Página 1 dos resultados de 8418 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Escore de cálcio coronariano prediz estenose e eventos na insuficiência renal crônica pré-transplante; Coronary calcium score as predictor of stenosis and events in pretransplant renal chronic failure; Score de calcio coronario predice estenosis y eventos en la insuficiencia renal crónica pre trasplante

ROSÁRIO, Miguel Abraão; LIMA, José Jayme de; PARGA, José R.; ÁVILA, Luiz F.; GOWDAK, Luis H.; LEMOS, Pedro A.; ROCHITTE, Carlos E.
Fonte: Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC Publicador: Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
37.000447%
FUNDAMENTO: A doença arterial coronariana (DAC) é a principal causa de óbito em pacientes com insuficiência renal crônica (IRC). Os exames não invasivos tradicionais para detecção de DAC e predição de eventos têm apresentado resultados insuficientes nesse grupo. A avaliação do escore de cálcio coronariano (ECC) por tomografia computadorizada tem comprovado valor prognóstico na população sem doença renal. OBJETIVO: Avaliar a acurácia do ECC para detectar DAC obstrutiva e prever eventos cardiovasculares em candidatos a transplante renal comparada à angiografia coronariana invasiva (ACI) quantitativa. MÉTODOS: Foram avaliados 97 pacientes com IRC e idade > 35anos. Foi considerada DAC obstrutiva a presença de estenose >50% ou >70% pela ACI. Dados descritivos, concordância, testes diagnósticos, Kaplan-Meier e análise multivariada foram utilizados. RESULTADOS: O escore de Agatston médio foi de 580,6 ± 1.102,2; os valores mínimos e máximos foram 0 e 7.994, e mediana de 176. Apenas 14 pacientes tinham escore de cálcio de zero. Não houve diferenças entre as etnias e a maior presença de cálcio regional associou-se a maior probabilidade de estenose coronária no mesmo segmento. O escore de cálcio de Agatston apresentou boa acurácia para o diagnóstico de estenose...

Avaliação do cálcio sérico ionizado em gatos sadios e em gatos com insuficiência renal crônica; Serum ionized calcium evaluation in healthy cats and in cats with chronic renal failure

Giovaninni, Luciano Henrique
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/06/2003 Português
Relevância na Pesquisa
37.057603%
A insuficiência renal crônica (IRC) pode ocasionar uma série de alterações metabólicas no organismo, das quais o comprometimento do metabolismo do cálcio pode acarretar em desmineralização óssea e mineralização de tecidos moles, inclusive renal, favorecendo a perda ainda maior de néfrons. Na rotina, a avaliação do cálcio é geralmente realizada pela mensuração do cálcio sérico total, entretanto, a única fração biologicamente ativa deste mineral é representada pelo cálcio ionizado. Assim, o presente estudo teve como objetivo avaliar o cálcio ionizado em gatos sadios e em gatos com IRC, com o intuito de se obter subsídios para o melhor entendimento da homeostase do cálcio. Foram analisados 25 gatos sadios (grupo controle) e 19 gatos com IRC (grupo de estudo) em que foram determinadas as concentrações séricas de cálcio ionizado, cálcio total, sódio, potássio, cloreto, fósforo inorgânico, albumina, como também do pH sangüíneo e das variáveis da hemogasometria. Não foram observadas diferenças significantes entre os grupos controle e estudo no que se relaciona aos valores de cálcio total (controle = 9,52 ± 0,96; IRC = 9,48 ± 0,96) e cálcio ionizado (controle = 5,24 ± 0,18; IRC = 5,29 ± 0...

Produção e nutrição mineral do capim-Tanzânia com variável disponibilidade de nitrogênio e cálcio; Tanzânia grass production and mineral nutrition related to the availability of nitrogen and calcium

Silveira, Cristiane Prezotto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/01/2006 Português
Relevância na Pesquisa
37.00975%
O capim-Tanzânia pode ter maior ou menor dependência do cálcio, quando há variação na disponibilidade de nitrogênio no substrato. O objetivo foi avaliar as informações relativas às alterações fisiológicas, nutricionais e produtivas desse capim, quando suprido com combinações de doses de nitrogênio e de cálcio, e verificar a ocorrência de carência de cálcio nesse capim em relação ao fornecimento desse nutriente na solução nutritiva, em presença de elevado suprimento de nitrogênio. O capim-Tanzânia foi cultivado em solução nutritiva, utilizando sílica como substrato, em experimentos em casa-de-vegetação, no período de setembro de 2004 a janeiro de 2005, em Piracicaba-SP. Dois experimentos foram realizados com delineamento estatístico de blocos ao acaso e quatro repetições. Na ocasião de cada corte a parte aérea foi separada em folhas emergentes (FE), lâminas de folhas recém-expandidas (LR), lâminas de folhas maduras (LM) e colmos mais bainhas (CB) e após o corte final da parte aérea, realizou-se a avaliação do sistema radicular. No primeiro experimento, utilizou-se o esquema fatorial 52 fracionado, com combinações de cinco doses de nitrogênio (2; 9; 16; 23 e 30 mmol L-1) e de cinco doses de cálcio (0...

Relação da ingestão de cálcio com a obesidade e alterações metabólicas em adolescentes pós-púberes; Relation between dietary calcium intake with obesity and metabolic alterations in post-pubertal adolescents.

Santos, Luana Caroline dos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/01/2006 Português
Relevância na Pesquisa
37.000447%
Introdução: Dentre as inúmeras contribuições nutricionais para a obesidade, alguns estudos evidenciam o cálcio dietético como um fator negativamente relacionado com o Índice de Massa Corporal. Ensaios clínicos e experimentais demonstraram que o mecanismo provável é a maior disponibilidade do cálcio intracelular capaz de promover aumento da lipogênese, inibição da lipólise e hiperinsulinemia. Devido a escassez de dados semelhantes em adolescentes, o presente trabalho avaliou a relação do cálcio com a obesidade nesta população. Métodos: Estudo caso-controle e transversal, envolvendo adolescentes eutróficos (GE) e obesos (GO). Os participantes foram submetidos à avaliação antropométrica (peso e estatura), avaliação da composição corporal (DXA), avaliação bioquímica, incluindo perfil lipídico, glicemia de jejum, insulina e dosagem dos hormônios grelina e leptina (apenas nos obesos) e avaliação alimentar (registro de três dias). A resistência à insulina foi estimada por meio do HOMA-IR. A análise estatística constou de teste t Student, correlação de Pearson, Qui-Quadrado, teste exato de Fisher, ANOVA e Odds Ratio. A ingestão de cálcio foi ajustada pelo consumo energético da dieta por meio do método de nutriente residual. Resultados: Foram avaliados 96 adolescentes...

Influência da remodelação óssea na transferência de cálcio e fósforo durante hemodiálise em pacientes com doença renal crônica; Influence of the bone remodeling in the calcium and phosphorus transfer during hemodialysis in patients with chronic kidney disease

Karohl, Cristina
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/12/2010 Português
Relevância na Pesquisa
37.00975%
A cinética e os fatores determinantes da transferência do cálcio e do fósforo durante a hemodiálise foram pouco avaliados e não são completamente compreendidos até os dias de hoje, apesar de associarem-se ao desenvolvimento e progressão da doença óssea renal, à calcificação vascular e à maior mortalidade. Tanto a transferência de cálcio e a remoção de fósforo durante a diálise afetam o equilíbrio do metabolismo mineral. Este estudo tem por hipótese que o metabolismo mineral e ósseo poderia, por sua vez, afetar a cinética de ambos os íons durante a diálise. No entanto, remodelação óssea não é usualmente considerada quando modelos cinéticos são aplicados para cálcular o balanço do cálcio e do fósforo. OBJETIVO: Avaliar a cinética do cálcio e do fósforo durante a hemodiálise e o papel da remodelação óssea nessa transferência. MÉTODO: Vinte e três pacientes (idade = 43,2 ± 17 anos) com doença renal crônica em hemodiálise no Hospital das Clínicas da USP foram submetidos a 4 sessões de hemodiálise com cada uma das seguintes concentrações de cálcio no dialisato (Cad): 2,0; 2,5; 3,0 e 3,5 mEq/L. Amostras de sangue e de dialisato foram coletadas a cada 30 minutos para calcular a transferência de cálcio e fósforo e avaliar os fatores determinantes desta transferência. RESULTADOS: O balanço de cálcio foi extremamente variável em todas as Cad. A transferência de cálcio foi de 578±389...

Citrato de cálcio obtido da casca de ovo

Boron, Luana
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 132 f.| il., graf., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
37.018035%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Graduação em Ciência dos Alimentos.; As cascas de ovos são fontes de carbonato de cálcio, podendo ter efeito positivo no metabolismo ósseo, além de serem livres de metais pesados, ao contrário das conchas de ostras. Visando a utilização da casca do ovo como um suplemento alimentar na forma química de citrato de cálcio propõem-se neste trabalho: (a) analisar a biodisponibilidade do cálcio, em ratos, em dietas enriquecidas com citrato ou carbonato de cálcio obtidos a partir da casca do ovo, (b) avaliar a viabilidade do uso do citrato de cálcio da casca do ovo como suplemento alimentar no enriquecimento de iogurte e biscoitos. Produziu-se a partir da casca, citrato de cálcio e analisou-se sua biodisponibilidade através de ensaio biológico com 36 ratos (Rattus norvegicus, albinus, Wistar), machos, recém desmamados, com 21 dias, distribuídos em 6 grupos. A fim de comparar o teor de cálcio no fêmur, ministrou-se dietas com diferentes fontes, quantidades e forma química de sal de cálcio. Concluiuse que as dietas suplementadas não proporcionaram maior absorção de cálcio e o citrato de cálcio da casca do ovo nas quantidades normais recomendadas foi a forma mais biodisponível por ter possibilitado uma maior deposição de cálcio no osso. Para a análise da viabilidade do uso do citrato como suplemento alimentar foram desenvolvidas formulações de iogurtes...

Estudos de Afinidade ao Cálcio (Ca2+) de Cultivares de Lycopersicon Esculentum Mill

Potes, Maria Amely Zavattieri
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
37.032139%
"Sem resumo feito pelo autor"; - Apesar do considerável interesse que revestem os estudos sobre nutrição cálcica e a importância da mesma na fisiologia e morfogénese vegetal, só um limitado número de estudos tem sido realizados para avaliar as diferenças varietais em relação à absorção, transporte, translocação e eficiência de utilização do ião, como um conceito integrado. Os estudos sobre o cálcio estão comummente relacionados com as suas funções bioquímicas, desenvolvimento vegetal, transporte pelas membranas celulares e entre os diferentes tecidos da planta, com os seus efeitos sobre a síntese da parede celular, e mais recentemente a sua função como substância de sinalização. No entanto, no presente estudo abordou-se sob o ponto de vista integrado os efeitos do cálcio sobre todas as partes da planta, salientando as diferenças varietais em relação a afinidade das mesmas pelo ião em estádios prematuros da vida da planta (teste precoce). Utilizou-se a cultura in vitro como método de trabalho por permitir um controle apurado tanto da composição dos meios como das condições ambientais a que foram sujeitas as plântulas durante o decorrer dos ensaios. Incorporou-se o conceito de teste precoce...

Enriquecimento do café torrado e moído com sais de cálcio

Paula, Luana Nascimento de
Fonte: Londrina Publicador: Londrina
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
37.000447%
Since coffee is one of the most consumed beverages in Brazil and calcium is a fundamentally important micronutrient for humans, current research focused on the enrichment of coffee with calcium, and on its quantification and sensorial evaluation, and also choose the filter to prepare. Six water-soluble salts were used to select the best beverage with calcium. The opinion of two coffee experts, who defined three samples highly similar to traditional coffee featuring calcium citrate malate, calcium phosphate and calcium carbonate was taken into consideration. The amount of calcium was determined by atomic absorption spectrometry for three beverages with the best results. The samples also underwent a sensorial test to verify acceptability by 50 non-trained coffee tasters. The latter comprised 66% females 4% did not like coffee and 13% did not usually drink it. There was no difference between the preparations with the filters tested. Analysis of Variance showed no significant difference among the three samples (p=0.13) with approximately 6, which corresponded to I somewhat liked it. However, tasters´ opinions were divergent (p<0.001). Calcium citrate malate salt showed highest calcium amount in the beverage and therefore the highest solubility in water when compared to that of other calcium salts. Coffee types had calcium rates higher by 77.5%...

Estudo de condições operacionais para obtenção de carbonato de cálcio precipitado

Souto, Eliane Cristina Silva
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
37.00975%
O carbonato de cálcio pode ser encontrado na natureza na forma de calcário, conhecido como carbonato de cálcio natural (CCN), ou pode ser produzido por reações químicas, formando o carbonato de cálcio precipitado (CCP). O CCP ´e um produto mais puro e exibe um maior brilho e opacidade que o CCN. A produção industrial do CCP envolve os seguintes processos: (a) calcinação do calcário que produz o óxido de cálcio e dióxido de carbono; (b) reação de hidratação, na qual o óxido de cálcio é transformado em hidróxido de cálcio por adição controlada de água; e, finalmente (c) a reação de carbonatação, na qual o CO2, puro ou não, é borbulhado através da solução de hidróxido de cálcio. As propriedades do CCP variam de acordo com as condições empregadas na sua produção. O carbonato de cálcio existe em três formas cristalinas (calcita, aragonita e vaterita). A calcita é a forma mais estável à temperaturas e pressões ambientes. O CCP é usado em diversas indústrias como as de plástico, papéis, tintas, etc. A utilização de alguns aditivos químicos, entre eles o ácido etilenodiaminotetraacético (EDTA), durante a reação de carbonatação diminui o tamanho das partículas de carbonato de cálcio formadas. Desta forma...

Consumo e excreção de cálcio em idosos institucionalizados do concelho de Bragança

Gonçalves, Ana Teresa; Oliveira, Andreia Raquel; Pereira, António José; Delindro, Jerusa; Fernandes, António; Almeida-de-Souza, Juliana
Fonte: Instituto Politécnico da Guarda Publicador: Instituto Politécnico da Guarda
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
37.018035%
Este estudo pretendeu verificar a relação entre a ingestão de cálcio, sódio e proteína com a excreção urinária de cálcio, bem como investigar se idosos com patologias apresentam diferenças na calciúria. Para isso, foi realizado um estudo quantitativo, observacional, transversal e analítico com base numa amostra inicial de residentes em lares do concelho de Bragança. Recolheram-se os dados pessoais, antropométricos bem como informação acerca da existência de patologias. Para estimar o consumo de micro e macronutrientes foi aplicado um recordatório de 24 horas e para a avaliação da calciúria foram recolhidas amostras da urina de 24 horas. O tratamento dos dados envolveu o uso do SPSS 21.0 e dos testes de Wilcoxon, Spearman e Mann-Whitney-Wilcoxon. Os resultados demonstraram que a maioria dos idosos consome sódio e proteína acima do recomendado; e, cálcio abaixo do recomendado. As patologias não se mostraram relacionadas com a calciúria. Verificou-se, igualmente, que o consumo e a excreção de cálcio não estavam correlacionados. O estudo da associação entre a calciúria e o consumo de proteína e sódio revelou a existência de correlações positivas, embora fracas. Conclui-se que, para além de controlar a ingestão de cálcio em idosos institucionalizados...

Comportamento pós-colheita da ameixa 'Raínha Cláudia Verde' Prunus domestica L. : efeitos do cálcio na maturação

Barroso, Ana Elisa de Mendonça Rato
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
37.032139%
`Rainha Cláudia Verde' é uma antiga variedade da ameixeira europeia Prunus domestica L. que se encontra bem adaptada a uma zona restrita do Alto Alentejo. Esta variedade é utilizada para o consumo em fresco e na doçaria regional, onde se emprega na confecção das famosas 'Ameixas D'Elvas'. A confitagem é a técnica utilizada na confecção deste produto com denomicação de origem protegida, e que faz parte de um saber tradicional muito divulgado na região. As informações que resultam de evidências práticas mostram que nem todos os frutos reagem da mesma forma à fase da cozedura. Existem zonas específicas que produzem frutos que não se adequara processo da confitagem, apresentando uma textura imprópria após a cozedura. Recentemente, e com o aumento das áreas produtoras, verificou-se que os frutos destas regiões específicas para além de inadequados para a cozedura, também apresentavam uma menor capacidade de conservação em fresco. Assim durante a conservação estes frutos, quando comparados com os das outras regiões, apresentavam uma perda de firmeza mais rápida tornando-se mais difíceis de comercializar. Entre os factores culturais que contribuem para a qualidade pós-colheita dos frutos, o teor de cálcio presente no solo e nos frutos apresenta-se corno um dos mais importantes. O cálcio é um dos nutrientes que mais frequentemente é associado à manutenção da estrutura das paredes celulares das plantas...

Efecto de la aspersión localizada de calcio sobre la textura y vida útil de frutos de mora de castilla (rubus glaucus benth).

Montealegre Grisales, Leidy Katherine; Diaz Bonilla, Juan Sebastian
Fonte: Ibagué : Universidad del Tolima, 2014.; . Publicador: Ibagué : Universidad del Tolima, 2014.; .
Tipo: Trabajo de grado - Pregrado; Text; info:eu-repo/semantics/bachelorThesis; info:eu-repo/semantics/updatedVersion Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.018035%
106 Páginas; Recurso Electrónico; El presente trabajo evaluó el efecto de la aspersión localizada de calcio sobre la textura y vida útil de frutos de mora de castilla (Rubus glaucus Benth) material vegetal del Cañón del Combeima del municipio de Ibagué (Tolima) tanto para la valoración en pre-cosecha como post-cosecha, seleccionando frutos grado 5 de madurez para la determinación de acidez, pH, °Brix, pérdida de peso, evaluación sensorial-y colorimetría; y para pre-cosecha la evaluación de TPA (Análisis de Perfil de textura), se aplicó en campo óxido de calcio (10 g/l) foliarmente, evaluando cuatro tratamientos; mediante colocación de producto una vez por semana, dos veces por semana y cada 15 días. Con mejores resultados en el tratamiento con aspersiones de calcio una vez a la semana (T1) en las propiedades fisicoquímicas y fisiológicas del fruto mora de castilla, en relación a los costos, tiempo y evaluación de propiedades fisicoquímicas en post-cosecha el mejor fue el aplicado cada quince días. En post-cosecha las muestras fueron sometidas a inmersión de cloruro de calcio a concentraciones de 0,5 y 1 % y tiempos de inmersión de 0,5, 1 y 1,5 minutos. Los resultados obtenidos mostraron que los tratamientos con concentración (1 %) y tiempos (30 segundos y 1 minuto)...

Exigência nutricional de cálcio e sua biodisponibilidade em alguns alimentos para frangos de corte, no período de 1 a 21 dias de idade

Sá,Luciano Moraes; Gomes,Paulo Cezar; Albino,Luiz Fernando Teixeira; Rostagno,Horacio Santiago; D'Agostini,Priscila
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2004 Português
Relevância na Pesquisa
37.025454%
Foram utilizados 720 pintos de corte de um dia de idade, da linhagem Avian Farm, 360 machos e 360 fêmeas, com o objetivo de determinar a exigência nutricional de cálcio e a disponibilidade relativa do cálcio no fosfato bicálcico, calcário calcítico e calcário dolomítico, utilizando-se o carbonato de cálcio como padrão, sendo atribuído o valor de 100% de disponibilidade de cálcio. O experimento teve duração de 21 dias. O delineamento experimental adotado foi o inteiramente casualizado, com 12 tratamentos, seis repetições, sendo a unidade experimental representada pelo box contendo cinco machos e cinco fêmeas. Os tratamentos foram constituídos da suplementação da dieta basal com 0,0; 0,25; 0,50; 0,75; 1,00; e 1,25% de cálcio proveniente do carbonato de cálcio e dois níveis de cálcio, 0,50 e 0,75%, provenientes de cada uma das fontes de cálcio em teste: fosfato bicálcico e calcários calcítico e dolomítico. Os seis primeiros tratamentos foram utilizados para determinar a exigência de cálcio das aves. Na determinação da disponibilidade de cálcio nas fontes estudadas, os tratamentos com 0,25; 1,00; e 1,25% de cálcio, suplementados a partir do carbonato de cálcio, não foram considerados, sendo utilizados apenas os níveis com 0...

Caracterización cuantitativa de señales intracelulares de calcio; Quantitative characterization of intracellular calcium signaling

Sigaut, Lorena
Fonte: Facultad de Ciencias Exactas y Naturales. Universidad de Buenos Aires Publicador: Facultad de Ciencias Exactas y Naturales. Universidad de Buenos Aires
Tipo: info:eu-repo/semantics/doctoralThesis; tesis doctoral; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
Publicado em //2011 Português
Relevância na Pesquisa
37.025454%
Las señales de calcio son utilizadas por una enorme variedad de células para regular procesos tan distintos como la fertilización o la muerte celular, entre muchos otros. La versatilidad del ión calcio como agente señalizador se basa en la gran diversidad de comportamientos que su concentración puede desplegar dentro de las células. Desentrañar la compleja trama de mecanismos que determinan dichos comportamientos es un enorme desafío que requiere la combinación de estrategias múltiples tanto experimentales como de modelado. En particular, el amplio rango de escalas espaciales y temporales involucradas no puede ser abarcado con un unico tipo de experimentos y es entonces que la elaboración de modelos que permitan conectar observaciones dispares se vuelve indispensable. Por otro lado, para que los modelos puedan cumplir este rol es necesario contar con estimaciones confiables, idealmente obtenidas in situ, de algunas de las cantidades que caracterizan a los fenómenos físicos y químicos involucrados en las señales. El objetivo de esta Tesis ha sido avanzar en la obtención de estas estimaciones realistas realizando experimentos opticos y desarrollando el marco teórico necesario para extraer información cuantitativa de los mismos. Una de las propiedades pobremente caracterizadas es la tasa a la que el calcio se transporta dentro de las células. Existen distintas técnicas opticas para estimar coeficientes de difusión...

Caracterización cuantitativa de señales intracelulares de calcio; Quantitative characterization of intracellular calcium signaling

Sigaut, Lorena
Fonte: Facultad de Ciencias Exactas y Naturales. Universidad de Buenos Aires Publicador: Facultad de Ciencias Exactas y Naturales. Universidad de Buenos Aires
Tipo: Tesis Doctoral Formato: text; pdf
Publicado em //2011 Português
Relevância na Pesquisa
37.025454%
Las señales de calcio son utilizadas por una enorme variedad de células para regular procesos tan distintos como la fertilización o la muerte celular, entre muchos otros. La versatilidad del ión calcio como agente señalizador se basa en la gran diversidad de comportamientos que su concentración puede desplegar dentro de las células. Desentrañar la compleja trama de mecanismos que determinan dichos comportamientos es un enorme desafío que requiere la combinación de estrategias múltiples tanto experimentales como de modelado. En particular, el amplio rango de escalas espaciales y temporales involucradas no puede ser abarcado con un unico tipo de experimentos y es entonces que la elaboración de modelos que permitan conectar observaciones dispares se vuelve indispensable. Por otro lado, para que los modelos puedan cumplir este rol es necesario contar con estimaciones confiables, idealmente obtenidas in situ, de algunas de las cantidades que caracterizan a los fenómenos físicos y químicos involucrados en las señales. El objetivo de esta Tesis ha sido avanzar en la obtención de estas estimaciones realistas realizando experimentos opticos y desarrollando el marco teórico necesario para extraer información cuantitativa de los mismos. Una de las propiedades pobremente caracterizadas es la tasa a la que el calcio se transporta dentro de las células. Existen distintas técnicas opticas para estimar coeficientes de difusión...

Modulación del calcio intracelular por insulina en el cardiomiocito de rata adulta

Pivet Silva, Deisy Carolina
Fonte: Universidad de Chile; CyberDocs Publicador: Universidad de Chile; CyberDocs
Tipo: Tesis
Português
Relevância na Pesquisa
37.025454%
Memoria para optar al título de Química Farmacéutica; El cardiomiocito adulto es una célula terminalmente diferenciada con escasa capacidad replicativa y responsable de la contracción del miocardio. El ión calcio en conjunto con el AMP cíclico son los segundos mensajeros que regulan la contracción del cardiomiocito. Por otra parte la diabetes mellitus tipo II se asocia a un mayor riesgo cardiovascular (“cardiomiopatía diabética”), siendo muy frecuentes alteraciones sistólicas y diastólicas en el corazón de un paciente diabético. Dado que insulina es la principal hormona asociada a la diabetes es importante determinar si existe alguna relación entre ella y el calcio en el cardiomiocito adulto. En una investigación previa de nuestro Laboratorio se describió que insulina aumenta el calcio intracelular en cultivos primarios de cardiomiocitos neonatos, presentando esta respuesta dos componentes, uno rápido dependiente del calcio externo y el canal tipo L y receptor de ryanodina y otro lento dependiente de la vía transduccional IP3/receptor IP3. Interesantemente, este último componente media los efectos de insulina a nivel de la translocación del GLUT4 a la membrana plasmática y el posterior ingreso de glucosa a estas células. En base a estos antecedentes se propuso en esta memoria como hipótesis que insulina también aumenta los niveles intracelulares de Ca2+ en el cardiomiocito adulto a través de un mecanismo dependiente del Ca2+ extracelular y del almacenado en reservorios intracelulares. Nuestro objetivo consistió en estudiar la activación del sistema de señalización río abajo del receptor de insulina y su dependencia del calcio y el efecto tanto de insulina como IGF-1 en los niveles intracelulares de calcio en el cardiomiocito adulto de rata. Las células se expusieron a insulina 100 nM por distintos períodos de tiempo y se evaluó la activación del receptor mediante su autofosforilación en tirosina y de las proteínas kinasas Akt (Ser 473) y Erk 1/2 mediante Western blot. La presencia del receptor de insulina en el cardiomiocito de rata adulta se detectó por inmunofluorescencia en tyr1150/1151. Las tres proteínas evaluadas alcanzaron un máximo de activación significativo con respecto a los controles a los 5 min post- estímulo con insulina. Por otra parte...

Impacto da remodelação óssea sobre a transferência da massa de cálcio durante a hemodiálise: estudo em pacientes com hiperparatireoidismo pré e pós paratireoidectomia; Effects of bone remodelling on calcium mass transfer during hemodialysis: study of patients with hyperparathyroidism pre and post parathyroidectomy

Goldenstein, Patricia Taschner
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 03/09/2015 Português
Relevância na Pesquisa
37.018035%
Distúrbios do metabolismo mineral e ósseo são altamente prevalentes e considerados como causa relevante da morbidade e mortalidade dos pacientes com doença renal crônica. Diversas estratégias diagnósticas e terapêuticas têm sido estudadas nesses doentes; entretanto, pouco valor é dado ao cálcio do dialisato, apesar do impacto que possa exercer sobre o balanço de cálcio durante a hemodiálise. Os fatores determinantes da transferência de cálcio durante o procedimento são ainda controversos. Nesse estudo prospectivo, avaliamos a influência da remodelação óssea sobre o balanço de cálcio em dez pacientes dialíticos em três situações consecutivas: hiperparatireoidismo grave (Pré paratireoidectomia), durante a \"síndrome de fome óssea\" (Fome óssea) imediatamente após a paratireoidectomia e após estabilização clínica (Paratireoidectomia tardia). Durante cada fase os participantes foram submetidos a três sessões randômicas de hemodiálise com diferentes concentrações de cálcio no dialisato: 2,5; 3,0 e 3,5 mEq/L. Todos os pacientes foram submetidos à biópsia óssea para análise histomorfométrica e quantificação de proteínas ósseas no início do estudo. A transferência de cálcio variou grandemente entre os pacientes em cada fase do estudo mesmo usando o mesmo cálcio no dialisato...

Estudio nutricional para evaluar el aporte de calcio sobre la dieta de una leche fermentada enriquecida en calcio y vitamina D (Densia®) en mujeres postmenopáusicas

González Sánchez,M.ª E.; Rivera Torres,A.; Morán Fagúndez,L. J.
Fonte: Nutrición Hospitalaria Publicador: Nutrición Hospitalaria
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; journal article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: text/html; application/pdf
Publicado em 01/04/2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.00975%
Objetivo: Evaluar el aporte de calcio sobre la dieta de una unidad de leche fermentada enriquecida en Calcio y vitamina D sobre los niveles diarios de ingesta de Calcio en mujeres postmenopáusicas. Población del estudio: 261 mujeres postmenopáusicas. Método: Estudio nutricional exploratorio de 28 días de duración. A los individuos de la muestra se les proporcionó recomendaciones dietéticas para aumentar el aporte de calcio en la dieta y pautas de ejercicio físico junto con una unidad diaria de leche fermentada enriquecida en Calcio y vitamina D (Densia®) que consumieron diariamente durante los 28 días de duración del estudio. Se valoró la ingesta dietética de calcio pre y post intervención mediante encuesta dietética. Resultados: La cantidad media en miligramos de Calcio ingerida fue superior después de la intervención frente a la media al inicio del estudio, aumentando incluso el porcentaje de mujeres que llegaban a las recomendaciones diarias de calcio para su franja de edad. Conclusión: El aporte de calcio diario a través de medidas dietéticas y el consumo de una unidad diaria de leche fermentada enriquecida en calcio y vitamina D incrementa el aporte dietético diario de calcio. No obstante, un porcentaje de la muestra seguía presentando valores de aporte diario de calcio por debajo de las recomendaciones dietéticas...

Efecto del calcio dietético vs el citrato de calcio sobre marcadores bioquímicos convencionales en mujeres perimenopáusicas

Aguilera-Barreiro,Ma de los Angeles; Guerrero-Mercado,Aixa del Socorro; Méndez-Jiménez,Tannia Erika; Milián-Suazo,Feliciano
Fonte: Instituto Nacional de Salud Pública Publicador: Instituto Nacional de Salud Pública
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2005 Português
Relevância na Pesquisa
37.053352%
OBJETIVO: Comparación del efecto del citrato de calcio y una dieta con calcio en los alimentos sobre marcadores bioquímicos convencionales. MATERIAL Y MÉTODOS: Se estudiaron 82 mujeres de 30 a 35 años de edad divididas al azar en tres grupos: grupo control: 23 mujeres sin modificación de sus hábitos alimenticios ni actividad física. Grupo con calcio dietético: 28 mujeres con un régimen de 1 000 mg de calcio más actividad física de 30 minutos tres veces por semana. Grupo con citrato de calcio: 31 mujeres suplementadas con citrato de calcio (600 mg), más 500 mg de calcio dietético, y actividad física de 30 minutos tres veces por semana durante siete meses. Se hizo densitometría ósea de calcáneo para clasificarlas en normal y osteopenia, se determinaron parámetros bioquímicos al inicio y final del estudio: fosfatasa alcalina, magnesio, calcio y fósforo séricos, y relación calcio/creatinina en orina. RESULTADOS: El 34% de las mujeres presentaron osteopenia; éstas tuvieron una reducción significativa en el calcio final en el grupo de citrato de calcio en comparación con el grupo de calcio dietético (p<0.05, 7.4 mg/dl vs 8.8 mg/dl). En la valoración final se observó hipermagnesemia significativa en el grupo de calcio dietético...

Efecto del calcio dietético vs el citrato de calcio sobre marcadores bioquímicos convencionales en mujeres perimenopáusicas

Aguilera-Barreiro,Ma de los Angeles; Guerrero-Mercado,Aixa del Socorro; Méndez-Jiménez,Tannia Erika; Milián-Suazo,Feliciano
Fonte: Instituto Nacional de Salud Pública Publicador: Instituto Nacional de Salud Pública
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2005 Português
Relevância na Pesquisa
37.053352%
OBJETIVO: Comparación del efecto del citrato de calcio y una dieta con calcio en los alimentos sobre marcadores bioquímicos convencionales. MATERIAL Y MÉTODOS: Se estudiaron 82 mujeres de 30 a 35 años de edad divididas al azar en tres grupos: grupo control: 23 mujeres sin modificación de sus hábitos alimenticios ni actividad física. Grupo con calcio dietético: 28 mujeres con un régimen de 1 000 mg de calcio más actividad física de 30 minutos tres veces por semana. Grupo con citrato de calcio: 31 mujeres suplementadas con citrato de calcio (600 mg), más 500 mg de calcio dietético, y actividad física de 30 minutos tres veces por semana durante siete meses. Se hizo densitometría ósea de calcáneo para clasificarlas en normal y osteopenia, se determinaron parámetros bioquímicos al inicio y final del estudio: fosfatasa alcalina, magnesio, calcio y fósforo séricos, y relación calcio/creatinina en orina. RESULTADOS: El 34% de las mujeres presentaron osteopenia; éstas tuvieron una reducción significativa en el calcio final en el grupo de citrato de calcio en comparación con el grupo de calcio dietético (p<0.05, 7.4 mg/dl vs 8.8 mg/dl). En la valoración final se observó hipermagnesemia significativa en el grupo de calcio dietético...