Página 1 dos resultados de 5116 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Mapeamento de QTLs em testecrosses de milho com diferentes testadores e níveis de acidez do solo; Mapping QTLs in maize testcrosses with different testers and soil acidity levels

Santos, Mateus Figueirêdo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 21/02/2008 Português
Relevância na Pesquisa
37.106309%
Nas regiões tropicais os solos apresentam diferentes níveis de acidez. Assim, o estudo da herança dos caracteres de importância econômica no milho nas regiões tropicais é necessário para se delinear os programas de melhoramento para os diferentes níveis de acidez do solo. Atualmente, o estudo da arquitetura dos caracteres quantitativos tem sido realizado através do mapeamento de QTLs. Nos programas de melhoramento de milho, linhagens de populações de melhoramento são cruzadas com linhagens elites (testadores) e os testecrosses são utilizados para avaliar o potencial genético de cada linhagem para o desenvolvimento de híbridos. O objetivo deste estudo foi mapear QTLs em testecrosses avaliados sob diferentes níveis de acidez do solo. Duzentas e cinqüenta e seis plantas F2, obtidas do cruzamento das linhagens L 14-04B e L 08-05F, foram genotipadas com marcadores microssatélites para a construção de um mapa genético. As 256 plantas F2 foram autofecundadas e suas respectivas progênies F2:3 foram cruzadas com os testadores L 04-05F e L 02-03D. Os testecrosses foram avaliados em três tipos de solos: solo não ácido (SNA), solo de moderada acidez (SMA) e solo de alta acidez (SAA) em três anos agrícolas em Piracicaba...

Estudo dos fatores que condicionam acidez elevada em leite humano: aspectos microbiológicos e nutricionais; The study of the factors that condition high acidity in human milk: microbiological and nutritional aspects

Scarso, Ísis Sabrina
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/08/2008 Português
Relevância na Pesquisa
37.106309%
Foram analisadas 72 amostras de leite humano cru recebidas do Banco de Leite do Conjunto Hospitalar de Sorocaba, com valores de acidez conhecidos. Quarenta e oito delas tinham acidez aceitável (até 8º D) e outras 24 amostras com acidez acima desse limite. Foram realizadas contagens bacterianas: bactérias lácticas, lipolíticas, coliformes totais e fecais, microrganismos aeróbios mesófilos totais e Staphylococcus coagulase positiva. Quarenta e nove questionários de freqüência alimentar foram aplicados em lactantes doadoras de leite com o propósito de estabelecer correlação entre microbiologia, acidez e nutrição das lactantes. Nas amostras com valor de acidez < 8°D as populações microbianas encontradas foram: para o grupo dos microrganismos mesófilos aeróbios totais e bactérias lácticas a população máxima encontrada ficou na ordem de 106 UFC/mL. Já para bactérias lipolíticas este valor não ultrapassou 1,9x105UFC/mL. Os coliformes totais foram isolados em 47,2% (34 amostras) das amostras analisadas, destas 87,5% confirmaram também a presença de E.coli. Para Staphylococcus coagulase positiva o valor máximo encontrado foi 1x104 UFC/mL e foi similar às amostras ácidas e não ácidas. Nas amostras rejeitadas (acidez > 8ºD) as contagens máximas tanto para o grupo de mesófilos como de bactérias lácticas foram da ordem 107 UFC/mL. As bactérias lipolíticas foram encontradas em 53...

Avaliação da utilização de resíduos de construção civil e de demolição reciclados (RCD-R) como corretivos de acidez e condicionadores de solo; Evaluation and use of recycled construction and demolition residue (RCDR) as acidity corrective and soil conditioner

Lasso, Paulo Renato Orlandi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/09/2011 Português
Relevância na Pesquisa
36.930784%
Os resíduos de construção civil e demolição (RCD) constituem-se em um grande problema ambiental, pois representam mais de 50% do resíduo sólido gerado nos médios e grandes centros urbanos, sendo que a maior parte deste resíduo acaba tendo uma disposição final irregular. Isso causa sérios impactos ambientais como degradação das áreas de manancial e proteção permanente, proliferação de agentes transmissores de doenças, assoreamento de rios e córregos, obstrução dos sistemas de drenagem, ocupação de vias e logradouros públicos e degradação da paisagem urbana. Caso esse material seja disposto em aterros, pode reduzir drasticamente a vida útil dos mesmos. Como alternativa, usinas de reciclagem têm moído este resíduo, produzindo o RCD reciclado, ou RCD-R, que tem sido utilizado na própria construção civil. Por outro lado, a acidez do solo é um dos principais fatores capazes de reduzir o potencial produtivo dos solos brasileiros, pois provoca a diminuição da disponibilidade de nutrientes para as plantas. Além disso, solos arenosos são encontrados em quase todo o território nacional e apresentam características desfavoráveis como a baixa capacidade de retenção de água e grandes perdas de nutrientes por percolação que proporcionam baixas produtividades. Neste trabalho o RCD-R produzido pela Usina de Reciclagem de São Carlos...

Mecanismos de correção da acidez do solo no sistema plantio direto com aplicação de calcário na superfície; Mechanisms of soil acidity neutralization by surface lime application in no-tillage system

Amaral, Antonio Sergio do
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.930784%
A aplicação superficial de calcário tem se mostrado eficiente na correção da acidez do solo no sistema plantio direto no Sul do Brasil. Ao contrário do esperado, os efeitos da aplicação de calcário têm ocorrido em profundidade e em períodos de tempo relativamente curtos, apesar da sua baixa solubilidade e mobilidade no solo. Este trabalho teve por objetivos identificar os mecanismos responsáveis pela descida de calcário e avaliar as modificações químicas no perfil do solo decorrentes da calagem superficial em curto prazo. Para tal, foram conduzidos dois estudos em casa de vegetação, utilizando colunas de PVC com amostras indeformadas de solo. O solo utilizado em ambos estudos foi um Cambissolo FICImico Alumínico Léptico argiloso, conduzido há cinco anos em sistema plantio direto. No primeiro estudo, investigou-se a movimentação vertical de partículas finas de calcário da superfície e o seu efeito no perfil do solo. No segundo estudo, investigou-se a hipótese de que os resíduos vegetais podem amenizar a acidez no perfil do solo. A descida de partículas finas de calcário pode ser um mecanismo muito importante na correção da acidez do solo em profundidade. Os efeitos são rápidos, chegando à profundidade de 20 cm em 28 dias. O método da HPLC permitiu identificar os ácidos orgânicos nos resíduos utilizados. Na aveia preta predominou o trans-aconítico...

Indicadores da acidez do solo para recomendação de calagem no sistema plantio direto; Soil acidity indicators for liming in no-tillage systems

Nicolodi, Margarete; Anghinoni, Ibanor; Gianello, Clesio
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.014731%
O tempo de cultivo do solo no sistema plantio direto (SPD) altera a magnitude das relações entre os componentes da acidez do solo e o rendimento das culturas. Altos rendimentos podem ser obtidos nesse sistema mesmo em áreas com alta acidez. Assim, é provável que o critério de calagem utilizado no sistema convencional (SC) de cultivo não seja adequado para o SPD. O objetivo deste trabalho foi avaliar os critérios para recomendação de calagem em seis lavouras no SPD representativas da região do Planalto do RS. Foram selecionadas lavouras com alta variabilidade dos indicadores de acidez do solo. Para cada lavoura, foram avaliados 20 locais. Em cada local, foram coletadas amostras de solo das camadas de 0–10 e 0–20 cm e foi avaliado o rendimento de grãos. Nas amostras de solo, foram determinados o pH em água e CaCl2, o índice SMP, os teores de Ca, Mg e Al trocáveis, de MO, de P e K disponíveis. Com base nas relações entre os indicadores de acidez do solo e o rendimento de grãos, concluiu-se que nenhum dos indicadores de acidez do solo, quando utilizados isoladamente, descreve de modo adequado o rendimento das plantas no solo cultivado no SPD consolidado. Nas duas camadas avaliadas, o rendimento relativo foi sempre maior que 65 % quando o pH em água e em CaCl2 foi maior que 5...

Relações entre os tipos e indicadores de acidez do solo em lavouras no sistema plantio direto na região do Planalto do Rio Grande do Sul; Relationships among acidity types and indicators in soils under no-tillage system in the Rio Grande do Sul Planalto region

Nicolodi, Margarete; Anghinoni, Ibanor; Gianello, Clesio
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.977876%
A recente mudança no sistema de cultivo do solo ocorrida no Brasil, passando do preparo convencional (PC) para o sistema plantio direto (SPD), altera o funcionamento do solo. No solo cultivado no SPD, as relações se estabelecem no tempo e são preservadas aumentando a complexidade do funcionamento do sistema, enquanto no PC estas relações são freqüentemente destruídas. Assim, devido à formação de gradientes de acidez, de matéria orgânica e de nutrientes a partir da superfície do solo é possível que se altere a magnitude das relações entre os tipos e os indicadores de acidez e que a camada de 0–20 cm de profundidade não seja a mais adequada para representar o estado de fertilidade de solo no SPD. Por essa razão, este trabalho foi conduzido com o objetivo de estudar as relações entre os tipos de acidez e os seus principais indicadores em duas camadas de solo em lavouras no SPD consolidado na região do Planalto Riograndense. Foram selecionadas seis lavouras, coletando-se, em cada uma, amostras de solo em 20 locais, nas camadas de 0–10 e 0–20 cm de profundidade, para a determinação dos tipos e dos indicadores de acidez. As relações entre os tipos e os indicadores de acidez do solo não se diferenciaram nas camadas avaliadas. Assim...

Acidez do solo e calagem em pomares de frutíferas tropicais

Natale, William; Rozane, Danilo Eduardo; Parent, Léon Etienne; Parent, Sérge-Étienne
Fonte: Sociedade Brasileira de Fruticultura Publicador: Sociedade Brasileira de Fruticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 1294-1306
Português
Relevância na Pesquisa
37.014731%
A produtividade agrícola nos trópicos é afetada, principalmente, pelos fatores ligados à acidez do solo (pH, saturação por bases, acidez potencial, disponibilidade de nutrientes). A calagem é uma prática bem conhecida para corrigir a acidez do solo em culturas anuais, ainda que não seja praticada com a regularidade necessária. Entretanto, em culturas perenes, a incorporação de corretivos é mais complexa, devido às características desse grupo de plantas e à carência de informações científicas sobre o assunto. em condições de acidez, a calagem promove a neutralização do Al3+, a elevação do pH e o fornecimento de Ca e Mg, possibilitando a proliferação de raízes, com reflexos positivos no crescimento da parte aérea das plantas. Contudo, devido à baixa solubilidade e à lenta movimentação do calcário ao longo do perfil do solo, há obrigatoriedade de se fazer distribuição uniforme e incorporação profunda, antecedendo a implantação do pomar, a fim de garantir o eficiente aproveitamento de água e de nutrientes contidos nessas camadas. A calagem deve ser considerada um investimento, pois seus benefícios perduram além de um ano ou de uma safra agrícola. Isso se deve ao efeito residual dos corretivos de acidez do solo...

Corretivos de acidez e fontes de fósforo na disponibilidade de P no solo, nutrição e produção do amendoim e do capim marandu

Léles, Érica Pontes
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: vii, 133 f. : grafs., tabs
Português
Relevância na Pesquisa
36.930784%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Agronomia (Agricultura) - FCA; A reduzida eficiência de aproveitamento dos fertilizantes fosfatados é influenciada pela solubilidade de suas fontes. Uma das alternativas para melhorar a disponibilidade de P nos solos e aumentar o aproveitamento dos fertilizantes é a aplicação de silicatos. Para verificar a influência dos corretivos de acidez e das fontes de fósforo nos atributos químicos do solo ao longo do tempo foi realizado o Experimento 1, utilizando um LATOSSOLO VERMELHO distrófico. O delineamento experimental foi de blocos casualizados, com quatro repetições, em esquema fatorial 2 x 5, com dois corretivos de acidez (calcário dolomítico e escória de aciaria) e cinco tratamentos, sendo uma testemunha (sem NPK), uma testemunha relativa (sem fósforo) e os demais tratamentos constituídos de diferentes fontes de fósforo (superfosfato triplo – ST; termofosfato – TM; fosfato natural reativo – FNR). Os corretivos de acidez tiveram mesmo efeito na elevação de pH do solo. A escória de aciaria resultou em maior teor de P apenas 30 dias após incubação. Independente do corretivo...

Aplicação de corretivos de acidez do solo na implantação do sistema plantio direto

Deus, Angélica Cristina Fernandes
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: xvi, 112 f. : il., gráfs, tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
36.930784%
Pós-graduação em Agronomia (Agricultura) - FCA; In the no - tillage system, soil acidity correction practice is restricted to limestone use and there is little information regarding the use of steel slag. The study aimed to evaluate the amendments in soil chemical attributes, yield and nutrient u ptake of common bean, soybean and black oat according to the application forms of slags, compared to limestone, in the implantation of no till system. The experiment was conducted under a Rhodic Hapludox for three years (2010 - 2013). The treatments consiste d of surface and incorporated application of seven soil acidity correctives: steel slag (SS), blast furnace slag (BFS), ladle furnace slag (LFS), stainless steel slag (“agrosilício”) (AG), wollastonite (W), lime (L) and calcined dolomite lime (CDL), plus o ne control without corrective application. Each material dose was calculated to raise the base saturation to 70%. In February 2011, the first cultivation of bean ( Phaseolus vulgaris ) occurred. Afterwards, the experiment was developed according to a success ion of cultures, that is, in winter black oats was sown ( Avena strigosa ) and in summer, soybean ( Glycine max ) was sown. Soil acidity correctives materials provided changes in soil chemical properties...

Estudo reologico dos amidos de amaranto, de mandioca e de suas misturas, sob condições de acidez e tratamento termico; Rheological study of cassava and amaranth starches and their blends under heat treatment and acidity

Lizielle Maria Ricardo Guerreiro
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/02/2008 Português
Relevância na Pesquisa
36.930784%
Produtos elaborados, como molhos para salada, conservas, sobremesas, pratos prontos, dentre outros, passam por bombeamento, esterilização, congelamento, ou acidificação, durante o processamento. Um ingrediente amplamente empregado nestes alimentos é o amido. Para resistir a estas condições de processo, os amidos devem conservar suas propriedades funcionais como a textura inicial, não liberar água nem alterar cor, preservar aromas, resistir a pH baixo e esterilização e aumentar a ?vida de prateleira? do produto. Nem sempre o amido nativo mantém as propriedades funcionais sob condições de processo e a indústria utiliza, então, o amido modificado. Porém, a mistura de amidos poderia ser uma alternativa. Nesse contexto, os amidos de amaranto e de mandioca, a mistura dos amidos de amaranto e de mandioca, numa proporção de 1:1 e os amidos comerciais ?Novation? 9460 e 9560 foram estudados, numa concentração de 5% (p/v), em pH natural e ácido de 3,5, com ou sem tratamento térmico realizado em autoclave a 121oC por 30 minutos. Os géis foram avaliados por microscopia, pelas propriedades funcionais (sinérese e vida de prateleira) e reologia. A mistura apresentou menor inchamento do que os amidos em separado. A acidez diminuiu o inchamento dos grânulos dos amidos de amaranto e mandioca...

Determinação da acidez de substâncias húmicas de diferentes ambientes

Fernandes, Andreia Neves
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: v, 52 f.| il., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
37.014731%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Físicas e Matemáticas. Programa de Pós-Graduação em Química.; Grupos funcionais ácidos (carboxílicos e fenólicos) de Substâncias Húmicas - SH de diferentes ambientes foram quantificados através do método de Schnitzer e Gupta. As SH foram previamente caracterizadas por análise elementar e por espectroscopia no infravermelho. Os dados de análise estrutural e espectral apresentaram as tendências esperadas para cada tipo de material. Diferentemente a esses, os resultados de acidez não mostraram as tendências esperadas para cada tipo de material, como as SH aquáticas apresentando valores excessivamente altos de acidez fenólica, por exemplo. Assim, uma série de experimentos, usando compostos modelos, foi realizada para testar possíveis interferências na determinação da acidez de SH. Como modelo de SH foram utilizadas diferentes misturas contendo três ácidos benzenocarboxílicos (ácido 2,4-dihidroxibenzóico; ácido 3,5-dihidroxibenzóico; ácido ftálico) e dois peptídeos (DL-alanil-DL-alanina; glicil-L-leucina). Os resultados mostraram que, na ausência de peptídeo, grupos fenólicos com valores de pKa muito altos não são detectados na reação com o Ba(OH)2 e os resultados obtidos não representam a concentração real dos grupos ácidos. Para as misturas contendo peptídeo...

Estimativa da acidez potencial em solos e sua implicação no cálculo da necessidade de calcário

Kaminski,J.; Gatiboni,L. C.; Rheinheimer,D. S.; Martins,J. R.; Santos,E. J. S.; Tissot,C. A.
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2002 Português
Relevância na Pesquisa
36.977876%
A estimativa da necessidade de calcário pelo critério da saturação por bases pode ter como limitação a determinação da acidez potencial a pH 7,0, usada no cálculo da CTC. Este trabalho teve por objetivo avaliar a relação entre o H + Al obtido pela incubação direta do solo com carbonato de cálcio e o estimado pelo extrator acetato de cálcio e pelo índice SMP. Foram utilizados 12 solos do sul do Brasil, incubados com doses crescentes de calcário, para determinar a acidez potencial real do solo a pH 7,0, e comparados com os dados obtidos por diferentes métodos de avaliação, direta e indireta, da acidez potencial. Os resultados mostraram a correlação entre a acidez potencial real e a estimada por extratores, mas os coeficientes angulares foram sempre superiores à unidade. A calibração do método SMP para esta estimativa foi feita a partir de dados da titulação direta do solo incubado com carbonato de cálcio; para tal, sugere-se a equação log (H + Al) = 3,020-0,371 SMP, para estimar a acidez potencial.

Reatividade de corretivos da acidez e condicionadores de solo em colunas de lixiviação

Ramos,Lucélia Alves; Nolla,Antonio; Korndörfer,Gaspar Henrique; Pereira,Hamilton Seron; Camargo,Monica Sartori de
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2006 Português
Relevância na Pesquisa
36.977876%
A acidez do solo é um dos principais fatores limitantes na produção agrícola. O calcário é o corretivo mais utilizado, porém tem lenta mobilidade no perfil do solo, sendo lenta a correção além da camada de incorporação. Por isso, outros produtos têm sido testados para a correção da acidez, como os silicatos, ou para a amenização de seus efeitos em camadas de solo mais profundas, como o gesso. Este trabalho teve como objetivo comparar o efeito do calcário, gesso e silicatos quanto à sua capacidade de fornecer Ca, Mg, Si e corrigir o pH do solo em profundidade. Foram utilizadas amostras de um Neossolo Quartzarênico Órtico típico coletado sob mata natural com baixos teores de Ca e Mg trocáveis e acidez elevada. Foram montados lisímetros, divididos em 12 anéis de 5 cm, que foram preenchidos pelo solo amostrado, incorporando-se, no primeiro anel (0-5 cm), o equivalente a 500 e 1.000 kg ha-1 de Ca, na forma de silicato de cálcio (Wollastonita), silicato de Ca e Mg, termofosfato, calcário comercial (calcítico) e gesso agrícola, num delineamento em blocos casualizados com quatro repetições. As colunas de solo foram incubadas por quarenta dias, aplicando-se o equivalente a 2.000 mm de água destilada (cinco vezes/semana) durante os quarenta dias de incubação. Determinaram-se o pH CaCl2...

Relações entre os tipos e indicadores de acidez do solo em lavouras no sistema plantio direto na região do Planalto do Rio Grande do Sul

Nicolodi,Margarete; Anghinoni,Ibanor; Gianello,Clesio
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 Português
Relevância na Pesquisa
36.977876%
A recente mudança no sistema de cultivo do solo ocorrida no Brasil, passando do preparo convencional (PC) para o sistema plantio direto (SPD), altera o funcionamento do solo. No solo cultivado no SPD, as relações se estabelecem no tempo e são preservadas aumentando a complexidade do funcionamento do sistema, enquanto no PC estas relações são freqüentemente destruídas. Assim, devido à formação de gradientes de acidez, de matéria orgânica e de nutrientes a partir da superfície do solo é possível que se altere a magnitude das relações entre os tipos e os indicadores de acidez e que a camada de 0-20 cm de profundidade não seja a mais adequada para representar o estado de fertilidade de solo no SPD. Por essa razão, este trabalho foi conduzido com o objetivo de estudar as relações entre os tipos de acidez e os seus principais indicadores em duas camadas de solo em lavouras no SPD consolidado na região do Planalto Riograndense. Foram selecionadas seis lavouras, coletando-se, em cada uma, amostras de solo em 20 locais, nas camadas de 0-10 e 0-20 cm de profundidade, para a determinação dos tipos e dos indicadores de acidez. As relações entre os tipos e os indicadores de acidez do solo não se diferenciaram nas camadas avaliadas. Assim...

Acidez do solo e calagem em pomares de frutíferas tropicais

Natale,William; Rozane,Danilo Eduardo; Parent,Léon Etienne; Parent,Sérge-Étienne
Fonte: Sociedade Brasileira de Fruticultura Publicador: Sociedade Brasileira de Fruticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.014731%
A produtividade agrícola nos trópicos é afetada, principalmente, pelos fatores ligados à acidez do solo (pH, saturação por bases, acidez potencial, disponibilidade de nutrientes). A calagem é uma prática bem conhecida para corrigir a acidez do solo em culturas anuais, ainda que não seja praticada com a regularidade necessária. Entretanto, em culturas perenes, a incorporação de corretivos é mais complexa, devido às características desse grupo de plantas e à carência de informações científicas sobre o assunto. Em condições de acidez, a calagem promove a neutralização do Al3+, a elevação do pH e o fornecimento de Ca e Mg, possibilitando a proliferação de raízes, com reflexos positivos no crescimento da parte aérea das plantas. Contudo, devido à baixa solubilidade e à lenta movimentação do calcário ao longo do perfil do solo, há obrigatoriedade de se fazer distribuição uniforme e incorporação profunda, antecedendo a implantação do pomar, a fim de garantir o eficiente aproveitamento de água e de nutrientes contidos nessas camadas. A calagem deve ser considerada um investimento, pois seus benefícios perduram além de um ano ou de uma safra agrícola. Isso se deve ao efeito residual dos corretivos de acidez do solo...

Uso da acidez titulável no controle de qualidade do leite humano ordenhado

Cavalcante,Jorge Luís Pereira; Telles,Francisco José Siqueira; Peixoto,Maria Marly Lopes Vieira; Rodrigues,Rita de Cássia de Barros
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2005 Português
Relevância na Pesquisa
36.977876%
O perfil físico-químico do leite humano ordenhado cru (LHOc) com acidez titulável acima de 7ºD após 15 dias de congelamento, teores de creme, gordura total e valor energético, foram avaliados. Na etapa controle, os valores absolutos de creme, gordura total e valor energético (n=3887) foram determinados pelo método do crematócrito e a acidez titulável (n=4204) do LHOc por um método titulimétrico adaptado de leite de vaca. Na etapa teste, determinou-se o teor de creme, gordura total e valor energético de amostras (n=66) com acidez acima de 7ºD armazenadas entre -10º e -18ºC por 15 dias. A acidez titulável variou de 0,5 a 21ºD (3,52 ± 2,45ºD) e os teores de creme, gordura total e valor energético foram, respectivamente, 4,90 ± 0,25 %, 4,49 ± 0,26 % e 617,47 ± 17,37 Kcal/Litro. Houve redução significante nos teores de creme (6,45 ± 2,28% para 5,79 ± 2,57%), gordura total (4,0 ± 1,81% para 3,49 ± 1,76%) e valor energético (716,27 ± 176,59 Kcal/Litro para 666,82 ± 171,90 Kcal/Litro), com p<0,05. O uso do teste da acidez titulável constitui uma ferramenta importante no controle de qualidade do LHOc.

Efeito do armazenamento à baixa temperatura (-4 ºC) na cor e no teor de acidez da farinha de trigo

Ortolan,Fernanda; Hecktheuer,Luisa Helena; Miranda,Martha Zavariz de
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2010 Português
Relevância na Pesquisa
37.014731%
Durante o armazenamento de farinha de trigo, podem ocorrer mudanças bioquímicas que resultam em alterações nutricionais e tecnológicas, sendo que em baixa temperatura estas mudanças ocorrem mais lentamente. Entre as alterações, pode-se citar o aumento da acidez, a redução do pH e as modificações na sua cor. O presente trabalho teve por objetivo avaliar os efeitos do armazenamento à baixa temperatura (-4 ºC) na cor e na acidez da farinha de trigo durante seis meses e correlacionar os resultados obtidos para investigar se a acidez tem relação com a cor da farinha. Foram utilizadas farinhas provenientes de dez genótipos de trigo cultivados em Cascavel, no Estado do Paraná. A cor foi determinada no sistema CIEL*a*b* através dos parâmetros de cor: L* (luminosidade), a* e b* (coordenadas de cromaticidade). Usou-se procedimento da AOAC para determinação da acidez de lipídios. As farinhas apresentaram tendência ao branqueamento durante o período de seis meses de armazenamento, com ocorrência de leve aumento da acidez, mas dentro dos teores aceitáveis. A acidez não foi considerada um fator envolvido na alteração da cor das farinhas no armazenamento à baixa temperatura, pois não houve correlação entre estes dois parâmetros.

Acidez na vinificação em tinto das uvas Isabel, Cabernet Sauvignon e Cabernet Franc

Rizzon,Luiz Antenor; Miele,Alberto
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2002 Português
Relevância na Pesquisa
37.04436%
A acidez é uma das características gustativas mais importantes dos vinhos e influencia sua estabilidade e coloração. Devido à insolubilização do ácido tartárico sob a forma de sais, a acidez titulável e o pH podem ser alterados durante a vinificação de acordo com o teor de potássio da uva. Este trabalho avaliou a evolução da acidez durante a vinificação de três cultivares de uvas tintas (Isabel - Vitis labrusca -, Cabernet Sauvignon e Cabernet Franc - Vitis vinifera) da Serra Gaúcha. Os vinhos foram elaborados por microvinificação na safra de 1995, sendo avaliados a evolução da acidez titulável, pH, ácido tartárico e potássio imediatamente após o esmagamento da uva, na descuba e após a fermentação alcoólica, a fermentação malolática e a estabilização tartárica, totalizando análises em cinco fases da vinificação. Os resultados mostraram uma evolução diferente da acidez, avaliados através do pH, da acidez titulável, do ácido tartárico e do potássio, na vinificação em tinto da uva Isabel em relação à Cabernet Sauvignon e à Cabernet Franc, nas fases compreendidas entre o esmagamento da uva e a descuba. O vinho Isabel se caracterizou por apresentar teores mais elevados de acidez titulável e ácido tartárico e mais baixos de potássio e pH...

Avalia????o de M??todos para a Estimativa da Acidez Potencial para os solos dos Estados do Rio Grande do Sul e Mato Grosso; Avalia????o de M??todos para a Estimativa da Acidez Potencial para os solos dos Estados do Rio Grande do Sul e Mato Grosso; Avalia????o de M??todos para a Estimativa da Acidez Potencial para os solos dos Estados do Rio Grande do Sul e Mato Grosso; Evaluation of methods for estimating potential acidity in soils of Rio Grande do Sul and Mato Grosso States, Brazil; Evaluation of methods for estimating potential acidity in soils of Rio Grande do Sul and Mato Grosso States, Brazil; Evaluation of methods for estimating potential acidity in soils of Rio Grande do Sul and Mato Grosso States, Brazil

GUIDOTTI, Rosane Maria Morales
Fonte: Universidade Federal de Pelotas; Agronomia; Programa de P??s-Gradua????o em Agronomia; UFPel; BR Publicador: Universidade Federal de Pelotas; Agronomia; Programa de P??s-Gradua????o em Agronomia; UFPel; BR
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.068696%
Teaching and research activities in different areas of knowledge employ various chemicals substances, some of which are considered dangerous, offering potential risk to those who manipulate it or risk to the environment. The estimation of potential acidity (H + Al) in soils, made by SMP method uses two toxic reagents, p-nitrophenol and potassium chromate. To minimize toxic effect of these reagents, a new method called Sikora was proposed and tested in American soils, with positive results, which replaced them, respectively, by imidazole and the MES (2-N-morpholino ethanesulfonic acid monohydrate), not considered harmful. Sikora method has been tested in some Brazilian soils of Rio Grande do Sul State (RS) and from Central Brazil (Cerrado), and did not present a good correlation. For this reason, the Sikora method was modified and calibrated for these same soils and called Santa Maria buffer (TSM). This study aimed to evaluate the effectiveness of the original Sikora method and his version TSM in the estimation of the soil potential acidity in order to replace the SMP method calibrated for RS and Santa Catarina (SC) States, in a large group of soils, from RS and Mato Grosso (MT) States, with contrasting chemical and physical characteristics. The methods were tested using 110 soil samples from MT and 103 from RS...

Acidez titulable como control de calidad para la leche humana

Torres De Freitas,Ameysa; Durán,Zandra; Rodríguez,Carmen
Fonte: Sociedad Venezolana de Puericultura y Pediatría Publicador: Sociedad Venezolana de Puericultura y Pediatría
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2009 Português
Relevância na Pesquisa
37.014731%
La determinación de la acidez titulable es una prueba fisicoquímica de control de calidad para leche humana que debe realizarse de rutina como parámetro clasificatorio en los Bancos de Leche Humana (BLH). Objetivo: Analizar la acidez titulable como control de calidad para la leche humana en el Banco de Leche del Complejo Hospitalario Universitario “Ruiz y Páez”. Ciudad Bolívar, Estado Bolívar. Febrero-marzo 2007. Métodos: Se analizaron 50 muestras por triplicado, obtenidas por extracción mecánica a donadoras de leche humana. Se determinaron acidez titulable por el método Dornic, recuento de bacterias aerobias mesófilas según Norma Venezolana COVENIN 902-87, y se relacionaron ambas variables. Para el análisis estadístico se utilizó la media aritmética, prueba de Chi cuadrado y coeficiente de correlación de Pearson. Resultados: un 78% de las muestras (n=37) presentaron acidez titulable aceptable (1ºD a 8ºD), 22% restante (n=13) fueron no aceptables, (>8ºD a 20ºD). Hubo desarrollo microbiano en 100% de las muestras, con valores hasta 105 UFC/mL. Al relacionar acidez titulable con carga bacteriana total se obtuvo un coeficiente de correlación r =0,79; con tendencia positiva y relación lineal de las variables. Conclusión: La acidez titulable en grados Dornic refleja de manera directa el grado de contaminación bacteriana que posee la leche humana...