Página 1 dos resultados de 100 itens digitais encontrados em 0.083 segundos

Restrição de crédito, setor informal e produtividade; Credit constraint, informal sector and productivity

Araujo, Julia Passabom
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/06/2014 Português
Relevância na Pesquisa
46.05%
A partir de um modelo padrão de empreendedorismo e crédito, como o proposto por Evans e Jovanovic (1989), este trabalho pretende analisar os efeitos de impostos e restrições de crédito sobre as escolhas ocupacionais dos agentes. Para tanto, adiciona-se ao modelo básico a possibilidade de coexistência de empreendedores atuando no setor formal e informal. A principal diferença entre estes reside no fato de que o setor formal está sujeito à cobrança de impostos e pode obter empréstimos mediante um colateral, dado por uma proporção da riqueza do agente. No setor informal não há incidência de impostos e todo o financiamento da empresa deve ocorrer via recursos próprios. Os dois setores também possuem funções de produção distintas. Além disso, são acrescentadas: alíquotas de impostos sobre o salário e rendimentos das empresas formais, bem como uma condição de equilíbrio geral no mercado de trabalho, já que os próprios empreendedores do modelo demandam este insumo. Cada indivíduo possui uma dotação de riqueza e talento empresarial. O modelo foi calibrado de acordo com algumas características da economia brasileira e em seguida foram realizadas simulações nos parâmetros de crédito e tributos. A partir das escolhas ocupacionais é possível mensurar os efeitos sobre eficiência...

Informal wages in an economy with active labor courts

Araujo, Luis; Ponczek, Vladimir P.
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Português
Relevância na Pesquisa
55.75%
In most developing countries, job regulations and the justice branch interfere on several aspects of labor contracts. Inspired by this fact, we build a model that explores the role of labor courts in the determination of the di¤erence between formal and informal wages. We show that the presence of active labor courts in an environment where labor relations are subject to asymmetries of information reproduces features documented by the empirical literature. The main implications of our model are tested using Brazilian data.

Estrutura e dinamica da ocupação informal na região metropolitana de Salvador : uma analise dos anos 90

Thaiz Silveira Braga
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 05/02/2003 Português
Relevância na Pesquisa
65.89%
O objetivo central deste estudo é a elaboração de um quadro da estrutura e dinâmica da ocupação informal na Região Metropolitana de Salvador nos anos 90. O primeiro capítulo realiza uma revisão conceitual da informalidade, onde são assentadas as bases metodológicas para o estudo do mercado de trabalho informal metropolitano. O Capitulo II apresenta uma revisão bibliográfica das principais mudanças ocorridas no mercado de trabalho nas décadas de 80 e 90, com vistas a inserir a análise do setor informal regional no contexto econômico nacional. Por fim, o Capitulo III privilegia a caracterização do trabalho informal na RMS por meio da aplicação das categorias de análise aos dados primários disponibilizados pela Pesquisa de Emprego e Desemprego PED. Na conclusão, são sumariadas as características gerais do mercado de trabalho metropolitano a partir da construção de um painel sobre a informalidade na Grande Salvador.; The main objective of this study is to elaborate of a view of the informal occupation on Salvador Metropolitan Region in the 90s. The first chapter makes a conceptual revision of informality, where the methodological basis to the study of the metropolitan informal labor market are addressed. The second chapter presents a bibliographic revision of the main changes that had taken place on labor market in 80s and 90s...

Capitalismo e clandestinidade : os subcircuitos ilegais da economia urbana metropolitana; Clandestine capitalism : the illegal circuits of the urban metropolitan economy

Marcos Barcellos de Souza
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/12/2007 Português
Relevância na Pesquisa
55.78%
Esta dissertação pretende mapear, contextualizar e explicar as principais manifestações e relações decorrentes da ilegalidade presentes numa economia urbana metropolitana. Assim, partindo da análise da necessidade destas práticas para o modo de produção capitalista, busca-se discutir a importância do ilícito na compreensão do fênomeno urbano contemporâneo. Neste sentido, enfatizamos o caráter da acumulação primitiva e sua reposição constante, principalmente nas órbitas não-industriais do capitalismo associado. Também é abordado o papel do Estado na reprodução da ilegalidade, seja através da proteção ao capital mercantil, ou atuando no sentido de potencializar a acumulação capitalista urbana, agravando as desigualdades nas metrópoles. Dessa forma, são estudadas as relações entre informalidade e ilegalidade nas práticas de sobrevivência dos pobres, "marginalizados" e não-proprietários e na configuração de um mercado imobiliário específico. Por fim, buscou-se integrar estas relações ilegais com as novas questões envolvendo o ilícito, sobretudo os efeitos do tráfico de drogas e do aumento do comércio ilícito na esteira das reformas econômicas liberais dos anos 90; This thesis aims to map...

Atenção em saúde para trabalhadores informais no SUS Campinas; Health care to informal workers delivered by The SUS in Campinas

Salma Regina Rodrigues Balista
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/02/2013 Português
Relevância na Pesquisa
55.83%
Essa pesquisa objetiva analisar a atenção em saúde ao trabalhador do mercado informal pelo SUS, no município de Campinas, SP. No mercado informal podem estar presentes riscos e incidências ainda maiores do que no mercado formal; soma-se a isso a falta de proteção previdenciária, o que os caracteriza como um grupo vulnerável, ao qual devem ser dirigidas ações de saúde. O SUS desempenha papel estratégico de inclusão, na medida em que se constitui em política pública com capilaridade capaz de oferecer a integralidade e a universalização da atenção à saúde dos trabalhadores, com ações individuais e coletivas, e estimular e promover o controle social por parte dos trabalhadores. Os objetivos do estudo são identificar quais as categorias de trabalhadores informais que mais demandam atenção em saúde no SUS Campinas, quais os serviços de saúde mais procurados, que ações de caráter individual e coletivo foram dirigidas aos trabalhadores, quais dificuldades os serviços têm em reconhecer o usuário como trabalhador do mercado informal, em notificar os agravos à saúde desses trabalhadores e em desenvolver ações para a atenção integral desse grupo. Pela complexidade da questão, a abordagem metodológica escolhida foi a triangulação de métodos. Os sujeitos da pesquisa são gestores e trabalhadores de saúde...

Informality and tax revenue in Ghana = : Informalidade e arrecadação de impostos em Gana; Informalidade e arrecadação de impostos em Gana

Charles Ocran Kofi Thompson Junior
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/07/2014 Português
Relevância na Pesquisa
56.04%
O setor informal em Gana é muito grande e emprega a maior parte da força de trabalho do país tanto nas atividades agrícolas quanto nas demais, mas ainda assim contribui muito pouco em termos de receita tributária. O objetivo de todo país em desenvolvimento é o crescimento de sua economia através do uso de suas receitas internas e a minimização do uso de empréstimos e subvenções que trazem dificuldades para o país. A maneira mais importante de tornar isso possível é através do uso da receita fiscal, ferramenta fundamental para a construção e sustentação das economias nacionais. Uma das áreas que exigem atenção nesse sentido é o setor informal. De uma população estimada de 1.5 milhão de ganenses que pagam impostos diretos, o setor informal representa menos de 5% desse número. O ponto central dessa tese é o potencial de contribuição do setor informal para os cofres públicos, uma vez que esse apresenta grande potencial de crescimento e geração de receita, especialmente se for levada em consideração a parcela de população que obtém altos rendimentos e tem condições de pagar impostos, mais ainda não o faz. Para que o governo possa aumentar sua receita fiscal sem recorrer ao aumento das taxas é necessário ampliar a rede fiscal para nela incluir todos aqueles que deveriam pagar impostos. Gana utiliza o sistema progressivo de impostos...

A Economia das Drogas em uma abordagem heterodoxa; The Economy of Drugs in heterodox approach

Taciana Santos de Souza
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/02/2015 Português
Relevância na Pesquisa
55.88%
O campo denominado Economia das Drogas engloba complexas relações sociais que consolidam um vigoroso processo de acumulação de capital. Esse setor apresenta especificidades atreladas à clandestinidade, particularidades associadas a cada mercadoria e semelhanças a outras indústrias e setores da economia formal. Esse tema é estudado na presente dissertação, que tem por objetivo contribuir para explicar as razões pelas quais as políticas de proibição às drogas não conseguem cessar este mercado. Para isso, realizou-se o estudo das mercadorias, dos mercados e dos principais atores, bem como da dinâmica e da lógica inerente ao narconegócio, sendo utilizadas referências bibliográficas, avaliações empíricas (apoiadas em estimativas e dados disponibilizados pelo Escritório de Drogas e Crimes da Organização das Nações Unidas ¿ UNODC) e associações das informações disponíveis sobre o narconegócio com teorias e conceitos da abordagem econômica heterodoxa. Os principais resultados mostraram que a demanda global por drogas tem permanecido estável, que as políticas de repressão não cessam o cultivo e a produção, apenas provocam mudanças e deslocamentos entre regiões, e que os preços dos psicoativos têm diminuído nas últimas duas décadas. Concluiu-se que o mercado de drogas ilegais apresenta características próximas às de setores do tipo oligopólio competitivo...

Identidades e informalidades

Campos, Maurício
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
55.78%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Psicologia; Desde o início dos anos 70 do século XX, o modo de produção capitalista vem passando por uma forte crise que tem afetado significativamente o mundo do trabalho. Neste processo, o setor informal tornou-se uma das principais faces dessas novas configurações. Tal setor apresenta-se de maneira múltipla; assim, optamos por trabalhar com o conceito de informalidade, que pode ser entendida como a combinação de atividades informais tradicionais com novas formas de trabalho precário. Entendendo o trabalho como portador da identidade, já que é por meio dele que se torna possível articular uma compreensão de si diante do mundo, e frente ao processo de transformação por que vêm passando as formas de trabalho, vimos como necessário buscar novas articulações entre as categorias identidade e trabalho, nesta direção desenvolvemos esta pesquisa, na qual utilizamos a entrevista semi-estruturada como instrumento de coleta de dados. Entrevistamos sete trabalhadores que desenvolvem suas atividades em situação de informalidade em Florianópolis -SC. A análise de conteúdo foi a ferramenta utilizada para trabalharmos com os dados encontrados. Após a análise...

Trabalho informal : escolha ou escassez de empregos? : estudo sobre o perfil dos trabalhadores por conta própria

Sasaki, Maria Amélia
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
55.84%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Psicologia Social e do Trabalho, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações, 2009.; Esta dissertação teve como objetivo realizar estudo exploratório sobre o perfil dos trabalhadores informais por conta própria, a partir de suas trajetórias de trabalho-vida e identificando suas opções, interesses, sentimentos e o que pensam acerca do trabalho informal. Foram objeto de investigação o trabalhador e seu processo de escolha ou saídas de empregos ou do trabalho informal, bem como as razões destas; a relação desses trabalhadores com a seguridade social; as limitações legais e do próprio trabalho para o exercício da atividade e; as condições de trabalho. Foram ouvidos trabalhadores por conta própria que tem o trabalho informal como única atividade ou concomitante com empregos formais. O método adotado foi o qualitativo com entrevistas semiestruturadas e análise de conteúdo. Foram entrevistados 12 trabalhadores informais, sendo três mulheres e nove homens com idade entre 30 e 56 anos e escolaridade variando entre 1º grau incompleto e 2º grau completo. Os resultados evidenciaram que a escolha pelo trabalho informal constitui um processo que envolve experiência acumulada...

A informalidade no mercado de trabalho pela ótica de um modelo de matching

Castro, Diego Afonso de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
55.96%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Pós-Graduação em Economia, 2012.; A atividade econômica informal é um problema que atinge grande parte das economias do mundo, principalmente aquelas mais atrasadas no processo de desenvolvimento. Por isso, este trabalho inicialmente realiza uma extensa revisão da literatura que trata sobre a informalidade no mercado de trabalho, incluindo a análise da literatura sobre modelos de matching. Em seguida, desenvolve-se um modelo de matching que considera o setor informal e, a partir dele, relacionam-se variáveis-chave desse mercado com parâmetros de políticas governamentais. Além disso, testam-se diferentes funções de matching com o intuito de encontrar uma adequada aos dados brasileiros e, com essa função, avalia-se a validade do modelo pela convergência entre os resultados gerados e as principais características do mercado de trabalho brasileiro. Constata-se, a partir dos resultados, que a relação entre taxa de informalidade, taxa de desemprego e salários formal e informal com os parâmetros de políticas governamentais é, em geral, a esperada. Cabe ressaltar que há uma relação ambígua entre as taxas de desemprego e informalidade...

Quão heterogêneo é o setor informal brasileiro? Uma proposta de classificação de atividades baseada na Ecinf

Feijo,Carmem Aparecida; Nascimento e Silva,Denise Britz do; Souza,Augusto Carvalho de
Fonte: Instituto de Economa da Universidade Federal do Rio de Janeiro Publicador: Instituto de Economa da Universidade Federal do Rio de Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2009 Português
Relevância na Pesquisa
45.79%
O objetivo deste texto é apresentar uma classificação para a economia brasileira de setores de atividade segundo graus de precariedade na forma de organização da produção. O texto propõe critérios e uma classificação de atividades econômicas segundo três níveis de informalidade: alta, média e baixa. Nossa hipótese de trabalho é assumir que, assim como a fronteira entre o trabalho formal e o informal não é bem demarcada, dentro do setor informal também podemos identificar um continuum de situações em que os pressupostos de um trabalho decente estão mais ou menos presentes. Conclui-se que políticas públicas que visem a combater a informalidade devem buscar o crescimento econômico e atuar sobre as diferentes características das atividades informais.

Perfil Socioeconômico dos Camelôs do shopping Popular

Silva, Rosana Aparecida de Andrade
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Administração; Políticas e Gestão Públicas; Gestão Organizacional Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Administração; Políticas e Gestão Públicas; Gestão Organizacional
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
45.82%
The phenomenon of the informality has been common in the quarrels that involve Sciences Social and Human. First for not corresponding to a temporary and isolated phenomenon, and on the other hand for dealing with a presente situation in the majority of the Brazilian urban centers. In Cuiabá municipality, the alternative commerce appears as a social answer to the problems caused for the economic crisis of the country and seems to be deep-rooted to the urban landscape. This assignment angles was the street peddlers, in special that ones who develop their in a specific location on lowered of Cuiabá. Researches pretending to fill a blank of information about this subject involve theoritical and empirical levels. The theory searched to raise in a generalized manner given pertinent the informality and the pratical level through field research searched to analyze excellent aspects on the economic and occupational situation of a composed sample for two hundred and theree workers who develope the pratical one of the informal commerce in Shopping Popular in Cuiaba/MT. The analysis of gotten data alllowed to appreciate some excellent aspects with regard to the activity os the peddler, as: origni, formation, income, perspectives with regard to activity among others. In las analysis it still alllowed to verify the factors that condition the permanence these workers in this type of informal activity; O fenômeno da informalidade tem sido comum nas discussões que envolvem as Ciências Humanas e Sociais. Primeiro por não corresponder a um fenômeno passageiro e isolado...

Setor informal da economia e a dinâmica dos territórios nas praias da cidade do Natal/RN

Fernandes, Gilberto Oliveira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Geografia; Dinâmica e Reestruturação do Território Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Geografia; Dinâmica e Reestruturação do Território
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
66.05%
La recherche sur secteur non-formel de l économie et la dynamique des territoires dans les plages de la ville de Natal/RN, a le but de la compréhension des espaces de ces territoires ainsi que leurs caractéristiques; le rapport des acteurs sociaux et l existence de politiques dirigées direct ou indirectement vers ce secteur de l économie et ses territoires. Pour celà, on donne emphase au scénario économique moulé par le système de production et reproduction dans la mondialisation, ce qui, parmis d autres actions aq l inetrférence sur le marché du travail, lequel subit constamment des transformations importantes cherchant à suivre les changements en niveau global, en devenant, pour ainsi dire, un marché chaque fois plus exigeant et, conséquemment, sélectif. Moyennant la réalité économique et politique vécue, il augmente le nombre de chômeurs dans le pays suscitant, à tort et à travers, la croissance du secteur non-formel de l économie avec ses inombrables travailleurs qui occupent les plus différents segments parmi lesquels les travaux autonomes, ici représentés par les camelots, les propriétaires de baraques, les propriétaires de kiosques ; etc. Pour atteindre ce but, on a cherché les reférenciels théorico-scientifiques ayant pour base la connaissance empirique à travers les inombrables cas d études matérialisés au moyen de donnés primaires et sécondaires. Finalement...

As novas faces da informalidade na Região Central de Goiania-GO : os trabalhadores ambulantes em um contexto de tranformação do mercado de trabalho; The new faces of informality in the Central Region of Goiania-Go : the ambulant workers in a context of transformation of the work trade

Edmar Aparecido de Barra e Lopes
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 09/05/2008 Português
Relevância na Pesquisa
55.91%
As transformações no mundo do trabalho nos anos 70 e, sobretudo, a partir dos 80 e 90, resultaram em uma crise do fordismo e na consolidação de novas tendências no mundo do trabalho, caracterizadas por processos de redução do número de operários (trabalhadores industriais tradicionais), aumento da terceirização, heterogeneização crescente com a ampliação de mulheres operárias e intensificação da proletarização, caracterizada pelas novas modalidades contratuais que implicam em empregos precários e em tempo parcial. De modo geral, a literatura especializada tem apontado para o fato de que um dos principais impactos da reestruturação produtiva na dinâmica do mercado de trabalho e no cotidiano de vida dos trabalhadores é a crise do 'trabalho protegido' e suas interfaces com o crescimento das atividades 'informais'. Nesse sentido, a grande questão que conduziu esta pesquisa se expressa nas seguintes inquietações: estão ocorrendo mudanças na informalidade da região central de Goiânia em função desse quadro de transformações? Em caso positivo, o que há de novo nessa nova informalidade? O que muda no perfil dos ambulantes? Quais novos processos caracterizariam sua inserção na economia? Como as mudanças produtivas...

Produtividade do trabalho nos setores formal e informal : uma avaliação do período recente; Labour productivity in the formal and informal sectors : an evaluation of the recent period

Squeff, Gabriel Coelho
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Carta de Conjuntura - Artigos
Português
Relevância na Pesquisa
45.93%
Este trabalho avalia a dinâmica dos setores formal e informal na última década a partir dos dados das Contas Nacionais. Especificamente, almeja avaliar a produtividade do trabalho no setor formal comparativamente ao informal, visando destacar em que medida o comportamento deste último contribuiu para a dinâmica da produtividade do trabalho agregada. Descreve a metodologia utilizada de construção dos dados e de decomposição da variação da produtividade do trabalho. Discute os principais resultados e apresenta algumas considerações finais.; p. 123-133

Economia informal: algumas considerações sobre concentração e mensuração; Textos para Discussão Interna (TD) 181: Economia informal: algumas considerações sobre concentração e mensuração; Informal economy: some thoughts on concentration and measurement

Rocha, Sonia
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Texto para Discussão (TD)
Português
Relevância na Pesquisa
45.99%
Tendo como ponto de partida as diferentes abordagens do que seja setor informal, estabeleceu-se uma definição compatível como o quadro de referência da contabilidade nacional, ao qual se reportam muitas das discussões ao exprimirem tamanho do setor como percentual do PIB. Em função deste quadro de referência, analisaram-se tanto as especificidades de mensuração e o significado do setor informal nas contas nacionais, quanto as dificuldades metodológicas relacionadas à estrutura e às características da base de dados disponível.; 24 p. : il.

A informalidade e as flutuações na atividade econômica

Tiryaki, Gisele Ferreira
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/2008 Português
Relevância na Pesquisa
45.99%
Previous theoretical and empirical works have focused on the impact of an enlarging informal sector on growth. This paper shows that the size of the informal economy also affects business cycles volatility. Informal businesses are usually small in size, which prevents them from achieving economies of scale, from operating with the right capital/labor mix, and from having access to credit markets. This lack of access to credit markets hinders informal firms' ability to neutralize the cash flow squeeze arising during recessions, increasing their exposure to fluctuations in economic activity and their likelihood of going bankrupt. Using a Generalized Method of Moments methodology on a cross-country dataset, this paper shows that the larger the informal sector of a country, the greater the volatility experienced in output, investment and consumption over the business cycles.; Vários trabalhos empíricos e teóricos apontam para o impacto negativo de um setor informal em expansão sobre o crescimento econômico. Este artigo mostra que a dimensão da economia informal afeta também a volatilidade dos ciclos econômicos. Geralmente, empreendimentos informais não se beneficiam de economias de escala; operam com uma combinação ineficiente de capital e trabalho e têm acesso restrito ao mercado financeiro. Os obstáculos encontrados para alavancagem financeira...

Instituições e a informalidade no mercado de trabalho

Ulyssea, Gabriel
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/09/2008 Português
Relevância na Pesquisa
45.82%
This paper aims to develop a model capable of reconciling some of the main institutional aspects relative to labor market informality. It is a two-sector, formal and informal, matching model that incorporates the main tradeoffs faced by workers and firms when deciding in which sector they will operate. The model presents an innovation that makes it more coherent with most stylized facts and recent empirical evidence. Policy simulation's results show that increasing unemployment benefits and reducing payroll taxes generate positive, although small effects over labor market indicators. However, intensifying government audition rates implies a substantial reduction of informality rates, but it also causes unemployment to increase and the deterioration of other important indicators in the Brazilian labor market.; O objetivo deste artigo é desenvolver um modelo que concilie os principais aspectos institucionais relativos à informalidade no mercado de trabalho. Trata-se de um modelo de matching com dois setores, formal e informal, que incorpora os principais tradeoffs que firmas e trabalhadores enfrentam ao decidir em que setor ingressar. O modelo apresenta uma inovação que o torna mais coerente aos principais fatos estilizados e às evidências empíricas mais recentes. Os resultados das simulações de políticas mostram que elevações no seguro-desemprego e reduções no imposto sobre a folha geram impactos positivos...

Algumas considerações sobre o conceito de setor informal e a teoria dos circuitos da economia urbana

Oliveira, Edilson Luis de
Fonte: Revista Geografias Publicador: Revista Geografias
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/07/2008 Português
Relevância na Pesquisa
66%
Este artigo discute o conceito de setor informal e a teoria dos circuitos de economia urbana desenvolvida por Milton Santos. Para tanto adota como principal argumento a elaboração de uma perspectiva crítica acerca do conceito de setor informal e da sua trajetória histórica, a qual lhe atribuiu significados plurais. Ao mesmo tempo, discutem-se aqui as possibilidades dos conceitos de circuitos de economia urbana em relação às importantes transformações nas cidades brasileiras no contexto do atual período histórico.

Elasticidades dos rendimentos do trabalho em relação ao salário mínimo: a experiência de um período recente de crescimento do salário mínimo

Saboia, João
Fonte: Universidade Estadual de Campinas - Instituto de Economia - Setor de Publicações Publicador: Universidade Estadual de Campinas - Instituto de Economia - Setor de Publicações
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares; Formato: application/pdf
Publicado em 06/01/2016 Português
Relevância na Pesquisa
45.85%
Na última década, o salário mínimo (SM) passou por um período de forte crescimento, ao mesmo tempo em que a remuneração média do trabalho sofreu queda. Esse resultado, aparentemente incoerente, motivou este artigo sobre a evolução dos rendimentos do trabalho no período 1995/2006 e o cálculo das elasticidades de tais rendimentos em relação ao SM. Foi verificado que o SM manteve sua representatividade como referência mínima legal no período, sem que houvesse queda da parcela de pessoas ocupadas recebendo 1 SM. Apesar disso, houve aumento do percentual de trabalhadores abaixo do SM, usualmente pertencentes ao setor informal da economia. Ao desagregar os trabalhadores segundo sua posição na ocupação, notou-se que as elasticidades são sistematicamente mais elevadas para os valores de rendimentos no entorno do valor do SM, tanto acima quanto abaixo. Portanto, o aumento do SM foi transferido, mesmo que parcialmente, para faixa importante da população ocupada de baixos rendimentos. Entretanto, na medida em que nos afastamos do valor do SM, as elasticidades se reduzem, muitas vezes tornando-se negativas nas duas extremidades dos rendimentos. Os resultados do artigo corroboram, para o período recente de forte crescimento do SM...