relatórios contábeis podem ser utilizados como estratégia discursiva de legitimação organizacional, este trabalho objetiva verificar como as modificações formais no campo institucional da indústria do tabaco têm afetado o uso da contabilidade pela empresa Souza Cruz S/A como estratégia discursiva orientada para a legitimidade organizacional, no período de 1986 e 2012. O estudo foi desenvolvido tendo como referencial de análise a Teoria Institucional Sociológica. O campo institucional foi compreendido como arena de debate, no qual as mudanças institucionais ocorrem por meio da entrada de novas ideias que são debatidas, gerando novos entendimentos compartilhados. As mudanças institucionais no campo da indústria do tabaco foram mapeadas por meio da evolução dos conteúdos temáticos das jurisprudências e da legislação relacionados à indústria do tabaco no Brasil. A análise dos relatórios de administração da empresa Souza Cruz S/A ocorreu com base nas categorias de análise oriundas dos elementos de retórica (logos...

Coevolução e as práticas isomórficas de gestão: um estudo sobre os processos de mudanças institucionais no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do RN

Silva, Maria Emília Santos Ferreira da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Administração; Políticas e Gestão Públicas; Gestão Organizacional Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Administração; Políticas e Gestão Públicas; Gestão Organizacional
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
66.06%
The Federal Institution for Education, Science and Technology, in its historical path, has been living different changes. The transformations occurred along the way have been determined by coercive forces from the institutional environment, which has became more and more broad and complex throughout the time, obtaining diverse characteristics and new elements such as non institutional factors1 which started to contribute with the other changes. In this context, this work aims to study the isomorphic practices of the managers in the institutional changes process of the IFRN in 1998 and 2008, as of a theoretical coevolutionary perspective (CHILD; RODRIGUES; LEWIN; CARROL; VOLBERDA, 2003). This theory brings a new point of view for the organization analysis to the organizational studies, since it offers a non deterministic and non linear lection of the evolution process, which means, a coevolution. Thus, the organizations and their institutional and non institutional environment auto evolve, auto organize and auto reproduce. Therefore, the institutional and non institutional factors of the macro environment keep a continuous interdependence relationship with the organizations. For the means of this study, it is important to understand that is impossible to comprehend the object...

O trabalho do gestor escolar: intensificação e implicações administrativas e pedagógicas na gestão da escola

Terto, Daniela Cunha
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
45.86%
Analyze the work of the school manager who now faces the changes experienced in school management for the last two decades. We propose that there have been changes in school management that have generated a larger number of activities to be developed by managers, causing both the intensification of work and a greater involvement of professionals in the financial-administrative dimension of their work in opposition to the political and pedagogical dimension. This study has a historic-critic approach. That is why we performed semi-structured interviews with school managers of the city schools in Natal RN, BR as a methodological procedure. We also analyzed the literature as well as the documentation relevant to this subject. From the study it was possible to conclude that changes in the field of school management and also teaching have led to an intensification of work of school managers and that such changes have not been followed by corresponding improvement in working conditions and teaching career of these professionals. They, as a rule, are considered by controlling agencies and by the school community as the primarily responsible for the school condition and for creating actions or projects that may improve the institutional objectives and results...

Segurança alimentar, mudanças climáticas e proteção social no semiárido brasileiro (Cariri, Ceará)

Mesquita, Patrícia dos Santos
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
Português
Relevância na Pesquisa
45.92%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Centro de Desenvolvimento Sustentável, 2015.; Texto parcialmente liberado pelo autor. Conteúdo restrito: capítulos 6, 7, 8 e 9.; A variabilidade e as mudanças no clima estão entre as principais ameaças para a sustentabilidade socioecológica em muitas áreas semiáridas do mundo e são de importância especial para agricultores familiares com acesso limitado a recursos. No semiárido brasileiro, os impactos climáticos previstos, além dos altos níveis de vulnerabilidade social, afetarão as culturas de subsistência e áreas cultivadas, com sérios impactos sobre a segurança alimentar e a saúde rural. Em 2012, uma longa e severa seca levou 174 de 184 municípios no estado do Ceará a declarar estado de emergência. Usando essa situação para analisar os impactos da atual variabilidade climática, e como proxy para os futuros impactos, foram estudados o status de segurança alimentar domiciliar, as características produtivas e a participação em programas de proteção social na região do Cariri Cearense. A relação entre as áreas de proteção social, segurança alimentar e adaptação às mudanças climáticas, a partir de políticas e programas, também foi explorada tendo em vista os desafios atuais e futuros para a região semiárida. Os resultados sugerem que muitas das limitações produtivas podem ser melhor trabalhadas por meio de coordenação e interação de políticas nas áreas sociais e de desenvolvimento rural e de programas de disseminação de conhecimento...

Sofrimento no trabalho, atendimento bancário: a atividade a serviço do adoecimento

Damásio, Railton dos Santos
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: Texto
Português
Relevância na Pesquisa
65.77%
Considerando as mudanças ocorridas no mundo e no trabalho globalizado, as instituições financeiras no Brasil passaram por uma reestruturação organizacional, e novas estratégias de trabalho foram implantadas. Isso desencadeou um movimento complexo de transformações, onde os bancos passaram por um processo de reorganização operacional e de reestruturação das relações de trabalho existentes até então. O presente trabalho teve como principal objetivo identificar o cenário das vivências de prazer e sofrimento em trabalhadores que vivem e experienciam tal contexto, implicados na tarefa de atendimento em instituição financeira. A proposta de pesquisa se dedicou a identificar fatores que pudessem contribuir para um sofrimento psíquico aos atendentes que lidam com diferentes tipos de públicos, bem como tornar possível descrever características do atendimento ao público que possam ser propiciadoras para um sofrimento psíquico. Os resultados desta pesquisa foram coletados através de uma entrevista semi-estruturada e analisados de acordo com o referencial teórico da Psicodinâmica do Trabalho, alinhavando os discursos dos profissionais de tais instituições com o manejo teórico possibilitado por tal teoria. Com os resultados obtidos pela aplicação do Inventário de Trabalho e Risco de Adoecimento (ITRA)...

Saúde e segurança no trabalho no Brasil: aspectos institucionais, sistemas de informação e indicadores; Health and safety at work in Brazil: institutional aspects, information systems and indicators

Chagas, Ana Maria de Resende (Org.); Salim, Celso Amorim (Org.); Servo, Luciana Mendes Santos (Org.)
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Livros
Português
Relevância na Pesquisa
65.74%
Descreve o processo histórico e as recentes mudanças na institucionalização da saúde e segurança no trabalho (SST) no país; sistematizando informações afins e possibilitando seu uso na elaboração das ações tópicas. Apresenta os sistemas de informação da área, e traz informações sobre a natureza e as especificidades dos mesmos. A primeira parte, dedicada às dimensões setoriais da institucionalidade da SST no Brasil, propõe-se a apresentar a evolução e a situação vigente em cada um dos ministérios mencionados. A segunda parte enfoca aspectos mais operacionais de cada um dos sistemas de informação, além de priorizar um delineamento de problemas remetidos à integração de dados e às discussões sobre as perspectivas nesta área, seguido do registro de experiências já realizadas acerca da vinculação de dados de fontes diversas.; 383 p. : il.

Instituições e a informalidade no mercado de trabalho; Texto para Discussão (TD) 1096: Instituições e a informalidade no mercado de trabalho; Institutions and informality in the labor market

Ulyssea, Gabriel
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Texto para Discussão (TD)
Português
Relevância na Pesquisa
75.97%
O objetivo deste artigo é desenvolver um modelo que concilie os principais aspectos institucionais relativos à informalidade no mercado de trabalho. Trata-se de um modelo de matching com dois setores, formal e informal, que incorpora os principais trade-offs que firmas e trabalhadores enfrentam ao decidir em que setor ingressar. O modelo apresenta uma inovação que o torna mais coerente em relação aos principais fatos estilizados e às evidências empíricas mais recentes. Os resultados das simulações de políticas mostram que o modelo pode ser utilizado para analisar os impactos de diferentes mudanças institucionais sobre variáveis fundamentais do mercado de trabalho brasileiro.; 22 p. : il.

Mudanças estruturais e estratégicas: um estudo de multicasos sob a perspectiva neo-institucional; Structural and strategic changes: a multi-case study from the neo institutional perspective

Gonçalves, Sandro Aparecido
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2007 Português
Relevância na Pesquisa
55.91%
O presente artigo aborda, sob a perspectiva neo-institucional, as mudanças ocorridas em 31 faculdades, centros universitários e universidades privadas. Com corte seccional e com base em entrevistas longitudinais em um horizonte de oito anos, analisa-se quais foram as principais mudanças estruturais e estratégicas nessas organizações. O trabalho divide-se em três partes; na primeira, faz-se um histórico das mudanças institucionais ocorridas no modelo de Estado brasileiro; em seguida, realiza-se uma análise das mudanças no ensino superior no Brasil; finalmente, conclui-se com métodos quantitativos, apontando-se as mudanças estratégicas ocorridas nas 31 escolas pesquisadas. Pôde-se concluir, ainda que na qualidade de hipótese sustentada empiricamente, que os mecanismos isomórficos mimético, normativo e coercitivos são tanto fatores de homogeneidade estrutural quanto geradores de mudanças que produzem diversidade em dado campo organizacional.; Changes that took place in 31 colleges, university centers and private universities were viewed from the neo institutional perspective. A cross-sectional approach, supported by longitudinal interviews during eight years, identified structural and strategic changes. A history of the institutional changes that have taken place in the model of the Brazilian state was presented. An analysis was then made of changes in higher education in Brazil and concluded with quantitative methods related to strategic changes in these schools. The conclusion was...

O QUE HÁ DE NOVO NA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL NO BRASIL

Carmen Sylvia Vidigal Moraes; Faculdade de Educação / USP
Fonte: Trabalho & Educação Publicador: Trabalho & Educação
Formato: application/pdf
Publicado em 23/07/2013 Português
Relevância na Pesquisa
55.7%
O artigo se propõe analisar as novas demandas de educação do Brasil. Nesta perspectiva, discute, em primeiro lugar, a significação de "novo" na noção de "nova institucionalidade" de educação profissional no país. Em seguida, são analisadas as políticas públicas de educação para o trabalho, e, na domínio das ações patronais, as mudanças institucionais e o modelo de formação do Sistema Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI). Finalmente, o texto discute a presença de "novos atores" na promoção da educação profissional, especificamente os trabalhadores e suas organizações sindicais.

Análise do planejamento como dispositivo mediador de mudanças institucionais com base em um estudo de caso

Campos,Rosana Onocko
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2000 Português
Relevância na Pesquisa
65.86%
Este trabalho analisa o papel de tecnologias de planejamento num contexto de mudança institucional, situando-as no espaço de mediação. Trata-se de uma pesquisa de caráter qualitativo, na qual se analisaram tecnologias de planejamento em relação a um referencial teórico da saúde coletiva, valendo-se de um estudo de caso sobre o Serviço de Saúde Cândido Ferreira (Campinas, São Paulo). Esboça-se uma proposta de abordagem metodológica, visando subsidiar tecnologias de planejamento como dispositivo viabilizador de mudanças institucionais. Enfatiza-se a importância de a área do planejamento dialogar com outros corpos teóricos: análise institucional, psicanálise, saúde pública etc.

Direitos trabalhistas e organização dos trabalhadores num contexto de mudanças no mundo do trabalho: efeitos sobre os trabalhadores da saúde

Pessanha,Elina Gonçalves da Fonte; Artur,Karen
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2013 Português
Relevância na Pesquisa
45.91%
Este artigo apresenta as principais mudanças institucionais do mundo do trabalho no Brasil, apontando seus impactos para a organização dos trabalhadores. Uma mudança central, mais recente, é a regulação da terceirização pelo Judiciário Trabalhista. Pesquisas de demandas no Tribunal Superior do Trabalho, de orientações do Ministério Público do Trabalho e de ações sindicais mostram que terceirização e jornada de trabalho são temas que têm afetado diretamente os trabalhadores da saúde. Por meio de uma abordagem sobre as bases institucionais da justiça nos contratos, concluímos que a reforma trabalhista deve tratar da desigualdade de direitos que tem marcado o mercado de trabalho brasileiro.