Página 1 dos resultados de 300 itens digitais encontrados em 0.007 segundos

Valores e comportamento ecológico: uma análise comparativa e evolutiva dos alunos de dois cursos de graduação da USP; Values and ecological behavior: Comparative and evolutive analysis on two groups of undergraduate students at University of São Paulo

Franco, Isamaura Krauss
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/05/2012 Português
Relevância na Pesquisa
68.514263%
O comportamento ecológico é a manifestação favorável a questões ambientais traduzidas em situações de consumo, podendo ser intencional, consciente carregada de autointeresse ou natural e introjetada. O comportamento ecológico, assim como o comportamento dos indivíduos de maneira geral, é resultado de combinações entre fatores sociais, culturais, individuais e psicológicos no ambiente em que este indivíduo se insere. Os valores interrelacionam-se com os fatores sociais, culturais, individuais e psicológicos, sendo conceituados como manifestos das visões de mundo que um indivíduo expressa através de suas atitudes e comportamentos. Definem-se ainda como crenças duradouras acerca de estados finais ideais norteadores das ações, atitudes e julgamento. Seja em termos culturais ou individuais, estes valores apresentam-se de forma hierarquizada, ao que se dá o nome de Estrutura de Valores. Os valores são apontados pela literatura como preditores de comportamentos, relação esta que é intermediada por outras variáveis como, por exemplo, a ocupação e a classe social de um indivíduo. Este trabalho teve por objetivo identificar a relação entre a estrutura de valores e o comportamento ecológico dos alunos dos cursos de Medicina e Administração da USP Ribeirão Preto...

O impacto do argumento ecológico nas atitudes dos consumidores - um estudo experimental

Pereira, Severino Joaquim Nunes
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
37.707673%
An increasing interest in society towards environmental and ecological issues have beaconed consumer¿s behavior research, particularly the ones related to the identification of the impact of environmental agendas on consumer habits. The objective of the present study is to attitudes related to brands, advertising and purchase intention. The study was based on data gathered through a ¿between subjects¿ experimental research, with three levels of manipulation. One hundred and sixty eight students from the city of Rio de Janeiro were selected for the experiment. The hypothesis suggested that subjects who were exposed to ecological cues demonstrate a more favorable behavior towards advertising attitude (H1A), brand attitude (H1B) and purchase intentions (H1C) than the ones who were not. In addition, an intrinsic health cue called ¿Omega 3¿ was introduced to the experiment to enhance the results of the research. The results have shown that subjects are indifferent to ecological cues regarding their attitudes towards the advertising and purchase intention. However, the study determined a more favorable attitude towards the brand by subjects exposed to the ecological cue. Therefore, it is possible to conclude that although ecological cues exposed in advertisements do not result on an increase of a positive of the product label is enhanced positively due to the relation of the brand with environmentally sound practices.; O crescente interesse da sociedade por temas relacionados com as questões ecológicas e ambientais tem norteado estudos que visam identificar o reflexo dessa preocupação sócioambiental nos hábitos de consumo. Este estudo tem o objetivo de investigar o impacto de um argumento de caráter ecológico ¿ doravante argumento ecológico ¿ sobre atitudes relativas à marca...

Conhecimento e afeto ecológico: antecedentes do consumo ecológico

Reyes-Ricon, Maya
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
37.660232%
O desenvolvimento sustentável é um desafio multidimensional com implicações para todos os setores da sociedade. Do ponto de vista do marketing, a construção de um mercado verde significativo pode ser de grande importância neste desafio. Diante disto, compreender os antecedentes do consumo ecológico lança luz sobre como se dão os comportamentos de consumo ambientalmente orientados, oque pode auxiliar no desenvolvimento de campanhas tanto educativas quanto comerciais. O presente estudo examina a influência de fatores emocionais e cognitivos nos comportamentos de compra ecológica. Para isso, um modelo conceitual foi construído a partir da literatura e submetido à verificação empírica, utilizandose levantamento para coleta de dados e Modelagem de Equações Estruturais para análise. Foi analisada uma amostra de 291 respondentes, levantada por meio eletrônico durante o mês de janeiro de 2010. Os achados desta pesquisa confirmam a emoção e o conhecimento subjetivo como antecedentes do consumo ecológico, mediadas pela atitude referente ao consumo ecológico e pela intenção de se engajar em tal comportamento. Sugestões de pesquisa futura são analisadas com base na teoria de marketing

O apelo ecológico na propaganda como fator de influência na atitude de compra do consumidor: um estudo experimental

Santos, João Maurício
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
37.975833%
Este estudo examinou o apelo ecológico utilizado na propaganda como influenciador na atitude de compra do consumidor, tendo em vista que nas duas últimas décadas houve um crescimento nos anúncios que utilizam este tipo de apelo, demonstrando que, pelo surgimento de um novo nicho de mercado, empresas têm se valido do marketing verde e da influência normativa na sua estratégia de marketing. Buscou-se investigar se efetivamente o uso do apelo ecológico na propaganda influencia positivamente na intenção de compra do consumidor. A fundamentação teórica sobre o tema foi desenvolvida a partir dos estudos sobre comportamento do consumidor, atitudes em relação à propaganda, psicologia social e outros ligados ao tema. Esta fundamentação gerou algumas propostas conceituais, traduzidas em um conjunto de hipóteses, que, por se tratar de uma pesquisa causal, foram testadas por meio de metodologia experimental entre sujeitos, com oito níveis de manipulação, uma amostra não probabilística, formada por 215 estudantes de pós-graduação na cidade de Curitiba, e aplicação de questionário estruturado, constituído de perguntas fechadas e respostas escalonadas não-comparativas, intervalar do tipo diferencial semântico...

Comportamento da cultura do morangueiro no sistema em transição do cultivo convencional para o ecológico

Pereira, Sonia Regina de Mello
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.650513%
É notório que esta “agricultura moderna”, que ainda é manejada na maioria das superfícies agrícolas do mundo, mostrou-se insustentável pela degeneração das condições que a tornam possível. O processo de conversão para uma agricultura mais limpa e sana está tendo cada vez mais adeptos, tanto por parte dos produtores como dos consumidores. O morango é uma das frutas pequenas mais importantes e é cultivada em diversos países. No Brasil, o estado do Rio Grande do Sul se destaca como um dos maiores produtores. A carência de informações e pesquisas induz a utilização de produtos tóxicos para garantir a produção causando o aumento da propaganda negativa do morango como uma fruta obrigatoriamente contaminada. Este estudo, de dois anos, discute o processo de transição do cultivo de dois cultivares de morangueiro do manejo convencional para o ecológico demonstrando seu potencial alternativo para uma agricultura familiar, o estabelecimento do artrópode Tetranichus urticae nos sistemas, o equilíbrio na relação planta-solo-ambiente e o comportamento da planta inoculada com fungos micorrízicos arbusculares (FMA). Pode-se deduzir que a diferença de produtividade entre os sistemas tende a diminuir conforme o tempo de cultivo; o peso dos frutos foi superior no sistema convencional e neste sistema tendem a concentrar maior acidez e menor teor em vitamina C; os diferentes cultivares reagem distintamente às práticas realizadas; o número de artrópodes presentes nos sistemas no segundo ano de cultivo foi menor; registrou-se importantes espécies de predadores apenas no sistema em transição; a relação simbiótica micorrízica é beneficiada pelo manejo em transição; e os FMA proporcionam maior conteúdo de substâncias de reserva às plantas...

Comportamento agonístico e deslocamento em ambiente natural de anomuros de água doce (Crustacea, Decapoda, Aeglidae)

Ayres-Peres, Luciane
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.46563%
Os eglídeos (Anomura, Aeglidae) são um grupo de crustáceos endêmicos do sul da América do Sul e restritos ao ambiente de água doce. Muitos aspectos da biologia e ecologia desses animais são bem conhecidos, porém, pouco se sabe sobre seu comportamento, principalmente o comportamento agressivo e a atividade em ambiente natural. É sabido que entre os animais, os conflitos são resolvidos por comportamentos agonísticos, termo que abrange uma gama de comportamentos de escape, exibições (“displays”), até um extremo do combate físico. Em um contexto ecológico, informações sobre os movimentos e a atividade dos animais são importantes para uma compreensão das exigências de hábitat, padrões de utilização dos recursos e o potencial de interações interespecíficas. A presente tese teve como objetivos: padronizar uma metodologia para análise do comportamento agressivo de eglídeos em laboratório; descrever o comportamento agressivo de Aegla longirostri; avaliar o comportamento agonístico de espécies provenientes de vertentes do lado Pacífico (espécies basais) e Atlântico (espécies derivadas) da América do Sul; comparar os padrões agressivos de fêmeas de A. longirostri e A. manuinflata, e; examinar os padrões de deslocamento...

Conservação do mico-leão preto (Leontophitecus chrysopygus) : tres tipos de manejo avaliados atraves da ecologia e comportamento

Cristiana Saddy Martins
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/02/2004 Português
Relevância na Pesquisa
37.826855%
o presente estudo teve como objetivo realizar três tipos de movimentações de indivíduos de mico-leão preto (Leontopithecus chrysopygus) (diferentes tipos de manejo), e avaliá-las através de parâmetros de ecologia e comportamento da espécie. A hipótese é que se os animais movimentados demonstrassem as mesmas tendências ecológico comportamentais de animais selvagens não movimentados, então poderíamos considerar que estavam adaptados ao novo ambiente, e que a movimentação foi bem sucedida. Os dados ecológicos de cada grupo movimentado foram coletados e comparados com os dados de um grupo selvagem. O primeiro tipo de movimentação realizado foi uma translocação, definida como a transferência de um grupo selvagem de uma área silvestre para outra. O grupo translocado apresentou a morte de um indivíduo e o nascimento de dois filhotes nos dois anos de observação. Um macho subadulto migrou para um grupo vizinho, onde se reproduziu. Os animais translocados dispenderam menos tempo em alimentação e forrageio do que o grupo selvagem, e mais tempo em comportamento social. Não houve diferença no sucesso de captura de presas animais entre os grupos. O grupo translocado utilizou mais os estratos mais altos da floresta...

Valores pessoais, crenças ambientais e comportamento ecológico em órgão público

Medina, Suely Touguinha Neves
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
48.397227%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, 2008.; O comportamento humano e um dos fatores responsaveis pela degradacao ambiental do planeta; portanto, estudar esse comportamento pode contribuir para acoes estratégicas de gestao e educacao ambiental. Estudos sobre as relacoes entre o ser humano e o meio ambiente adequados a realidade brasileira ainda estao limitados pela utilizacao de amostras de conveniencia, apesar de os resultados das pesquisas serem animadores e contribuírem para a identificacao das caracteristicas especificas do comportamento ecologico de brasileiros. A literatura sugere sejam aprofundadas a compreensao desse fenomeno e a problematica a ele associada. O presente estudo pretende suprir parte dessa lacuna. Foi realizado um survey para verificar se os valores pessoais e as crenças ambientais influenciam o comportamento ecologico de um grupo servidores publicos do Distrito Federal. Participaram da pesquisa 295 servidores: 53% sao do sexo feminino; 24% pertencem a carreira de procuradores/promotores; 44% possuem curso superior completo, pos-graduacao ou mestrado; a media de idade foi de 39 anos (DP = 8,3). Analises fatoriais exploratorias indicaram a existencia de um fator para crenças ambientais...

Determinantes do comportamento de compra verde em Portugal

Ferreira, Rodrigo César Parreira
Fonte: Instituto Politécnico de Lisboa Publicador: Instituto Politécnico de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /11/2013 Português
Relevância na Pesquisa
38.163516%
Apesar do avanço tecnológico, uma grande maioria dos consumidores contínua a utilizar excessivamente os recursos naturais não renováveis do planeta, resultado de um consumo exagerado e inconsciente. Atualmente, os consumidores possuem mais informação sobre as questões ambientais e, alguns, refletem esse conhecimento nas suas decisões de compra. Com a crescente preocupação e atenção, quer por parte da população, quer por parte das organizações governamentais e empresas, para com o meio ambiente e a sua preservação, as questões ecológicas têm cada vez mais importância nas estratégias das empresas. Na presente investigação é analisado o comportamento de compra verde com a utilização das variáveis sociodemográficas (género, idade, número de filhos, rendimento e habilitações literárias) e psicográficas (conhecimento ecológico, coletivismo e individualismo), indo ao encontro do objetivo geral de investigação que visa compreender qual a relevância destas variáveis face ao comportamento de compra verde. O estudo desenvolvido é operacionalizado por via de um método quantitativo, através da utilização de um inquérito por questionário com base nas escalas do conhecimento ecológico (Laroche et al....

Marketing ecológico

Schoenmakers, Bart-Jan
Fonte: Universidade Nova de Lisboa Publicador: Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Outros
Publicado em /06/2003 Português
Relevância na Pesquisa
37.510605%
O presente documento resulta de um trabalho realizado no âmbito da cadeira de mestrado de “Estratégias de Marketing e Comportamento do Consumidor”. Neste trabalho, discutem-se algumas questões relacionadas com o marketing ecológico e a sua segmentação específica. Procura-se analisar o modo se definem e quais são as forças que estiveram na origem do marketing ecológico.

Amazônia socioambiental: sustentabilidade ecológica e diversidade social

Lima,Deborah; Pozzobon,Jorge
Fonte: Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo Publicador: Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2005 Português
Relevância na Pesquisa
47.58257%
ESTE ARTIGO baseia-se no emprego de um conceito central do discurso ambientalista - o de sustentabilidade ecológica - para construir um quadro analítico da diversidade socioambiental da Amazônia contemporânea. O exercício consiste em um ordenamento geral de categorias sociais segundo seu comportamento ambiental. Este é o ponto de partida para uma análise dos fundamentos históricos, econômicos e culturais da sustentabilidade ecológica atribuída a cada segmento social. A análise mostra a complexidade da interação entre múltiplos fatores que explicam o comportamento ecológico particular de cada um dos seguintes segmentos sociais considerados: a) povos indígenas de comércio esporádico, b) povos indígenas de comércio recorrente, c) povos indígenas dependentes da produção mercantil, d) pequenos produtores "tradicionais", e) latifúndios "tradicionais", f) latifúndios recentes, g) migrantes/ fronteira, h) grandes projetos e i) exploradores itinerantes. Com este exercício, alguns estereótipos consagrados são contrariados, como aqueles que relacionam baixa sustentabilidade ecológica com pobreza, ou alta sustentabilidade ecológica com identidade indígena. Concluímos mostrando a importância de prosseguir com análises de amplo espectro para entender a diversidade socioambiental da Amazônia.

A Escala de Comportamento Ecológico: desenvolvimento e validação de um instrumento de medida

Pato,Claudia Marcia Lyra; Tamayo,Álvaro
Fonte: Programa de Pós-graduação em Psicologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte Publicador: Programa de Pós-graduação em Psicologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2006 Português
Relevância na Pesquisa
68.151104%
O interesse por estudos sobre as relações entre o homem e o meio ambiente tem sido cada vez maior. Entretanto, aqueles dedicados à investigação da complexidade do fenômeno comportamental associado ao meio ambiente são recentes. A inexistência de instrumento para medir o comportamento ecológico adequado à realidade brasileira, que permita a compreensão desse fenômeno em nosso contexto sociocultural, destaca a importância e a necessidade de se construírem instrumentos confiáveis e adequados ao estudo dessa temática no Brasil. Este trabalho descreve a elaboração e a validação da Escala de Comportamento Ecológico (ECE) no contexto brasileiro. A amostra consistiu em 234 estudantes de ensino universitário e médio, com média de idade de 20,5 anos, sendo 142 mulheres e 88 homens (4 não indicaram seu gênero). Os resultados apontaram para a multidimensionalidade do comportamento ecológico. Os quatro fatores específicos foram ativismo-consumo, economia de água e de energia, limpeza urbana e reciclagem.

A interação família-escola frente aos problemas de comportamento da criança: uma parceria possível?

Silveira, Luiza Maria de Oliveira Braga
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
37.40396%
A presente tese de Doutorado analisa as continuidades e descontinuidades da relação famíliaescola frente aos problemas de comportamento da criança, investigando as práticas educativas parentais e escolares e as explicações que as sustentam, bem como a existência de ações conjuntas frente ao problema. O trabalho é constituído por três artigos que se apóiam no referencial ecológico-sistêmico. O primeiro artigo apresenta uma discussão acerca da etiologia dos problemas de comportamento na infância sob três perspectivas teóricas distintas, ressaltando a importância de entendê-los face a complexidade dos contextos de socialização da criança, tais como a família e a escola. No segundo artigo realizou-se quatro estudos de caso, entrevistando pais e professores de crianças, em idade escolar, que apresentavam problemas de comportamento na escola. Nesses casos, verificou-se que a interação famíliaescola é permeada por três elementos (eixos): entendimento do problema de comportamento da criança, as práticas educativas utilizadas e as orientações e/ou dinâmica da escola. Observou-se que a ambivalência quanto ao entendimento do problema de comportamento da criança atravessa-se às práticas educativas utilizadas por pais e professores...

Uso de habitat, orçamento temporal e influência da maré da geomorfologia do fundo sobre o comportamento do boto Sotalia guianensis Van Bénéden, 1864 (Cetacea: Delphinidae) no Porto de Maceió - Alagoas, Brasil

Collaço, Karlla de Morais Souza Lima
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Psicobiologia; Estudos de Comportamento; Psicologia Fisiológica Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Psicobiologia; Estudos de Comportamento; Psicologia Fisiológica
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
47.27114%
The physical and environmental factors presented by each habitat and the rhythm of behavior patterns strongly influence the ecology and behavior of the all living beings. At same time this factors may provide clues about the structure of a population and its ecological balance. The organizational structure, ecology and behavior of a species appraised in a region if we know be in balance when compared to the same type of appraisal made in a degraded area can provide a clear view of how the anthropogenic influences acted on these species and what steps can be taken in order to mitigate the effects and keep the population. The region where this study was conducted is, like most areas of port, subject to intense physical and environmental degradation. With the emerging interest of change in the quality of these environments also by the companies themselves that use the port services, the proposed study aimed to characterize the use of habitat, the distribution of behavioral activities carried out throughout the day and influence of geomorphology of the bed, depth and variation of tide on the expression of the behavior of Sotalia guianensis in the port of Maceio - Alagoas. From this information will be possible establish parameters for comparison with other populations of S. guianensis and establish conservation measures for the population occurring in the port of Maceio - AL...

Uso de habitat e comportamento do boto-cinza sotalia guianensis em uma zona estuarina do estado de Sergipe, nordeste do Brasil a biotecnologia vegetal como alternativa para a cotonicu

Lima, Maisa de Souza
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Psicobiologia; Estudos de Comportamento; Psicologia Fisiológica Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Psicobiologia; Estudos de Comportamento; Psicologia Fisiológica
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
47.428984%
To clarify the functional mechanisms of habitat use is necessary to analyze it in conjunction with the conduct performed by animals. The occurrence, distribution and use of space are characteristic of a species resulting from habitat selection that is in search of conditions favorable to its survival. One can relate the physical and biological factors of the environment with the ecological characteristics of the species, since these factors act by regulating the ecological success of organisms, and from there you can get important information about the habitat use and behavior of individuals. This study aimed to characterize the use of habitat and diurnal activity expressed by the Guiana dolphin, Sotalia guianensis in an estuarine area of Sergipe state, Brazil, analyzing the influence of tide and time days on the occurrence of animals and behavior s state, and group s size and composition in this cetacean species. From March 2009 to February 2010, focal groups observations of dolphins were made from fixed - point and records snapshots of data taken every 5 min. in the interval from 6 a.m to 6 p.m, in alternating shifts. The results showed that the constant presence of animals in the area of the Sergipe River estuary indicates that this is an important area of occurrence of S. guianensis...

Comportamento alimentar de um grupo de macacos-prego Sapajus cay ( Illiger, 1815), (Primates, Cebidae), em fragmento de Cerrado, Guia Lopes da Laguna, Mato Grosso do Sul

Fernandes Junior, Oscar
Fonte: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Publicador: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
37.769856%
Um grupo de macacos-prego Sapajus cay (Illiger, 1815), (Primates, Cebidae) foi estudado ao longo dos meses de janeiro a julho de 2012. O objetivo principal do trabalho foi realizar o estudo do comportamento alimentar desta espécie de primata em um fragmento de Cerrado no município de Guia Lopes da Laguna, Mato Grosso do Sul, Brasil. Como objetivos específicos procurou-se: i) caracterizar o comportamento de Sapajus cay no contexto ecológico do Cerrado, principalmente quanto ao padrão geral de atividades e a dieta; ii) analisar as diferenças na frequência de consumo dos diferentes itens alimentares entre indivíduos machos e fêmeas adultos. O grupo foi observado através do método de varredura instantânea, onde cada amostra foi composta por cinco minutos de observações com dez minutos de intervalo. Um total de 966 varreduras compuseram 4.440 registros em 255 horas de observações dos animais. A quantificação geral do comportamento demonstrou que, ao longo do período de atividades, os animais despenderam cerca de 41,6% em deslocamento, 14,3% em forrageamento, 14,8% se alimentando, 5,1% em atividades sociais e 24,2% em turnos de descanso. A análise da dieta revelou que a dieta do grupo é composta por 74,44% de frutos...

ANÁLISE DO COMPORTAMENTO ECOLÓGICO DE ESTUDANTES DE ADMINISTRAÇÃO

Sousa Filho,José Milton de; Coimbra,Danielle Batista; Mesquita,Rafael Fernandes de; Luna,Roger Augusto
Fonte: Escola de Administração da UFRGS Publicador: Escola de Administração da UFRGS
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2015 Português
Relevância na Pesquisa
68.417827%
RESUMOO comportamento ecológico, ou pró-ambiental, tanto de atividades quanto de aspectos de vida dos indivíduos e da sociedade em relação ao meio ambiente, relaciona-se diretamente à conscientização ambiental que, atualmente, tem apoio no ensino de graduação em disciplinas como educação ambiental, que buscam formar o profissional mais consciente de seus atos em relação ao ambiente natural. O presente estudo quantitativo e descritivo buscou entender os fatores que influenciam o Comportamento Ecológico de universitários do curso de Administração, usando como amostra alunos de Instituições de Ensino Superior públicas e privadas, do Estado do Piauí. Para coleta, utilizou-se a Escala de Comportamento Ecológico, validada por Pato e Tamayo (2006), aplicada a discentes do curso de Bacharelado em Administração, com amostras de 486 respondentes. Foram utilizadas análises descritivas e multivariadas para avaliar os dados. A partir da análise paralela e da análise fatorial exploratória encontrou-se seis fatores que, em seguida, foram utilizados como variáveis independentes na análise de regressão, cuja variável dependente era o Comportamento Ecológico. A análise de regressão apresentou modelo de altíssimo nível explicativo...

A relação entre conhecimento ecológico, preocupação ecológica, afeto ecológico, normas subjetivas e o comportamento de compras verdes no setor de cosméticos; The relationship between ecological knowledge, ecological concern, ecological affection and subjective standards of green shopping behavior in the cosmetics industry

Tamashiro, Helenita Rodrigues da Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/03/2012 Português
Relevância na Pesquisa
38.33326%
Pesquisas em que se procura investigar a relação entre os fatores ambientais e o comportamento dos consumidores são ainda embrionárias no Brasil, o que constitui uma oportunidade para estudos que relacionam o comportamento de compra dos consumidores com as questões ambientais. Nessa perspectiva, o objetivo da presente pesquisa foi verificar se existe correlação entre os construtos: conhecimento ecológico, afeto ecológico, preocupação ecológica, normas subjetivas e o comportamento de compras verdes. Na busca do alcance dos objetivos propostos, adotou-se uma metodologia caracterizada pela pesquisa exploratória, utilizando-se o método transversal simples no processo de coleta dos dados. Foram adotados no estudo dados secundários, provenientes de artigos, livros, dissertações, teses e internet, além de dados primários, coletados com a aplicação de questionários à população-alvo. Partindo-se de uma amostragem aleatória estratificada, essa população foi constituída pelas mulheres acima dos 18 anos, por representarem consumidoras potenciais de produtos cosméticos. No tratamento dos dados dos 500 questionários validados, contemplouse a utilização do coeficiente Alpha de Cronbach e da técnica multivariada de análise fatorial exploratória. Um modelo de regressão múltipla foi testado para explicar o comportamento de compra de cosméticos ecológicos. Os resultados deixam evidências de que as variáveis Normas Subjetivas (NS)...

O impacto do argumento ecológico em atitudes relativas a um produto de alto envolvimento

Caldeira, Rachel Cherubini Tomedi
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
37.707673%
Esta dissertação tem por objetivo investigar as atitudes dos consumidores em relação ao anúncio, à marca e à intenção de compra de um produto com potencial para causar alto envolvimento no consumidor que utiliza um "argumento ecológico" para se posicionar. O estudo foi realizado por meio de um experimento que utilizou um projeto fatorial 3x2 – três "argumentos" publicitários e dois níveis de cor. A amostra foi composta por 286 alunos do curso de Administração de uma universidade particular de Curitiba-PR. Como base teórica foram utilizados principalmente a teoria das pistas (OLSON; JACOBI, 1972) e o Modelo de Probabilidade de Persuasão - MPE (PETTY; CACIOPPO, 1986). As hipóteses (H1, H2, H3) previam que os sujeitos que foram expostos ao "argumento ecológico" demonstrariam atitudes mais favoráveis em relação ao anúncio, à marca e à intenção de compra do que os sujeitos que foram expostos a um argumento "genérico". Da mesma forma, outro grupo de hipóteses (H4, H5, H6) previa que os sujeitos expostos a pista extrínseca – "argumento ecológico" demonstrariam atitudes mais favoráveis em relação ao anúncio, à marca e à intenção de compra do que os sujeitos expostos à pista intrínseca "argumento acessórios". Os resultados apontaram que os sujeitos expostos ao "argumento ecológico" foram sensibilizados e demonstraram atitudes mais favoráveis em relação ao anúncio e à intenção de compra. No entanto...

Amazônia socioambiental: sustentabilidade ecológica e diversidade social

Lima, Deborah; Pozzobon, Jorge
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Estudos Avançados Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Estudos Avançados
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2005 Português
Relevância na Pesquisa
47.58257%
ESTE ARTIGO baseia-se no emprego de um conceito central do discurso ambientalista - o de sustentabilidade ecológica - para construir um quadro analítico da diversidade socioambiental da Amazônia contemporânea. O exercício consiste em um ordenamento geral de categorias sociais segundo seu comportamento ambiental. Este é o ponto de partida para uma análise dos fundamentos históricos, econômicos e culturais da sustentabilidade ecológica atribuída a cada segmento social. A análise mostra a complexidade da interação entre múltiplos fatores que explicam o comportamento ecológico particular de cada um dos seguintes segmentos sociais considerados: a) povos indígenas de comércio esporádico, b) povos indígenas de comércio recorrente, c) povos indígenas dependentes da produção mercantil, d) pequenos produtores "tradicionais", e) latifúndios "tradicionais", f) latifúndios recentes, g) migrantes/ fronteira, h) grandes projetos e i) exploradores itinerantes. Com este exercício, alguns estereótipos consagrados são contrariados, como aqueles que relacionam baixa sustentabilidade ecológica com pobreza, ou alta sustentabilidade ecológica com identidade indígena. Concluímos mostrando a importância de prosseguir com análises de amplo espectro para entender a diversidade socioambiental da Amazônia.; WITH ONE of the central concepts of environmental discourse - that of ecological sustainability - we analyse the social diversity of contemporary Amazonia...