Página 1 dos resultados de 5188 itens digitais encontrados em 0.007 segundos

Maturação biológica e estado de crescimento em jovens futebolistas - cruzamento de indicadores de maturação sexual, somática e esquelética

Nunes, Vanessa Alexandrina Prata Domingos
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Português
Relevância na Pesquisa
37.040486%
Objectivo: Este estudo pretende determinar a estatura adulta predita com e sem a idade esquelética em jovens jogadores de futebol infantis, e a sua relação com os estádios de maturação sexual (determinados por um perito e pela auto-percepção dos atletas) e o maturity offset (distância ao PVC). Pretende, também, conhecer o nível de significância destes indicadores com variáveis antropométricas e de aptidão desportivo-motora. Metodologia: A amostra é constituída por 87 futebolistas de 11 anos de idade pertencentes ao 1º ano e 2º anos do escalão de Infantis, que disputaram na época 2003/2004 o Campeonato Distrital da categoria. Foram recolhidos dados resultantes da observação de características antropométricas, de testes de desempenho motor e habilidades motoras manipulativas específicas do futebol. Foram determinados os estádios de maturação sexual reais e autopercepcionados, o maturity offset (Mirwald, 2002) e a estatura adulta predita com a idade esquelética (Khamis & Guo, 1993) e sem a idade esquelética (Khamis & Roche, 1994, 1995). Os dados foram tratados pelo programa SPSS 11.5, recorrendo-se à apresentação da estatística descritiva e à associação entre os dados através da correlação produtomomento de Pearson...

Efeito da pré-maturação sobre o desenvolvimento embrionário de oócitos submetidos à ativação partenogenética e transferência de núcleo; Effect of pre-maturation on embryo development of oocytes submitted to parthenogenetic activation and nuclear transfer

De Bem, Tiago Henrique Camara
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/06/2009 Português
Relevância na Pesquisa
37.085085%
As taxas de produção embrionária tanto da FIV (30-40%) como da TN (23%) ainda estão aquém do esperado. Desta forma, a pré-maturação com inibidores do ciclo celular é uma das alternativas que vem sendo estudada para aumentar a competência dos oócitos utilizados na PIV, na tentativa de otimizar o sucesso das biotécnicas. Sabe-se que neurotrofinas desempenham funções no sistema reprodutor. O BDNF é um exemplo de neurotrofina que parece estar relacionada com a maturação dos oócitos. Desta forma, o objetivo deste trabalho foi de aperfeiçoar a pré-maturação e a maturação in vitro de oócitos bovinos submetidos posteriormente à ativação partenogenética, visando seu uso na biotécnica de transferência de núcleo. Oócitos bovinos foram submetidos à maturação na presença (MIV/BD) ou ausência (MIV) de BDNF ou pré-maturados com BLI e suplementados (BL/BD) ou não (BL) com a neurotrofina. Posteriormente foram avaliados quanto à taxa de maturação (metáfase II), ativação (formação de prónúcleo) e desenvolvimento embrionário (produção e qualidade dos blastocistos). Não houve diferença (P>0,05) entre taxas de MII após a maturação com ou sem BDNF. Porém, o grupo pré-maturado e suplementado (BL/BD n=73; 91...

Efeito da tensão de oxigênio e do meio na maturação oocitária in vitro e sua influência no desenvolvimento embrionário em suínos; Effect of oxygen tension and media on in vitro oocyte maturation and its influence in the porcine embryonic development

Marques, Mariana Groke
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/10/2009 Português
Relevância na Pesquisa
37.160073%
O objetivo deste estudo foi avaliar a eficiência da baixa tensão de oxigênio (5% de CO2; 5% de O2 e 90% de N2) na maturação oocitária in vitro em meio quimicamente definido (0,1% de PVA) ou suplementado com 10 % de PFF. Foram avaliados a migração dos grânulos corticais, a quantificação e distribuição da proteína HSP70, a maturação nuclear, as concentrações intracelulares da glutationa reduzida, a avaliação dos índices de penetração espermática e o desenvolvimento e qualidade de embriões fecundados in vitro em oócitos antes da maturação (0 hora) e após a maturação in vitro nos diferentes tratamentos (atmosfera = 5 ou 20% de O2 e suplementação do meio de maturação = 0,1% de PVA ou 10% de PFF). Para verificar a influência da atmosfera e da suplementação do meio no sistema de maturação foram avaliados o ciclo celular das células do cumulus, o número de células do cumulus por oócitos, as concentrações intracelulares de glutationa reduzida (GSH) das células do cumulus, as concentrações de TBARS no meio de maturação e a resistência das células do cumulus ao estresse oxidativo. Avaliações quanto às concentrações de GSH e HSP70 foram realizadas em oócitos in vivo, visando comparar a eficiência do sistema in vitro. Para a maioria dos parâmetros avaliados não houve interação entre a atmosfera e a suplementação do meio de maturação...

Influência de diferentes isoformas de fosfodiesterases no controle da maturação de oócitos bovinos; Influence of different phosphodiesterase isoforms on the control of bovine oocyte maturation

Zaffalon, Fabiane Gilli
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 31/07/2014 Português
Relevância na Pesquisa
37.064775%
A maturação in vitro do oócito é um dos fatores limitantes na produção in vitro de embriões. In vivo, esta maturação é um processo altamente orquestrado no qual a meiose é retomada pela onda de gonadotrofina que antecede a ovulação e que induz à queda dos níveis de AMPc no oócito. No entanto, os oócitos aspirados ao serem retirados dos folículos ovarianos retomam espontaneamente a maturação comprometendo a competência de seu desenvolvimento. O AMPc é sintetizado pela adenilato ciclase (AC) e degradado pelas fosfodiesterases (PDE), existindo algumas relacionadas à degradação do AMPc e outras do GMPc. Sendo assim, a proposição deste trabalho foi averiguar a contribuição de diferentes isoformas de fosfodiesterases na retomada da meiose e nos níveis de GMPc, AMPc e ainda, determinar quando há manutenção de AMPc em níveis elevados observando sua influência na competência oocitária e ativação da MAPK. Para isso, os complexos cumulus-oócito (CCOs) foram maturados in vitro na ausência, presença ou associação de inibidores de PDEs-AMPc e GMPc específicas e FSHr. As amostras foram avaliadas em relação a: 1) taxa de maturação; 2) níveis intracelulares de AMPc e GMPc nos CCOs; 3) taxa de desenvolvimento de blastocistos ; 4) ativação da MAPK em oócitos e células do cumulus. Os resultados obtidos no primeiro experimento indiaram que o inibidor da PDE3 foi o mais eficaz (p<0...

Influence of post-mortem aging in tenderness of chicken breast fillets; Influência da maturação post-mortem sobre a tenderização de filés de peito de frango

Santos, Helena Caminha; Brandelli, Adriano; Ayub, Marco Antônio Záchia
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.040486%
Neste trabalho, foram estudados os efeitos de diferentes tempos de maturação post-mortem sobre os valores de ruptura tecidual (cisalhamento) e avaliação sensorial de filés de peito de frango. O processo de maturação foi realizado pela manutenção das carcaças em caixas fechadas de plástico e armazenadas a 3±1 oC. Grupos de 5 carcaças foram classificados de acordo com o período de armazenagem na câmara fria como 0 (controle), 2, 4, 8, 12 e 24 horas. Os valores de pH das carcaças durante o período do rigor post-mortem decresceram de 6,4 para 5,9, enquanto que, durante o subseqüente período de maturação, os valores voltaram a crescer, atingindo um pH de 6,2 após 12 horas, provavelmente como resultado da proteólise Os valores de cisalhamento de Warner-Bratzler decresceram inversamente ao tempo de maturação, de acordo com uma reação cinética de primeira ordem, apresentando um declínio mais acentuado nos valores de cisalhamento nas primeiras duas horas de maturação, após o qual o desempenho tendo sido similar para todos os grupos, atingindo valores inferiores a 1kgf em 4 horas ou mais, com a maturação completa sendo atingida em 8 horas. As amostras com períodos maiores de maturação (8, 12 e 24 horas) foram preferidas na análise sensorial...

Maturação in vitro de oócitos de caninos domésticos (Canis familiaris)

Silva, Artur Emílio Freitas e
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.10232%
Este estudo foi realizado com o objetivo de: 1) determinar a influência da tensão de oxigênio na viabilidade das células do cumulus oriundas de oócitos caninos maturados em meio com alta concentração de glicose (11,0 mM); 2) determinar a taxa de maturação in vitro de oócitos caninos mantidos em meio contendo altas concentrações de glicose (11,0 mM), bem como avaliar o efeito da tensão de oxigênio sobre a taxa de maturação in vitro de oócitos caninos; 3) determinar a influência da adição de água de coco em pó (ACP-318®) ao meio de maturação com alta concentração de glicose (11,0 mM) na taxa de maturação in vitro de oócitos caninos. O meio de maturação usado nos experimentos foi TCM 199 suplementado com 26,19 mM de bicarbonato de sódio, 50 μg/ml de gentamicina, 0,20 mM de ácido pirúvico, 20 μg/ml de estradiol, 0,5 μg/ml de FSH e 0,03 UI/ml hCG. O meio de maturação era modificado de acordo com a proposta experimental apresentada. Os resultados do primeiro experimento mostraram diferença estatística nas taxas de apoptose nas células do cumulus entre os três grupos avaliados. Foi concluído que células do cumulus oriundas de COCs caninos cultivados em meio contendo altas concentrações de glicose apresentaram significativamente menos apoptose do que as cultivadas em meio com soro fetal bovino...

Taxas de clivagem e de formação de blastocistos bovinos produzidos in vitro após a adição de oócitos desnudos ao sistema de maturação; Clivage and blastocist rates after addition of denuded oocytes in maturation medium in cattle

Arruda, Natália Schmidt
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.12998%
Apesar dos avanços nos procedimentos de maturação, fecundação e cultivo in vitro a porcentagem de embriões produzidos capazes de se desenvolver até o estágio de blastocisto ainda é reduzida. Segundo Gilchrist et al. (2010) um dos principais fatores que afeta esta taxa de desenvolvimento embrionário é a incompetência do oócito em realizar a maturação. Com o objetivo de aumentar esta eficiência, têm-se estudado a interação entre fatores secretados pelos oócitos e a maturação oocitária. O objetivo deste experimento foi determinar as taxas de clivagem e de desenvolvimento embrionário até blastocisto, a partir de dois procedimentos de adição às gotas de MIV de oócitos desnudos (ODs). Os complexos Cummuli oócitos (CCOs) foram obtidos mediante punção de folículos com diâmetro entre 2 e 8 mm. Os CCOs que apresentaram cummulus compacto e citoplasma homogêneo foram selecionados para maturação e desnudamento. Os CCOs foram maturados em gotas de 50μL de meio de maturação (Meio TCM 199 modificado) sob óleo mineral e incubados a 38,5 oC em estufa com atmosfera de 5% de CO2 em ar e umidade relativa saturada. Aqueles selecionados para serem desnudos, permaneceram em TCM Holding [Meio 199 modificado]. Os oócitos foram desnudos com o auxilio de uma pipeta de vidro estirada em fogo. Os CCOs permaneceram 9 horas em meio de maturação quando foram colocados em cocultivo...

Avaliação da expressão gênica e da maturação nuclear in vitro em complexos cumuli-oócitos bovinos

Velho, Fernanda Araújo de Britto
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.040486%
Dentre os principais desafios que persistem no campo da biologia da reprodução está a compreensão da natureza dos processos celulares e moleculares que determinam a qualidade dos oócitos. Um dos fenômenos a serem melhor compreendidos é a aquisição da competência do oócito, e qual o papel desempenhado pelo ambiente folicular que circunda o gameta no seu potencial de desenvolvimento. As células foliculares, especialmente as células do cumulus, certamente desempenham um papel fundamental na aquisição da competência de oócitos in vivo. Durante a maturação in vitro (MIV) do oócito observa-se expansão e mucificação das células da granulosa que formam o complexo cumulus oophorus-oócito (CCO), em função da intensa síntese de componentes da matriz extracelular. Essas modificações no aspecto do cumulus são utilizadas como indicativo da ocorrência de maturação oocitária e contribuem para que ocorra a fecundação. A expressão de proteínas associadas à matriz extracelular das células do cumulus pode estar sob influência de fatores de origem oocitária, e também pode estar relacionada à composição do meio de MIV. Os objetivos deste trabalho foram: 1) avaliar a expressão dos transcritos dos genes que codificam para as proteínas ácido hialurônico sintase 2 (HAS2)...

Avaliação dos efeitos da inibição da maturação nuclear e de antioxidantes sobre a maturação oocitária, fecundação e desenvolvimento embrionário bovino in vitro

Barreto, Letícia Siqueira de Sá
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: xxiv, 88 f. : il.
Português
Relevância na Pesquisa
37.085085%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Medicina Veterinária - FCAV; O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos da suplementação do meio de maturação com roscovitina, butirolactona I, cisteamina e b-mercaptoetanol na maturação oocitária e suas conseqüências na fecundação e desenvolvimento embrionário bovino in vitro, além da variabilidade da freqüência de danos ao DNA embrionário. Oócitos foram maturados a 38,8oC em atmosfera de 5% CO2 em ar em meio TCM-199 suplementado com 0,6% BSA, 0,5 mg FSH, 100 UI hCG e 1 mg estradiol/mL (controle - C), adicionado de 50 æM de cisteamina (CC) ou 50 æM de bmercaptoetanol (CM). O grupo padrão do laboratório (S) foi suplementado com 10% de SFB como fonte protéica. Os oócitos em meio suplementado com butirolactona I ou roscovitina foram pré-maturados por 24 horas em meio TCM-199 suplementado com 0,3% BSA, antibiótico e piruvato, de acordo com os grupos: 100 æM de butirolactona I (CB), 100 æM de butirolactona I + 50 æM de cisteamina (CBC), 100 æM de butirolactona I + 50 æM de b-mercaptoetanol (CBM), 25 æM de roscovitina (CR), 25 æM de roscovitina + 50 æM de cisteamina (CRC) e 25 æM de roscovitina + 50 æM de b-mercaptoetanol (CRM). Após o cultivo de pré-maturação...

Obesidade e maturação sexual precoce

Adami, Fernando
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 92 f.| il., tabs., grafs.
Português
Relevância na Pesquisa
37.064775%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Nutrição.; O objetivo deste estudo foi investigar a associação entre maturação sexual precoce e obesidade em meninos e meninas de 10 a 14 anos de Florianópolis. Participaram do estudo 629 escolares entre 10 e 14 anos (277 meninos e 352 meninas), obtidos de duas escolas públicas e duas escolas privadas da região central do município. Foi utilizado o índice de massa corporal (IMC) para determinação de sobrepeso e obesidade, com os pontos de corte e os valores de LMS por sexo e idade de Conde & Monteiro (2006). Os valores de LMS de peso e estatura foram obtidos do Centers of Disease Control (CDC 2000). Os valores de LMS foram utilizados para obtenção do Z escore. A maturação sexual foi avaliada de acordo com os estágios de Tanner (1962). Os indivíduos foram agrupados por tercis da idade de acordo com cada estágio e sexo. O 1º tercil foi considerado como maturação sexual precoce; e o 2º tercil, como grupo de referência. As meninas com maturação sexual precoce são mais pesadas, altas e possuem maiores valores de IMC por idade, bem como maior prevalência de sobrepeso incluindo obesidade do que meninas do grupo de referência. Já os meninos com maturação sexual precoce são mais altos por idade; contudo não apresentam maior prevalência de sobrepeso incluindo obesidade. Os achados deste estudo corroboram aqueles da literatura que afirmam que meninas com maturação sexual precoce têm maiores prevalências de obesidade do que meninas sem maturação sexual precoce. Em relação aos meninos...

Inibição e reversão da maturação nuclear, avaliação da maturação citoplasmática e produção de esteróides em complexos cumulus oophorus bovinos co-cultivados com hemi-secções foliculares em meio de cultura definido

Silva, Ingrid de Oliveira e
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
37.14125%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Medicina, 2008.; O presente trabalho teve o objetivo de padronizar um protocolo de pré-maturação, onde complexos cumulus oophorus (COCs- do inglês cumulus oocyte complex) bovinos imaturos são co-cultivados com hemi-secções foliculares (HS) em meio definido (α-MEM+PVA). No experimento 1 foi avaliado, o efeito deste co-cultivo pelo período de 24 horas na manutenção do estágio imaturo dos COCs. Os grupos experimentais avaliados foram: G1=TCM- 199+SFB+COCs; G2=TCM-199+SFB+HS+COCs; G3=α-MEM+PVA+COCs; G4=α- MEM+PVA+HS+COCs. No experimento 2, foi feita a avaliação do potencial de reversibilidade do processo inibitório após a pré-maturação, cultivando os COCs previamente pré-maturados em meio de maturação padrão (TCM-199+SFB). Os meios de cultivo destes experimentos foram armazenados a –20° C para posterior dosagem dos hormônios estradiol (E2) e progesterona (P4) com a utilização de kits de radioimunoensaio. Em média 4 COCs de cada tratamento dos experimentos 1 e 2 foram processados para análise da maturação citoplasmática ao microscópio eletrônico de transmissão. Os resultados do experimento 1 mostram que, os tratamentos G2, G3 e G4 foram efetivos na inibição da progressão da meiose...

Obesidade e maturação sexual precoce em escolares de Florianópolis - SC

Adami,Fernando; Vasconcelos,Francisco de Assis Guedes de
Fonte: Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 Português
Relevância na Pesquisa
37.085085%
OBJETIVOS: Investigar a associação entre maturação sexual precoce e obesidade em meninos e meninas de 10 a 14 anos de Florianópolis. MÉTODOS: Participaram do estudo 629 escolares entre 10 e 14 anos (277 meninos e 352 meninas), obtidos de duas escolas públicas e duas escolas privadas da região central do município. Foi utilizado o índice de massa corporal (IMC) para determinação de sobrepeso e obesidade. Os valores de Z escore para IMC, peso e estatura foram determinados de acordo com sexo e idade. Para obtenção dos valores de Z escore, utilizou-se o método LMS. A maturação sexual foi avaliada de acordo com planilha contendo 5 estágios de maturação sexual para cada sexo. Os indivíduos foram agrupados por tercis da idade de acordo com estágio e sexo. O 1º tercil foi considerado como maturação sexual precoce; e o 2º tercil, como grupo de referência. RESULTADOS: As meninas com maturação sexual precoce têm maiores valores de Z escore Peso (²=-0,21, p<0,05), Z escore estatura (²=-0,15, p<0,05) e Z escore IMC (²=-0,3, p<0,05) do que as meninas dos outros grupos. Já os meninos com maturação sexual precoce apresentam maiores valores de Z escore estatura (²=-0,21, p<0,05). As meninas com maturação sexual precoce têm duas vezes mais chances de ter sobrepeso...

Padroes de maturacao e indices de colheita de macas cvs. gala, golden delicious e fuji.

ARGENTA, L.C.; BENDER, R.J.; KREUS, C.L.; MONDARDO, M.
Fonte: Pesquisa Agropecuaria Brasileira, Brasilia, v.30, n.10 p.1259-1266,out.1995. Publicador: Pesquisa Agropecuaria Brasileira, Brasilia, v.30, n.10 p.1259-1266,out.1995.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
37.064775%
Os padroes de evolucao de alguns parametros de maturacao de macas cvs. Gala, Golden delicious e Fuji e suas relacoes com o periodo de maturacao comercial foram avaliados em diferentes regioes de Santa Catarina, de 1985 a 1994. Observaram-se tendencias lineares e quadraticas nos aumentos de indice de amido e do teor de solidos soluveis totais (SST) e na reducao da firmeza da polpa e da acidez durante a maturacao. As mudancas dos indices de maturacao iniciaram-se sempre antes do periodo de maturacao comercial, podendo, assim, ser empregados como metodos praticos para estimar o inicio da colheita de macas. Indices de amido entre 3 e 5 referentes a Gala e a Golden delicious e entre 4 e 6 relativos a Fuji foram frequentemente associados ao periodo de maturacao comercial. Neste periodo, os indices mais elevados de acidez, SST e firmeza foram observados em macas Golden delicious, Fuji e Gala, respectivamente. Houve variacoes, significativas dos indices de maturacao entre anos, sendo maiores na Gala e menores na Fuji. Em alguns casos, as variacoes entre anos foram superiores aos efeitos de datas de colheita. Aparentemente, o emprego do indice Streif composto pelos parametros amido, SST e firmeza e o metodo mais seguro para determinar o estadio de maturacao e o inicio da colheita de macas.; 1995

Fisiologia pós-colheita de goiabas 'Pedro Sato': estádios de maturação e padrão respiratório.; Postharvest physiology of guava 'Pedro Sato': stages of maturation and respiratory pattern.

Azzolini, Marisa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/01/2003 Português
Relevância na Pesquisa
37.064775%
A goiaba apresenta elevado grau de perecibilidade necessitando de um manejo pós-colheita eficiente capaz de reduzir os processos de senescência. Para tanto, o conhecimento do padrão respiratório e dos processos envolvidos no amadurecimento é fundamental. O presente trabalho foi realizado com os objetivos de determinar os índices de maturação, a influência dos estádios de maturação na qualidade pós-colheita e o padrão respiratório de goiabas 'Pedro Sato' e avaliar as respostas dos frutos à aplicação do etileno exógeno e ao bloqueador da ação de etileno 1-MCP (1-metilciclopropeno). Na primeira fase determinaram-se os índices de maturação e a influência de três estádios de maturação na qualidade pós-colheita dos frutos. Os frutos foram selecionados em três estádios de maturação segundo a cor da casca: Estádio 1: cor da casca verde-escura; Estádio 2: cor da casca verde-clara; Estádio 3: cor da casca verde-amarela. Os frutos foram armazenados em câmara com temperatura controlada de 23 + 1 o C e 85 + 5 %UR e analisados quanto às mudanças físico-químicas e qualidade sensorial. Na segunda fase do trabalho foi determinado o padrão respiratório dos frutos analisando-se a atividade respiratória, a produção de etileno e as mudanças físico-químicas após a colheita. Analisou-se também a resposta dos frutos à aplicação de etileno (1000ml.l -1 ) e de 1- metilciclopropeno (300nl.l -1 ) também foi avaliada. A cor da casca e a firmeza da polpa foram considerados os melhores índices de maturação. As variáveis físico-químicas apresentaram pouca variação entre os estádios de maturação durante o amadurecimento Porém...

Índices de maturação, ponto de colheita e padrão respiratório de goiabas 'Kumagai' e 'Paluma'. ; Maturation rates, harvest point and respiratory standard of the ‘kumagai’ and ‘paluma’ guavas.

Cavalini, Flavia Cristina
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/06/2004 Português
Relevância na Pesquisa
37.085085%
A goiaba é uma fruta altamente perecível, e o conhecimento de sua fisiologia pós-colheita é fundamental para o emprego adequado de tecnologias, visando aumentar o período de conservação. O presente trabalho foi realizado com os objetivos de determinar índices de maturação; verificar a influência dos estádios de maturação na qualidade pós-colheita e determinar o padrão respiratório para goiabas ‘Kumagai’ e ‘Paluma’. Primeiramente determinaram-se os índices de maturação e a influência de cinco estádios de maturação na qualidade pós-colheita dos frutos. Os frutos foram selecionados em cinco estádios de maturação segundo a cor da casca: Estádio 1: cor da casca verde-escura; Estádio 2: quebra da cor verde; Estádio 3: início da coloração amarela da casca; Estádio 4: cor da casca parcialmente amarela; Estádio 5: frutos com cor da casca totalmente amarela, em seguida, foram armazenados em câmara a 25 + 2ºC e 80-90% UR e avaliados quanto às mudanças físico-químicas e qualidade sensorial. Posteriormente determinou-se o padrão respiratório dos frutos, analisando-se a atividade respiratória, a produção de etileno e as mudanças físico-químicas após a colheita para os estádios 1, 2 e 3. A cor da casca e a firmeza foram consideradas os melhores índices de maturação para ambas as variedades. A variedade Paluma também apresentou o ratio como um bom índice de maturação. As variáveis físico-químicas apresentaram pouca variação entre os estádios de maturação após o amadurecimento...

Maturação e qualidade da uva 'Niagara Rosada' após a colheira; Maturation and quality of 'Niagara Rosada' grape after harvest

Daniel Gomes
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 09/08/2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.10232%
A cultivar de uva Niagara Rosada é a principal uva de mesa brasileira e o Estado de São Paulo é seu maior produtor com cerca de 2000 propriedades vitícolas (OLIVEIRA et al. 2008). O seu cultivo está se expandindo, dentre os fatores responsáveis destacam-se: o menor custo de produção em relação ao cultivo de uvas finas; maior rusticidade e menor necessidade de defensivos agrícolas. Apesar dos 79 anos de existência desde sua identificação e das inúmeras vantagens no cultivo, a uva 'Niagara Rosada' possui pouquíssimos estudos sobre sua pós-colheita, maturação ideal na vindima e suas consequências na vida útil dos frutos, e de sua aceitação pelo consumidor. A uva é comercializada freqüentemente abaixo do índice de maturação de 14o Brix indo contra a legislação brasileira. É comercializada imatura, ou seja, pouco doce, ácida e verde, causando malefícios a toda cadeia. Os produtores costumam comercializá-la mesmo fora da legislação vigente argumentando que não suportariam o manuseio, acondicionamento e transporte caso fossem colhidas no estádio recomendado. Diante do exposto o objetivo desse trabalho foi investigar a variação da qualidade e da vida útil da uva 'Niagara Rosada' quando colhida em diferentes estádios de maturação. Estabelecer faixas de maturação que proporcionem maior vida útil e aceitação dos consumidores e questionar a validade do parâmetro de colheita 14o Brix da legislação brasileira com outro parâmetro a razão sólidos solúveis / acidez titulável...

Associação entre composição corporal e desempenho físico em jovens atletas de acordo com a maturação biológica; Association between body composition and physical performance in young athletes according to the biological maturation

Daniel Leite Portella
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 14/09/2015 Português
Relevância na Pesquisa
37.064775%
OBJETIVOS: Os objetivos do presente estudo foram: 1) verificar se há diferenças nas variáveis de força, velocidade e potência aeróbia nos diferentes estágios de maturação biológica; 2) identificar quais as associações entre os componentes de composição corporal e desempenho físico ao longo do processo maturacional; 3) averiguar qual o comportamento do desempenho físico e composição corporal ao longo da maturação biológica em jovens atletas; 4) Demonstrar a utilidade do Indicador Somático como ferramenta para identificação da maturação biológica. MATERIAL E MÉTODO: 206 atletas do sexo masculino (14,69anos ± 2,31anos) praticantes de futebol de um clube de primeira divisão do estado de São Paulo, Brasil. Como variáveis antropométricas foram coletadas estatura total(EST), estatura tronco-cefálica(ETC), comprimento de membros inferiores(CMMII) e massa corporal total(MCT). Para a força foram coletadas as variáveis Taxa de Desenvolvimento de Força(TDF) e Força Máxima(FM). Quanto à velocidade de deslocamento cíclica as variáveis coletadas foram velocidade em 10m(V10) e velocidade em 40m(V40). Em relação ao aspecto aeróbio foi mensurada a Potência Aeróbia(PAER). Para a mensuração da composição corporal foi utilizado o método de Absormetria por Duplo Raio X(DEXA). As variáveis mensuradas foram Área Mineral Óssea de MMII(AMOMMII)...

Maturação e desenvolvimento embrionário in vitro de oócitos bovinos após bloqueio da meiose com inibidores de MPF; In vitro maturation and embryo development of bovine oocytes after meiosis blockage with MPF inhibitors

Marques, Mariana Groke; Mello, Marco Roberto Bourg de; Tavares, Liliam Mara Trevisan; Nicacio, Alessandra Corallo; Assumpção, Mayra Elena Ortiz D'Avila; Visintin, José Antonio
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2011 Português
Relevância na Pesquisa
37.14125%
O objetivo deste estudo foi avaliar a maturação e o desenvolvimento embrionário após a fecundação in vitro de oócitos bovinos que tiveram a maturação bloqueada com Butirolactona I e Roscovitina em meio de pré-maturação suplementado com soro fetal bovino (SFB). Oócitos foram divididos em 4 grupos: Controle 0 hora, Controle (maturação por 24 horas), Butirolactona I (bloqueio da maturação com 150µM de Butirolactona I por 24 horas, seguido de 24 horas de maturação) e Roscovitina (bloqueio da maturação com 50µM de Roscovitina por 24 horas, seguido de 24 horas de maturação). Para avaliar a maturação nuclear, os oócitos foram fixados e corados em aceto orceína. Parte dos oócitos dos grupos Controle 24 horas, Roscovitina e Butirolactona I após o período de maturação, foi fecundado in vitro. O desenvolvimento embrionário foi avaliado pelos índices de clivagem (D3) e formação de blastocistos (D7). Oócitos do grupo Butirolactona I apresentaram índices de Vesícula Germinativa após o bloqueio e de Metáfase 2 após a maturação semelhantes ao dos grupos Controle 0 hora e Controle, respectivamente. Por outro lado, a Roscovitina apresentou menores índices de Vesícula Germinativa e Metáfase 2. Os grupos Controle e Butirolactona I apresentaram maiores índices de clivagens. O grupo Controle apresentou maior produção de blastocistos que o Roscovitina e não diferiu do grupo Butirolactona I. Conclui-se que a Butiroloactona I pode ser utilizada no sistema de pré-maturação em meio contendo SFB...

Aptidão física de jovens atletas do sexo masculino em relação à idade cronológica e estágio de maturação sexual; Physical fitness of young male athletes related to chronological age and sexual maturity status

Vitor, Fabrício de Mello; Uezu, Rudney; Silva, Felipe Bassoli de Souza e; Böhme, Maria Tereza Silveira
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2008 Português
Relevância na Pesquisa
37.064775%
A necessidade de considerar-se a influência do crescimento físico e da maturação biológica sobre a aptidão física direcionou este estudo a dois objetivos: a) descrever o desenvolvimento dos componentes da aptidão física de jovens atletas do sexo masculino em grupos etários e estágios maturacionais diferentes; b) verificar o impacto da maturação biológica sobre a aptidão física em dois grupos etários diferentes. A amostra foi composta por 218 jovens atletas do sexo masculino subdivididos em dois grupos etários (Grupo A = 12/13 anos; Grupo B = 14/16 anos). Foram realizados testes que envolvem a capacidade aeróbia, potência de membros inferiores e superiores, resistência muscular abdominal, velocidade de deslocamento, agilidade e flexibilidade. A maturação sexual foi realizada de acordo com o protocolo de Tanner (1962). Utilizou-se análise de variância a um fator a fim verificar diferenças entre os estágios de maturação sexual para cada grupo etário. Todos os componentes da aptidão física apresentaram valores crescentes entre os estágios de maturação sexual dos 12 aos 16 anos, com exceção da resistência muscular abdominal que manteve seus valores constantes no grupo de 12 a 13 anos. A maturação sexual teve efeito significante na potência de membros superiores e inferiores...

Obesidade e maturação sexual precoce em escolares de Florianópolis - SC

Adami,Fernando; Vasconcelos,Francisco de Assis Guedes de
Fonte: Associação Brasileira de Pós -Graduação em Saúde Coletiva Publicador: Associação Brasileira de Pós -Graduação em Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 Português
Relevância na Pesquisa
37.085085%
OBJETIVOS: Investigar a associação entre maturação sexual precoce e obesidade em meninos e meninas de 10 a 14 anos de Florianópolis. MÉTODOS: Participaram do estudo 629 escolares entre 10 e 14 anos (277 meninos e 352 meninas), obtidos de duas escolas públicas e duas escolas privadas da região central do município. Foi utilizado o índice de massa corporal (IMC) para determinação de sobrepeso e obesidade. Os valores de Z escore para IMC, peso e estatura foram determinados de acordo com sexo e idade. Para obtenção dos valores de Z escore, utilizou-se o método LMS. A maturação sexual foi avaliada de acordo com planilha contendo 5 estágios de maturação sexual para cada sexo. Os indivíduos foram agrupados por tercis da idade de acordo com estágio e sexo. O 1º tercil foi considerado como maturação sexual precoce; e o 2º tercil, como grupo de referência. RESULTADOS: As meninas com maturação sexual precoce têm maiores valores de Z escore Peso (²=-0,21, p<0,05), Z escore estatura (²=-0,15, p<0,05) e Z escore IMC (²=-0,3, p<0,05) do que as meninas dos outros grupos. Já os meninos com maturação sexual precoce apresentam maiores valores de Z escore estatura (²=-0,21, p<0,05). As meninas com maturação sexual precoce têm duas vezes mais chances de ter sobrepeso...