Página 1 dos resultados de 69 itens digitais encontrados em 0.024 segundos

Capital social e políticas públicas : um estudo da linha infra-estrutura e serviços aos municípios do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar

Castilhos, Dino Sandro Borges de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
235.92%
O objetivo geral deste trabalho é analisar as relações existentes entre o capital social e as políticas públicas. Especificamente, pretende-se avaliar a capacidade de uma política pública brasileira em induzir a formação do capital social. Sendo esta política a “Linha Infra-estrutura e Serviços aos Municípios do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar” (PRONAF). Fundando-se nas concepções de WOOLCOCK (1998), avalia-se que o capital social é uma noção teórica dinâmica e multidimensional, ocorrendo, portanto, vários tipos (institucional, extra-comunitário e comunitário) e dimensões (“enraizamento” e “autonomia”) de capital social. Conclui-se que o capital social ainda não é um conceito definido. Mas considera-se que é um arcabouço teórico emergente, com expressiva possibilidade de utilização nos estudos que procurem entender a importância das relações sociais no processo de desenvolvimento. Parte-se de uma crítica à concepção de capital social presente na obra de PUTNAM (1996). Avalia-se que o capital social não é formado apenas pelos “atributos culturais”, determinados historicamente, de uma dada população. O Estado também cumpre uma importante função “protetora” ou “coercitiva” que contribui para a formação do capital social social. Defende-se...

O programa nacional de fortalecimento da agricultura familiar (PRONAF) em Ubiratã-PR

Marciniuk, Zelite Ledo da Silva
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
135.92%
A agricultura familiar vem ganhando força a cada ano. Este fato se deve ao reconhecimento da sua importância impulsionada pelo debate sobre desenvolvimento sustentável, geração de emprego e renda, segurança alimentar e desenvolvimento local. A formulação de políticas específicas para esse segmento agrícola tornou-se de fundamental importância dada a dimensão que ocupa na economia brasileira e pela dificuldade, por parte dos agricultores que integram essa categoria, de obtenção de crédito para a produção. Neste contexto, foi que o Programa Nacional da Agricultura Familiar (Pronaf) foi implementado trazendo como objetivo principal o fortalecimento e a valorização do agricultor familiar, visando integrá-lo à cadeia de agronegócios e proporcionar-lhe aumento de renda e agregação de valor ao produto e à propriedade, mediante sua profissionalização e modernização do sistema produtivo. Com o intuito de contribuir para o debate das políticas agrícolas voltadas para o fortalecimento e desenvolvimento da agricultura familiar no Brasil, este trabalho analisou a eficácia do Pronaf em gerar renda e melhoria de condições de vida para os agricultores familiares, através de um estudo de caso no município de Ubiratã – PR. O método utilizado na avaliação foi o estudo de caso...

Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar - Pronaf

Beloto, Valdir
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
175.93%
Esse estudo pesquisa visa apresentar uma abordagem sobre “Concepções sobre a Agricultura Sustentável de Pequenas Propriedades Catarinenses - Destacando o Município de Agronômica”, Principalmente, por reconhecer que o estado de Santa Catarina, pela sua diversidade, pela riqueza de seu patrimônio natural e pela estrutura fundiária, distingue-se pela presença da agricultura familiar nas pequenas propriedades rurais diluídas em seus Municípios. Sendo que essas propriedades rurais se destacam pela importância social e econômica através de seus produtos de origem vegetal e de origem animal, tornando o Estado um dos principais fornecedores de alimentos do País. Nesse contexto, destaca-se o Município de Agronômica, por ter um papel de grande relevo no processo da agropecuária, que objetiva integrar o agricultor e sua família no meio rural, pela adoção de políticas públicas a nível federal, estadual e municipal. Tem como um dos esteios o Pronaf (Programa Nacional de Agricultura Familiar) em parceria com o Banco do Brasil através do Plano Rural: 2008-2009, além de outras instituições, que estimulam e apóiam a agricultura alternativa, convencional e orgânica ou mesmo de outras modalidades entre outras atividades. Desta forma...

A relevância do PRONAF na agricultura familiar : perspectiva e importância do programa desde sua criação

Balestrin, Juliano
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
165.87%
Este trabalho realiza uma análise panorâmica do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar – PRONAF -, analisando resultados, características, dificuldades, limitações e mudanças do crédito rural a partir de sua criação em 1995 e sua oficialização em 1996 até o ano agrícola de 2009. Transcorridos quase quinze anos do Decreto Federal nº 1.946, de 28/06/1996, observa-se uma destacada evolução do modo de produção familiar. Com o advento do PRONAF, uma política pública destinada exclusivamente à agricultura familiar, nota-se uma melhora para essa categoria rural, acompanhada, porém, de limitações e dificuldades de acesso ao crédito. O objetivo deste trabalho consiste em verificar se a política pública proposta pelo governo brasileiro aborda de maneira satisfatória os interesses do público-alvo desse programa criticado pelas dificuldades de acesso e estruturação com o mercado. Por fim, constam as conclusões obtidas através deste estudo.; This paper presents an overview analysis on the National Program for Strengthening Agriculture (PRONAF), analyzing outcomes, features, problems, limitations, and changes in rural credit from its inception in 1995 and formalization in 1996, until the 2009 crop year. Nearly fifteen years after Federal Decree No. 1946...

Agricultura familiar : importância do crédito bancário em Abelardo Luz (SC)

Silva, Bernadete Ferronato da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
175.96%
O problema do desemprego, principalmente nas grandes regiões metropolitanos, aliados ao crescente êxodo rural, com processos migratórios voltados a esses grandes centros populacionais, motivaram a criação em 1996, do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar – PRONAF, que tem sua linha mestra direcionada ao financiamento bancário das atividades agropecuárias dos pequenos produtores rurais do Brasil. Com recursos originados do Fundo de Amparo ao Trabalhador – FAT, o programa exige a limitação da área agrícola explorada pelo agricultor, em quatro módulos fiscais; a necessidade de o favorecido residir na propriedade rural ou aglomerado urbano próximo; utilize, preferencialmente, mão-de-obra da própria família; e possua uma renda familiar anual de no máximo R$ 110.000,00 Antes de procurar um aumento considerável em nossa produção de grãos, o programa visa à manutenção do homem no campo, a geração de renda, a introdução de novas tecnologias, a implantação de Agroindústria familiar, o fortalecimento do associativismo e a melhoria de sua qualidade de vida. A proposta deste trabalho tem como foco principal analisar o atingimento das principais metas estabelecidas pelo PRONAF e, se as aplicações de recursos financeiros consideráveis minimizaram ou não as causas iniciais do problema...

Agricultura familiar no espaço urbano da cidade de Boa Vista - Roraima

Portela, Valdinei Fortunato
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
165.89%
Essa dissertação trata da agricultura familiar em espaço urbano, mais especificamente na cidade de Boa Vista, capital do Estado de Roraima. A aparição do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (PRONAF) marca um momento singular na trajetória do processo de intervenção estatal na agricultura e no mundo rural do Brasil. As transformações na agricultura brasileira e a falta de estruturas mínimas de sobrevivência dos agricultores nas áreas de assentamentos agrícolas na Amazônia e, em especial no Estado de Roraima, fez com que esses trabalhadores buscassem alternativas, principalmente a migração para as áreas urbanas. As discussões sobre as transformações no espaço rural e a agricultura no espaço urbano longe de mostrarem-se consensuais encontram-se em fase de acirrado debate. Desse modo, este trabalho visa contribuir para o atual debate em torno das diferentes leituras que vem sendo efetuadas sobre a dinâmica da agricultura no Brasil, dando ênfase à agricultura nas áreas urbanas em especial na cidade de Boa Vista, estado de Roraima.; This dissertation deals with the family farming in urban space, specifically in the city of Boa Vista, Roraima state capital. The appearance of the National Program for Strengthening Family Farming (PRONAF) marks a unique moment in the trajectory of the process of state intervention in agriculture and in rural areas of Brazil. The transformations in Brazilian agriculture structures and lack of minimum survival of farmers in the areas of agricultural settlements in the Amazon...

Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar – PRONAF e seu desenvolvimento no município de Itaqui – RS

Floriano Junior, Moacir Boeira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
216%
Desde 1995 as políticas públicas voltadas à agricultura familiar estão presentes nos planos dos diferentes governos que passaram pelo Brasil. Em 1996 foi criado o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (PRONAF), tornando-se um marco das políticas públicas voltadas a esse segmento. A aplicação deste programa mostrou grande desenvolvimento a este setor, crescendo a cada ano, porém também várias críticas ao seu entorno. A partir da análise do programa pretende-se, como objetivo principal, realizar a identificação da evolução do acesso ao PRONAF no município de Itaqui, no Rio Grande do Sul, assim como também descrever o histórico do programa, a caracterização deste município e identificar os números correspondentes a contratos, finalidades, modalidades acessadas, atividades beneficiadas, destacando a evolução e limitações de acesso. Para isso adota-se da revisão bibliográfica, coleta de dados secundários e entrevistas não estruturadas. Os resultados obtidos após a análise realçam o baixo número de acessos ao programa no município nos anos agrícolas 2009/10 e 2010/11 que juntos totalizam 45 contratos, assim como a diminuição no número de contratos de 45,5% para o último ano...

Seguro da Agricultura Familiar (SEAF) : história, implantação e desafios em Francisco Beltrão (PR)

Vasconcelos, Jandira Maria Mendes de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
145.79%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, Programa de Pós-Graduação em Agronegócios, 2012.; A atividade agrícola é permeada por diversos riscos: seleção adversa, assimetria de informação, problemas climáticos (intempéries, tais como, chuva, seca, geada, variações de temperatura, pragas, doenças, dentre outros). Para resguardar o agricultor de possíveis perdas em sua lavoura, surgiu o seguro agrícola. Considerando a importância da agricultura familiar no Brasil e a necessidade de resguardar a produção, foi criado o Seguro da Agricultura Familiar. A presente dissertação tem como objetivo analisar a história, a implantação e os desafios do Seguro da Agricultura Familiar (SEAF), em geral, e mais especificamente no município de Francisco Beltrão, Estado do Paraná. Este trabalho vai lidar com questões da normatização do SEAF, sua relação com o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (PRONAF) e a importância do SEAF para os agricultores familiares do município Francisco Beltrão (PR). A pesquisa procurou também identificar a opinião dos agricultores sobre o SEAF, o nível de satisfação dos mesmos, principais problemas, vantagens e propostas de melhoria. O estudo concluiu que os agricultores familiares de Francisco Beltrão (PR) conhecem o SEAF...

O Programa nacional de fortalecimento da agricultura familiar no Brasil: uma análise sobre a distribuição regional e setorial dos recursos

Azevedo,Francisco Fransualdo; Pessôa,Vera Lúcia Salazar
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia, Instituto de Geografia, Programa de Pós-Graduação em Geografia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia, Instituto de Geografia, Programa de Pós-Graduação em Geografia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2011 Português
Relevância na Pesquisa
175.89%
No Brasil, as políticas públicas para o espaço rural sempre tenderam a priorizar a agricultura patronal, em detrimento dos agricultores familiares. Todavia, os estudos realizados pelos órgãos FAO - INCRA deram subsídio para a criação do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (PRONAF), resultando em um novo direcionamento dos investimentos públicos, os quais passaram a contemplar o segmento dos agricultores familiares. Entende-se o PRONAF como uma política não-compensatória, que, apesar de seus problemas, tem contribuído de fato para mudanças e melhorias no espaço agrário brasileiro. Desde sua criação no final da década de 1990, o PRONAF passou por várias mudanças em sua estrutura administrativa e operacional, a fim de alcançar seus objetivos e adequar-se face a complexa realidade social agrária brasileira. Sendo assim, o presente estudo visa discutir as ações do Estado por meio desse Programa, a partir de suas linhas de atuação, bem como analisar a distribuição de suas concessões de crédito regional e setorialmente. Assim, os procedimentos metodológicos utilizados para a realização deste trabalho compreendem pesquisa bibliográfica e documental, além de pesquisa em fontes secundárias...

Avaliação psicossocial do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) no Estado da Paraíba.

ROCHA, F. E. de C.
Fonte: 2008. Publicador: 2008.
Tipo: Teses/dissertações (ALICE) Formato: 177 f.
Português
Relevância na Pesquisa
175.83%
Objetivou-se neste estudo avaliar o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) no Estado da Paraíba, com base na opinião de seus beneficiários (Grupos A - Assentados e B - Agricultores familiares), tomando como referencial teórico os preceitos da Psicologia Social. Nesse contexto, foi hipotetizado um modelo geral e foram estimados dois modelos estruturais para a avaliação do Pronaf A e B, com base em seu funcionamento e em seus objetivos, orientados por três construtos: Implantação do Pronaf, Produto da implantação e Resultado do Pronaf. Para avaliar a intenção de pagamento do crédito, foi empregado o modelo Teórico da Ação Planejada de Ajzen (1991). O delineamento utilizado foi correlacional, com amostragem não-probabilística. Participaram da avaliação duzentos beneficiários do Grupo A, com idade média de 46 anos, 91,0% do sexo masculino e 52,5% analfabetos, e duzentos usuários do Grupo B, com idade média de 44 anos, 58,0% do sexo masculino e 29,5% analfabetos. A coleta de dados ocorreu por meio de entrevista semi-estruturada, com cento e dezessete itens de avaliação (escala de 1 a 7, tipo Likert), em quarenta e seis comunidades rurais de oito municípios, sendo quatro da Mesorregião do Agreste Paraibano e quatro do Sertão Paraibano. A análise dos dados foi uni...

A proposta da política pública PRONAF para a agricultura familiar e seus resultados em Palotina - PR

Ferreira, Gilca Angélica Leite
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
135.91%
Resumo: O presente trabalho tem por objetivo analisar a forma de reprodução da agricultura familiar do município de Palotina, localizado no Oeste do Estado do Paraná, por meio da avaliação do desempenho das políticas públicas desenvolvidas para o setor agropecuário, mais especificamente para esta categoria, como mecanismos favorecedores dessa reprodução. Para tanto, foi realizada uma discussão a cerca da gênese da agricultura familiar no Brasil que encontra, no campesinato, a base de sua formação. Tal discussão conduzirá a questão da pluriatividade desenvolvida por esta categoria. Ainda na caracterização da agricultura familiar, a proposta de modernização da agricultura nacional, que teve seu marco inicial na década de 60, aparece como importante elemento deflagrador das mudanças ocorridas na unidade agrícola e agrária, levando esta categoria a buscar sua lógica própria de reprodução, processo este que desencadeará, na década de 80, a preocupação com a categoria da agricultura familiar e a proposta de formulação de políticas voltadas para o atendimento deste público a exemplo do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (PRONAF). Assim, a transição de agricultura camponesa para agricultura familiar é conduzida de modo a demonstrar as transformações ocorridas frente a conjuntura da agropecuária nacional. A caracterização do recorte espacial escolhido para a pesquisa...

Políticas públicas e agricultura familiar : uma análise dos impactos do PRONAF no desenvolvimento rural do território do Cantuquiriguaçu - PR

Coelho, Luzia Bucco
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: 119f. : il., tabs., grafs., maps., algumas color.; application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
145.84%
Orientador : Prof. Dr. Nilson Maciel de Paula; Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciencias Sociais Aplicadas, Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas. Defesa : 17/03/2015; Inclui referências; Área de concentração: Tecnologia, regulação e sociedade; Abstract: The importance of family farm for local development in the countryside and food supply has been highlighted, in recent years, in the government agenda for agriculture, in social movements, and in the academic milieu. The aim of this research is to analyse the implementation of PRONAF and its impacts on rural development in the territory of Cantuquiriguaçu - PR, whose main structural transformations and features of family farming are revealed. This analysis is based on quantitative and qualitative data about PRONAF and family farming from the region, and also information gathered through interviews with farmers, local institutions and social actors working with the matters related to such a policy and the challenges of rural development in the region. The main impact of PRONAF in the region has been by means of credit, highly concentrated among producers as well as activities. Very little has been given to activities connected to local market...

O desempenho do programa nacional de fortalecimento da agricultura familiar no estado do Rio Grande do Sul

Haag, Áureo Leandro
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
235.93%
Deste a sua criação o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (PRONAF) tem sido a principal política pública para a inclusão de agricultores familiares no crédito rural formal, agricultores estes que em tempos pretéritos nem eram reconhecidos como categoria produtiva pelo poder público. Além disso, nos últimos tempos ocorreu uma valorização da agricultura familiar no sentido de poder cumprir um papel ativo diante das novas formas de se entender o desenvolvimento econômico. O Rio Grande do Sul tem como característica uma participação significativa dos agricultores familiares no programa deste a sua institucionalização. Também, a agricultura familiar para este estado possui um peso econômico e social significativo. O objetivo desta dissertação foi verificar a lógica da distribuição destes recursos no estado do Rio Grande do Sul. Para isto, utilizou-se de um Índice de Desenvolvimento Rural, baseado no trabalho desenvolvido por Silva (2006) e de técnicas de espacialização. Como resultado observa-se que, no caso do Rio Grande do Sul, o PRONAF continua atrelado à lógica bancaria, ou seja, os agricultores familiares menos integrados ao mercado e que teoricamente precisariam de uma maior atenção por parte do poder público...

Distribuição de crédito para agricultura familiar: um estudo do PRONAF a partir de um indicador de desenvolvimento rural

Silva, Fernanda Faria
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
145.86%
O Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (PRONAF) constituiu –se um avanço na ampliação do acesso e da inclusão de agricultores familiares no crédito rural formal, que se direcionava majoritariamente a agricultores de maior porte. Nos anos iniciais de implantação do PRONAF, observou-se forte concentração de recursos nas regiões Sudeste e Sul do Brasil e nos agricultores familiares mais integrados ao mercado. Recentemente, ocorreram algumas mudanças que, teoricamente, estariam alterando o perfil do Programa no sentido de direcionar recursos a um número maior de agricultores mais carentes. Além disso, essas mudanças viriam estimular o “desenvolvimento local” e incorporar o debate do “Paradigma de Desenvolvimento Territorial”. Dessa forma, o intuito desta dissertação é verificar a lógica recente da distribuição dos recursos do PRONAF, feita pelas duas principais modalidades: Crédito e Infra-estrutura, a fim de verificar o perfil dos agricultores familiares e das localidades que têm recebido recursos nas regiões Nordeste e Sul. Para tanto, foi feito um estudo do enquadramento de agricultores familiares e municípios que mais captam recursos dessas modalidades e, em seguida — com base no trabalho de Kageyama (2004) —...

Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (PRONAF): análise da distribuição dos recursos entre 1999 e 2009

Fernandes, Fernanda Ferreira
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
185.94%
Este trabalho estuda a distribuição de recursos pelo Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (PRONAF) entre 1999 e 2009, que é um programa de crédito, que se coloca como uma política pública para extinguir as dificuldades de acesso a recursos por parte dos agricultores familiares. O intuito é o de investigar se, apesar das modificações na sua legislação no sentido de aumentar a incorporação de agricultores familiares mais pobres em regiões mais pobres, o programa tem apresentado uma lógica de distribuição concentrada em agricultores mais dinâmicos e regiões mais desenvolvidas. Este estudo tem como pano de fundo a perspectiva teórica pós-keynesiana, na qual os bancos, enquanto agentes econômicos, são os principais responsáveis pela oferta de crédito, fundamental para o desenvolvimento econômico. Na visão de Keynes, os bancos levam em conta a sua expectativa quanto à capacidade futura de pagamento dos tomadores de empréstimos, às formas alternativas de rentabilidade de ativos e aos seus desejos de segurança. A perspectiva é a de que estes agentes econômicos têm a preferência de dirigir recursos para agentes mais dinâmicos, que podem oferecer maiores garantias; em espaços mais desenvolvidos economicamente; para setores econômicos menos arriscados. A tendência...

Uma investigação dos impactos do PRONAF sobre as condições produtivas, econômicas e sociais dos agricultores familiares das regiões sul e nordeste, no período de 1996 a 2006

Queiroz, Sabrina Faria de
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
175.86%
O Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (PRONAF) se configurou como um marco na história do meio rural brasileiro ao permitir o acesso diferenciado dos agricultores familiares ao crédito rural. Aquele programa foi implementado a partir de 1996 com o objetivo de promover o desenvolvimento sustentável da agricultura familiar. Contudo, somente a partir dos anos 2000 o montante de crédito contratado passou a apresentar tendência de crescimento. Por conta disso, a presente tese se propôs a investigar e discutir os impactos do PRONAF sobre alguns indicadores agropecuários das regiões Sul e Nordeste entre os anos de 2000 e 2006. A hipótese básica é de que o PRONAF apresentou efeitos positivos e melhorou diversos indicadores agropecuários. Para testar essa hipótese, foram construídas três variáveis de impacto, quais sejam, PRONFAB06, PRONFCDE06 E PRONFINV06. Essas variáveis se referem, respectivamente, aos recursos do PRONAF crédito custeio direcionado aos agricultores familiares mais vulneráveis em termos de renda, aos agricultores familiares mais capitalizados e aos recursos do PRONAF liberados para investimento. Com isso, e por meio do uso da econometria espacial, buscou-se avaliar se o PRONAF, nas três categorias consideradas...

Agricultura familiar, pluriatividade e políticas públicas na região nordeste e sul do Brasil, nos anos 1990 e 2000: trajetórias e desafios

Cardoso, Jucyene das Graças
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
185.99%
Este trabalho objetiva contribuir com os estudos em torno das determinações da pluriatividade e de sua trajetória ao longo dos anos 1990 e 2000 nas Regiões Nordeste e Sul do Brasil. Neste sentido, mais que se perguntar sobre os motivos explicativos da existência da pluriatividade no Brasil, este trabalho pretende investigar sobre as possibilidades de crescimento da mesma no interior da agricultura familiar nordestina e sulina. Utilizaram-se, na investigação, dados da PNAD/IBGE – Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios – para o período de 1992 a 1999 e 2001 a 2009 e da metodologia e tipologia de famílias do Projeto Rurbano (IE/Unicamp). Na medida em que a pluriatividade é um conceito que qualifica a realidade da família que desempenha ocupações agrícolas (lado agrícola da pluriatividade) e ocupações não agrícolas (lado não agrícola da pluriatividade), os estudos apontam para o fato de que existiriam elementos explicativos da pluriatividade que seriam intrínsecos e extrínsecos àquelas famílias. A hipótese deste trabalho é que os determinantes intrínsecos (aqueles relacionados com características internas dos membros das famílias, tais como: tamanho da família, idade, escolaridade) não são suficientes para explicar o comportamento da pluriatividade ao longo do tempo. Entende-se que as determinações extrínsecas (aquelas relacionadas ao ambiente econômico...

Abrindo a caixa preta : o financiamento da agricultura familiar no Brasil

Gilson Alceu Bittencourt
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/12/2003 Português
Relevância na Pesquisa
135.84%
A partir de ampla revisão da literatura e experiência internacional, o trabalho sustenta a tese que, embora o crédito agrícola seja um componente relevante das políticas públicas de apoio à agricultura familiar, a promoção do desenvolvimento rural requer a mudança do modelo tradicional de financiamento. É preciso reforçar instituições de finanças rurais que atuam em nível local e que agregam ao crédito um conjunto de serviços essenciais para a construção de capital social, e a superação dos obstáculos que travam o desenvolvimento e a inserção sustentável dos agricultores familiares nos mercados. Tendo como pano de fundo a análise do funcionamento do Sistema Nacional de Crédito Rural, a dissertação avalia o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar, apresentando seus principais mecanismos, beneficiários, fontes de recursos, agentes financeiros, e destaca em particular os progressos e os limites desta iniciativa. Sustenta que o Pronaf, sendo um apêndice do SNCR, enfrenta dificuldades para operar com o público ao qual se destina, uma vez que as instituições que o operam não estão preparadas para esta função. Destaca também que o envolvimento destas instituições tem implicado em custos elevados para o Tesouro Nacional...

Inadimplência de financiamentos da agricultura familiar no Pronaf C : um estudo no município de Marmeleiro, Paraná

Kozelinski, Benigno
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
185.86%
O Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (PRONAF) é ação do governo federal destinada a promover a viabilização de créditos para custeio e investimentos agropecuários sob execução exclusiva do Banco do Brasil. Este trabalho tem como tema o PRONAF em suas linhas de crédito delimitado ao índice de inadimplência na linha de crédito do PRONAF C, a agricultores com renda familiar anual de 2 a 14 mil reais, no período agrícola da safra de 2006 a 2007. A pesquisa utilizada foi a survey, com 13 (treze) tomadores do PRONAF C do Banco do Brasil, agricultores do município de Marmeleiro, Estado do Paraná, clientes da agência do Banco do Brasil daquele município, que apresentam como variável de análise a inadimplência. Descreve os agricultores pesquisados como trabalhadores com escolaridade de 1º Grau, faixa etária média de 47 anos, residentes e dependentes de sua propriedade. Identifica o índice de inadimplência desse tipo de financiamento de 11,22% dos contratos. Como fatores de influência para a inadimplência ao financiamento tomado do PRONAF são relacionados à passagem de problemas de produção em safras anteriores, a baixa produtividade, a exposição aos baixos preços praticados na comercialização dos produtos...

Dispersão regional de empreendimentos coletivos da agricultura familiar a partir de registros administrativos do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (PRONAF)

Galindo, Ernesto Pereira; Silva, Sandro Pereira
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Mercado de trabalho: conjuntura e análise - Artigos
Português
Relevância na Pesquisa
175.88%
Este trabalho apresenta o universo de agricultores cooperados ou associados a organizações com registro como agricultura familiar, inseridos no contexto das políticas públicas de desenvolvimento rural no Brasil. A pesquisa se justifica pelo fato de as organizações cooperativas e associativas de agricultura familiar no meio rural brasileiro se constituírem em um importante vetor do universo da economia solidária no país. Demonstra, de forma descritiva, quantos são e como estão distribuídos regionalmente os empreendimentos credenciados a acessar as políticas públicas de desenvolvimento rural no Brasil. Foram usados como referência os registros administrativos do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) válidos em dezembro de 2012, não contemplando, portanto, todos os registros que, em algum momento, foram válidos em 2012, mas apenas aqueles emitidos e não cancelados no referido ano.; p. 77-83 : il.