Página 1 dos resultados de 6051 itens digitais encontrados em 0.090 segundos

A (des)articulação das organizações da sociedade civil em ações de geração de trabalho e renda : o caso do bairro Jaguaré, município de São Paulo

Ferreira , Camila Cristina
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
85.83%
A presente dissertação tem como objetivo compreender como é o relacionamento entre as organizações da sociedade civil, atuantes na área de geração de trabalho e renda, no Bairro do Jaguaré, Município de São Paulo, visando ao entendimento de suas implicações. A metodologia utilizada foi a de estudo de caso. Foram realizadas dez entrevistas semi-estruturadas com representantes das organizações pesquisadas. A partir das entrevistas, diversos temas puderam ser analisados: informações sobre as organizações, seus programas, projetos e ações; desafios enfrentados; parcerias; o papel desempenhado por algumas organizações específicas; o relacionamento entre as organizações da sociedade civil atuantes no Jaguaré; e o relacionamento entre as mesmas e o governo. As organizações pesquisadas retratam claramente a variedade de tipos de organizações da sociedade civil existentes, assim como apresentam diferentes missões, tamanhos, modos de funcionamento e impactos. Apesar do grande número de organizações da sociedade civil presentes no Bairro do Jaguaré, percebe-se que há uma ausência de trabalho em rede, de parcerias e de sinergias.

Capacitação de agentes de produção para fabricação de pufe de garrafa PET visando a geração de trabalho e renda

Santos, Adriana; Alves, Paula; Correa, Marcell
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Português
Relevância na Pesquisa
95.83%
Trabalho apresentado no 31º SEURS - Seminário de Extensão Universitária da Região Sul, realizado em Florianópolis, SC, no período de 04 a 07 de agosto de 2013 - Universidade Federal de Santa Catarina.; Este trabalho apresenta relatos da realização do curso sobre a montagem de pufes de garrafa PET, realizado na cidade de Cerro Azul (PR). Este produto foi desenvolvido e testado no Grupo de Estudos em Inovação Tecnológica (GESIT) pela equipe de projeto. O Gesit atua no programa Produção em Foco, que consiste em uma parceria entre a Universidade Federal do Paraná (UFPR) e a Fundação de Ação Social (FAS) da Prefeitura Municipal de Curitiba. Após reuniões sobre a viabilidade de produção de alguns produtos propostos para os agentes de produção da FAS, a equipe do projeto optou por desenvolver pufes de garrafa PET utilizando o resíduo de uma tela plástica como fixação das garrafas. Essa tela é produzida pela BHS, parceira do projeto, usada no processo de fabricação de papel. A BHS disponibiliza um grande potencial de tela para a produção do pufe. Posteriormente, o pufe passou por variações de formatos, testes laboratoriais de resistência, fases de construção da estrutura, estudo de custos e tempo de produção. Uma vez finalizado estruturalmente...

PROJETOS DE GERAÇÃO DE TRABALHO E RENDA E A CONSCIÊNCIA DE CLASSE DOS DESEMPREGADOSPROJECTS TO GENERATE EMPLOYMENT AND INCOME AND THE UNEMPLOYED WORKERS’ CLASS CONSCIOUSNESS

Ferraz,Deise Luiza da Silva
Fonte: Escola de Administração da Universidade Federal da Bahia Publicador: Escola de Administração da Universidade Federal da Bahia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2015 Português
Relevância na Pesquisa
95.84%
Objetiva-se analisar o processo de constituição da consciência de classe em desempregados que reivindicaram a implantação de Políticas Públicas de Geração de Trabalho e Renda, operado pelos desdobramentos contraditórios das práticas de trabalho nas periferias das cidades. Para tanto, analisamos as experiências de trabalho protagonizadas pelos integrantes do Movimento dos Trabalhadores Desempregados (MTD) à luz do debate marxista sobre consciência de classe. Filiados a uma abordagem dialético-materialista, recorremos às seguintes técnicas de pesquisa: entrevistas, observação e análise documental. Concluímos que a disputa pela aplicação dos fundos públicos possibilita o processo de convergência dos interesses imediatos do grupo aos interesses necessários da classe, revelando a mediação do Estado na relação antagônica capital-trabalho. A objetivação dos projetos tem, pelo menos, dois desdobramentos contraditórios: por um lado, os membros do MTD continuam a ser produção necessária para o movimento de acumulação, mecanismo que alavanca a valorização do capital e a própria condição de existência do modo de produção capitalista...

Programa de Economia Solidária em Desenvolvimento: sua contribuição para a viabilidade das experiências coletivas de geração de trabalho e renda no Rio Grande do Sul

Goerck, Caroline
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
85.92%
Esta tese teve como embasamento o método dialético-crítico. Pretendeu-se pesquisar a contribuição do Programa de Economia Solidária em Desenvolvimento para a viabilidade das experiências coletivas de geração de trabalho e renda no Rio Grande do Sul. O referido programa social foi criado em 2003, pelo governo federal, com vistas a fortalecer os empreendimentos de geração de trabalho e renda. A temática que deu origem a esta pesquisa está relacionada com as experiências constituídas no Brasil nas últimas décadas do século XX. Estes empreendimentos coletivos podem ser considerados uma das alternativas de geração de trabalho e renda aos sujeitos – especialmente os menos qualificados –, a partir do processo de reestruturação produtiva. A operacionalização do Programa vem ocorrendo por meio de parcerias estabelecidas entre o Estado (Secretaria Nacional de Economia Solidária – Senaes), instituições da sociedade civil, outros setores governamentais e incubadoras universitárias. Além de análises documentais, foram coletadas informações de 11 instituições existentes no Rio Grande do Sul, que tem ou tiveram algum vínculo com o Programa de Economia Solidária em Desenvolvimento por meio da Senaes.Foram realizadas também 46 entrevistas com lideranças e demais trabalhadores de 17 empreendimentos coletivos existentes nos meios urbanos...

Economia solid?ria e pol?tica p?blica de gera??o de trabalho e renda ? uma an?lise do Programa Bolsa Trabalho do estado do Par?

SILVA, Leny da Gama e
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
85.96%
A disserta??o intitulada ?Economia solid?ria e pol?tica p?blica de gera??o de trabalho e renda: uma an?lise do Programa Bolsa Trabalho do Estado do Par?? traz contribui??es ? proposta de incluir social e economicamente jovens trabalhadores exclu?dos do mercado formal de trabalho a partir de uma estrat?gia pol?tica que articulou economia solid?ria, gera??o de trabalho e renda e incentivo financeiro tempor?rio e condicionado. A pesquisa foi desenvolvida com base na experi?ncia do referido Programa, realizado no per?odo de 2007 a 2010, enquanto proposta de governo que comp?s a Pol?tica P?blica de Trabalho e Renda do Estado, sinalizando para constru??o de estrat?gias poss?veis no combate ao desemprego, ? pobreza, ? exclus?o social, especialmente da popula??o jovem, a partir da economia solid?ria. O Programa Bolsa Trabalho foi estruturado em tr?s eixos de qualifica??o social e profissional, a saber: capacita??o profissional para o mercado formal, constitui??o de empreendimento individual e familiar e organiza??o de empreendimentos coletivos solid?rios. Para efeito de an?lise a pesquisa foi delimitada neste ?ltimo eixo, dado seu diferencial em promover a inclus?o produtiva por meio do trabalho cooperado e autogestion?rio. Assim, elegeu-se a abordagem qualitativa para efetiva??o desta disserta??o combinando pesquisa documental nos projetos e relat?rios referentes ao Programa Bolsa Trabalho com a realiza??o de entrevista a coordenadores e t?cnicos que participaram do mesmo. Al?m de pesquisa bibliogr?fica em livros...

Políticas de emprego, trabalho e renda no Brasil: desafios à montagem de um sistema público, integrado e participativo; Texto para Discussão (TD) 1237: Políticas de emprego, trabalho e renda no Brasil: desafios à montagem de um sistema público, integrado e participativo; Employment, work and income policies in Brazil: challenges to mount a public system, integrated and participatory

Cardoso Jr., José Celso; Gonzalez, Roberto; Stivali, Matheus; Amorim, Brunu; Vaz, Fábio
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Texto para Discussão (TD)
Português
Relevância na Pesquisa
95.98%
Este trabalho realiza um esforço de compreensão acerca de temas centrais ao desenvolvimento do aqui chamado Sistema Público de Emprego, Trabalho e Renda (SPETR) no Brasil. Para tanto, na seção 1, traz-se uma recuperação histórica não exaustiva da montagem das principais políticas federais brasileiras de emprego, trabalho e renda. Na seção 2, são revelados alguns aspectos importantes da criação e do estabelecimento do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) como principal – e quase exclusiva – fonte de financiamento daquelas políticas. Na seção 3, evidenciam-se algumas características distintivas do Conselho Deliberativo do FAT (Codefat) perante as demais políticas sociais brasileiras, com destaque para sua forma de funcionamento e para alguns aspectos concernentes ao gerenciamento dos programas sob sua alçada. Na seção 4, abordam-se aspectos da gestão pública das políticas de emprego, trabalho e renda, com ênfase para as principais características da descentralização e da participação não estatal na provisão de serviços do SPETR. Por fim, na seção 5, promove-se uma breve avaliação de desempenho (físico e financeiro) dos principais programas federais de emprego, trabalho e renda do país.; 72 p. : il.

Trabalho e renda

Campos, André Gambier (Colaborador); Amorim, Brunu Marcus (Colaborador); Bertucci, Jonas (Colaborador); Galiza, Marcelo (Colaborador); Rezende, Raimer Rodrigues (Colaborador); Gonzalez, Roberto Henrique Sieczkowski (Colaborador); Pires, Roberto Rocha Coe
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Políticas Sociais: acompanhamento e análise - Artigos
Português
Relevância na Pesquisa
95.91%
Excetuando esta introdução, este capítulo contempla três seções distintas. A primeira está centrada em fatos relevantes da conjuntura da área de trabalho e renda em 2010-2011. A segunda seção está preocupada com o acompanhamento dos programas e ações que integram o Sistema Público de Trabalho, Emprego e Renda (SPTER). Por fim, a terceira seção deste capítulo está centrada nas possibilidades de ampliar a articulação entre as políticas de investimentos do PAC (investimentos em obras de energia, transporte, comunicação etc.) e as políticas de trabalho e renda.; p. 197-246 : il.

Trabalho e renda

Campos, André Gambier (Colaborador); Amorim, Brunu Marcus (Colaborador); Bertucci, Jonas (Colaborador); Galiza, Marcelo (Colaborador); Gonzalez, Roberto Henrique Sieczkowski (Colaborador); Silva, Sandro Pereira (Colaborador)
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Políticas Sociais: acompanhamento e análise - Artigos
Português
Relevância na Pesquisa
85.98%
Este capítulo analisa alguns fatos relevantes da conjuntura da área de trabalho e renda no Brasil. Estes fatos consistem em: i) a conjuntura do mercado de trabalho, que parece ter superado os efeitos da crise 2008-2009, dado que vem registrando patamares recordes de participação, ocupação e remuneração; ii) a política de valorização do salário mínimo (SM), que apesar de todos os avanços registrados desde 2007, permanece dependente da discricionariedade do Poder Executivo; e iii) a II Conferência Nacional de Economia Solidária (Conaes), em que se debateu o reconhecimento das formas de organização econômica baseadas no trabalho associado, na propriedade coletiva dos meios de produção, na cooperação e na autogestão. Aborda os principais programas e ações que integram o Sistema Público de Trabalho, Emprego e Renda (SPTER), com destaque para: i) os voltados à garantia da renda dos trabalhadores (como o seguro- -desemprego e o abono salarial); ii) os que oferecem serviços aos trabalhadores (intermediação e qualificação profissional); e iii) os destinados à geração de trabalho e renda (como o Programa de Geração de Emprego e Renda – Proger e o Programa Nacional de Microcrédito Produtivo Orientado – PNMPO). Por fim...

Economia solidária e autogestão : a criação e recriação de trabalho e renda

Tauile, José Ricardo; Rodrigues, Huberlan
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Mercado de trabalho: conjuntura e análise - Artigos
Português
Relevância na Pesquisa
95.84%
A história recente registra números que indicam aberrantes deficiências sociais, abrangendo grandes contingentes das populações nas sociedades contemporâneas dos países subdesenvolvidos. Essas aberrações mostram que, não tendo as pessoas acesso aos direitos sociais básicos, são também marginais economicamente. São não apenas inúteis, como conflitantes com a construção de um país com base no bem-estar econômico com justiça social. Nesse contexto, a necessidade de criação ou preservação de postos de trabalho e renda, legitima naturalmente os empreendimentos, marcados pela organização e solidariedade, sobretudo pelo empreendedorismo popular e solidário, e os configura como típicos ícones de um novo estado de coisas que se avizinha.; p. 35-43

Políticas públicas de emprego, trabalho e renda no Brasil; Public employment policies, labor and income in Brazil

Cardoso Júnior, José Celso; Gonzalez, Roberto; Amorim, Brunu; Stivali, Matheus; Vaz, Fábio
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Brasil: o estado de uma nação - capítulo de livro
Português
Relevância na Pesquisa
95.97%
Este capítulo discute a posição e a situação das políticas públicas de emprego, trabalho e renda no Brasil atual. Faz um breve histórico de suas origens e desenvolvimento, de modo a identificar os problemas que são considerados indispensáveis para antever os desdobramentos futuros de um sistema público de emprego, trabalho e renda (SPETR) no país. Foi priorizada uma abordagem temática, com destaque para aqueles problemas que suscitam maior debate e polêmica. Assim, com essa estrutura, os diversos programas do Ministério do Trabalho e do Emprego (MTE) puderam ser abordados de maneira mais organizada, em função dos temas de relevância adotados. Após a introdução, a seção 2 traz uma recuperação histórica da montagem das principais políticas brasileiras de emprego, trabalho e renda em nível federal. A Seção 3 descortina alguns aspectos relevantes da criação e do estabelecimento do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) como principal – e quase exclusiva – fonte de financiamento daquelas políticas. E a última seção faz uma breve avaliação de desempenho (físico e financeiro) dos principais programas federais de emprego, trabalho e renda, com o intuito de destacar três aspectos de interesse, a saber: a) incipiente integração entre os principais programas do nosso SPETR; b) seu baixo impacto agregado diante dos principais problemas de um mercado caracterizado por grande heterogeneidade e...

Dilemas e alternativas ao financiamento das políticas públicas de trabalho e renda no Brasil; Texto para Discussão (TD) 1313: Dilemas e alternativas ao financiamento das políticas públicas de trabalho e renda no Brasil; Dilemmas and alternatives to the financing of public policies on labor and income in Brazil

Cardoso Jr., José Celso; Gonzalez, Roberto
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Texto para Discussão (TD)
Português
Relevância na Pesquisa
95.9%
Este trabalho discute o desenvolvimento do chamado Sistema Público de Emprego, Trabalho e Renda (SPETR) no Brasil e os dilemas enfrentados para garantir o seu financiamento pelo Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). Após breve introdução, a seção 2 apresenta a estrutura atual do SPETR e a trajetória de suas principais políticas ao longo do período 1995-2005. A seção seguinte discute algumas limitações importantes do sistema, bem como a agenda para seu aperfeiçoamento, levantada no II Congresso Nacional do SPETR, realizado em 2005. Na seção 4, examina-se a evolução do patrimônio, das receitas e despesas do FAT, e discute-se especificamente a razão da restrição de recursos para os serviços de emprego, com as respectivas conseqüências sobre o SPETR. A última seção aponta sugestões alternativas para o enfrentamento da questão do financiamento do sistema.; 27 p. : il.

Trabalho e renda

Brasil. Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Diretoria de Estudos e Políticas Sociais (Disoc)
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Políticas Sociais: acompanhamento e análise - Artigos
Português
Relevância na Pesquisa
105.88%
A área de trabalho e renda desta edição está organizada em duas partes. Na primeira discute-se a conjuntura recente do mercado de trabalho a partir da evolução de alguns dos seus principais indicadores-guia. Na segunda parte, propõe-se, de um lado, um debate sobre os programas de geração de emprego e renda financiados com recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), seguido de algumas proposições de racionalização desses programas; e de outro, uma discussão sobre alcances e limites da inclusão financeira, a qual tem seus motores fundamentais em uma nova legislação nascente e no crescimento de programas e de entidades de microfinanças.; p. 98-116 : il.

Trabalho e renda

Brasil. Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Diretoria de Estudos e Políticas Sociais (Disoc)
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Políticas Sociais: acompanhamento e análise - Artigos
Português
Relevância na Pesquisa
85.84%
A área de Trabalho e Renda deste periódico está organizada, para esta edição, em três grandes blocos temáticos. Na parte de análise da conjuntura do mercado de trabalho e do ambiente institucional das políticas de trabalho, emprego e renda, procedeu-se, em primeiro lugar, a uma breve recuperação dos fatos que marcaram a evolução positiva do mercado de trabalho nacional ao longo de 2004; em segundo lugar, é apresentado um resumo comentado do Projeto de Lei de inclusão parcial do setor informal da economia; e, por fim, foram tecidas algumas considerações acerca do Projeto de Reforma Sindical encaminhado pelo governo ao Congresso Nacional neste início de 2005.; p. 110-129 : il.

Trabalho e renda

Amorim, Brunu Marcus (Colaborador); Vaz, Fábio Monteiro (Colaborador); Cardoso Jr., José Celso (Colaborador); Parreiras, Luiz Eduardo (Colaborador); Galiza, Marcelo (Colaborador); Gonzalez, Roberto (Colaborador)
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Políticas Sociais: acompanhamento e análise - Artigos
Português
Relevância na Pesquisa
95.92%
Este capítulo está dividido em cinco seções incluindo esta “Apresentação”. Na seção 2, discutem-se as tendências do mercado de trabalho, as propostas de mudança na legislação trabalhista e alguns eventos recentes ligados à fiscalização do trabalho. Na terceira seção, a mudança de direção no Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) é comentada.A quarta seção, “Tema em destaque”, explora as políticas de trabalho e renda ligadas à juventude. Por fim, na quinta seção, é feita uma apreciação conjunta das tendências do mercado de trabalho e das políticas de trabalho e renda.; p. 141-159

Trabalho e renda

Brasil. Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Diretoria de Estudos e Políticas Sociais (Disoc)
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Políticas Sociais: acompanhamento e análise - Artigos
Português
Relevância na Pesquisa
85.89%
Nesta edição, o capítulo de “Trabalho e renda” está organizado da seguinte maneira: a seção 2 resume os principais acontecimentos do mercado de trabalho em 2006, nas seis Regiões Metropolitanas. A seção 3, por sua vez, realiza o acompanhamento e a análise da execução física e financeira dos principais programas finalísticos do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Na nova seção 4, elege-se o seguro-desemprego como Tema em destaque a ser melhor aprofundado nesta edição, este que é o principal programa do MTE. A seção 5 resume o conteúdo e tece considerações prospectivas sobre esta área de trabalho e renda para o futuro imediato.; p. 137-159 : il.

Trabalho e renda

Brasil. Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Diretoria de Estudos e Políticas Sociais (Disoc)
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Políticas Sociais: acompanhamento e análise - Artigos
Português
Relevância na Pesquisa
85.86%
Para esta edição especial, o trajeto aqui percorrido espelha, portanto, o esforço acumulado desses seis anos de existência do periódico, estando assim dividido: na seção 2, é apresentado um panorama geral do mercado de trabalho nacional entre 1995 e 2005. Na seção seguinte, confronta-se a situação social do mercado de trabalho com o quadro institucional montado pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) para tentar fazer frente aos principais problemas antes identificados. Na seção 4, produz-se uma espécie de balanço da política de Trabalho e Renda à luz de seus principais programas finalísticos. Depois, na seção 5, são analisados aspectos relevantes do esquema de financiamento centrado no Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). Por fim, na seção 6 recuperam-se os principais argumentos desenvolvidos ao longo do texto e apresentam-se alguns dos principais desafios postos à prova das novas gestões que se seguirão no MTE.; p. 193-227 : il.

Trabalho e renda

Brasil. Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Diretoria de Estudos e Políticas Sociais (Disoc)
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Políticas Sociais: acompanhamento e análise - Artigos
Português
Relevância na Pesquisa
85.9%
Nesta edição, o capítulo sobre trabalho e renda foi dividido em três partes. A primeira seção, sobre a conjuntura recente da área de trabalho e renda, está composta por dois assuntos principais. A seção sobre acompanhamento da política e programas, em vez de detalhar informações relativas a cada um dos principais programas em execução no âmbito do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Por fim, a seção sobre financiamento e gastos traz um balanço da execução orçamentária dos principais programas do MTE, tanto sob a ótica das fontes financeiras de cada programa como da perspectiva do gasto efetivamente executado em cada rubrica.; p. 112-131 : il.

Desarrollo de Puf de botellas de PET para empleo y generación de ingresos.; DEVELOPMENT OF PET BOTTLE POUFFE FOR WORK AND INCOME GENERATION; DESENVOLVIMENTO DE PUFE DE GARRAFA PET PARA GERAÇÃO DE TRABALHO E RENDA

Santos, Adriana de Paula Lacerda dos; UFPR; Silva, Silvana Bárbara Gonçalves da; UFPR; Wakano, Ceres Sayury Gozzer; Zimmermann, Elisa Harger
Fonte: Editora da UFPR Publicador: Editora da UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 20/12/2013 Português
Relevância na Pesquisa
95.8%
Através de una alianza entre la Universidad Federal de Paraná (UFPR) y la Fundación de Acción Social (FAS) de la ciudad de Curitiba, el Grupo de Estudio sobre Innovación Tecnológica (Gesit) está desarrollando el proyecto producción en Focus. Basado en el Modelo desarrollo del producto - MDP, desarrollado por el equipo del proyecto, está siendo possibile desarrollar productos para los agentes de producción de FAS. Este artículo aborda el proceso de desarrollo de pouffe de botellas de PET, así como su proceso de fabricación y la formación de agentes de producción de FAS. Los resultados del proyecto muestran que la estructura creada por el pouffe es muy duradero y este producto tiene el potencial para generar empleos e ingresos para los agentes de la producción ya que el costo de fabricación es bajo y su precio de venta, basado en la investigación mercado, pueden ser altos.; Through a partnership between the Federal University of Parana (UPFR) and the Social Action Foundation (FAS) of the City ofCuritiba, the Study Group on Technological Innovation (GESIT) is developing the Project Production in Focus. Based on Product Development Model - MDP, developed by the project team, is being able to develop products for the agents of production of FAS. This article discusses the process of development of PET bottles pouffe...

Implementation of a municipal work and income policy; Implantação de uma política municipal de trabalho e renda

Medeiros, Gelton; PMF - Florianópolis - SC
Fonte: Editora da Universidade Federal de Santa Catarina (Edufsc) Publicador: Editora da Universidade Federal de Santa Catarina (Edufsc)
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2002 Português
Relevância na Pesquisa
95.79%
This article is an account of the experience of implementation of productive enterprises for work and income generation in the municipality of Florianópolis. Relevance is given to the process of implementation of popular profissionalizing centers and the contributions of the social assistant to the management of this social project.; Este artigo relata a experiência de implantação de empreendimentos produtivos para geração de trabalho e renda no município de Florianópolis. Procura-se destacar o processo de implantação dos centros de profissionalização popular e as contribuições do assistente social no gerenciamento desse projeto social.

ARRANJOS INSTITUCIONAIS “VIRTUOSOS” NA DINÂMICA DAS POLÍTICAS PÚBLICAS DE TRABALHO E RENDA

Rainha, Jamila Coco; UFES; Colbari, Antonia de Lourdes; UFES
Fonte: RP3 - Revista de Pesquisa em Políticas Públicas Publicador: RP3 - Revista de Pesquisa em Políticas Públicas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 18/09/2014 Português
Relevância na Pesquisa
95.83%
@font-face { font-family: "Cambria Math"; }@font-face { font-family: "Calibri"; }p.MsoNormal, li.MsoNormal, div.MsoNormal { margin: 0cm 0cm 10pt; line-height: 115%; font-size: 11pt; font-family: Calibri; }.MsoChpDefault { font-size: 10pt; }div.WordSection1 { page: WordSection1; }À luz das abordagens institucionalistas, pretende-se rastrear os arranjos institucionais constituídos para executar e articular, no âmbito do estado do Espírito Santo, as políticas públicas de trabalho e renda do governo federal. A Secretaria de Estado do Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social (Setades) foi, no período de 2003 a 2010, o espaço de confluência de ações de cooperação governamental entre agências dos poderes executivos, nacional e subnacional, além de conduzir o movimento de articulação/intermediação entre setor público, organizações do mercado, organizações não governamentais, instituições de ensino e entidades de representação de interesses. Sobressaiu-se como um ator estratégico hábil no desempenho de funções de coordenação e de motivação para a ação coletiva, fato crucial para a construção e a reprodução das ordens sociais locais, nas quais os processos de qualificação profissional eram imperativos. As fontes priorizadas para sustentar esse percurso analítico foram os documentos oficiais...