Página 1 dos resultados de 2170 itens digitais encontrados em 0.030 segundos

Características físicas e químicas de frutos de maracujazeiro-amarelo enxertado em três porta-enxertos

Cavichioli, José Carlos; Corrêa, Luiz de Souza; Boliani, Aparecida Conceição; Santos, Pedro César dos
Fonte: Sociedade Brasileira de Fruticultura Publicador: Sociedade Brasileira de Fruticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 906-914
Português
Relevância na Pesquisa
88.52822%
O mercado de frutas frescas do maracujá-amarelo valoriza a qualidade interna e externa dos frutos. Assim, este trabalho teve o objetivo de avaliar o efeito do porta-enxerto e do tipo de enxertia na qualidade dos frutos de maracujazeiro-amarelo (Passiflora edulis Sims). O experimento foi conduzido no município de Adamantina-SP, no período de abril de 2006 a junho de 2007, adotando-se o delineamento em blocos ao acaso, em esquema fatorial 3 x 2 + 1 tratamento adicional, com quatro repetições. Os porta-enxertos avaliados foram: P. edulis (maracujá-amarelo), P. alata (maracujá-doce) e P. gibertii (maracujá-giberti), em dois tipos de enxertia: hipocotiledonar e convencional por garfagem tipo fenda cheia e um tratamento adicional, sem enxertia. Utilizou-se como copa o maracujazeiro-amarelo (Passiflora edulis Sims). Avaliaram-se o comprimento, o diâmetro, a massa fresca e a classificação dos frutos no período de novembro de 2006 a abril de 2007, a massa e a espessura da casca dos frutos, o rendimento do suco, o teor de sólidos solúveis totais (SST), a acidez total titulável (ATT) e o ratio (SST/ATT) dos frutos no mês de dezembro de 2006. O diâmetro e a massa fresca de frutos obtidos de plantas enxertadas sobre P. gibertii foram inferiores em relação aos de plantas pé-franco e aos de plantas enxertadas sobre P. alata. Os maiores comprimentos de frutos foram encontrados em plantas não enxertadas. Os porta-enxertos utilizados não influenciaram no teor de SST...

Caracterização morfológica e atributos de qualidade dos frutos de acessos de bananeira em clima subtropical

Souza, Manoel Euzébio de
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: x, 100 f.: il. color. , grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
78.59007%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Agronomia (Horticultura) - FCA; Sabendo da importância da bananicultura para o Brasil, sobretudo para o Estado de São Paulo e a expansão de novos cultivos, o presente trabalho teve como objetivo avaliar o desempenho agronômico, caracterizar atributos de qualidade, bem como aspectos sensoriais dos frutos de acessos de bananeira em Botucatu/SP. Foram avaliadas características de crescimento, tais como altura de planta, circunferência do pseudocaule, número de folhas e número de dias entre o florescimento e a colheita. Estas medidas foram feitas na emissão da inflorescência. Foram mensuradas também as características de produção, como peso do cacho, número de frutos, peso médio dos frutos, produtividade, número de pencas; peso, número, comprimento e diâmetro dos frutos da 2ª penca. Em relação à qualidade dos frutos foram, analisados os atributos físicos e químicos: textura; pH; acidez titulável; sólidos solúveis, açúcares redutores totais; amido e potássio, bem como a aceitação desses acessos através da análise sensorial. O delineamento adotado foi o inteiramente casualisado...

Fenologia, produção e qualidade dos frutos de cultivares de pessegueiro (Prunus Persica L. Bastch) em São Manuel – SP

Segantini, Daniela Mota
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xiii, 84 f. : il. color., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
78.510444%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Agronomia (Horticultura) - FCA; O conhecimento do comportamento de uma cultura em determinada região determina o sucesso da produção e a qualidade de seu produto final. Dentro deste contexto, o presente trabalho teve como objetivo avaliar a fenologia, a produção e a qualidade dos frutos dos cultivares de pessegueiro Granada, Aurora-1, Dourado-2, Aurora-3, Marli e Chiripá, enxertados sobre o porta-enxerto Okinawa, cultivados em área experimental não irrigada e conduzidos no espaçamento 6,0 x 4,0 m. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, constando de 7 tratamentos (cultivares) e 3 repetições, sendo a parcela experimental representada por uma planta. O presente trabalho foi realizado de março a dezembro de 2009 na Fazenda Experimental São Manuel da Faculdade de Ciências Agronômicas da UNESP, Campus de Botucatu, localizada no município de São Manuel - SP. De acordo com os resultados obtidos é possível afirmar que, dentre os cultivares estudados, Granada é o cultivar mais precoce, apresentando florada precoce e o menor ciclo de desenvolvimento dos frutos, Chiripá é o cultivar mais tardio, apresentando florada tardia e o maior ciclo de desenvolvimento dos frutos. Os cultivares Aurora-1 e Dourado-2 são os cultivares mais produtivos e podem ser indicados para a região...

Produtividade e qualidade dos frutos de dois híbridos de tomate tipo cereja, quando produzidos em ambiente protegido e a campo, em Curitibanos – SC

Bonatto, Melina Inês
Fonte: Curitibanos, SC Publicador: Curitibanos, SC
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 21 f.
Português
Relevância na Pesquisa
87.95677%
Projeto acadêmico (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Campus Curitibanos. Ciências Rurais.; O tomate é uma hortaliça de importância econômica, é a segunda hortaliça mais cultivada no Brasil. São encontrados no mercado diversos tipos de tomate, mas os que mais se destacam são o tomate de mesa (Solanum lycopersicum) e o tomate tipo cereja (Solanum lycopersicum var. cerasiforme) que esta ganhando cada vez mais popularidade em todo o mundo. Considerando que o tomate cereja pode ser uma alternativa para agregar valor nas propriedades rurais de Curitibanos, torna-se importante o estudo direcionado a questões de aptidão agrometeorológica da cultura. As análises ambientais, de crescimento e desenvolvimento tem importância fundamental para compreender a dinâmica da cultura, desta forma o presente projeto tem por objetivo avaliar características de crescimento e desenvolvimento de dois híbridos de tomate tipo cereja sob duas condições climáticas diferentes, a campo e em ambiente protegido, para Curitibanos, SC. O experimento será realizado parte em casa de vegetação e parte a campo, será utilizado duas cultivares de tomate tipo cereja. Serão realizadas semanalmente medições de estatura, comprimento e largura das folhas. Os estádios fenológicos serão analisados diariamente...

Efeito do ensacamento na qualidade dos frutos e na incidência da broca-dos-frutos da atemoieira e da pinheira

Pereira,Marlon Cristian Toledo; Bandeira,Nilceu; Antunes Júnior,Roberto Célio; Nietsche,Silvia; Oliveira Júnior,Manoel Xavier de; Alvarenga,Clarice Diniz; Santos,Telma Miranda dos; Oliveira,Janaína Ribeiro
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2009 Português
Relevância na Pesquisa
78.50675%
Este estudo teve por objetivo avaliar o uso de diferentes invólucros nos frutos de atemoieira e pinheira na qualidade físico-química dos frutos e na incidência da broca-dos-frutos, Cerconota anonella. Os experimentos foram instalados em dois pomares comerciais: um de atemoieira no município de Matias Cardoso e outro de pinheira no município de Verdelândia, Norte de Minas Gerais. Os tratamentos para a atemoieira consistiram em: 1) Testemunha (sem ensacamento); 2) Saco plástico leitoso; 3) Saco de TNT (tecido-não-tecido) branco sem fundo e 4) Saco de TNT branco com fundo. Para a pinheira foi modificado apenas o tratamento 2 para saco de papel pardo. Avaliaram-se número de dias da polinização à colheita, número de dias da colheita ao amadurecimento, ocorrência de injúrias e brocas e características físico-químicas dos frutos. Observam-se maior número de dias entre a colheita e o amadurecimento e mais firmeza nos frutos de pinheira não-ensacados. O uso do plástico leitoso controlou a broca em frutos de atemoieira. As características físico-químicas: massa, comprimento, diâmetro dos frutos e teor de sólidos solúveis totais da polpa não foram influenciados pelo uso dos invólucros.

Efeito da época de poda na produção e qualidade de frutos de mirtileiro

Radünz,André Luiz; Acunha,Tanize dos Santos; Kröning,Daiane Pinheiro; Scheunemann,Lucas Celestino; Rassch,Carlos Gustavo; Chaves,Fábio Clasen; Herter,Flávio Gilberto
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2014 Português
Relevância na Pesquisa
78.233594%
As pequenas frutas, como o mirtilo (Vaccinium spp.), apresentam propriedades nutricionais e alto potencial antioxidante. Práticas de manejo como a época de poda podem provocar diferentes respostas nas plantas, devido a alterações nas condições climáticas a que as plantas estarão expostas durante seu período reprodutivo. O objetivo do presente trabalho foi avaliar o efeito da poda seca sobre a produção e atributos de qualidade dos frutos de mirtileiro, cultivares Clímax, Bluegem e Powderblue, nas condições da mesorregião de Pelotas, RS. Foram utilizadas plantas adultas de mirtileiro (Vaccinium spp.) de pomar comercial, localizado no município de Morro Redondo, RS. Plantas em diferentes parcelas foram submetidas a podas em duas datas: poda 1 em 10 de julho de 2012 e a poda 2 em 10 de agosto de 2012. Frutos colhidos no estadio de maturação completa foram avaliados quanto a produção, teor de sólidos solúveis (SS), acidez total titulável (ATT), pH, cor (ºHue), teor de compostos fenólicos totais, teor de antocianinas totais e potencial antioxidante. A época da poda seca influenciou de forma significativa a produção e os atributos de qualidade dos frutos de mirtilo. A poda, quando realizada na época 1, ocasionou maior produção...

Fenologia, produção e qualidade de frutos de mirtilo

Antunes,Luis Eduardo Corrêa; Gonçalves,Emerson Dias; Ristow,Nara Cristina; Carpenedo,Silvia; Trevisan,Renato
Fonte: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira Publicador: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2008 Português
Relevância na Pesquisa
78.285737%
O objetivo deste trabalho foi avaliar o comportamento fenológico, a produtividade e a qualidade de oito cultivares de mirtilo do grupo rabbiteye (Bluegem, Bluebelle, Powderblue, Florida, Delite, Briteblue, Climax e Woodard), na região de Pelotas, RS. O trabalho foi realizado durante os ciclos produtivos de 2003/2004, 2004/2005 e 2005/2006. As plantas foram dispostas no pomar em blocos varietais aleatórios, com 16 plantas por cultivar, no total de quatro linhas, com duas cultivares por linha. Para a análise das características dos frutos, a média de cada ano de avaliação foi considerada como uma repetição. Foram observadas as datas de início e fim da floração, início e final de colheita, massa, diâmetro longitudinal dos frutos, número de frutos por planta, teor de sólidos solúveis totais, produção média por planta e produtividade estimada por hectare. Não houve diferença entre as cultivares avaliadas quanto às características massa, diâmetro médio de frutos e teores de sólidos solúveis totais. Na região de Pelotas, há viabilidade técnica para o cultivo de mirtilo, cujas cultivares Bluebelle, Briteblue e Bluegem são as mais produtivas.

Características físicas e químicas de frutos de maracujazeiro-amarelo enxertado em três porta-enxertos

Cavichioli,José Carlos; Corrêa,Luiz de Souza; Boliani,Aparecida Conceição; Santos,Pedro César dos
Fonte: Sociedade Brasileira de Fruticultura Publicador: Sociedade Brasileira de Fruticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2011 Português
Relevância na Pesquisa
88.52822%
O mercado de frutas frescas do maracujá-amarelo valoriza a qualidade interna e externa dos frutos. Assim, este trabalho teve o objetivo de avaliar o efeito do porta-enxerto e do tipo de enxertia na qualidade dos frutos de maracujazeiro-amarelo (Passiflora edulis Sims). O experimento foi conduzido no município de Adamantina-SP, no período de abril de 2006 a junho de 2007, adotando-se o delineamento em blocos ao acaso, em esquema fatorial 3 x 2 + 1 tratamento adicional, com quatro repetições. Os porta-enxertos avaliados foram: P. edulis (maracujá-amarelo), P. alata (maracujá-doce) e P. gibertii (maracujá-giberti), em dois tipos de enxertia: hipocotiledonar e convencional por garfagem tipo fenda cheia e um tratamento adicional, sem enxertia. Utilizou-se como copa o maracujazeiro-amarelo (Passiflora edulis Sims). Avaliaram-se o comprimento, o diâmetro, a massa fresca e a classificação dos frutos no período de novembro de 2006 a abril de 2007, a massa e a espessura da casca dos frutos, o rendimento do suco, o teor de sólidos solúveis totais (SST), a acidez total titulável (ATT) e o ratio (SST/ATT) dos frutos no mês de dezembro de 2006. O diâmetro e a massa fresca de frutos obtidos de plantas enxertadas sobre P. gibertii foram inferiores em relação aos de plantas pé-franco e aos de plantas enxertadas sobre P. alata. Os maiores comprimentos de frutos foram encontrados em plantas não enxertadas. Os porta-enxertos utilizados não influenciaram no teor de SST...

Intensidade de poda na produção e na qualidade dos frutos de mirtileiro

Radünz,André Luiz; Acunha,Tanize dos Santos; Giovanaz,Marcos Antônio; Herter,Flavio Gilberto; Chaves,Fábio Clasen
Fonte: Sociedade Brasileira de Fruticultura Publicador: Sociedade Brasileira de Fruticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2014 Português
Relevância na Pesquisa
78.302456%
O mirtileiro possui frutos com alto potencial antioxidante e nutracêutico. Este potencial pode ser influenciado pela severidade da poda nas plantas, principalmente em função do impacto na produção e dos efeitos do aumento da radiação solar incidente sobre os frutos. O objetivo do presente trabalho foi avaliar o efeito da intensidade da poda seca sobre a produção e os atributos de qualidade dos frutos de mirtileiro das cultivares Clímax, Bluegem e Powderblue, produzidas na mesorregiäo de Pelotas-RS. Para tal, foi conduzido um experimento no município de Morro Redondo-RS, durante a safra de 2012/2013, sendo utilizadas as cultivares grupo "Rabbiteye", Clímax, Bluegem e Powderblue. A poda foi realizada em três níveis de remoção de ramos: normal, média e leve, no dia 20 de julho de 2012. A intensidade de poda seca exerceu influência sobre a produção e o teor de fitoquímicos dos frutos de mirtileiros. A produção das plantas submetidas a poda leve foi maior que as submetidas a poda média e normal, sendo o mesmo observado em relação ao teor de compostos fenólicos das cvs. Bluegem e Powderblue, enquanto para o teor de antocianinas, a intensidade de poda teve efeito distinto sobre os atributos de qualidade físico-química das diferentes cultivares.

Qualidade dos frutos de crambe durante o armazenamento

Costa,Lílian Moreira; Resende,Osvaldo; Gonçalves,Douglas Nascimento; Sousa,Kelly Aparecida
Fonte: Associação Brasileira de Tecnologia de Sementes Publicador: Associação Brasileira de Tecnologia de Sementes
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2012 Português
Relevância na Pesquisa
78.35244%
Em sementes armazenadas sob condições adequadas, a velocidade do processo de deterioração pode ser diminuída, permitindo a conservação da viabilidade das mesmas por período mais prolongado do que o obtido em condições naturais. Objetivou-se no presente trabalho avaliar a qualidade dos frutos de Crambe abyssinica armazenados em diferentes condições ambientais. Foram utilizados frutos de crambe com teor de agua de 6% b.u. Os testes de condutividade elétrica, absorção de água, porcentagem de germinação e índice de velocidade de germinação (IVG) foram realizados no início do experimento (0 meses) e a cada 2 meses, durante um ano. O armazenamento foi realizado em três condições distintas: condição ambiente (26 ± 3 ºC; 55 ± 12% Umidade Relativa - UR), câmara refrigerada do tipo B.O.D. (5 ± 1 ºC; 79 ±5 % UR) e câmara climatizada com aparelho de ar condicionado (18 ± 1 ºC; 53 ± 7% UR). A câmara climatizada (18 ± 1 ºC; 53 ± 7% UR) conserva melhor a qualidade dos frutos de crambe em relação à condição ambiente (26 ± 3 ºC; 55 ± 12% UR) e câmara refrigerada do tipo B.O.D. (5 ± 1 ºC; 79 ± 5% UR). O armazenamento dos frutos por doze meses, nos três ambientes analisados, promove a quebra de dormência das sementes.

Fontes e doses de nitrogênio e a qualidade dos frutos do mamoeiro

Marinho,Cláudia Sales; Oliveira,Mayron Augusto Borges de; Monnerat,Pedro Henrique; Vianni,Romeu; Maldonado,José Francisco
Fonte: São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" Publicador: São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2001 Português
Relevância na Pesquisa
78.468228%
O nitrogênio é um dos nutrientes cujo fornecimento está relacionado aos maiores aumentos na produtividade do mamoeiro. Entretanto, seu efeito sobre a qualidade dos frutos nem sempre tem se mostrado favorável. Com o objetivo de verificar o efeito de fontes e doses de nitrogênio sobre algumas características qualitativas dos frutos do mamoeiro (Carica papaya L.) cv. Improved Sunrise Solo Line 72/12, conduziu-se este trabalho. O experimento foi conduzido no campo, sobre um Argissolo Amarelo, no primeiro ano da cultura, em delineamento de blocos casualizados. Foram estudadas três doses de N (10, 20 e 30 g planta-1 mês-1), e duas fontes de nitrogênio (sulfato de amônio e nitrato de amônio). Avaliaram-se o número de frutos por planta, o peso médio dos frutos, o pH, a acidez titulável, o teor de ácido ascórbico e os sólidos solúveis totais. O aumento das doses de N foi acompanhado por um aumento linear do número de frutos por planta. O peso médio dos frutos, o pH e o teor de ácido cítrico não foram afetados pelos tratamentos. O sulfato de amônio provocou um decréscimo linear dos sólidos solúveis totais com o aumento das doses de N. A aplicação de nitrato de amônio promoveu maior produção de frutos com teor mais elevado de vitamina C.

Fenologia, produção e qualidade de frutos de mirtilo.

ANTUNES, L.E.C.; GONÇALVES, E.D.; RISTOW, N.C.; CARPENEDO, S.; TREVISAN, R.
Fonte: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasilia, DF, v. 43, n.8, p.1011-1015, ago. 2008. Publicador: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasilia, DF, v. 43, n.8, p.1011-1015, ago. 2008.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
78.285737%
O objetivo deste trabalho foi avaliar o comportamento fenológico, a produtividade e a qualidade de oito cultivares de mirtilo do grupo rabbiteye (Bluegem, Bluebelle, Powderblue, Florida, Delite, Briteblue, Climax e Woodard), na região de Pelotas, RS. O trabalho foi realizado durante os ciclos produtivos de 2003/2004, 2004/2005 e 2005/2006. As plantas foram dispostas no pomar em blocos varietais aleatórios, com 16 plantas por cultivar, no total de quatro linhas, com duas cultivares por linha. Para a análise das características dos frutos, a média de cada ano de avaliação foi considerada como uma repetição. Foram observadas as datas de início e fim da floração, início e final de colheita, massa, diâmetro longitudinal dos frutos, número de frutos por planta, teor de sólidos solúveis totais, produção média por planta e produtividade estimada por hectare. Não houve diferença entre as cultivares avaliadas quanto às características massa, diâmetro médio de frutos e teores de sólidos solúveis totais. Na região de Pelotas, há viabilidade técnica para o cultivo de mirtilo, cujas cultivares Bluebelle, Briteblue e Bluegem são as mais produtivas.; 2008

Res?duos de agrot?xicos em morangos e influ?ncia de filmes biodegrad?veis na qualidade dos frutos no armazenamento p?s-colheita; Pesticide residues in strawberries and influence of biodegradable films on fruit quality in post-harvest storage.2012.143p. Master`s Dissertation (StrictuSensuGraduate Program in Chemistry)

Guedes, Tiago de Jesus
Fonte: UFVJM Publicador: UFVJM
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
78.665303%
ABSTRACT Strawberries fruits are highly appreciated by consumers for their sensory and nutritional characteristics and for promoting benefits to human health. However, during its cultivation, indiscriminate use of pesticides in crop can make the fruits unfit for consumption. Besides, it is necessary the adoption of measures to prolong the life of the fruits after harvest. In order to characterize the quality of the fruit sold in Diamantina, Brazil, and also to propose techniques to improve the conservation of strawberries in post-harvest storage this work was conducted, and carried out in two experiments. In the first, we tried to identify and to quantify pesticide residues in fruits which were collected in seven farms in the region in three different eras. The extraction of pesticides was performed by solid-liquid matrix extraction with partition under low temperature (SLE-LTP) and the detection and quantification were performed by gas chromatography with electron capture detector. In 28.57% of the samples were not detected residues of pesticides azoxystrobin, bifenthrin, cypermethrin, chlorothalonil, chlorpyrifos, difenoconazole, endosulfan, iprodione, ?-cyhalothrin and permethrin. In 33.33% of these samples, there have been noticed residues below the maximum residue limit (MRL) established and in 38.10% of the samples...

Produção e qualidade físico-química de frutos de laranjeiras 'Valência' em diferentes intensidades e frequências de poda

Santarosa,Emiliano; Koller,Otto Carlos; Casamali,Bruno; Petry,Henrique Belmonte
Fonte: Sociedade Brasileira de Fruticultura Publicador: Sociedade Brasileira de Fruticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2013 Português
Relevância na Pesquisa
78.364673%
A poda de frutificação em citricultura pode ser aplicada com o objetivo de controlar o crescimento vegetativo e promover a formação de novos ramos frutíferos. Neste sentido, o objetivo deste trabalho foi avaliar diferentes regimes de poda manual em pomares jovens de Laranjeiras 'Valência', cultivadas em manejo convencional. Utilizou-se um pomar com espaçamento de 5,0 x 2,5 m, implantado em 2001 no município de Montenegro-RS, Brasil. Os tratamentos, com início em 2004, foram: A - Testemunha (sem poda); B - Poda anual de 15%; C - Poda bienal de 15%; D - Poda bienal de 30%; e E - Poda trienal de 30% do volume da copa. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso, sendo quatro repetições e quatro plantas por parcela. Foram avaliados o número de frutos, massa total e massa média de frutos nas safras de 2006, 2007 e 2008. Foram avaliados aspectos relativos à qualidade dos frutos, como teor de sólidos solúveis totais (SST), acidez total titulável (ATT) e relação SST/AT. As podas de frutificação não alteraram significativamente a produção total de três safras, nem a qualidade físico-química dos frutos, em pomares de laranjeiras 'Valência' com menos de sete anos de idade, em sistema de manejo convencional.

Radiação, fotossíntese, rendimento e qualidade de frutos em macieiras 'Royal Gala' cobertas com telas antigranizo

Amarante,Cassandro Vidal Talamini do; Steffens,Cristiano André; Mota,Clenilso Sehnen; Santos,Henrique Pessoa dos
Fonte: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira Publicador: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2007 Português
Relevância na Pesquisa
78.287065%
O objetivo deste trabalho foi avaliar a intensidade e a qualidade da radiação solar disponibilizada às plantas e os seus impactos sobre a fotossíntese, rendimento e qualidade dos frutos, em macieiras 'Royal Gala', cobertas ou não com telas antigranizo nas cores branca e preta. A tela preta provocou redução maior na densidade de fluxo de fótons fotossinteticamente ativos acima do dossel das plantas (24,8%), em comparação à tela branca (21,2%). O interior do dossel das plantas sob tela preta recebeu menores valores de radiação ultravioleta, azul, verde, vermelho e vermelho distante, bem como da relação vermelho:vermelho distante, em relação às plantas descobertas. Estas alterações na quantidade e qualidade da luz sob tela preta aumentaram o teor de clorofila total e a área específica nas folhas, e reduziram a taxa fotossintética potencial, o peso de frutos por cm² de seção transversal de tronco e a coloração vermelha dos frutos. As telas antigranizo branca e preta reduziram a incidência de queimadura de sol, porém não tiveram efeito sobre a severidade de "russeting" e sobre o número de sementes por fruto.

Disponibilidade de luz em macieiras 'Fuji' cobertas com telas antigranizo e seus efeitos sobre a fotossíntese, o rendimento e a qualidade dos frutos

Amarante,Cassandro Vidal Talamini do; Steffens,Cristiano André; Miqueloto,Aquidauana; Zanardi,Odimar Zanuzo; Santos,Henrique Pessoa dos
Fonte: Sociedade Brasileira de Fruticultura Publicador: Sociedade Brasileira de Fruticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2009 Português
Relevância na Pesquisa
88.27633%
Em pomares de macieira, o dano de granizo pode ser evitado através da cobertura das plantas com telas. Todavia, as telas alteram a intensidade e a qualidade da luz solar e, assim, podem comprometer o rendimento e a qualidade dos frutos. Este trabalho objetivou avaliar estes aspectos em macieiras 'Fuji', cobertas com telas nas cores branca e preta. A tela preta ocasionou maiores reduções na densidade de fluxo de fótons fotossinteticamente ativos (DFFFA) disponíveis às plantas (24,8%) em relação à tela branca (21,2%). O interior do dossel das plantas sob tela, especialmente quando cobertas com tela preta, recebeu radiação com menores valores da relação vermelho:vermelho distante (V:Vd) em relação às plantas descobertas. Somente sob tela preta, a magnitude das reduções na DFFFA e na relação V:Vd da luz foi capaz de aumentar a área média e a área específica das folhas e reduzir a taxa fotossintética potencial, reduzindo assim o rendimento (número e peso de frutos por cm² de seção transversal de tronco) e a coloração vermelha dos frutos. As telas antigranizo branca e preta reduziram a incidência de queimadura de sol, porém não afetaram a severidade de "russeting" e o número de sementes por fruto.

Radiação, fotossíntese, rendimento e qualidade de frutos em macieiras 'Royal Gala' cobertas com telas antigranizo

AMARANTE, C.V.T. do; STEFFENS, C.A.; MOTA, C.S.; SANTOS, H.P. dos
Fonte: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v. 42, n.7, p. 925-931, jul. 2007 Publicador: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v. 42, n.7, p. 925-931, jul. 2007
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
78.287065%
O objetivo deste trabalho foi avaliar a intensidade e a qualidade da radiação solar disponibilizada às plantas e os seus impactos sobre a fotossíntese, rendimento e qualidade dos frutos, em macieiras 'Royal Gala', cobertas ou não com telas antigranizo nas cores branca e preta. A tela preta provocou redução maior na densidade de fluxo de fótons fotossinteticamente ativos acima do dossel das plantas (24,8%), em comparação à tela branca (21,2%). O interior do dossel das plantas sob tela preta recebeu menores valores de radiação ultravioleta, azul, verde, vermelho e vermelho distante, bem como da relação vermelho:vermelho distante, em relação às plantas descobertas. Estas alterações na quantidade e qualidade da luz sob tela preta aumentaram o teor de clorofila total e a área específica nas folhas, e reduziram a taxa fotossintética potencial, o peso de frutos por cm2 de seção transversal de tronco e a coloração vermelha dos frutos. As telas antigranizo branca e preta reduziram a incidência de queimadura de sol, porém não tiveram efeito sobre a severidade de "russeting" e sobre o número de sementes por fruto.; 2007

Influência do sistema de condução na produção e na qualidade dos frutos das videiras 'Folha de Figo' e 'Niagara Rosada' em Caldas, MG

Norberto,Paulo Márcio; Regina,Murillo de Albuquerque; Chalfun,Nilton Nagib Jorge; Soares,Angela Maria; Fernandes,Vanessa Brito
Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2008 Português
Relevância na Pesquisa
78.27633%
O presente trabalho foi desenvolvido na Estação de Viticultura e Enologia da EPAMIG em Caldas-MG, e objetivou avaliar a influência do sistema de condução na produção e na qualidade dos frutos das videiras 'Folha de Figo' e 'Niagara Rosada' durante as safras 2003, 2004 e 2005. Como cultivares copa utilizou-se 'Niagara Rosada' e 'Folha de Figo', enxertadas no porta-enxerto '420-A'. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, em fatorial 4x2. Os sistemas de condução adotados foram cordão simples, pérgula, espaldeira e lira. Avaliaram-se as variáveis: massa e número médio de ramos; crescimento dos ramos; número de cachos; produção/planta; produtividade estimada/ha; análise química dos frutos; teor de sólidos solúveis totais (ºBrix); acidez total titulável (meq.L-1) e pH. Verificou-se que os sistemas espaldeira, lira e pérgula promoveram as maiores médias de massa e número de ramos em ambas variedades. Os sistemas de condução pérgula e cordão simples propiciaram uma certa precocidade em ambas cultivares. O porte descendente promovido pelo cordão simples induziu um menor crescimento de ramos. Os sistemas de condução foram semelhantes para a variável produção/planta para a cultivar 'Niagara Rosada' enquanto que para 'Folha de Figo' a lira foi superior. Os sistemas de condução lira e espaldeira apresentaram videiras com maiores produtividades para as cultivares estudadas. E as videiras conduzidas nos sistemas cordão simples e pérgula produzem frutos com melhor qualidade para ambas cultivares.

Crescimento, produção e qualidade de frutos de atemoieira ‘Gefner’ submetida a diferentes intensidades de poda

Mota Filho,Virgílio Jamir Gonçalves; Pereira,Marlon Cristian Toledo; Nietsche,Silvia; Maia,Victor Martins; Santos,Marcos Gleidson Pereira dos; Fernandes,Thiago Prates
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/11/2013 Português
Relevância na Pesquisa
78.51141%
Incrementos na produtividade e na qualidade dos frutos de atemoieira, principalmente no período de entressafra, são prioridades dos produtores. O presente trabalho teve como objetivo avaliar o crescimento e a produção da atemoieira 'Gefner' submetida a diferentes intensidades de poda. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados com cinco tratamentos, quatro repetições e uma planta por parcela. Os tratamentos utilizados foram ramos podados com 10, 20, 30, 40 e 50cm de comprimento. Foram avaliados o número de flores, comprimento e diâmetro dos ramos brotados, diâmetro da copa e altura da planta, número de frutos na pré-colheita e colheita, peso total de frutos, peso médio de frutos, diâmetro dos frutos, comprimento dos frutos, peso da casca dos frutos, peso de polpa e semente dos frutos, teor de sólidos solúveis, acidez titulável e pH. As características avaliadas foram submetidas à análise de variância, tendo os efeitos dos diferentes comprimentos dos ramos podados testados e ajustados em equações de regressão. Não foram observados efeitos significativos sobre as características altura de plantas, diâmetro da copa, peso total de frutos, diâmetro dos frutos, comprimento dos frutos, peso da casca dos frutos...

Fontes e doses de nitrogênio e a qualidade dos frutos do mamoeiro;;; Nitrogen sources and rates, and the papaya fruit quality

Marinho, Cláudia Sales; Oliveira, Mayron Augusto Borges de; Monnerat, Pedro Henrique; Vianni, Romeu; Maldonado, José Francisco
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Publicador: Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2001 Português
Relevância na Pesquisa
78.468228%
O nitrogênio é um dos nutrientes cujo fornecimento está relacionado aos maiores aumentos na produtividade do mamoeiro. Entretanto, seu efeito sobre a qualidade dos frutos nem sempre tem se mostrado favorável. Com o objetivo de verificar o efeito de fontes e doses de nitrogênio sobre algumas características qualitativas dos frutos do mamoeiro (Carica papaya L.) cv. Improved Sunrise Solo Line 72/12, conduziu-se este trabalho. O experimento foi conduzido no campo, sobre um Argissolo Amarelo, no primeiro ano da cultura, em delineamento de blocos casualizados. Foram estudadas três doses de N (10, 20 e 30 g planta-1 mês-1), e duas fontes de nitrogênio (sulfato de amônio e nitrato de amônio). Avaliaram-se o número de frutos por planta, o peso médio dos frutos, o pH, a acidez titulável, o teor de ácido ascórbico e os sólidos solúveis totais. O aumento das doses de N foi acompanhado por um aumento linear do número de frutos por planta. O peso médio dos frutos, o pH e o teor de ácido cítrico não foram afetados pelos tratamentos. O sulfato de amônio provocou um decréscimo linear dos sólidos solúveis totais com o aumento das doses de N. A aplicação de nitrato de amônio promoveu maior produção de frutos com teor mais elevado de vitamina C.; Nitrogen supplement is related to the major increases in yield...