Página 1 dos resultados de 284 itens digitais encontrados em 0.010 segundos

Política energética e desigualdades regionais na economia brasileira; Energy policy and regional inequalities in the Brazilian economy

Santos, Gervásio Ferreira dos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/02/2010 Português
Relevância na Pesquisa
68.19787%
O objetivo desta tese é avaliar os impactos regionais de longo prazo da política tarifária do setor elétrico brasileiro. As reformas estruturais neste setor determinaram o surgimento de duas diferentes tendências de distribuição espacial das tarifas de energia elétrica entre os estados brasileiros: uma de convergência e outra de dispersão espacial. A disparidade regional das tarifas no período recente vem sendo influenciada pelas características espaciais da economia brasileira, dentre as quais a elevada concentração espacial e distribuição hierárquica de grandes mercados no espaço. Nesse sentido, os diferenciais de preços de energia elétrica tendem a ser causados pelos diferenciais de tamanho de mercado, os quais fornecem diferentes condições para a obtenção de economias de escala pelas companhias de distribuição de energia elétrica. Com base nesses elementos e na evidência de que o produto energia elétrica é um insumo importante no processo produtivo, foi construído um modelo Interregional de Equilíbrio Geral Computável para análise de política energética. As simulações mostraram evidências de que as ligações de insumo-produto, a heterogeneidade espacial da intensidade de energia elétrica e os diferenciais regionais de substituição energética estão entre os principais determinantes dos impactos espaciais da variação no preço da energia elétrica. Por outro lado...

A energia renovável na matriz energética brasileira

Capriglione, Paulo Sérgio
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
58.13903%
No Brasil, a participação das fontes renováveis na matriz energética sempre foi muito alta. Este arranjo torna o Brasil um caso único, quando comparado com outros países de porte econômico e renda média equivalentes às suas e permite prever que esta opção de planejamento energético, iniciada na década de 50, trará vantagens comparativas que poderão vir a beneficiá-lo no longo prazo. Esta constatação motivou a elaboração deste trabalho, cujo objetivo principal é avaliar a evolução da energia renovável na matriz energética brasileira desde 1940, comparando-a com a de outros países. Uma das ferramentas utilizadas para entender a influência da energia renovável na matriz energética brasileira foi a elaboração de um modelo de regressão entre a demanda anual de energia e o Produto Interno Bruto neste período. Os resultados obtidos permitiram mapear estes impactos, bem como determinar a relação de causalidade entre as variáveis de interesse. Como subproduto desta análise, calculou-se a elasticidade energia - PIB, que trouxe algumas conclusões interessantes e importantes para a definição dos parâmetros com vistas a subsidiar as previsões de investimento de longo prazo no setor elétrico.

Arranjos institucionais da exploração de energia renovável do Brasil : uma análise de aspectos da sustentabilidade das fontes hidráulica e eólica

Müller, William Davis Teixeira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
58.08057%
O modelo de interação entre a economia e o meio ambiente começou a mostrar sinais de insustentabilidade em meados do século XX. Com o objetivo de amenizar as interferências antrópicas na biosfera, diversos fóruns internacionais foram estabelecidos, proporcionando discussões de nível técnico e político em prol de um objetivo de longo prazo: conservar os recursos naturais para as gerações futuras. O Brasil, inserido neste contexto global, deve elaborar políticas alinhadas com esse planejamento, e, sendo assim, o objetivo deste trabalho é analisar os arranjos institucionais afetos à exploração energética do Brasil, discutindo aspectos da sustentabilidade da exploração de energia renovável. Os objetivos específicos são caracterizar os arranjos institucionais afetos à exploração da matriz energética, a partir da ótica da Nova Economia Institucional; identificar as fontes de energia renovável atualmente exploradas e discutir aspectos da sustentabilidade da exploração dessas energias. A metodologia constou de uma análise de documentos, legislações e estudos sobre o segmento energético. Neste contexto, entende-se que as políticas nacionais de exploração de energia renovável decorrem dos acordos internacionais...

Politica energetica e desenvolvimento sustentavel : taxa sobre o carbono para mitigação de gases de efeito estufa no Brasil

Miriam Liliana Hinostroza Suarez
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/08/2000 Português
Relevância na Pesquisa
58.02966%
Ao se aceitar a insustentabilidade da falha do modelo de desenvolvimento ocidental, propostas alternativas de desenvolvimento têm surgido, e o conceito de desenvolvimento sustentável estabeleceu-se como o novo paradigma de desenvolvimento humano. O conceito abrange vários aspectos, entre eles o combate à intensificação do efeito estufa, pelas atividade antrópicas, a qual estaria provocando aquecimento global e mudanças climáticas. Para isso, foi estabelecido o Protocolo de Kyoto no qual diversos países estão comprometidos a reduzir suas emissões de GEE. Entre outros mecanismos para efetuar tal redução, os instrumentos de política de mudanças climáticas baseados no mercado, tais como taxas sobre o carbono e a energia, são bastante difundidos como meios eficientes para estimular melhoras no uso eficiente da energia. Esta tese discute aspectos relacionados à aplicação desse instrumento no Brasil, visando reduzir as emissões de GEE, e tenta demonstrar que, do modo como as instituições estão estruturadas, tal instrumento não alcançaria seu objetivo. Contribui-se, dessa forma, com a discussão da harmonização das políticas ambientais e energéticas. Para tal, elabora-se um modelo que permite saber os montantes de arrecadação que seriam obtidos através da imposição de uma taxa sobre o carbono - taxa-c. Considera-se o modelo como ferramenta útil na discussão de políticas ambientais visando a mitigação dos GEE; It is of general consensus that unsustainability is a proof of the current development model failure which allowed altemative development proposals to come out. Thus...

Produção de energia elétrica por fonte eólica no Brasil e aspectos de seu impacto na região Nordeste e Rio Grande do Norte; Electricit production in wind power in Brazil and its aspects impact on Northeast region and Rio Grande do Norte State

Luziene Dantas de Macedo
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/02/2015 Português
Relevância na Pesquisa
58.383047%
Esta tese tem como objetivo explicar a presença do setor eólica na região Nordeste, em geral, e no Rio Grande do Norte, em particular, explorando as oportunidades de negócios que a atividade engendra. Para tanto, retoma o debate sobre o planejamento setorial elaborado no âmbito da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), buscando averiguar o sentido dos estudos e pesquisas para efeito de implantação de políticas específicas no campo da inserção das novas fontes renováveis para geração de eletricidade, bem como trata de aspectos ligados à inovação tecnológica do setor eólico no mundo e no Brasil. A tese está estruturada em seis capítulos que discorrem sobre o sentido dessa atividade no país e sobre as políticas específicas e de inovação que o setor vem desenvolvendo. Por meio de um estudo teórico-empírico, envolvendo levantamento bibliográfico e de documentos oficiais, além da coleta de dados secundários, pode-se apontar os seguintes resultados: i) a capacidade instalada de geração de energia elétrica por fonte eólica, no mundo, em 2013, é liderada por China, EUA, Alemanha, Espanha e Índia. Os países em desenvolvimento vêm investindo em novas alternativas tecnológicas no campo da energia, cuja tendência para os próximos anos é sustentar taxas de crescimento significativas no setor eólico...

Políticas públicas e programas de desenvolvimento energético com foco em energias renováveis no Brasil : a visão do planejamento setorial de infraestrutura em energia e as perspectivas de mudanças globais para o acesso e uso de recursos energéticos; Public policies and programs for renewable energy development in Brazil : the perspective of energy planning infrastructure sector and the chage to access and use of energy resources

Prado, Thiago Guilherme Ferreira
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
Português
Relevância na Pesquisa
68.147954%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Elétrica, 2014.; Esta tese, que trata da avaliação das políticas públicas e programas de desenvolvimento energético com o foco em fontes renováveis, apresenta uma análise sob a perspectiva do planejamento energético de longo prazo do país. O método empregado foi baseado em levantamentos documentais, legislativos e de resultados mensurados nos diferentes setores estudados. Este confronto acarretou em propostas de novas políticas públicas no setor energético e adequações aos programas e políticas existentes que compatibilizem de forma adequada o planejamento setorial. A referência são os cenários de planejamento de longo prazo até o ano de 2030, utilizando como base o Plano Nacional de Energia (PNE) (2008b), documento que dita a política energética nacional. Conclui-se que, apesar de o principal recurso energético para a expansão do parque gerador de energia elétrica ser o aproveitamento do potencial hidrelétrico, a principal barreira é a falta de convergência das diferentes políticas públicas existentes (infraestrutura, ambiental, populações tradicionais, patrimônio histórico e cultural, e energética)...

A política energética nacional à luz da Lei n. 11.097/05 : aspectos socioeconômicos na viabilidade do biodiesel

Cunha, João Vidal da
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
88.61832%
Trata de políticas ambientais, especialmente a Política Nacional do Meio Ambiente e a Política Energética Nacional. Aborda o Protocolo de Quioto e Mecanismos de Desenvolvimento Limpo (MDL), além de estudar o tema do biodiesel na matriz energética brasileira.; Inclui resumo.

Premissas para uma leitura integrada da indústria da energia na Constituição e para a identificação de uma política energética constitucional : a propósito dos arts. 173 e 175 da Carta

Loureiro, Luiz Gustavo Kaercher
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
67.982793%
Analisa o “papel que a Constituição atribuiu ao Estado no âmbito das atividades de produção e circulação de bens e serviços”, focando em uma suposta contraposição entre os seus artigos 173 e 175, e considerando dois tipos constitucionais de atividades econômicas: as tarefas que foram reservadas ao Estado, como competências públicas, e as demais, que são, em tese, abertas aos privados e realizadas em regime de competição.

Análise do arcabouço jurídico do álcool combustível no Brasil

Farias, Talden
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
78.36308%
Analisa a regulação jurídica dos biocombustíveis no Brasil com ênfase específica no álcool, no intuito de saber se a legislação vigente nesse setor é adequada e se existe uma política pública adequada a esse segmento. Estuda o enquadramento ambiental da política energética nacional, tomando como base a doutrina especializada e a legislação ambiental e a energética do Brasil.

A inserção dos biocombustíveis na matriz energética brasileira como política de baixo carbono: uma análise crítica

Pinheiro, Cristiano Cota; Bedran, Karina Marcos
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
58.147%

Energias renováveis : riqueza sustentável ao alcance da sociedade

Uczai, Pedro, relator; Tavares, Wagner Marques, (coord.); Queiroz Filho, Alberto Pinheiro de
Fonte: Câmara dos Deputados, Edições Câmara Publicador: Câmara dos Deputados, Edições Câmara
Tipo: livro Formato: 275 p. : il.
Português
Relevância na Pesquisa
58.03831%
O décimo volume dos Cadernos de Altos Estudos apresenta estudo realizado com o objetivo de propor aprimoramentos na legislação brasileira, visando a superação de barreiras e a criação de mecanismos de incentivo que contribuam para a utilização das fontes renováveis de energia de maneira diversificada e sustentável, valorizando as potencialidades regionais, o desenvolvimento tecnológico e a geração de empregos. Para tanto, procurou-se examinar as tecnologias disponíveis, as políticas adotadas internacionalmente e os resultados obtidos, bem como a situação dessas fontes no Brasil e as normas jurídicas que disciplinam seu aproveitamento. Para subsidiar os trabalhos, o Conselho de Altos Estudos e Avaliação Tecnológica realizou palestras com especialistas do setor energético e promoveu um seminário internacional. Além disso, apoiou o Fórum sobre Energias Renováveis e Consumo Responsável (IV Sustentar 2011), em Chapecó, Santa Catarina.; Acima do título: Câmara dos Deputados, Conselho de Altos Estudos e Avaliação Tecnológica.; Conteúdo parcial: A política energética atual e as fontes renováveis de energia / Mauricio Tiomno Tolmasquim -- As perspectivas da geração distribuída no Brasil / Rui Guilherme Altieri Silva e Marco Aurélio Lenzi Castro -- Os microaproveitamentos hidráulicos e a geração descentralizada / Augusto Nelson Carvalho Viana e Fabiana Gama Viana -- Energia solar fotovoltaica no Brasil: situação atual e perspectivas para estabelecimento de indústrias apoiadas em programas de P&D e financiamento / Adriano Moehlecke e Izete Zanesco -- O produto Biogás: reflexões sobre sua economia / Cícero Bley Jr. -- Fontes de financiamento e dificuldades para a obtenção de recursos para projetos no Campo das fontes alternativas renováveis de energia na Região Sul do Brasil / Rogério Gomes Penetra.

Ações de mitigação das emissões no Brasil

Oliveira Filho, Haroldo Machado de; Mozzer, Gustavo Barbosa; Magalhães, Danielle de Araújo; Miguez, José Domingos Gonzalez
Fonte: Câmara dos Deputados, Edições Câmara Publicador: Câmara dos Deputados, Edições Câmara
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
58.13426%
Sintetiza os fatos que levaram a adoção da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima. Descreve e analisa as iniciativas do Brasil no sentido de colaborar com a proteção climática e com a redução da emissão de gases poluentes. Destaca os seguintes pontos: desenvolvimento de matriz energética "limpa" (álcool e biodiesel); combate ao desperdício de energia elétrica; programa de redução de emissões veiculares; redução de incêndios florestais e do desmatamento; projetos ligados ao Mecanismo de Desenvolvimento Limpo.; Título do fascículo: Desafios do clima.

Política energética, sustentabilidade e direito

Nogueira, Ana Carolina Casagrande
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 1 v.| il., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
68.648555%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Jurídicas. Programa de Pós-Graduação em Direito.; Esta dissertação aborda alguns aspectos jurídicos relevantes do licenciamento ambiental de empreendimentos hidrelétricos no Brasil e, em particular, no Estado de Santa Catarina. O estudo da temática insere-se em um contexto internacional caracterizado por intensas discussões sobre o conceito de desenvolvimento sustentável, pela crise mundial dos recursos hídricos e pelo acirrado debate sobre os impactos sócio-ambientais dos megaprojetos de barragens. Partindo-se do pressuposto de que a discussão em torno das barragens implica o questionamento do próprio modelo de desenvolvimento, analisa-se a estrutura de produção de energia elétrica adotada no Brasil. A apresentação dos parâmetros energéticos fundamentais torna possível a compreensão da formação e do funcionamento do setor elétrico, bem como um exame crítico da opção nacional pela hidroeletricidade, permitindo apontar elementos que revelam o caráter insustentável da política energética brasileira. Neste sentido, conclui-se que, em que pese a relevância cada vez maior do tema no contexto internacional, o Brasil se mantém praticamente alheio ao debate sobre os impactos nefastos das barragens...

Inovação tecnológica como estratégia para o aproveitamento do carvão gaúcho

Barcellos, Paulo Fernando Pinto
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
58.351255%
O autor submete sua dissertaçáo de Mestrado cujo tema central é o carváo mineral, focalizando o marketing deste combustível relacionado a políticas públicas de energia, especificamente, de geração termelétrica. Tece algumas considerações, ao longo da história, sobre a visão dominante relativa ao papel do carvão mineral na política energética do País. Enfoca o emprego de inovação tecnológica na produção de eletricidade, para estimular o aproveitamento intensivo das reservas de carvão mineral do Rio Grande do Sul (cerca de 90% do total brasileiro) e, inclusive, para oferecer a indispensável complementação térmica ao sistema elétrico nacional, excessiva e perigosamente dependente da geração hídrica. Este desenvolvimento é visto como solução de transição à matriz energética do País. Alia a tecnologia, como ingrediente fundamental para contornar os óbices crescentes ao emprego de combustíveis fósseis, pelo maior comprometimento do meio ambiente, à oportunidade da integração energética no âmbito do Mercosuls destacando a importância da associação do gás natural argentino ao carvão brasileiro na geração elétrica. Esta abordagem mitiga os efeitos ambientais, reforça a localização estratégica de Candiota (a maior reserva brasileira de carvão mineral) e abre caminho à "cultura do gás" no sul do Brasil...

El papel de Brasil y Venezuela en la construcción de la política de seguridad energética Suramericana

Párraga Velandia, Carolina del Pilar
Fonte: Facultad de Relaciones Internacionales Publicador: Facultad de Relaciones Internacionales
Tipo: info:eu-repo/semantics/bachelorThesis; info:eu-repo/semantics/acceptedVersion Formato: application/pdf
Publicado em 04/08/2009 Português
Relevância na Pesquisa
58.76424%
Esta investigación surge de la necesidad de resolver cuestiones importantes en materia de seguridad energética en Suramérica y analizar los atributos de poder de Brasil y Venezuela, buscando exponer el papel protagónico de ambos países, además de estudiar las iniciativas de integración de la región alrededor de la energía y de ver a estos dos actores como motores de dicha integración.; This investigation stems from the need to resolve important issues on energy security in South America and analyze the attributes of power of Brazil and Venezuela, seeking to expose the role of both countries, and explore the integration efforts in the region around the energy and to see these two actors as drivers of this integration.

El papel de las fuentes alternativas de energía en la política exterior brasilera y su influencia en la proyección de Brasil como potencia energética regional y global /María Angélica García Yatte; Mauricio Jaramillo Jassir

García Yatte, María Angélica
Fonte: Facultad de Ciencia Política y Gobierno y de Relaciones Internacionales Publicador: Facultad de Ciencia Política y Gobierno y de Relaciones Internacionales
Tipo: info:eu-repo/semantics/bachelorThesis; info:eu-repo/semantics/acceptedVersion Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
58.70958%
En el primer capítulo se explica el papel de la política energética dentro de la política exterior brasilera, haciendo un breve análisis de las características de la política exterior de Itamaraty, explicando cada una de las FADE que se producen en Brasil, para poder unir estos dos aspectos en la tercera parte de este capítulo y entender así la relación entre estos dos temas al parecer tan distantes. En el segundo capítulo, se realiza el análisis de las perspectivas de Brasil como Potencia Energética Regional, tomando como punto de partida la zona de influencia brasilera: la región de Sudamérica. En el tercer capítulo, se encuentra la relación en términos energéticos del país carioca con determinadas regiones del globo como Norteamérica, La Unión Europea, Asia, y África, cuyo estudio permite analizar, someramente cuales son los retos y perspectivas de Brasil para convertirse en Potencia Energética Global. Por último se presentan los resultados y conclusiones del tema de estudio, estableciendo escenarios posibles, que afectarían directamente cualquier proyección de Brasil en el aspecto energético.

Las directrices establecidas por Brasil para la producción de biocombustibles a partir de productos agrícolas y su aplicabilidad para Colombia

Gómez Pizarro, Juan Manuel
Fonte: Facultad de Ciencia Política y Gobierno y de Relaciones Internacionales Publicador: Facultad de Ciencia Política y Gobierno y de Relaciones Internacionales
Tipo: info:eu-repo/semantics/bachelorThesis; info:eu-repo/semantics/acceptedVersion Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
67.95005%
Esta monografía pretende realizar un análisis desde la experiencia de Brasil de los elementos que debe contener el diseño de las directrices para la producción de biocombustibles en Colombia, centrados en la importancia de estructurar un modelo sostenible que le permita a Colombia consolidarse como productor eficiente a nivel mundial en la materia. La hipótesis que se prueba a lo largo de la monografía plantea que para entender qué elementos intervienen en el diseño de las directrices (entendidas como el conjunto de normas o instrucciones que determinan las condiciones de generación de biocombustibles, en este caso un marco legal que incentive y establezca reglas claras en la materia, innovación, capacidad de expansión, infraestructura y construcción de mercados) para la producción de biocombustibles en Brasil, es necesario realizar un análisis que involucre elementos agrícolas como el desarrollo rural, aspectos energéticos, entre los que se encuentran la seguridad energética, la dependencia frente a la volatilidad de los precios del petróleo y la disminución de los costos de los combustibles, y medio ambientales como la reducción de la emisión de gases invernadero, los daños derivados de la producción de petróleo y la protección de zonas forestales. Sin dejar de lado los tres momentos de la producción de biocombustibles: la siembra...

Política de eficiência energética no Brasil

Nascimento, Rodrigo Limp
Fonte: Câmara dos Deputados, Consultoria Legislativa Publicador: Câmara dos Deputados, Consultoria Legislativa
Tipo: estudo técnico Formato: 31 p.
Português
Relevância na Pesquisa
58.307563%
Aborda a política de eficiência energética praticada no Brasil, apresentando a sua evolução ao longo do tempo, com informações e resultados dos programas existentes, além de analisar propostas para aperfeiçoar a sua prática no País. O presente estudo se concentra nos setores elétrico e de derivados de petróleo e gás natural.; Consultoria Legislativa - Área XII, Recursos Minerais, Hídricos e Energéticos.

POLÍTICA ENERGÉTICA E FONTES ALTERNATIVAS NO BRASIL

Lopes, Lucca Vichr
Fonte: Universidade Federal do Espírito Santo Publicador: Universidade Federal do Espírito Santo
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 11/12/2015 Português
Relevância na Pesquisa
58.141333%
O debate acerca da construção de grandes usinas hidrelétricas tem se intensificado com o notório caso de Belo Monte. A despeito dos impactos socioambientais causados por essas usinas, o atual modelo de expansão do setor baseado na hidreletricidade – que responde por três quartos da capacidade instalada – pode incorrer em sérios agravantes à economia (a exemplo do apagão ocorrido em 2001). Nesse sentido, as fontes alternativas de energia elétrica surgem como uma opção benéfica para o caso brasileiro, uma vez que promovem a “limpeza” da matriz elétrica, diversificam o leque das fontes energéticas e expandem a base tecnológica nacional. Contudo, o caráter incipiente dessas tecnologias pode constituir sérios entraves para o investimento privado. Nesse caso, como uma questão de segurança energética, a intervenção governamental deve ocorrer no sentido de alavancar as bases de uma indústria independente. No Brasil, as fontes alternativas tiveram um significativo avanço em sua capacidade instalada na década de 2000. Assim, este trabalho busca trazer à tona algumas das principais possibilidades de atuação em política energética e o modo como estas amparam as fontes alternativas no país.

Brazil: a world energy superpower?

Lucena, Andréa Freire; Universidade Federal de Goiás, Programa de Pós-Graduação em Ciência Política, Goiânia - GO, Brasil; Santos, Murillo Machado; Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Goiânia - GO, Brasil
Fonte: Meridiano 47; Meridiano 47 Publicador: Meridiano 47; Meridiano 47
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 10/12/2015 Português
Relevância na Pesquisa
58.22661%
The article discusses the measures taken by the Brazilian State to become a leading actor in the new global energy policy. Throughout the article we discuss whether the country has lost the opportunity to become a world energy power.O artigo discute algumas medidas tomadas pelo estado brasileiro para alcançar seu objetivo, que é tornar-se um ator protagonista na nova política energética mundial. Ao longo do artigo discutimos se o país tem perdido a oportunidade de se tornar uma potência energética mundial.