Página 1 dos resultados de 15 itens digitais encontrados em 0.012 segundos

A política nacional de proteção da natureza e seus desdobramentos no território do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses

Castro, Cláudio Eduardo
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 253 f. : il., mapas
Português
Relevância na Pesquisa
112.38305%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Geografia - FCT; A natureza é uma das preocupações humanas e isso se expressa desde os tempos mais remotos. No Brasil, as primeiras normas de proteção se instituíram já à época da colonização portuguesa, com a intenção de resguardar os recursos para a Coroa. Desse período, até a contemporaneidade, as Leis se fizeram segundo os paradigmas ecológicos que por sua vez passaram do utilitarismo, de uma ecologia puramente biológica, sistemática, para a incorporação do homem como um elemento da natureza, holística e da complexidade. Isto nos permitiu distinguir os períodos da política de proteção da natureza em duas fases uma anterior ao primeiro Código Florestal e outra posterior a ele, ambas divididas em dois períodos. A política que pretende proteger a natureza organiza o território pela via do poder, ordenando o espaço, consequentemente impondo novas territorialidades sobre as pré-existentes. O território político e de poder ao se dedicar à natureza vincula-se mais à proteção que ao convívio entre todos os elementos, permanecendo ainda sob uma visão ecológica na qual o homem é o grande predador dos recursos e dele deve proteger os espaços nos quais ainda há significativa diversidade biológica. O território de poder impõe...

O segredo do Brasil: os sentidos do lugar turístico no discurso da propaganda oficial sobre os Lençóis Maranhenses

Rodrigues, Linda Maria
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 188 f. : il. color.
Português
Relevância na Pesquisa
103.56492%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Linguística e Língua Portuguesa - FCLAR; O presente estudo propõe investigar o discurso da propaganda oficial sobre os Lençóis Maranhenses com o objetivo de identificar que efeitos de sentidos foram produzidos como estratégias discursivas para a divulgação desse lugar. Seu propósito central consiste em identificar as marcas do discurso oficial quanto às suas singularidades, ou seja, descrever, analisar, tentar resgatar efeitos de sentido resultantes dessa construção discursiva a partir das características observadas e aprendidas por meio de uma rede de traços pertinentes cujas relações façam sentido. O corpus foi organizado a partir do levantamento de campanhas governamentais no período de 2000 a 2009. Para tanto, as análises são baseadas nos princípios da Semiótica Greimasiana, a partir do percurso gerativo de sentido nos três níveis de organização do texto (os níveis fundamental, narrativo e discursivo). Em linhas gerais, os resultados apresentaram um direcionamento para a tradição, isto é, falas oficiais que se utilizaram de questões ligadas à natureza, dizendo respeito ao turismo ecológico, segmento que seria desenvolvido no Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. Tais discursos compreendem a natureza presente no Parque como um produto a ser comercializado pela atividade turística como forma de lazer. Mostram também que...

Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses: olhares transversos sobre sustentabilidade e turismo

Câmara, Rosélis de Jesus Barbosa
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 172 f. : il. color.
Português
Relevância na Pesquisa
164.1056%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Linguística e Língua Portuguesa - FCLAR; Análise da dispersão de discursos e regularidades que instauram a noção de sustentabilidade no Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. Tomam-se como ponto de partida vários discursos, formulados por distintos sujeitos, a partir de mecanismos discursivos, manobras linguísticas, enunciativas e textuais, buscando a emergência de eventos que concorreram para a fabricação do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses como principal atrativo turístico natural do Estado. Investiga-se o processo de construção do discurso sobre sustentabilidade para essa área. O corpus apresenta-se em textos de natureza diversa e de maneira heterogênea, configurado em dois eixos: um eixo centrado em documentos oficiais: a) o Plano de Manejo, que determina os usos do Parque, e propagandas do governo; e outro eixo constituído por documentos não oficiais, representados por propagandas, sites, matérias jornalísticas sobre o Parque. A pesquisa ora apresentada está delineada em quatro capítulos e norteia-se pelos postulados da Análise do Discurso (AD), de base foucaultiana, na direção que é dada no Brasil por meio de pesquisadores como Gregolin (2004)...

Ecologia e conservação da herpetofauna do Parque Nacional dos Lençois Maranhenses, Maranhão, Brasil; Herpetofauna ecology and conservation in Lençois Maranhenses National Park, Maranhão, Brazil

Jivanildo Pinheiro Miranda
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/08/2007 Português
Relevância na Pesquisa
113.07035%
Neste estudo investiguei a riqueza, composição e distribuição local da herpetofauna do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses (PNLM), Maranhão, Brasil. Realizei 47 expedições, totalizando 235 dias de amostragem utilizando o método de procura visual limitada por tempo. Adicionalmente, estudei a ocorrência de atropelamentos de vertebrados na rota de acesso ao parque. Assim, registrei 63 espécies da herpetofauna no PNLM, sendo 21 espécies de anuros, 12 de lagartos, 24 de serpentes, duas de anfisbenas, três de quelônios e uma de jacaré. Destas espécies, 52 (E 82,5%) ocorrem apenas na restinga. As demais espécies ocorrem no campo de dunas do parque. Em relação aos atropelamentos, realizei cerca de 10896 quilômetros de amostragem. Encontrei 206 carcaças de vertebrados atropelados, distribuídas por 55 espécies. O grupo de vertebrado mais atropelado, em número de espécies (23 espécies) e de indivíduos (69 indivíduos), foi a classe Reptilia. Apesar do PNLM ser enfatizado do ponto de vista paisagístico, este estudo mostra que seus ambientes possuem significativa riqueza de espécies da herpetofauna. Estas espécies ocorrem principalmente no ambiente de restinga, o qual corresponde a apenas 21% da área do parque. Devido a crescente visitação turística e do aumento de empreendimentos na área...

Indicadores de qualidade da experiência do visitante no Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses

Fernandes Neto, José Antonio Silvestre
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 175 f.| il., grafs.
Português
Relevância na Pesquisa
111.71997%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Ambiental

O povo da morraria

Silveira, Luisa Pinheiro da
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Português
Relevância na Pesquisa
60.089272%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Comunicação e Expressão. Jornalismo.; O Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses foi criado em 1981, mas o processo de reassentamento dos moradores nunca foi feito. Hoje vivem 6500 pessoas em 42 comunidades. A grande reportagem em impresso retrata o cotidiano de três famílias em Mocambo, Queimada dos Brito e Mairizinho, povoados localizados na área protegida. As histórias são exemplos de como as pessoas lidam com o clima da região, com o desenvolvimento do turismo e com as restrições de viver numa unidade de conservação integral.

Turismo em unidades de conservação : contribuições para a prática de uma atividade turística sustentável no Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses

Silva, David Leonardo Bouças da
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
114.67261%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Centro de Desenvolvimento Sustentável, 2008.; A instituição de áreas protegidas em todo o mundo constitui, atualmente, uma ferramenta indispensável à proteção da natureza. Contudo, as unidades de conservação brasileiras enfrentam um grande desafio no manejo do uso público, porquanto é necessário conciliar objetivos historicamente divergentes: preservação da natureza em meio à permissão de atividades de visitação. Nesse contexto, instiga observar que o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, o qual possui graves limitações para o manejo do uso público, defronta-se com um aumento, significativo, no fluxo de visitantes motivado por constantes incentivos de órgãos federais, estaduais e municipais para promover o conhecimento e reconhecimento dos seus atributos cênicos. No mesmo sentido, as comunidades que vivem no interior da unidade de conservação, são impedidas por lei de permanecerem residindo no parque em questão, embora turistas e empresários possam explorar as riquezas naturais da região. O presente estudo partiu da hipótese norteadora da existência de racionalidades conflitantes de um turismo em parques nacionais. Em outras palavras, a concepção de que a atividade turística tradicional se opõe aos propósitos preservacionistas e conservacionistas da biodiversidade presentes na gestão de um parque nacional. O objetivo prioritário deste trabalho foi o de compreender em que medida a organização da atividade turística no município de Barreirinhas contribui para o desenvolvimento de um turismo sustentável no destino Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. Para tanto...

Barreirinhas em tempo de mudança: reconstrução de identidades nas rotas do turismo

Graça, Irlene Menezes
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
61.2484%
A presente tese situa-se no campo dos Estudos Culturais, constituindo uma construção interdisciplinar, situada nas vertentes da teoria cultural, com foco no estudo das identidade. Tem, como fenômeno empírico, o cenário de Barreirinhas-Ma/Brasil, em seus processos de transformação, decorrentes dos circuitos turísticos do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses/ Brasil. O objeto de estudo incide na análise de reconstrução de identidades de segmentos sociais que constituíram o público-alvo do processo investigativo: Artesãs, Prestadores de Serviços Turísticos (Condutores Turísticos, Toyoteiros, Pilotos de Lancha), Pescadores/as Artesanais e Marisqueiras. Desenvolve, como eixo teórico fundante, a questão das identidades, concebidas como processos descentrados, descontínuos constituídos nas hibridações, a partir de vertentes teóricas contemporâneas, com destaque para os pensamentos de Stuart Hall e Homi Bhabha. O trabalho consubstancia um processo de investigação, de natureza qualitativa, em Barreirinhas-Ma, através da observação participativa, entrevistas e grupos focais com os segmentos sociais do sistema da vida cotidiana, com atores institucionais e dirigentes de entidades associativas e de classe a constituir um amplo e significativo material que proporcionou adentrar nos processos de construções identitárias em curso em um cenário de intensas transformações que se revelam contraditórias e desafiantes.; The thesis is concerned with the Cultural Studies and provides an interdisciplinary political-cultural approach debating the changes in the borders between Culture and Tourism. This word adopts...

Ocorrência de flebotomíneos (Diptera, Psychodidae) em focos de leishmanioses, em área de ecoturismo do entorno do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, Brasil

Rebêlo,José Manuel Macário; Assunção Júnior,Antonildes Nascimento; Silva,Orleans; Moraes,Jorge Luiz Pinto
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2010 Português
Relevância na Pesquisa
121.82149%
A freqüência e distribuição das espécies de flebotomíneos foram estudadas no Município de Barreirinhas, Maranhão, Brasil, no entorno do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, no período de janeiro a junho/2005, agosto/2004, julho/2005 e setembro/2008. Foram capturados 6.658 indivíduos distribuídos em dez espécies. As mais freqüentes foram Lutzomyia whitmani (46,6%), L. longipalpis (29,9%), L. evandroi (17,1%) e L. lenti (4,8%), enquanto L. termitophila, L. flaviscutellata, L. migonei, L. infraspinosa, L. sordellii, L. wellcomei, L. antunesi e L. trinidadensis representaram juntas 1,6% da amostra total. A presença de espécies transmissoras de Leishmania justifica o elevado coeficiente de detecção de leishmaniose tegumentar nos anos de 2000 (308,2), 2001 (310,9), 2002 (338,2) e 2005 (313,6) e focos ativos de leishmaniose visceral humana, no Município de Barreirinhas.

Redescoberta de Melipona subnitida Ducke (Hymenoptera: Apidae) nas Restingas do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, Barreirinhas, MA

Rêgo,Márcia; Albuquerque,Patrícia
Fonte: Sociedade Entomológica do Brasil Publicador: Sociedade Entomológica do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2006 Português
Relevância na Pesquisa
59.88725%
Decorridos aproximadamente 95 anos da descrição original, um ninho de Melipona subnitida Ducke foi redescoberto no Maranhão, em um ecossistema de restinga de Barreirinhas. Os insetos-testemunha foram depositados no Laboratório de Estudos sobre Abelhas (LEA) do Departamento de Biologia UFMA.

Extrativismo e apropriação social do buriti no entorno do Parque nacional dos Lençóis Maranhenses.

MONTELES, R. A. R.; MOTA, D. M. da.
Fonte: In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE SISTEMAS DE PRODUÇÃO, 8., 2010, São Luís. Agricultura familiar: crise alimentar e mudanças climáticas globais: anais. São Luís, MA: UEMA: Embrapa, 2010. Publicador: In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE SISTEMAS DE PRODUÇÃO, 8., 2010, São Luís. Agricultura familiar: crise alimentar e mudanças climáticas globais: anais. São Luís, MA: UEMA: Embrapa, 2010.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
59.88725%
2010

Fenologia e atributos reprodutivos de espécies ocorrentes em restinga no Maranhão

Karina Maciel Delgado Ribeiro, Éville; Cristina Sobreira Machado, Isabel (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
Português
Relevância na Pesquisa
60.019824%
O objetivo deste trabalho foi avaliar a fenologia das espécies ocorrentes em um ambiente de Restinga no Nordeste do Maranhão, Brasil, verificando como os padrões fenológicos variam entre hábitos e como as fenofases se correlacionam com os fatores climáticos. Foram estudados 1167 indivíduos, de 88 espécies vegetais, distribuídos em quatro hábitos (árvores, arbustos, ervas e trepadeiras), durante dois anos (2008-2010) em uma Reserva Legal próxima ao Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses (2°43 22,5 S; 42°49 50 W). Todas as fenofases avaliadas, com exceção da frutificação, apresentaram sazonalidade. A floração de Ribeiro, E. K. M. D. Fenologia e Atributos Reprodutivos de espécies ocorrentes em restinga no Maranhão árvores e arbustos ocorreu na estação seca, enquanto a de ervas ocorreu na estação chuvosa. A frutificação das espécies arbóreas ocorreu, em sua maioria, na estação seca, bem como os maiores picos de frutificação de ervas e trepadeiras. Durante a estação chuvosa houve maior atividade de frutificação de arbustos. Queda e brotamento de folhas ocorreram na estação seca para todos os hábitos, exceto o herbáceo, no qual a queda de folhas ocorreu na estação chuvosa. As datas médias dos picos de atividade das fenofases floração...

O verão, o universo e o inverso : sobre o modo de vida de comunidades residentes na região do Parque Nacional dos Lençois Maranhenses

Alvaro de Oliveira D'Antona
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/09/1997 Português
Relevância na Pesquisa
93.13172%
As comunidades dos Lençóis Maranhenses (MA) convivem com as mudanças marcantes dos ritmos naturais e são afetadas pelas transformações causadas pelo turismo, urbanização e pesca predatória. Estão também sujeitas à interferência de Unidades de Preservação que se preocupam com ecossistemas, mas parecem desatentas aos habitantes tradicionalmente locais que se sujeitam à degradação e à necessidade de preservação ambiental, embora não as tenham gerado. O modelo de preservação que afasta o ser humano, impede que se conheçam e respeitem os manejos locais, frutos dos saberes locais. Muitas vezes sequer protege os ecossistemas já que as fronteiras dos parques nem sempre são definidas por critérios ecológicos. Propus-me caminhar em direção à compreensão do modo de vida nos "Lençóis Maranhenses", através das relações dos indivíduos com a natureza, buscando conhecer as noções locais de degradação / preservação ambiental e criticar a delimitação do Parque Nacional existente ali. A análise privilegia os diversos níveis de interação do ser humano com seu meio (produção, moradia, técnicas, concepções) levando em conta noções de tempo, espaço e lugar. Também considera o uso de recursos e o modo como as várias comunidades se representam e se organizam no espaço; o que revela a importância dos deslocamentos de pessoas e coisas para a compreensão da dinâmica da região e para expor a fragilidade da fronteira da unidade de conservação.; Communities at Lençóis Maranhenses (MA) live along marked changes they easily erceive in the rhythms of nature. They are submitted to present impacts caused by tourism...

Factores de inserción socioeconómica en destinos turísticos emergentes: La búsqueda de inclusión en Barreirinhas (MA) - Brasil

Faria Tasso,João Paulo; Pinheiro do Nascimento,Elimar; Araújo Costa,Helena
Fonte: Estudios y perspectivas en turismo Publicador: Estudios y perspectivas en turismo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2012 Português
Relevância na Pesquisa
59.88725%
¿Cuáles son los principales factores que contribuyen a la inserción de habitantes locales en la cadena productiva de turismo en los destinos turísticos emergentes? La relevancia de la pregunta responde al hecho de que la inserción socioeconómica es uno de los aspectos esenciales de la sustentabilidad, uno de los objetivos de la política federal de turismo en Brasil y una de las preocupaciones centrales de la sociedad brasileña. El estudio seleccionó el municipio de Barreirinhas (Maranhão), por ser uno de los destinos turísticos de mayor expansión en Brasil, donde se localiza el Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. El municipio presenta bajos índices de desarrollo humano (IDH) y una alta incidencia de pobreza. Fueron seleccionados, previamente, 12 factores para ser testeados: acceso a la información (conocimiento del área); grado de escolaridad; proximidad física del lugar donde la actividad turística se desarrolla; género; edad; red de relaciones sociales; experiencias familiares anteriores; organización colectiva; lugar de nacimiento; capacitación profesional; religión; e ingreso familiar. La metodología consistió en una encuesta (survey) y para el análisis de los resultados se utilizaron tests estadísticos. Se constató que los factores de mayor contribución para la inserción socioeconómica en la cadena productiva de turismo son la organización colectiva y la capacitación profesional y los de menor relevancia son género...

Ocorrência de flebotomíneos (Diptera, Psychodidae) em focos de leishmanioses, em área de ecoturismo do entorno do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, Brasil

Rebêlo,José Manuel Macário; Assunção Júnior,Antonildes Nascimento; Silva,Orleans; Moraes,Jorge Luiz Pinto
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2010 Português
Relevância na Pesquisa
121.82149%
A freqüência e distribuição das espécies de flebotomíneos foram estudadas no Município de Barreirinhas, Maranhão, Brasil, no entorno do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, no período de janeiro a junho/2005, agosto/2004, julho/2005 e setembro/2008. Foram capturados 6.658 indivíduos distribuídos em dez espécies. As mais freqüentes foram Lutzomyia whitmani (46,6%), L. longipalpis (29,9%), L. evandroi (17,1%) e L. lenti (4,8%), enquanto L. termitophila, L. flaviscutellata, L. migonei, L. infraspinosa, L. sordellii, L. wellcomei, L. antunesi e L. trinidadensis representaram juntas 1,6% da amostra total. A presença de espécies transmissoras de Leishmania justifica o elevado coeficiente de detecção de leishmaniose tegumentar nos anos de 2000 (308,2), 2001 (310,9), 2002 (338,2) e 2005 (313,6) e focos ativos de leishmaniose visceral humana, no Município de Barreirinhas.