Página 1 dos resultados de 18330 itens digitais encontrados em 0.270 segundos

Estudo da perceção dos turistas em relação à atratividade e à eficácia dos canais eletrónicos e impressos na promoção dos destinos turísticos

Fernandes, Nuno Gonçalo Raposo
Fonte: Instituto Politécnico de Leiria Publicador: Instituto Politécnico de Leiria
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
36.77408%
Dissertação para obtenção do grau de Mestre em Marketing e Promoção Turística apresentado à ESTM - Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar do Instituto Politécnico de Leiria.; Nos últimos anos o mundo tem vindo a atravessar mudanças constantes a todos os níveis e que se desenrolam a um ritmo acelerado, desde alterações políticas, económicas, sociais e até ambientais. O turismo como atividade dinâmica, em constante evolução e adaptação ao meio, não foge à regra e atravessa paralelamente uma fase de mudanças estruturais. Deste modo, a informação que é oferecida pelos canais de promoção turística tornam estes cada vez mais decisivos na escolha dos destinos turísticos alterando o comportamento dos consumidores na decisão destes em “comprar” um destino, isto é, visitá-lo. A eficácia percebida da promoção depende da forma como os clientes compreendem e percecionam toda a informação que lhes é transmitida. Neste estudo a promoção turística dirigida pelo canal eletrónico diz respeito à promoção veiculada através dos meios internet e redes sociais, nomeadamente o facebook. Por sua vez, a promoção turística direcionada pelo canal impresso de promoção turística refere-se aos folhetos ou às brochuras Impressas. O estudo da atratividade e da eficácia dos canais de promoção é realizado para avaliar se existe relação entre a perceção que os turistas têm pela atratividade e eficácia dos canais eletrónico e impresso de promoção dos destinos turísticos. A técnica de recolha de dados de inquérito por questionário online aplicado neste trabalho permitiu identificar que quanto maior é a atratividade percebida do canal eletrónico menor é a eficácia percebida do canal impresso de promoção turística. No mesmo sentido...

As concepções do agente comunitário de saúde sobre promoção da saúde; Conceptions of health's community work concerning health promotion

Almeida, Eugênia Zilioli de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/06/2008 Português
Relevância na Pesquisa
36.690593%
Esta pesquisa compreende um estudo de caso do tipo descritivo, que pretende fazer uma abordagem quanti-qualitativa das ações de Promoção da Saúde do Agente Comunitário de Saúde (ACS). Teve como objetivos: descrever e analisar as ações do ACS, buscando identificar as concepções de promoção da saúde que dão suporte as mesmas. A pesquisa foi realizada na cidade de São Paulo, em uma Unidade Básica de Saúde localizada na região central deste município. Foram sujeitos do estudo 16 ACS que atuam na região. Os dados quantitativos foram coletados através de um Formulário, baseado na proposta do Ministério da Saúde para os eixos de Competências do ACS quais sejam aqui citados como: A integração da equipe com a população, Planejamento e avaliação, Promoção da Saúde, Prevenção e monitoramento de risco ambiental e sanitário e a grupos específicos e morbidades. Estes dados foram organizados segundo o programa EXCEL. Os dados qualitativos foram coletados por meio da técnica de Grupo Focal (GF) e visavam aprofundar os dados obtidos com o inquérito. As discussões das ações de promoção da saúde no GF foram analisadas pelo método do Discurso do Sujeito Coletivo (DSC). Foi possível a constatação de que o ACS investigado tinha mais habilidade com as ações de promoção da saúde que se dispunham informar a família sobre o comportamento adequado à saúde e...

Promoção da saúde e o desenvolvimento de habilidades pessoais: representações de idosos usuários de UBS sobre promoção da saúde e contribuição dos serviços; Health promotion and the development of personal skills: representations of elderly users of UBS on health promotion and contribution of services

Perracini, Carolina Pinheiro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/05/2009 Português
Relevância na Pesquisa
36.727546%
INTRODUÇÃO: A promoção da saúde é um tema bastante discutido atualmente. A partir do referencial teórico da Carta de Ottawa (1986), este estudo prioriza o desenvolvimento de habilidades pessoais entre os idosos, um dos campos de ação definidos por este documento. As atividades de promoção da saúde do idoso consideradas neste estudo foram selecionadas em documentos oficiais brasileiros e estudo de literatura sobre o assunto. OBJETIVO: Discutir a inserção da promoção da saúde em práticas de vida de um conjunto de idosos de baixa renda, a partir de suas representações sobre promoção da saúde e a contribuição dos serviços. METODOLOGIA: Foi utilizada metodologia qualitativa, com entrevista semi-estruturada realizada com doze usuários idosos de baixa renda de uma Unidade Básica de Saúde da cidade de São Paulo, e com duas profissionais de saúde dessa UBS. Também foram registradas observações em diário de campo. Utilizouse como critério para seleção dos sujeitos o fechamento do campo por cotas e realizou-se análise de conteúdo e temática do material coletado. RESULTADOS E DISCUSSÃO: Os idosos foram caracterizados segundo aspectos sócio-demográficos e segundo as representações que apresentaram em relação a seu envelhecimento. Quanto às características sócio-demográficas...

Promoção da saúde do idoso: revisão de literatura brasileira; Health promotion for the elderly: revision of the Brazilian literature

Yamamoto, Cintia Missue Kitano
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/10/2010 Português
Relevância na Pesquisa
36.71072%
O envelhecimento populacional e a mudança no perfil epidemiológico ocorridos nas últimas décadas trazem novos desafios sociais, políticos e culturais tanto no Brasil como no restante do mundo. A nova Promoção da Saúde tem influenciado o setor saúde propondo uma concepção ampla do processo saúde-doença e de seus determinantes, na articulação de saberes técnicos e populares, e na mobilização de todos os setores da sociedade para seu enfrentamento e resolução. Objetivos: Traçar um panorama da produção bibliográfica sobre Promoção da Saúde do Idoso, no Brasil. Identificar o enfoque conceitual de Promoção da Saúde e o tipo de delineamento de pesquisa dos artigos avaliados.Método: Realizou-se um estudo exploratório descritivo, por meio de levantamento bibliográfico no banco de dados LILACS, mediante descritores do vocabulário DECS. O período pesquisado foi de 1994 a 2009, no Brasil; tendo como marco histórico a promulgação da Política Nacional do Idoso. A análise dos dados foi dividida em duas seções: quanto aos periódicos e quanto aos artigos selecionados. Resultados: Foram obtidos 112 registros de publicações; sendo: 26 teses, 21 livros, 63 artigos, 1 (hum) editorial de saúde e 1 (hum) documento Pelos critérios de inclusão foram analisados 31 artigos em 23 revistas da área da saúde. As áreas dos periódicos que mais publicaram artigos sobre a temática da promoção da saúde do idoso...

Potencialidades do "WHOQOL - BREF" para a identificação das esferas de promoção da saúde: opinião de especialistas; Potential of the WHOQOL-bref" to identify the areas of health promotion: opinions of experts

Barros, Débora Gomes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/07/2011 Português
Relevância na Pesquisa
36.71072%
No Brasil, desde a constituição do SUS, a Promoção da Saúde encontra-se dentre suas tarefas, compondo a linha de cuidado integral dos sujeitos. No entanto, ainda há o despreparo dos profissionais para captar e trabalhar com as dimensões subjetivas. Dessa forma, surge a necessidade de instrumentos que permitam indicar as ações de promoção da saúde para a prática de uma clínica com olhar mais ampliado. Neste trabalho optou-se como base teórica a perspectiva de Promoção da Saúde de Labonte, pois articula a abordagem biomédica e comportamental das ações em saúde e agrega à perspectiva sócio-ambiental e emocional intrínseca ao processo saúde doença. Teve como objetivo verificar e descrever os limites e possibilidades do WHOQOL-bref para identificar as dimensões de saúde e bem estar proposta por Labonte. Como metodologia, utilizou-se a técnica Delphi, que consiste em consultar um grupo de especialistas em determinado assunto, por meio de um questionário repassado entre todos os respondentes. Para selecionar os especialistas foram consultados os bancos on-line de teses e dissertações da USP e Unicamp, sendo procurados trabalhos com o descritor WHOQOL e promoção da saúde, dos últimos três anos. A partir da leitura do resumo destes trabalhos foram escolhidos os especialistas cujas temáticas tivessem uma proximidade com o foco deste estudo. Portanto...

As potencialidades do agente comunitário de saúde para ações de promoção da saúde: em foco o  colegiado gestor regional de Alto Capivari; The potentialities of the community health worker on the actions of health promotion: into focus the Regional Management Collegiate of Alto Capivari

Gomes, Maria Fernanda Pereira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/12/2011 Português
Relevância na Pesquisa
36.75409%
O Ministério da Saúde atribui cinco competências aos Agentes Comunitários de Saúde (ACS), uma delas é a Promoção da Saúde. As particularidades da inserção do ACS na comunidade e sua identidade cultural podem facilitar ou não o desenvolvimento de ações de Promoção da Saúde. As questões colocadas para esta pesquisa foram: O ACS tem potencial para promover a saúde? Que tipo de ações de Promoção da Saúde esses ACS realizam? Existe investimento diferenciado nas ações de Promoção da Saúde, por parte dos municípios? Com base nesse contexto, o objetivo geral desta pesquisa foi descrever e analisar as potencialidades do ACS para a Promoção da Saúde. E, como objetivos específicos: caracterizar o perfil sócio-demográfico dos ACS; caracterizar as competências dos ACS; caracterizar as ações vinculadas à competência Promoção da Saúde e analisar o potencial destas para o fortalecimento das comunidades. Os referenciais teóricos utilizados para análise e discussão dos resultados foram o modelo de Promoção da Saúde proposto por Labonté (1993) e o modelo teórico de organização e construção da comunidade para Promoção da Saúde, proposto por Nutbeam e Haris (2005). Trata-se de uma pesquisa de abordagem quanti-qualitativa...

Aspectos da atividade de promoção de marketing nos serviços turísticos de museus; Aspects of the marketing promotion activity at tourism services in museums

Nascimento, Camila Leoni
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/05/2012 Português
Relevância na Pesquisa
36.75409%
A definição dos programas de promoção de marketing varia de acordo com o público que se quer atingir e também com o tipo de comunicação que se quer transmitir. Para definir o programa de comunicação e quais as ferramentas que serão utilizadas, é preciso desenvolver uma estratégia de comunicação de acordo com as necessidades dos clientes e com os objetivos da organização. Este estudo teve como objetivo principal identificar e analisar as atividades de promoção de marketing referentes aos serviços turísticos, mais especificamente nos museus, onde foi realizada a pesquisa de campo. Para atingir esse objetivo, primeiro foi realizada a revisão teórica abordando os conceitos de promoção de marketing, os serviços e os aspectos da atividade de promoção em serviços. Por fim, foram estudados os serviços turísticos e contextualizado o objeto de estudo acerca da atividade de promoção de serviços turísticos com ênfase em museus. O método utilizado para a pesquisa de campo foi o estudo de caso. O trabalho teve sua aplicação na área de museologia, investigadas três instituições: a Pinacoteca do Estado de São Paulo, o Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand e o Museu da Casa Brasileira Organização Social de Cultura. Para cada museu foram analisadas as seguintes atividades de promoção de marketing: segmentação e posicionamento...

Promoção da saúde: a relação entre aptidão física e fatores de risco biológico das doenças cardiovasculares em escolares

Silva, Marcelo Faria
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.727546%
Para Czeresnia (1999), a promoção da saúde representa um conjunto de idéias capazes de redirecionar as práticas em saúde pública. Entre elas, é de se destacar, o instituto recente no espaço da educação formal do conceito de escolas promotoras de saúde. Implícitos neste conceito estão às práticas pedagógicas e ações efetivas com o intuito do desenvolvimento de princípios, valores, atitudes e condutas frente à melhoria da qualidade de vida e ao aprimoramento das bases para hábitos de vida mais ativos. Neste cenário, emergem as preocupações do professor de educação física com o desenvolvimento da aptidão cardiorrespiratória desde a fase escolar no que se refere a menor probabilidade do surgimento de doenças cardiovasculares na idade adulta. A partir disto, os objetivos desta tese são: a) apresentar alguns aspectos históricos relacionados à promoção da saúde no âmbito internacional e nacional e, conseqüentemente, salientar a importância desse quadro teórico na fundamentação das escolas promotoras de saúde e, especificamente, na perspectiva de ações inerentes à prática pedagógica relacionada à educação física escolar e disciplinas afins; b) propor pontos de corte para o teste de corrida e caminhada de 9 minutos considerando sua associação com marcadores biológicos de riscos cardiovasculares e c) identificar a probabilidade de escolares com razão de chances aumentada de fatores de risco cardiovascular a partir do teste de 9 minutos categorizados pelo índice de massa corporal (IMC) e sexo com os marcadores de triglicerídeos (TG)...

Promoção da saude : uma estrategia para o foralecimento das praticas em saude bucal; Promotion of the health

Ednalva Maria de Sousa
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/12/2005 Português
Relevância na Pesquisa
36.727546%
A precariedade da saúde bucal da população adulta e idosa, no Brasil, influencia diversos aspectos funcionais, sociais e psicológicos, diminuindo, assim, a qualidade de vida desses indivíduos. O cirurgião-dentista é de vital importância neste contexto, como profissional da área da saúde e agente modificador. Objetivos: avaliar o conhecimento do Cirurgião-Dentista do Serviço Municipal de Saúde de Campinas sobre práticas de promoção da saúde, verificar se as mesmas são realizadas na sua Unidade Básica de Saúde (UBS) e medir o impacto de informações sobre promoção da saúde fornecidas, por meio de uma apostila, sobre os mesmos. Dos 180 Cirurgiões-Dentistas do Serviço Municipal de Saúde da cidade de Campinas ? SP que aceitaram participar do estudo, a análise foi feita com 63 que responderam o questionário antes e depois. Estudo foi experimental, abordagem quantitativa, utilizando-se um questionário semi-estruturado e uma apostila específica como intervenção. O teste McNemar foi utilizado por se tratar de uma amostra com variável dicotômicas e dependentes entre si. Cada Cirurgião- Dentista foi o controle de si mesmo. Os testes foram realizados ao nível de significância de 5%. Principais resultados: A porcentagem de acertos em relação ao conhecimento sobre promoção da saúde...

Grupo de promoção da saúde na estratégia saúde da família (ESF)

Alves, Lucia Helena de Souza
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
36.727546%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Florianópolis, 2010; Pesquisa qualitativa participativa que objetivou conhecer a percepção dos usuários e equipe de ESF sobre grupos desenvolvidos em unidades de saúde em município da região do Alto Vale do Itajaí/SC. Objetivos específicos: levantar publicações de pesquisas sobre promoção da saúde, educação em saúde e enfermagem com grupos no Brasil; identificar percepções dos usuários/equipe ESF quanto às ações desenvolvidas nos grupos; analisar estas ações a partir das cinco estratégias de promoção da saúde da Carta de Ottawa. Utilizou-se o referencial teórico da promoção da saúde e a estrutura conceitual/metodológica de Paulo Freire. A busca das publicações ocorreu em artigos de periódicos em português/espanhol, na base de dados LILACS e biblioteca SciELO, nos anos de 2003-2008, utilizando os descritores: enfermagem, promoção da saúde, educação em saúde, saúde de grupos específicos; selecionando18 artigos. A coleta de dados da pesquisa ocorreu no segundo semestre de 2009 em duas unidades ESF, com usuários/profissionais, em 3 fases: investigação temática; codificação/descodificação; desvelamento crítico. Os temas foram discutidos e analisados à luz da Carta de Ottawa. Como resultado da revisão literária identificou-se que 50% dos estudos objetivaram compreender percepções dos participantes do grupo sobre determinado tema ou primeiro passo para depois realizar a atividade proposta; predominaram pesquisas participativas...

Análise da produção de conhecimento da enfermagem brasileira na promoção da saúde da criança

Medeiros, Elaine Alano Guimarães
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 156 p.| il.
Português
Relevância na Pesquisa
36.727546%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem.; Trata-se de uma pesquisa bibliográfica do tipo descritivo-exploratória com abordagem qualitativa com o objetivo de caracterizar a produção de conhecimento da enfermagem brasileira na promoção da saúde da criança e analisar esta produção quanto aos cuidados para a promoção da saúde relacionando-os com a Carta de Ottawa, que foi realizada por meio de buscas em bases de dados eletrônicas. A seleção das publicações se deu através de leitura exploratória dos títulos e resumos e, posteriormente, de uma leitura seletiva e integral das obras. O material bibliográfico foi organizado em pastas eletrônicas e iniciou-se a coleta de dados propriamente dita por meio da leitura analítica e interpretativa, ordenando e sumarizando as informações. Para a análise dos dados, valeu-se da análise de conteúdo, mas propriamente, a proposta operativa de Minayo. As categorias que emergiram foram descritas e, em seguida, discutidas à luz das próprias publicações analisadas e do referencial teórico de promoção da saúde. Os resultados foram descritos e discutidos por meio de dois manuscritos: "Análise da produção de conhecimento da enfermagem brasileira na promoção da saúde da criança" e "O papel do enfermeiro e as recomendações para a promoção da saúde da criança nas publicações da enfermagem brasileira". Como ficou evidente...

Promoção da saúde

Mascarenhas, Carine Vendruscolo
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
36.741824%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública.; Realizou-se um estudo de campo qualitativo, cujo objetivo foi conhecer as representações sociais sobre promoção da saúde dos acadêmicos dos cursos de graduação da área da saúde, em uma universidade pública federal. Tendo como referência o conceito mais moderno de promoção da saúde, a pesquisa ancora-se no modelo que sugere a união de esforços individuais e ações coletivas, podendo intervir sobre a realidade sanitária na resolução dos problemas de saúde da população e na melhoria da sua qualidade de vida, através de políticas públicas saudáveis, ambientes favoráveis à saúde, fortalecimento da ação comunitária, desenvolvimento de habilidades e atitudes pessoais e reorientação dos serviços de saúde e da saúde pública. Os dados foram coletados através de entrevistas semi-estruturadas com trinta (30) alunos de cinco (5) diferentes cursos: Farmácia, Nutrição, Odontologia, Medicina e Enfermagem. Para a análise dos dados, utilizou-se o método de Análise do Conteúdo proposto por Bardin. Foi possível identificar seis (6) categorias de análise: Da Prevenção de Doenças a Qualidade de Vida: Concepções Sobre Promoção de Saúde ao Longo da Vida Acadêmica...

Percepção do enfermeiro sobre promoção da saúde na Unidade de Terapia Intensiva

Aguiar,Adriana Sousa Carvalho de; Mariano,Monaliza Ribeiro; Almeida,Lívia Silva; Cardoso,Maria Vera Lúcia Moreira Leitão; Pagliuca,Lorita Marlena Freitag; Rebouças,Cristiana Brasil de Almeida
Fonte: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2012 Português
Relevância na Pesquisa
36.727546%
Objetivou-se relatar a percepção dos enfermeiros sobre a promoção da saúde, descrever ações de promoção da saúde e identificar dificuldades na realização de atividades de promoção da saúde na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Trata-se de um estudo descritivo, exploratório, qualitativo realizado com 31 enfermeiros de duas UTIs adulto e uma UTI neonatal de hospital de referência em Fortaleza, Ceará, Brasil, entre julho e agosto de 2009, mediante questionário. Os dados foram analisados e categorizados a partir da análise de conteúdo de Bardin. Emergiram as seguintes categorias e subcategorias: Conceito de promoção da saúde: visão biomédica x visão holística de promoção da saúde; Ações de promoção da saúde; Comunicação e apoio emocional ao paciente/família; Promoção da saúde na UTI; Promoção da saúde com enfoque na educação em saúde; e Dificuldades para o desenvolvimento de ações de promoção da saúde.

Construção do conceito de promoção da saúde: comparação entre estudantes ingressantes e concluintes de Fonoaudiologia

Santos,Lidiane Gonçalves dos; Lemos,Stela Maris Aguiar
Fonte: Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2011 Português
Relevância na Pesquisa
36.727546%
OBJETIVO: Caracterizar e comparar o conhecimento de ingressantes (estudantes do 1º período) e concluintes (estudantes do 8º período) de um curso de Fonoaudiologia acerca do tema promoção da saúde. MÉTODOS: Estudo descritivo transversal realizado por meio da aplicação de 92 formulários em estudantes de Fonoaudiologia ingressantes e concluintes. A análise dos dados obtidos foi realizada em três etapas: análise descritiva das questões fechadas, análise estatística da associação entre as respostas do 1º e do 8º períodos, e análise qualitativa das questões abertas do formulário. RESULTADOS: A maioria dos entrevistados cursou disciplinas com o tema promoção da saúde; mais de um terço participou de atividades extracurriculares ou disciplinas práticas envolvendo o tema. A maioria referiu saber o que é promoção da saúde e ter a intenção de realizar ações em promoção da saúde. Os ingressantes relataram conceitos empíricos sobre promoção da saúde e confundiram promoção com prevenção. Entre os concluintes, a confusão existe em menor quantidade. CONCLUSÃO: O curso de graduação em Fonoaudiologia dos estudantes entrevistados contribui para a formação do conceito de promoção da saúde, porém existe uma confusão entre os termos prevenção e promoção da saúde...

Promoção da saúde: a concepção dos profissionais de uma unidade de saúde da família

Rodrigues,Carol Cardoso; Ribeiro,Kátia Suely Queiroz Silva
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz, Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio Publicador: Fundação Oswaldo Cruz, Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2012 Português
Relevância na Pesquisa
36.727546%
Este artigo tem como objetivo analisar as concepções que norteiam as práticas de promoção da saúde dos profissionais de uma unidade de saúde da família em João Pessoa, Paraíba, Brasil. Realizou-se uma pesquisa qualitativa, com técnicas de entrevista e observação participante, tendo como instrumentos a entrevista semiestruturada e o diário de campo. A coleta dos dados ocorreu em abril e maio de 2010. Os informantes-chave foram seis membros da comissão gestora de uma atividade de promoção da saúde e outros dois profissionais, indicados pela comissão, totalizando oito entrevistados. As entrevistas e o diário de campo foram analisados com base no método de análise de discurso. As categorias de análise foram concepções de promoção da saúde, conhecimento da Política Nacional de Promoção da Saúde e ações de promoção da saúde do planejamento à execução. Teve como referencial teórico os documentos das conferências internacionais sobre promoção da saúde e a Política Nacional de Promoção da Saúde. Percebeu-se que os entrevistados tinham um conceito ampliado de saúde, que influencia diretamente a concepção de promoção da saúde; entretanto, há incoerência entre o discurso e a prática. Espera-se que este estudo contribua para uma reflexão das atividades de promoção da saúde desenvolvidas pelos profissionais.

A investigação participada de base comunitária na construção da saúde: Projecto de Capacitação em Promoção da Saúde (PROCAPS): resultados de um estudo exploratório

Loureiro, Isabel; Gomes, José Carlos Rodrigues; Dias, Lúcia; Santos, Maria João Heitor dos
Fonte: INSA,IP Publicador: INSA,IP
Tipo: Relatório
Publicado em /03/2011 Português
Relevância na Pesquisa
36.727546%
A saúde é um fenómeno com dimensões sociais, psicológicas, espirituais e físicas. A sua manutenção exige uma abordagem multisectorial e transdisciplinar e é condicionada por todas as políticas, em todos os sectores. Consciente deste desafio, a Unidade de Promoção da Saúde (UPS) do Departamento de Promoção da Saúde e Doenças Crónicas (DPSDC) do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, I.P. (INSA, I.P.), propôs-se desenvolver um estudo de necessidades e potencialidades de acção e formação em promoção da saúde a nível local, regional e nacional, o PROCAPS (Projecto de Capacitação em Promoção da Saúde). A metodologia utilizada nesta 1ª fase do projecto destinou-se a identificar as principais preocupações, necessidades e recursos das autarquias. Para isso preparou-se 1) um workshop com autarquias seleccionadas com base no seu interesse e experiências prévias na área, 2) consultaram-se as Administrações Regionais de Saúde para perceber a sua sensibilidade em relação a um apoio mais concreto às autarquias no diagnóstico e planeamento (Perfis de Saúde e Plano de Desenvolvimento em Saúde, e 3) fez-se um questionário (on-line) sobre competências necessárias e indicadores já disponíveis baseado no workshop “Autarquias e Promoção da Saúde” e nas reuniões de trabalho com as ARS do território continental. A população alvo do estudo foi constituída pelas autarquias (Continente e Regiões Autónomas da Madeira e dos Açores) (N=308). No caso...

Desvelando as ações de promoção da saúde das enfermeiras nos grupos de atendimentos coletivos de atenção básica

Maceno, Priscila Rosa
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 147 p.| il., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
36.727546%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Florianópolis, 2013.; Trata-se de uma pesquisa exploratório-descritiva, de abordagem qualitativa, com o objetivo de conhecer as ações educativas dos enfermeiros para a Promoção da Saúde nos grupos de Atenção Básica em Florianópolis/SC, relacionando-as com a Carta de Ottawa e Levantar as publicações de pesquisas voltadas às ações educativas de Promoção da Saúde desenvolvidas por enfermeiros na Atenção Básica.A coleta de dados da pesquisa ocorreu no primeiro semestre de 2012 em dez unidades de saúde com dez enfermeiros atuantes nos grupos de Atenção Básica e constou de duas etapas: sorteio dos grupos das unidades por meio de ficha fornecida pela Secretaria Municipal de Saúde. Em cada ficha constam os atendimentos coletivos das unidades da Rede da Atenção Básica de Florianópolis. Após identificação dos grupos e das unidades sorteadas, seguiu-se a segunda etapa, com a entrada de campo nas unidades de Saúde, com data e hora marcadas com os participantes. Utilizou-se um instrumento de seis perguntas relacionadas com as atividades realizadas nos grupos para a realização de entrevistas semiestruturadas. Para a análise dos dados...

Satisfação dos pais sobre a promoção da parentalidade realizada pelo enfermeiro de família

Costa, Anabela Lopes Rodrigues; Silva, Ernestina Maria Veríssimo Batoca, orient.; Costa, Maria Isabel Bica Carvalho, co-orient.
Fonte: Instituto Politécnico de Viseu. Escola Superior de Saúde de Viseu Publicador: Instituto Politécnico de Viseu. Escola Superior de Saúde de Viseu
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
36.782332%
Enquadramento: O conceito de parentalidade ou função "parental", que designa uma atitude de co-responsabilização e partilha nas tarefas do cuidar dos filhos atendendo para a necessidade de participação de ambos os progenitores. A parentalidade positiva integra o conjunto de funções atribuidas aos pais para cuidarem e educarem os seus filhos. Pode ser descrita como promoção do desenvolvimento de relacionamento positivo e optimização do potencial desenvolvimento das crianças. Com o objectivo de promover a autonomia do sistema familiar, a intervenção de enfermagem deve basear-se na parceria com a família visando capacitá-la a nível de competências e independência Objectivos: Avaliar a satisfação dos pais sobre a promoção da parentalidade, realizada pelo enfermeiro de família; Determinar a influência das variáveis sociodemográficas e familiares dos pais; Determinar se a influência da vigilância de saúde dos recém-nascidos influencia a satisfação dos pais relativamente à promoção da parentalidade. Métodos: Estudo transversal, de natureza descritiva, realizado numa amostra não probabilística por conveniência, constituída por 62 pais de crianças até aos 6 meses de idade vigiados...

Percepção do enfermeiro sobre promoção da saúde na Unidade de Terapia Intensiva; Percepción del enfermero sobre promoción de la salud en la Unidad de Terapia Intensiva; The nurses' perceptions regarding health promotion in the Intensive Care Unit

Aguiar, Adriana Sousa Carvalho de; Mariano, Monaliza Ribeiro; Almeida, Lívia Silva; Cardoso, Maria Vera Lúcia Moreira Leitão; Pagliuca, Lorita Marlena Freitag; Rebouças, Cristiana Brasil de Almeida
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2012 Português
Relevância na Pesquisa
36.727546%
The objective of this study was to report the nurses' perceptions regarding health promotion, describe health promotion activities, and identify difficulties in performing health promotion activities in the Intensive Care Unit (ICU). This descriptive, exploratory study was performed with 31 nurses from two adult ICUs and one neonatal ICU of a reference hospital in Fortaleza, Ceará, Brazil, between July and August 2009, using a questionnaire. Data were analyzed and categorized using Bardin's content analysis. The following categories and subcategories emerged: the concept of health promotion: biomedical and holistic view of health promotion; health promotion activities; communication and emotional support for patients/family; health promotion in the ICU; health promotion focusing on health education; and the difficulties in developing health promotion activities.; Objetivou-se relatar a percepção dos enfermeiros sobre a promoção da saúde, descrever ações de promoção da saúde e identificar dificuldades na realização de atividades de promoção da saúde na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Trata-se de um estudo descritivo, exploratório, qualitativo realizado com 31 enfermeiros de duas UTIs adulto e uma UTI neonatal de hospital de referência em Fortaleza...

Developing competency - based accreditation for health promotion in Europe; Desenvolvimento de competências – credenciamento baseado em promoção da saúde na Europa

Battel-Kirk, Barbara; Barry, Margaret M.
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 30/06/2013 Português
Relevância na Pesquisa
36.77408%
RESUMO: Introdução: Em abril de 2013, a reunião inaugural do Conselho de Administração e Comitês do Sistemade Acreditação de Promoção da Saúde Europeu da União Internacional de Promoção e Educação em Saúde (UIPES) foi realizada em Paris. A reunião anunciou a implementação de um sistema inovador para a promoção da saúde na Europa, baseado em competências. O sistema tem como objetivo promover a garantiade qualidade e competência na promoção da saúde através de um sistema de acreditação a nível europeu, que foi projetado para ser flexível e sensível a diferentes contextos, mantendo critérios robustos e validados. O sistema baseia-se na literatura internacional sobre as abordagens baseadas em competências para a promoção da saúde e em iniciativas de desenvolvimento de capacidades globais, tais como a Declaração consensuada da Conferência de Galway (“Toward Domains of Core Competence for Building Global Capacity in Health Promotion”)1. O Sistema é projetado para fornecer mecanismos validados que garantam a qualidade às práticas da promoção, da educação em saúde bem como da formação e do desenvolvimento de capacidades na Europa, basedo em conceitos compartilhados e em um sistema formalizado de reconhecimento profissional. As competências e os padrões profissionais que sustentam o Sistema têm como premissa os principais conceitos e princípios da promoção da saúde definidosna Carta de Ottawa2 e sucessivas cartas e declarações(3-8) da Organização Mundial de Saúde. Atualmente...