Página 1 dos resultados de 253 itens digitais encontrados em 0.004 segundos
Resultados filtrados por Publicador: Actas do XI Congresso Luso Afro Brasileiro de Ciências Sociais

As implicações do movimento migratório e seu contributo sobre a dinâmica populacional das sociedades brasileira e portuguesa

Maciel, Andreia; Mendes, Maria Filomena; Santos, José
Fonte: Actas do XI Congresso Luso Afro Brasileiro de Ciências Sociais Publicador: Actas do XI Congresso Luso Afro Brasileiro de Ciências Sociais
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
46.77%
O declínio e a manutenção da fecundidade em níveis inferiores à reposição geracional originaram a reflexão de uma segunda transição demográfica conforme propôs Lesthaeghe e Van de Kaa (Van de Kaa, 2002). Nos países desenvolvidos onde são bastante reduzidos os níveis da fecundidade e elevados os níveis de envelhecimento populacional, a imigração tem revelado um papel importante sobre sua dinâmica populacional, suscitando a ideia, entre autores como Coleman (2006), da ocorrência de uma terceira transição demográfica. Portugal insere-se neste quadro, tendo deixado de garantir a renovação geracional desde a década de 1980, sendo que seu crescimento populacional vem sendo determinado “quase exclusivamente pelo saldo migratório dado que o saldo natural observado é diminuto” (Carrilho, 2010:135). O país, tradicionalmente de emigração passa a ser também, principalmente após sua adesão à União Europeia, um país de imigração, passando a experimentar fluxos imigratórios cada vez mais intensos. Conforme os dados do Serviço de Estrangeiros e Fronteira (SEF) entre 1980 e 2009 a população estrangeira residente em Portugal passou de 50750 indivíduos para 451752, maioria em idade activa. Entre estes...