Página 1 dos resultados de 142 itens digitais encontrados em 0.001 segundos
Resultados filtrados por Publicador: Universidade Federal de Pernambuco

Extração e caracterização de pectinas por método químico, inflavermelho e HPLC - ELSD

Barboza, Marianne de Lima
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
Português
Relevância na Pesquisa
38.037961%
Este trabalho consiste numa abordagem metodológica de caracterização visando a viabilização de fontes naturais de pectina. Utilizou-se o mesocarpo da melancia (e demais frutos tropicais) como fonte de pectinas para demonstrar a caracterização estrutural por distintos métodos analíticos, considerando desde a etapa de extração até a caracterização estrutural. Foi avaliado o potencial do ácido cítrico e do HCl, em diferentes forças, em temperaturas distintas sobre o rendimento de extração (%) e o grau de metoxilação GM (%). Verificou-se também a influência da cadeia carbônica do álcool durante a precipitação de pectinas isoladas. Os métodos de caracterização estrutural de pectinas (padrões e extraídas de diversas frutas) foram o titulométrico, infravermelho e HPLC acoplado a detecção pelo espalhamento de luz (ELSD). A determinação do GM por infravermelho (IV) foi obtida a partir dos valores de absorbância das bandas 1750 cm-1 e 1650 cm-1. Para determinação por HPLC foram avaliadas as fases estacionárias (ODS-2 e Hiplex) e fases móveis diferenciadas para otimizar a separação e detecção. As melhores condições foram ajustadas ao uso da fase estacionária Hiplex em fase móvel H2SO4 50 mM. As condições de desesterificação dos padrões comerciais de pectinas foram ajustadas variando a força do NaOH...

Isolamento da pectina em frutos e sua caracterização por espectroscopia e infravermelho

Lima, Marianne de Souza
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
Português
Relevância na Pesquisa
27.869187%
Pectinas são hidrocolóides naturais encontrados em plantas superiores. 0 procedimento de extração ainda suscita duvidas quanto a adequabilidade devido influencia d as condições de pH, natureza do acido, tempo de aquecimento, e do tipo do álcool precipitante. 0 objetivo deste trabalho foi otimizar a metodologia de extração e isolamento de pectinas, bem como a caracterização em frutos, utilizando principais bandas de absorção do infravermelho. Foi utilizado um planejamento fatorial 23 , com as seguintes variáveis independentes: pH; tempo de aquecimento e tipo de álcool em mesocarpo de laranja e goiaba. Para caracterizar frutos foram estrategicamente estudados frutos, que rendem boa geleia (grupo I), e aqueles que variam em composição química, contem fibra (grupo II) e contem amido (grupo III). As variáveis estudadas foram rendimento (%) e grau de metoxilação (%) da pectina. 0s dados foram analisados através de analise de variância e comparadas pelo teste de Duncam ao nível de 5% de significância. 0 grau de metoxilação da pectina isolada do mesocarpo da laranja variou de 60, 95 para 70,91% e foi influenciado linearmente pelas três variáveis independentes. Enquanto o rendimento variou de 3...