Página 1 dos resultados de 2296 itens digitais encontrados em 0.011 segundos

Estudo da processabilidade e das propriedades de PVC reforçado com resíduos de Pinus. ; On the processability and properties of Pinus reinforced PVC composites.

Rodolfo Junior, Antonio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/06/2005 Português
Relevância na Pesquisa
37.351587%
Este trabalho avalia a viabilidade técnica da obtenção de compósitos lignocelulósicos de PVC, utilizando-se resíduo de Pinus elliottii e Pinus taeda como fibra de reforço. Foi desenvolvido um processo simples e economicamente viável de tratamento de resíduos industriais desta madeira, processo este baseado na secagem e revestimento das partículas com lubrificantes funcionais e agentes de acoplamento utilizados como aditivos na indústria do PVC, bem como no uso de equipamentos tradicionais da indústria de processamento deste termoplástico. Foram avaliados os efeitos da incorporação do resíduo de madeira em concentrações variáveis e do tipo de agente de tratamento superficial utilizado na processabilidade do composto de PVC, bem como em propriedades finais do compósito. Verificou-se que a incorporação de frações mássicas crescentes de fibra lignocelulósica à matriz de PVC afeta de maneira significativa diversas propriedades do compósito, notadamente processabilidade e desempenho mecânico.; This work evaluates the technical viability of the of lignocellulosic vinyl composites, using residues of Pinus elliottii and Pinus taeda as the reinforcement fiber. A simple and economically viable process for the treatment of these industrial residues was developed. The process includes sieving...

Viabilização do reaproveitamento dos "Blister" de PVC/AI e estudos das propriedades do PVC após processamento por radiação ionizante; THE VIABILITY OF PVC/Al BLISTER REUSE AND PVC PROPERTY STUDIES AFTER IONIZING RADIATION PROCESSING

Castro, Alex Terela Pinheiro de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/07/2008 Português
Relevância na Pesquisa
37.451006%
O objetivo deste trabalho foi o de separar através de um processo de dissolução, o PVC e o alumínio, que são componentes das embalagens tipo blister, comumente encontradas como embalagens de remédios. Foi estudado, também o efeito da radiação ionizante sobre o PVC e por ultimo a reciclagem mecânica do PVC separado por um processo de extrusão. O material utilizado neste trabalho foi oriundo de sobras da industria farmacêutica, sendo este em forma de embalagens com defeito ou rebarbas de produção.Após a moagem do material, realizada para facilitar o manuseio e a homogeneização do sistema, foram escolhidas duas bases para realizar a dissolução do alumínio: hidróxido de sódio e hidróxido de potássio. Foi utilizado um sistema com duas concentrações (1 e 2M), as duas bases, e se o sistema teria ou não agitação. Este método limitou em oito os experimentos. Após a dissolução, amostras do material foram submetidas a radiação ionizante, realizada com doses de 50, 100, 150 e 200kGy no acelerador de elétrons modelo Dynamitron II do CTR-IPEN/CNEN-SP. Estas amostras foram submetidas a seguir, a um ensaio de resistência à tração para a analise das modificações causadas pela irradiação. A última etapa do trabalho foi a reciclagem mecânica do PVC já separado do alumínio. A reciclagem foi realizada em equipamento industrial...

Análise in vitro da toxicidade celular de tubos de PVC esterilizados consecutivamente em raios gama e óxido de etileno; Cell toxicity in vitro analysis of PVC tubes consecutively submitted to gamma-rays and ethylene oxide sterilization

Souza, Rafael Queiroz de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/06/2010 Português
Relevância na Pesquisa
37.335142%
Em 1967, uma carta enviada ao British Medical Journal relatou que a re-esterilização em Óxido de Etileno (EO) do Cloreto de Polivinil (PVC) previamente gamairradiado forma grandes quantidades de etileno cloridrina, um composto altamente tóxico. Mesmo não apresentando dados mensurados, esta carta iniciou uma polêmica que até hoje divide a opinião de pesquisadores. Dirimir esta dúvida é relevante, uma vez que produtos de PVC esterilizados em Radiação Gama são habitualmente reesterilizados em EO em caso de vencimento do período de validade da esterilização, que é determinado pelo fabricante. Este estudo objetivou evidenciar a toxicidade de tubos de PVC por meio do teste de citotoxicidade pelo método da difusão em ágar em culturas celulares NCTC clone 929. Foram criados quatro grupos experimentais com 81 unidades de análise: G1, constituído de tubos in natura; G2 constituído de tubos esterilizados em Radiação Gama; G3 constituído de tubos esterilizados em EO e G4 constituído de tubos esterilizados em Raios Gama e re-esterilizados em Óxido de Etileno. Os testes foram realizados em triplicata e cada tubo foi testado de forma a representar as superfícies internas, externas e massa. Após a mensuração do halo incolor...

Estudo e desenvolvimento de grafite como agente anti-chama para PVC; Study and development of graphite as fire retardant agent for PVC.

Macedo, Nadia Guerra
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 02/08/2011 Português
Relevância na Pesquisa
37.233613%
O PVC é um dos principais polímeros termoplásticos da atualidade graças à sua grande versatilidade. Entretanto, uma de suas características é a baixa estabilidade térmica, sendo necessário o emprego de aditivos em sua estrutura. Uma das maiores preocupações mundiais é a segurança, sendo que muitos produtos levam proteção anti-chama em sua composição. Entre os vários agentes retardadores de chama a grafite aparece como um material promissor e pouco estudado. No presente trabalho foi estudada uma série de grafites com propriedades anti-chama oriundas de óxido de grafite "flake". O óxido de grafite foi submetido a vários tratamentos térmicos em atmosfera para a obtenção de grafites expandidas. O comportamento anti-chama dessas grafites foi testado adicionando-se 20% em peso no PVC. Membranas desses compósitos foram preparadas utilizando-se um "doctor blade". Os compósitos de grafites produzidas foram caracterizados por microscopia de varredura eletrônica e análise térmica. Isotermas de adsorção/dessorção de N2 também foram coletadas para determinação de área superficial específica e distribuição de poros. A grafite com melhores propriedades anti-chama foi aquela obtida em temperatura mais elevada...

Um estudo sobre arquitetura têxtil no Brasil: o segmento de mercado das estruturas tensionadas feitas com membranas poliéster/PVC; A study about textile architecture in Brazil: the market segment of tensile structures made with polyester/PVC membranes.

Assis, Regina Guidon de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/12/2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.233613%
Um tipo de composto têxtil, comumente chamado de membrana têxtil, tem sido empregado, nas últimas décadas, como parte de um sistema arquitetônico usado para a cobertura, fechamento e/ou proteção de espaços públicos e privados em vários países do mundo. O termo membrana está relacionado com o fato de o material permanecer tensionado e separar dois ambientes que se interagem. Essa solução arquitetônica é comumente conhecida como arquitetura têxtil, especialmente quando se trata de estruturas tensionadas; o termo é usado por muitos profissionais em todo mundo, apesar de não existir uma unanimidade de opiniões sobre os conceitos envolvidos na definição do termo e o que ele abrange. Na maior parte dos casos, as obras geradas são muito atraentes, práticas e funcionais, com características, formas e tamanhos diversos, dependendo da necessidade a ser atendida. Quando bem projetadas, integram-se perfeitamente ao ambiente por terem formas orgânicas e passarem uma imagem de leveza, fluidez e modernidade. São dois os tipos de membranas têxteis mais usados: 1) um grupo de membranas cujo tecido estruturante é um tecido de poliéster recoberto em ambos os lados por uma camada de cloreto de polivinila (PVC), e 2) um grupo de membranas feitas com tecidos de vidro recobertos com politetraflúoretileno (PTFE). O foco principal deste trabalho são as membranas de poliéster/PVC usadas para estruturas tensionadas. Os tecidos usados nessa gama estão enquadrados na categoria denominada tecidos técnicos...

Caracterização elétrica e mecânica de fitas isolantes de blendas de PVC; Electric and mechanical characterization of insulating films of PVC blends

Ramos, Ana Cláudia
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/11/2003 Português
Relevância na Pesquisa
37.293442%
O policloreto de vinila (PVC) é comercialmente utilizado em diversas aplicações, destacando-se os filmes flexíveis. Para a fabricação destes compostos de PVC, utilizam-se vários tipos de aditivos, tais como plastificantes, estabilizantes térmicos, lubrificantes, retardantes de chama e outros. No presente trabalho foram produzidos compostos de PVC a partir de uma formulação referencial, variando-se a concentração de pigmento, carga, modificador de impacto e plastificantes. A preparação das amostras foi feita através de uma misturadeira intensiva (Mecanoplast), calandra de 2 rolos e prensa, obtendo-se placas flexíveis de 1 mm de espessura. Os resultados das análises térmicas (DMA e TGA) mostraram que o uso e a quantidade de plastificantes foram os principais fatores que influenciaram as propriedades de mudança de fase (Tg) e estabilidade térmica do material. As análises das propriedades mecânicas (resistência à tração e alongamento) mostraram que estas propriedades foram influenciadas pelas proporções de cargas, modificador de impacto e plastificantes na composição. As medidas elétricas (rigidez dielétrica) não foram afetadas pela variação da adição de materiais nas amostras analisadas; Poly(vinyl chloride) (PVC) is commercially used in several applications...

Biotreatment effects in films and blends of PVC/PCL previously treated with heat

Campos, Adriana de; Franchetti, Sandra Mara Martins
Fonte: Brazilian Archives of Biology and Technology Publicador: Brazilian Archives of Biology and Technology
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 235-243
Português
Relevância na Pesquisa
37.26646%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Poli épsilon-caprolactona é um importante polímero biodegradável e miscível com o PVC, um polímero sintético industrial, termo susceptível e não biodegradável. A blenda PVC/PCL é importante quanto a suas propriedades mecânicas e biodegradabilidade. Neste trabalho foi analisada a biomodificação da blenda PVC/PCL pré-tratada com calor (130ºC), através da espectroscopia UV-Vis. Os resultados mostraram que o pré-tratamento com calor pode facilitar a biomodificação em filmes de PVC, mas pode inibir a biomodificação nos filmes da blenda PVC/PCL.; Studies were carried out on biomodification and the pre-heat (130(0)C) influence on Poly (vinyl chloride) / Poly (epsilon-caprolactone) films. The results showed that heat pre-treatment improved the biomodification of PVC films, but it inhibited the biomodification of the PVC/PCL film.

Ftalato de di-(2-etilexila) (DEHP) em bolsas de PVC para soluções parenterais de grandes volumes

Monteiro, Magali; Gotardo, M. A.
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 9-18
Português
Relevância na Pesquisa
37.233613%
Large volume parenteral solutions (LVPS) are widely used as vehicles for intravenous administration of drugs and polyvinyl chloride (PVC) flexible bags are, nowadays, the plastic containers most commonly used to pack and drip-feed LVPS. An advantage of using bags is that they collapse flat and thus reduce the risk of airborne contamination and embolism caused by air in the bloodstream. They are mainly used in hospitals. This review deals with some important aspects of the PVC packaging containing the plasticizer DEHP, generally used to pack LVPS. The interaction between drug and package is discussed, with an emphasis on the migration of DEHP from the PVC bag to LVPS containing the immunosuppressant cyclosporin, and toxicological aspects are considered.; Soluções parenterais de grandes volumes (SPGV) têm sido amplamente utilizadas como veículos para a administração de fármacos por via intravenosa e as bolsas flexíveis de policloreto de vinila (PVC) são, atualmente, os recipientes plásticos mais usados no acondicionamento das SPGV, apresentando vantagens relacionadas à sua colapsação e à redução de contaminações e de embolias gasosas. Este artigo apresenta uma revisão sobre aspectos relevantes das embalagens de PVC contendo o plastificante ftalato de di-(2-etilexila) (DEHP)...

Blendas de PVC/PCL foto/termo e biotratadas com fungos de solo (Phanerochaete chrysosporium e Aspergillus fumigatus)

Campos, Adriana de
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: v, 114 f. : il., gráfs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
37.365867%
Pós-graduação em Ciências Biológicas (Microbiologia Aplicada) - IBRC; Os plasticos constituem um dos materiais mais utilizados em nosso cotidiano. Assim, os residuos plasticos tem aumentado bastante e hoje representam 20% do total do volume de residuos, em lixoes municipais. O PVC (policloreto de vinila) e um polimero sintetico, instavel em relacao ao calor e luz, que degrada a temperatura relativamente baixa (aproximadamente 130oC), e libera HCl. A desidrocloracao gera novas especies na cadeia polimerica, ou seja, sequencias de polienos que podem ser verificadas atraves da espectroscopia de absorcao na faixa do UV-Visivel. A reciclagem do PVC apresenta algumas dificuldades intrinsecas ao comportamento do polimero, durante o processo tecnologico e, alem disso, sua biodegradacao e dificil. O PCL (poli α-caprolactona), um poliester sintetico, e sensivel a acao de enzimas microbianas, e pode sofrer hidrolise e degradacao. A mistura desses polimeros, isto e, a blenda de PVC e PCL pode constituir um meio para facilitar o ataque microbiano ao PVC, alem de melhorar ou manter as propriedades mecanicas da blenda. Processos termo e fotodegradativos podem facilitar o ataque microbiano a matriz polimerica do PVC. O presente trabalho pretende investigar a termo...

Mecanismos de decomposição pirolítica de resíduos com PVC com vista à sua valorização

Castro, Alexandra Manuela Neves de
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 22/07/2013 Português
Relevância na Pesquisa
37.351587%
Tese de Doutoramento Engenharia Mecânica; Se considerarmos que o recurso a combustíveis fósseis e a sua previsibilidade de fim ser tão iminente quanto a necessidade de desenvolvimento de alternativas que os substituam, enveredamos num mundo de investigação e pesquisa, que envolve cada vez mais a valorização de resíduos, através do aproveitamento do seu potencial energético. Neste sentido, surgem inúmeros estudos sobre técnicas de valorização térmica e energética de resíduos, visando a formação de produtos combustíveis. O facto de serem utilizados resíduos como matéria-prima é uma mais-valia para todo o processo, constituindo uma alternativa à sua eliminação em aterro sanitário através do seu reaproveitamento em processos para valorização energética. Existem inúmeros processos de valorização que podem ser adaptados tanto a resíduos como a materiais virgens. Estes processos podem ser utilizados para valorização material ou energética sendo que neste último caso se pretende obter um gás com valor combustível através da degradação térmica do polímero. Em processos de tratamento térmico, como a pirólise e a gasificação, a presença de PVC, um composto com 56,7 % de cloro na sua composição...

Estabilidade térmica do PVC: seleção de aditivos

Fresco, Patrícia Alexandra Costa Pereira
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
37.351587%
Atualmente, o poli(cloreto de vinilo) (PVC) é um dos termoplásticos mais utilizados no mundo. Porém, este polímero é termosensível, isto é, quando sujeito a altas temperaturas sofre degradação térmica. Como consequência da sua degradação térmica surge um amarelecimento e, posteriormente ocorre um abrupto escurecimento do polímero. O processamento do PVC exige temperaturas elevadas, pelo que a sua formulação requer o uso de estabilizantes térmicos. O mecanismo de ação dos estabilizantes térmicos previne ou atrasa a degradação progressiva da cadeia polimérica e a consequente alteração de coloração do polímero, mantendo as propriedades do produto final. No entanto, por vezes existe a necessidade de melhorar/reforçar o seu efeito e, como tal, são adicionadas complementarmente outras substâncias com propriedades estabilizantes, as quais atuam em sinergia com os sistemas de estabilizantes utilizados, que por esse motivo são designados coestabilizantes. Deste modo, o presente trabalho, enquadrado num estágio curricular realizado na Companhia Industrial de Resinas Sintéticas, CIRES Lda., teve como objetivo o estudo de substâncias que potenciem a ação de estabilizantes comerciais à base de carboxilatos de cálcio e zinco...

Migration of phthalate-based plasticizers from PVC and non-PVC containers and medical devices

Veiga,Marlei; Bohrer,Denise; Nascimento,Paulo C.; Ramirez,Adrian G.; Carvalho,Leandro M.; Binotto,Regina
Fonte: Sociedade Brasileira de Química Publicador: Sociedade Brasileira de Química
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.26646%
The presence of five plasticizer phthalates in bags and sets for intravenous administration and hemodialyzers (HD), which are made of polyvinyl chloride (PVC) and of other polymeric materials, was investigated. Di-(2-ethylhexyl) phthalate (DEHP) in PVC is the only authorized phthalate by regulatory agencies. Phthalate determination was carried out by high resolution liquid chromatograph (HPLC) with UV detection. The results showed that the infusion bags that are made of both PVC and ethylene vinyl acetate (EVA) contained only DEHP. In contrast, the tubing of infusion sets and of HD (as well as the cellulose capillaries of HD) contained not only DEHP but also dibutyl phthalate (DBP). Moreover, all five investigated phthalates were found in HD polysulfone capillaries. Migration of DEHP into the stored solutions (amino acids, glucose and saline) in bags occurred at different rates from one polymer to another. While DEHP from PVC bags was found in solutions within the first days of contact, the migration from EVA bags started only after approximately 6 months of solution storage. Since PVC and non-PVC devices (as well as capillaries of HD sets) contain DEHP and other phthalate-based plasticizers, the extent of the risk that they pose to patients remains a matter of concern.

Estudo de propriedades de PVC modificado com grupos alquila e benzila

Vinhas,G. M; Souto-Maior,Rosa M.; Almeida,Yeda M. B. de
Fonte: Associação Brasileira de Polímeros Publicador: Associação Brasileira de Polímeros
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2005 Português
Relevância na Pesquisa
37.351587%
O poli(cloreto de vinila) (PVC) é o segundo termoplástico mais consumido em todo o mundo, sendo considerado o mais versátil dentre os plásticos. A grande versatilidade do PVC deve-se a suas propriedades e também a sua adequação aos mais variados processos de transformação. Uma vez que a resina de PVC é atóxica e inerte, a escolha de aditivos com essas mesmas características, permite a fabricação de filmes para embalagens de alimentos e produtos médico-hospitalares. Entretanto, suas propriedades podem se alterar quando submetido a qualquer processo de esterilização, especialmente por radiação gama. Neste trabalho foi realizado um estudo sobre a flexibilidade e estabilidade frente à radiação gama do PVC modificado quimicamente. O PVC foi modificado pela substituição de átomos de cloro por grupos alquila e benzila através de reações com reagentes de Grignard. Amostras de PVC modificado foram caracterizadas por espectroscopia de ressonância magnética nuclear de hidrogênio (RMN ¹H), espectroscopia na região do infravermelho com transformada de Fourier e calorimetria diferencial exploratória. A degradação do PVC modificado, quando submetido à radiação gama, foi avaliada por seus parâmetros viscosimétricos. De uma forma geral...

Degradação biológica do PVC em aterro sanitário e avaliação microbiológica

Grisa,Ana M. C.; Simioni,Taysnara; Cardoso,Vicente; Zeni,Mara; Brandalise,Rosmary N.; Zoppas,Bárbara C. D. A.
Fonte: Associação Brasileira de Polímeros Publicador: Associação Brasileira de Polímeros
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 Português
Relevância na Pesquisa
37.293442%
O poli(cloreto de vinila) (PVC) é um dos polímeros utilizado no campo das embalagens e no setor calçadista, e, em função da sua aplicação diversificada, apresenta elevados percentuais em aterros domésticos e industriais. É um polímero amorfo podendo apresentar diferentes teores de plastificante e outros aditivos responsáveis pela sua estabilização, os quais podem influenciar no tempo de vida útil e nas propriedades do produto final. Este trabalho apresenta o estudo da degradação química e biológica de filmes de poli(cloreto de vinila) flexível (PVC-f), no aterro sanitário São Giácomo, na cidade de Caxias do Sul/RS, antes e após 330 dias de disposição. As amostras de PVC-f antes e após a disposição no aterro sanitário foram avaliadas por análise térmica (TGA), estrutural (FT-IR) e morfológica (MEV e MO). Observou-se que as amostras de PVC-f dispostas no aterro sanitário (PVC-fa), apresentam um único evento de perda de massa, em relação ao PVC-f não degradado ou virgem (PVC-fv), além de um maior % de perda de massa e de mudanças estruturais. Nas amostras de PVC-fa foram observadas modificações morfológicas importantes para descrever os fenômenos de degradação como erosão da superfície, bioerosão...

Desenvolvimento de PVC reforçado com fibras de vidro longas para fabricação de produtos moldados

Grizzo,Leandro H.; Hage Júnior,Elias; Laurini,Rafael V.
Fonte: Associação Brasileira de Polímeros Publicador: Associação Brasileira de Polímeros
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 Português
Relevância na Pesquisa
37.293442%
Neste trabalho foi desenvolvido um método para reforçar PVC rígido com fibras de vidro longas através da incorporação pelo processo de recobrimento da fibra contínua com um composto de PVC plastificado. Posteriormente o filamento foi picotado para a formação de grânulos, com fibras de vidro já incorporadas, que foram misturados mecanicamente ao PVC rígido granulado para alimentação direta por moldagem. A moldagem por injeção direta foi realizada com sucesso não sendo necessário a compostagem prévia, o que foi considerado conveniente, pois reduziu as etapas de processamento da resina de PVC e que proporcionou, possivelmente, redução de custos, redução da degradação do comprimento médio das fibras de vidro e diminuição da possibilidade de degradação da resina de PVC. O reforçamento do PVC rígido com 20% em massa de fibras de vidro longas de comprimento inicial entre 13 e 14 mm resultou em adequadas propriedades mecânicas, bem superiores ao PVC rígido não reforçado. Os módulos (tração e flexão) e a resistência ao impacto Charpy praticamente dobraram, mesmo com os compósitos apresentando grande quantidade de plastificante em sua formulação, que possibilita ao PVC ser utilizado em outras aplicações não antes possíveis como em peças técnicas de engenharia.

Tratamento químico superficial e metalização de ABS, PVC e blendas de PVC/ABS

Kurek,Ana Paula; Dotto,Marta Elisa Rosso; Sellin,Noeli; Araújo,Pedro Henrique Hermes de
Fonte: Associação Brasileira de Polímeros Publicador: Associação Brasileira de Polímeros
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2015 Português
Relevância na Pesquisa
37.26646%
Visando à substituição do ABS em peças cromadas, amostras de PVC e blendas de PVC/ABS, na razão mássica de 20/80, 40/60 e 60/40, foram submetidas ao pré-tratamento em solução sulfocrômica sob diferentes condições de concentração, tempo e temperatura e sendo em seguida cromadas. As modificações na superfície das peças após o condicionamento foram analisadas por microscopia eletrônica de varredura, microscopia de força atômica e rugosidade. A qualidade da deposição metálica foi avaliada por inspeção visual e teste de adesão. Os resultados mostraram que, aumentando a concentração de PVC nas peças necessitou-se de condições operacionais mais agressivas, tais como maiores temperaturas de banho, tempo de imersão e concentração de solução sulfocrômica para que ocorresse a adesão da camada metálica. De todas as condições testadas com a solução condicionante sulfocrômica no tratamento das peças de PVC e blendas PVC/ABS de 20/80 e 40/60, a concentração de 350 g/L de ácido crômico e 400 g/L de ácido sulfúrico...

Blendas de PVC / PS : análise da miscibilidade e investigação do efeito radioprotetor do PS na mistura Polimérica

Ferreira da Silva, Flávio; Silvano de Araújo, Elmo (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
Português
Relevância na Pesquisa
37.26646%
A importância de fazer uma blenda, que é uma tecnologia relativamente recente, está associada ao fato de seu desenvolvimento ser menos oneroso do que o desenvolvimento de novos materiais por meio de métodos de síntese. Nesse estudo foi utilizada a blenda de poli(cloreto de vinila)/poliestireno (PVC/PS), nas composições 95/05, 90/10, 70/30, 50/50 e 30/70. Com o objetivo de estudar a miscibilidade da blenda PVC/PS, empregando as técnicas de viscosimetria pelos modelos de Krigbaum-Wall, Garcia et al. e Pan et al. em solução; espectroscopia no infravermelho com transformada de Fourier (FT-IR), índice de refração e microscopia eletrônica de varredura (MEV), foram igualmente utilizadas. Embora a análise de miscibilidade por viscosimetria seja de fácil execução, os resultados da blenda PVC/PS mostraram-se diferentes, quando foram comparados os três modelos propostos. O modelo de Pan et al. foi o que mais se aproximou dos resultados obtidos, junto às técnicas de FT-IR e índice de refração, onde o resultado foi de imiscibilidade da blenda PVC/PS em toda a sua extensão. Por outro lado, quando as blendas foram irradiadas, o PS comportou-se como agente radioprotetor da matriz do PVC, devido a dissipação de boa parte de energia absorvida na ressonância existente no interior dos anéis aromáticos. O fator de proteção do PS foi calculado em 78 e 70% para as proporções de 95/05 e 90/10...

Estudo comparativo da influência de sais inorgânicos e estabilizadores amínicos bloqueados (HAS) nas propriedades do PMMA e do PVC expostos à radiação Gama

Barbosa da Silva, William; Silvano de Araújo, Elmo (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
Português
Relevância na Pesquisa
37.293442%
Os polímeros PMMA e PVC fabricados no Brasil são utilizados na confecção de artefatos médico-farmacêutico esterilizáveis por radiação ionizante. Contudo, quando esses polímeros são expostos à radiação gama, podem sofrer alterações na sua cadeia principal. Tais alterações acarretam em degradação molecular e conseqüente mudanças nas suas propriedades físicas. Portanto, a estabilização radiolítica do PMMA e do PVC torna-se fundamental para viabilização desses polímeros na fabricação de artefatos radioesterilizáveis. Neste estudo foram testados dois estabilizantes, um aditivo comercial tipo HAS (Hindered Amine Stabilizer) originalmente utilizado na estabilização foto-oxidativa de polímeros e uma mistura de sais inorgânicos (CuCl2/KI) estudada previamente na estabilização termo-oxidativa de sistemas poliméricos. Os resultados encontrados para os sistemas com PMMA mostraram que o HAS incorporado ao sistema na concentração de 0,3% (m/m) confere uma radioproteção de 61%. Este resultado significa uma redução do valor G (cisões/100eV) de 1,23 para 0,48 no intervalo de 0 a 100kGy. Ensaios térmicos mostraram que o HAS na concentração de 0,3% (m/m) também contribui para a estabilização térmica do PMMA. Por outro lado...

Identifizierung und Quantifizierung der PVC Weichmachermetabolite 2-Ethylhexansäure und 2-Ethyl-3-hydroxyhexansäure im Plasma mittels Gaschromatographie-Massenspektrometrie; Identification and quantification of PVC-plasticizer 2-ethylhexylacid and 2-ethyl-3-hydroxyhexylacid in plasma by gaschromatography-masspectrometry

Usta, Nirgül
Fonte: Universidade de Tubinga Publicador: Universidade de Tubinga
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
37.26646%
Phthalate werden als Weichmacher bei der Herstellung des Kunststoffes Polyvinylchlorid (PVC) eingesetzt. Sie besitzen die Eigenschaft, den Kunststoff flexibler und gleichzeitig strapazierfähiger zu machen. Aus diesem Grund begegnen uns Phthalate überall im Alltag, wie z.B. in der Kleidung, als Verpackungsmaterial, aber vor allem in der Medizin werden die Eigenschaften von Weichmachern genutzt. Die Belastung der gesamten Bevölkerung ist allgegenwärtig. Die größte Aufnahme von DEHP (Di(2-ethylhexyl) Phthalat) erfolgt über Nahrungsmittel, aufgrund des Verpackungsmaterials. Für Patienten, die in dauerndem Kontakt mit DEHP-haltigem PVC stehen wie z.B. Dialysepatienten und intensivpflichtige Früh- und Neugeborene besteht eine außergewöhnlich hohe Exposition. Ziel der vorliegenden Arbeit war es, eine Methode zur Identifizierung und Quantifizierung der PVC-Weichmachermetabolite 2-Ethylhexansäure und 2-Ethyl-3-hydroxyhexansäure im Plasma mittels Gaschromatographie-Massenspektrometrie zu entwickeln und zu validieren. Des Weiteren sollte anhand dieser Methode eine klinische Studie zum Vorkommen von 2-Ethylhexansäure und 2-Ethyl-3-hydroxyhexansäure bei Hämodialysepatienten und Kontrollpersonen entwickelt werden. Dazu wurden Plasmaproben von 124 gesunden Kontrollpersonen und 104 Dialysepatienten nach Validierung der Methode untersucht. Die Proben der Dialysepatienten wiesen die DEHP Metabolite 2-Ethylhexansäure und 2-Ethyl-3-hydroxyhexansäure auf...

Compositos de PVC com refugos de 'release liners"; PVC composites with scraped release liners

Simone Rodrigues Ribeiro
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 09/12/2009 Português
Relevância na Pesquisa
37.378384%
Compósitos poliméricos são materiais que têm atraído cada vez maior atenção dos cientistas, assim como da indústria. "Release liners" são materiais com propriedade antiaderente utilizados para proteger a(s) face(s) adesiva(s) de uma fita adesiva, substrato e rótulos adesivos, sendo compostos basicamente de papéis revestidos de uma camada de silicone, que os tornam não-biodegradáveis, resultando em materiais pós-uso de longa vida. Em 2007 o mercado total mundial de "release liners" atingiu 30 bilhões de metros quadrados, sendo a sua disposição primariamente em aterros sanitários. O presente trabalho tem como proposta o desenvolvimento de uma alternativa de reuso deste material, através da sua utilização em um compósito baseado em "release liner" triturado incorporado a uma matriz polimérica de PVC. Seu desempenho foi comparado com o de um compósito formado por papel sem silicone e PVC. As propriedades desses materiais foram avaliadas por meio de ensaios mecânicos de resistência à tração (tensão e alongamento na ruptura) e resistência à abrasão. A morfologia do compósito foi investigada por meio de microscopia ótica e microscopia eletrônica varredura (MEV) de forma a entender melhor a correlação entre estrutura e propriedades. Ensaios de análise térmica (TGA) como também testes de resistência à chama e de absorção de umidade foram realizados com a intenção de observar a influência da presença de "release liners" na matriz polimérica. Os resultados de análise térmica mostraram um aumento de resistência térmica dos compósitos com "release liner" em relação à matriz polimérica de PVC. Embora a resistência mecânica dos compósitos tenha se mostrado inferior à matriz de PVC...