Página 1 dos resultados de 82829 itens digitais encontrados em 0.042 segundos

Eficiência dos protocolos de tratamento em uma e duas fases da má oclusão de Classe II, divisão 1; Efficiency of 1-phase and 2-phase treatment protocols in Class II, division 1 malocclusions

CANÇADO, Rodrigo Hermont; PINZAN, Arnaldo; JANSON, Guilherme; HENRIQUES, José Fernando Castanha; NEVES, Leniana Santos; CANUTO, Conceição Eunice
Fonte: Dental Press Editora Publicador: Dental Press Editora
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
36.33%
OBJETIVO: o objetivo deste estudo retrospectivo foi comparar os resultados oclusais e a eficiência dos protocolos de tratamento em uma e duas fases da má oclusão de Classe II, divisão 1. A eficiência do tratamento foi definida como um melhor resultado oclusal em um menor tempo de tratamento. MÉTODOS: uma amostra de 139 pacientes com má oclusão de Classe II, divisão 1, foi dividida em dois grupos, de acordo com o protocolo de tratamento instituído para a correção da má oclusão: grupo 1 - constituído por 78 pacientes tratados com o protocolo de tratamento em uma fase, com idades médias inicial e final de 12,51 (± 1,28) e 14,68 (± 1,49) anos, respectivamente; e grupo 2 - constituído por 61 pacientes tratados com o protocolo de tratamento em duas fases, com idades médias inicial e final de 11,21 (± 1,21) e 14,70 (± 1,55) anos, respectivamente. Telerradiografias em norma lateral foram obtidas ao início do tratamento, para avaliar a compatibilidade cefalométrica dos grupos. Os resultados oclusais foram avaliados nos modelos de gesso dos pacientes nas fases inicial e final utilizando o índice IPT (Índice de Prioridade de Tratamento). Aplicou-se o teste do qui-quadrado para avaliar a compatibilidade dos grupos quanto à severidade da relação ântero-posterior dos arcos dentários e à distribuição por gêneros. As variáveis diretamente relacionadas aos resultados oclusais foram comparadas por meio do teste t independente. Finalmente...

"Tempo de tratamento da tuberculose de pacientes inscritos em um serviço de saúde do município de Ribeirão Preto - SP (1998-1999)" ; Time of tuberculosis treatment in patients enrolled in a health service in the city of Ribeirão Preto-SP (1998-1999)

Sassaki, Cinthia Midori
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/02/2003 Português
Relevância na Pesquisa
36.34%
Trata-se de um estudo epidemiológico descritivo que busca analisar o tempo de tratamento da tuberculose de pacientes inscritos no Programa de Controle da Tuberculose de um serviço de saúde do município de Ribeirão Preto-SP, no período de janeiro de 1998 a dezembro de 1999. Os dados relativos a algumas variáveis sociodemográficas (sexo, idade, escolaridade e ocupação), ao diagnóstico (forma clínica), ao tratamento (condição, esquema, tipo, tempo e resultado de tratamento), a intercorrências "patológicas" e a doenças associadas (AIDS e alcoolismo) foram obtidos através de livros de registro e de prontuários. Utilizou-se o programa Epi-Info, versão 6.04d para o cadastramento, tabulação e análise dos dados. Observou-se que dos 140 pacientes em estudo, 105 (75%) pacientes curaram, 20 (14,29%) foram transferidos, 05 (3,57%) tiveram mudança de diagnóstico, 05 (3,57%) abandonaram e 05 (3,57%) foram a óbito. Em relação à cura, 39,05% curaram em até 6 meses; 39,05% entre 6,1 e 9 meses; 20% em mais de 9 meses e 1,9% foi ignorado. Identificou-se que a história de tratamento anterior, intercorrências patológicas, AIDS e alcoolismo contribuíram para o não-cumprimento correto da terapêutica, prolongando o tempo de tratamento entre os indivíduos curados. Quanto ao tempo de tratamento dos pacientes que não evoluíram para a cura...

Análise histológica comparativa de biópsias hepáticas de pacientes com hepatite C crônica, co-infectados pelo HIV-1, realizadas antes e após o tratamento da hepatite C; Comparative histological analysis of liver biopsies from patients with chronic hepatitis C and co-infected with HIV-1, performed before and after the treatment of hepatitis C.

Castro, Gleusa de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/12/2006 Português
Relevância na Pesquisa
36.36%
Sabe-se que o vírus da imunodeficiência humana (HIV) pode modificar a história natural da infecção pelo HCV, acelerando a progressão da fibrose hepática e conseqüente evolução para cirrose. O tratamento com interferon-alfa pode levar à melhora da histologia hepática, reduzindo a inflamação e fibrose, principalmente nos pacientes que apresentam resposta virológica sustentada. O impacto do tratamento sobre a evolução histológica em pacientes não-respondedores ao tratamento da hepatite C apresenta resultados controversos. Objetivos: Avaliar, nos pacientes com hepatite C crônica, co-infectados pelo HIV, o impacto do tratamento da hepatite C, sobre as modificações de parâmetros indicativos de fibrose e atividade inflamatória, em biópsias de fígado realizadas antes e após o tratamento da hepatite C. Métodos: Foram estudados 26 pacientes co-infectados pelo HCV e HIV-1, submetidos à biópsia hepática antes e, em média, 25,2 meses após o término do tratamento da hepatite C. Fragmentos da biópsia hepática foram comparados, antes e após o tratamento, em relação aos seguintes parâmetros: Índice de Atividade Histológica (HAI) e o grau de Fibrose (Knodell); intensidade do depósito de colágeno (coloração pelo picrosirius) e o grau de ativação das células estreladas (marcação com alfa-actina de músculo liso). Os índices destas variáveis histológicas...

Trajetória dos adolescentes usuários de drogas em um serviço especializado: do primeiro uso ao tratamento; The life course of the adolescent drug users of a specialized service: from the first use to the treatment

Vasters, Gabriela Pereira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 01/02/2010 Português
Relevância na Pesquisa
36.33%
O uso de drogas na adolescência é uma questão debatida nas diferentes esferas da sociedade devido aos prejuízos que ocasionados precocemente. No tratamento especializado, essa questão torna-se ainda mais complexa e desafiadora frente aos fatores intrínsecos e extrínsecos do adolescente. O estudo tem como objetivo conhecer a trajetória dos adolescentes em um tratamento para uso de drogas, desde a primeira experimentação às percepções sobre o tratamento. Baseando-se na pesquisa qualitativa, buscou-se a compreensão dos atos e comportamentos dos sujeitos ao priorizar o ponto de vista dos mesmos. A coleta de dados ocorreu por meio de um roteiro semiestruturado de entrevista. Os adolescentes sujeitos do estudo pertenciam ou já haviam abandonado o Centro de Atenção Psicossocial para Álcool e Drogas II em Ribeirão Preto-SP. Analisaram-se os dados por meio da categorização temática do conteúdo. Quatorze adolescentes foram sujeitos do estudo, sendo oito participantes do tratamento e seis que o haviam abandonado, predominante do sexo masculino com idade entre 14 e 19 anos. A maioria apresentou-se abaixo do ano escolar adequado às suas idades. A maconha foi a droga mais utilizada. Os adolescentes que abandonaram o tratamento fizeram maior experimentação de outras drogas em relação aos que estavam em tratamento. A rede de relações composta por outros usuários de drogas mostrou-se muito influente ao uso da droga...

Macroestrutura do sono em pacientes com fibromialgia, antes e após tratamento; Sleep macrostructure in patients with fibromyalgia, before and after treatment.

Martori, Alexandre Henrique
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/05/2011 Português
Relevância na Pesquisa
36.33%
MARTORI, AH. Macroestrutura do sono em pacientes com fibromialgia, antes e após tratamento. 2011. 59 f. Dissertação (Mestrado) Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2011. Os objetivos do presente estudo foram: - avaliar a macroestrutura do sono de pacientes com Fibromialgia sem tratamento medicamentoso; - avaliar se há modificações na macroestrutura do sono, após a instituição de tratamento medicamentoso da síndrome com Amitripitilina ou Fluoxetina + Ciclobenzaprina; - avaliar a queixa de dor, através da Escala Analógica Visual (EVA), e de comprometimento do sono, utilizando escala semelhante adaptada para o sono (Escala de Qualidade do Sono EQS), antes e após o tratamento. Vinte pacientes (19 mulheres e 1 homem) foram selecionados do ambulatório de Reumatologia do HCFMRP-USP, entre aqueles com diagnóstico clínico definido de fibromialgia, sem tratamento medicamentoso atual para a síndrome. Os pacientes preencheram a EVA e a EQS, antes e após a introdução do medicamento de escolha, ao mesmo tempo em que foram submetidos a polissonografia (PSG), antes e após tratamento. As alterações da macroestrutura do sono na primeira PSG foram aumento de N1, redução de N3 e aumento do número de microdespertares...

Comparação de efetividade entre duas modalidades de tratamento para anorexia nervosa em adolescentes: tratamento familiar e tratamento multidisciplinar; Effectiveness comparison of two treatment modalities for anorexia nervosa in adolescents: family-based treatment and multidisciplinary treatment

Turkiewicz, Gizela
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/02/2012 Português
Relevância na Pesquisa
36.33%
Adolescentes do sexo feminino são a população mais frequentemente acometida pela anorexia nervosa (AN), com prevalência média de 2,5%, quando considerados critérios diagnósticos adaptados para esta faixa etária. A apresentação da AN em adolescentes é semelhante a de adultos, no entanto existem particularidades nos sintomas relacionadas ao nível de desenvolvimento cognitivo e emocional. A AN manifesta-se por: perda de peso, perturbações na forma de vivenciar a forma corporal, medo de engordar, restrição alimentar, comportamentos compensatórios e alterações menstruais. No Brasil, existem poucos recursos especializados para o tratamento da AN na adolescência e não foram realizados previamente estudos sistematizados sobre o tema. Estudos realizados em países de língua inglesa demonstram que o tratamento familiar (TF) apresenta bons resultados no tratamento da AN em adolescentes. Este estudo tem como objetivo a comparação de efetividade e de custos entre o TF e o tratamento multidisciplinar (TM). Inicialmente foi realizado um estudo piloto, incluindo nove pacientes de 11 a 17 anos do sexo feminino com diagnóstico de AN, tratadas com o TF. Posteriormente foi realizado um estudo comparativo, com os mesmos critérios de inclusão...

Impacto de comorbidades psiquiátricas e de outros fatores de risco na resposta ao tratamento de crianças e adolescentes com transtornos alimentares; The impact of psychiatric comorbidities and other risk factors on the response of children and adolescents with eating disorders to treatment

Pinzon, Vanessa Dentzien
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/09/2012 Português
Relevância na Pesquisa
36.35%
INTRODUÇÃO: Os transtornos alimentares (TA) incluem os diagnósticos de anorexia nervosa (AN), bulimia nervosa (BN) e transtorno alimentar não-especificado (TANE). Apresentam altas morbidade e mortalidade. Acometem indivíduos jovens, afetando amplamente o seu desenvolvimento. Na infância e adolescência, os TA possuem peculiaridades epidemiológicas, diagnósticas e clínicas que ainda são pouco conhecidas em pacientes jovens brasileiros. As comorbidades psiquiátricas podem interferir no curso do tratamento e na evolução dos TA, podendo aumentar sua letalidade. Outros fatores prognósticos dos TA também têm sido investigados e seu papel permanece indefinido. Os objetivos deste estudo foram investigar o perfil sociodemográfico e clínico dos pacientes com TA; identificar a prevalência de comorbidades psiquiátricas; investigar o impacto de comorbidades psiquiátricas e de outros fatores de risco na resposta ao tratamento de pacientes com TA que receberam o mesmo tratamento. MÉTODOS: Estudo realizado em um serviço multidisciplinar especializado no tratamento de crianças e adolescentes com TA (PROTAD IPq/HCFMUSP). A amostra consistiu de 100 pacientes de ambos os sexos, com idade até 18 anos e diagnóstico de TA, síndromes totais e parciais...

Fatores de risco para o abandono do tratamento hospitalar para transtorno alimentares; Risk factors for dropping out of inpatient treatment for eating disorers

Carvalho, Lorena Soares Lins de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/06/2013 Português
Relevância na Pesquisa
36.34%
INTRODUÇÂO: Embora seja um evento freqüente, não existe um consenso de quais fatores estariam envolvidos no abandono do tratamento para transtornos alimentares. O presente estudo teve por objetivo a identificação de fatores de risco para o abandono do tratamento hospitalar para anorexia nervosa e bulimia nervosa. Aspectos prévios a hospitalização, aspectos clínicos presentes no ato da internação e fatores relacionados ao período do tratamento hospitalar de pacientes que abandonaram e completaram o tratamento foram comparados MÉTODOS: Foi executado um estudo de caráter retrospectivo, do tipo caso-controle, com o abandono do tratamento sendo considerada a condição de interesse. Prontuários de pacientes do sexo feminino admitidas em uma enfermaria especializada no tratamento de anorexia e bulimia nervosas entre os anos de 2005 e 2010 foram revisados. RESULTADOS: Do total de 259 internações e 178 pacientes, foram sujeitos da pesquisa 103 mulheres, das quais 83 completaram o tratamento e 20 o abandonaram, resultando em uma taxa de abandono do tratamento de 19,42%. Para o tratamento estatístico dos dados, foi realizada análise univariada, com posterior análise multivariada das variáveis consideradas significantes...

A adesão ao tratamento no caso da tuberculose multirresistente; Adherence to treatment of multidrug-resistant tuberculosis

Ferreira, Kuitéria Ribeiro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 16/12/2014 Português
Relevância na Pesquisa
36.33%
Introdução: A situação epidemiológica da tuberculose (TB) no âmbito mundial e no Brasil ainda evidencia importante magnitude, acrescentandose o problema crescente da Tuberculose Multirresistente (TBMR). A TB é exemplo consagrado que evidencia as desigualdades sociais e as limitações de acesso à saúde. A adesão ao tratamento da TBMR é um dos aspectos cruciais do cotidiano da assistência em saúde e uma das maiores dificuldades no controle da enfermidade. Objetivos: Analisar como se processa a adesão ao tratamento para a TBMR, em um grupo de indivíduos que completaram com sucesso o tratamento medicamentoso; e propor alternativas para incrementar a adesão. Métodos: Estudo de abordagem qualitativa, desenvolvido em Centro de Referência para Controle da TB e TBMR do Estado de São Paulo, Brasil. Foram coletados, no período de abril a setembro de 2012, depoimentos de indivíduos que vivenciaram o adoecimento por TBMR e que aderiram ao tratamento medicamentoso até a alta por cura. Os depoimentos foram analisados segundo técnica de análise de discurso e interpretados à luz da Hermenêutica-Dialética e da Teoria da Determinação Social do Processo Saúde-Doença. Resultados: Entrevistouse 21 sujeitos, sendo: 17 (80...

Avaliação do coagulante orgânico Veta Organic utilizado em uma estação de tratamento de água para abastecimento público

Vanacôr, Romualdo Nunes
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.33%
O presente trabalho, desenvolvido na estação de tratamento de água de Novo Hamburgo, avalia uma alternativa aos tradicionais coagulantes metálicos. Esta alternativa é um coagulante orgânico de origem vegetal produzido na região metropolitana de Porto Alegre. Este coagulante a base de tanino extraído da acácia negra tem o nome comercial de Veta organic. Foi verificada, além da qualidade da água tratada, do custo do tratamento e do impacto ambiental gerado durante o processo de potabilização da água, a operacionalidade da ETA com o coagulante. Foram pesquisados os fenômenos físico-químicos que ocorrem na coagulação. Foram feitas análises dos principais resíduos do tratamento (água de lavagem dos filtros e lodo dos decantadores), definindo alguns parâmetros para sua disposição no solo. A caracterização dos efluentes do tratamento confirmou alguns preceitos da literatura, como a relação DBO/DQO e o alto teor de umidade. Outros parâmetros apresentaram valores divergentes dos publicados em outros trabalhos, sendo, provavelmente, o principal motivo a substituição do coagulante. Foi traçado um comparativo com o sulfato de alumínio, determinando vantagens e desvantagens da substituição do sulfato de alumínio pelo Veta organic. Este comparativo considerou aspectos relacionados à operação e manutenção da ETA...

Um Olhar sobre a efetividade e custos do tratamento da hepatite C sob a perspectiva do Sistema Único de Saúde

Blatt, Carine Raquel
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 190 p.| il., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
36.35%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Farmácia, Florianópolis, 2011; Introdução: A prevalência da hepatite C no Brasil é estimada em torno de 1%. Para o tratamento são fornecidos pelo sistema público de saúde os medicamentos peguinterferon alfa (PEG), interferon alfa (IFN) e ribavirina (RBV), de acordo com um protocolo específico. Objetivo: Identificar as taxas de cura do tratamento da hepatite C em Santa Catarina (SC) e no Brasil, investigar a associação entre as taxas de conclusão de tratamento e as taxas de cura, bem como quantificar os custos diretos do tratamento, de acordo com a perspectiva do SUS, e fazer uma comparação de custo-efetividade do tratamento da hepatite C para os pacientes portadores dos genótipos 2 e 3. Metodologia: As taxas de cura em SC foram verificadas por meio de uma série de casos de pacientes que realizaram o tratamento durante os anos de 2003 a 2007. Mediante revisão sistemática e meta-análise, verificou-se qual a taxa de cura nos estudos brasileiros publicados. De acordo com o protocolo nacional, os resultados foram divididos em cinco grupos: tratamento com PEG e RBV por 48 semanas: genótipo 1 (A), coinfecção com HIV (B)...

O abandono do tratamento e suas representações sociais para profissionais da saúde e pessoas com tuberculose

Chirinos, Narda Estela Calsin
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 173 p.| tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
36.34%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Florianópolis, 2013.; Trata-se de uma pesquisa com abordagem qualitativa, do tipo exploratório-descritiva, com o objetivo de compreender as representações sociais das pessoas com tuberculose e dos profissionais de saúde sobre o abandono de tratamento, num Programa de Controle da Tuberculose, a partir do referencial teórico da teoria de representações sociais. Foi realizada em quatro Centros de Saúde, em Lima, Peru, com 20 sujeitos, dos quais 12 profissionais da saúde e 8 pessoas com tuberculose. A coleta de dados foi através de entrevistas semiestruturadas, realizadas de junho a novembro de 2012. A análise de dados orientou-se pela análise de conteúdo do tipo categorial temática. Os resultados originaram três manuscritos abordando: representações sociais dos profissionais da saúde sobre o abandono do tratamento, representações sociais das pessoas com tuberculose sobre o abandono do tratamento e as relações entre as representações desses dois atores. Nos resultados do primeiro manuscrito, constam três categorias relacionadas ao abandono de tratamento da tuberculose: "ser pobre dificulta a adesão ao tratamento"...

Compartilhando olhares, diálogos e caminhos : adesão ao tratamento anti-retroviral e qualidade de vida em pessoas vivendo com HIV/AIDS em Maputo, Moçambique

Brambatti, Larissa Polejack
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
Português
Relevância na Pesquisa
36.33%
Tese (doutorado)-Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, 2007.; Devido aos avanços nas pesquisas e possibilidades de tratamento, a aids tornou-se uma doença crônica que traz novos desafios para sua compreensão e enfrentamento. Temos assistido nos últimos anos a ampliação do acesso ao tratamento em países com recursos limitados e o conhecimento acerca dessa realidade é fundamental para o sucesso da estratégia de combate ao HIV/aids. O estudo foi desenvolvido em um contexto de expansão de acesso ao tratamento anti-retroviral em Moçambique e teve como objetivos principais: (1) descrever as expectativas dos pacientes com relação ao tratamento anti-retroviral no início, dois meses e quatro meses depois; (2) investigar a percepção da qualidade de vida antes do início do tratamento anti-retroviral e sua associação com variáveis sociodemográficas; (3) investigar o comportamento de adesão quatro meses após o início do TARV; e (4) identificar aspectos psicossociais facilitadores e dificultadores que interferem no comportamento de adesão, do ponto de vista dos pacientes assistidos. O delineamento incluiu técnicas e métodos quantitativos e qualitativos para a coleta e análise de dados. O estudo foi realizado no Hospital Militar de Maputo entre os meses de março e novembro de 2007 e desenvolveu-se em duas etapas: (a) aplicação de questionário de avaliação psicossocial...

Eficiência dos protocolos de tratamento em uma e duas fases da má oclusão de Classe II, divisão 1

Cançado,Rodrigo Hermont; Pinzan,Arnaldo; Janson,Guilherme; Henriques,José Fernando Castanha; Neves,Leniana Santos; Canuto,Conceição Eunice
Fonte: Dental Press Editora Publicador: Dental Press Editora
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2009 Português
Relevância na Pesquisa
36.33%
OBJETIVO: o objetivo deste estudo retrospectivo foi comparar os resultados oclusais e a eficiência dos protocolos de tratamento em uma e duas fases da má oclusão de Classe II, divisão 1. A eficiência do tratamento foi definida como um melhor resultado oclusal em um menor tempo de tratamento. MÉTODOS: uma amostra de 139 pacientes com má oclusão de Classe II, divisão 1, foi dividida em dois grupos, de acordo com o protocolo de tratamento instituído para a correção da má oclusão: grupo 1 - constituído por 78 pacientes tratados com o protocolo de tratamento em uma fase, com idades médias inicial e final de 12,51 (± 1,28) e 14,68 (± 1,49) anos, respectivamente; e grupo 2 - constituído por 61 pacientes tratados com o protocolo de tratamento em duas fases, com idades médias inicial e final de 11,21 (± 1,21) e 14,70 (± 1,55) anos, respectivamente. Telerradiografias em norma lateral foram obtidas ao início do tratamento, para avaliar a compatibilidade cefalométrica dos grupos. Os resultados oclusais foram avaliados nos modelos de gesso dos pacientes nas fases inicial e final utilizando o índice IPT (Índice de Prioridade de Tratamento). Aplicou-se o teste do qui-quadrado para avaliar a compatibilidade dos grupos quanto à severidade da relação ântero-posterior dos arcos dentários e à distribuição por gêneros. As variáveis diretamente relacionadas aos resultados oclusais foram comparadas por meio do teste t independente. Finalmente...

Abandono do tratamento de tuberculose utilizando-se as estratégias tratamento auto-administrado ou tratamento supervisionado no Programa Municipal de Carapicuíba, São Paulo, Brasil

Vieira,Amadeu Antonio; Ribeiro,Sandra Aparecida
Fonte: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2008 Português
Relevância na Pesquisa
36.33%
OBJETIVO: Verificar as taxas de abandono e identificar as variáveis relacionadas ao abandono do tratamento, segundo o tipo de estratégia utilizada em pacientes matriculados no Programa de Controle da Tuberculose do município de Carapicuíba (SP) Brasil. MÉTODO: Estudo longitudinal não concorrente de duas coortes de tratamento de tuberculose, a primeira de 1 de janeiro a 31 de dezembro de 2003 com a estratégia tratamento auto-administrado (173 casos) e a segunda de 1 de julho de 2004 a 30 de junho de 2005 com a estratégia tratamento supervisionado (187 casos). RESULTADOS: A taxa de abandono diminuiu significativamente (p < 0,05), de 13,3% (tratamento auto-administrado) para 5,9% (tratamento supervisionado). Na estratégia tratamento auto-administrado, as variáveis associadas significativamente ao abandono foram: estar trabalhando na informalidade (risco relativo [RR] = 3,06); ser caso de retratamento (RR = 2,73); ser alcoolista (RR = 3,10); e não ter os contatos examinados (RR = 8,94). Não houve variável associada ao abandono para os casos sob a estratégia tratamento supervisionado. CONCLUSÃO: A estratégia tratamento supervisionado reduziu a taxa de abandono e produziu bons resultados quanto ao desfecho do tratamento, mesmo nos pacientes com fatores de risco para abandono como na coorte tratamento auto-administrado.

O tratamento ortodôntico em uma perspectiva a longo prazo: avaliação da estabilidade oclusal e do grau de satisfação dos pacientes

Maia, Nair Galvão
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde; Ciências da Saúde Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde; Ciências da Saúde
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.33%
This study aimed to evaluate factors associated to orthodontic treatment stability and patient satisfaction in the long-term. A total of 209 patients (88 class I and 121 class II) treated with straight wire fixed appliance were selected at least 5 years post treatment. Six hundred twenty seven dental casts were examined with the PAR Index at pretreatment (T1), end of treatment (T2), and at long-term follow up (T3, mean 8.5 years post treatment). At T3, a Dental Impact on Daily Living questionnaire was used to assess patient satisfaction with the dentition in the long-term. Friedman test and multiple regression analysis were used to evaluate changes among the time points and factors associated with stability and patient satisfaction. Predictive factors used to exam the occlusion were: PAR Index at T1 and T2, age at T1, the amount of time without retainer, length of Hawley retainer wear, length of follow-up, sex, extraction and third molar status. To assess patient satisfaction were considered: changes produced by the orthodontic treatment (PAR T2-T1), post treatment stability (PAR T3), age at the start of treatment (T1), length of treatment (T2-T1), gender, and extraction. Orthodontic treatment produced a significant improvement of 94.2% in the PAR Index (T2-T1)...

Adesão e não adesão ao tratamento psiquiátrico para depressão

Cunha, Marines de Fátima
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
36.37%
Entende-se que a adesão ao tratamento medicamentoso seja de fundamental importância para o manejo da doença depressiva e concebendo-se que a não adesão a este tratamento possa ocorrer com uma freqüência importante, este estudo teve por objetivo compreender os aspectos relacionados à adesão e não adesão ao tratamento psiquiátrico para depressão, na ótica de usuários e ex-usuários de um serviço público de saúde mental da cidade de Araguari MG. A amostra deste estudo compôs-se de 24 participantes, sendo 12 considerados aderentes ao tratamento para depressão e12 considerados como não aderentes ao tratamento, de acordo com o critério de assiduidade às consultas médicas psiquiátricas. Realizaram-se entrevistas semidirigidas que foram conduzidas individualmente com cada participante pela Pesquisadora, e a partir dos relatos transcritos procedeu-se à análise de conteúdo na perspectiva de análise temática. Verificou-se que a adesão e a não adesão ao tratamento medicamentoso para depressão consistem em fenômenos multifatoriais, identificando-se três grandes aspectos ou perspectivas a serem considerados no comportamento de adesão e de não adesão a este tipo de tratamento. Na perspectiva dos “Aspectos Intrapessoais” concebeu-se a participação de fatores relacionados ao próprio paciente que podiam facilitar e também dificultar a adesão ao tratamento...

Diagnóstico e Tratamento de Doenças Lisossomais: relatório 2011

Grupo de Trabalho Coordenador do Diagnóstico e Tratamento de Doenças Lisossomais; Fortuna, Ana Maria
Fonte: Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, IP Publicador: Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, IP
Tipo: Relatório
Publicado em 01/11/2013 Português
Relevância na Pesquisa
46.25%
As Doenças Lisossomais de Sobrecarga (DLS) constituem um grupo de doenças hereditárias do metabolismo que se caracterizam por uma acumulação intralisossomal quer de substratos não degradados, quer de produtos do catabolismo. Estão descritas, atualmente, cerca de 50 DLS e em Portugal a prevalência deste grupo de patologias em recém-nascidos é de 25:100.000 nados vivos. As DLS apresentam uma grande variedade de sintomas clínicos que vão desde a presença de doença neurológica grave, a casos menos graves ou até mesmo assintomáticos. Os sintomas surgem geralmente nos primeiros meses/anos de vida e os sinais mais frequentes são alterações neurológicas, ósseas, cardiovasculares, cutâneas, oculares, hematológicas, organomelia, dismorfia facial e hidrópsia fetal. Nos últimos anos, várias terapêuticas de substituição enzimática e de redução do substrato têm sido desenvolvidas possibilitando o tratamento dos doentes com algumas destas patologias, nomeadamente, a Doença de Gaucher de tipo I, a Doença de Fabry, a Doença de Pompe, as Mucopolissacaridoses tipo I, II e VI e a Doença de Niemann Pick tipo C. Em 2011, o Grupo de Trabalho Coordenador do Diagnóstico e Tratamento de Doenças Lisossomais (GTCDTDL)...

Optimização do tratamento de um efluente aquoso resultante da utilização de cola nas máquinas de produção de placas de madeira

Alves, Amélia Cristina Coelho
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Engenharia do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Engenharia do Porto
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 Português
Relevância na Pesquisa
36.33%
O presente trabalho teve como principais objectivos, estudar e optimizar o processo de tratamento do efluente proveniente das máquinas da unidade Cold-press da linha de produção da Empresa Swedwood, caracterizar a solução límpida obtida no tratamento e estudar a sua integração no processo, e por fim caracterizar o resíduo de pasta de cola obtido no tratamento e estudar a possível valorização energética deste resíduo. Após caracterização inicial do efluente e de acordo com os resultados de um estudo prévio solicitado pela Empresa Swedwood a uma empresa externa, decidiu-se iniciar o estudo de tratabilidade do efluente pelo processo físico-químico a coagulação/floculação. No processo de coagulação/floculação estudou-se a aplicabilidade, através de ensaios Jar-test, dos diferentes agentes de coagulação/floculação: a soda cáustica, a cal, o cloreto férrico e o sulfato de alumínio. Os melhores resultados neste processo foram obtidos com a adição de uma dose de cal de 500 mg/Lefluente, seguida da adição de 400 mg/Lefluente de sulfato de alumínio. Contudo, após este tratamento o clarificado obtido não possuía as características necessárias para a sua reintrodução no processo fabril nem para a sua descarga em meio hídrico. Deste modo procedeu-se ao estudo de tratamentos complementares. Nesta segunda fases de estudo testaram-se os seguintes os tratamentos: a oxidação química por Reagente de Fenton...

Optimização do tratamento por lamas activadas do efluente líquido da Mundotêxtil

Ferreira, Ricardo Albino Mirra
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Engenharia do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Engenharia do Porto
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 Português
Relevância na Pesquisa
36.37%
A Mundotêxtil foi fundada em 1975 tendo iniciado a sua actividade na área comercial de produtos têxteis. Actualmente é o maior produtor nacional de atoalhados de felpo e emprega 575 colaboradores. Como resultado do seu crescimento e sobretudo da actividade de tingimento de fio e felpo, as necessidades de água são consideráveis e o volume de efluentes gerados nos processos industriais é cada vez maior a empresa avançou com a construção de uma estação de tratamento por lamas activadas, colocando-a em funcionamento em Setembro de 2004. Inicialmente surgiram dificuldades para a remoção da cor e da concentração da Carência Química de Oxigénio (CQO) de modo a cumprir os limites máximos de emissão permitidos nas normas de descarga no rio Ave e no Decreto-Lei nº 236/98, de 1 de Agosto. Com a descarga de parte dos efluentes no SIDVA e a utilização de um coagulante adicionado ao reactor o tratamento passou a apresentar melhores resultados. O intuito deste trabalho é o de apresentar soluções de modo a optimizar o funcionamento do tratamento biológico da Mundotêxtil. A optimização pode começar na concepção dos produtos, pode incidir no processo de fabrico para além de poder ser efectuada no seio da estação de tratamento biológico. Foi efectuado um estudo do tratamento biológico por lamas activadas no Laboratório de Tecnologia Química Profª Doutora Lída de Vasconcelos...