Página 1 dos resultados de 38 itens digitais encontrados em 0.008 segundos

Desagregação familiar, migrações e idade média ao primeiro casamento

Maia, Rui Leandro
Fonte: Edições Universidade Fernando Pessoa Publicador: Edições Universidade Fernando Pessoa
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2007 Português
Relevância na Pesquisa
16.75%
A desagregação familiar precoce, por óbito de um dos progenitores ou de ambos, terá algum impacte na idade ao primeiro casamento dos filhos? E ao têlo, derivará consoante determinados critérios? Como a morte do progenitor ser a do pai ou ser a da mãe? O nubente ser homem ou ser mulher? Consoante as origens geográficas dos nubentes? A percepção destas diferenças, ao existirem, é de grande importância e permite perceber a influência da mortalidade, das migrações e da nupcialidade em relação à diminuição da capacidade reprodutiva, quase sempre, associada à generalização de métodos contraceptivos, no caso português, com ênfase a partir dos anos quarenta do século XX. O artigo tem por base documental os registos de casamento de uma comunidade urbana na cidade do Porto entre 1940 e 1969 e insere-se no âmbito de uma investigação mais vasta sobre as causas da Transição Demográfica em Portugal, tendo por objectivo, nomeadamente, perceber se os comportamentos entre naturais e migrantes residentes no espaço em observação oscilam em função das variáveis consideradas. The familiar desegregation, by death of the father, or of the mother or of both, will have any impact on the average age to the first suns marriage? And are there some criteria in case of impact? Such as the dead progenitor being father or mother? By sex of those who married? By geographical origins of those who married? The differences...

Nupcialidade e fecundidade na região da Madalena (ilha do Pico)

Santos, Carlota M.
Fonte: Edições Universidade Fernando Pessoa Publicador: Edições Universidade Fernando Pessoa
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2007 Português
Relevância na Pesquisa
27.41%
No presente estudo, foi analisada a informação extraída dos registos de nascimento, casamentos e óbitos em seis comunidades açorianas da ilha do Pico, aplicando a metodologia de “reconstituição de paróquias”. O principal objectivo consiste em descrever a evolução da nupcialidade e da fecundidade na região, entre os séculos XVIII e XIX, destacando comportamentos específicos em diferentes grupos ocupacionais. Os resultados obtidos revelaram acentuados contrastes na idade ao casamento, na fecundidade legítima, na dimensão da família e nos níveis de esterilidade. In this study, we have analysed the information extracted from reccords of birhs, marriages and deaths in six azorean communities from Pico Island, using the “parishes reconstitution” methodology. The main purpose is describing the evolution of regional nupciality and fertility, from the eighteenth to the twentieth centuries, and pointing out specific behaviours in different occupational groups. The results obtained indicate strong contrasts in age at marriage, marital fertility, family size and sterility levels.

Permanência e mudança em duas comunidades do litoral : Figueira da Foz e Buarcos entre 1861 e 1910

Cascão, Rui de Ascensão Ferreira
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
16.75%
A dissertação "Permanência e mudança em duas comunidades do litoral : Figueira da Foz e Buarcos entre 1861 1910" incide sobre uma área situada na zona costeira do Centro do país, durante uma época de grandes transformações urbanísticas, económicas, sociais e mentais. No capítulo I é definido o quadro geográfico em que se inserem as comunidades estudadas. Este capítulo é completado por uma breve introdução de natureza histórica. O capítulo II é dedicado à análise da estática e da dinâmica da população, aos ritmos do crescimento demográfico e respectivos factores. Explicam-se os fenómenos migratórios. As coordenadas demográficas são caracterizadas em pormenor: a nupcialidade, os seus ritmos e estratégias; os aspectos diferenciais da natalidade e da fecundidade; a estrutura da mortalidade (nomeadamente a infantil) e as causas de morte. No capítulo III descrevem-se as actividades económicas da região. Especial atenção merecem os diversos ramos da indústria local (extractiva e transformadora). Insiste-se no papel determinante desempenhado pelo comércio externo do porto da Figueira. O capítulo termina com algumas referências ao papel das instituições financeiras e dos transportes. O capítulo IV é reservado à estratificação e à diferenciação social e seus mecanismos. Analisam-se a distribuição das fortunas privadas e os níveis de vida; caracterizam-se as formas de organização do espaço doméstico e os sinais exteriores de riqueza. Uma outra alínea é consagrada à mobilidade social. No capítulo V estudam-se alguns comportamentos colectivos. Insiste-se no declínio da sociabilidade religiosa (acompanhado por um recuo da observância dos ritos de passagem e da desobriga pascal) e na progressiva diversificação das manifestações de sociabilidade profana. Na Conclusão inventariam-se as mudanças operadas nos planos social...

Reconstituição de uma comunidade histórica : Soure 1685-1735

Pais, Fernando José Gouveia
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
16.75%
A presente dissertação insere-se na área de estudo da reconstituição de comunidades históricas e reconstituição de histórias de vida. A paróquia de Soure, de 1685 a 1735, foi a comunidade reconstituída, assim como foram reconstituídas histórias de vida de alguns dos seus membros. A existência de uma base de dados englobando toda a população da paróquia até 1720, permitiu direccionar a investigação para a referida comunidade. Seguindo a mesma metodologia, efectuou-se a transcrição de registos paroquiais até 1735, permitindo que a base de dados albergue agora no seu interior a população de meio século. A partir desta amostra significativa analisámos a dinâmica populacional no que concerne às variáveis da fecundidade da nupcialidade e da mortalidade, análise que teve diversas abordagens com um enfoque preferencial para a sazonalidade, mas não descurando a ilegitimidade, a origem e fixação dos nubentes, a idade do primeiro casamento, o segundo casamento, a diferença de idades dos noivos e a percentagem de órfãos que casavam. Sempre que possível a respectiva análise foi realizada comparativamente com outras realidades, ou com outros padrões passíveis de caracterizar a população da paróquia de Soure. A reconstituição de histórias de vida advém da abordagem nominal que quisemos imprimir à investigação...

Pelas veredas da senzala : família escrava e sociabilidades no mundo agrário (Campos de Viamão, c. 1740 - c. 1760)

Blanco, Márcio Munhoz
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
16.75%
Esta investigação busca compreender a formação da família escrava nos Campos de Viamão, Rio Grande de São Pedro, em meados do século XVIII. Abordamos tanto a família nuclear quanto o parentesco estabelecido através do compadrio, identificando os sujeitos envolvidos e as circunstâncias de estabelecimento de tais vínculos. A principal documentação utilizada são os registros paroquiais de batismo, matrimônio e róis de confessados. Procuramos combinar a análise de experiências individuais e da quantificação de dados. Verificamos um alto índice de nupcialidade e que estes enlaces estiveram restritos aos limites da propriedade. Constatamos também que casais formados por homem e mulher escravos foram os que mais convidaram pessoas da mesma condição para compadres e comadres; já os casais mistos e mães solteiras preferiam homens e mulheres livres para batizarem seus filhos.; This research seeks to understand the formation of the slave family in Campos de Viamão, Rio Grande de São Pedro, in the mid-eighteenth century. We address both the nuclear family and the kinship established through godparent, identifying the individuals involved and the circumstances of the establishment of such links. The main documents used are the parish records of baptism...

Fronteira e população: um estudo sobre a formação de famílias no povoamento da região centro-oeste de São Paulo, século XIX

Fernandes, Edson
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 168 f. : mapas, gráfs., tabs., fots.
Português
Relevância na Pesquisa
16.75%
Pós-graduação em História - FCHS; Este trabalho utiliza os recursos da Demografia Histórica para estudar os padrões familiares numa região de fronteira. A região oeste da Província de São Paulo, em sua área delimitada pelos rios Tietê e Paranapanema, foi a fronteira do povoamento durante boa parte do século XIX, área de conflitos entre a população indígena que ocupava aquela extensa faixa de terreno e os primeiros povoadores brancos que davam início à formação dos primeiros núcleos urbanos. A precariedade das condições de ocupação dos incipientes núcleos urbanos (ausência de um aparato administrativo, judiciário, educacional etc.) que apenas iniciavam a construção da estrutura institucional, aliada à instabilidade representada pelo perigo de ataques indígenas, dava à região características singulares, típicas, no entanto, de áreas de fronteira. Lençóes foi, durante a segunda metade do século XIX, o último núcleo urbano da fronteira, a chamada boca do sertão, ponto de apoio de expedições que demandavam o vasto território desconhecido da porção oeste da província. A análise dos registros paroquiais e cartoriais de Lençóes permitiu traçar um quadro da família na fronteira. Por ele...

Demografia dos povos indigenas do alto rio Negro/AM : um estudo de caso de nupcialidade e reprodução

Marta Maria do Amaral Azevedo
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 22/04/2003 Português
Relevância na Pesquisa
27.75%
Esta pesquisa se insere nas áreas temáticas da demografia antropológica de etnias, focalizando especificamente a nupcialidade e reprodução, tendo assim uma necessária interface com os estudos etnológicos sobre os povos indígenas em geral e do noroeste amazônico em particular. Pretende-se contribuir com essa interface disciplinar através da incorporação das teorias antropológicas sobre os povos indígenas da região do Alto Rio Negro, noroeste amazônico, testando as hipóteses antropológicas sobre o casamento através de análises demográficas e incorporando nessas análises as idéias e teorias já formuladas. A hipótese que norteia este trabalho é de que as concepções indígenas sobre casamento e reprodução (na antropologia formulada enquanto teorias de aliança e descendência) têm estreitas relações com os padrões de nupcialidade e fecundidade encontrados. Esta discussão que se insere nos estudos demográficos sobre povos indígenas, fecundidade, transição demográfica, e demografia da família; This research is part of the thematic areas of anthropologic ethnic demography, focusing particularly on nuptiality and reproduction, and so it has a necessary interface with the ethnological studies on the Indians peoples in general...

Nupcialidade em São Paulo : um estudo por corte e coorte

Aida C. G. Verdugo Lazo
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/08/1991 Português
Relevância na Pesquisa
16.75%
Não informado; Not informed

Demografia e familia escrava : Franca, SP, Seculo XIX; Demography and slave family : City of Franca, State of São Paulo (Brazil), Nineteenth century

Maisa Faleiros da Cunha
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 18/02/2009 Português
Relevância na Pesquisa
16.75%
O presente trabalho tem como objeto de análise a demografia e a família escrava no município de Franca-SP no decorrer do século XIX. Esse município caracterizou-se por uma economia baseada na atividade criatória (de gado vacum e suíno) e na produção de gêneros de subsistência destinados ao consumo local e ao comércio interno. A elaboração deste trabalho foi norteada pelo desafio de considerar a população escrava a partir do conceito de regime demográfico restrito. Para tanto, as principais fontes documentais utilizadas foram: a Lista Nominativa de Habitantes de 1836, o Recenseamento Geral do Império de 1872, os inventários post mortem (1811-1888) e os registros paroquiais de batismo, casamento e óbito (1806-1888). Dessa forma, apresentamos o contexto espacial e histórico do município de Franca-SP, onde a população escrava vivenciou os eventos vitais e estabeleceu relações sociais. Traçamos a evolução populacional e, de modo especial, caracterizamos a economia que se desenvolveu no período; focalizamos aspectos da demografia escrava e seus condicionantes. Refinando a análise através do cruzamento nominativo de fontes, resgatamos trajetórias demográficas e familiares de um segmento da população escrava pertencente a um grupo específico de senhores. Esse percurso permitiu evidenciar...

Viver no feminino : entre a família e o trabalho : em dois mundos sociais diferentes

Oliveira, Paula Cristina Lima Alves
Fonte: Porto : [Edição do Autor] Publicador: Porto : [Edição do Autor]
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
16.75%
A actual paisagem social portuguesa mostra uma dupla marca de modernidade e de tradição. Enquanto indicadores demográficos como os de nupcialidade, de divorcialidade ou de natalidade parecem mostrar-nos uma sociedade tradicional, as taxas de atividade feminina e os níveis de escolaridade das mulheres mais jovens exibem traços de modernidade. A mulher portuguesa continua, assim, a valorizar a componente familiar, casando e tendo filhos, sem deixar de investir na sua actividade profissional. Embora existam algumas variações regionais, muitas das suas congéneres europeias casam menos e trabalham menos tempo. Esta dissertação de mestrado aborda a relação da mulher com estas duas dimensões fundamentais da sua vida: a família e o trabalho. Partindo dos discursos das mulheres de dois mundos sociais diferentes que, falando na primeira pessoa, revelam as suas práticas, subjectividades e atitudes, explora-se a tese de que embora se esteja na presença de formas diferentes de viver, consoante o volume de capitais das mulheres em questão, existe uma tendência central, um fio condutor que mostra como a identidade fefeminina se constrói na sua relação com a família e o trabalho.

Prainha do Norte : um estudo da nupcialidade 1664-1764

Santos, Isabel Maria Rodrigues
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2004 Português
Relevância na Pesquisa
27.75%
Dissertação de mestrado em História das Populações.; Este trabalho de investigação utilizou o método de Reconstituição de Paróquias desenvolvido por Norberta Amorim. No primeiro capítulo inteiramo-nos das determinações religiosas ligadas ao casamento para percebermos como este foi evoluindo ao longo dos tempos. Explicitamos também o método e as fontes que serviram de base a este trabalho. De seguida, analisamos as condições económicas e sociais da Prainha para podermos demonstrar que esta se encontrava numa situação privilegiada no contexto de toda a ilha do Pico com terras férteis e aráveis. No último capítulo, começamos por demonstrar a influência que a Nupcialidade exerce sobre outras variáveis, como por exemplo, a fecundidade. Para a análise da Nupcialidade na paróquia da Prainha do norte entre 1664 e 1764, dividimos o período analisado em dois: de 1664 a 1713 e de 1714 a 1764 o que trouxe benefícios visíveis à análise dos dados. Verificamos os meses eleitos para a união matrimonial, assim como os dias da semana eleitos para as uniões matrimoniais. Analisamos a idade média ao primeiro casamento em ambos os sexos, assim como as alterações que foram ocorrendo ao longo do período estudado. Estudamos a forma como os nubentes de cada sexo...

Herdeiros e não herdeiros : nupcialidade e celibato no contexto da propriedade enfiteuta

Durães, Margarida
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //1988 Português
Relevância na Pesquisa
27.41%

Natalidade, Nupcialidade e Divorcialidade em Portugal

Mendes, Maria Filomena; Tomé, Lídia Patrícia
Fonte: Fundação Francisco Manuel dos Santos Publicador: Fundação Francisco Manuel dos Santos
Tipo: Parte de Livro
Português
Relevância na Pesquisa
37.75%
Breve análise descritiva da evolução da natalidade e da alteração dos padrões de fecundidade em Portugal, entre 1950 e 2011. O estudo avalia as transformações nos indicadores de fecundidade em Portugal, nomeadamente, o adiamento na idade das mães ao nascimento dos filhos e a diminuição do número de filhos, tendo em conta o seu efeito no presente e o impacto que virá a ter no futuro da sociedade portuguesa. Analisa-se também a evolução da fecundidade nas diferentes regiões de Portugal (NUTS II e III), desde 1991 a 2011. Finalmente, o estudo incide sobre a evolução da nupcialidade e da divorcialidade no país, e também ao nível regional.

A transição da fecundidade e o sistema de respostas múltiplas em Portugal

Oliveira, Isabel Tiago de
Fonte: Imprensa de Ciências Sociais Publicador: Imprensa de Ciências Sociais
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2007 Português
Relevância na Pesquisa
27.96%
O declínio da fecundidade dos casais entre 1920 e 1960 é analisado em articulação com as saídas populacionais e as restrições à nupcialidade. Verificou-se que se encontra mais emigração antes do início do declínio da fecundidade e que a diluição das restrições à nupcialidade só acontece depois. Através de modelos econométricos, confirmou-se a importância da nupcialidade e das migrações, bem como a importância da mortalidade e das transformações sócio-económicas na explicação da diversidade regional do declínio da fecundidade.

A população de Priscos entre os Séculos XVI e XX: estudo demográfico; Priscos population between 16 and 20 Centuries: demographic study

Fernandes, Milene dos Anjos
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2015 Português
Relevância na Pesquisa
27.75%
Dissertação de mestrado em História; A dissertação de mestrado que agora apresentamos tem como objetivo a análise dos comportamentos demográficos e a evolução da população da freguesia de Priscos, atualmente integrada no município de Braga, numa perspetiva microanalítica de longa duração (séculos XVI a XX). Neste sentido, privilegiámos a metodologia de “reconstituição de paróquias” desenvolvida sobre a informação proporcionada pelos registos paroquiais de batismos, casamentos e óbitos que, por cruzamento nominativo, permitiu a construção de uma base de dados demográfica e genealógica, tendo como datas extremas os anos de 1580 e 1910. A partir desta base de dados desenvolvemos a análise das variáveis responsáveis pela dinâmica das populações: nupcialidade, fecundidade e mortalidade. Por outro lado, reconhecendo que a região do Minho se diferencia de outras regiões do país, pela especificidade dos comportamentos demográficos que aí têm vindo a ser detetados, procedemos sempre que possível ao estudo comparativo dos indicadores obtidos para cada uma das variáveis demográficas. Os resultados encontrados para a nupcialidade revelaram tendências próximas das que têm vindo a ser observadas na sub-região do Baixo Minho...

Nupcialidade e fecundidade na região da Madalena (ilha do Pico). Um estudo de demografia diferencial.; Nupcialidade e fecundidade na região da Madalena (ilha do Pico). Um estudo de demografia diferencial.; Nupcialidade e fecundidade na região da Madalena (ilha do Pico). Um estudo de demografia diferencial.; Nupcialidade e fecundidade na região da Madalena (ilha do Pico). Um estudo de demografia diferencial.

M. Santos, Carlota; Universidade do Minho
Fonte: Fundação Fernando Pessoa/Edições Universidade Fernando Pessoa Publicador: Fundação Fernando Pessoa/Edições Universidade Fernando Pessoa
Tipo: article; article; article; article Formato: application/pdf
Publicado em 17/07/2012 Português
Relevância na Pesquisa
28.21%
No presente estudo, foi analisada a informação extraída dos registos de nascimento, casamentos e óbitos em seis comunidades açorianas da ilha do Pico, aplicando a metodologia de “reconstituição de paróquias”.O principal objectivo consiste em descrever a evolução da nupcialidade e da fecundidade na região, entre os séculos XVIII e XIX, destacando comportamentos específicos em diferentes grupos ocupacionais. Os resultados obtidos revelaram acentuados contrastes na idade ao casamento, na fecundidade legítima, na dimensão da família e nos níveis de esterilidade.; In this study, we have analysed the information extracted from reccords of birhs, marriages and deaths in six azorean communities from Pico Island, using the “parishes reconstitution” methodology.The main purpose is describing the evolution of regional nupciality and fertility, from the eighteenth to the twentieth centuries, and pointing out specific behaviours in different occupational groups. The results obtained indicate strong contrasts in age at marriage, marital fertility, family size and sterility levels.; No presente estudo, foi analisada a informação extraída dos registos de nascimento, casamentos e óbitos em seis comunidades açorianas da ilha do Pico...

Desagregação familiar, migrações e idade média ao primeiro casamento: estudo de caso no Bonfim, paróquia da cidade do Porto; Desagregação familiar, migrações e idade média ao primeiro casamento: estudo de caso no Bonfim, paróquia da cidade do Porto; Desagregação familiar, migrações e idade média ao primeiro casamento: estudo de caso no Bonfim, paróquia da cidade do Porto; Desagregação familiar, migrações e idade média ao primeiro casamento: estudo de caso no Bonfim, paróquia da cidade do Porto

Maia, Rui Leandro; Universidade Fernando Pessoa
Fonte: Fundação Fernando Pessoa/Edições Universidade Fernando Pessoa Publicador: Fundação Fernando Pessoa/Edições Universidade Fernando Pessoa
Tipo: article; article; article; article Formato: application/pdf
Publicado em 17/07/2012 Português
Relevância na Pesquisa
17.41%
A desagregação familiar precoce, por óbito de um dos progenitores ou de ambos, terá algum impacte na idade ao primeiro casamento dos filhos? E ao tê-lo, derivará consoante determinados critérios? Como a morte do progenitor ser a do pai ou ser a da mãe? O nubente ser homem ou ser mulher? Consoante as origens geográficas dos nubentes? A percepção destas diferenças, ao existirem,é de grande importância e permite perceber a influência da mortalidade, das migrações e da nupcialidade em relação à diminuição da capacidade reprodutiva, quase sempre, associada à generalização de métodos contraceptivos, no caso português, com ênfase a partir dos anos quarenta do século XX.O artigo tem por base documental os registos de casamento de uma comunidade urbana na cidade do Porto entre 1940 e 1969 e insere-se no âmbito de uma investigação mais vasta sobre as causas da Transição Demográfica em Portugal, tendo por objectivo, nomeadamente, perceber se os comportamentos entre naturais e migrantes residentes no espaço em observação oscilam em função das variáveis consideradas.; The familiar desegregation, by death of the father, or of the mother or of both, will have any impact on the average age to the first suns marriage? And are there some criteria in case of impact? Such as the dead progenitor being father or mother? By sex of those who married? By geographical origins of those who married? The differences...

Nupcialidade nas PNADS-90: um tema em extinção?; Texto para Discussão (TD) 889: Nupcialidade nas PNADS-90: um tema em extinção?; Nuptiality in PNADS-90: a theme in extinction?

Lazo, Aída C. G. Verdugo
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Texto para Discussão (TD)
Português
Relevância na Pesquisa
38.35%
O objetivo deste trabalho é mostrar a importância da variável nupcialidade dentro das Pesquisas Nacionais por Amostra de Domicílios (PNAD) e a lacuna que ficou na segunda metade da década de 1990 quando essa dimensão da vida das pessoas foi completamente eliminada do questionário da PNAD a partir de 1996. A análise está centralizada na única informação sobre nupcialidade levantada nas PNADs de 1992 a 1995, e restrita ao estado conjugal da população de 15 anos e mais. Mesmo assim, esta variável mostra os grandes diferenciais que se observam na população, por estado conjugal, em diversos aspectos, que vão desde diferenciais por educação, passando pelos arranjos familiares, até sua condição de atividade. Por outro lado, também se observam importantes mudanças na distribuição da população casada por tipos de união, o grande aumento das separações e o elevado crescimento dos domicílios monoparentais chefiados por mulheres. Todas essas transformações exigem um acompanhamento ao longo do tempo, considerando-se a grande velocidade com que ocorrem essas mudanças. A análise conclui sobre a urgente necessidade de reincorporar a variável nupcialidade nas próximas PNADs, incluindo quesitos permanentes no questionário da pesquisa e a necessidade de um suplemento especial sobre o tema que permita levantar as histórias de nupcialidade da população. Isso permitirá...

A transição da fecundidade e o sistema de respostas múltiplas em Portugal

Oliveira,Isabel Tiago de
Fonte: Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa Publicador: Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2007 Português
Relevância na Pesquisa
27.96%
O declínio da fecundidade dos casais entre 1920 e 1960 é analisado em articulação com as saídas populacionais e as restrições à nupcialidade. Verificou-se que se encontra mais emigração antes do início do declínio da fecundidade e que a diluição das restrições à nupcialidade só acontece depois. Através de modelos econométricos, confirmou-se a importância da nupcialidade e das migrações, bem como a importância da mortalidade e das transformações sócio- -económicas na explicação da diversidade regional do declínio da fecundidade.

Demografia africana: o caso da fecundidade em Moçambique

Cardoso,Sónia
Fonte: Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa Publicador: Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2007 Português
Relevância na Pesquisa
27.41%
Neste artigo analisa-se a fecundidade em Moçambique, considerando duas premissas para a mudança dos padrões de crescimento populacional. Por um lado, a importância da nupcialidade na regulação do crescimento demográfico e, por outro, a inversão da direcção dos chamados fluxos intergeracionais de riqueza como chave para a transição da fecundidade, nomeadamente em sociedades onde a transição ainda não ocorreu.