Página 1 dos resultados de 47 itens digitais encontrados em 0.000 segundos

Seed development, yield and quality of two palm species growing in different tropical forest types in SE Brazil: implications for ecological restoration

BRANCALION, P. H. S.; NOVEMBRE, A. D. L. C.; RODRIGUES, R. R.
Fonte: ISTA-INT SEED TESTING ASSOC Publicador: ISTA-INT SEED TESTING ASSOC
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
17.368997%
Natural forest remnants have been set as seed production fields to supply seeds of native tree species for tropical forest restoration, but the effect of different forest types on seed production has not been accessed to date for palm species. In this work, we studied seed development, yield, and quality of two palm species in different tropical forest types in SE Brazil. Seed production of palmiteiro (Euterpe edulis) and queen-palm (Syagrus romanzoffiana), which are largely used in restoration efforts due to their importance for vertebrate frugivores, were studied in natural remnants of Atlantic Rainforest, Restinga Forest, Seasonally Dry Forest, and Cerrado Forest. We studied seed development, yield, size, and germination of seed lots produced in some of these forest types, including seeds harvested in 2008, 2009, and both years. Seed yield and quality, as well as seed dry mass in 2009, were higher for palmiteiro seeds produced in the Atlantic Rainforest, while queen-palm seeds produced at the Restinga Forest showed the higher mass and yield, but the lowest physiological potential. Consequently, these natural differences of seed yield and quality have to be taken into account for establishing standards for seed commercialization and analysis...

Estrutura genética de populações de Euterpe edulis Mart. submetidas à ação antrópica utilizando marcadores alozímicos e microssatélites. ; Genetic structure of Euterpe edulis Mart. populations submitted to human exploitation using allozymic and microsatellite markers.

Conte, Rudimar
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 22/04/2004 Português
Relevância na Pesquisa
16.722908%
O palmiteiro (Euterpe edulis Mart.) é uma espécie nativa da Mata Atlântica cujas populações naturais encontram-se degradadas pelo extrativismo. Considerando a escassez de informações relativas às conseqüências genéticas da exploração de palmito, o objetivo deste estudo foi avaliar o impacto do processo de exploração sobre os níveis de diversidade, estrutura genética e tamanho efetivo de populações da espécie. Também foram estudados aspectos genéticos do recrutamento de plantas e o sistema reprodutivo da espécie. O estudo foi realizado em duas localidades do Estado de Santa Catarina, nos municípios de São Pedro de Alcântara e Ibirama. Em cada localidade foram escolhidas duas áreas de ocorrência natural de E. edulis, uma sem influência antrópica e outra que sofreu exploração de palmito, totalizando quatro populações. Os sistemas de exploração foram: (i) extrativismo - onde todos os indivíduos acima de 2 m de altura são cortados, incluindo plantas reprodutivas; and (ii) manejo - onde somente indivíduos acima de 9 cm de DAP são cortados, com a manutenção de 50 plantas reprodutivas por hectare. Em cada população foram examinadas plântulas, jovens e adultos, usando oito locos microssatélites e dez locos alozímicos. Os resultados revelaram que a espécie se reproduz por alogamia ( m tˆ = 0...

Processamento da polpa de frutos e qualidade fisiológica de sementes de Euterpe edulis Martius; Fruit processing and physiological quality of Euterpe edulis Martius seeds

Cursi, Patricia Ribeiro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/08/2013 Português
Relevância na Pesquisa
16.722908%
Euterpe edulis Martius, conhecida popularmente por palmeira juçara, é considerada espécie chave da Mata Atlântica. A exploração predatória para o corte do palmito tem ocasionado o seu desaparecimento em regiões de ocorrência natural. Visando a proteção e reversão do quadro de extinção, projetos de desenvolvimento sustentável tem incentivado a exploração da polpa de seus frutos e a comercialização das sementes remanescentes do processo de despolpa. Contudo, não há relatos sobre a qualidade fisiológica das sementes submetidas ao processamento agroindustrial da polpa. Diante disso, o presente trabalho objetivou avaliar os efeitos de diferentes métodos de despolpa dos frutos no desempenho fisiológico das sementes, possíveis danos causados ao embrião e consequências quanto à tolerância à secagem das sementes. Para tanto, frutos maduros de Euterpe edulis coletados manualmente de dois locais e em duas épocas distintas constituíram dois lotes. Para avaliar as consequências dos fatores de despolpa na qualidade fisiológica das sementes foram realizados tratamentos em arranjo fatorial 2x2, sendo 2 formas de pré-condicionamento dos frutos, com e sem imersão em água, e 2 métodos de despolpa, manual e mecânico...

Avaliação da citotoxicidade, genotoxicidade e antigenotoxicidade do fruto da palmeira juçara (Euterpe edulis Martius) em ratos Wistar.; Cytotoxicity, genotoxicity and antigenotoxicity evaluation of juçara palm fruit (Euterpe edulis Martius) in Wistar rats

Barbosa, Bruno Franco Fernandes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/09/2014 Português
Relevância na Pesquisa
17.707426%
A produção do fruto do palmiteiro juçara tem sido bastante estimulada na região da Mata Atlântica. Este fruto possui elevados teores de compostos bioativos, como antocianinas e outros compostos fenólicos. Devido ao recente estímulo ao consumo deste fruto e ao impacto de compostos bioativos da dieta sobre a estabilidade genômica, os objetivos deste trabalho foram investigar os efeitos citotóxico, genotóxico e antigenotóxico da polpa do fruto da juçara em ratos Wistar, usando o teste do micronúcleo e o ensaio do cometa. Ratos Wistar machos receberam por gavagem água ou a polpa liofilizada do fruto da juçara reidratada com água (125, 250 ou 500 mg/kg p.c) durante 14 dias. No último dia de tratamento (14º dia), salina (NaCl, 0,9 %) ou metil-metanosulfonato (MMS, 40 mg/kg p.c.) foram administrados por via intraperitoneal, 24 horas antes da eutanásia. Foram coletados fígado e rins para a análise de glutationa reduzida (GSH), catalase (CAT), substâncias reativas ao ácido tiobarbitúrico (TBARS) e para a realização do ensaio do cometa. Medula óssea e sangue periférico foram usados para o teste do micronúcleo. Os resultados mostraram que o tratamento com todas as doses da polpa do fruto da juçara não alterou os parâmetros de estresse oxidativo avaliados em rins e fígado de ratos Wistar. Além disso...

Isoenzimas no monitoramento da deterioração de sementes de Euterpe espiritosantensis Fernandes

Martins, Cibele Chalita; Nakagawa, João; Ramos, Paulo Roberto Rodrigues
Fonte: Sociedade de Investigações Florestais Publicador: Sociedade de Investigações Florestais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 85-90
Português
Relevância na Pesquisa
17.368997%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); As sementes de Euterpe espiritosantensis são recalcitrantes, pois apresentam redução da germinação com a desidratação e curta longevidade. O objetivo deste trabalho foi identificar sistemas enzimáticos eficientes no monitoramento da deterioração e perda da capacidade germinativa de sementes de palmiteiro-vermelho. As sementes foram colocadas para secar por 0, 20 e 40 h (teor de água de 46, 40 e 36%, respectivamente) e armazenadas a 15 ºC em sacos plásticos fechados durante 54 semanas. em intervalos de tempo de seis semanas, a qualidade das sementes foi avaliada quanto à germinação e atividade das enzimas glucose-6-fosfato desidrogenase, glutamato desidrogenase, fosfoglucomutase, fosfoglucose isomerase e peroxidase utilizando eletroforese em géis de poliacrilamida. A enzima peroxidase foi a única eficiente no monitoramento da deterioração e perda da capacidade germinativa de sementes de palmiteiro-vermelho.; Red-palmito Euterpe espiritosantensis Fernandes seeds are recalcitrants because they exhibit germination decreases by dehydration and have short longevity. The objective of this work was to identify efficient enzymatic systems to monitoring deterioration and loss of germination capacity of red-palmito seeds. Seeds were dryed during 0...

Genética do recrutamento de plantas em uma população natural do palmiteiro(Euterpe edulis Mart.)

Conte, Rudimar
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: x, 104 f.| il., grafs., tabs. +
Português
Relevância na Pesquisa
27.368997%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias.; Este trabalho teve por objetivo avaliar geneticamente o recrutamento de plantas, através de marcadores alozímicos, buscando testar a hipótese da existência de seleção em favor dos heterozigotos, a partir de amostras de plantas pertencentes a cinco estádios de desenvolvimento (categorias), em uma população natural do palmiteiro localizada no Município de São Pedro de Alcântara, SC. Na comparação dos valores de heterozigosidade observada (Ho) entre categorias, alguns locos apresentaram um incremento significativo nas taxas de heterozigosidade na direção dos indivíduos adultos (PGDH-2, G6PDH e MDH-1). As maiores diferenças foram encontradas entre a categoria I com as demais categorias em conjunto, mas principalmente com a categoria V, correspondente aos indivíduos reprodutivos. Este comportamento parece indicar que o ponto de estrangulamento para o processo de recrutamento está concentrado na passagem deste estádio de desenvolvimento, o que pode estar relacionado à vantagem dos indivíduos mais heterozigóticos. As estimativas das estatísticas F de Wright também demonstraram uma tendência bastante coerente com a hipótese da seleção em favor dos heterozigotos...

Estudo da ecofisiologia de plântulas e armazenamento de propágulos de Euterpe edulis Martius, visando a conservação in situ e ex situ da espécie

Neuburger, Marilda
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 1 v.| grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
27.368997%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Biológicas. Programa de Pos-Graduação em Biologia Vegetal.; O palmiteiro, Euterpe edulis Martius (Arecaceae) tem, na Floresta Ombrófila Densa da Encosta Atlântica, o seu principal habitat. Sua exploração é intensa e de forma não seletiva, levando à diminuição de suas populações naturais. Assim, é preciso reintroduzí-lo e planejar o extrativismo auto-sustentável, sendo para isso, necessário conhecer a ecofisiologia da espécie e maneiras de conservação do germoplasma. Neste trabalho verificou-se que: 1) O tempo de esgotamento das reservas das sementes de E. edulis não parece ser influenciado pelos fatores ambientais luz e fertilidade do solo. 2) Enquanto há reservas na semente de E. edulis o crescimento da planta em termos de massa seca, área foliar e número de folhas parece ser independente dos fatores ambientais luz e fertilidade do solo. 3) O nível de luz solar que chega ao interior da floresta parece ser limitante para o crescimento de E. edulis. 4) Há interação entre os fatores ambientais luz e fertilidade do solo em plantas crescendo sob condições de luz não limitantes. 5) O crescimento de E. edulis é maior sob maior nível de luz porque a taxa fotossintética (TAL) é maior. 6) O crescimento do eixo embrionário de plantas a 50% de luz foi bem maior do que a de plantas a 2% de luz. 7) A velocidade de crescimento de plantas apresenta duas fases...

A produção de açai a partir do processamento dos frutos do palmiteiro (Euterpe edulis Martius) na mata atlântica

Mac Fadden, Joana
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 1 v.| il., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
38.235703%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Graduação em Agroecossistemas.; O objeto de estudo do presente trabalho é a produção do açaí no litoral norte do Estado de Santa Catarina. O açaí é um produto obtido a partir do processamento dos frutos de palmeiras do gênero Euterpe, da família Arecaceae. No Norte do país o açaí é extraído de palmeira multicaules açaizeiro ou juçara (Euterpe oleracea Martius) e também de uma palmeira monocaule açaizeiro (Euterpe precatoria Martius) muito parecida com o palmiteiro (Euterpe edulis Martius). Em 1998, o Laboratório de Biotecnologia Neolítica UFSC iniciou o trabalho de utilização dos frutos do palmiteiro para a produção de açaí a partir da valorização do conhecimento ecológico local de uma tiradeira tradicional na Mata Atlântica. A dinâmica de difusão deste conhecimento é objeto de estudo da etnobotânica, que é uma ciência interdisciplinar. A metodologia utilizada foi: 1. entrevistas semi estruturadas para o levantamento do conhecimento de tiradeiras de açaí; 2. reuniões participativas para integração de conhecimentos; 3. quantificação da produção de frutos do palmiteiro em quintal agroflorestal e consórcio banana e palmito...

Densidade de plantio de palmiteiro em regime de sombreamento permanente

Bovi,Marilene Leão Alves; Sáes,Luís Alberto; Cardoso,Mário; Cione,José
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1987 Português
Relevância na Pesquisa
37.707427%
Estudou-se o comportamento do palmiteiro (Euterpe edulis Mart.) plantado sob mata nativa raleada, em diferentes densidades de plantio, nas condições do Vale do Ribeira, SP. Avaliou-se o crescimento vegetativo das plantas pelos seguintes parâmetros: circunferência da planta a diferentes alturas, número de folhas funcionais, comprimento da quarta folha e altura da planta. Avaliou-se também a produção, através do peso, diâmetro e comprimento do palmito obtido. A maior produção de palmito por área foi alcançada nos espaçamentos 1,5 x 1,0 e 1,0 x 1,0m.

Híbridos interespecíficos de palmiteiro (Euterpe oleracea x Euterpe edulis)

Bovi,Marilene Leão Alves; Godoy Júnior,Gentil; Sáes,Luís Alberto
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1987 Português
Relevância na Pesquisa
37.915688%
Compararam-se o desenvolvimento vegetativo e a produção de híbridos de palmiteiro (Euterpe oleracea x E. edulis) com seus genitores, em duas condições diferentes de cultivo, na região de Ubatuba, SP. Em ambas as situações, os híbridos apresentaram vigor e precocidade aliados à capacidade de regeneração, mostrando-se superiores à população parental em crescimento vegetativo e produção de palmito. Embora o material ainda não seja homogêneo, os híbridos interespecíficos revelaram grande potencialidade para serem usados no cultivo racional do palmiteiro.

Pré-embebição em água e porcentagem e velocidade de emergência de sementes de palmiteiro

Bovi,Marilene Leão Alves
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1990 Português
Relevância na Pesquisa
37.707427%
Quatro períodos de pré-embebição em água foram aplicados a frutos e sementes de palmiteiro (Euterpe edulis Mart.) visando determinar seus efeitos na velocidade, na porcentagem e na duração média do processo de emergência. A pré-embebição do fruto foi prejudicial à porcentagem final e velocidade de emergência, provavelmente por permitir maior contaminação por microorganismos patogênicos. A aplicação desse tratamento por dois dias em sementes mostrou efeito benéfico sobre a porcentagem final, não sendo, porém, eficiente para acelerar sua emergência. Períodos maiores do que dois dias foram prejudiciais, tanto à porcentagem como à velocidade de emergência. O uso de frutos despolpados acelerou e aumentou a emergência, diminuindo o tempo médio do processo germinativo em comparação com a utilização de frutos não despolpados.

Germinação de sementes e crescimento de plântulas de diferentes progênies de Euterpe edulis Mart.

Martins-Corder,Maisa Pimentel; Saldanha,Cleber Witt
Fonte: Sociedade de Investigações Florestais Publicador: Sociedade de Investigações Florestais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2006 Português
Relevância na Pesquisa
28.158662%
O palmiteiro (Euterpe edulis Mart.) é uma espécie característica da Mata Atlântica, sendo conhecida pela produção de palmito. É uma palmeira com grande potencial para o manejo em regime de rendimento sustentável, e seus frutos são consumidos amplamente pela fauna. A propagação do palmiteiro através de sementes torna-se fator determinante na produção de mudas de qualidade para a manutenção de populações sustentáveis. O presente trabalho, realizado no Laboratório de Biotecnologia Florestal da Universidade Federal de Santa Maria, teve como objetivo avaliar a germinação e o crescimento inicial de 15 progênies de palmiteiro. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, com quatro repetições e 15 tratamentos (progênies) distribuídos em parcelas com 10 tubetes, contendo duas sementes por tubete. Foram analisadas as características: porcentagem de germinação de sementes; porcentagem de sobrevivência de mudas; diâmetro do colo; número de folhas e altura de plantas. Os resultados apontaram que as progênies de palmiteiro apresentaram maior variabilidade para a porcentagem de sobrevivência (amplitude de 26 a 58% e média geral de 38%), aos 210 dias. As mudas de palmiteiro mais vigorosas foram produzidas pela progênie (P12)...

Isoenzimas no monitoramento da deterioração de sementes de Euterpe espiritosantensis Fernandes

Martins,Cibele Chalita; Nakagawa,João; Ramos,Paulo Roberto Rodrigues
Fonte: Sociedade de Investigações Florestais Publicador: Sociedade de Investigações Florestais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2011 Português
Relevância na Pesquisa
17.368997%
As sementes de Euterpe espiritosantensis são recalcitrantes, pois apresentam redução da germinação com a desidratação e curta longevidade. O objetivo deste trabalho foi identificar sistemas enzimáticos eficientes no monitoramento da deterioração e perda da capacidade germinativa de sementes de palmiteiro-vermelho. As sementes foram colocadas para secar por 0, 20 e 40 h (teor de água de 46, 40 e 36%, respectivamente) e armazenadas a 15 ºC em sacos plásticos fechados durante 54 semanas. Em intervalos de tempo de seis semanas, a qualidade das sementes foi avaliada quanto à germinação e atividade das enzimas glucose-6-fosfato desidrogenase, glutamato desidrogenase, fosfoglucomutase, fosfoglucose isomerase e peroxidase utilizando eletroforese em géis de poliacrilamida. A enzima peroxidase foi a única eficiente no monitoramento da deterioração e perda da capacidade germinativa de sementes de palmiteiro-vermelho.

Doenças em palmeira para palmito.

SANTOS, A. F. dos; TESSMANN, D. J.; SILVA, A. J. C.; VIDA, J. B.; MAFACIOLI, R.
Fonte: In: SEMINÁRIO DE ATUALIDADES DE PROTEÇÃO FLORESTAL, 2., 2005, Blumenau. Palestras e resumos. [Blumenau]: FURB, 2005. Publicador: In: SEMINÁRIO DE ATUALIDADES DE PROTEÇÃO FLORESTAL, 2., 2005, Blumenau. Palestras e resumos. [Blumenau]: FURB, 2005.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
27.368997%
O palmito é um produto de alto valor nos mercados interno e externo e o Brasil é o maior produtor e exportador mundial. Cerca de 99% do palmito comercial brasileiro procede do extrativismo, principalmente do açaí, na região do estuário do rio Amazonas, e da juçara, na Mata Atlântica das regiões sul e sudeste. Algumas espécies de palmeiras estão sendo usadas pelos produtores para a exploração permanente de palmito. Dentre elas destacam-se a pupunha (Bactris gasipaes), a palmeira-real (Archontophoenix spp.) e a guariroba (Syagrus oleracea), além do açaí (Euterpe oleraceae) e do palmiteiro (E. edulis). Há escassez de informações sobre os aspectos fitossanitários destas espécies. Dentre as palmeiras relatadas há mais informações sobre a pupunheira, por ser uma espécie com maior distribuição e maior área plantada no Brasil, além de vir sendo explorada a mais tempo. Este trabalho enfoca aspectos relacionados às doenças das palmeiras para palmito - sintomatologia, etiologia, epidemiologia e estratégias de controle - e outros tipos de problemas associados a essas espécies.; 2005; 1 CD-ROM. Palestra (Doenças florestais). Co-promoção: Embrapa Florestas.

Comportamento de armazenamento de sementes de palmiteiro (Euterpe edulis Mart.).

ANDRADE, A. C. S. de; PEREIRA, T. S.
Fonte: Pesquisa Agropecuaria Brasileira, Brasilia, v.32, n.10, p.987-991, out. 1997. Publicador: Pesquisa Agropecuaria Brasileira, Brasilia, v.32, n.10, p.987-991, out. 1997.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
27.368997%
O presente trabalho foi realizado no Laboratorio de Sementes do Jardim Botanico do Rio de Janeiro (JBRJ), utilizando-se sementes frescas de palmiteiro (Euterpe edulis Mart.), coletadas na Reserva Ecologica de Macae de Clima (Nova Friburgo, RJ), com o objetivo de identificar o comportamento de armazenamento (ortodoxo, intermediario ou recalcitrante), para conservacao em bancos de germoplasma-semente. Os resultados demonstraram que sementes de palmito sao recalcitrantes ao mostrarem grande sensibilidade a desidratacao e a temperatura abaixo de zero. Tais caracteristicas indicam a necessidade de pesquisas para a conservacao ex-situ mais eficiente da especie, pois as tecnicas convencionais de armazenagem utilizadas em bancos de germoplasma-semente, nao sao satisfatorias para sementes recalcitrantes.; 1997

Quantificaçao e avaliaçao de parâmetros quali-quantitativos do palmiteiro (Euterpe edulis Martius) ao longo de um gradiente altimétrico, em um sistema de informaçao geográfica

Schoeninger, Emerson Roberto; Kirchner, Flavio Felipe, 1951-
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
28.158662%
O complexo da Serra do Mar tem o seu relevo bastante dissecado com áreas íngremes. A vegetação predominante é classificada como Floresta Ombrófila Densa, caracterizada por apresentar uma cobertura densa e uniforme, bem desenvolvida, podendo atingir de 25 a 30 m de altura. A variação do clima ocorre em função da altitude e tem influência direta sobre a vegetação e indireta sobre o solo os quais imprimem diferentes feições à vegetação. A presente pesquisa objetivou a caracterização destes efeitos sobre o crescimento do Pálmiteiro (Euterpe edulis). Para tanto foram definidas dez unidades amostrais ao longo de um gradiente de altitude, distribuídas sistematicamente com intervalos de 500 metros em um morro na formação Rio das,Cobras com um raio com de aproximadamente 1500 m de extensão é com uma variação de 500 m na altitude. Com origem geológica micaxisto. Para avaliação do Pálmiteiro no gradiente altimétrico foram abatidos oito indivíduos de cada nível altimétrico, dos quais foram coletados os dados de biomassa total e a biomassa do creme comestível. As classes de solo de cada nível altimétrico foram identificadas, caracterizadas química e granulometricamente. Os resultados mostraram que paralelo às mudanças na produção de biomassa e peso do creme comestível do pálmiteiro foram identificadas diferenças na concentração de alguns nutrientes minerais ern função do gradiente aititudinal. Quando comparando os nutrientes do.creme do pálmiteiro com os nutrientes do creme da pupunheira...

Genética de paisagem de ocotea catharinensis e euterpe edulis na floresta ombrófila densa catarinense

Montagna, Tiago
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 150 p.| il., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
18.384282%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Recursos Genéticos Vegetais, Florianópolis, 2014; O palmiteiro (Euterpe edulis) e a canela preta (Ocotea catharinesis) são duas espécies estruturantes da Floresta Ombrófila Densa catarinense, ambas consideradas ameaçadas de extinção. O bioma Mata Atlântica, a exemplo de outros, teve sua área severamente reduzida e fragmentada devido ao histórico de uso e ocupação. Dessa maneira, entender quais as relações entre os processos antrópicos de redução e fragmentação de área e a diversidade genética das espécies torna-se vital, no sentido de se modelar estratégias efetivas de conservação. O objetivo deste estudo foi estabelecer relações entre características da paisagem atual e indicadores de diversidade genética histórica (adultos) e atual (regenerantes) de populações de Euterpe edulis e Ocotea catharinensis, visando fundamentar estratégias de conservação para populações das espécies da FOD em Santa Catarina. Foram genotipadas 20 populações de indivíduos adultos e nove de indivíduos regenerantes de palmiteiro, além de 17 populações de indivíduos adultos e sete de indivíduos regenerantes de canela preta. Ademais...

QUANTIFICAÇÃO E AVALIAÇÃO DE PARAMÊTROS QUALI-QUANTITATIVOS DO PALMITEIRO (Euterpe edulis MARTIUS), AO LONGO DE UM GRADIENTE ALTIMÉTRICO EM UM SISTEMA DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA

Schoeninger, Emerson Roberto; Kirchner, Flávio Felipe
Fonte: FUPEF DO PARANÁ Publicador: FUPEF DO PARANÁ
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 12/08/2004 Português
Relevância na Pesquisa
28.05677%
A presente pesquisa objetivou a caracterização dos efeitos da altitude sobre o crescimento do Palmiteiro (Euterpe edulis). Para tanto foram definidas dez unidades amostrais ao longo de um gradiente de altitude, distribuídas sistematicamente com intervalos de 500 metros em um morro na formação Rio das Cobras com um raio com de aproximadamente 1500 m de extensão e com uma variação de 500 m na altitude. Para avaliação do Palmiteiro no gradiente altimétrico foram abatidos oito indivíduos de cada nível altimétrico, dos quais foram coletados os dados de biomassa total e a biomassa do creme comestível. Quando comparados os resultados encontrou-se tendências entre a produção de biomassa total e do creme em relação ao gradiente altitudinal. O SIG foi construído para retornar os valores de biomassa total e do creme e a densidade dos indivíduos na área, o que proporcionara informações para o planejamento florestal. QUANTIFICATION AND EVALUATION OF QUALITATIVE AND QUANTITATIVE PARAMETERS OF PALMITEIRO (Euterpe edulis MARTIUS) ALONG OF A ALTIMETRIC GRADIENT UISNG GEOGRAPHIC INFORMATION SYSTEM. Abstract The present research aimed the characterization of effects of altitude on growth of Palmiteiro (Euterpe edulis). It was defined ten sample plots...

Efeito de diferentes níveis de dessecamento na germinação de sementes de Euterpe edulis Martius - Arecaceae; Effect of different level of desiccation in the seed germination of Euterpe edulis Martius - Arecaceae

Reis, Ademir; Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis; Paulilo, Maria Terezinha Silveira; Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis; Nakazono, Erika Matsuno; Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis; Venturi, Silv
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/1999 Português
Relevância na Pesquisa
17.368997%
O objetivo deste estudo foi verificar o efeito de diferentes níveis de dessecamento sobre a germinação de sementes de Euterpe edulis Martius. As sementes com teor inicial de umidade de 50% foram secas através de dois métodos: I) Sementes colocadas em estufa de ar forçado a 28°C por 48h.; II) Sementes colocadas para dessecar em laboratório, a temperatura e umidade relativa ambientes por períodos de 2, 4, 8, 16, 32 e 64 dias. As principais conclusões foram: Sementes secas por 48 horas em estufa de ar forçado alcançaram teor de umidade de cerca de 32%, não tendo esta diminuição de umidade afetado a percentagem de germinação. A percentagem de germinação começou a decrescer em sementes com menos de 28% de umidade, condição que foi alcançada após 8 dias de dessecamento da semente em condições naturais de temperatura e umidade. Sementes com cerca de 20% ou menos de umidade reduziram drasticamente sua capacidade germinativa, tendo o teste de tetrazólio aplicado a estas sementes mostrado a morte do embrião. A sensibilidade de sementes de E. edulis ao dessecamento, mostrada neste estudo, indica comportamento de sementes recalcitrantes.; The aim of this study was to verify the germination of Euterpe edulis seeds submitted to different leveIs of desiccation. Seeds with inicial moisture content of 50% were dried by two methods: I - for O to 48 hours in forced air oven at 28°C; II - for 2 to 64 days at room temperature and relative humidity. The main conclusions were: seeds dried for 48 hours in forced dried oven reached moisture content of 32% and this lower moisture content did not affect the germination percentage. The percentage of germination started to decrease in seeds with less than 28% of moisture content...

Considerações sobre o palmiteiro no sul do Brasil; Considerações sobre o palmiteiro no sul do Brasil

Guerra, Miguel Pedro; Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis; Nodari, Rubens Onofre; Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis; Reis, Ademir; Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/1984 Português
Relevância na Pesquisa
27.915688%
Em termos de dispersão o palmiteiro ocorre desde o Sul da Bahia e Espírito Santo até o município de Osório no Rio Grande do Sul, na zona da mata fluvial da encosta atlântica, onde ocupa uma faixa relativamente estreita. Na Bacia do Rio Paraná encontra-se disperso por toda a zona da mata latifoliada, sobretudo pelos afluentes até 600 m de altitude. [...] O intenso desenvolvimento no setor agropecuário do Estado de Santa Catarina nos últimos 60 anos modificou profundamente o aspecto da vegetação primária.; Em termos de dispersão o palmiteiro ocorre desde o Sul da Bahia e Espírito Santo até o município de Osório no Rio Grande do Sul, na zona da mata fluvial da encosta atlântica, onde ocupa uma faixa relativamente estreita. Na Bacia do Rio Paraná encontra-se disperso por toda a zona da mata latifoliada, sobretudo pelos afluentes até 600 m de altitude. [...] O intenso desenvolvimento no setor agropecuário do Estado de Santa Catarina nos últimos 60 anos modificou profundamente o aspecto da vegetação primária.