Página 1 dos resultados de 19 itens digitais encontrados em 0.010 segundos

Possíveis inter-relações entre a submissão ao Chronic Mild Stree(CMS) e o desempenho operante; Possible relations between Chronic Mild Stress (CMS) and operant performance

Thomaz, Cassia Roberta da Cunha
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/09/2009 Português
Relevância na Pesquisa
59.311094%
Chronic Mild Stress (CMS) é um modelo animal de depressão no qual ratos são submetidos a um protocolo de estressores moderados de forma crônica. Em função disso, o consumo e preferência por água com sacarose diminuem. Tal redução costuma ser considerada uma medida de anedonia, sintoma central da depressão em humanos. Três estudos realizados no Laboratório do Programa de Estudos Pós- Graduados em Psicologia Experimental da PUC-SP demonstraram que esse efeito é atenuado pela exposição a uma condição operante em esquema concorrente FR água FR sacarose. O presente estudo teve por objetivo investigar se a submissão a uma condição operante que envolvesse diferentes estímulos reforçadores teria o mesmo efeito. Para isso, as seguintes condições experimentais foram propostas: 1) exposição a um protocolo de estressores por seis semanas; 2) testes semanais de consumo de água e água + 2% sacarose; 3) sessões operantes. Dos nove sujeitos utilizados, quatroforam expostos também a uma condição na qual a resposta de pressão à barra foi consequenciada com acesso à roda de atividades, dois a uma condição na qual a resposta de pressão à barra foi consequenciada com uma pelota de alimento em FR6 e dois em FR12. Como resultado...

Medidas de metabólitos de cortisol em macacos-prego (Gênero Sapajus): análise comparativa entre populações para investigação de fatores estressores; Measures of cortisol metabolites in capuchin monkeys (Sapajus genus): a comparative analysis between wild populations to investigate stressors

Mendonça-Furtado, Olívia de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2012 Português
Relevância na Pesquisa
49.10004%
Estudos da fisiologia do estresse são de fundamental importância para a área de endocrinologia comportamental e para projetos visando à promoção do bem estar de animais cativos. Esses estudos, quando feitos com animais de vida-livre, possibilitam investigar quais estímulos ambientais ou sociais são estressores para o táxon estudado. Pouco se sabe a este respeito sobre macacos-prego (gênero Sapajus), um primata neotropical muito comum em zoológicos, criadouros e outras situações de cativeiro. Uma maior compreensão dos agentes estressores neste gênero pode contribuir para o bem estar de sujeitos cativos. Frente a isso, este trabalho objetivou: 1) investigar, a partir da variação dos níveis de glicocorticóides (GCs; hormônios ligados ao estresse), quais eventos ambientais e comportamentais são percebidos por macacos-prego selvagens como estressantes; 2) verificar a possibilidade de definir valores de referência de níveis aceitáveis (nível basal) de metabólitos fecais de glicocorticóides (MFGs a mensuração de GCs a partir de fezes permite avaliar estes hormônios de forma não-invasiva) para o gênero Sapajus; e 3) validar o protocolo experimental de extração e dosagem de hormônios fecais. Em relação aos dois primeiros objetivos...

Efeitos do treinamento físico sobre a miopatia esquelética em modelo experimental de sepse; Effects of physical training on skeletal myopathy in an experimental sepsis model

Coelho, Carla Werlang
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/12/2012 Português
Relevância na Pesquisa
47.973267%
INTRODUÇÃO: Sepse é a resposta inflamatória sistêmica secundária a um processo infeccioso de alta incidência e elevada mortalidade. A miopatia esquelética, causada pela sepse, gera atrofia muscular e fraqueza generalizada que estão relacionadas a disfunção mitocondrial, produção exacerbada de espécies reativas de oxigênio e aumento da degradação proteica. Exercício físico regular, especialmente de predominância aeróbica, tem mostrado efeito protetor ao músculo esquelético contra uma variedade de estressores e em várias patologias. A hipotése testada neste estudo foi de que o treinamento físico, prévio à indução da sepse, melhora o metabolismo aeróbico e o sistema antioxidante, reduz o estresse oxidativo, diminui a degradação proteica, minimizando a fraqueza e a perda de massa muscular e, por conseguinte, atenuando a miopatia esquelética na sepse. OBJETIVO: Avaliar os efeitos do treinamento físico aeróbico sobre a miopatia esquelética em modelo experimental de sepse induzida através da técnica de ligação e punção cecal (CLP). MÉTODOS: Ratos machos Wistar, inicialmente distribuídos em dois grupos: Não-Treinado e Treinado. O grupo Treinado foi submetido a protocolo de treinamento físico (TF)...

Avaliação dos efeitos do estresse por calor sobre a atividade de linfócitos e a resposta vacinal ao paramixovírus (Doença de Newcastle) em frangos de corte; Effects of heat stress on lymphocytes activity and vaccine response to paramyxovirus (Newcastle Disease) in broiler chicken

Honda, Bruno Takashi Bueno
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 05/08/2013 Português
Relevância na Pesquisa
58.778613%
Uma série de fatores como ambiente, nutrição e doenças podem ser consideradas como estressores em sistemas de produção. Frangos de corte expostos a estressores por períodos prolongados de tempo apresentam de forma geral, redução do ganho de peso e consumo de ração, aumento da conversão alimentar, aumento da média de mortalidade e predisposição a doenças. A vacinação é uma prática essencial para um adequado manejo da produção e o desenvolvimento da imunidade do frango de corte frente a desafios bacterianos e virais presentes no ambiente. O entendimento dos fatores que podem interferir com o sucesso da vacinação é essencial para a otimização da saúde e do bem-estar animal, permitindo a utilização de todo o seu potencial genético e nutricional. Poucos estudos têm enfatizado o efeito do estresse por calor na imunidade celular e humoral de frangos de corte. Este trabalho tem como objetivo estudar o efeito do estresse por calor sobre a imunidade celular (linfócitos B e T), humoral sérica (IgM e IgY) e o peso relativo de órgãos (baço, bursa e fígado) de frangos de corte submetidos a um protocolo de vacinação para a Doença de Newcastle (cepa LaSota). Para tanto, 96 frangos de corte Cobb machos foram aleatoriamente divididos em quarto grupos: grupo 1. Frangos de corte não vacinados expostos à temperatura termoneutra; grupo 2. Frangos de corte vacinados expostos à temperatura termoneutra; grupo 3. Frangos de corte não vacinados expostos ao protocolo de estresse térmico por calor (38±2°C); e grupo 4. Frangos de corte vacinados expostos ao protocolo de estresse térmico por calor (38±2°C). Todas as aves foram alojadas em isoladores com água e ração ad libitum. Foi utilizada uma vacina com o vírus atenuado para Doença de Newcastle (cepa LaSota) administrada em duas doses...

Efeito do protocolo de estressores e da privação de água sobre o consumo de sacarose, o peso corporal e o consumo de alimento e água em ratos; Effects of a stress protocol and water deprivation on sucrose consumption, body weight and food and water intake by rats

Pereira, Clarissa Moreira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 17/04/2015 Português
Relevância na Pesquisa
109.71906%
O Chronic Mild Stress (CMS) é um modelo animal de depressão estudado para investigação das causas e dos atenuadores deste problema. Nele, ratos são submetidos a um protocolo de estressores moderadamente aversivos de maneira crônica. É observada diminuição na ingestão e preferência por substância líquida doce por conta desta submissão. Em estudo sobre o papel da privação de alimento e água no conjunto de estressores, Pereira e Sério (2010) não observaram os efeitos de diminuição na ingestão e preferência por sacarose. É levantada a possibilidade de que a privação de água e alimento a que os sujeitos foram submetidos previamente ao protocolo poderia ter sido responsável pelas diferenças encontradas, já que diferiu em muitos aspectos do realizado por Willner et al. (1987). O objetivo do presente estudo foi o de investigar o papel da privação de água no protocolo de estressores. Três grupos de sujeitos foram propostos: Grupo Protocolo (submetido ao protocolo completo), Grupo Privação (submetido apenas à privação de água presente no protocolo) e Grupo Controle (submetido apenas aos testes semanais de ingestão e preferência). Foram realizados testes de ingestão e preferência por sacarose antes...

Terapia cognitivo-comportamental em grupo para pacientes com transtorno de pânico resistentes à medicação : preditores de resposta em até cinco anos de seguimento

Heldt, Elizeth Paz da Silva
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
48.93814%
O transtorno de pânico (TP) é uma doença de curso crônico e caracteriza-se pela presença de ataques súbitos de ansiedade, acompanhados de sintomas físicos e afetivos, do medo de ter um novo ataque e da evitação de locais ou situações nas quais já ocorreram os ataques de pânico. O tratamento é freqüentemente iniciado com farmacoterapia, porém entre 50 a 80% desses pacientes continuam sintomáticos após a medicação. Estudos têm sugerido que a terapia cognitivo-comportamental (TCC) individual ou em grupo é uma estratégia de tratamento eficaz para pacientes com TP que falharam em responder ao tratamento farmacológico. Entretanto, pouca atenção tem sido dada à identificação de fatores que influenciam os desfechos de longo-prazo. OBJETIVOS Identificar os preditores de resposta à terapia cognitivo-comportamental em grupo (TCCG) para TP até cinco anos após o término do tratamento e avaliar o impacto dessa resposta na qualidade de vida dos pacientes. MÉTODOS Os participantes são provenientes do Programa de Transtornos de Ansiedade do Hospital de Clínicas de Porto Alegre, com diagnóstico de TP com ou sem agorafobia, segundo os critérios do DSM-IV, que tenham realizado um protocolo de 12 sessões de TCCG, durante os anos de 1998 a 2004. Para serem incluídos...

Terapia cognitivo-comportamental em grupo para transtorno de pânico : avaliação de efeito do protocolo padrão e do acréscimo de sessões de reforço com técnicas cognitivas nas estratégias de enfretamento (coping)

Viana, Ana Cristina Wesner
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
47.985127%
O transtorno de pânico (TP) é uma condição crônica e recorrente que prejudica a qualidade de vida e o funcionamento psicossocial dos pacientes. O tratamento com medicamentos e a terapia cognitivo-comportamental (TCC) tem evidências comprovadas de eficácia. Entretanto, a recaída é frequente e a falha nas estratégias de enfrentamento (coping), ao lidar com eventos estressores, tem sido apontada como um gatilho deste desfecho. O protocolo de 12 sessões de TCC em grupo (TCCG), atualmente utilizado, é específico para sintomas do TP. Estudos que avaliam os efeitos de intervenções com técnicas cognitivas de estratégias de coping ainda não foram testados. Pretende-se, neste estudo, verificar se a TCCG padrão modifica as estratégias de coping dos pacientes com TP comparados a um grupo sem transtorno mental (artigo 1) e avaliar o efeito ao acréscimo de quatro sessões de reforço com técnicas cognitivas de estratégias de coping após a TCCG (artigo 2). Trata-se de um ensaio clínico com pacientes (n=48) que participaram das 12 sessões de TCCG para TP de 2006 a 2009, chamados novamente em 2010 e sorteados para o grupo de intervenção (4 sessões de reforço) ou para o grupo controle (2 reuniões educativas). A gravidade dos sintomas foi mensurada pelas escalas: Impressão Clínica Global (CGI)...

Indicadores de estresse e estratégias de enfrentamento de meninos com sinais preditivos para o TDAH

Gomes, Cássia Amélia
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 176 f. : il.
Português
Relevância na Pesquisa
47.631763%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Psicologia do Desenvolvimento e Aprendizagem - FC; A literatura nacional e internacional, especializada nos estudos a respeito do TDAH e subtipos esclarece a dificuldade em se diagnosticar o transtorno, visto a necessidade de indícios do mesmo em mais de um ambiente, bem como a manifestação do estresse no infante e suas estratégias de enfrentamento. Deste modo, a proposta em questão trás à tona a relevância de investigações abrangendo a temática, devido à grande quantidade de discordâncias entre o desenvolvimento dos sinais preditivos e sua manifestação, os indicativos de estresse e as estratégias de enfrentamento utilizadas por estas crianças no contexto escolar. Os dados coletados receberam abordagem quanti-qualitativa conforme evidenciado nas figuras, quadros e nas inferências extraídas dos resultados. Por meio do Protocolo para Hipótese Diagnóstica para o TDAH foi possível fazer o levantamento de sinais preditivos para o TDAH. Para detectar ocorrência de indicativos de estresse no infante foi utilizado o Inventário de Estresse Infantil (ESI), o qual forneceu respaldo para o conhecimento da emissão de comportamentos inadequados...

Cefaleia em crianças : sinal de vulnerabilidade ao stress : estudo comparativo em dois hospitais publicos; Headache in children as sign of vulnerability to stress: study in two public hospitals

Abelardo Bosco
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/07/2006 Português
Relevância na Pesquisa
58.40727%
Este estudo teve como objetivo avaliar o stress em crianças com cefaléia do tipo tensional e migrânea atendidas nos hospitais públicos HC/UNICAMP e Complexo Ambulatorial Ouro Verde. Também buscou relacionar a cefaléia com fatores psicossociais, ansiedade, depressão, variáveis demográficas e da própria doença. Foram selecionadas 60 crianças, considerando-se como critérios de inclusão : faixa etária entre 7 e 12 anos, estarem frequentando regularmente a escola, evolução do quadro de cefaléia igual ou superior a 6 meses, não apresentarem antecedentes de afecções neurológicas. Foram excluidos pacientes com processos infecciosos agudos, traumatismo crânio-encefálico recente, epilepsia, e transtorno psiquiátrico ou deficiência mental evidentes. O estabelecimento diagnóstico das categorias de cefaléia do Tipo Tensional ou Migrânea, seguiu os critérios propostos pela Sociedade Internacional de Cefaléia ( 2004). A amostra foi homogênea com relação à idade, gênero, escolaridade, renda familiar, tipo e idade de início da cefaléia. Os sujeitos do HC//UNICAMP mostraram sintomas de cefaléia mais freqüentes (?9/mês) que os do Complexo Ambulatorial Ouro Verde. Os instrumentos utilizados foram: Protocolo de Investigação Psicológica para Crianças com Cefaléia - versões para pais e crianças; Inventário de Sintomas de Stress Infantil ? ISS (Lipp et al...

Avaliação psicologica de crianças com cefaleia

Abelardo Bosco
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/02/2001 Português
Relevância na Pesquisa
47.63737%
Com o objetivo de avaliar estresse foram selecionadas 28 crianças, sendo que 32,1% apresentando cefaléia do Tipo Tensional e 77,9% delas com Migrânea , com idades entre 7 e 12 anos (M=9,74, DP= 1,57), idades de início da queixa entre 2 e 11 anos (M=6,39, DP=2,36) e tempo de duração com M=3,35 e DP=2,13, do ambulatório de Neuro-cefaléia na Imancia, do HC/UNICAMP. Foram considerados como critérios de inclusão: faixa etária entre 7 e 12 anos, estarem frequentando regularmente a escola, evolução do quadro de cefaléia igualou superior a 6 meses, não apresentarem antecedentes de afecções neurológicas. Os critérios de exclusão foram: pacientes com processos infecciosos agudos, traumatismo crânioencefálico recente, epilepsia, e transtorno psiquiátrico ou deficiência mental evidentes. Categorias de cefaléia do Tipo Tensional ou Migrânea, utilizaram os critérios da Sociedade Internacional de Cefaléia, 1988. Os instrumentos utilizados foram: Protocolo de Investigação Psicológica para Crianças com cefaléia - versões diferentes paras pais e criança, Inventário de Sintomas de Sores Infantil- ISS (Lipp, 1987), Escala de Auto-Avaliação para crianças (Amaral, 1989), Inventário de Ansiedade Traço-Estado, IDATE-Forma C (Spielberger...

Stress e qualidade de vida de mulheres grávidas com epilepsia; Stress and quality of life of pregnancy women with epilepsy

Luciane Lorencetti Lunardi
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/07/2010 Português
Relevância na Pesquisa
68.479917%
A epilepsia é uma condição neurológica crônica que não possui uma definição totalmente satisfatória. Admite-se que 25% dos pacientes com epilepsia sejam mulheres em idade fértil e que 0.3 a 0.6% de todas as crianças nascidas sejam filhas de mães epilépticas. A gestação de mulheres com epilepsia envolve estressores que podem ser avaliados como sobrecarga aos mecanismos adaptativos pessoais. O objetivo principal do presente estudo foi avaliar a qualidade de vida (QV) e os sinais significativos de stress de mulheres gestante com epilepsia durante a gestação e após três meses de puerpério e comparar com mulheres com epilepsia não grávidas. Foram avaliados dois grupos: grupo experimental (GE) formado por 29 mulheres gestantes com epilepsia e grupo controle (GC) formado por 30 mulheres com epilepsia, todas pacientes do Ambulatório de Psicologia Aplicada à Neurologia do HC/UNICAMP. O GE foi submetido a três encontros para a realização de anamnese; aplicação do Questionário de Qualidade de Vida – QQV-65 (Souza, 2001); Inventário de Sintomas de Stress (Lipp,1994), Protocolo de Estressores na Gravidez e Protocolo de Estratégias Adaptativas na Gravidez (Torrezan, 1994). Não encontramos diferenças significativas na medida de QV e stress ao comparar ambos os grupos. No entanto...

Desempenho no MEEM em idosos frágeis, pré-frágeis e não frágeis residentes na comunidade : dados do estudo FIBRA em Errmelino Matarazzo, São Paulo; Performance on the Mini-Mental State Examination in frail, prefrail and nonfrail community elderly : data from the FIBRA study in Ermelino Matarazzo, São Paulo

Cláudia Rodrigues Monteiro Macuco
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 09/08/2011 Português
Relevância na Pesquisa
17.621208%
Introdução: Fragilidade em idosos pode ser definida como uma síndrome multifatorial associada à diminuição de reserva metabólica e menor resistência a estressores, resultante de declínios acumulativos de múltiplos sistemas fisiológicos. A relação existente entre fragilidade e cognição permanece pouco esclarecida. Estudos brasileiros acerca do desempenho em domínios específicos do Mini-Exame do Estado Mental (MEEM) no curso da síndrome da fragilidade são inexistentes. Objetivo: Descrever e comparar o desempenho cognitivo de idosos frágeis, pré - frágeis e não frágeis no MEEM no escore total e em domínios específicos. Métodos: Estudo transversal utilizando dados do Estudo da Fragilidade em Idoso Brasileiros (FIBRA) em Ermelino Matarazzo/SP. Fizeram parte da amostra, 384 idosos de 65 anos e mais, agrupados em graus de fragilidade, segundo os critérios de Fried et al.(2001). A amostra foi recrutada em domicílio e submetida a uma única sessão de coleta de dados em ambiente comunitário, com protocolo que incluiu variáveis sociodemográficas, medidas antropométricas e variáveis para obtenção dos critérios de fragilidade. O desempenho cognitivo foi avaliado pelo MEEM. Resultados: Idosos mais velhos, do sexo feminino...

Características comportamentais de ratos SHR e LEWIS relacionadas à ansiedade e ao consumo de álcool após situações de estresse

Lach, Gilliard
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: x, 86 f.| grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
47.97599%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Biológicas. Programa de Pós-Graduação em Farmacologia; O estresse provoca diversas alterações neurobiológicas, endócrinas e comportamentais que nem sempre são percebidas por todos os indivíduos da mesma intensidade, talvez por influência de fatores genéticos. Para estudarmos a inter-relação dos fatores genético e ambiental no comportamento, fizemos uso de duas linhagens isogênicas contrastantes para ansiedade e consumo de álcool (LEW e SHR). Estas linhagens foram submetidas a quatro protocolos de estresse com características distintas de estresse: imobilização única (IMOB-2h), imobilização repetida (IMOB-10d), variado severo (VARI-10d) e variado moderado e prolongado (VARIm-28d) e, posteriormente, testadas para verificar o nível de ansiedade (inata e condicionada) no modelo do labirinto em cruz elevado (LCE). Os mesmos estressores, exceto o IMOB-2h, foram utilizados para verificar o consumo de álcool destes roedores. Nossos resultados indicaram que o IMOB-10d e o VARI-10d promoveram alterações do tipo ansiogênico sendo que o IMOB-10d apareceu de modo mais pronunciado em ambas as linhagens e sexo. A re-exposição ao LCE não promoveu aumento da ansiedade nos animais previamente estressado pelo IMOB-10d e em SHR fêmeas previamente estressada nos demais protocolos. Em contraste com os dados obtidos no LCE...

Validação do modelo de estresse por instabilidade social em camundongos suíços

Oliveira, Paula Macedo de
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 62 p.| il., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
67.635317%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Neurociências, Florianópolis, 2013.; O estresse é capaz de afetar vários processos fisiológicos e, portanto, é considerado como determinante no desenvolvimento de diversas patologias. A exposição a estímulos estressores é responsável por alterações na regulação do eixo hipotálamo-pituitária-adrenal (HPA) que, por sua vez, são capazes de induzir uma elevação na secreção de glicocorticóides, hormônios esses reconhecidos como marcadores biológicos de grande importância na resposta ao estresse. O objetivo do presente estudo foi avaliar os efeitos do modelo proposto de estresse por instabilidade social (IS) e validá-lo como modelo indutor de estresse. Para tanto, camundongos machos suiços presenciaram, a curta distância e sem contato físico direto, lutas entre animais mais velhos. Os episódios de luta foram promovidos por 30 minutos e aplicados por um ou quatro dias consecutivos. O nível de estresse, após a exposição ao modelo de instabilidade social, foi mensurado pelas análises da concentração plásmática dos hormônios, adrenocorticotrópico (ACTH) e corticosterona...

Análise do processo de comunicação entre médico, paciente acompanhante em onco-hematologia pediátrica

Mendonça, Mariana Barreira
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
47.64323%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, 2007.; O atual crescimento do sucesso nos tratamentos médicos de neoplasias da infância trouxe para a Psicologia da Saúde interesse em dois aspectos: (a) a forma como as crianças e seus familiares lidam com os diversos estressores que surgem a partir do diagnóstico de câncer pediátrico e seu tratamento; e (b) o que psicólogos podem fazer para promover a adaptação do paciente portador de câncer e sua família e o incentivo à participação ativa durante o tratamento. Este trabalho apresenta um estudo exploratório sobre os processos de comunicação entre médicos, pacientes pediátricos e acompanhantes em contexto de onco-hematologia. O interesse por este tema justifica-se por representar um dos principais preditores de sucesso no tratamento médico. Participaram deste estudo 37 pacientes pediátricos, 37 acompanhantes e 14 médicos de um serviço público de Onco-hematologia Pediátrica do DF. Foram desenvolvidos instrumentos (um protocolo de observação, dois roteiros de entrevistas semi-estruturados e um folder explicativo) para a realização dos seguintes estudos específicos: (1) descrição do repertório comportamental de médicos, pacientes e acompanhantes durante episódios formais de transmissão de informação sobre o diagnóstico e o tratamento de neoplasias pediátricas; (2) identificação e análise das principais conseqüências da transmissão de informação sobre o repertório de comportamentos de pacientes e acompanhantes...

CONHECIMENTO DE PROFESSORES SOBRE A SÍNDROME DE BURNOUT: PROCESSO, FATORES DE RISCO E CONSEQUÊNCIAS

Diehl,Liciane; Carlotto,Mary Sandra
Fonte: Departamento de Psicologia - Universidade Estadual de Maringá Publicador: Departamento de Psicologia - Universidade Estadual de Maringá
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 Português
Relevância na Pesquisa
57.633354%
A Síndrome de Burnout (SB) caracteriza-se como um fenômeno psicossocial que ocorre como resposta crônica aos estressores interpessoais nas situações de trabalho. O presente estudo, de delineamento qualitativo, teve como objetivo explorar o conhecimento de professores sobre a SB, assim como compreender os elementos utilizados para interpretar esse processo. Participaram do estudo seis professoras do Ensino Fundamental e utilizou-se um protocolo de entrevista semiestruturada em três eixos de investigação. A análise dos dados deu-se por análise de conteúdo a partir de seis categorias estabelecidas a priori, gerando novas subcategorias, que foram analisadas de acordo com o modelo teórico de Gil-Monte da SB. Os resultados apontaram que, apesar de algumas aproximações com o modelo teórico, considerar a SB como um tipo de estresse ou depressão indica uma lacuna importante do conhecimento, e que não nomeá-la nem identificá-la em seus estágios iniciais contribui para o seu agravo. Aspectos relacionais e características organizacionais estão vinculados a fatores desencadeantes, assim como o significado e as características do trabalho...

Imunoglobulina A salivar (IgA-s) e exercício: relevância do controle em atletas e implicações metodológicas

Silva,Rafael Pires da; Natali,Antônio José; Paula,Sérgio Oliveira de; Locatelli,Jamille; Marins,João Carlos Bouzas
Fonte: Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte Publicador: Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2009 Português
Relevância na Pesquisa
47.62987%
O objetivo do presente estudo é realizar uma análise e discussão dos principais achados envolvendo o comportamento da imunoglobulina A salivar (IgA-s) em relação ao estímulo do exercício e evidenciar a importância de seu controle em atletas. O exercício físico é um importante modulador das características do sistema imune, sobretudo do comportamento da IgA-s, componente fundamental na proteção de infecções do trato respiratório superior (ITRS). No entanto, a relação direta entre baixas concentrações de IgA-s e ITRS precisa de mais evidências para ser confirmada. As concentrações de IgA-s durante e logo após um exercício intenso diminuem, deixando o indivíduo mais suscetível à infecção, porém, atletas envolvidos em atividades extenuantes não são clinicamente imunodeficientes, comparados com indivíduos sedentários. Essas modificações são transitórias, com retorno aos valores normais após aproximadamente 48 horas de repouso. A razão dessas alterações não é clara, mas se apresenta multifatorial: elevação de hormônios estressores; fatores nutricionais; ação de espécies reativas de oxigênio; e estresse psicológico. Apesar do efeito transitório das alterações provocadas nos elementos do sistema imune frente ao exercício...

Acidentes de trabalho por queimaduras no olhar dos trabalhadores atendidos em um centro de referência em assistência a queimados; Labor accidents by burns according to the workers view treated in a Burn Care Reference Center

Martins, Caroline Lemos
Fonte: Universidade Federal de Pelotas; Enfermagem e Obstetrícia; Programa de Pós-Graduação em Enfermagem; UFPel; BR Publicador: Universidade Federal de Pelotas; Enfermagem e Obstetrícia; Programa de Pós-Graduação em Enfermagem; UFPel; BR
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
47.64273%
Working environments have different aspects that can result in the occurrence of accidents by burns. This is a qualitative, descriptive and exploratory study, which aimed to know the workers' view in relation to situations where the accidents by burn occurred. Participated in this study adult subjects who suffered burns at work and were treated at the Burn Care Reference Center of the Charity Association Santa Casa of Rio Grande, Rio Grande do Sul, Brazil, from June to October 2012. The study was approved by the research ethics committee of the institution (protocol 004/2012). It was used an open interview with a single guiding question: "How did occur your work accident by burn?". To operationalize the technique and process the data collected, the results were subjected to content analysis, and it was used as a theoretical model, the Betty Neuman Systems. Participated on the study six men aged between 21 and 40 years, almost all married, with children and high school graduates. Regarding the occupations, the workers developed activities as a welder, electrician, furnace operator, truck driver and baker. Content analysis of the interviews allowed the identification of three categories: "Safe conditions in work environment," "Defying permanent risks in the workplace" and "Situations of risk at the time of the accident." In the first category...

Depressão experimental e tratamento agudo com cetamina: análise comportamental, neurometabólica e histofisiológica dopaminérgica

Baptista, Pedro Porto Alegre
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
28.267903%
O transtorno depressivo maior (MDD) é um distúrbio psiquiátrico que altera profundamente a neuroquímica e o metabolismo encefálico; caracterizado clinicamente por um estado de tristeza profunda crônica, acompanhada por anedonia, sensação de desvalia e falta de motivação, podendo levar o paciente a cometer suicídio. A área tegmental ventral (VTA) é uma importante região dopaminérgica intimamente relacionada com a patofisiologia do MDD. A cetamina é um fármaco antagonista de receptores NMDA glutamatérgicos que apresenta um rápido efeito antidepressivo e o tratamento agudo com cetamina é uma promissora alternativa terapêutica para os pacientes com MDD. Ademais, a tomografia por emissão de pósitrons para pequenos animais (microPET) é uma técnica que permite avaliar a distribuição temporal-espacial de moléculas radiomarcadas in vivo, e a utilização do 18F-Fluorodeoxiglicose (18F-FDG) como rádio-traçador para este tipo de análise ainda necessita ser padronizada junto a nossa Universidade.Deste modo, esta tese de doutorado foi dividida em duas etapas. Primeiramente, padronizamos a técnica de análise do metabolismo encefálico de ratos Wistar com uso de 18F-FDG associada ao microPET, e com isso confeccionamos um atlas neurometabólico detalhado da distribuição de 18F-FDG em 56 regiões encefálicas. Comparamos os dados neurometabólicos obtidos com dados de cinco artigos da literatura científica que realizaram avaliações bioquímicas e imunoistoquímicas da atividade do citocromo c oxidase (COX)...