Página 1 dos resultados de 6 itens digitais encontrados em 0.009 segundos

Militares contratados : vivência e reinserção : da vivência à reintegração sócio-profissional dos oficiais do exército em regime de contrato, no mercado civil de trabalho

Cobra, Jorge Filipe de Oliveira Gonçalves
Fonte: Universidade Aberta de Portugal Publicador: Universidade Aberta de Portugal
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2005 Português
Relevância na Pesquisa
38.973174%
Tese de Doutoramento em Sociologia na especialidade de Sociologia das Organizações apresentada à Universidade Aberta; O avanço científico e tecnológico conduziu à substituição dos exércitos de massas por forças de elite, de dimensões reduzidas. Este facto e o de todos os cidadãos terem direitos iguais pôs em causa a conscrição. Em consequência os estados tiveram de recorrer ao recrutamento de voluntários para manter as Forças Armadas. Esta tarefa é tanto mais espinhosa quanto maior for a prosperidade desses estados e das entidades empregadoras que concorrem, no mercado de trabalho com as Forças Armadas. Estas tiveram de criar sistemas de incentivos muito apelativos tanto no que se refere ao período do contrato, como ao da reinserção na vida activa civil. Portugal possui um quadro legal adequado e regulamentado, mas a falta de coordenação entre as entidades envolvidas e a escassez de meios financeiros dificultam o recrutamento dos mais aptos, pelas Forças Armadas, que têm de recorrer aos Centros de Emprego. Esta situação torna ansiosos, quanto ao futuro, os voluntários em regime de contrato, frustra as expectativas dos ex-contratados e provoca desconforto nos militares do quadro permanente, face à dificuldade ou impossibilidade de concretizar um seu eventual desejo de reconversão profissional. Desta forma...

E se o presente nos fecha os olhos para o futuro? : a inserção profissional face à exclusão sócio-profissional

Soares, Maria Helena Sá Reis Freire
Fonte: Porto : [Edição de Autor] Publicador: Porto : [Edição de Autor]
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
17.92784%
O trabalho realizado tem como tema central a problemática da inserção profissional de pessoas em situação de exclusão socioprofissional. O desemprego e as dificuldades de retorno ao mercado de trabalho de grupos em situação de vulnerabilidade social foram os motes da pesquisa. O estudo desenvolveu-se mediante a triangulação de três eixos de análise: as vivências do desemprego e da exclusão; o funcionamento do mercado de trabalho; as políticas sociais (nomeadamente o Rendimento Social de Inserção) e a sua apropriação pelos projectos de intervenção social e locais. Atendendo aos objectivos traçados, foi delimitado como objecto de estudo a população beneficiária da medida Rendimento Social de Inserção acompanhada pela Loja de Emprego de Matosinhos. Trata-se de um serviço que resultou da acção da Rede Social do Concelho e que atende a uma das prioridades definidas no Diagnóstico Social. A análise das transformações recentes do mercado de trabalho e da crescente individualizaçãp das relações sociais foi fundamental para a compreensão dos percursos de reinserção deste grupo, das suas vivências e modos de vida. Metodologicamente, optou-se por uma estratégia central de índole quantitativa, complementada por outra...

O Trabalho Primeiro

Marques, Joana; Mora, Ana Sofia; Santos, Alina
Fonte: Agência Piaget para o Desenvolvimento Publicador: Agência Piaget para o Desenvolvimento
Tipo: Livro
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
38.862607%
O manual que aqui se apresenta procura reflectir sobre metodologias de intervenção para a inserção laboral de pessoas que usam drogas, nomeadamente através da educação de pares, e dar pistas concretas para técnicos e organizações que estejam interessadas em avançar com projectos nesta área. Este manual resulta da pesquisa e reflexão desenvolvidas no âmbito do projecto InPAR, levado a cabo pela Agência Piaget para o Desenvolvimento (APDES). O projecto iniciou em Agosto de 2009 e teve a duração de 2 anos, tendo sido co-financiado pelo Instituto da Droga e da Toxicodependência (IDT), I.P. O principal objectivo traçado para o InPAR foi o de promover a reinserção social de 30 utilizadores de drogas (UD) acompanhados por equipas de rua, através de duas grandes estratégias: i) integração profissional de 8 UD em equipas de rua do norte do país enquanto “educadores de pares”; ii) reinserção socioprofissional de 22 UD utentes da equipa de rua GiruGAIA (APDES), procurando a mediação entre UD e as respostas de integração existentes na rede. Em cada um dos capítulos apresentados procura-se criar um diálogo entre contribuições teóricas e problematizações que nasceram das componentes prática e reflexiva do projecto. As reflexões e propostas que aqui partilhamos integram contribuições oriundas de várias fontes: avaliação das metodologias implementadas...

As políticas públicas de (re) inserção socioprofissional de toxicodependentes: Uma avaliação de painel no acesso aos mercados de trabalho na região do Algarve

Marujo, Paula Maria Martins
Fonte: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas Publicador: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 08/12/2012 Português
Relevância na Pesquisa
59.91899%
Tese de Mestrado em Gestão e políticas Públicas; A toxicodependência é um dos principais e mais complexos desafios com que se confrontam as sociedades, muito em especial pelos impactos negativos ao nível da saúde, do desenvolvimento económico e social, da segurança e paz social. Com a finalidade de reduzir o consumo de drogas e a toxicodependência e minimizar estes problemas, tem havido uma aposta, por parte dos governos, nas políticas contra a droga e toxicodependência. No âmbito destas políticas, os programas e medidas na área da (re) inserção socioprofissional são tidos como cruciais no processo de tratamento da toxicodependência e também no combate à exclusão social e profissional de toxicodependentes. No atual contexto económico e social, em que vários países, entre os quais se inclui Portugal, reequacionam as suas políticas sociais, nomeadamente as políticas contra a droga e toxicodependência, é fundamental conhecer em que medida estas políticas contribuem para a efetiva (re) inserção socioprofissional das pessoas com problemas de toxicodependência. Com este intuito, propusemo-nos estudar o Programa Vida-Emprego,que visa a (re) inserção socioprofissional das pessoas com problemas de toxicodependência. Com o objetivo de descrever e avaliar os efeitos do Programa na vida socioprofissional dos indivíduos por ele abrangidos – beneficiários diretos do Programa...

Reinserção socioprofissional de pessoas com consumos problemáticos de drogas, inseridas em programas de redução de danos

Santos, Marta Isabel Alves da Silva dos
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 Português
Relevância na Pesquisa
38.519448%
Mestrado em Sociologia e Planeamento; A liberdade e o exercício da cidadania são princípios fundamentais das sociedades democráticas ocidentais. Resultado da interacção social, existem fenómenos sociais que associados a variáveis individuais, familiares, biológicas, económicas e culturais, conduzem a situações graves de exclusão social, como é o caso da toxicodependência e do consumo problemático de drogas. Existem pessoas que devido a consumos problemáticos de drogas, se encontram, em certas fases da sua vida, numa grave situação de exclusão social dos sistemas sociais formais, marcada por um profundo isolamento social, pela doença e pela pobreza. Nestas circunstâncias, não existe liberdade nem participação social destes indivíduos enquanto cidadãos. Esta é uma situação extrema no âmbito do consumo de drogas enquanto fenómeno social. De facto, a maioria das pessoas que consomem drogas estão socialmente integradas e não têm problemas associados a esses consumos. No entanto, como existem outras pessoas que se encontram socialmente excluídas, no presente trabalho procura-se identificar alguns dosfactores que poderão ter contribuído para a integração socioprofissional de pessoas que se encontravam nas situações acima apresentadas...

Integração Social e Estratégias de Mediação

Ló,Alcina
Fonte: Instituto da Droga e da Toxicodependência, I.P. Publicador: Instituto da Droga e da Toxicodependência, I.P.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 Português
Relevância na Pesquisa
18.519448%
O tratamento da toxicodependência é um processo lento e complexo, onde a integração socioprofissional assume um papel central. A relação com o trabalho representa uma dimensão estratégica, facilitadora de um conjunto de aquisições com vista à autonomia dos toxicodependentes em tratamento. As organizações e as empresas aparecem como parceiros funda­mentais neste processo. Sem o seu envolvimento e participação, todos os investimentos realizados nas fases anteriores do tratamento são infrutíferos. No estudo de caso, através de pesquisa quantitativa e qualitativa, identificou-se, mais profundamente, a relação entre o tipo de orga­nização do trabalho e as possibilidades de sucesso das intervenções orientadas para a recuperação e integração socioprofissional dos toxicodependentes, beneficiários do Programa Vida Emprego. Para esse efeito, foi estudada a história de vida dos beneficiários de um programa específico de apoio do Estado, o chamado “Programa Vida Emprego”, programa pioneiro em Portugal, destinado a apoiar a reinserção profissional de ex-toxicodependentes. Conclui-se que o sucesso ou o fracasso destas intervenções ocorrem em contextos organizacionais diferenciados, emergindo como variável mais determinante a figura da mediação...