Página 1 dos resultados de 11356 itens digitais encontrados em 0.011 segundos

A PCR assay to detect trace amounts of soybean in meat sausages

Soares, Sónia; Mafra, I.; Amaral, J.S.; Oliveira, M.B.P.P.
Fonte: International Journal of Food Science and Technology Publicador: International Journal of Food Science and Technology
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
36.86%
Soybean proteins are the most widely used source vegetable proteins in the meat industry because of several interesting characteristics. As soybean is included in the group of ingredients potentially allergenic, if not declared, it can be considered a hidden allergen, representing a potential risk to sensitised individuals. The aim of this work was to optimise and apply DNA-based techniques for soybean detection in meat products, as alternative to the currently used protein-based methods. The optimised polymerase chain reaction (PCR) protocol targeting the soybean lectin gene enabled the detection of the addition of 0.1% and 0.5% of hydrated textured protein, which corresponded to 0.01% and 0.06% (w ⁄ w) of soybean protein in unprocessed and heat-processed pork meats, respectively. The established PCR technique, when applied to commercial meat sausages (eighteen samples), confirmed the presence of soybean declared in nine samples and indicated the presence of soybean in four samples with no labelled information about soybean. Additionally, the event-specific PCR detection of Roundup Ready soybean was also performed, enabling the detection of transgenic DNA in three samples.

Resíduos de glifosato e ácido aminometilfosfônico e teores de isoflavonas em soja BRS 244 RR e BRS 154; Residues of glyphosate and aminomethylphosphonic acid and levels of isoflavones in BRS 244 RR and BRS 154 soybean

BOHM, Giani Mariza Bärwald; GENOVESE, Maria Inés; PIGOSSO, Gustavo; TRICHEZ, Daniel; ROMBALDI, Cesar Valmor
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
36.84%
A principal forma de controle das plantas daninhas durante o cultivo de soja geneticamente modificada (GM RR) BRS 244 RR é o uso de glifosato. Porém, existem dúvidas quanto à segurança desse herbicida, à qualidade dos grãos e do solo da soja GM RR cultivada em Planossolo. Resíduos da molécula do glifosato e do metabólito ácido aminometilfosfônico (AMPA) podem estar presentes nos grãos, bem como, podem afetar a concentração de isoflavonas. Por isso, avaliaram-se as sojas BRS 244 RR e BRS 154 cultivadas nos seguintes tratamentos: T1 - soja BRS 244 RR, sem aplicação de herbicida, com capina manual aos 28 dias após o plantio (dap); T2 - soja BRS 154 sem aplicação de herbicida, com capina manual também aos 28 dap; T3 - soja BRS 244 RR com uma aplicação de glifosato a 960 g ia ha-1 aos 28 dap; T4 - soja BRS 244 RR com duas aplicações de glifosato a 960 g ia ha-1 aos 28 e 56 dap; T5 - soja BRS 244 RR com uma aplicação de herbicida imazetapir a 100 g ia ha-1 aos 28 dap; T6 - soja BRS 154 com uma aplicação de herbicida imazetapir a 100 g ia ha-1 aos 28 dap. Verificou-se que a aplicação de glifosato no controle de plantas daninhas resultou em teores elevados de glifosato e ácido aminometilfosfônico no solo. Nos grãos...

Differences in throughfall and net precipitation between soybean and transitional tropical forest in the southern Amazon, Brazil

Baese, Frank; Elsenbeer, Helmut; Neill, Christopher; Krusche, Alex V.
Fonte: ELSEVIER SCIENCE BV; AMSTERDAM Publicador: ELSEVIER SCIENCE BV; AMSTERDAM
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
36.86%
The expansion of soybean cultivation into the Amazon in Brazil has potential hydrological effects at local to regional scales. To determine the impacts of soybean agriculture on hydrology, a comparison of net precipitation (throughfall, stemflow) in undisturbed tropical forest and soybean fields on the southern edge of the Amazon Basin in the state of Mato Grosso is needed. This study measured throughfall with troughs and stemflow with collar collectors during two rainy seasons. The results showed that in forest 91.6% of rainfall was collected as throughfall and 0.3% as stemflow, while in soybean fields with two-month old plants, 46.2% of rainfall was collected as throughfall and 9.0% as stemflow. Hence, interception of precipitation in soybean fields was far greater than in intact forests. Differences in throughfall, stemflow and net precipitation were found to be mainly associated with differences in plant structure and stem density in transitional forest and soybean cropland. Because rainfall interception in soybean fields is higher than previously believed and because both the area of cropland and the frequency of crop cycles (double cropping) are increasing rapidly, interception needs to be reconsidered in regional water balance models when consequences of land cover changes are analyzed in the Amazon soybean frontier region. Based on the continued expansion of soybean fields across the landscape and the finding that net precipitation is lower in soy agriculture...

Antecipação da adubação da soja na cultura de Eleusine coracana (L.) Gaertn., em sistema de plantio direto.; Anticipation of the soybean fertilization on the Eleusine coracana (l.) Gaertn., in a no-till system.

Francisco, Eros Artur Bohac
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/01/2003 Português
Relevância na Pesquisa
36.84%
O presente experimento teve por objetivo avaliar o efeito da antecipação da adubação da cultura da soja no acúmulo de matéria seca e extração de nutrientes pelo capim-pé-de-galinha (Eleusine coracana (L.) Gaertn.) e no acúmulo de matéria seca e exportação de nutrientes pela cultura da soja em sucessão, em sistema de plantio direto. O experimento foi conduzido em área experimental da Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (USP/ESALQ), no município de Piracicaba – SP, durante o ano agrícola de 2001/2002, em solo LATOSSOLO AMARELO Distrófico. O cultivar de soja utilizado foi o BRS-133. A adubação, segundo a recomendação oficial para o estado de São Paulo, consistiu da aplicação de 90 kg de P2O5 ha -1 , 50 kg de K2O ha -1 e de micronutrientes (Co, Cu, Fe, Mn, Mo e Zn). Os tratamentos consistiram em níveis de antecipação da adubação da soja para a cultura do capim-pé-de-galinha (T1: 0%; T2: 50% de P; T3: 50% de K; T4: 100% de P; T5: 100% de K; T6: 50% de P e K; T7: 100% de P e 50% de K; T8: 50% de P e 100 % de K; T9: 100% de P e K; T10: micronutrientes; T11: 100% de P e K + micronutrientes; T12: controle), totalizando 12 tratamentos, delineados em blocos completos ao acaso com três repetições. As características avaliadas foram: produção de matéria seca...

Produtividade da soja em semeadura direta com antecipação da adubação fosfatada e potássica na cultura de Eleusine coracana (L.) Gaertn.; Soybean yield with phosphorus and potassium prefertilization on the Eleusine coracana (L.) Gaertn. in a no-tillage system.

Segatelli, Cláudio Roberto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/12/2004 Português
Relevância na Pesquisa
36.86%
O presente experimento teve por objetivo avaliar a produtividade agrícola da soja em sistema de semeadura direta com antecipação da adubação fosfatada e potássica na cultura de Eleusine coracana, sustentando-se a hipótese de que a produtividade da soja não é reduzida devido à antecipação da adubação de base para a cultura de Eleusine coracana (L.) Gaertn. (capim-pé-de-galinha). O experimento foi conduzido na Estação Experimental Anhembi, Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (USP/ESALQ), no município de Piracicaba-SP, localizada à margem direita do Rio Tietê, na cabeceira da represa de Barra Bonita-SP, entre as coordenadas 22º 45’e 22º 50’ de latitude Sul, e 48º 00’ e 45º 05’de longitude Oeste, durante o ano agrícola de 2001/2002, em LATOSSOLO AMARELO Distrófico. A adubação, segundo a recomendação oficial para o estado de São Paulo, consistiu da aplicação de 90 kg de P2O5 ha-1, 50 kg de K2O ha-1 e de micronutrientes (Co, Cu, Fe, Mn, Mo e Zn). O experimento adotou delineamento em blocos completos ao acaso com três repetições. Os tratamentos experimentais consistiram em diferentes níveis de antecipação da adubação da soja, para a cultura do capim-pé-de-galinha, totalizando 12 tratamentos: T1 = nenhuma adubação; T2 = adubação convencional na soja; T3 = 50% de K...

Mapeamento de genes de resistência à ferrugem e de QTLs envolvidos na resistência à septoriose em soja; Mapping resistance genes to soybean rust and QTLs involved in brown spot resistance in soybean

Brogin, Rodrigo Luis
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 21/10/2005 Português
Relevância na Pesquisa
36.84%
A ocorrência de doenças em soja tem aumentado nos últimos anos, provocando grandes perdas em plantios comerciais e exigindo respostas rápidas da pesquisa para desenvolvimento e aplicação de técnicas de controle. Mais de 40 doenças afetam a cultura da soja em todo o mundo e dentre elas estão a ferrugem asiática (Phakopsora pachyrhizi Sydow) e a septoriose ou mancha parda (Septoria glycines Hemmi). Estas doenças estão disseminadas em praticamente todas as regiões produtoras de soja do Brasil. Os objetivos desse trabalho foram mapear o gene que confere resistência a P. pachyrhizi presente na cultivar de soja FT-2 e QTLs envolvidos na resistência a S. glycines, utilizando uma população de plantas F2 derivada do cruzamento entre as cultivares FT-2 (resistente) e Davis (suscetível). Marcadores microssatélites foram testados nos genitores, sendo os polimórficos utilizados para genotipar as plantas da geração F2. Progênies F3:2 e F4:2 foram obtidas e avaliadas para reação às doenças. Para a ferrugem da soja foram detectados cinco marcadores associados ao caráter, sendo que dois deles (Satt079 e Satt307) flanqueiam o gene dominante de resistência, que foi mapeado no grupo de ligação C2 da soja. Uma eficiência de seleção de 100% foi obtida com o uso simultâneo destes dois últimos marcadores...

Agricultura e Meio Ambiente: percepções e práticas de sojicultores em Rio Verde-GO ; Agriculture and environment: perceptions and practices of soybean-planters in Rio Verde-GO.

Barreto, Clarissa de Araújo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/04/2007 Português
Relevância na Pesquisa
36.89%
A agricultura foi responsável por transformar os modos de vida há milhares de anos atrás. Mais recentemente, a transformação desencadeada pela agricultura ocorreu através da modernização de seus processos produtivos. Em território brasileiro, a modernização agrícola possibilitou amplamente o cultivo de soja. A alta demanda e os bons preços no mercado internacional incitaram a promoção de políticas de incentivo ao cultivo de soja, principalmente no bioma Cerrado. Ademais os benefícios econômicos, a sojicultura realizada nos moldes da modernização agrícola brasileira, com grandes aportes mecânicos e químicos, e manutenção da estrutura fundiária causa impactos ambientais e sociais. Desmatamento, poluição de cursos d’água, erosão, compactação de solos, intoxicação e concentração de terra são alguns desses problemas. No presente trabalho, procurou-se traçar o perfil e verificar as percepções e práticas de um grupo de produtores de soja, isto é, sojicultores, atores sociais envolvidos com o cultivo de soja, em torno de sua atividade produtiva e do meio ambiente. A pesquisa se realizou no município maior produtor de soja de Goiás, Rio Verde, cuja vegetação nativa é típica de Cerrado. Também se procurou verificar a existência e a situação dos problemas ambientais mais percebidos pelo grupo de sojicultores em Rio Verde. Para alcançar tais objetivos...

Ferrugem asiática da soja: relações entre o atraso do controle químico, rendimento, severidade e área foliar sadia de soja (Glycine max L. Merril); Asian soybean rust: relationship between delay of chemical control, yield, severity and healthy leaf area of soybean (Glycine max L. Merril)

Calaça, Helen Alves
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/01/2008 Português
Relevância na Pesquisa
36.96%
O controle da ferrugem asiática é altamente dependente do tratamento com fungicidas. A decisão do momento correto da aplicação é fundamental para a eficiência do tratamento, visto que atrasos na efetuação do controle podem torná-lo tão ineficaz quanto à ausência de aplicações. O dano provocado pela ferrugem asiática é decorrente da redução da área foliar, devido à destruição do tecido vegetal e desfolha precoce. Tendo em vista a influência que o atraso no controle tem sobre a ferrugem asiática, e esta sobre a folhagem das plantas de soja, o dano pode ser melhor compreendido com o uso de variáveis que captem modificações na área foliar do hospedeiro. Com os objetivos de avaliar o efeito do atraso no controle da ferrugem asiática sobre o rendimento e os componentes do rendimento, a duração (HAD), a absorção da área foliar sadia (HAA) de plantas de soja e sobre a severidade da doença e examinar as relações entre o rendimento de soja com a duração, absorção da área foliar sadia e severidade da ferrugem asiática, foram conduzidos cinco experimentos no Centro de Pesquisa e Desenvolvimento Agrícola da Arysta LifeScience, em Pereiras-SP. Os experimentos envolveram um tratamento preventivo e tratamentos que corresponderam a atrasos crescentes na efetuação do controle químico. As relações entre os parâmetros citados acima foram avaliadas por meio de testes de comparação de médias (LSD) e regressões lineares e não lineares (p<=0...

Grão de soja cru e integral na alimentação de vacas leiteiras; Whole and raw soybean in feeding of dairy cows

Barletta, Rafael Villela
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/12/2010 Português
Relevância na Pesquisa
36.9%
O presente estudo foi conduzido com o objetivo de avaliar os efeitos de diferentes níveis de inclusão de grão de soja cru e integral na alimentação de vacas leiteiras em início de lactação, e seus efeitos sobre o consumo e digestibilidade da matéria seca e nutrientes, fermentação ruminal, síntese de proteína microbiana, produção e composição do leite, perfil de ácidos graxos da gordura do leite, concentrações de parâmetros sanguíneos, balanço de energia e nitrogênio, excreção e composição do grão de soja presente nas fezes e desempenho produtivo. Foram utilizadas 12 vacas da raça Holandesa, agrupadas em três quadrados latinos balanceados e contemporâneos 4x4, alimentadas com as seguintes rações: 1) Controle (C), composto por ração sem a inclusão de grão de soja; 2) Grão de soja integral 8% (G8), 3) Grão de soja integral 16% (G16), e 4) Grão de soja integral 24% (G24), com a utilização respectivamente, de 8,0, 16,0 e 24% de grão de soja cru e integral na ração, na matéria seca. A produção de leite e o consumo de matéria seca foram mensurados diariamente durante todo o período experimental. As amostras utilizadas para análise da composição do leite foram coletadas no 16o dia de cada período experimental...

O cultivo da soja na região sudeste da Amazônia e suas implicações na dinâmica de nitrogênio; Soybean cultivation in the southeast Amazon and its implications to the nitrogen dynamics

Figueira, Adeláine Michela e Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/03/2013 Português
Relevância na Pesquisa
36.86%
A expansão agrícola tem provocado modificações expressivas na dinâmica de nitrogênio (N) em sistemas tropicais. No Brasil, a expansão dos cultivos de soja é uma realidade e, portanto, investigações a cerca dos processos que controlam o ciclo de nitrogênio nestes sistemas são fundamentais. A fixação biológica de nitrogênio (FBN) por leguminosas pode promover aportes significativos de N nos sistemas agrícolas em solos tropicais, no entanto, o destino destes aportes e o balanço entre entradas e saídas de N não é completamente entendido. Este trabalho teve como objetivo investigar comparativamente a dinâmica de nitrogênio em cultivos de soja e floresta no estado de Mato Grosso, sudeste da Amazônia. Foram determinados o 'delta'15N e %N do solo e da vegetação, estoques de N e C, N-NO3-, N-NH4+, bem como outras propriedades químicas e físicas do solo em áreas de floresta e em áreas submetidas a cultivos de soja ao longo de uma cronosequência (1, 2, 5 e 6 anos de cultivo). Foram realizadas estimativas de FBN (Fixação Biológica de Nitrogênio) em cultivos de soja utilizando a abundância natural de 15N sob condições de campo. A conversão das áreas de cultivo partiu de pastagem, sendo esta área utilizada como referência inicial quanto aos estoques de N e ao 'delta'15N do solo. Foi observado um aumento significativo nos estoques de nitrogênio do solo (0 a 10cm) ao longo dos anos de cultivo de soja...

Aquecimento global - impacto na produtividade da cultura da soja e ações estratégicas de manejo para sua minimização em diferentes regiões produtoras do Sul do Brasil; Global warming - impact on soybean yield and strategic management actions to minimize it in different producing regions of southern Brazil

Rio, Alexandre do
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/10/2014 Português
Relevância na Pesquisa
36.92%
O complexo soja tem um papel importante no desenvolvimento da economia brasileira. Cultivada especialmente nas regiões Centro-Oeste e Sul do país, a soja se firmou como um dos produtos mais destacados da agricultura nacional e na balança comercial. Assim como as demais culturas agrícolas, a soja depende de boas condições climáticas para expressar o seu potencial produtivo. Desse modo, o clima é um dos principais fatores de risco para o sucesso da cultura, especialmente quando se consideram os cenários futuros de mudanças climáticas. Desta forma, pode-se lançar mão de estratégias de manejo da cultura de modo a minimizar os riscos associados ao aquecimento global, como, por exemplo, alterar as datas de semeadura da soja, buscando-se períodos que possam amenizar os impactos proporcionados pela elevação das temperaturas. Com base nisso, o objetivo deste trabalho foi simular o desenvolvimento e a produtividade da cultura da soja nas condições climáticas atuais e futuras e simular diferentes decêndios para a semeadura da cultura, buscando-se determinar as épocas preferenciais em treze regiões produtoras do sul do Brasil. Para tanto, utilizou-se o modelo de simulação de cultura CSM-CropGro-Soybean para simular o desempenho da cultura da soja nas condições climáticas atuais e futuras. Os cenários climáticos...

Feeding dairy cows with soybean by-products : effects on metabolic profile; Alimentação de vacas leiteiras com subprodutos de soja: efeitos sobre o perfil metabólico

González, Marilia Alves Félix; Carvalho, Nelcy Madruga de; Muhlbach, Paulo Roberto Frenzel; Lima, Verônica; Conceição, Tiago Reis; Wald, Vera Beatriz; Diaz Gonzalez, Felix Hilario
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.87%
Os subprodutos de soja vêm sendo utilizados como fonte protéica na alimentação de vacas leiteiras no Rio Grande do Sul. Entretanto, a elevada degradabilidade ruminal desta fonte causa perda da qualidade intrínseca da proteína e leva a aumento da uréia plasmática, com conseqüências deletérias no metabolismo animal. O tratamento térmico do grão de soja pode superar essa limitação. Este trabalho teve como objetivo avaliar o metabolismo de vacas leiteiras alimentadas com grão de soja cru e tratado termicamente, mediante o perfil metabólico no plasma e no leite. Foram utilizadas doze vacas da raça Holandesa no terço médio da lactação, nas quais foram aplicados quatro tratamentos: concentrado protéico comercial, farelo de soja, grão de soja cru e grão de soja tostado. No leite, foram dosados os teores de proteína e uréia. Não foram detectadas diferenças significativas entre os tratamentos na concentração de glicose, beta-hidroxibutirato, cálcio, fósforo e magnésio. Houve maiores níveis de colesterol plasmático nos animais consumindo grão de soja cru e tratado com calor. As vacas consumindo soja tostada tiveram menor teor de uréia no plasma e no leite da ordenha da manhã, sugerindo que o tratamento com calor no grão de soja foi efetivo para diminuir a degradação protéica no rúmen. Recomenda-se usar amostras de leite coletadas pela manhã para avaliar o perfil metabólico.; Soybean by-products are currently used in Rio Grande do Sul...

Alimentação de vacas leiteiras com subprodutos de soja: efeitos sobre o perfil metabólico; Feeding dairy cows with soybean by-products: effects on metabolic profile

Alves, Marilia; Diaz Gonzalez, Felix Hilario; Carvalho, Nelly de; Muhlbach, Paulo Roberto Frenzel; Lima, Verônica; Conceição, Tiago Reis; Wald, Vera Beatriz
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.87%
Os subprodutos de soja vêm sendo utilizados como fonte protéica na alimentação de vacas leiteiras no Rio Grande do Sul. Entretanto, a elevada degradabilidade ruminal desta fonte causa perda da qualidade intrínseca da proteína e leva a aumento da uréia plasmática, com conseqüências deletérias no metabolismo animal. O tratamento térmico do grão de soja pode superar essa limitação. Este trabalho teve como objetivo avaliar o metabolismo de vacas leiteiras alimentadas com grão de soja cru e tratado termicamente, mediante o perfil metabólico no plasma e no leite. Foram utilizadas doze vacas da raça Holandesa no terço médio da lactação, nas quais foram aplicados quatro tratamentos: concentrado protéico comercial, farelo de soja, grão de soja cru e grão de soja tostado. No leite, foram dosados os teores de proteína e uréia Não foram detectadas diferenças significativas entre os tratamentos na concentração de glicose, beta-hidroxibutirato, cálcio, fósforo e magnésio. Houve maiores níveis de colesterol plasmático nos animais consumindo grão de soja cru e tratado com calor. As vacas consumindo soja tostada tiveram menor teor de uréia no plasma e no leite da ordenha da manhã, sugerindo que o tratamento com calor no grão de soja foi efetivo para diminuir a degradação protéica no rúmen. Recomenda-se usar amostras de leite coletadas pela manhã para avaliar o perfil metabólico.; Soybean by-products are currently used in Rio Grande do Sul...

Limites e possibilidades para expansão da cultura da soja no Parana; Limits and possibilities for expansion of soybean culture in the Parana

Ronaldo Bulhões
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/02/2007 Português
Relevância na Pesquisa
36.92%
Este trabalho teve como objetivo analisar como ocorreu a elevação da área cultivada com soja no Paraná, no período compreendido entre 1993/2003 e traçar um cenário para a soja paranaense até 2015. Para isso, descreveu-se o cenário internacional no que diz respeito à área, à produção, à demanda e às perspectivas futuras da soja; caracterizou-se o caminho de expansão da soja no Brasil e as perspectivas em torno do biodiesel derivado da soja; e, analisou-se o peso da soja na economia paranaense. Os resultados mostraram que a oferta mundial de soja continuará crescendo nos próximos anos, mesmo com a manutenção dos preços nos níveis atuais. O Brasil assumirá a liderança internacional em termos de área, produção e comercialização de soja e derivados. Pelo lado da demanda, a União Européia, a Índia e a China continuarão com os maiores volumes de importação. Fatores como: crescimento da população, aumento da renda per capita, elevação da demanda derivada do complexo carne como aves, suínos e bovinos e os usos industriais não tradicionais da soja como o biodiesel, serão os grandes indutores da demanda mundial. Com relação ao Paraná, os resultados mostraram que a soja é o principal produto agrícola gerador de renda e tributos do Estado...

Feeding dairy cows with soybean by-products: effects on metabolic profile

Alves,Marilia; González,Félix; Carvalho,Nelcy; Mühlbach,Paulo; Lima,Verônica; Conceição,Tiago Reis; Wald,Vera
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2004 Português
Relevância na Pesquisa
36.87%
Soybean by-products are currently used in Rio Grande do Sul, Brazil, as a source of protein in dairy cows. However, the high protein breakdown of this feed source in the rumen causes loss of the intrinsic quality of the protein and increases plasma urea with deleterious consequences to animal metabolism. Thermal treatment of soybean can overcome this limitation. The aim of this study was to evaluate the metabolism of dairy cows fed with thermally treated soybean and raw soybean, through the analyses of the metabolic profile of plasma and milk. Twelve Holstein cows in mid-lactation period were studied using four treatments: commercial concentrated of protein, soybean meal, raw soybean and roasted soybean. Protein and urea levels in milk were measured in morning and afternoon samples. Data were arranged in a Latin square design (4 treatments and 3 animals in each square). There were no significant differences in glucose, beta-hydroxybutyrate, calcium, phosphorus and magnesium concentrations among treatments. Cows consuming raw and thermally treated soybean had higher levels of plasma cholesterol. Cows consuming roasted soybean had lower level of plasma and milk urea in the morning. Afternoon milk samples had higher levels of urea than morning samples. It is suggested that thermally treated soybean was effective in diminishing the breakdown of protein in the rumen. It is better to employ morning milk samples to evaluate metabolic profile than afternoon samples.

Produção de inóculo, efeito de extratos vegetais e de fungicidas e reação de genótipos de soja à Sclerotinia sclerotiorum; Inoculum production, the effect of vegetable extracts and fungicides and soybean genotypes reaction to Sclerotinia sclerotiorum

Garcia, Riccely Ávila
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
36.91%
A podridão branca da haste causada por S. sclerotiorum vem aumentando em campos de cultivo de soja, devido ao cultivo de espécies altamente suscetíveis na safrinha e a utilização de sementes contaminadas por S. sclerotiorum. Estudos envolvendo produção de inóculo, controle alternativo e químico, metodologia de inoculação e resistência de genótipos de soja à Sclerotinia sclerotiorum constituíram os objetivos deste trabalho. Os experimentos foram conduzidos no Laboratório de Micologia e Proteção de Plantas – LAMIP da Universidade Federal de Uberlândia. Os isolados utilizados foram obtidos de plantas de soja provenientes de Jataí-GO e Indianópolis-MG. Quanto à produção de escleródios, os resultados demonstraram que meios de cultura combinados com fubá foram mais promissores, tanto no rendimento, quanto no número de escleródios. Os meios de cultura feijão e girassol foram os mais promissores. Quanto às doses de fubá de milho, trigo para “kibe” e farinha de mandioca, o rendimento e número de escleródios decresceram com o aumento das concentrações. A concentração de 20% proporcionou maior produção de escleródios para os três complementos. Em relação ao controle alternativo, os resultados demonstraram que a maior inibição do crescimento micelial está diretamente proporcional ao aumento das doses de Azadirachta indica. A interação A. indica e Pongamia glabra foi significativa...

Respostas biol??gica, sist??mica e reprodutiva de ratos Wistar alimentados com soja geneticamente modificada resistente ao glifosato; Biological, systemic and reproductive evaluation in Wistar rats feed on genetically modified soybean resistant to the glyphosate.

VENZKE, Jana??na Guimar??es
Fonte: Universidade Federal de Pelotas; Biotecnologia; Programa de P??s-Gradua????o em Biotecnologia; UFPel; BR Publicador: Universidade Federal de Pelotas; Biotecnologia; Programa de P??s-Gradua????o em Biotecnologia; UFPel; BR
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.95%
The most cultivated genetically modified plant in Brazil is the soybean [Glycine max (L.) Merr.] resistant to the systemic herbicide glyphosate. There are 12.3 millions of cultivated hectares. This soybean was obtained through the introduction of the gene that codes for the 5-enolpyruyilshikimic-acid3-phosphate synthase enzyme, (EPSPS, E.C 2.5.1.19, CP4), of the shikimic pathway, resistant to glyphosate that keeps active the aromatic amino acids biosynthetic pathway. To the soybean genetical modification the parameters in law were reviewed and the maximum glyphosate limit permitted in beans that was 0.2 mg/kg was increased to 10 mg/kg to GMRR soybean. Although Brazil is the 3rd biggest worldwide producer, cultivates the GMRR soybean for more than ten years, and represents 50% of the overall production of soybean in Brazil, just a few studies have been conducted in the country to evaluate in biological assays, the impact of this technology on the food quality and safety. Thus, the present work seeks for to evaluate the influence of the genetic modification of the soybean on the nutritional quality, on the possible effects of chronical exposition, as well as the effects on the fertility and the development of Wistar rats and the on the endocrine system. The nutritional quality was evaluated through the protein value...

The transcriptome interactions between Phakopsora pachykopsora pachyrhizi-soybean.

CARVALHO, M. C. C. G. de; NASCIMENTO, L. C.; POLIZEL-PODANOSQUI, A. M.; ROCHA, C. S.; DARBEN, L. M.; LOPES-CAITAR, V. S.; CARAZZOLLE, M. F.; OLIVEIRA, M. L. C. S.; ABDELNOOR, R. V.; MARCELINO-GUIMARÃES, F. C.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE FITOPATOLOGIA, 47.; SIMPÓSIO BRASILEIRO DE MOFO BRANCO, 2014, Londrina. Desafios futuros: anais. Londrina: SBF, 2014. 1 CD-ROM. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE FITOPATOLOGIA, 47.; SIMPÓSIO BRASILEIRO DE MOFO BRANCO, 2014, Londrina. Desafios futuros: anais. Londrina: SBF, 2014. 1 CD-ROM.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
36.86%
The soybean rust caused by the fungus Phakopsora pachyrhizi, has caused serious damage to soybean culture since 2001 in Brazil. Several sources of rust resistance have already been identified; however no cultivar has shown stable resistance to rust. Plants are commonly infected by one or more strains of the fungus causing the breakdown of resistance acquired with the introduction of only one or a few resistance genes. In the last years, different study strategies have allowed the simultaneous monitoring of gene expression in plant-pathogen interaction, broadening our understanding of the molecular mechanisms underlying compatibility and incompatibility responses of soybean to P. pachyrhizi creating new perspectives for the development of a more durable resistance. In this work, we used laser capture microdissection (LCM) to isolate the foliar mesophyll cells of rust infection sites and access site specific processes and regulators in tolerant (compatible interaction) (BRS231) and resistant (incompatible interaction) (PI561356) soybean genotypes. RNA was extracted from the isolated cells, amplified, and sequenced with Solexa plataform. The generated paired-end sequences (54 bp) were mapped to the soybean genome and gene models (http://www.phytozome.net) for the identification of expressed genes and splicing variants. A total of 28...

Soybean oligosaccharides. Potential as new ingredients in functional food; Oligosacáridos de la soja. Su potencial como ingredientes nuevos de los alimentos funcionales

Espinosa Martos, Irene; Rupérez Antón, Pilar
Fonte: Aula Médica Ediciones Publicador: Aula Médica Ediciones
Tipo: Artículo
Português
Relevância na Pesquisa
36.89%
The effects of maturity degree and culture type on oligosaccharide content were studied in soybean seed, a rich source of non-digestible galactooligosaccharides (GOS). Therefore, two commercial cultivars of yellow soybeans (ripe seeds) and two of green soybeans (unripe seeds) were chosen. One yellow and one green soybean seed were from intensive culture, while one yellow and one green soybean seed were biologically grown. Low molecular weight carbohydrates (LMWC) in soybean seeds were extracted with 85% ethanol and determined spectrophotometrically and by high performance liquid chromatography. LWC in soybean seeds were mainly: stachyose, raffinose and sucrose. Oligosaccharide content was not affected significantly, either by biological or intensive culture technique. On the contrary, significant differences in GOS content were found depending on ripeness degree of soybean seeds. Ripe yellow soybean seeds showed a higher oligosaccharide content (1.84-1.95%), than unripe green seeds (1.43-1.61%). Other LMWC content was also affected by ripeness degree, thus making that the relative percentage of GOS was higher in immature (47-53%) than in matured soybean seeds (21-34%). Moreover, in order to purify soybean GOS, biologically grown yellow soybean seeds with a higher GOS content were selected and a previously reported method was followed. Although the GOS containing fraction was enriched...

Soybean oligosaccharides: Potential as new ingredients in functional food

Espinosa-Martos,I.; Rupérez,P.
Fonte: Nutrición Hospitalaria Publicador: Nutrición Hospitalaria
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; journal article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: text/html; application/pdf
Publicado em 01/02/2006 Português
Relevância na Pesquisa
36.89%
The effects of maturity degree and culture type on oligosaccharide content were studied in soybean seed, a rich source of non-digestible galactooligosaccharides (GOS). Therefore, two commercial cultivars of yellow soybeans (ripe seeds) and two of green soybeans (unripe seeds) were chosen. One yellow and one green soybean seed were from intensive culture, while one yellow and one green soybean seed were biologically grown. Low molecular weight carbohydrates (LMWC) in soybean seeds were extracted with 85% ethanol and determined spectrophotometrically and by high performance liquid chromatography. LWC in soybean seeds were mainly: stachyose, raffinose and sucrose. Oligosaccharide content was not affected significantly, either by biological or intensive culture technique. On the contrary, significant differences in GOS content were found depending on ripeness degree of soybean seeds. Ripe yellow soybean seeds showed a higher oligosaccharide content (1.84-1.95%), than unripe green seeds (1.43-1.61%). Other LMWC content was also affected by ripeness degree, thus making that the relative percentage of GOS was higher in immature (47-53%) than in matured soybean seeds (21-34%). Moreover, in order to purify soybean GOS, biologically grown yellow soybean seeds with a higher GOS content were selected and a previously reported method was followed. Although the GOS containing fraction was enriched...