Página 1 dos resultados de 409 itens digitais encontrados em 0.022 segundos

Processo de implantação da política nacional de saúde do idoso no RS : a percepção dos atores envolvidos

Nunes, Priscila Saraiva
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
85.9%
Este trabalho objetiva descrever como esta sendo implementada a Política Nacional de Saúde do Idoso no Rio Grande do Sul sob a ótica dos atores envolvidos nesse processo. A pesquisa com abordagem qualitativa utilizou-se da pesquisa documental e de entrevistas semi-estruturadas, foi realizada no ano de 2006 no Rio Grande do Sul. Ficou constatado que os atores classificam como Ineficazes as ações implementadas para prestar assistência a essa população, negativa é a maneira como é vista por 50% dos atores a implementação e implantação dessa política e os outros 50% apesar de identificarem problemas nesta fase a considera positiva, que as opiniões acerca da consonância da assistência com a PNSI se dividem, pois 50% acreditam que elas são adequadas e os outros 50% classificam as como inadequadas e por fim, que todos os atores estão de acordo com o funcionamento e estrutura desta política. É fundamental conhecer as opiniões e percepções dessas pessoas, que atuam fazendo parte desse processo, podendo em algumas ocasiões interferir nos resultados esperados trazendo avanços ou retrocesso nesta fase de suma importância para a população idosa que é a implementação da PNSI.; This objective work to describe as this being implemented the National Politics of Health of the Aged one in the Rio Grande Do Sul under the optics of the involved actors in this process. The research with qualitative boarding was used of the documentary research and of half-structuralized interviews...

Envelhecimento ativo, capacidade funcional e atividade física: análise de fatores que contextualizam o processo de envelhecimento e sua percepção por parte de pessoas idosas

Pinto, Paulo Ferreira
Fonte: Faculdade de Ciências Médicas Publicador: Faculdade de Ciências Médicas
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
76.1%
RESUMO: O envelhecimento populacional saudável ocupa parte da agenda do processo do envelhecimento humano, retratando uma preocupação social com repercussões nas economias societárias. O processo de envelhecimento, quando abordado fora do paradigma do envelhecimento saudável, desconsidera socialmente o potencial humano das pessoas idosas, promovendo a segregação e motivando atitudes de preconceito e discriminação, além de desperdiçar a experiência, o saber, a cultura e a capacidade de participação da pessoa idosa como contributo para a sociedade a que ela está inserida. O foco central da Política Nacional de Saúde do Idoso brasileira se inscreve na promoção de um envelhecimento saudável, nomeadamente por meio da manutenção da capacidade funcional ao valorizar a autonomia, a independência física e a integridade mental da pessoa idosa. O desafio para a viabilização do processo de envelhecimento ativo e bem-sucedido consiste na maximização das capacidades, potencialidades e recursos pessoais, comunitários e políticos. Pressupõe, também, uma concepção ampliada de viver, contextualizada no contínuo da vida, capaz de externar a preocupação com a saúde e o bem-estar, integrando as pessoas em fase de envelhecimento no contexto do ciclo de vida. Diante do exposto...

Desigualdade social e saúde entre idosos brasileiros: um estudo baseado na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios

Lima-Costa,Maria Fernanda; Barreto,Sandhi; Giatti,Luana; Uchôa,Elizabeth
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2003 Português
Relevância na Pesquisa
85.9%
A influência da situação sócio-econômica sobre a saúde dos idosos é controversa. Nós utilizamos dados da PNAD 1998 para examinar esta influência em uma amostra de 19.068 idosos representativos da população brasileira com ³ 65 anos de idade. Aqueles com renda domiciliar per capita situada no quintil mais baixo foram comparados àqueles com renda mais alta (< 0,67 e ³ 0,67 salários mínimos). Os idosos com renda mais baixa apresentaram piores condições de saúde (pior percepção da saúde, interrupção de atividades por problemas de saúde, ter estado acamado e relato de algumas doenças crônicas), pior função física (avaliada através de seis indicadores) e menor uso de serviços de saúde (menor procura e menos visitas a médicos e dentistas). Esses resultados não confirmam observações realizadas em alguns países desenvolvidos quanto à ausência de associação entre o nível sócio-econômico e a saúde do idoso. Ao contrário, os resultados deste trabalho mostram que mesmo pequenas diferenças na renda domiciliar são suficientemente sensíveis para identificar idosos com piores condições de saúde e menor acesso aos serviços de saúde no Brasil.

Alta hospitalar de pacientes idosos: necessidades e desafios do cuidado contínuo

Flesch,Letícia Decimo; Araujo,Tereza Cristina Cavalcanti Ferreira de
Fonte: Programa de Pós-graduação em Psicologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte Publicador: Programa de Pós-graduação em Psicologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2014 Português
Relevância na Pesquisa
75.8%
No Brasil, o crescimento da longevidade tem aumentado a prevalência de doenças crônico-degenerativas, as quais podem ocasionar dependência funcional e exigir hospitalizações repetitivas. Especificamente, esta investigação visou conhecer e analisar a percepção de idosos sobre a alta hospitalar, definida como transição hospital-domicílio. A amostra foi constituída por 30 pacientes idosos recrutados em um hospital da rede pública. Antes da alta (internação) e após a alta (domicílio), aplicou-se o Questionário de Continuidade de Cuidado do Paciente, traduzido e adaptado. Verificaram-se correlações significativas entre as subescalas do instrumento. Os resultados reafirmaram a importância do planejamento e da coordenação da alta hospitalar para assegurar continuidade dos cuidados e propiciar atenção integral no campo da Saúde do Idoso. Recomenda-se a validação do instrumento adotado, no intuito de possibilitar estudos multicêntricos.

Dificuldades e benefícios com o uso de prótese auditiva: percepção do idoso e sua família

Miranda,Elisiane Crestani de; Calais,Lucila Leal; Vieira,Eliara Pinto; Carvalho,Laura Maria Araújo de; Borges,Alda Christina Lopes de Carvalho; Iorio,Maria Cecília Martinelli
Fonte: Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 Português
Relevância na Pesquisa
76.04%
OBJETIVO: Caracterizar a percepção do idoso e do familiar sobre as dificuldades e os benefícios vivenciados pelo idoso, no processo inicial de adaptação ao uso de prótese auditiva. MÉTODOS: A amostra foi constituída por 31 idosos com perda auditiva neurossensorial de grau leve a moderadamente severo bilateral, no início do processo de adaptação às próteses auditivas. Foi aplicado um questionário para o idoso e outro para o familiar, contendo perguntas sobre os benefícios e as dificuldades encontradas com o uso da amplificação. RESULTADOS: Com relação às dificuldades, verificou-se que houve concordância estatisticamente significante entre a resposta do paciente e do seu familiar, apenas para a opção "conversar em ambiente ruidoso". Com relação aos benefícios, não houve concordância em nenhuma das opções de resposta. CONCLUSÃO: Não houve concordância entre a percepção do idoso e do familiar sobre as dificuldades e benefícios com o uso das próteses auditivas, na etapa inicial do processo de adaptação. É necessário, portanto, orientação adequada para o usuário de próteses auditivas e, também, para os familiares que poderão auxiliar o idoso neste processo.

Percepção de idosos sobre grupo de convivência: estudo na cidade de Cajazeiras-PB

Andrade,Ankilma do Nascimento; Nascimento,Maria Mônica Paulino do; Oliveira,Marina Maria Duarte de; Queiroga,Roseanny Marques de; Fonseca,Fernando Luiz Affonso; Lacerda,Sheylla Nadjane Batista; Adami,Fernando
Fonte: Universidade do Estado do Rio Janeiro Publicador: Universidade do Estado do Rio Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2014 Português
Relevância na Pesquisa
75.7%
Objetivo: investigar percepções de idosos sobre grupos de convivência. Método: estudo exploratório, com abordagem qualitativa, realizado em seis grupos de convivência da cidade de Cajazeiras-PB, Brasil, no período de setembro a outubro de 2010, utilizando a técnica de discurso do sujeito coletivo. Resultados: dos 60 participantes deste estudo, 48 (80%) eram mulheres, 21 (35%) tinham entre 65 e 69 anos, 30 (50%) eram viúvos, 46 (77%) aposentados, 32 (53%) não concluíram o ensino fundamental, 40 (67%) moravam acompanhados de familiares, 25 (42%) tinham entre seis e dez anos de participação nos grupos, 33 (55%) participavam espontaneamente e 30 (50%) apontaram a dança como a melhor atividade desenvolvida no grupo. Diante dos questionamentos, foram obtidas as ideias centrais e os discursos coletivos representados por três temas: razões/motivos para idosos buscarem grupos de convivência; importância dos encontros com o grupo para os idosos; mudanças ocorridas na vida após o ingresso no grupo. Dos temas, foram extraídas as ideias centrais: solidão, lazer, convivência, liberdade, mudou tudo, vontade de viver. Conclusão: Os grupos proporcionam ganhos para os idosos...

Percepção dos estudantes sobre o idoso e seus direitos: o caso da saúde

Moreira,Rodrigo Silva Paredes; Alves,Maria do Socorro Costa Feitosa; Silva,Antonia Oliveira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2009 Português
Relevância na Pesquisa
86.16%
Trata-se de um estudo retrospectivo que tem os objetivos de verificar a percepção dos estudantes universitários sobre o idoso e seus direitos, e averiguar o conhecimento acerca dos direitos do idoso. Participaram deste estudo 63 estudantes de diferentes curso (ambos os sexos), no âmbito acadêmico. Utilizou-se para coleta de informações uma entrevista semi-estruturada centrada em questões pertinentes aos direitos do idoso e ser idoso. Os dados foram analisados com a técnica de análise de conteúdo temática. Os resultados são apresentados em categorias e são interpretados amparados na Constituição Federal, Código Civil Brasileiro e Política Nacional do Idoso, em particular, os direitos à saúde. Os resultados apontaram percepções negativas dos estudantes acerca do idoso e pouco conhecimento sobre os direitos do idoso, em particular os mais amplos, como: receber medicação especial, ser atendido nos hospitais prioritariamente, não sofrer constrangimentos nos serviços públicos de saúde, direito integral a saúde, entre outros.

Caracterização das condições socioculturais, econômicas e de saúde do idoso em município de cultura predominantemente germânica no Rio Grande do Sul

Wittmann, Cristiane Luci Weber
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
86.02%
Introdução: A investigação do perfil sócio-cultural, econômico e de saúde do idoso atual, em âmbito municipal, é de importância indiscutível no subsídio de políticas públicas que busquem a longevidade com qualidade de vida. Objetivos: O estudo buscou analisar a multidimensionalidade da vida do idoso da cidade de Picada Café, Rio Grande do Sul, Brasil, município de cultura predominantemente germânica em sua origem, identificando as condições sócio-culturais, econômicas e de saúde e sua associação com a qualidade de vida, com vistas à implantação de ações, programas e políticas voltadas a ele, qualificando seu atendimento e propiciando sua integração social. Metodologia: O delineamento foi do tipo transversal, descritivo, comparativo e inferencial. A amostra compreendeu a totalidade dos idosos de ambos os sexos, residentes na cidade de Picada Café, com sessenta anos ou mais, completos até a data de 30/06/2005, sendo constituído por 601 sujeitos. Os dados foram coletados a partir da aplicação de entrevista estruturada e devidamente armazenados nos prontuários individuais do Banco de Dados da Secretaria Municipal da Saúde, Meio Ambiente e Ação Social do Município de Picada Café. Os dados levantados dos prontuários dos sujeitos incluídos na pesquisa foram transcritos para planilhas do aplicativo SPSS...

Relação entre ambiente familiar e capacidade funcional de idosos residentes no município de Jequié-BA

Reis, Luciana Araújo dos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde; Ciências da Saúde Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde; Ciências da Saúde
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
76%
(Objective) Assess the functional capacity and determine the difference between the means of functional capacity (basic and instrumental activities of daily living) and the age groups of elderly residents in an outlying area in the hinterland of Bahia/Northeast of Brazil. (Methods) Analytical study with cross-sectional design and a sample of 150 elderly individuals enrolled in four Health Units in the municipality of Jequié, Bahia, Brazil. The instrument consisted of sociodemographic and health data, the Barthel Index and the Lawton scale. (Results) In all, 78.00% of the elderly were classified as dependent in the basic activities and 65.33% in the instrumental activities of daily living. Using the Kruskal- Wallis test, we found a statistically significant difference between the means of instrumental activities and the age groups (p= 0.011). (Conclusion) An elevated number of elderly were classified as dependent in terms of functional capacity and increased age is related to greater impairment in the execution of instrumental activities of daily living; Objetivo: O propósito dessa investigação foi analisar a relação entre ambiente familiar e capacidade funcional de idosos residentes em domicílio. Métodos: Trata-se de uma pesquisa do tipo analítica com delineamento transversal e abordagem quantitativa...

Saúde bucal de idosos institucionalizados no Brasil

Piuvezam, Grasiela
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde; Ciências da Saúde Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde; Ciências da Saúde
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
76%
O propósito dessa investigação foi o de estudar as situações objetivas e de auto-percepção em saúde bucal de idosos residentes em Instituições de Longa Permanência de Idosos (ILPIS) distribuídos em 11 municípios pertencentes as 5 regiões geográficas do Brasil. Metodologia: Trata-se de estudo seccional através de um censo com idosos institucionalizados no Brasil. Foram avaliados 1192 indivíduos, residentes em 36 Instituições de Longa Permanência de Idosos (ILPIS), distribuídas em 11 municípios. Deste universo, 587 (49,2%) responderam ao GOHAI. Foi aplicado questionário com questões subjetivas e sobre o comportamento em saúde bucal, além de levantamento epidemiológico seguindo critérios da Organização Mundial da Saúde (OMS). Foram realizados os testes de Mann-Whitney, Kruskal-Wallis, Exato de Fisher, Qui-quadrado e Regressão logística múltipla. Resultados: A idade média foi de 74,98 (+ 9,5). Destes, 51,4% (302) eram do sexo masculino e 152 (25,9) apresentavam alguma dependência. A média do CPOD foi de 28,8 (+ 5,5) e 54,5% (320) dos idosos eram edêntulos. Constatouse que 54,2% (318) e 74,1% (435) não usam nenhum tipo de prótese superior e inferior, respectivamente. O CPI e PIP mostraram que 64,4% (378) apresentaram todos os sextantes excluídos. O GOHAI mostrou que 75% (440) dos indivíduos apresentava auto-percepção positiva em saúde bucal. As variáveis última visita ao dentista (RP ajust=4...

Percepção e realidade da política de atenção à saúde do idoso nas equipes de profissionais do programa de saúde da família do estado da Paraíba

Oliveira, Maria das Mercês
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde; Ciências da Saúde Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde; Ciências da Saúde
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
116.16%
Investigar os fatores relacionados á percepção que os profissionais das equipes do Programa de Saúde da Família (PSF) possuem frente à realidade da política de atenção à saúde do idoso nas Unidades Básicas de Saúde dos municípios litorâneos do Estado da Paraíba. Trata-se de um estudo observacional descritivo com uma amostra constituída por 120 profissionais de saúde de três categorias distintas (enfermeiro, médico e odontólogo), sendo 104 respondentes como profissionais e 16 respondentes como coordenadores de equipes. A coleta de dados foi realizada através de um questionário auto-aplicável de avaliação fechada e de questões de múltiplas escolhas. Os dados foram processados e armazenados no Programa Estatístico SPSS versão 15.0 e analisados à luz da estatística descritiva. Os resultados indicaram que os profissionais tiveram dificuldade em perceber a realidade da política integral e integrada de saúde do idoso junto aos serviços de saúde em que atuam. O estudo revelou ainda a necessidade de uma definição de estratégias para qualificação dos profissionais garantindo à atenção integral à saúde do idoso sob uma nova visão de atuação

Qualidade de vida, funcionalidade e morbidade referida : avaliação em idosos na atenção básica de saúde

Mata, Adala Nayana de Sousa
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde; Ciências da Saúde Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde; Ciências da Saúde
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
75.83%
Demographic and epidemiological transformations have led to an increase in elderly populations in the world, and chronic diseases become the main health problem in this population, with consequences for the independence and autonomy, and interfering in the lifestyle and daily activities, and may decrease the welfare and quality of life. So, there is an urgent need for multidisciplinary research on the quality of life, understood as a multidimensional and subjective concept, as well as the associated factors, such as health habits, presence of chronic conditions and functional capacity. Thus, In qualitative terms, the Article 1 provides an assessment and perception of the elderly about their quality of life. Article 2, in turn, presents the results of more extensive quantitative research, which can be seen that age, presence of chronic diseases and depression were associated with the quality of life. Thus, we discuss the need for action was planning and health strategies, with interdisciplinary approach, considering the environmental context and reality of family elders, promoting quality in the process of aging; Transformações demográficas e epidemiológicas levaram a um aumento na população de idosos no mundo, e tornaram as doenças crônicas o principal problema de saúde nessa população...

O cuidador familiar do idoso com alzheimer: percepções e sentimentos

Goes, Pryscila Araújo de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva; Saúde Pública Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva; Saúde Pública
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
76.22%
The Brazilian Constitution maintains that care for elderly people is a responsibility shared by the state, the family and the society. The politics for the elderly corroborate this understanding and treats home as a privileged place for elderly care taking. This determines the participation of the familiar as a caregiver, but highlights the lack of strategic assistance for the needs of the relative caregiver who feels helplessly and unattended in their responsibility for elderly homecare. In recent years , despite the recently pursuit for health and life quality, there is an increasing incidence of elderly patients with dementia diseases that lead to disability, the most common among then is the Alzheimer´s disease. This disease affects seriously and irreversibly cognition, memory and independence of the elderly, making it dependent on others to perform basic activities of daily life, for all his life. The present study aims to evaluate the perceptions and feelings of family caregivers of elders with Alzheimer on the role of caregiver. This is a qualitative study conducted with family caregivers of seniors with Alzheimer´s, caregivers linked to the group of the Specialized Care Center of the Elderly´s Health, located in Natal / RN. Through semi-structured interview research sought to investigate the perceptions of family caregivers on the role of caregiver...

Ambiência de uma emergência hospitalar para o cuidado ao idoso: percepção dos profissionais de enfermagem

Nascimento,Eliane Regina Pereira do; Silva,Sabrina Guterres da; Souza,Bruna Caroline de; Souza,Djeisa Débora de; Germer Netto,Arno
Fonte: Universidade Federal do Rio de Janeiro Publicador: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2015 Português
Relevância na Pesquisa
85.96%
O objetivo deste estudo foi conhecer como os profissionais de enfermagem percebem a ambiência de uma emergência hospitalar para o cuidado ao idoso. Trata-se de uma pesquisa exploratório-descritiva, com abordagem qualitativa, realizada com 15 profissionais de enfermagem da emergência de um hospital geral em Santa Catarina, Brasil. Os dados foram coletados no mês de junho de 2013, mediante entrevista semiestruturada. Para análise se utilizou o Discurso do Sujeito Coletivo (DSC). Três Ideias Centrais foram identificadas: Estrutura física inadequada para o atendimento ao idoso; Quantitativo insuficiente de pessoal para atender a demanda e Necessidade de agilidade no atendimento e encaminhamento do idoso. Conclusão: Os resultados apontam que a ambiência do serviço de emergência, contexto do estudo, está aquém do esperado para proporcionar um cuidado adequado aos idosos. Os participantes apontam como sugestões o menor tempo de permanência do idoso na unidade e adequações relacionadas à estrutura física e ao quantitativo de profissionais.

Perfil nutricional de participante da campanha nacional de vacinação do idoso em um centro de saúde escola do município de Sâo Paulo; Nutritional profile of elderly vaccination campaign participants in a health unit in São Paulo

VIEIRA, Viviane Laudelino; FAVA, Danielle Bonfim das Chagas; KOMATSU, Tiemy Rosana; ANDRADE, Samantha Caesar de; CERVATO-MANCUSO, Ana Maria; TANAKA, Ana Cristina D'Andretta
Fonte: Porto Alegre Publicador: Porto Alegre
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
75.94%
Objetivo: Caracterizar os idosos participantes da Campanha Nacional de Vacinação quanto aos aspectos relacionados à nutrição. Método: Estudo transversal realizado com 367 indivíduos durante a 10ª Campanha Nacional de Vacinação do Idoso na Centro de Saúde Escola Geraldo de Paula Souza, no Município de São Paulo. O estudo conteve variáveis sociodemográficas relativas a percepção do estado nutricional, consumo de grupos de alimentos, número de refeições, consumo de bebidas alcoólicas e prática de atividade física. Realizou-se o teste qui-quadrado, com nível de significância indicado por p<0,05. Resultados: O consumo dos grupos de alimentos analisados foi considerado adequado para pelo menos 85 por cento dos idosos. Com relação aos líquidos, 34,8 por cento consomem mais do que 1000ml. Com relação ao consumo de bebidas alcoolicas, observa-se que 38,2 por cento dos entrevistados consumiram-na nos últimos três meses, sendo que destes 7,1 por cento consumiram mais de 3 vezes por semana. Houve associação positiva entre consumo de bebidas alc´´olicas e o sexo masculino (p<0,01). Conclusões: Esta população apresentou, em sua maioria, consumo alimentar adequado ao mínimo que foi proposto neste estudo e ausência de problemas de perda de peso ou diminuição da alimentação. Pode-se observar que...

"Qualidade de vida do idoso: construção de um instrumento de avaliação através do método do impacto clínico" ; "Quality of life of the elderly: constructing an instrument for assessment by means of the clinical impact method"

Paschoal, Sergio Marcio Pacheco
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 02/02/2005 Português
Relevância na Pesquisa
75.95%
Medir qualidade de vida na velhice é um processo difícil, não só por causa da complexidade e subjetividade do constructo Qualidade de Vida, mas, também, por causa da heterogeneidade da Velhice. Além disso, a dificuldade é ainda maior, pois há paucidade de instrumentos construídos especificamente para essa faixa etária, nenhum deles adaptado ao nosso contexto sócio-cultural. A construção de um instrumento é complexa e demorada. São inúmeras etapas a vencer. Previamente a esse trabalho, partindo do constructo que desejava medir, Qualidade de Vida na Velhice, o pesquisador optou por conhecer o quanto os idosos realizam do que consideram importante para suas vidas e se isso corresponde ao grau de satisfação/insatisfação com suas vidas. O valor do constructo é a diferença entre a importância atribuída a cada item e o quanto vivencia daquele item. Optou, a seguir, pela metodologia clinimétrica de construção de instrumentos, escolhendo o Método do Impacto Clínico. Depois, através de entrevistas com idosos de um programa de promoção de saúde, levantou a multidimensionalidade do constructo, os determinantes de boa e má qualidade de vida na velhice, medos e desejos, selecionando 139 itens, todos relevantes para a Qualidade de Vida na Velhice. No presente trabalho...

Idosos e filhos cuidadores em uma comunidade do sul do Brasil: perfil e percepções de saúde

Rosales, Rita Arim
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
86.03%
Dissertação(mestrado) - Universidade Federal do Rio Grande, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Escola de Enfermagem, 2012.; Esta dissertação teve como objetivo geral conhecer o perfil e percepção de saúde de idosos e filhos cuidadores de uma comunidade do sul do Brasil. Os objetivos específicos foram (a) caracterizar o perfil dos idosos e de seus filhos cuidadores, (b) conhecer as percepções destes filhos acerca das condições de saúde de seus genitores. Trata-se de um estudo de campo, exploratório, descritivo, com abordagem mista. Os dados foram coletados através de entrevista orientada por um roteiro com parte estruturada e semiestruturada. Este foi elaborado a partir do protocolo de pesquisa denominado Filial Responsibilitye submetido a um pré-teste a fim de ser validado quanto ao alcance dos objetivos. A identificação de 38 possíveis participantes ocorreu no núcleo de atendimento da Estratégia de Saúde da Família (ESF) por meio da colaboração dos Agentes Comunitário e as 26 entrevistas gravadas efetuaram-se no período de julho a novembro de 2011, nas residências dos sujeitos; 12 não foram encontrados e não houve negativa para a participação no estudo. A análise dos dados dividiu-se em duas etapas: na primeira utilizou-se a estatística descritiva e os resultados foram apresentados por meio de frequência absoluta. A interpretação ocorreu por meio de interlocução dos dados com os autores que produziram acerca do tema estudado. Na segunda os dados foram estudados utilizando a análise de conteúdo de Bardin. Verificou-se que dentre os filhos cuidadores de pais idosos há predominância de mulheres com idades entre 41 e 70 anos...

Uso de sonda vesical de demora suprapúbica em idosos de um serviço de referência em saúde do idoso do Distrito Federal

Assis, Christiane Florêncio de; Lima, Ester Cassemiro Rodrigues de
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: Texto
Português
Relevância na Pesquisa
75.92%
O trato urinário inferior apresenta alterações relacionadas ao envelhecimento, tais alterações podem ocorrer mesmo na ausência de doenças. A Sondagem Vesical de Demora Suprapúbica é um método para estabelecer a drenagem da bexiga através inserção de um cateter por via percutânea ou por incisão da parede abdominal anterior dentro da bexiga, sendo indicada em casos de incontinência urinária, após o trauma e/ ou cirurgias uretrais, pélvicas e patologias relacionadas à próstata. O presente estudo tem como objetivo investigar os cuidados dos idosos em relação à sondagem vesical de demora suprapúbica de um serviço de referência em saúde do idoso do Distrito Federal. Abordou métodos qualitativo descritivo, exploratório utilizando como instrumento de coleta de dados questionário estruturado para entrevista constituído de questões abertas e fechadas. A análise dos dados foi realizada seguindo o método de Bardin, identificando os cuidados, a percepção e as complicações do idoso em relação ao uso da sonda. Concluindo que é preciso adotar uma abordagem mais resolutiva no cuidado de enfermagem quanto à técnica da sondagem e a prevenção das complicações, buscando a atualização através de pesquisas a sobre da sondagem vesical de demora suprapúbica; The lower urinary tract presents age-related changes...

Atividade Física: uma perspectiva de promoção da saúde do idoso no município de Florianópolis; Physical activity: a perspective of health promotion among the elderly in Florianopolis country

Benedetti, Tânia Rosane Bertoldo; UFSC/CDS/Nucidh
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; "Artigo Não Avaliado por Pares"; Descritiva correlacioal Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 12/06/2006 Português
Relevância na Pesquisa
86.11%
A pesquisa teve como objetivos verificar a relação entre o nível de atividade física e as condições de vida e saúde dos idosos residentes em Florianópolis,SC e propor diretrizes para programas e ações públicas de atividades físicas voltadas à população idosa. A amostra, do tipo probabilística com seleção aleatória estratificada por setor censitário, distrito e sexo, totalizou 875 idosos, com média de idade de 71,6 anos (dp=7,9). Os dados foram colhidos por IPAQ (Questionário Internacional de Atividades Físicas) e analisados, associados aos da pesquisa de Perfil dos Idosos de Florianópolis, SC, obtidos por BOAS (Brazilian Old Age Schedule). Incluem dados complementares aqueles obtidos em programas de idosos de municípios europeus e aqueles relativos aos serviços existentes em Florianópolis. A análise pela Associação de Correspondência Múltipla considerou as variáveis de condição de vida e saúde e variável atividade física(AF) semanal em dois níveis: idosos menos ativos (menos de 150 minutos); idosos mais ativos (150 minutos ou mais). Resultados: 59,3% eram os idosos mais ativos, sendo os homens mais ativos no domínio do lazer, enquanto as mulheres, nas tarefas domésticas. A maioria residia com o cônjuge e em 18...

Desigualdade social e saúde entre idosos brasileiros: um estudo baseado na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios

Lima-Costa,Maria Fernanda; Barreto,Sandhi; Giatti,Luana; Uchôa,Elizabeth
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/05/2003 Português
Relevância na Pesquisa
85.9%
A influência da situação sócio-econômica sobre a saúde dos idosos é controversa. Nós utilizamos dados da PNAD 1998 para examinar esta influência em uma amostra de 19.068 idosos representativos da população brasileira com ³ 65 anos de idade. Aqueles com renda domiciliar per capita situada no quintil mais baixo foram comparados àqueles com renda mais alta (< 0,67 e ³ 0,67 salários mínimos). Os idosos com renda mais baixa apresentaram piores condições de saúde (pior percepção da saúde, interrupção de atividades por problemas de saúde, ter estado acamado e relato de algumas doenças crônicas), pior função física (avaliada através de seis indicadores) e menor uso de serviços de saúde (menor procura e menos visitas a médicos e dentistas). Esses resultados não confirmam observações realizadas em alguns países desenvolvidos quanto à ausência de associação entre o nível sócio-econômico e a saúde do idoso. Ao contrário, os resultados deste trabalho mostram que mesmo pequenas diferenças na renda domiciliar são suficientemente sensíveis para identificar idosos com piores condições de saúde e menor acesso aos serviços de saúde no Brasil.