Página 1 dos resultados de 2554 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Considerações acerca da adesão e da suscetibilidade à umidade de misturas asfálticas densas à luz de algumas propriedades mecânicas; Considerations on adhesion and moisture susceptibility of asphalt mixtures by mean of mechanical properties

Furlan, Ana Paula
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/09/2006 Português
Relevância na Pesquisa
37.044514%
Este estudo apresenta uma contribuição à compreensão do fenômeno da adesão e da sua perda que as misturas asfálticas apresentam em conseqüência da ação da água. Para tanto, foram testados diversos tipos de misturas asfálticas à luz dos processos preconizados pela ASTM e pela AASHTO para avaliação de suscetibilidade à umidade. Foram executados vários experimentos fatoriais, que consideraram as principais variáveis influentes no fenômeno da adesão, tais como: tipo de agregado (basalto, gabro e granito), tipo de asfalto (CAP 20 e CAP 40), processo de produção de misturas (Marshall, ASTM e AASHTO), volume de vazios (4 e 7%), teor de asfalto (3) e uso ou não de cal. As propriedades monitoradas foram a resistência à tração e o módulo de resiliência. Entre outras constatações, verificou-se nesta pesquisa que a cal melhorou a adesividade das misturas na maioria dos casos; o procedimento da AASHTO mostrou-se mais efetivo na detecção de suscetibilidade à ação de água nas misturas; ensaios de módulo de resiliência indicaram variações nas características mecânicas dos corpos-de-prova que os ensaios de resistência à tração não conseguiram detectar; as misturas com asfalto tipo CAP 20 apresentaram menos suscetibilidade à umidade que as com CAP 40; o aumento no volume de vazios das misturas redundou em maior perda de adesividade e maiores teores de asfalto levaram as misturas a menores sensibilidades à água. Dentre todas as misturas estudadas...

Suscetibilidade genética para fluorose dentária: um estudo metabólico e proteômico com diferentes linhagens de camundongos; Genetic susceptibility for dental fluorosis: a metabolic and proteomic study with different strains of mice

Carvalho, Juliane Guimarães de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/11/2009 Português
Relevância na Pesquisa
37.044514%
A fluorose dentária é uma patologia que ocorre durante a formação dos dentes na presença de doses excessivas de fluoreto (F-). Os mecanismos pelos quais o F provoca a fluorose ainda são poucos conhecidos. A influência de fatores genéticos tem sido considerada na suscetibilidade/resistência do indivíduo em desenvolver a fluorose. Duas linhagens de camundongos (A/J e 129P3/J) com diferença na resistência ou suscetibilidade à fluorose dentária foram utilizadas para determinar se a suscetibilidade à fluorose pode ser explicada pela diferença no metabolismo e se há diferença no perfil protéico dos rins e urina destes animais. Para isso, um estudo metabólico foi conduzido com 18 camundongos A/J (suscetível) e 18 129P3 / J (resistente) após o desmame. Cada amostra foi dividida em 3 grupos, com diferentes concentrações de F- na água de beber (0, 10 e 50 ppm F). Uma vez que um estudo piloto revelou que os camundongos A/J ingeriam um maior volume de água quando comparado com o 129P3/J, a concentração de F- na água dada aos camundongos A/J foi ajustada semanalmente a fim de fornecer doses semelhantes de F- para ambas linhagens. Os animais foram mantidos em gaiolas metabólicas (n = 2/gaiola) por 7 semanas, com livre acesso à água e dieta de baixa ingestão de F- (0...

Isolamento e identificação molecular de Vibrio metschnikovii em amostras ambientais e análise do perfil de suscetibilidade a antibióticos; Isolation and molecular identification of Vibrio metschnikovii from environmental samples and analysis of antibiotic susceptibility profile

Solér, Kélvilin Anahí Gonzales Sabio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/02/2011 Português
Relevância na Pesquisa
37.044514%
Introdução - Vibrio metschnikovii é um bacilo gram-negativo, potencialmente patogênico, amplamente distribuído e isolado de ecossistemas aquáticos e raramente de amostras clínicas de humanos. Na triagem laboratorial para espécies do gênero Vibrio, Vibrio metschnikovii é descartado por ser oxidase negativa, característica que o diferencia das demais espécies patogênicas. Em relação à pesquisa do perfil de suscetibilidade a antibióticos, esta é pouco realizada com isolados de origem ambiental. Objetivos - Isolar e identificar genotipicamente Vibrio metschnikovii de amostras ambientais e caracterizar seu perfil de suscetibilidade a antibióticos. Métodos - Um total de dez amostras foram obtidas de Março a Agosto de 2009, sendo uma de molusco (vôngole), três de peixe (pescada, sardinha e tainha) e seis de esgoto (três de esgoto bruto e três de esgoto tratado). O isolamento foi inicialmente realizado em meio seletivo para Vibrio (ágar TCBS) e a confirmação da espécie foi feita com iniciadores específicos através da PCR utilizando o DNA extraído pela técnica de choque térmico. O antibiograma foi realizado com base no documento M45-A CLSI 2006, seguindo a técnica de disco difusão, empregando quinze antibióticos. Foi realizada a pesquisa de genes de resistência a beta-lactâmicos e aminoglicosídeos. Resultados - De 123 isolados com características típicas para a espécie...

Efeitos da cal hidratada e do ácido polifosfórico nas propriedades mecânicas e suscetibilidade à umidade de misturas asfálticas densas; Effects of hydrated lime and polyphosforic acid in mechanical properties and moisture susceptibility in dense asphalt mixtures

Grande, Wilson Ricardo de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/06/2011 Português
Relevância na Pesquisa
36.950154%
Esta pesquisa teve por objetivo analisar os efeitos da cal hidratada e do ácido polifosfórico nas propriedades mecânicas e suscetibilidade à umidade de misturas asfálticas densas. O ligante utilizado foi o CAP 50/70, chamado de controle, modificado com 0,6 e 1,2% de PPA, e como aditivo a cal hidratada em concentrações de 1,5 e 3,0%, perfazendo nove combinações de misturas asfálticas. Foram moldados 108 corpos-de-prova, divididos em 4 e 7% de volume de vazios, sendo que os corpos-de-prova de 7% foram divididos em condicionados e não condicionados. Os ensaios realizados para análise das propriedades mecânicas foram o Módulo de Resiliência e a Resistência à Tração Indireta. Os resultados mostram que o aumento da concentração de ácido polifosfórico melhora a rigidez e a flexibilidade, e melhora a suscebilidade ao dano por umidade, assim como aumenta a resistência à tração; para a cal hidratada, com o aumento da sua concentração, ocorreu aumento da rigidez e da flexibilidade de maneira mais discreta, se comparado ao ácido polifosfórico, e proporciona a diminuição da resistência à tração: o teor que apresentou melhor suscetibilidade ao dano por umidade foi de 1,5% de cal hidratada.; This work aims to analyze the effects of hydrated lime and polyphosphoric acid on the mechanical properties and moisture susceptibility of dense asphalt mixtures. In nine combinations of asphalt mixtures...

Avaliação de assinaturas gênicas relacionadas ao perfil de resistência e suscetibilidade às infestações por carrapatos Rhipicephalus microplus; Evaluation of genes signatures related to resistance and susceptibility of bovine infested with ticks Rhipicephalus microplus

Biffi, Karoline
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/04/2015 Português
Relevância na Pesquisa
36.950154%
As infestações por Rhipicephalus microplus, conhecido como o carrapato do boi, causam enormes prejuízos econômicos na produção de gado na região tropical e países subtropicais em todo o mundo. O método atual de controle do ectoparasito depende exclusivamente de produtos tóxicos como os acaricidas, que deixam resíduos no meio ambiente e seu uso contínuo tem provocado o aparecimento de carrapatos resistentes, sendo, portanto, de pouca eficácia. O grupo de pesquisa em carrapatos da FMRP-USP tria antígenos candidatos que foram testados em vacinação experimental feita em bovinos, utilizando formulação antigênica multicomponente. Baseando-se nos resultados do transcriptoma de leucócitos do sangue periférico de bovinos vacinados, que identificou genes diferencialmente expressos, cuja expressão é afetada pelas infestações e a partir do transcriptoma da pele de bovinos da raça Nelore e Holandês, o presente estudo tem objetivo avaliar, através da técnica Nanostring, genes que possam ser empregados em testes para identificar bovinos geneticamente resistentes ao carrapato e comparar com os dados já obtidos dos transcriptomas de sangue periférico e de pele. Foi analisada a expressão gênica de leucócitos de sangue periférico de vacas da raça holandesa pouco e muito infestada...

Suscetibilidade genética à infecção pelo Mycobacterium tuberculosis em indígenas da etnia Xavante (Mato Grosso - Brasil)

Zembrzuski, Verônica Marques
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.164194%
A tuberculose, doença infecto-contagiosa causada pelo Mycobacterium tuberculosis (Mtb), constitui, em escala mundial, um sério problema de saúde pública, com altos índices de morbidade e mortalidade. Alguns grupos são mais suscetíveis à doença, como é o caso das populações indígenas brasileiras. Estudos prévios indicam um risco dez vezes maior de contrair a tuberculose, e morrer devido a ela, nessas populações do que na população brasileira como um todo. Exemplos disso são as altas incidências de tuberculose em indivíduos da etnia Xavante. Evidências sugerem um forte componente genético na suscetibilidade à tuberculose e aos fenótipos relacionados à doença. Um desses fenótipos é a anergia ao PPD, isto é, a ausência de reatividade ao teste que utiliza derivados de proteína purificada da bactéria para verificar resposta imune celular e diagnosticar infecção pelo Mtb. Vários são os genes associados à suscetibilidade à tuberculose ou à infecção pelo bacilo em diferentes populações. Com o objetivo de investigar essa suscetibilidade genética em ameríndios brasileiros, neste estudo foram analisados 19 polimorfismos em 15 genes envolvidos com a resposta imune já identificados com resistência/suscetibilidade à tuberculose (SLC11A1...

Reavaliação da suscetibilidade de candida a anfotericina B : estudo comparativo com isolados de três hospitais do estado do Rio Grande do Sul; Re-evaluation of candida susceptibility to amphotericin B: comparative study with isolates from three hospitals of the Rio Grande do Sul state

Boff, Everton; Lopes, Paulo Guilherme Markus; Spader, Tatiana; Scheid, Liliane Alves; Loreto, Érico; Dal Formo, Nara Frasson; Aquino, Valério Rodrigues; Santúrio, Jânio Morais; Severo, Luiz Carlos; Alves, Sydney Hartz
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.112666%
Comparou-se a suscetibilidade à anfotericina B de Candida spp isoladas de candidemias, sendo: 41 do Hospital Universitário de Santa Maria, 56 do Hospital de Clínicas de Porto Alegre e 47 da Santa Casa, Complexo Hospitalar de Porto Alegre. Os testes foram baseados no documento M27-A2 do Clinical Laboratory Standards Institute. Todavia, foram empregadas 20 concentrações de anfotericina B, variáveis entre 0,1 e 2μg/ml. Os testes foram realizados nos meios RPMI 1640 com glicose, antibiotic medium 3 e yeast nitrogen base dextrosado. O caldo antibiotic medium 3 gerou amplas faixas de concentrações inibitórias mínimas e concentrações fungicidas mínimas quando comparado aos demais. As variações de suscetibilidade entre os hospitais foram melhor detectadas no antibiotic médium 3; os isolados do Hospital Universitário de Santa Maria evidenciaram menor sensibilidade do que os da Santa Casa, Complexo Hospitalar de Porto Alegre (p < 0,05). As causas das variações de suscetibilidade não foram avaliadas mas apontam para a necessidade de vigilância da suscetibilidade a anfotericina B.; Susceptibility to amphotericin B was compared between isolates of Candida spp that were obtained from candidemia cases as follows: 41 from Hospital Universitário de Santa Maria...

Risco ocupacional em fumicultores : genotoxicidade associada à suscetibilidade genética

Silva, Fernanda Rabaioli da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.950154%
Agricultores envolvidos no cultivo do tabaco estão constantemente expostos a uma grande variedade de químicos. O uso de agrotóxicos em larga escala tem provocado danos à saúde destes trabalhadores assim como a manipulação das folhas de fumo úmidas, pois além de substâncias antropogênicas persistentes outros compostos orgânicos com potencial pesticida estão presentes nas folhas do tabaco. A nicotina, através do contato dermal com as folhas do fumo, tem causado um envenenamento agudo nos trabalhadores da lavoura. O conjunto de sintomas desta exposição é conhecido como doença da folha verde. Este estudo teve como objetivo avaliar o efeito genotóxico em fumicultores expostos ocupacionalmente a agroquímicos e nicotina. A instabilidade genômica, a morte celular, a dosagem de colinesterase, cotinina e marcadores de estresse oxidativo bem como o conteúdo de elementos traço foram analisados nas células destes trabalhadores. Para verificar a possível modulação de genes de suscetibilidade com os resultados dos biomarcadores, os polimorfismos dos genes GSTT1, GSTM1, GSTP1, CYP2A6, PON, OGG1, RAD51, XRCC1 e XRCC4 foram avaliados. No primeiro momento, amostras de sangue periférico foram coletadas de 30 indivíduos expostos e de 30 indivíduos não expostos com o intuito de investigar o risco ocupacional em três diferentes períodos da safra de fumo (entresafra...

Avaliação clínica, imunológica e da resposta ao tratamento periodontal não-cirúrgico em indivíduos com e sem haplótipos de suscetibilidade genética à periodontite crônica no gene interleucina 8

Corbi, Sâmia Cruz Tfaile
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 119 f. : il. color. + anexo
Português
Relevância na Pesquisa
37.044514%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Odontologia - FOAR; A Doença Periodontal (DP) tem caráter multifatorial, com a influência de fatores como a presença de microrganismos periodontopatogênicos, suscetibilidade genética do hospedeiro, reação do sistema imune, hábito de fumar e presença de doenças sistêmicas. O tecido periodontal inflamado produz várias citocinas, dentre elas a interleucina 8 (IL-8). Estudos recentes realizados por este grupo investigaram polimorfismos no gene IL8 em indivíduos com e sem periodontite crônica, onde foram observados indivíduos com 2 vezes mais predisposição genética à DP. O objetivo do presente estudo foi testar a hipótese de que a maior suscetibilidade genética à periodontite crônica dada pelo haplótipo ATC/TTC no gene IL8 seria acompanhada por diferenças nos índices clínicos periodontais, nos níveis da citocina IL-8 no fluido sulcular (FS) e na resposta ao tratamento periodontal não-cirúrgico. Foram selecionados 79 indivíduos divididos quanto à presença ou não do referido haplótipo no gene IL8, de forma que os indivíduos “suscetíveis” e “não suscetíveis” foram subdivididos quanto à presença ou ausência da periodontite crônica. Os indivíduos selecionados foram submetidos a exame clínico periodontal e coletas de FS antes e após 45 dias de finalizado o tratamento periodontal não-cirúrgico. A citocina IL-8 foi quantificada por meio de teste imunoenzimático (ELISA). Como resultado verificou-se que...

Avaliação da suscetibilidade a antifungicos de dermatofitos do genero Microsporum; Evaluation of antifungal susceptibility of dermatophytes of the genus Microsporum

Fernanda Simas Correa
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 09/02/2007 Português
Relevância na Pesquisa
36.950154%
Dermatófitos do gênero Microsporum acometem preferencialmente pele e pêlos, sendo M.canis e M.gypseum as espécies mais isoladas em nosso meio. Antifúngicos tópicos e sistêmicos são indicados para o tratamento destas dermatofitoses, que é considerado mais difícil quando comparado ao de outros gêneros de fungos queratinofílicos. Deste modo, a determinação da suscetibilidade aos antifúngicos in vitro destes microrganismos é de interesse para embasamento da terapêutica empírica, avaliação de falhas terapêuticas, e testes de novos antifúngicos. No entanto, os dermatófitos não foram incluídos no documento relacionado do CLSI (M38-A, 2002). Os estudos disponíveis até o momento, utilizando conídios dos fungos, apresentam resultados muito divergentes, devido a falta de padronização e o grande número de variáveis pré-analíticas envolvidas. Em adição, uma vez que a forma de hifas predomina no tecido infectado, há controvérsias sobre o fato de se a forma conidial seria adequada para os testes. Há poucos relatos na literatura sobre avaliação dinâmica de crescimento de fungos e a taxa de inibição destes por drogas antifúngicas, mas nenhum destes realizados com dermatófitos. Este estudo se propôs a determinar condições para realização do teste de suscetibilidade pelo método de microdiluição em caldo e padronizar a avaliação de crescimento dinâmico pelo sistema BCT® para seis cepas do gênero Microsporum...

Avaliação da suscetibilidade de hifas e conídios de fungos demáceos frente aos antifúngicos anfotericina B, itraconazol e voriconazol e terbinafina, e a última em combinação com os demais antifúngicos; Evaluation of susceptibility of hyphae and conidia of dematiaceous molds to antifungal agent amphotericin B, itraconazole and voriconazole and terbinafine, and last in combination with the other antifungal agents

Fernanda Simas Corrêa Biancalana
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 18/02/2011 Português
Relevância na Pesquisa
36.950154%
Nos últimos anos, os fungos demáceos têm sido intensamente reconhecidos como importantes patógenos, principalmente em pacientes imunocomprometidos, sendo reportadas como patogênicas mais de 100 espécies de 60 diferentes gêneros. O tratamento das infecções causadas por estes fungos é difícil, bastante demorado e algumas vezes sem sucesso, portanto, se fazem necessários mais estudos sobre a suscetibilidade destes patógenos a antifúngicos in vitro. Alguns autores têm demonstrado a excelente eficácia in vivo da terbinafina, em combinação com outros antifúngicos, para o tratamento destas infecções, porém são poucos os que avaliam seu efeito in vitro isoladamente, e menos ainda os relatos sobre associação desta com outros antifúngicos. A maioria dos trabalhos utiliza apenas o inóculo com conídios, que não é a principal morfologia do fungo encontrada no paciente. A realização de testes utilizando hifas poderia mimetizar as características do fungo no tecido infectado, demonstrando melhor o potencial terapêutico do antifúngico. Existem poucos relatos na literatura sobre avaliação dinâmica de crescimento de fungos, e nenhum deles realizado com fungos demáceos. Partindo deste princípio, foi investigada neste estudo a suscetibilidade in vitro de conídios e hifas fungos demáceos dos gêneros Alternaria...

Avaliação da suscetibilidade a deslizamentos por meio do uso de sistema de informações geográficas : aplicação em uma área do eixo cafeteiro colombiano

Delgado, Jenny Alexandra Coronado
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
37.044514%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Civil, 2006.; A Região Andina colombiana, onde se localiza o chamado eixo cafeteiro, apresenta características geológicas, geomofológicas, morfodinâmicas e climáticas que a fazem suscetível a sofrer diferentes tipos de eventos naturais ameaçadores como enchentes, deslizamentos e sismos. Este fenômenos podem chegar a constituir riscos de tipo geológico para o desenvolvimento da região, afetando tanto à população quanto às infra-estruturas e obras locais em geral. O trabalho desenvolvido nesta dissertação tem como objetivo o estudo de um destes processos geodinâmicos em especial, a avaliação da suscetibilidade do terreno a sofrer deslizamentos, numa área de 189 km2 localizada no Eixo Cafeteiro, onde apresenta-se um elevado número destes processos. A metodologia desenvolvida para esta avaliação usa como ferramenta principal o Sistema de Informações Geográficas (SIG) e está dividida em cinco etapas principais: Montagem da base de dados, Análise de dados, Modelagem da suscetibilidade, Avaliação do Perigo e Determinação das áreas de risco. Copm a finalidade de fazer uma avaliação quantitativa de cada um dos fatores que influenciam a estabilidade do terreno naárea...

Caracterização, evolução e análise de suscetibilidade à ocorrência de instabilidades das arribas do arco Baleal - Bom Sucesso (Peniche-Óbidos)

Penacho, Nuno Duarte Chaves
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.044514%
Tese de mestrado em Geologia Aplicada, apresentada à Universidade de Lisboa, através da Faculdade de Ciências, 2012; A evolução do litoral de arriba é uma das grandes problemáticas no que diz respeito ao ordenamento da orla costeira. Distintos tipos e dimensões de movimentos de massa de vertente ocorrem como processos naturais, sendo mecanismos dinâmicos de elevada perigosidade, muitas das vezes implicando vidas humanas e/ou bens materiais. Com o intuito em determinar a possibilidade de futuras ocorrências, procedeu-se à avaliação da componente espacial dessa perigosidade, a suscetibilidade. Este estudo passa ainda por justificar recorrendo a metodologias numéricas, quais os fatores de predisposição que possuem maior peso na dinâmica destas arribas, quer sejam de natureza geológica (litologia, estrutura, …), geomorfológica (altura, declive, …) ou marítima (potência de onda). As etapas base deste trabalho passaram pela criação de uma cartografia temática de pormenor para os diferentes níveis de informação, obtidos a partir de ortofotomapas, topografia digital de terreno e reconhecimento de campo, além da inventariação dos recuos em arriba ocorridos ao longo dos últimos 60 anos, obtidos por análise comparativa de fotografia aérea. A avaliação de suscetibilidade foi efetuada estatisticamente recorrendo ao método bivariado do Valor Informativo...

Importância do método de obtenção das dejeções dos triatomíneos na avaliação da suscetibilidade triatomínica para Trypanosoma cruzi

Silva,Ionizete Garcia da; Luquetti,Alejandro Ostermayer; Silva,Heloisa Helena Garcia da
Fonte: Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT Publicador: Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/1993 Português
Relevância na Pesquisa
37.112666%
Foi estudada a suscetibilidade de Dipetalogaster maximus, Rhodnius neglectus, R. prolixus, R. robustus, Triatoma infestans e T. rubrovaria ao Trypanosoma cruzi, através do xenodiagnóstico, em dois pacientes na fase aguda da doença de Chagas. Usaram-se como parâmetros o número de triatomíneos infectados e o número de tripanosomas excretados. A leitura do xenodiagnóstico foi realizada pelos métodos da compressão abdominal e o das dejeções espontâneas. Este foi mais eficiente que aquele, em relação ao número de T. cruzi por lâmina pelo teste de Wilcoxon. Em um dos pacientes, tendo como parâmetro o número de triatomíneos infectados, a suscetibilidade das espécies obedeceu a seguinte ordem: D. maximus e R. neglectus (100%), R. robustus (95%), R. prolixus e T. rubrovaria (90%) e T. infestans (857c). Nesse mesmo paciente, a suscetibilidade das espécies de triatomíneos, avaliada pelo número de T. cruzi excretados, usando-se a compressão abdominal, encontra-se na seguinte ordem: R. neglectus, R. prolixus, D. maximus eR. robustus, T. infestans eT. rubrovaria. Pelo método das dejeções espontâneas, a ordem foi: D. maximus e R. prolixus, T. rubrovaria, R. robustus,T. infestans e R. neglectus. No outro paciente, esse parâmetro...

Reavaliação da suscetibilidade de Candida à anfotericina B: estudo comparativo com isolados de três hospitais do estado do Rio Grande do Sul

Boff,Everton; Lopes,Paulo Guilherme Markus; Spader,Tatiana; Scheid,Liliane Alves; Loreto,Érico; Dal Forno,Nara Frasson; Aquino,Valério; Severo,Luiz Carlos; Santurio,Janio Morais; Alves,Sydney Hartz
Fonte: Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT Publicador: Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2008 Português
Relevância na Pesquisa
37.112666%
Comparou-se a suscetibilidade à anfotericina B de Candida spp isoladas de candidemias, sendo: 41 do Hospital Universitário de Santa Maria, 56 do Hospital de Clínicas de Porto Alegre e 47 da Santa Casa, Complexo Hospitalar de Porto Alegre. Os testes foram baseados no documento M27-A2 do Clinical Laboratory Standards Institute. Todavia, foram empregadas 20 concentrações de anfotericina B, variáveis entre 0,1 e 2µg/ml. Os testes foram realizados nos meios RPMI 1640 com glicose, antibiotic medium 3 e yeast nitrogen base dextrosado. O caldo antibiotic medium 3 gerou amplas faixas de concentrações inibitórias mínimas e concentrações fungicidas mínimas quando comparado aos demais. As variações de suscetibilidade entre os hospitais foram melhor detectadas no antibiotic médium 3; os isolados do Hospital Universitário de Santa Maria evidenciaram menor sensibilidade do que os da Santa Casa, Complexo Hospitalar de Porto Alegre (p < 0,05). As causas das variações de suscetibilidade não foram avaliadas mas apontam para a necessidade de vigilância da suscetibilidade a anfotericina B.

Comparação do perfil de suscetibilidade entre isolados clínicos de Candida spp. orais e vulvovaginais no Sul do Brasil

Dalazen,Daniela; Zanrosso,Danuza; Wanderley,Liliane; Silva,Nelci Lopes da; Fuentefria,Alexandre Meneghello
Fonte: Sociedade Brasileira de Patologia Clínica; Sociedade Brasileira de Patologia; Sociedade Brasileira de Citopatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Patologia Clínica; Sociedade Brasileira de Patologia; Sociedade Brasileira de Citopatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2011 Português
Relevância na Pesquisa
37.164194%
INTRODUÇÃO: Nos últimos anos, o oportunismo das candidíases vem se tornando cada vez mais recorrente e de difícil tratamento, principalmente em virtude da emergência de novas espécies, bem como devido à diminuição à suscetibilidade aos antifúngicos. O sucesso do tratamento das infecções causadas por Candida depende cada vez mais do conhecimento da espécie e do seu perfil de sensibilidade. OBJETIVOS: Esse estudo teve por objetivo realizar uma investigação do perfil de suscetibilidade de amostras de candidíase oral e vulvovaginal, de pacientes residentes no oeste de Santa Catarina, aos antifúngicos anfotericina B, fluconazol e miconazol. MATERIAL E MÉTODOS: A suscetibilidade de 60 cepas de Candida spp. foi avaliada frente aos antifúngicos. As determinações das concentrações inibitórias mínimas e concentrações fungicidas mínimas foram realizadas com base no documento M27-A2 do Clinical and Laboratory Standards Institute (CLSI). RESULTADOS: No presente estudo foi observado alto índice de resistência para o fluconazol e para a anfotericina B. O miconazol foi o antifúngico que demonstrou melhor eficácia sobre as cepas testadas. DISCUSSÃO: As amostras dessa região do estado de Santa Catarina demonstram baixa suscetibilidade aos antifúngicos...

Mapa de suscetibilidade a deslizamentos da região metropolitana de Recife

Augusto dos Santos Pfaltzgraff, Pedro; Mascarenhas Alheiros, Margareth (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
Português
Relevância na Pesquisa
37.044514%
A Região Metropolitana do Recife (RMR) há muitos anos convive com os deslizamentos nos morros, onde mora uma elevada parcela da população e, que ocasionaram dezenas de mortos e feridos ao longo das décadas de 1980 e 1990. Assim, é importante que o poder público disponha de ferramentas eficazes para localizar as áreas naturalmente suscetíveis a deslizamentos, tanto ocupadas como aquelas ainda livres de ocupação, facilitando assim a sua gestão. A metodologia aqui proposta, objetiva diminuir os custos da elaboração de mapas de suscetibilidade a deslizamentos, utilizando ferramentas de geoprocessamento e sensoriamento remoto tais como imagens de radar e de satélite alem, de outras informações sobre o meio físico disponíveis gratuitamente na Internet. Utilizando o método da álgebra de mapas (superposição dos diversos temas), foi possível gerar o mapa de suscetibilidade a deslizamentos, bastante confiável, quando comparado com aquele produzido por Alheiros (1998), que utilizou métodos analógicos, e os mapeamentos de áreas de risco existentes. O Mapa de Suscetibilidade a Deslizamentos possibilita aos administradores e gestores governamentais, informações para o planejamento, subsidiando a implantação de loteamentos...

A UBV-suscetibilidade na presença da infecção pelo HIV : um estudo caso-controle em hospital de referência para o atendimento de portadores do vírus HIV

Elisabete Simões de Sousa, Ana; Ramos Lacerda de Melo, Heloísa (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
Português
Relevância na Pesquisa
37.236938%
A radiação ultravioleta é capaz de modificar a resposta imunológica cutânea nos animais e no homem e, desta forma, interferir no comportamento das infecções e neoplasias. Seus efeitos imunológicos se apresentam de maneira desigual nos indivíduos e, dentre os fatores genéticos que parecem determinar esta desigualdade, cita-se o fenótipo de UVB-suscetibilidade. O dinitroclorobenzeno é um potente agente sensibilizante de contato que estimula a imunidade celular quando aplicado à pele. Como a radiação ultravioleta altera a resposta imunológica cutânea ao dinitroclorobenzeno, este agente vem sendo usado para investigar os mecanismos de ação da radiação solar no sistema imune cutâneo. Um estudo do tipo caso-controle foi realizado para determinar a frequência de UVB-suscetibilidade na população do estudo e tentar estabelecer uma associação com infecção pelo HIV e parâmetros laboratoriais de imunidade nestes indivíduos. Foram selecionados 50 casos e 50 controles de acordo com a sorologia para o HIV, atendidos nos ambulatórios do Hospital das Clínicas, no período de março de 2002 a janeiro de 2003. Os pacientes foram submetidos à irradiação ultravioleta B na pele para determinação da dose eritematosa mínima. No local da pele irradiado foi aplicado o dinitroclorobenzeno a 2% para provocar uma sensibilização. Após 3 semanas foi aplicado o dinitroclorobenzeno a 0.05% para obtenção do fenótipo de UVB-suscetibilidade. Os pacientes que apresentaram reação positiva a este antígeno foram considerados UVBresistentes e aqueles que não apresentaram tal reação foram considerados UVB-suscetíveis. A UVB-suscetibilidade foi significativamente maior no grupo de pacientes infectados pelo HIV (x2 = 9.24 e p = 0.002)...

Testes de microdiluição em caldo e diluição em ágar para avaliação da suscetibilidade in vitro de dermatófitos; Evaluation of agar dilution and broth microdilution methods for antifungal testing to dermathophytes

ARAUJO, Crystiane Rodrigues de
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Medicina Tropical; Medicina Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Medicina Tropical; Medicina
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.044514%
Dermatophytes are keratinophilic fungi that colonize and invade the stratum corneum of the skin, hair and nails causing the dermatophytosis. An increasing number of antifungal agents has become available for the treatment of dermatophytosis, however not all species have the same susceptibility pattern and may occur relative or absolute resistance of some dermatophytes. The document M38-A developed by Clinical and Laboratory Standards Institute (CLSI) for determining the minimal inhibitory concentration (MIC) of different antifungal agents against filamentous fungi, has not included the dermatophytes. The broth microdilution method has been evaluated by various researchers, and some parameters as inoculum size, temperature and duration of incubation and endpoint determination has been investigated. In this study, the in vitro activity of fluconazole, itraconazole, ketoconazole, griseofulvin and terbinafine against 60 dermatophyte isolates, belong to three species, using the broth microdilution technique, with modifications at temperature and incubation time was used. Additionally, the MIC values obtained by broth microdilution method were compared with those obtained by the agar dilution technique. The results obtained by broth microdilution method showed that all isolates produced clearly detectable growth at 28oC and the MIC values could be determined after 4 days of incubation for the isolates of Trichophyton mentagrophytes and 5 days for T. rubrum and Microsporum canis isolates. Itraconazole...

Identificação das espécies de Candida, avaliação da ultraestrutura e perfil de suscetibilidade de biofilmes aos antifúngicos; Identification of Candida species, evaluation of the ultrastructure and susceptibility profile of biofilms to antifungal agents

Marreto, Lais Carneiro Naziasene Lima
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Biologia das Interações PH (IPTSP); Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública - IPTSP (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Biologia das Interações PH (IPTSP); Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública - IPTSP (RG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.112666%
The increase in the number of fungal infections by Candida species, as a result of the significant increase of immunocompromised patients emphasizes the importance of studies associated to this genre. The resistance of these strains to antifungal drugs is observe in specific isolates, as well as infections associated with biofilm formation (BF). The aim of this study was to compare the susceptibility profile of sessile and planktonic cells of different Candida isolates, differentiating species by multiplex qPCR and scanning electron microscopy. The sample consisted of 10 C. albicans, 10 C. parapsilosis and 1 C. tropicalis. The genetic material was extracted by phenolchloroform extraction of the sample C. tropicalis, ATCC 28367 (C. albicans) and ATCC 22019 (C. parapsilosis) for use in a species-specific multiplex qPCR assay with analysis of differences in the curve fusion. Microdilution plate test and reduction of the tetrazolium salt for 21 isolates were performed for the susceptibility of sessile and free cells, respectively. The evaluation of the ultrastructure of the biofilm was performed on strips of polyurethane with visualization by scanning electron microscopy. The amplified products from C. albicans obtained three melting peaks with values of 75...