Página 1 dos resultados de 1382 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Produção de silagem de capim braquiária em pomar de laranja. ; Silage production of brachiaria grass in orange orchard.

Forli, Fernanda
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/09/2003 Português
Relevância na Pesquisa
37.407183%
O objetivo desta pesquisa foi verificar a possibilidade da exploração simultânea de pomar de citros com braquiária da entrelinha para produção de silagem. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado com três tratamentos principais quanto ao manejo da braquiária (A: adubação do pomar na linha e manejo da braquiária da entrelinha através de roçadas; B: adubação do pomar na linha, sendo a entrelinha cortada para silagem; C: adubação do pomar na linha e na entrelinha, sendo a braquiária cortada para silagem), com sete repetições, totalizando 21 parcelas de três linhas de citros cada. A linha central foi utilizada para avaliação dos citros, e a entrelinha central para avaliar a braquiária. Foram realizados dois cortes de braquiária na época das águas para avaliação da produção de MS e de atributos químico-bromatológicos (QB). Após o corte, a braquiária foi armazenada de três formas: congelada “in natura”; em minissilos de PVC, sem adição de polpa cítrica, e em minissilos de PVC com adição de polpa cítrica (7, 14 e 21%), com quatro repetições. O material foi ensilado por 35 dias, sendo após aberto e congelado. Avaliou-se, nas amostras congeladas, as características QB: MS...

Dípteros minadores e seus parasitóides em plantas de crescimento espontâneo em pomar orgânico de citros em Montenegro, RS, Brasil

Santos, Janaína Pereira dos; Redaelli, Luiza Rodrigues; Dal Soglio, Fabio Kessler
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.09857%
A análise de comunidades minadores e seus parasitóides é importante para a compreensão da regulação biótica e para a manutenção da biodiversidade em agroecossistemas. Este trabalho teve como objetivos registrar os dípteros minadores e seus parasitóides na vegetação de crescimento espontâneo de um pomar orgânico de citros, de maio de 2003 a maio de 2004. O trabalho foi conduzido no município de Montenegro, RS, em um pomar do híbrido tangor ‘Murcott’. Realizaram-se amostragens quinzenais, coletando-se em cada ocasião todas as folhas contendo minas presentes na área delimitada por um aro de 0,28 m2, que era jogado nas linhas e nas entrelinhas de 30 árvores sorteadas. No laboratório registrou-se o número de larvas e pupas de dípteros minadores por folha. Foram registradas 15 espécies de dípteros minadores, 15 espécies de plantas hospedeiras (distribuídas em seis famílias) e 15 espécies de microimenópteros parasitóides (distribuídas em três famílias). Os dípteros minadores apresentaram grande especificidade às suas plantas hospedeiras. Portanto, o manejo adequado desta vegetação pode favorecer o estabelecimento e a multiplicação de inimigos naturais destes insetos minadores.; Leafminers and their parasitoids communities analysis is necessary to supply information about the biotic regulation and to maintenance of the biodiversity in the agroecosystem. This study aimed to register Diptera leafminers and their parasitoids...

Fotografia de Rosalia Pomar Camargo em entrevista concedida para o projeto Garimpando Memórias (2013)

Cunha, Maria Luisa Oliveira da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Fotografia Formato: 1 arquivo; image/jpeg
Português
Relevância na Pesquisa
36.948672%
Rosalia Pomar Camargo durante entrevista à integrante do Centro de Memória do Esporte realizada no dia 06 de março de 2013 em Porto Alegre, no Centro de Memória do Esporte (CEME) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).; A entrevista integra o projeto Garimpando Memórias e teve como tema central aquisição do acervo de João Luiz Rolla, relacionado a Dança. Rosalia foi bibliotecaria da ESEF/UFRGS, no período de doação do acervo. O projeto é desenvolvido pelo Grupo de Estudos sobre Esporte, Cultura e História (GRECCO) vinculado ao Centro de Memória do Esporte.

Avaliação agronômica da aplicação do resíduo da indústria processadora de goiabas em pomar comercial de goiabeiras

Souza, Henrique Antunes de; Natale, William; Rozane, Danilo Eduardo
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 969-979
Português
Relevância na Pesquisa
36.948672%
Dada a escassez de informações na literatura e a importância do manejo adequado de resíduos orgânicos na agricultura, objetivou-se avaliar os efeitos da aplicação do resíduo da indústria processadora de goiabas em um Argissolo Vermelho-Amarelo, determinando-se as alterações provocadas na química do solo, no estado nutricional de goiabeiras e na produção de frutos. As doses de resíduo aplicadas no pomar foram estabelecidas em função dos teores de N no resíduo. O delineamento empregado foi o de blocos casualizados, com cinco tratamentos e quatro repetições, sendo as doses do resíduo (moído) de 0, 9, 18, 27 e 36 t ha-1 (peso do material seco). Foram feitas três aplicações do resíduo: em 2006, 2007 e 2008. O resíduo da indústria processadora de goiabas promoveu aumento nos teores de P no solo; as goiabeiras apresentaram aumento dos teores de N, Ca, Mg e Mn; a produção de frutos foi alterada positiva e significativamente no terceiro ano do experimento.; Given the scarcity of information in the literature and the importance of a proper management of organic waste in agriculture, this paper evaluated the effects of applying residues of the guava processing industry to an Ultisol, by evaluating changes in soil chemical properties...

Pomar de maçã

Anacleto, Waldemar
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Imagem
Português
Relevância na Pesquisa
36.948672%
Fotografia color; Pessoas no pomar de maçã, Década de 1970

Criança em pomar de maçã

Anacleto, Waldemar
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Imagem
Português
Relevância na Pesquisa
36.948672%
Fotografia Color; Criança em pomar de maçã. Década de 1970.

Criança e pomar de maça

Anacleto, Waldemar; Anacleto, Waldemar
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Imagem
Português
Relevância na Pesquisa
36.948672%
Fotografia color.; Criança posa próximo à pomar carregado de belas maças. Provavelmente na região do meio-oeste do estado, como a cidade de Fraiburgo, que é uma grande produtora de tal cultura de alimento. Década de 1970.

Menina e pomar de maça

Anacleto, Waldemar; Anacleto, Waldemar
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Imagem
Português
Relevância na Pesquisa
36.948672%
Fotografia color.; Menina posa segurando uma maça de pomar. Provavelmente na região do meio-oeste do estado, como na cidade de Fraiburgo, conhecida pela produção deste gênero alimentício. Década de 1970.

Criança e pomar de maça

Anacleto, Waldemar; Anacleto, Waldemar
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Imagem
Português
Relevância na Pesquisa
36.948672%
Fotografia color.; Criança posa próximo á pomar de maça. Provavelmente na região do meio-oeste do estado, como na cidade de Fraiburgo. Década de 1970.

Criança e pomar de maça

Anacleto, Waldemar; Anacleto, Waldemar
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Imagem
Português
Relevância na Pesquisa
36.948672%
Fotografia color.; Criança posa próximo à pomar carregado de belas maças. Provavelmente na região do meio-oeste do estado, como a cidade de Fraiburgo, que é uma grande produtora de tal cultura de alimento. Década de 1970.

Pomar de maça

Anacleto, Waldemar
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Imagem
Português
Relevância na Pesquisa
36.948672%
Fotografia color; Pomar de maça. Local e data não identificados

Pomar de maça

Anacleto, Waldemar
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Imagem
Português
Relevância na Pesquisa
36.948672%
Fotografia color; Pomar de maça

Pomar de maça

Anacleto, Waldemar
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Imagem
Português
Relevância na Pesquisa
37.09857%
Fotografia color; Pomar de maça. Local e data não identificados.; Criança em um pomar de maça. Local e data não identificados.

Mulheres e pomar de maças

Anacleto, Waldemar
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Imagem
Português
Relevância na Pesquisa
36.948672%
Fotografia color; Mulheres e pomar de maça. Local e data não identificados.

Avaliação agronômica da aplicação do resíduo da indústria processadora de goiabas em pomar comercial de goiabeiras

Souza,Henrique Antunes de; Natale,William; Rozane,Danilo Eduardo
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2011 Português
Relevância na Pesquisa
36.948672%
Dada a escassez de informações na literatura e a importância do manejo adequado de resíduos orgânicos na agricultura, objetivou-se avaliar os efeitos da aplicação do resíduo da indústria processadora de goiabas em um Argissolo Vermelho-Amarelo, determinando-se as alterações provocadas na química do solo, no estado nutricional de goiabeiras e na produção de frutos. As doses de resíduo aplicadas no pomar foram estabelecidas em função dos teores de N no resíduo. O delineamento empregado foi o de blocos casualizados, com cinco tratamentos e quatro repetições, sendo as doses do resíduo (moído) de 0, 9, 18, 27 e 36 t ha-1 (peso do material seco). Foram feitas três aplicações do resíduo: em 2006, 2007 e 2008. O resíduo da indústria processadora de goiabas promoveu aumento nos teores de P no solo; as goiabeiras apresentaram aumento dos teores de N, Ca, Mg e Mn; a produção de frutos foi alterada positiva e significativamente no terceiro ano do experimento.

Erosão hídrica associada a algumas variáveis hidrológicas em pomar de maçã submetido a diferentes manejos do solo

Gobbi,Ederson; Bertol,Ildegardis; Barbosa,Fabrício Tondello; Werner,Romeu de Souza; Ramos,Roger Robert; Paz-Ferreiro,Jorge; Gebler,Luciano
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2011 Português
Relevância na Pesquisa
36.948672%
O manejo do solo em cultivos perenes, como pomares, influencia a erosão hídrica. O presente estudo avaliou as perdas de solo e água sob chuva simulada em um Latossolo, em pomar de maçã, entre os meses de agosto de 2007 e abril de 2008, na estação experimental de fruticultura de clima temperado da Embrapa Uva e Vinho, em Vacaria (RS). O trabalho foi conduzido em parcelas experimentais de 3,5 x 11 m, sob chuvas com 1 h de duração e intensidade constante ao longo delas, com variação de 70 a 88 mm h-1 entre uma chuva e outra. Os sistemas de manejo estudados foram: 1) capina manual sob a copa das plantas e solo coberto com gramíneas e leguminosas no restante da área (ST); 2) aveia não dessecada, em que as sementes foram incorporadas ao solo, com capina manual em toda a área, dois meses antes do início dos testes de chuva (AN); 3) aveia dessecada quimicamente sete dias antes do início dos testes de chuva, em que as sementes foram incorporadas ao solo com enxada rotativa em toda a área, dois meses antes do início dos testes (AD); e 4) solo sem cobertura, em que a vegetação, após ter sido dessecada, foi removida da superfície do solo em toda a área com capina manual, um dia antes de iniciar os testes de chuva (SC). A forma de manejo da superfície do solo e o número de chuvas influenciaram a erosão hídrica; as perdas de solo variaram amplamente...

Intensidade de raleio de frutos em pessegueiro flordaprince conduzidos em pomar com alta densidade de plantio.

SCARPE FILHO, J.A.; MINAMI, K.; KLUGE, R.A.
Fonte: Pesquisa Agropecuaria Brasileira, Brasilia, v.35, n.6, p.1109-13, jun.2000. Publicador: Pesquisa Agropecuaria Brasileira, Brasilia, v.35, n.6, p.1109-13, jun.2000.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
36.948672%
O objetivo deste trabalho foi verificar o comportamento de pessegueiros (Prunus persica (L.) Batsch.) cultivar Flordaprince, conduzidos em pomar com alta densidade (3.333 plantas/ha), submetidos a diferentes intensidades de raleio manual de frutos. Os tratamentos utilizados foram 120, 100 e 80 frutos por planta, e o controle sem raleio (230 frutos por planta). As plantas submetidas ao raleio produziram frutos significativamente maiores e mais pesados do que os do controle. A produção por planta (kg) e a produtividade estimada (t/ha) foram maiores nas plantas sem raleio, mas a classificação comercial e a receita bruta (R$/ha) desse tratamento foram menores, devido ao menor tamanho e peso dos frutos. Os tratamentos 100 e 80 frutos por planta (56,52% e 65,21% de raleio, respectivamente) apresentaram os melhores resultados.; 2000

Variabilidade das características do solo em pomar de videiras cultivadas em Petrolina-PE.

SILVA, A. C. G. da; GALDINO, J. J.; SILVA, J. D.; ARAÚJO, C. A. de S.; MENDES, A. M. S.
Fonte: In: JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA SEMI-ÁRIDO, 1., 2006, Petrolina. Anais... Petrolina: Embrapa Semi-Árido, 2006. p. 69-73 Publicador: In: JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA SEMI-ÁRIDO, 1., 2006, Petrolina. Anais... Petrolina: Embrapa Semi-Árido, 2006. p. 69-73
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
36.948672%
Com o objetivo de avaliar a variabilidade das concentrações de fósforo e potássio e do pH do solo em área irrigada por microaspersão, cultivada com videiras ?Superior Seedless?, num pomar no qual foi instalado um experimento com doze tratamentos e três repetições (36 parcelas). Foram coletadas amostras de solo na camada de 0-20 cm de profundidade e distantes 20, 40, 60, 80 e 100 cm do caule, nas direções norte, sul, leste e oeste, totalizando 20 amostras por parcela. Selecionou-se uma planta em cada parcela, que foi utilizada como referência de unidade de amostragem. A maior variabilidade foi obtida para o fósforo (CV=111,5%), seguido pelo potássio (CV=85,5%) e, finalmente, pelo pH do solo, que apresentou os menores coeficientes de variação (CV=15,6%).; 2006

Avaliação agronômica da aplicação do resíduo da indústria processadora de goiabas em pomar comercial de goiabeiras.

SOUZA, H. A. de; NATALE, W.; ROZANE, D. E.
Fonte: Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 35, p. 969-979, 2011. Publicador: Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 35, p. 969-979, 2011.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
36.948672%
Dada a escassez de informações na literatura e a importância do manejo adequado de resíduos orgânicos na agricultura, objetivou-se avaliar os efeitos da aplicação do resíduo da indústria processadora de goiabas em um Argissolo Vermelho-Amarelo, determinando-se as alterações provocadas na química do solo, no estado nutricional de goiabeiras e na produção de frutos. As doses de resíduo aplicadas no pomar foram estabelecidas em função dos teores de N no resíduo. O delineamento empregado foi o de blocos casualizados, com cinco tratamentos e quatro repetições, sendo as doses do resíduo (moído) de 0, 9, 18, 27 e 36 t ha-1 (peso do material seco). Foram feitas três aplicações do resíduo: em 2006, 2007 e 2008. O resíduo da indústria processadora de goiabas promoveu aumento nos teores de P no solo; as goiabeiras apresentaram aumento dos teores de N, Ca, Mg e Mn; a produção de frutos foi alterada positiva e significativamente no terceiro ano do experimento. Agronomic evaluation of application of residue of the guava industry in a guava orchard. Given the scarcity of information in the literature and the importance of a proper management of organic waste in agriculture, this paper evaluated the effects of applying residues of the guava processing industry to an Ultisol...

O pessegueiro no sistema de pomar compacto: IV. Intensidade e época de raleio dos frutos dos cultivares Tropical e Aurora-1

Barbosa,Wilson; Campo-Dall'orto,Fernando Antonio; Ojima,Mário; Martins,Fernando Picarelli; Igue,Toshio
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1991 Português
Relevância na Pesquisa
37.09857%
A intensidade e a época do raleio dos frutos do pessegueiro podem influenciar diretamente a qualidade do produto, razão pela qual foram pesquisadas em um pomar compacto (4.167 plantas por hectare), sob poda drástica anual de renovação da copa. O experimento foi executado na Estação Experimental de Jundiaí (23°08'S e 46°55'W), do Instituto Agronômico (IAC), sob clima do tipo Cwa, mesotérmico úmido, também denominado de tropical de altitude, com cerca de 80 horas anuais de frio abaixo de 7°C. Utílizaram-se os cultivares Tropical, de maturação bem precoce (fins de setembro), e Aurora-1, de maturação precoce (meados de outubro). Efetuou-se o raleio com 30, 40 e 50 dias pós-antese (DPA), deixando-se 30, 60 e 90 frutos por planta. Os melhores resultados, reunindo fatores qualitativos e quantitativos, foram obtidos no raleio aos 30 DPA, mantendo-se 60 frutos por planta. Neste tratamento, o 'Tropical' apresentou frutos com peso médio de 60,9 gramas, o que equivale à produção de 3,654kg/planta (15,2t/ha); com o 'Aurora-1', o peso médio dos frutos foi de 72,0 gramas, correspondendo à produção de 4,320kg/planta (18,0t/ha). Aqualidade final do produto diminuiu à medida que se atrasou a época do raleio e...