Página 1 dos resultados de 6 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

Bioprospecção de genótipos de tomate de mesa (Solanum lycopersicum L.) com potencial de adaptação ao sistema de cultivo orgânico; Bioprospecting tomato genotypes (Solanum lycopersicum L.) with potential to be adapted to the organic culture system

Araujo, Jacqueline Camolese de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/06/2013 Português
Relevância na Pesquisa
27.541929%
Os objetivos do trabalho foram determinar a produtividade e seus componentes e caracterizar física, qualitativa e sensorialmente os frutos de tomate de cultivares híbridos e de polinização aberta, dentro dos grupos Santa Cruz e Italiano, visando o consumo in natura. Utilizaram-se 14 cultivares de tomate de mesa, sendo seis experimentais e oito comerciais. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados com seis repetições e cinco plantas úteis por parcela. Avaliaram-se a produtividade total (PT), produtividade comercial (PC), produtividade não-comercializável (NC), número de frutos comerciais por planta (FC), massa média do fruto (MM), número de lóculos por fruto (LC), comprimento do fruto (CM), diâmetro do fruto (DM), relação entre comprimento e diâmetro do fruto (CM/DM), diâmetro da cicatriz peduncular (CP) e espessura da parede do fruto (EP), em colheitas entre julho e setembro de 2010. A produtividade total média das cultivares foi de 51 t ha-1 e a comercial média foi de 41 t ha-1. As cultivares HTV 0601, Netuno, Bari e Granadero apresentaram os maiores valores para a produtividade total, a produtividade comercial e o número de frutos comerciais por planta. Dessas, as três primeiras também obtiveram as melhores notas em todos os atributos sensoriais avaliados. As cultivares HTV 0601...

Desempenho das escalas hibrida e autoajustavel no perfil livre associado a consumidores.; Performance of the scales hybrid and autoajustável in the free profile associate the consumers.

Nora Emma Rojas Rua
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/08/2003 Português
Relevância na Pesquisa
18.048345%
No setor vinícola brasileiro é ainda muito pequeno o número de pesquisas que procuram identificar a percepção do consumidor nacional com relação à qualidade dos vinhos nacionais, principalmente as que procuram verificar como o consumidor percebe e discrimina esses vinhos em função de seus atributos sensoriais. Neste sentido, a técnica do Perfil Livre, proposta na década de 80 por Williams e Langron, coloca-se como uma das metodologias mais adequadas para a obtenção dessas informações. Entretanto, ao se utilizar o Perfil Livre junto a consumidores sem nenhum treinamento, surge a necessidade de se identificar uma escala de intensidade que apresente as seguintes características: i) seja de fácil uso por consumidores, ii) desfavoreça a ocorrência de erros psicológicos como o erro de hábito, de tendência central, etc e, iii) favoreça a geração de dados contínuos que atendam a pressupostos associados a análises paramétricas como normalidade dos dados e homoscedasticidade. Estudos recentes têm reportado vantagens das escalas híbrida e autoajustável sobre as tradicionais escalas estruturada e não estruturada com relação a vários dos itens anteriormente mencionados. Entretanto, nenhum deles explorou o desempenho dessas duas escalas junto ao Perfil Livre aplicado a consumidores. Pelo exposto...

Produtividade e qualidade de tomates Santa Cruz e Italiano em função do raleio de frutos; Yield and fruit quality of Santa Cruz and Italian tomatoes depending on fruit thinning

SHIRAHIGE, Fernando H; MELO, Arlete MT de; PURQUERIO, Luis Felipe V; CARVALHO, Cássia Regina L; MELO, Paulo César T de
Fonte: Associação Brasileira de Horticultura Publicador: Associação Brasileira de Horticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
28.048345%
O manejo do tomateiro cultivado em ambiente protegido, com ênfase no raleio de frutos, pode contribuir de forma significativa para a produção de frutos de qualidade superior, expressando assim o potencial de cada cultivar. Foi avaliado o efeito do raleio de frutos na produtividade e seus componentes e em alguns atributos de qualidade de frutos de genótipos de tomateiro dos segmentos Santa Cruz e Italiano de crescimento indeterminado, visando ao consumo in natura. Avaliaram-se 12 genótipos de tomate de mesa (seis híbridos experimentais e seis cultivares) e dois modos de condução (plantas conduzidas com e sem raleio de frutos). O experimento foi com parcelas subdivididas, distribuídas em blocos completos ao acaso com três repetições. As parcelas foram representadas pelos genótipos e as subparcelas pelos modos de condução. Avaliaram-se o número de frutos por planta, produtividade comercial de frutos, produtividade de frutos não-comercializáveis, massa média do fruto, comprimento e largura do fruto, pH, teor de sólidos solúveis totais (SS), acidez titulável (AT), relação entre SS e AT, teor de ácido ascórbico e teor de licopeno. O raleio dos frutos proporcionou incremento da produtividade comercial, massa média...

Desempenho de híbridos de tomate de crescimento indeterminado em função de sistemas de condução de plantas; Performance of tomato hybrids of indeterminate growth depending on training systems

Matos, Evandro S; Shirahige, Fernando Hoshino; Melo, Paulo Cesar Tavares de
Fonte: Associação Brasileira de Horticultura Publicador: Associação Brasileira de Horticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
17.541927%
O presente trabalho teve como objetivo avaliar dois sistemas de tutoramento e condução de plantas na produtividade e seus componentes em híbridos de tomateiro dos segmentos Salada Longa Vida e Santa Cruz de crescimento indeterminado, visando ao consumo in natura. Adotou-se o delineamento em blocos ao acaso com os tratamentos em esquema fatorial 5x2, quatro repetições, sendo avaliados cinco híbridos comerciais, três pertencentes ao grupo Salada Longa Vida ('Alambra', 'Paron' e 'Forty') e dois do grupo Santa Cruz ('Débora Pto' e 'Ellus'), em dois sistemas de condução de plantas (bambu e fitilho). O experimento foi conduzido em condições de campo, em Itatiba (SP), de julho de 2007 a janeiro de 2008. Foram consideradas todas as plantas de cada parcela e avaliaram-se a produtividade total, produtividade comercial, produção por planta, massa média de frutos, número total de frutos, número de frutos comercializáveis, número de frutos das classes '3A', '2A' e '1A', número de frutos manchado e com lóculo aberto. Não houve interação entre cultivar e sistema de condução de planta para maioria das características avaliadas, exceto número total de frutos, número de frutos comercializáveis e número de frutos da classe '2A'. O sistema de condução de plantas com uma haste tutorada com fitilho proporcionou incremento na massa média de frutos e número de frutos da classe '3A'...

Avaliação do desempenho de quatro metodos de escalonamento em testes sensoriais de aceitação utilizando modelos normais aditivos de analise da variancia e mapas internos de preferencia; Assessing the performance of four methods of phasing in tests of sensory acceptance additives using standard models of analysis of variance and internal maps of preference

Nilda Doris Montes Villanueva
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 31/07/2003 Português
Relevância na Pesquisa
17.541927%
Em testes sensoriais, a análise dos dados geralmente é realizada através de algum modelo ANOVA. Estes modelos pressupõem que as respostas experimentais sejam: i) independentes, ii) normalmente distribuídas, m) homoscedásticas (variâncias iguais) e, iv) provenientes de uma mesma escala de medida (aditividade). Os principais problemas na análise de dados sensoriais através de modelos ANOV A referem-se aos dois últimos pressupostos. A homogeneidade das variâncias não pode ser assegurada devido à existência de pelo menos duas fontes potenciais de variabilidade dos dados, quais sejam: provadores e tratamentos. Por outro lado, a aditividade pode ser violada quando um provador utiliza faixas consistentemente mais (ou menos) amplas da escala para expressar a sua impressão sobre o produto. A maneira pessoal com que cada provador utiliza a escala para avaliar os produtos, chama-se de variação da expansibilidade entre provadores. Tanto a falta de homogeneidade das variâncias como a não aditividade do modelo, acarretam conseqüências sérias na obtenção do verdadeiro nível de significância para o efeito dos tratamentos, podendo afetar adversamente as comparações entre as médias dos tratamentos e comprometer seriamente tanto a interpretação dos resultados fornecidos pelo experimento como a validade do modelo ANOVA. Em testes com consumidores...

Produtividade e qualidade de tomates Santa Cruz e Italiano em função do raleio de frutos

Shirahige,Fernando H; Melo,Arlete MT de; Purquerio,Luis Felipe V; Carvalho,Cássia Regina L; Melo,Paulo César T de
Fonte: Associação Brasileira de Horticultura Publicador: Associação Brasileira de Horticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2010 Português
Relevância na Pesquisa
27.541929%
O manejo do tomateiro cultivado em ambiente protegido, com ênfase no raleio de frutos, pode contribuir de forma significativa para a produção de frutos de qualidade superior, expressando assim o potencial de cada cultivar. Foi avaliado o efeito do raleio de frutos na produtividade e seus componentes e em alguns atributos de qualidade de frutos de genótipos de tomateiro dos segmentos Santa Cruz e Italiano de crescimento indeterminado, visando ao consumo in natura. Avaliaram-se 12 genótipos de tomate de mesa (seis híbridos experimentais e seis cultivares) e dois modos de condução (plantas conduzidas com e sem raleio de frutos). O experimento foi com parcelas subdivididas, distribuídas em blocos completos ao acaso com três repetições. As parcelas foram representadas pelos genótipos e as subparcelas pelos modos de condução. Avaliaram-se o número de frutos por planta, produtividade comercial de frutos, produtividade de frutos não-comercializáveis, massa média do fruto, comprimento e largura do fruto, pH, teor de sólidos solúveis totais (SS), acidez titulável (AT), relação entre SS e AT, teor de ácido ascórbico e teor de licopeno. O raleio dos frutos proporcionou incremento da produtividade comercial, massa média...